Pandemia reduziu exportações de cachaça

A pandemia reduziu as exportações de cachaça brasileira para outros países diminuíram cerca de 24 por cento em 2020.

No ano passado, foram embarcados cinco milhões 570 mil litros do produto, ante os mais de sete milhões e 300 mil litros exportados em 2019.

O Instituto Brasileiro da Cachaça, o Ibrac, atribui a queda às dificuldades provocadas pela pandemia, principalmente com o fechamento de bares e restaurantes.

O Brasil exporta a bebida para 70 países e apesar da queda na venda anual, alguns mercados da Europa aumentaram os pedidos no ano passado.

O destaque foi a Bélgica, que elevou em mais de 48 por cento a quantidade de cachaça comprada. 

Já as vendas para a França cresceram cerca de 24 e meio por cento em 2020, e para a Alemanha, dois vírgula 74 por cento.

Os principais compradores da cachaça nacional são Paraguai, Alemanha, França, Estados Unidos e Portugal.

Com informações de Rádio2.

Gostou de “Pandemia reduziu exportações de cachaça”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Desenvolvimento Sustentável.

Pandemia reduziu exportações de cachaça

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.