Diadema tem 213 pessoas abordadas durante lockdown

Primeiro final de semana com lockdown em Diadema teve 213 pessoas abordadas pela polícia.

O monitoramento nos primeiros dias de lockdown noturno contou com quase 120 agentes da Guarda Civil Municipal de Diadema (GCM), da Polícia Militar (PM) e da Polícia Civil.

Todos foram orientados a respeitar as restrições, que acontecem entre 22h e 4h, até o próximo domingo (07/03).

Diadema tem 213 pessoas abordadas durante lockdown


No balanço deste final de semana, estão considerados os números da Operação Paz e Proteção, impediu a ocorrência do pancadão ‘baile da torre’, no Jardim Canhema, e realizou vistorias de bares e outros estabelecimentos comerciais que desrespeitaram o horário de restrição.

Os policiais vistoriaram 78 automóveis, apreenderam um veículo (por som alto) e mais 6 moto, totalizando 75 autos de infração de trânsito.

Também foram constadas 54 orientações para residências e comércios, por questões de aglomerações, som alto e outras perturbações.

Segundo o Decreto Municipal 7.885/2021, de 26 de fevereiro, a fiscalização do lockdown noturno deve continuar.

A cidade está sendo dividida em quatro partes, sendo uma responsabilidade da PM, uma da Polícia Civil e as outras duas com a GCM e outros órgãos da Prefeitura de Diadema.

Vale ressaltar que o decreto da Prefeitura de Diadema libera serviços de delivery. Também podem trabalhar normalmente o transporte individual de passageiros como táxis e aplicativos.

Para denúncias relativas ao lockdown, basta ligar para a GCM (153), PM (190) ou Polícia Civil (181).

Gostou de “Diadema tem 213 pessoas abordadas durante lockdown”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais sobre Diadema.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.