Startup abre vagas de trabalho remoto para desenvolvedores

A Certus está lançando um novo braço, startup voltada para concessão de crédito para pequenas e médias indústrias e abre cerca de 40 vagas para trabalho remoto

A Certus, empresa de Curitiba (PR) que desenvolveu um ERP voltado para indústrias de pequeno porte, está lançando uma fintech voltada para pequenas e médias indústrias.

Por conta dessa expansão, está abrindo cerca de 40 vagas para desenvolvedores que
vão atuar no desenvolvimento de aplicações para concessão de crédito via antecipação de recebíveis, bem como outros produtos financeiros.

Fábio Ieger, CEO da Certus, informa que todas as posições são para trabalho remoto, já que é uma cultura da empresa. “Hoje temos times espalhados por dez Estados trabalhando remotamente. Além da área de Ti, temos oportunidade para outros
profissionais que atuam no segmento de finanças, comercial, marketing, administrativo, atendimento”, justifica.

As vagas
A Certus tem vagas para Desenvolvedor(a) Javascript e os requisitos são conhecimentos sólidos de lógica de programação, CSS, HTML e Javascript; experiência
com Vuejs; familiaridade com Api Rest; práticas de desenvolvimento orientado a testes;
conhecimento de versionamento com Git (incluindo Code Review). Boa comunicação e
trabalho em equipe e idioma inglês nível intermediário completam o perfil. Link para
inscrição: https://forms.gle/7mJjRyrrB7GtFLcdA.

As outras vagas são para Desenvolvedor(a) Ruby on Rails e os requisitos são
conhecimentos sólidos de lógica de programação; experiência com Ruby on Rails;
familiaridade com bancos de dados relacionais (especificamente Postgres); práticas de
desenvolvimento orientado a testes; conhecimento de versionamento com Git
(incluindo Code Review). Boa comunicação e trabalho em equipe e idioma inglês nível
intermediário completam o perfil. Link para inscrição: https://forms.gle/kHrNeDrq9nYf6A9d8.

Para os interessados em demais vagas citadas por Ieger, basta enviar e-mail para
contato@certus.inf.br.

Crescimento de 300%
A Certus é uma startup que cresce mais 100% ao ano, conseguindo atingir  um crescimento de 300% durante a pandemia. Recentemente recebeu aporte por meio de
rodada de investimentos Seed para ampliar a oferta de crédito por meio de antecipação de recebíveis.

Com seis anos de atividades, a Certus recebeu investimentos da Bossa Nova, de João
Kepler e Pierre Schurmann; da IVP de Fabricio Bloisi e Bruno Rondani; da Poli Angels, vinculada à Universidade de São Paulo e Esdanio Pereira, ex-diretor da Randon, além
de passar pela aceleração da Baita Aceleradora, na Unicamp.

Para auxiliar ainda mais os cerca de 300 clientes, entre pequenas indústrias dos
setores metalmecânico, químico, cosméticos e alimentício, distribuídas em cinco
estados, sendo eles São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a Certus está criando um banco digital para oferecer empréstimos com taxas de
juros mais competitivas para os empreendedores que não conseguiram o crédito
emergencial disponibilizado pelo Governo junto aos bancos privados. “Oferecemos,
além da antecipação de recebíveis, empréstimos para capital de giro, financiamento
para vendas de mercadorias, aquisição de máquinas, matérias-primas e empréstimos
consignados para os funcionários. Temos estrutura organizacional e economia para
ofertar acesso a dinheiro barato aos nossos clientes”, destaca Fábio Ieger, CEO da
Certus.

A antecipação de recebíveis funciona como a antiga duplicata, só que pela plataforma
da Certus e pode ser feita totalmente de forma digital. Basta ao interessado informar o
CNPJ, a Inteligência Artificial faz análise de crédito e em 15 segundos recebe uma
notificação de aprovação ou não. Caso seja aprovado, já é liberado um limite para ele
começar a antecipar. “A partir do momento que ele tem essa aprovação, o empreendedor pode enviar as notas fiscais e o sistema aprova o crédito também para
quem ele está vendendo e, após autorização, em até 30 minutos o dinheiro está na
conta dele”, detalha Ieger.

Fábio Ieger é empreendedor e apaixonado por tecnologia. Administrador de empresas,
sabe o quanto é desafiador o dia a dia para manter um negócio em atividade em um
país com instituições financeiras que em nada ajudam o pequeno e médio empresário.
Para levar soluções sustentáveis e realista a esse público, fundou a fintech CERTUS,
que utiliza dados do seu software de gestão para conceder empréstimo e capital de
giro para os que mais necessitam de ajudam, e esbarram em análises injustas. Para
mais informações, acesse https://www.certus.inf.br/

Startup abre vagas de trabalho remoto para desenvolvedores
Startup abre vagas de trabalho remoto para desenvolvedores. Foto de Christina Morillo no Pexels

Sobre a Certus
O Certus Software proporciona ao usuário uma experiência agradável e intuitiva,
utilizando ícones de fácil compreensão, com telas simplificadas e com todas as
informações em um só lugar. Com relatórios de fácil compreensão, auxilia na tomada
de decisões. Agregado a isso, diversos serviços financeiros, como antecipação de
recebíveis e empréstimos de capital de giro. A cada dia, a empresa inova e inclui a
inteligência artificial para ajudar cada vez mais a pequena indústria. Com seis anos de
atividades, recebeu investimentos da Bossa Nova, de João Kepler e Pierre Schurmann;
e da IVP de Fabricio Bloisi e Bruno Rondani, além de passar pela aceleração da Baita
Aceleradora, na Unicamp. Para mais informações, acesse https://www.certus.inf.br/
ou pelo ig @softwarecertus.

Gostou da nossa matéria “Startup abre vagas de trabalho remoto para desenvolvedores“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.