Taxa de desemprego estável no trimestre encerrado em novembro

Taxa de desemprego ficou em 14,1% e atinge 14 milhões de pessoas no trimestre de setembro a novembro de 2020, encerrando estável.

Na comparação com a taxa de 14 vírgula quatro por cento do período de junho a agosto do ano passado, o cenário é de estabilidade.

No entanto, houve aumento de dois vírgula nove pontos percentuais sobre o resultado do mesmo trimestre de 2019, quando o índice ficou em onze vírgula dois por cento.

Os números são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, a Pnad Contínua do IBGE.

O levantamento também indica aumento de quatro vírgula oito por cento na quantidade de ocupados no trimestre encerrado em novembro.

Foram três milhões e 900 mil pessoas a mais no mercado de trabalho, sobre o período anterior.

Com esse crescimento, o nível subiu para 48 vírgula seis por cento, com 85 milhões e 600 mil ocupados em todo o País.

A analista da Pesquisa Adriana Beringuy avalia que a expansão está relacionada com a volta das pessoas que estavam fora do mercado por causa do isolamento social e ao aumento das contratações.

O levantamento do IBGE mostra que os destaques no aumento da ocupação foram o comércio, a indústria em geral e os serviços.

Em parceria com Rádio2.

Gostou de “Taxa de desemprego estável no trimestre encerrado em novembro”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil, e fique por dentro dos principais assuntos do momento.

Taxa de desemprego estável

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.