Qual o sentido da vida?

Lorena Pelais é autora de “Qual o sentido da vida?”?

Eis a questão mais intensa que possuímos …
Só conseguimos compreender com um pouco talvez de exatidão quando atribuímos nossa existência a um conhecimento externo, assim podemos compreender um pouco melhor o porquê e para que estamos aqui …

Todos como seres já passamos por essa dúvida em algum momento, quem sou, o que vim fazer e seus porquês…

Envolver-se com fatos históricos e com auxílio de uma experiência religiosa contribui positivamente, eliminando dúvidas assertivamente aprimora o “achismo” dando mais certeza que temos uma missão a qual devemos cumprir sem saber com exatidão de qual se trata, mas que temos uma função a ser desenvolvida dentro da sociedade e principalmente, não temos tempo para cultivar dúvidas, temos que ser eficaz e eficiente do erro ao acerto para evitar danos estrondosos a nós mesmos e aos que nos cercam.

Embora, achemos que estamos sós, sempre há alguém a procura de algo que assim como nós desconhece.

Um “ciclo vicioso e contínuo”

Isso resumiria a dádiva da vida e toda sua consistência?? Obtendo resultados expressivos de “plenitude existencial“, pós e contras, toda a dúvida que nos cerca e a força de vontade que nos fortalece continuamente nessa jornada que é Viver Costumam dizer : “A vida é uma festa!

Deleite-se, encha a cara e curta a ressaca, rsrs
Geralmente, nos sentimos embriagados em plena lucidez, delicie-se de uma ressaca moral de vez enquanto, é bom pra rever-se no todo em tudo como ser humano.

Repita esse processo quantas vezes for necessário, tire as melhores lições, cresça, evolua, liberte-se , nascemos livres, mas nos permitimos ser acorrentados a pensamentos hipócritas de uma sociedade insana devido ao cansado mental de ideias mal planejadas que são ditadas todos os dias para quem se acha ter o poder.

Somos seres pensantes e temos a obrigatoriedade de fazer adaptações aos termos definidos para que se enquadrem à realidade geral que cada um vive de acordo com os recursos morais, financeiros, culturais, religiosos que herdamos de nosso núcleo familiar, ao invés de, seguir “modinha”, batalhar pelas futilidades sociais que buscam nos entubar que saltam os olhos deslumbrando-se ao desnecessário e evasivo.

Batalhemos por um bom caráter, condições de educação, saúde e profissional dignas para que, assim, possamos reestruturar e moldar os conceitos arcaicos que nos forçam a seguir sem opção de escolha, só nos apresentam como o que é certo a fazer sem orientações específicas de sobrevivência na selva, “somos ovelhas lançadas ao lobo faminto” que nos persegue uma vida inteira, sem que possamos ter espaço e ar fresco para solidificar nossos pensamentos.

Obviamente, os tais ditadores das regras sairiam em desvantagens, uma multidão em prol de uma reforma existencial e quem sabe assim teríamos as amarras cortadas e desfrutaríamos da plenitude da liberdade de Ser e Existir em um mesmo espaço em tempo em uma só conexão extremamente harmoniosa e feliz!!!

Lorena Pelais ॐ∞

Leia mais em Xicas

Gostou “Qual o sentido da vida?”?

Photo by Lucas Pezeta from Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e veja nosso Caderno Cultural. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Desvende-se

Lorena Pelais é autora de “Desvende-se”.

Não tem porque ou por que entender tudo de uma só vez.
Por mais que sempre queiramos saber os porquês de tudo e para que de fato queremos obter em um único momento tantas informações?!?

Saberíamos exatamente como usá-las devidamente?!? Conseguiríamos assim montar e solucionar nosso interminável quebra-cabeça pessoal?

Seríamos de fato, melhores conosco e para o outro?!?Temos sabedoria, empatia e bom senso para lidar com o todo em modo geral?!?

Quem garante que não nos envaideceríamos, esnobaríamos ou seríamos extremamente arrogantes num nível que nem mesmo nós seríamos capazes de suportar.

Sem garantias, sem respostas para muitas perguntas, é assim que é e devemos seguir, ao seu tempo “deciframos” uma nova verdade que dá todo sentido a uma das muitas questões que possuímos, embora a vida seja tão fugaz, apressar as descobertas não contribui tanto quanto exatamente ansiamos.

O dia após dia nos traz a maturidade necessária para fazer bom uso das dádivas, se bem que, sem generalizar idade e maturidade sejam aliadas plenas, porém se aplica bem no contexto em geral, o que seria da vida se não houvessem exceções.

O fundamental é, conhecer bem as “leis da vida”, estar abastecido de informações sólidas, devendar não seria um grande enigma, mas sim, um bom passo dado na “escada” evolutiva a nosso favor, em prol da experiência na Terra e em nosso aperfeiçoamento como ser.

Não importam todos os porquês e “para ques”, se não fizer bom uso, temos o conhecimento necessário no momento exato , a busca incessante amortecem valores primordiais , cega, sem garantias de chegada ao final do túnel.

Vagarosamente também é um bom caminho, as quedas são inevitáveis, porém temos maior tempo de cicatrização entre um tombo e outro, “cair” faz parte do processo , erguer-se dá oportunidade a uma nova etapa , uma nova versão aperfeiçoada com conhecimentos aprimorados. 

A lebre corre e logo se cansa , a tartaruga em seus passos lentos é capaz de viajar o mundo e vive muito mais…

Nada contra viver intensamente, mas hoje em dia percebo que é tenso abraçar o mundo de uma única vez. Aos poucos , de pouco a pouco é possível se conhecer melhor, menos impulsiva, mais razoável diante dos próprios sentimentos, aumentando as chances de acertos, diminuindo os erros e assim caminhar com mais leveza, por mais que a bagagem aparente ser pesada e infinita a certeza dizimará todos os porquês sem espaço e tempo para as dúvidas que conturbavam o dia a dia. 

Dia após dia, ouvirá o coro angelical invadir a mente e a alma enviando a sensação de “missão” realizada com êxito e pronto para a próxima fase com louvor.

“A pressa é inimiga da perfeição”, e de repente quando o coração se acalma tudo se encaixa esplendidamente, revelando o quão fácil sempre foi desde o início, era necessário somente, receber, aceitar, entregar e confiar.

“Para sempre , sempre acaba” assim é tudo que tem que ser, acontece “cedo demais” para uns e no tempo exato para outros de acordo com o nosso merecimento do uso da vida, as escolhas que fazemos, como agimos, todos os nossos aspectos pessoais são observados dos céus, onde nada é oculto, tornamos “ocultos” a nós mesmos pelo fato de ver o que somos e como somos , conheça a ti mesmo e conhecerás o universo e verás sua autotransformação. 

No palco da Vida, Você desempenha muitos papéis seja o melhor que puder ser , acorda-te e verás olho a olho o mundo com clareza.
Lorena Pelais ॐ∞

Leia mais em Xicas

Gostou “Desvende-se”?

Desvende-se

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Híbrido

Composto por elementos diferentes, as salas de aula de 2021 apresentam o sistema híbrido de ensino devido as normas de segurança de distanciamento em locais públicos, exceto transportes públicos por lá rola superlotação diariamente, certamente as concessionárias higienizam adequadamente a cada embarque e desembarque de passageiros, senso de humor à parte, até porque este não é o assunto em pauta, não neste momento.

Voltemos às salas de aula…
Temos que parabenizar aos educadores que assumiram o risco de uma “plateia” tão diversificada presencial e on line simultaneamente, provavelmente se sentem no programa ao vivo, “se vira nos trinta”…

Além da dinâmica em sala, eles têm que dar uma atenção aos alunos em casa de forma igualitária, parece tudo muito lindo, mas na prática, a conexão e seu delay não colaboram, por outro lado as criancinhas não desligam o microfone e os ruídos externos interferem na aula presencial com uma acústica assustadora, mas para os menores não assusta tanto assim, é mais um motivo de risos e desvio de atenção, como em toda sala tem aquela criança que se distrai facilmente, logo temos um alvo atingido, um aprendizado comprometido, ao lado tem o coleguinha piadista que aproveita pra divertir a turma pro desespero da professora que tem que ter muita paciência e educação ao pedir que a criancinha do microfone em casa mantenha no mudo ou “mutado”, haha se viralizou esse termo não sei ao certo, mas ouvi muito esses comentários em 2020 enquanto estava cada um na sua casa.

Enfim, a flexibilização permite que nossas crianças voltem as suas atividades escolares em sistema de rodízio.

Híbrido. Foto: Reprodução/Internet

Tudo muito bom, tudo muito lindo, crianças de volta às salas de aula parcialmente e a outra parte de casa, assistindo a aula sozinhos ou papai, mamãe e periquitos, os responsáveis em casa questionam a conduta da professora, reclamam da instituição de ensino , mas ninguém pensa na “santa” da professora, santa sim, está a frente da lente do BBB , amada por uns, odiadas por outras se mantem no paredão que nunca saberemos quando será o fim.

Entendo perfeitamente a preocupação dos responsáveis, mas quis muito me colocar no lugar das professoras em sala de aula e buscar entender o como e quanto é difícil interagir com a ausência do corpo a corpo, controlar as criancinhas para evitem as confraternizações, “obas obas” relembrar vinte vezes da importância do álcool em gel, que não pode merendar sentados juntos aos colegas e seguir com o planejamento, fingindo que tudo está do jeito mais normal de sempre, quando vemos que tá tudo diferente desde a realidade do mundo inclusive na escola, mas os responsáveis querem resultados iguais, como é isso gente?!? 

Híbrido. Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Em que momento haverá empatia em compreender que a mesma dificuldade que as crianças têm on line, a tia tem em sala de aula, se não bastasse a presença “distante” onde a afetividade têm sido mostarda através de palavras de carinho, porque nem sorrisos são realmente visto devido ao uso das máscaras, o quanto essa tia não perde o fôlego se sentindo sufocada em ter que elevar seu tom de voz pra de fato ser ouvida dentro e fora da sala de aula (on line).

