Brasil não pagou ao banco do Brics por falta de previsão

O Ministério da Economia informou que não o Brasil pagou ao banco do Brics por falta de previsão orçamentária. O Brasil não quitou a sexta cota devida ao banco e se tornou inadimplente com a instituição. O banco dos Brics financia projetos de desenvolvimento nos países-membros do bloco, que é formado pela China, Índia, Rússia, África do Sul e o próprio Brasil.

Em nota, o ministério informou que não pagou os US$ 292 milhões porque não obteve autorização do Congresso Nacional mesmo solicitando o remanejamento de recursos para pagar o banco diversas vezes.

Repercussão

Nas redes sociais, o presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia, rebateu dizendo que o governo está transferindo ao Congresso a responsabilidade pelo não pagamento.

Criado em 2016, o Banco de Desenvolvimento dos Brics já aprovou projetos que somam mais de US$ 5 bilhões em investimentos no Brasil em diferentes áreas, como energia e infraestrutura. O país ainda detém 20% do capital da instituição.

Sem o pagamento, o governo brasileiro pode perder o direito a voto no banco, hoje presidido pelo brasileiro e ex-secretário do governo Marcos Troyjo.

“Brasil não pagou ao banco do Brics por falta de previsão” é com informações de Agência Brasil

Gostou da matéria “Brasil não pagou ao banco do Brics por falta de previsão”?

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que forem publicadas, ou como desejar. Para periodicidade, confira informações no email recebido. Leia mais sobre Brasil.

Brasil não pagou ao banco
Photo by Skitterphoto on Pexels.com

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.