Nova variante da covid-19 do Amazonas em pacientes de SP

A nova variante da covid-19 do Amazonas foi encontrada em três pacientes em São Paulo que têm histórico de viagem ou residência em Manaus. A informação é da Secretaria estadual da Saúde.

A confirmação foi feita por meio de sequenciamento genético realizado pelo laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

De acordo com nota enviada pela secretaria, essas mutações identificadas na variante de Manaus poderiam estar associadas a um potencial maior de transmissão, apesar de ainda não haver comprovação científica de que esta variante seja mais virulenta.

O infectologista Marcelo Otsuka, da Sociedade Brasileira de Infectologia, explica que, apesar de não haver evidências do vírus ser mais letal, o fato de se espalhar mais pode gerar mais casos graves e levar ao colapso da saúde, a exemplo do que ocorreu em Manaus.

Segundo pesquisadores do Observatório Covid-19, essa cepa do coronavírus contém mutações que permitem maior transmissibilidade e reinfecções em pessoas que já pegaram o vírus.

Dessa forma, o Observatório Covid-19 faz um alerta para que haja urgência no monitoramento de reinfecções e disseminação dessa nova cepa do vírus pelo país.

Nesse sentido, os pesquisadores identificaram as 10 principais rotas aéreas que partem de Manaus com potencial de espalhar o vírus e que precisam ser constantemente monitoradas. Entre elas estão: São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Fortaleza.

Com informações de Agência Brasil.

Gostou de “Nova variante da covid-19 do Amazonas em pacientes de SP”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Desenvolvimento Sustentável.

Nova variante da covid-19 do Amazonas
Photo by CDC on Pexels.com

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.