Ela fala para dois públicos diferentes, pra melhorar nem sempre a internet coopera, ela falha e a conexão se perde para o desespero dos pais que acusam logo a professora de má vontade em ensinar.

Noto que os educadores atuantes nesse momento de pandemia deveriam levar o Oscar de excelência profissional assim como os funcionários da área de saúde , a galera da área de saúde e afins um Salve gigantesco pela coragem, por se manterem firmes na linha de frente, parabéns!!!

Parabéns a todos que cumprem com as regras básicas de saúde, parabéns a todos que se mantiveram firmes e foram às ruas para servir a nossa sociedade, manter o pão nosso de cada dia à mesa, sabemos que o pão em muitas mesas se mantiveram em pedaços menores e infelizmente houve grupos que tiveram suas refeições e alimentação totalmente reduzidas , eu sei que não está fácil pra ninguém, estamos todos atravessando esse momento “pandêmico” juntos, mesmo que separados cada um em suas casas, visitas continuam proibidas, assim como festas e aglomerações, saúde em primeiro lugar, evite a circulação e a mutação vírus que parece ganhar forças mesmo em nosso clima tropical ceifando cada vez mais vidas.

O que quero com tudo isso?!?Conscientizar?!? Se lhe servir, muito bem, um ótimo elixir, se não o melhor está por vir.

Eu quero dizer que andamos cada vez mais críticos, cada vez mais rabugentos e ranzinzas, custa elogiar, incentivar e principalmente valorizar o sacrifício que muitos profissionais de diversas áreas têm feito por si e por todos nós em áreas diferentes, mesmo com algumas ramificações “fechando” e “abrindo”, os locais essenciais se mantiveram de portas abertas, esqueçam o que os motivou, mas que sempre estiveram ali com um belo sorriso nos olhos, com um tom de voz doce para servir a população, vamos agradecer mais e criticar menos, todos têm as mesmas necessidades básicas, todos têm os boletos pagos e os em aberto, todos têm que pôr comida à mesa, todos temos problemas!!

Custa ter empatia?!?Ser agradável?!?Buscar a tolerância e praticar a paciência?!? 
Ser solidário não é só contribuir filantropicamente é se doar, é ser bom, se colocar no lugar do outro, ser amoroso, agradável e paciente, temos passado por tempos tão difíceis, tantas perdas de entes queridos a bens materiais conquistado com suor de trabalho árduo.

Híbrido. Foto: Reprodução/Internet

Vão-se os anéis e ficam os dedos
Nós somos os dedos que resistimos e continuaremos persistentes na luta contra o vírus, permita que se vá o orgulho, a vaidade, a soberba, a arrogância, “o rei que mora na sua barriga”, elimine tudo que não te acrescenta e seja amável com o seu próximo que está na mesma luta com você.

Somos todos irmãos, amigos e aliados, enquanto não cremos que nosso único inimigo real é o vírus, estaremos atirando uns nos outros julgando estarmos certos quando na verdade ninguém mais tem razão, esquecidos foram os valores da criação. 
Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou da nossa matéria “Híbrido“?

Híbrido. Foto de Julia M Cameron no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Hipocrisia

Acho que essa palavra tá na moda. Por onde passei Virtualmente, hipocrisia está no top 10, está em todo lugar. Hipocrisia associada a um julgamento feito e uma resposta dada. 

Sei lá….Seria hipocrisia usar o verbo, com a força da palavra em si para justificar um conceito que tem sido fortemente utilizado?!?

A necessidade que as pessoas têm em se autoafiramarem constantemente não seria uma fábrica de novos hipócritas futuros?!? A banalização da palavra, se faz uma boa ação, mas no momento em que o outro discorda, surge um dedo indicador e grita: *- Hipócrita!!*

Estilo “querem controlar, mas são todos descontrolados” Somos todos falhos em demasia, muito, muito mesmo. Existem estratégias que funcionam na prática, outras preferem a teoria, em tese, como material didático é de fácil manuseio, quando vamos entender que pessoas são complexas?!?

Concordo, cada um com uma forma de pensar, por cada um ter classe social, moral, cultural, religiosa diferente, que as motiva e manteve até aqui. Mas quando uma pessoa se torna hipócrita por pensar diferente do que eu penso?!? Quando a sua verdade que não é a mesma que a minha se torna hipocrisia?!?Estaria eu sendo hipócrita agora, por observar que pessoas pensam diferente, interagem em meios diferentes e que são exatamente as nossas diferenças que nos tornam únicos e especiais.

Que por meio da suposta “hipocrisia” podemos compartilhar novos conhecimentos compreender novas e diferentes formas de pensar e ajustar para que se enquadrem a nossa realidade e as variáveis de nosso hábitat natural.

Seria “antologia” pensar assim e “analogar”, não para me justificar, mas sim deixar claro que somos livres para pensar de maneiras diferentes e agir de acordo com o que achamos mais conveniente e proprício conforme os ensinamentos aprendidos e alguns enraizados?!?

O agir, esse sim foi comprometido brutalmente com o passar do tempo e todas as novas informações, valores foram perdidos, pessoas esfriam-se na Fé, sem diretrizes de caminhar, sem exatamente certo ou extremamente errado , hipócrita seria falar que tudo é muito mais fácil de uma maneira complicada?!?  O “meio” uso das palavras, a separação do diálogo, o afastamento de pessoas por : raça, crenças, grau de escolaridade, bens materiais, entre outros , esses sim são problemas que antecedem a jornada de muitos a qual iniciou-se em navios negreiros e toda comercialização de pessoas como mercadorias de uso e desfruto de seus senhores.

Nascemos em uma sociedade marcada por muitas guerras, intolerância, escravidão, disseminação de ódio, discursos de dias melhores, mínimas foram as ações de esperança, digo, não houve praticamente nenhuma de quem rege o tal poder da nação, estamos sempre diante de seis ou meia dúzia.

O tempo que dedicamos pensando na solução mundial, esquecemos que nós crescemos mal resolvidos e levamos esta indignação até o sepulcro que se repete , se repete incansavelmente.

A ação mundial se inicia em dar atenção primária a nós mesmos, identificar os pontos que necessitamos aprimorar e explorar, lapidar o melhor que possuímos de berço.

Suponha que nascemos, “meta-meta” 50% bondade e 50% maldade, seria justo dizer que somos hipócritas ao não reconhecermos nossas imperfeições, dedicar-se a busca da perfeição Divina que “jamais” atingiremos.

Somos semelhança do Criador, ter a mesma “sagacidade”, clareza de pensamentos e relacioná-los a pessoas e atitudes cotidianas sem julgar, deduzir, especular ou supor criticamente, geralmente, são usadas palavras ofensivas ou maldosas seria um bom ato ou hipocrisia?

Somos hipócritas ao pensarmos em hipocrisia, porque na maioria das vezes nos falta humildade para ouvir, aceitar ou discordar respeitosamente, a partir do momento em que desconheço os aspectos que motivam e a linha de pensamento usada pra chegar até ali.Não são palavras que justificam maus atos, a atrocidade fala por si, por trás de um monstro, um dia houve um ser, o que seria da humanidade se pensássemos assim?!?

Sobretudo respeitar o próximo. Não temos como hábito respeitar a nós mesmos, excedemos e vamos além de nossos limites quase sempre , mas dificilmente dedicamos tempos para nós identificar como seres atuantes de uma sociedade.

Não identificamos de “cara” nossas falhas e somos falhos exatamente por isso, não ouvimos nossas indignações para tratá-las adequadamente, elevaríamos por assim dizer a bondade original destruindo de vez a matriz de fábrica, superando os 50% em busca dos 100% da bondade que podemos atingir.

Aqui chegamos cheias de resquícios, onde o objeto é reestruturar nossa condição e o primeiro passo, não para um sucesso promissor financeiro, mas sim para uma evolução espiritual necessária , quanto mais acertos tivermos, menos dúvidas teremos e ficaremos mais próximos da missão cumprida e despedida deste plano.

A Fé é o melhor combustível, in natura temos essa semente, basta que sejamos solos férteis para o cumprimento de todas as etapas do ciclo de vida, seja ela: mineral, vegetal, animal e hominal.

Como se estivéssemos armados, selecionamos as melhores pedras a serem lançadas, quando intimamente fomos alvos inúmeras vezes, sem motivos explícitos. Feridas foram abertas e jamais cicatrizadas, mas sempre há um bom comentário da vida alheia na agulha a ser feito.

Poderia dizer que nascemos todos hipócritas pela facilidade de nos deixarmos envolver com as belezas materiais, ignorando a verdadeira beleza que não vemos a olho nu, a *Beleza Espititual* , onde a hipocrisia se torna uma palavra vã, sem moral alguma diante do objetivo de ser e existir preenchendo o mesmo momento espaço tempo sem alterações dando lugar a toda bondade em sua magnitude, transbordaríamos alegria e contagiaríamos a todos por onde quer que passemos sem hipocrisia, assumindo o controle de si, sem julgamentos precoces de situação que desconhecemos ou das quais não temos todos os detalhes.

Mente aberta.
Nossa mente e bons pensamentos , nos conduzirá onde quer que originalmente fomos “programados” tenhamos leveza , empatia e gentileza, sem medo do que quer que sejamos julgados ou simplesmente observados, boas ações e tolerância nos afastam da hipocrisia que quer nos consumir para deixarmos de ser e existir.

Exista realmente, sem teatro, dissimulação e fingimentos.Seja temente a Deus sem “beatice”, permita que habite seu coração em essência, compreenda suas intenções sem sugestões de terceiros. Use e abuse da *Boa Fé* não dissemule verdadeiros sentimentos, para o hipócrita só existe a falsidade!

Lorena Pelais ॐ∞.

Gostou da nossa matéria “Hipocrisia“?

Foto de Anete Lusina no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Teatro da vida

Lorena Pelais é autora de “Teatro da vida“.

