Univesp: Projeto Integrador destaca benefícios do microempreendedor individual

Alunos do curso de Gestão Pública planejam palestras sobre a formalização do pequeno empresário na região de Jaguariúna.

Com o propósito de minimizar o cenário econômico causado pela pandemia de COVID-19 na cidade de Jaguariúna, no interior de São Paulo, os alunos Allan Elias, Maiara Arengue, Maria Gonçalves, Mauro da Silva, Reginaldo de Oliveira e Thais Alves, do curso de Gestão Pública da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), desenvolveram no último semestre o Projeto Integrador (PI) “Como se tornar um microempreendedor individual: oportunidades, benefícios e amparo legal”.

A iniciativa tem o propósito de apresentar aos moradores da região, por meio de palestras, as vantagens que o trabalhador pode ter com a formalização na categoria Microempreendedor Individual (MEI).

“Sabemos que, em função da crise causada pela pandemia, muitas pessoas perderam o emprego. Elas podem encontrar no microempreendedor individual uma oportunidade de resgatar a cidadania”, afirmou Reginaldo de Oliveira no vídeo de apresentação do PI.

Inclusão social

De acordo com o estudante, o MEI pode oferecer inclusão social, acesso a créditos com taxas de juros reduzidas, segurança jurídica para o desenvolvimento de atividades e acesso à Previdência Social, entre outros direitos. O grupo pretende esclarecer as dúvidas sobre o tema com palestras no mês de novembro, presenciais ou virtuais, dependendo da atualização da quarentena no estado de São Paulo.

Para Reginaldo, os encontros serão oportunidades para estreitar o relacionamento com stakeholders locais, Prefeitura, Associação Comercial, Centro Universitário de Jaguariúna e polo da Univesp. “A cidade de Jaguariúna tem cerca de 13% de desempregados. Queremos reverter essa situação e direcionar mais pessoas ao MEI”, salientou.

About the author

Faço seu comentário

%d blogueiros gostam disto: