Alemanha quer suspender voos e Holanda enfrenta protestos

O governo da Alemanha quer suspender todos os voos do exterior para a Alemanha, a fim de evitar a propagação de vírus mutantes, mais virulentos, do coronavírus.

Outras medidas incluem isolar regiões inteiras onde as formas do Sars-Cov-2 são mais prevalentes.

E na França, é forte o suspense devido a um terceiro lockdown no país. O Conselho de Defesa Sanitária se reúne amanhã para debater a necessidade de um terceiro lockdown. O presidente Emmanuel Macron não fez previu nenhum pronunciamento nesta semana e, segundo o governo francês, tudo vai depender dos resultados do toque de recolher adiantado em dez dias para as 18h até as 6h.

E na Holanda foi palco pela segunda noite consecutiva de manifestações violentas contra o toque de recolher noturno que foi imposto no último fim de semana para lutar contra o avanço da covid-19.

Os protestos foram registrados nas principais cidades do país, como a capital, Amsterdã, Rotterdam e Haia, mas também pequenas localidades.

Tropas de choque tiveram que ser acionadas, tentaram conter os manifestantes com jatos d’água.

No domingo, 250 pessoas haviam sido presas em protestos contra o toque de recolher.

Em parceria com Agência Brasil.

Gostou de “Alemanha quer suspender voos e Holanda enfrenta protestos”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais Notícias do Brasil.

Alemanha quer suspender voos e Holanda enfrenta protestos

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.