Feche os olhos, inspire imagine o que mais te agrade, que te faça se sentir bem , um lugar, uma sensação, um elemento da natureza, limpe sua mente, abstraia de todas as preocupações que te cercam, expire lentamente, abra os olhos vagarosamente para que o excesso de luz não te cegue.

A partir daí, estaremos preparados para realizarmos quaisquer que sejam as atividades, prontos para plantar , colher, rascunhar, editar e quem sabe apta para reescrever sua própria história.

Existem momentos em que os desafios parecem montanhosos, mas só possuem esse tamanho para quem os cria, aqueles que conseguem “invadir” , visualizar seu mundo não veem o mesmo que você.

A vida é bela, é um sonho ou real??
Quais são os grandes mistérios que envolvem a existência humana??
As dúvidas algum dia cessarão??

Existem tantos porquês, quase sempre sem respostas, por que na verdade as respostas são buscadas em fontes errôneas, pois na verdade elas sempre estiveram bem ali na sua frente, só você e eu não queríamos ver, seja por falta de conhecimento, por não sabermos fazer bom uso ou simplesmente temos medo de agir, mas as respostas sempre estão dentro de você é como um enigma, mito da caverna , “conheça a ti mesmo que terás as respostas para tudo que te aflige”.

A falta de conhecimento interno, nos embosca de tal maneira que involuntariamente e inconscientemente, participamos de planos macabros contra nós mesmos, desenvolvidos por nós mesmos, soa como loucura, pode até ser, rsrsrs.
Somos guardiões do bem e do mal, administre-se , nem oito ou oitenta, busque o equilíbrio e seja bom para você mesmo, não se maltrate!!

Excessos são causadores de problemas, excesso de confiança e alto estima, junto vem o superego e vaidade, a necessidade de ser melhor sempre como se fosse uma competição, sabotam-nos invisivelmente , é corda pra se enforcar, é dar linha demais à pipa, é acelerar sem testar primeiro o break.

É estar a mercê da própria sorte, age-se deliberadamente, como se fosse portador de “super poderes” sem ter acesso as regras de uso, com instruções minuciosas e principalmente sem a supervisão de alguém treinado e devidamente habilitado.

Uauuuuu, pressentem o tamanho da catástrofe?

Seu “Transformer do mal” foi criado, a mente te “engana” acelerada te passa informações de bem-estar e plena funcionalidade, o ápice, um monstro com ferocidade de uma bomba nuclear, capaz de emitir ondas elétricas de altas tensões, suas explosões serão internas seus destroços com aspectos variados, erupção de alcance desmedido sem previsão de longitude e latitude.

Que a mente humana é um grande mistério, sabemos, não é de hoje, não sabe-se ao certo o que nos motivam constantemente, capaz de gerar energia sem que haja necessidade de substâncias externas, necessidades básicas primárias.

Motivação como fonte primordial de energia e alimento para o corpo e a alma, a exposição ao sol como fonte de calor para crescimento sadio, a chuva para refrescar, mesmas gotas que aliviariam a sede, tudo na medida certa, excessos são prejudiciais e causam danos irreparáveis, aprisiona-se a mente em objetivos fracos e mal embasados perdendo a essência da alma entregando-se aos demônios ocultos e alheios, entocados nas profundezas de seu ser, aguardando uma pequena brecha para “tomarem de assalto”, te roubam, destroem e por fim matam nem sempre o próprio ser , mas os sonhos e as habilidades naturais que nos são dadas no dia de nosso nascimento, que deveríamos ter a humildade de desenvolvê-las pra serem nosso maior trunfo e grande troféus , um dom que calamos, matamos e enterramos por nos envaidecer.

Quer conhecer alguém? Dê poder e verás todas as suas faces ocultas.
Nós somos nossos maiores inimigos, dizem que mente vazia, torna-se obra do maligno, retirando o pouco que temos interiormente, a paz.

Limpe a mente e siga em frente, busque seu Eu, faça bom uso das dádivas divinas presentes em sua vida.

A vida não tem muitas explicações a te dar cotidianamente, erre, conserte e acerte.

O mundo gira, “em cima em baixo” tenha nobreza de espírito para distinguir seus próprios desafios e sair deles um ser melhor do que quando entrou.

Passagem ….
A vida é uma grande passagem, um sonho, uma realidade, neste espetáculo chegamos como coadjuvantes, mas o objetivo é ser o protagonista principal, respeitando as leis divinas.

Lorena Pelais ॐ∞.

Gostou da nossa matéria “Teatro da vida“?

Teatro da vida. Foto de Mohan Reddy Atalu no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Mãe, Maravilhosa por natureza

Lorena Pelais é autora de “Mãe, Maravilhosa por natureza”

Maternidade é fantástica, seu corpo dá espaço e abriga um outro novo ser, autossuficiente para produzir alimento, rico em proteínas fundamental à fase inicial da vida.

Mães são imprevisíveis, são os seres mais humanos que podem existir, elas piram, elas surtam, elas podem parecer chatas, porém são incrivelmente encantadoras, suas “obrigações” são inúmeras, suas preocupações incontáveis, são simplesmente loucas, loucas por suas crias.

Tiram forças de onde não tem, superam obstáculos por um amor maior, tornam-se “autoimunes” quando se trata de seus filhos, saúde de ferro, nem parecem que ficam doentes.

Não possuem super poderes, mas são tão fortes para não demonstrarem suas fraquezas, pois no fundo elas são mulheres, moças e até meninas cheias de sonhos, bondosas com muitas expectativas.

São generosas sem limites, partilham suas vidas com os pequenos e de “quebra” com toda a família.

Ser Mãe é muito abrangente, se torna educadora, atua em diversas disciplinas, artes , português, matemática, ciências, história, geografia, etiqueta e boas maneiras, entende dialetos, fala em línguas. É mímica, entende “libras” nas fases iniciais.
É médica, enfermeira, nutricionista, cozinheira, mestre cuca, “queimam a mufa” aspiram ser mais completas a cada dia.

São racionais, mas “viram bichos” quando se tratam de seus filhos, acalentam e os protegem com unhas e dentes.
São meteorologista natas, astrólogas, sensitivas de carteirinha, preveem o futuro, antecipam os fatos do presente e guardam docilmente em boas lembranças o passado.

São escritoras, historiadoras, arquivistas, registram e guardam cada dente. Contadoras de histórias, estatutárias sabem em detalhes de aspectos que as crianças nem imaginam, estimam os percentuais dos prós e revés.
Mãe é super protetora, orienta mas os filhos fazem suas próprias escolhas.
Mãe dá asas, ensina a voar, usar freio de pouso e sinaliza a pista para resguardar seus tesouros.

Mãe é uma fase intermediária, é um estágio desafiador do processo, momento de erros e acertos, sem tempo para avaliações finais , mas sempre com recuperações paralelas diárias talvez, são filósofas, pensadoras, estrategistas, malabaristas.
Mães são “polvos” desdobram-se em muitas, realizam inúmeros feitos em apenas 24h por dia, todos os dias, durante 365 dias do ano e vivem nesse círculo da “caverna do dragão”, a roda gigante mostra a saída, mas o portal se mantém fechado ao compromisso de cuidar da dádiva que foi recebida dos Céus, cultua a Fé para se manter firme, forte e de pé.

Com passar do tempo, se tornam Avós, se tornam humoristas “filhos criados trabalho dobrado” , a generosidade está entranhada nos ossos, pele, na alma, não tem como não ser algo além.
Dividi-se em duas, mãe e avó, atenção diferenciada de acordo com a faixa etária, conselhos constantes às crias e “invenção de moda” com os netinhos transfere parte de sua vivência geralmente em trabalhos manuais, reforça as regras de etiqueta, olha sério pras peripécias, mas já não distribui tantos puxões de orelha (exclusividade reservada).

Bisavós, essas são as mais estilosas, alegres, o tempo pode não ser o melhor aliado “exauriu” suas forças nas etapas anteriores, geralmente, sem forças para saltar e correr, reforça a importância da disciplina, que “esperto demais se atrapalha” relembra seus tempos de menina , fala sobre paciência e das mudanças das últimas décadas vividas, a beleza não é tão aparente, se torna quase irreconhecível, mas deixa sua alma gravada passada com tanta sabedoria.

Mamãe Maravilha desenvolve seus dons e aceitam todas as etapas da vida, se doa, cuida e cresce lado a lado com suas crias.

De geração em geração, etapas e mais etapas ser Mãe é evoluir conscientemente ou inconscientemente dia após dia.

Feliz dia das Mães!!
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou da nossa matéria “Mãe, Maravilhosa por natureza.“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Despedida

Lorena Pelais é autora de “Despedida”.

Assustador como derrepente tivemos nossas vidas transformadas.
Pessoas assustadas, “quarentena” interminável, mudanças de hábitos, vidas ceifadas.

Inúmeras perdas em todo canto do mundo deste planeta, o mistério da vida , as crescentes especulações aos enigmas que envolvem a morte, chamada de “vida eterna”, uma viagem sem previsão de reencontro, não resta menor dúvida, os que ficam não conseguem superar com facilidade, é difícil lidar com a ausência e a saudade.

Do riso ao choro, do drama a graça, das desgraças uma comédia da vida urbana na íntegra com riquezas de detalhes, cada aspecto de certa forma tocou diretamente os inúmeros espectadores independente de quais meios de comunicação tenha sido usado, cada um de nós , teve sua história contada com doses exageradas de bom humor, leveza , toda tristeza revertida em uma bela gargalhada.

Em tempos tão difíceis, a doce lembrança de bordões inesquecíveis ficam registradas no coração dos que aqui ficam.

“Borocoxozinha é a sensação de uma nação, sem poder assistir teus córneos show, uma pessoa rica riquíssima de alegria contagiante, de energia além de 220volts sua partida será algo difícil de acreditar e que jamais vai colar a palavra Adeus!”.

