Mulheres pilotando….

Existe um certo pré conceito em relação a mulheres ao “volante”, diversas piadas de mau gosto.
Vamos lá…

O homem vê o carro como um objeto de luxúria e prazer, mulheres fazem inúmeras piadas divertidas

“Esquisitinho, mas nesse Carango fica até atraente” rsrs, aí não vai nenhum tipo de preconceito.

Mulheres veem o carro como um sentimento, é um sentimento de liberdade, é ser arisca como uma águia, linda e leve como uma borboleta, sim , bem extremo.

É saber que se tem uma condução própria para desempenhar seus muitos papéis e não correr o risco de chegar atrasada, é saber que sempre é possível carregar filhos, cachorros, gatos e papagaios, compras do mercado, equipamentos das atividades extras das crias e pares de sapato, afinal cada ocasião pede um look diferente né?!?
ॐ∞

Sobre a Autora/Autor

Lorena Pelais, mulher afrodescendente
Filha da Dona Eneida Bernardes
(guerreira sinistra / Sargentão, rsrs)
Nasci em 02/12 de um ano qualquer, pra que se prender a detalhes, rs
Mãe de duas princesas fantásticas (sou suspeita, mãe sempre é, elas são super amigas, incentivadoras, maior riqueza que possuo)
Casada há 10 anos.

Atualmente e há alguns anos, mãe em tempo integral, busco me especializar, graduar, (verdadeiro intensivão), reinvento técnicas de como cuidar, educar e preparar as crias para viverem suas vidas de maneira digna , correta e promissora, tudo com simplicidade e alegria, uma dose generosa de "Não", poucos "Sim", aprimorando os conceitos de respeito a si mesmo, ao próximo, sempre ressaltando que nossa existência está atribuída a Deus ( O Criador).

Lorena Pelais

Lorena Pelais, mulher afrodescendente Filha da Dona Eneida Bernardes (guerreira sinistra / Sargentão, rsrs) Nasci em 02/12 de um ano qualquer, pra que se prender a detalhes, rs Mãe de duas princesas fantásticas (sou suspeita, mãe sempre é, elas são super amigas, incentivadoras, maior riqueza que possuo) Casada há 10 anos. Atualmente e há alguns anos, mãe em tempo integral, busco me especializar, graduar, (verdadeiro intensivão), reinvento técnicas de como cuidar, educar e preparar as crias para viverem suas vidas de maneira digna , correta e promissora, tudo com simplicidade e alegria, uma dose generosa de "Não", poucos "Sim", aprimorando os conceitos de respeito a si mesmo, ao próximo, sempre ressaltando que nossa existência está atribuída a Deus ( O Criador).

Faço seu comentário

%d blogueiros gostam disto: