Demandas da população LGBT recebidas pelo Consórcio ABC

No Dia da Visibilidade Trans, comissão participou de encontro na entidade regional e recebeu as demandas da população LGBT.

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC recebeu demandas da comunidade LGBT apresentadas por uma comissão formada por representantes do poder público, da sociedade civil e de grupos sociais. O encontro ocorreu por ocasião do Dia da Visibilidade Trans, celebrado nesta sexta-feira (29/1).

As demandas englobam áreas como saúde, segurança, cultura, educação e trabalho, entre outras, que foram discutidas em reunião promovida na quarta-feira (27/1) pelo vereador Márcio Araújo, de Mauá, com o coordenador estadual de Políticas Para a Diversidade Sexual, Marcelo Gallego.

Para debater as pautas apresentadas, o secretário-executivo do Consórcio ABC, Acácio Miranda, e a coordenadora de Programas e Projetos Maria Gracely Batista Marques, a Graça, receberam na sede da entidade regional o vereador Márcio Araújo, Safira Félix e Laís Corpani.

“Vamos levar as demandas aos nossos Grupos de Trabalho. Nosso objetivo é viabilizar as propostas apresentadas”, afirmou Acácio Miranda.

Fotos: Divulgação/Consórcio ABC

Gostou de “Demandas da população LGBT recebidas pelo Consórcio ABC”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Demandas da população LGBT recebidas pelo Consórcio ABC

Dia da Visibilidade Trans

A data de 29 de janeiro é o Dia da Visibilidade Trans, data que visa promover reflexões sobre a cidadania das pessoas travestis, transexuais (homens e mulheres trans) e não-binárias (que não se reconhecem nem como homens nem como mulheres).

Essa data foi escolhida porque nela houve o lançamento oficial da campanha “Travesti e Respeito”, promovida pelo Programa Nacional de DST/Aids do Ministério da Saúde, em 2004, e que se tornou um marco para a luta protagonizada por militantes travestis históricas, como Fernanda Benvenutty, Jovana Baby, Kátia Tapety, Keila Simpson, entre muitas outras que deram a sua vida por um mínimo de humanização à população por elas representada.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.