Uma passagem brilhante, em cada personagem a transparência da alma a sinceridade do ser humano por trás do papel, presenteou nossos dias com muito amor, risadas e alegrias, se doou, compartilhou sua vida com graciosidade para uma platéia desconhecida, partiu, deixando um pouco de ti marcado em cada um dos que te assitia , se essa era sua missão, caminhe certo que foi belamente cumprida, lamentamos somente porque não estávamos preparados ainda.
Encantou, emanou alegrou, despertou amor com humor transformou vidas , os “pensares”, os “conceitos” , jamais serão os mesmos , fez da própria vida uma “piada” recorde de bilheteria, com glamour, beleza, agradável a ser vivida.

Inacreditável…
Porque os bons morrem jovens??
Já dizia Renato Russo/ Legião Urbana.

No espetáculo da vida, ao fechar das cortinas, apagar as luzes, o mais difícil é dizer: – Vai com Deus!

Meus sinceros sentimentos a todas às famílias vítimas da pandemia!!!

Ao amigo que gostaria de ter conhecido Paulo Gustavo, condolências à família, sempre será lembrado, um ser bem quisto e amado, nos deixa uma dentre muitas lições que rir é um ato de resistência!

Lorena Pelais ॐ∞

Foto de cottonbro no Pexels

Gostou de “Despedida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Beleza Oculta

Lorena Pelais é a autora de “Beleza Oculta”, confira:

Não se trata de imagens visíveis a olho nu, relaciona-se a sentimentos vindos da alma.
Alegria e tristeza, do medo à superação, da angústia ao refrigério e por aí vai…

Incontável , imensurável, disponível a quem sente.
Empatia, compaixão compartilham parte das sensações que o outro pode sentir, nunca com a mesma intensidade, cada um tem seu jeito próprio e tempo certo para sentir, individualmente, os conceitos, sentimentos que habitam um ser jamais serão os mesmos do outro, possuem semelhanças e com imaginário deduzimos a sensação que o outro possa sentir.

O que fere a uns por tempo, pode durar segundos para o outro, que abstrai e reverte essa energia transformando em uma experiência “positiva” menos dolosa.
Tudo depende do ângulo, ponto de vista.

Relacionar a beleza aos momentos difíceis é a tarefa mais árdua, é justamente quando estamos totalmente envolvidos em algo de corpo e alma , onde tudo parece interminável e insolúvel.

Somos assim em nossa maioria, extremistas , imediatistas e um tanto dramáticos por assim dizer. Quando na verdade, tudo parece perdido , esquecemos que sempre surge uma inesperada luz.

“Quando uma porta se fecha, duas novas se abrirão!”
Momento em que o que aparenta ser impossível se torna possível repleto de novas possibilidades inimagináveis.

Fé, foco e determinação, quem te ampara , não te desampará.

“Não existe vitória sem luta, a luta nos eleva a glória”, não de vencer a guerra, mas sim de derrubar os gigantes que nos habitam, criados pela nossa própria mente, superando-os um a um.

Obter clareza dos fatos vivenciados, com lucidez, maturidade, sabedoria o que for mais conveniente e próximo ao seu ser no momento da experiência.

Não importam, todas as situações existentes te encaminham para algo maior e melhor imperceptível à razão momentânea , que foge nosso conhecimento imediato, mas que lá na frente, bem adiante reconheceremos que tudo era preciso e necessário.

Trabalhe a aceitação em sua vida atual, “tudo que não mata te fortalece”, poderás padecer por alguns intermináveis segundos , mas retomará às rédeas no segundo seguinte , pronta, renovada, revigorada para novos desafios mais à frente.

E, é mais ou menos assim que é..
A vida inicia e finda a cada adormecer na verdade já “nascemos mortos”, temos metas a cumprir até chegada da vida eterna no paraíso.

O céu é o limite e a prova final fazemos aqui!
Observemos o belo que há dentro e em cada um de nós, apreciar a beleza Oculta que carregamos esse é nosso grande e próprio mistério a ser descoberto.

Lorena Pelais ॐ∞.

Foto de Anna Shvets no Pexels

Gostou de “Relações sociais e o fluxo da vida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Relações sociais e o fluxo da vida

Lorena Pelais é autora de “Relações sociais e o fluxo da vida”

De nada adianta uma vida, sem ter com quem dividi-la.

Bem assim ….
A nossa história depende de outras.
Nossa estrada se cruza com caminhos que nem sempre conhecemos com riqueza de detalhes, mas que fazem parte da nossa jornada.

O medo de se lançar ao que é novo muitas vezes nos consome, se torna maior do que possamos imaginar, enfraquecendo nossa vontade de tentar e se jogar de corpo e alma em novas oportunidades que a vida secretamente nos reserva , mas que de uma forma ou de outra precisam ser completadas para que possamos finalizar ciclos, iniciar outros que por medo muitas vezes aprazamos.

Repetitivo, sei que é….
Mas sinto a necessidade de expor o pensamento que não somos feitos para vivermos sós.
Até nossa chegada, quantas pessoas nos antecederam , o quanto nós esperamos para vir ao mundo e porquê alguns insistem afirmar que a solidão é a melhor experiência da vida?!?

Não vou negar que nos conhecermos o suficiente é imprencidível para amar a convivência com nós mesmos, para sermos “autoalegres” é ter certeza de que somos capazes de sermos felizes de nós conosco mesmos, mais gratificante se torna quando conseguimos doar esse conhecimento, compartilhando uma vida em comum, formando uma família, perpetuando nossa existência com nossos descendentes, participando e atuando seja como for na vida de alguém além de nós mesmos ampliando o significado da vida, explorando o real motivo de estar vivo e viver.

Qual a serventia de nossos feitos e conquistas se não temos com quem dividir os bons e maus momentos que passamos.
E quando tropeçamos é tão reconfortante ter alguém para nos acalentar, ajudar, amparar e se necessário nos pôr de pé novamente, um tropeço pode levar uma queda , o dia a dia pode ser tão exaustivo que renovar o fôlego para dar continuidade sozinho me parece árduo , improvável, mas não impossível.

Por mais que nós queiramos nos sentir autossuficientes , ainda sim , sou muito a favor à interação entre os seres de todas as espécies, com respeito, dedicação e afeto todas as relações são possíveis e terem momentos ternos inesquecíveis que ficaram reservadas no coração e na mente.

Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Relações sociais e o fluxo da vida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Universo Paralelo

Lorena Pelais é autora de “Universo Paralelo”.

Embora tenhamos muitas dúvidas sobre o universo e seu funcionamento, nossa relação de existência nesse espaço físico tão grandioso o qual chamamos de casa, o planta Terra, que existem vidas em outros planetas , que a viagem a Marte seja a mais sonhada para alguns, que os seres possuem características similares a nossa, mas sua aparência não é tão “formosa” como a nossa, que os seres extra terrestres possuem “superpoderes” capazes de ler mentes e mover objetos e a mais destacável de todas sua pele geralmente é verde.

Uauuuuu, quantas suposições temos, se já é difícil cuidarmos das nossas próprias vidas, porque nos interessamos tanto a compreender a existência de seres em outros planetas?!?
Porque os consideramos tão grandiosos?!?
Quando na verdade, cada um carrega individualmente um poder consigo.

Não seria muito mais fácil, tentarmos nos compreender primeiramente , saber exatamente para que e como funciona cada parte de nossa mente?

Sei que tudo pode parecer uma grande bobagem, poderia eu estar imergida em meu universo Paralelo nesse momento, onde suponho minha coexistência, onde todas as pesquisas , estudos estejam verdadeiramente certos, ao invés de, estudarmos a mente do povo que aqui habita e tentar aperfeiço-lá para assim tentarmos sanar um pouco das dores causadas pelos desencontros que ocasionamos com a nossa própria existência.

Em sua maioria, em quase sempre todos momentos, partimos contra as leis da criação, não seguimos a risca os mandamentos, outrora questionamos que as escrituras foram registradas por meros homens comuns, questionando inclusive que talvez esteja desatualizada com o avançar dos tempos…

Não sou estudiosa, apenas uma entusiasta, mas percebo que nos deram regras simples e não conseguimos segui-las, seria desvio de caráter, ou por tendências naturais do espírito?!?

Respostas que em sua maioria não a teremos tão facilmente, não existe um órgão de serviço de proteção ao crédito da existência, ou uma sociedade preservadora dos direitos inquestionáveis , nem mesmo um confessionário de respostas celestiais imediato.

Sabe, a criação do universo pode ter sido gerada através de uma grande explosão, onde supostamente ainda não havia Deus e nem mesmo não existia nada.

Somos livres para cremos no que nos faz sentir melhor, mas temos que elevar sim a mente e pensar, se partimos do princípio que antes o universo era escuro e nada havia, houve uma explosão e surgiu Deus , dando início à obra da criação, dias da semana foram criados, a escuridão passou a ser temporária e representada pela lua, indicado o anoitecer, a luz se fez presente, o dia carrega a esperança de um amanhecer melhor , vidas foram criadas.

Que existem vidas em toda parte do universo, sempre será algo contestável.
Que civilizações antigas tinham métodos próprios para contagem do tempo, criações foram desenvolvidas aprimorando métodos que utilizamos e perpetuarão, que somos capazes de ir além do que vemos, chegar a patamares desconhecido, mas sob orientação de “fonte desconhecida”, que brilhantemente nos conduz a um lugar melhor.

Porque nos fechamos tanto a novas informações, acreditando que somos conhecedores de muitos mistérios, onde nossa mente é um grande universo com partes escuras que talvez jamais encontrem a luz ,ou seja, do Sol ou Divina que assim permaneceram as idéias imergidas na finita escuridão interior que habitamos .

Já imaginou que talvez sejamos seres tão primatas que não estejamos preparados para conhecer os “dominadores” dos poderes ocultos da nossa própria mente e por esse motivo não tivemos a devida apresentação.

A vida nos apresenta universos paralelos a todo instante, desde que chegamos o céu e o inferno, o plano que vivemos entre a carne e o espírito é o limiar.

Tantos avanços, tantas tecnologias, tantos conhecimentos e de que forma é associado pela mente?
Como fazemos uso de todas as descobertas o quão evoluímos com elas?

Como nos sentimos diante das regras , das orientações prévias que recebemos?

Falamos sempre o externo, esquecendo de priorizar o íntimo e primordial a mente.

Assim como somos o Universo, todos temos nosso próprio Universo Paralelo, nosso faz de conta, nossos medos, inseguranças, até mesmo vestígios de vidas que aparentemente não vivemos, de tempos que desconhecemos, lembranças saudosistas de imagens, fragrâncias, sabores de experiência que nunca tivemos.

Foto de Rakicevic Nenad no Pexels

Que existe explicação, existe , mas convence a todos o que você ou eu acreditamos que possa ser a “verdade completa” ou apenas uma de todas as faces que podem ser apresentadas, muitas teorias, pouca prática e assim seguimos na dúvida da expansão do universo sem conhecer o universo individual que nos habita .

Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Universo Paralelo”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Bruma

Lorena Pelais é autora de “Bruma

Ela pregava “felizes para sempre”
Mas no fundo sabia que isso era coisa de menina
Sua mente reflexiva, transitava no passado, futuro e presente
Dormia e acordava
Sorria e chorava
Pensava e escrevia

Sua alma sempre ativa
A cada pulsação seu coração cansado sofria
Sonhava com possibilidades de uma vida que não tinha.

Sonhar não era o erro
Descobrir que viver não era assim tão perfeito
Como sua mente lhe dizia
Amar não era o plano
Liberdade não tinha preço
Da da saudade ao desespero

Desesperada, da saudade de um tempo que sua vivência desconhecia
Sentimentos que atualmente ela nem sabia que existiam

Como é possível??
Sentir saudade do desconhecido (abstrato, aparentemente dito)
Questionava-se, tentando compreender seus porquês.

Foto de Mati Mango no Pexels

Porque a vida parecia ser tão mágica, encantadora e envolvente, saudade de quando assim se sentia
Porque a vida parece uma “guerra fria”?
Combatente, guerreira sentiu-se em uma guerra que na verdade não existia.

Porque amar??
Buscava entender ao menos, o que verdadeiramente sentia.
Saudade do tempo que seu coração parecia gelado e ninguém nele havia.

Saudade e o tempo perfeitamente conectados
Sensações e a vida interligadas profundamente
Sentir-se perdida
Acreditava que o que sentia, era saudade de tudo aquilo que ela nem mesmo viveu, simplesmente desconhecia

E assim segue, vive em busca de descobrir verdadeiramente o que sente
Em meio tantos enigmas que sua mente abruptamente a conduzia

Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Bruma”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Dríade da mente

Lorena Pelais é autora de “Dríade da mente”

Sabe aquela sensação, acho que não sou daqui, pois é, eu tenho desde sempre, passeio em mim, não sei vocês, mas é um hábito involuntário, perambular em meus pensamentos.

Saio do presente, passo por ontem, anteontem, outrora, antrolas, dantes, chego a sentir que não pertenço a esse tempo, por sorte não é tão ruim de adaptar por aqui.
Esquisito é se deparar com tantas emoções e sentimentos, sensações que muitas vezes não queremos senti-las, mas que somos forçadas a vivê-las para compreender a essência de tal momento e praticar empatia com o próximo, sentir as mesmas dores e alegrias na carne e ter os nervos saltar sobre a pele.

Nítido e espantoso ver a própria linha do tempo, a infância “meus antepassados”, a adolescência tudo o que eu não deveria ou talvez devesse ser, rsrs, destemida era bom, sem limites nem tanto, a juventude, um diamante em processo de lapidação…
A fase adulta, uma mente em busca de paz.

Atípico, mas necessário “sair da realidade”. Noutrora estamos ligadas “entranhadamente”, entranhas e mente conectadas ao “mundo real”.
O pensamento vagueia, seja bem vinda de volta a realidade, aos problemas, as dificuldades, ao desânimo, a todos os “quiproquós” cotidianos que podem ser incontáveis, somados e ampliados de acordo com a perspectiva do momento.

Sinto vontade de chorar, rir, correr, socar, gritar, xingar, implodir, explodir. Particularmente, às vezes, sinto vontade de morrer por um dia e ressuscitar no dia seguinte, seria uma experiência incrível e assustadora, regressar quando tudo já estivesse mais calmo, porque passar, desaparecer só em conto de fadas como em um passe de mágica.
Mas sim, milagres existem!!
Nossas percepção de tempo na Terra é bem diferente do que os astros relacionam entre si, enfim, estamos aqui, vivendo a agonia do dia após dia, buscando a melhor realidade em cada aurora.

Difícil saber, crescer e ser confrontada que “conto de fadas” não existem , sinceramente, sempre me recuso a acreditar, juro em meu íntimo que eles existem , só não aconteceu pra mim ainda, rsrsrs

Mas se eu parar, pensar bem, revirar minhas lembranças, noto que já houve muitas partes eloquentes.

Seria a junção dos bons momentos, com toda a emoção envolvida, minimizando os dias mais cinzentos, capaz de criar uma narrativa de um bom conto de fadas real?!?

Quem nunca?!?
Quem nunca se encantou com os contos de fadas?!?
A importância que dávamos aos personagens, quem os lia, fazia toda a diferença, a “bruxa má” sempre se destacava, não só pela maldade, mas sim pela risada, a gargalhada é uma variável, de engraçada a assustadora.

Dríade da mente

Aí, me pergunto, seria a entonação atribuída ou meu estado de Espírito naquele momento que fazia da bruxa má engraçada , ora assustadora, o que me influenciava era o narrador ou minha perspectiva?!!

A realidade e conto de fadas não seriam a mesma coisa dependendo do ponto de vista?!?

Costumam dizer que conto de fadas não existem, porque sempre damos mais atenção a frase: “E vivevam felizes para sempre!”

Recentemente, minha caçula, que tem um temperamento mais …. Forte, explosivo, altruísta, sem pavio, chorona, uma bebê que cresce e não sabe lidar bem com as mudanças…. Nem sei bem, conheço alguns traços, mas não todos ainda, me disse:
“- Mamãe, princesas não precisam de príncipes, princesas podem ser rainhas sem reis!”

Woowwwwwwww
Por essa eu não esperava, a primogênita esboçou um sorriso tímido, amante de finais felizes e admiradora de histórias de amor, mas que não recusa presenciar uma boa treta, rsrs arregalou os olhos e calou-se, concordando com a irmã.

Gente, nesse momento percebi que toda a nossa vivência em comum e elas com pensamentos tão “pra frente” me senti ultrapassada, antiguidade que talvez nem mesmo minha finada avó talvez acreditasse , que talvez exista só pra mim ou que possa ser uma realidade para todos?!? Óh, dúvida cruel!!!
A dor nos enraiza somente o “trash” , aniquilando todo o resto.

E os momentos bons, os “anos dourados”, toda a emoção de cada conquista, não daria um bom trecho de um conto?!?

Se tivéssemos nossa história contada por terceiros, ou se criássemos, ao final arrancaria suspiros da mesma forma, independente da estrutura, quantidade de versos, passado, presente ou futuro, os personagens são os mesmos em sua maioria, não mais como antes, algo mais moderno, o que amarra é o desenrolar e o final que temos , como o final até o momento parece incerto, porque não guardar todos os bons e os mais ou menos de todos os momentos , adicionar a doçura de uma rapadura , “doce mas é dura” .
A falta de cifrões é um detalhe, sua ausência aguça todo nosso processo de criação.

Imaginação…
Da realidade a ficção, do mito a utopia, transformando a vida em bela a ser vivida.

Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Dríade da mente”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Amor…

Amor… é uma troca de interesse egoísta?!?

É cada coisa que aparece.
Saber que vivemos em um mundo caótico, que temos nossas próprias dificuldades internas e o mundo nos “entuba” uma série de desventuras

Eu te pergunto, porquê e pra que questionar o Amor?!?

Descabido?!?
Não sei.
Dúvida é uma opção humana natural
Mas associar o amor ao egoísmo e troca de interesse, sinceramente acho que é um tanto demais.

Um sentimento sublime, excelsa da natureza e sua criação.

1 Coríntios 13. Paulo fala da excelência da caridade — A caridade, um amor puro, excede e supera quase todas as outras coisas. … 3 E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse caridade, nada disso me aproveitaria.

Photo by Orlando Allo on Pexels.com

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Noto que não só porque não o sentimos verdadeiramente, creio que não somos capazes de julgar.

Julgo por mim mesma, jurava ter amado alguém, até o nascimento das minhas crias, e olha que fui avisada que quando os filhos nascem sentimos algo crescer no peito de forma inexplicável, não considerava possível, as retas finais das gestações são variadas e incômodas , verdade seja dita, o processo é legal e tal, tem o lance da curiosidade de conhecer quem te habita mas sentimentos inexplicáveis, como seria isso?!?

Eu pensava medo, é provável, sou inexperiente e tal, novidade, mudanças, alterações de rotinas, choro, alimentação, putz só via os contras.

Óbvio, eu desconhecia o momento da chegada, o choro é sinal de vida e saúde, alimentação ato de amor natural, sem sacrifício, “incômodo” por ser algo novo, parece ser desconfortável, não dura tanto, logo passa a ser prazeroso, gratificante e lindo, momento de intimidade plena e início de laços finitos.

Questionar o amor entre pessoas é realmente necessário?!?

Não vejo serventia alguma….
Quantas vezes sentimos uma imensa vontade de sorrir feitos bocós, que somos invadido por uma alegria sem fundamento, que nos sentimentos felizes tudo junto e misturado ao mesmo tempo.

Uauuuuu, isso não seria Amor?!?
Ver beleza na simplicidade, ser invadida por bons sentimentos, receber e ofertar sorrisos espontâneos, se alegrar em ver a alegria alheia, ter a bondade correndo em suas entranhas inundando a mente e vivenciando momentos de paz.

Isso é Amor?!?
Crer no inesperado
Sentir o impalpável
Não encontrar palavras, figuras, nada para decifrar o quanto tão bem se sente, ainda sim não seria amor.

Inefável é o Amor, egoísta pode ser, por ser imensurável suas formas e ausência de explicações para singelos atos que transformam o ser e a experiência humana dia após dia .

Ame involuntariamente, compulsivamente, descontroladamente, sinta os extremos, se jogue de corpo e alma, amor próprio, amor ao próximo, ame simplesmente por amar, pelo bem que o amor te faz sentir-se com você mesma.

Ou se preferir uma experiência sem solo, “Nunca Ame Ninguém!”

Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de do novo artigo da autora?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

Romances

Lorena Pelais é autora de “Romances”

Usado muito por jovens, quem nunca ouviu a seguinte frase:
“- Um lance é um lance e não um romance!”
Hahaha, do nada me surgiu essa frase na mente, pensei bem ….
Revirei minhas lembranças e constatei: por mais “dura” que uma pessoa aparente ser, em seu íntimo existe o desejo de amar, se apaixonar verdadeiramente por alguém.

Essas experiências afetivas são excelentes, no início são belas como uma linda rosa , mas contêm espinhos que podem perfurar a alma.

Por que o amor é tão bom, mas sempre nos faz chorar?!?

Sentimentos….
O coração é um órgão vital, mas ele tem suas tramas e põe a mente em segundo plano em fração de segundos.

Romances … foto de Pixabay, no Pexels.com

Como é bom se render a um sentimento que te embala de alegria e prazer levando o êxtase por dias e noites, uma sensação interminável que te envolve levando sua mente a lugares desconhecidos por alguns segundos ….

Putz, aí está o grande lance, geralmente a ausência de palavras é bem comuns, o desejo berra desesperadamente e palavras se tornam apenas um detalhe como outro qualquer.

Muitas vezes nada fica claro, não se sabe se é um lance ou se trata de um romance, mas pra que pensar nisso? Afinal o coração está 100% ativo e a mente momentaneamente de férias por assim dizer, definir é apenas um título , ou quem sabe estabelecer regras na maioria das vezes é melhor serem desconhecidas devido experiências anteriores, apreciar os momentos de intensidade faz muito mais sentindo do que “preocupar-se” com detalhes, que seja bom enquanto dure.

O que muitas vezes não levamos em consideração é que um lance pode virar um romance e o romance avançar para relações duradouras sem aviso prévio nenhum e mantido na mesma falta de diálogo inicial, o tempo passa, a companhia é boa, os momentos divididos são bem interessantes e afinal compromissos são planejáveis.

Não que de fato seja bem assim que aconteça, mas de uma maneira ou de outra este suposto início é um início dentro de muitos outros com enredos similares.

Mas o que ninguém assume para si mesmo a imensa vontade e o “inalcançável” desejo de ter alguém, soa como uma besteira ou uma bobagem, pensamento voltado a mulheres pela natureza romântica que nos é “entubada” por meio de conto de fadas, história que nos antecedem e por aí vai…

O lance é que tanto homens como mulheres têm o mesmo pensamento em relação a sentimentos, uns interiorizam outros exteriorizam para ambos os sexos.

Romances … foto de cottonbro, no Pexels.com

Àquela sensação de início é tão cativante e envolvente que logo pensamos, será ótimo passar o resto da minha vida ao lado desta pessoa, imagine todos os nossos dia assim ….
Parece um sonho!!!

Sonho meu, sonho seu, uma grande ilusão, o que não sabemos é que em algum momento a cabeça volta à ação e o coração sai de férias sem explicação é justamente quando nos deparamos com os defeitos, os maus hábitos e somos inundados por uma suposta “frustração” ou com o pensamento de “onde amarrei minha cabra”, “onde eu estava com a cabeça que não vi isso!!” entre outros questionamentos que surgem ao avançar do tempo de convivência.

Ninguém se apresenta com uma carta de recomendação, registrado sua última experiência, suas tendências, seus costumes, sua cultura e crenças, não se trata de uma entrevista de emprego, é sobre duas pessoas que enfatizaram suas afinidades, preferências e “amaram” o tempo que estiveram juntos falando sobre assuntos aleatório, sem fundamento muitas vezes que se permitiram trocar uma ideia e que de repente surgiu uma faísca capaz de causar um grande incêndio.

“O gramado do vizinho sempre é mais bonito” , todas as relações quando vista de fora são muito mais atraentes do que verdadeiramente se apresentam no interior de uma casa com as portas fechadas.
Uma bela fachada pode ser construída, bons recursos implantados, alta tecnologia, reparos que aumentem o bem estar, autoestima , fisicamente a última geração de todos os recursos disponíveis dentro do alcance financeiro, um esteriótipo perfeito, “harmonia”, beleza, fotos de comercial de margarina, pessoas felizes, problemas só os matemáticos.

Aí que está a desilusão humana….
A nossa fragilidade de reconhecer, assumir e identificar nossos próprios sentimentos podem se confundir com quem está ao seu lado, já pensou nisso? Estilo ” eu me agarrava a ela por que eu não tinha mais ninguém!!”

Às vezes, rola uma transferência de sentimento, uma preocupação excessiva, porque afinal queremos bem quem está ao nosso lado como companheiro (a), queremos o bem de nossos amigos e familiares, automaticamente queremos o melhor para quem está conosco dia a dia, assim como nosso bem pessoal, engraçado como “bem pessoal” soa como uma vontade de querer estar bem, mas que pode ser “visto” como “bem material” aguçando um sentimento de posse involuntário e é justamente nesse momento que perdemos as rédeas de toda a situação e surgem as pequenas desavenças infundadas e intermináveis sem motivos aparentes para um, mas fundamentado o bastante na mente do outro que o faz.

Não que seja necessário um acordo para iniciar uma relação, não que haja perguntas estratégicas como se fosse necessário e impressindivel traçar o perfil psicológico a cada encontro, não que seja um talk show com perguntas e respostas rápidas , seria tudo muito mecanizado.

Romances … Foto de Flora Westbrook, no Pexels.com

Mas que as relações fossem mais estreitas e que pudéssemos estar com 50% do coração e da mente juntas em todo o tempo, para não sermos emotivos demais nem racionais excessivos ou de menos, que tenhamos a balança entre a razão e a emoção , com empatia, lucidez, compaixão e paciência, um tônico perfeito para lidar com nós mesmos e com o nosso par nas atitudes mais bizarras sem que saísse do ponto zero ao extremo instantemente e irredutíveis fora da escala e com ouvidos bem abertos para ouvir o outro e a nós mesmos e assim ponderar o todo da situação.

Em todas as relações estamos pré dispostos a ter bons e maus momentos, quando se trata de relações afetivas como: um lance, um romance, namoro ou casamento os dois últimos titulados são regados de anseios, perspectivas, planos e uma dose estupenda de intolerância onde nos tornamos irracionais complicando as coisas mais simples, aprisionando a mente a padrões que muitas vezes não encaixam-se a nós, cada casal, são dois seres distintos que dividem um mesmo “espaço comum”, nem sempre, mas com objetivos pessoais diferentes, não é porque são um casal que devem ser apenas um ser, seremos sempre dois seres com características bem diferentes que precisamos nos entender para compreender a necessidade do outro e assim vivermos o meu, o nosso “felizes para sempre” de acordo com as nossas “regras”, a nossa maneira, com todo amor, respeito e carinho que possa haver neste ou em qualquer outra parte do mundo.

Não ser somente uma bela foto de comercial de margarina, mas viver os belos momentos juntos conhecendo as qualidades e defeitos amando-as como um todo e para sempre.

Amor ….
Condicional ou incondicional
Podemos dividi-lo em inúmeras doses generosas e compartilhá-lo por todo o universo ao invés de trancá-lo e torná-lo restrito a quem supostamente merece, quanto mais doamos, mais recebemos e podem vir de fontes jamais esperada.

Bons sentimentos que sejam imortais na alma e na mente, um encontro perfeito da razão com a emoção, entrelaçadas pelo Amor que sentem um pelo outro, mas sem palavras e ações para assumir, amenizando a possível dor do desencontro interno que nos causam repentinamente devastando nosso ser deixando feridas que nem sempre o tempo ou um novo Amor é capaz de curar.

Um lance, um romance quando avança não foi tolice, foi porque tinha que ser, simples assim!!

Não cobre, não julgue, não condene, não mude, adapte-se para uma excelente convivência, busque qualidade ao invés de críticas, empenhe-se nos bons feitos, permita enxergar o melhor, descarte o que não presta e não guarde ódio nem rancor , não levam a nada.

Romances … foto de Jackson David, no Pexels.com

Dance conforme a música, dance na chuva , viva bem pra você, por você, os riscos são altos, os bons sentimentos são os que verdadeiramente fazem a diferença, capaz de mudar tudo que te cerca , envolver, contagiar, irradiar a todas as relações da “formiguinha ao gigante”.

Tenha um coração bom e uma mente aberta!!
Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Romances”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Romances. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

8 de Março

Dia internacional das mulheres, 8 de Março

A luta pelos direitos de igualdades, começou há muito tempo e perpetua até os dias atuais.

Ser mulher, é uma tarefa “árdua”, temos que ser muito fortes pra isso, exige preparo físico e mental, requer muita sabedoria em todos os aspectos, o mais legal que mulheres nascem graduadas e se especializam dia após dia, a Vida nos oferece essa incrível condição sem nem mesmo em alguns casos termos presenciado o ensino tradicional em escolas, sabedoria nata.

Esse é um grande privilégio, ser mulher, ser considerado o “sexo frágil”, quando na verdade somos verdadeiras Mulheres Maravilhas espalhadas pelo mundo inteiro cada uma com sua crença, classe social, cultura e etnia, sensacional fazer parte de um grupo tão autêntico, que tentam nos manter em anonimato subestimado “frágil”, quando na verdade somos “Super Girls”.

Em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres.

Em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher e em 1977 o “8 de março” foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.

“O 8 de março foi momento marcado , onde retrata todas as mobilizações para a “conquista” de direitos e para discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais ainda sofridas pelas mulheres.

Não que atualmente vivamos em um verdadeiro mar de rosas, houve melhora, porém existem aspectos que podem ser ampliados , a luta não chegou ao fim e não devemos fechar nossos olhos , devemos manter a luta para que qualidades de vida social e profissional melhorem e impedir que ocorram retrocessos capazes de ameaçarem as melhorias alcançadas em diversos países”, a luta é árdua e será contínua, pois nossa sociedade se diz avançada, porém possuem conceitos retógrados , não podemos abrir do que temos e ainda temos muito mais por vir.

Somos fortes, sábias, praticamente imbatíveis, estamos à frente de muitos projetos diários, somos administradoras natas, demonstramos isso com o cuidado que temos com o nosso lar e com a família, estamos a frente de fogões e damos volta ao mundo como Amelia Earhart nas nuvens observando a imensidão do mar.

Somos Estrelas Além do Tempo

Como Katherine Johnson (matemática) que contribuiu com a primeira volta na órbita da Terra.

Mae Jemisson 1ª astronauta mulher e negra, que afronta hein!!
Super merecido, engenheira química e cursou medicina.

Mamie Phipps Clark, psicóloga social, pai médico, sofreu efeitos de segregação educacional e toda a família sofria discriminação por serem negros onde moravam.

Não podemos esquecer da nossa ilustríssima Chiquinha Gonzaga, muito à frente de seu tempo, casou-se muito cedo , não concordou com os termos em que foi inserida precocemente aos 16 anos em uma vida conjugal, mãe a princípio de 3 filhos, casou novamente e engravidou novamente, pode criar apenas um de seus quatro filhos, sofreu muito preconceito por ser “mãe solteira” e desquitada era uma afronta para a sociedade. Se dedicou à música , regeu a primeira orquestra brasileira e contribuiu com o samba, eternizada por sua marchinha de carnaval.

Minha história não tem nada a ver com a delas, putzzzz!!

Diversas áreas feitos explêndidos, assim como nós, atuamos sem currículo em vários segmentos cotidiano.

Mas não tenho notoriedade em meus feitos, isso é o que menos importa!!!

Todas estamos debaixo de um mega holofote dia e noite, porque somos mulheres!!!

Sabe o que todas nós temos em comum?!?
Um sonho, um objetivo, garra e muita força de vontade!

Independente da história, da estrada , dos feitos , somos poderosas e muito capazes.

8 de março é todo dia, nossas lutas são diárias!!!!
Cada conquista é grandiosa, contudo, merecemos muito mais!!!

Feliz dia da mulher pra você , pra mim, para todas as guerreiras de corpo e alma de “aspirantes” a “brigadeiras”, somos tudo um pouco inclusive doces e sutis capazes de conquistar o mundo e todo universo.

Parabéns para nós!!!
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “8 de Março”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Um olhar. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Um olhar …

Lorena Pelais é autora de “Um olhar …”

Alegria
Tristeza
Medo
Possibilidades
Oportunidades
Chances

“Um olhar sincero” humano é capaz de reverter o mundo.
Este te possibilita novas oportunidades, temos a chance de realizar algo novo, participar de novas empreitadas, mostrar nossos conhecimentos, compartilhar, doar, interagir, agregar, inúmeras são as possibilidades e oportunidades envolvidas.

Desenvolver-se
Todos passarão a ter novas perspectivas, doses de esperanças são lançadas, expandindo-se mundo a fora.
Emanaremos ainda mais amor, paz, alegria e esperança.

Às vezes, tenho a sensação que as pessoas parecem tão cansadinhas, esgotadas física e mentalmente, o que em alguns momentos comprometem o rendimento pessoal, sem estímulos, em meio o caos e desventuras vividas.
Uma dose de ânimo muda tudo em todo o processo!!!

Nossa sociedade anda tão carente de bons sentimentos, possibilidade é a palavra mais que perfeita para hoje, fôlego para galgar novos objetivos, traçar novas conquistas, aperfeiçoar relações internas aperfeiçoando relações externas, irradiando aos quatros cantos do mundo.

Notam a dimensão?!??

Existem momentos que tudo parece tão ….. esquisito, indiferente, desanimador, tudo parece tão confuso, complexo, irredutível, a dor se faz profunda, sofrimento se fim.

Visão turva no cega, cerrando os olhos para o futuro promissor que cada um de nós temos por direito, mérito pessoal, exclusivo e intransferível….

Isso me lembra a personagem Tristeza do filme infantil Divertidamente

” -Ah, tudo tão triste!!”
Tristeza faz jus ao nome , triste e engraçado ao mesmo tempo, a expressão desanimada, o peso não permite erguer-se, rasteja-se em uma melancolia interminável, realmente tristeza da cabeça aos pés, sem perspectivas, reconhece a importância que a Alegria tem.

Enquanto isso, Alegria em sua euforia sem fim, arrasta a Tristeza por todo canto para reverter a situação e voltarem a sala de comando, Alegria esteve sempre a frente até ali.

Cada uma com sua importância e conhecimentos distintos, dividem o mesmo espaço e cada uma em seu quadrado por assim dizer.

Acho graça, não de rir da tristeza alheia, mas das atitudes comportamentais da Tristeza e por sem querer e ter que reconhecer que a Tristeza tem seu papel importante, assim como, O Medo, O Raiva e A Nojinho, personagens do filme referido.

Nós momentos de tristeza sempre surge uma mão amiga, uma palavra de consolo, um afeto inesperado, uma compaixão jamais vista, um ombro amigo e até um “colo acolhedor”.

Paraaaaa, tristeza tem importância, onde, quando e por quê????

Pirou????
É pireiii!!! E daí???
A Tristeza tem sua importância assim como a Alegria, a tristeza nos aproxima ou afasta de pessoas, sensibilidade, essência, não sei ….
“Mas é na hora da tristeza que conhecemos nos verdadeiros amigos!”

Não nascemos para viver a sós.
Estamos ligados direta e indiretamente a partir do momento que ocupamos a mesma esfera, uns mais próximos, outros distantes até os “confins” do universo (devido longevidade).

São tantas as situações, ninguém está preparado para lidar com tudo e com todas as situações apresentadas pela vida sozinhos, somos pegas desprevenidas, nos deixamos abater, sem margem de dúvida, as reações são as mais diversificadas: gritar, pedir ajuda, afastar , interiorizar.

Quem nunca???

Somos humanos e possíveis conhecer todos os sentimentos na carne ou superficialmente essa experiência facilita conhecer , sentir e dissolver pendências emocionais, precisamos conhecer primeiramente para saber como agir.

Amor
Paz
Alegria
Saúde
Prosperidade
Sucesso

Que sejam infinitas, como tudo de bom tem que ser em nossa vida.

Esteja acessível a receber!!!
Somos envoltos por uma atmosfera tão grandiosa, muita luz no guia, orientando, mostrando novos horizontes, novas descobertas, novidades incontáveis!!

Superar, reverter a tristeza é dar oportunidade para sentimentos alegres façam morada em cada um de nós.

Gratidão da alegria à tristeza ou vice e versa, se bem que a gratidão é notória e óbvia quando sai da tristeza à alegria, essa sim parece ser mais significativa.

Seja sensível para perceber que pessoas, sentimentos, situações cotidianas, cada um tem sua importância, sempre há uma grande lição.

O melhor está sendo preparado para cada um de nós em alguma parte do planeta.

Paz de Espírito para compreender as lições vividas.
O mundo pode parecer cruel, mas esteja receptivo ao melhor que ele tem a nos oferecer.

Photo by Barcelos_fotos on Pexels.com

Amor e alegria para suavizarem a tristeza eliminando a raiva, o medo e tudo que comprometa seu aperfeiçoamento.

Quem acredita sempre alcança.
Tenha Fé e Esperança!!

Busque SER melhor a cada instante, lembre-se sua existência é o seu principal investimento hoje e sempre.
Seja o melhor que somos capazes de SER
Existência com qualidade!!!

Grande abraço
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Um olhar”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Um olhar. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Tempestade

Lorena Pelais é autora de “Tempestade”

Dias de calor escaldantes, sensação térmica de vulcão em erupção.
Mas o que vejo é, céu límpido, nuvens azuizinhas e o astro rei radiante no centro.
Onde nuvens cinzentas têm sido afastadas pela força do vento , partículas de água se fazem ausentes, o máximo que surge é uma brisa fresca ao anoitecer.

A vista está turva, não se vê nada com clareza, o dia deu lugar à noite, alegria a tristeza, seguimos ao mar uma longa trajetória, dias, meses e anos podem levar.

Tive uma “visão”, por assim dizer, uma estranha sensação de estar ao relento em alto-mar, em meio uma das piores tempestades de todos os tempos, chuva forte, embarcação instável e tripulação em desânimo total ou sem nenhuma esperança, para ser mais objetiva.

Por outro lado, a cada estiagem tínhamos algo “bom” a compartilhar, tínhamos risadas restritas de momentos de devaneio de um ou outro dos tripulantes, mas em meio a um surto coletivo, conter a risada, parecia o mais sábio a ser feito.

A mesma situação sendo vista por outro ângulo, era atormentadora, parecia o fim, um verdadeiro beco sem saída, a despedida e a chegada inesperada a um porto inseguro e vazio.

De repente, uma luz se fez presente…
Peter Pan, os meninos perdidos e capitão gancho?!? É isso o que vejo?!?
Afinal, história de pescadores tem pouca credibilidade no geral, mesmo que não seja esse o nosso caso, como navegantes estamos receptivos a delírios, encantos e história que todos duvidam.

Se sim ou não, nunca saberemos, Peter Pan e a fada Sininho (Thinker Bell) representavam a natureza e a esperança, não era a toa que suas vestes eram verdes, os meninos perdidos repesentavam todos os sentimentos que descobrimos e não sabíamos ao certo como decifrá-los, Capitão Gancho representava a inveja, o ódio, um rancor sem fim, uma ganância por um tesouro desconhecido e sua tripulação sem saber o que pensar o acompanhava oscilando da maldade a indiferença sem bússola, apenas cumpriam regras que nem mesmo existiam.

Houveram os que em meio a sua própria loucura andaram na prancha voluntariamente, apenas por não saber o que fazer, tomado pelo medo, sofrimento e talvez uma carência afetiva se lançar ao mar parecia a melhor solução, ainda sim fico sem entender, mar revolto, andar na prancha e se lançar, não me parece coerente, fugir ao invés de lutar, não vou questionar ….

Diante das presas de um imenso mostro marinho não se intimidou ao medo, o medo ganhou força, virou coragem, se lançar ao mar soava como uma esperança não se sabe de que , porque esse sim parecia o fim (somos radicais diante de situações que nos aterrorizam).

Laçado como animal desgarrado do rebanho, uma corda na cintura e devolta ao convés, a lucidez demonstra dar as caras e toda história não é só uma aventura assustadora e sim uma grande loucura.

O porto inseguro não existia, foi só uma ilusão , buscávamos terra firme, a tripulação pra ser sincera não era tão grande assim, mas em alguns momentos parecíamos muitos , éramos apenas sete navegantes, todos estavam fragmentados, todas as nossas partes em pequenas partes, estavam presentes querendo mostrar sua face.

A bússola parecia quebrada, mostrava uma direção além do que poderíamos ver, a distância era finita assim como a imensidão do mar, faróis acendiam à noite , mas a forte chuva não nos deixava atravessar para atracar , nosso capitão já estava em memória, o leme vazio, cada um assumia o controle, fazíamos o melhor que podíamos.

Capitão Gancho e seus adeptos sempre surgiam para nos “atrapalhar”….
Se na areia estivéssemos, seríamos como caranguejo mariados andando de lado, um passo a frente dois ou três para trás.

Uma situação que não parecia ter fim, buscávamos um porto seguro e preces eram feitas para a tempestade simplesmente passar .

Feridas, foram criadas, a dor foi sentida, o medo virou monstro, a coragem parecia insana, a bondade, essa sim ainda existia , o carinho se fez presente, afinal até mesmo homens ao mar precisam de um colo, uma palavra amiga, um abraço sincero, um diálogo franco, sem isso nossa tripulação seria dizimada por mais forte que fosse, um coração valente também chora não só em alto-mar.

Passavam flashes da vida, sua própria história foi vista do início até ali.

Família era família mas não agiam bem assim, mais parecia uma selva onde todos eram predadores ou fingiam ser para não serem devorados uns pelos outros , cada história de fazer o queixo cair. Umas apaixonantes outras sombrias que nem piratas conseguiam rir.

Paixões vividas, amizades construídas, outras destruídas , oportunidades perdidas.
E assim foi, a tempestade não dava trégua , o mar oscilava cada vez mais.

Capitão Gancho a essa altura estava sozinho, mas seus fantasmas eram tantos, assim como os fragmentos de nossa tripulação. Despedaçados, exaustos a insolação de dias atrás apresentava seus efeitos colaterais nos próximos dias…

Nosso capitão como em um passe de mágica reaparece ao mastro e nos guia.
O tempo começou a “limpar”, as nuvens se espalham dando espaço ao brilho cintilante das constelações, o porto inseguro se fez seguro para que pudéssemos em breve jogar a âncora e parar.

Entre a ficção e a real, um abismo de informações, uma montoeira de sentimentos, um monte de personagens e as inúmeras sensações, situações similares e distintas ligadas pelo destino ou escolha própria talvez, mesmo que o vento tenha soprado e dito : – “esse não é o caminho!”
A euforia, teimosia, vaidade, assim como o canto da sereia, enfeitiçados pelo momento, acreditou-se que era possível andar sobre os mares, quando tudo se tratava de viver e lutar pela sobrevivência.

Viver é assim, lutas diárias, superações, crises existenciais, aparições de sentimentos, “aventuras” em alto-mar, terra firme.

Sobre encontrar o tesouro, cuidado com o brilho, “nem tudo que reluz e ouro”, pedras preciosas garantem riquezas, mas nada ofusca o bom carácter, do que adianta um tesouro para um ser vazio, não passarão de pedras comuns acumuladas e armazenadas em uma alma sem amor.

Acredite
Confie
Tenha fé

“O que não mata fortalece”
Ao final da viagem não posso garantir nada, mas certamente não serás o mesmo de como era quando tudo começou.

Que sejamos bem conduzidos nas tempestades internas e externas para que não haja naufrágio, e se por acaso for lançado ao mar não desanime, busque forças de suas profundezas, todo sobrevivente tem uma boa história pra contar, boas lições, grandes marcas e marcos ficam na mente, no ser, seja você sua fortaleza seu porto seguro dentro de todas as suas inseguranças.

Que a paz possa nos inundar hoje e sempre.
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Tempestade”?

Tempestade

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Tempestade. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Mundo …

Desde que mundo é mundo a existência consiste em nos colocar em “pares”, nunca estamos só….

A criação deu-se:
Deus criou um habitat, do barro Adão foi feito e inserido lá, em seguida de suas costelas eis que surge Eva para lhe fazer companhia, ou seria o início das DR’s (famosas crises conjugais??)

A beleza do lugar parecia suficiente, mas creio que não era o bastante, o “caos queria se instalar” ou seriam as situações adversas?!? Melhor deixar essa questão pra lá…
Adiante o fruto proibido se mostrou encantador e serpente peçonhenta seu veneno “desfibrilou”.

Assim começou o jogo, selecione a melhor opção: play, start ou try again…
Game over, até rola no jogo, na real finda-se a existência, deixando tudo para trás, saudade é o que resta para os que aqui ficam presentes.

Voltando aos pares ….

Somos ímpares e formamos pares , nos tornamos pares que darão origem a conjunto.
Serão eles infinitos, primos, neutros e muitos outros.

Agrupados, uns analíticos outros nem tanto, tudo varia de acordo com a consistência das relações estabelecidas.

Seguimos, dando continuidade a espécie e usufruindo da natureza inicialmente ofertadas e suas novas construções que adaptamos para chamarmos de lar.

O que se refere aos seres, comecei por mim, rsrs, ah tinha que ter um ponto para iniciar, então vamos lá.

Na incansavelmente busca em mim por mim.
E a tal loucura de autoanálise diária a fim de identificar as falhas, desestruturar e reestruturar novas ações, atitudes e pensamentos.

Vaguei ou me deixei influenciar?!?

“Bam!!!”
Bem, aí que entra, sozinho não há evolução, precisamos sim, uns dos outros.

Vejamos a algumas referências que nos auxiliem a nos encontrar, situar, nortear o que melhor for para seu ser momento que a mensagem chegar até você.

“Te tornarás só quem tu sempre foste – o que os deuses te dão, te dão no começo”.
Assim revela Fernando Pessoa.
Cabíveis àquelas tais instruções que recebemos em nosso nascimento.

Minha paixão por ditos populares estão indo além, acredita-se que “conhece a ti mesmo” seja um dito grego, na íntegra é:

“Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os Deuses e o universo”.

A frase do templo de Delfos na Grécia, que não se sabe ao certo quem a criou, usado muito por Sócrates.

A frase se refere a buscar em ti, em suas profundezas todas as respostas para aquelas perguntas existentes em você, autoanálise, autoconhecimento, escolha o que for melhor para si, identifique – se integralmente, vasculhe todas as suas partes, conheça-se intimamente, o dia a dia nos afasta de nós mesmos, o caos cotidiano nos proporciona a auto destruição ou uma singela sabotagem, rsrs se é que, singela e sabotagem possam caminhar juntas por assim dizer.

E assim, voltamos aos pares, conjuntos, tribos, escolha o termo que lhe for mais conveniente, ou insira o seu toque pessoal.

A questão é , solidão opcional, involuntária, até costumam acontecer , mas saiba que é apenas um momento reservado para a reflexão , por que na verdade não nascemos para viver sós.

E com isso precisamos sim ter compaixão , empatia , paciência e um monte de outros bons sentimentos disponíveis e ao nosso alcance, assim podemos compartilhar ou ofertar a quem se aproxima.

Putz, dói só de pensar, é revoltante eu sei, aplicar a bondade quando sempre tem alguém mal intencionado que se aproxima ao ver a beleza de seu coração, mas não se deixe levar, esse ainda sim é o mais necessitado de todos, seja de atenção, bons sentimentos, ou por desconhecer na prática o que, talvez, possa nem ter sido visto na teoria.

“Gentileza, gera gentileza”
Assim dizia o profeta popular.

Somos muitos, diversidade é o que nos define, sugiro que sejamos múltiplos e infinitos quando se trata de bons sentimentos.

Espalhar Amor
Esse é um bom lema!!!
ॐ∞

Gostou de “Mundo …”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Photo by Pixabay on Pexels.com
https://jornalgrandeabc.com/wp-content/uploads/2021/02/mundo.mp3

Quem somos?!?

Esses dias mencionei “Quem sou”?? Mas pensei, posso ser mais abrangente e que tal “quem somos”?!?

Somos cheios de idéias e muitas ideais.
Somos um aglomerado bem amontoado de informações, somos singulares e plurais.

Podemos ser parciais, tolerantes e totalmente extremistas, da água pro vinho de sólido a liquido.
Às vezes, parecemos muitos e tudo bem misto (“mistutadassos”)

Interessantes e polêmicos …

Podemos ser influenciados pelo meio ou influenciadores locais.

Temos objetivos e perspectivas.
Sentir-se presos, ter a sensação de “ser ou estar” libertos de acordo com a realidade que viverdes.

Buscar sem desviar da direção que queres seguir manter o ideal, conquistar o objetivo principal.

Podemos ser cheios de analogias
Lindos como o mar , abundantes e cheios ondas, podemos ser calmos e pacientes

Ou simplesmente se transformar em furacão, “mar em fúria”
Terra, água, fogo e ar, capitão planeta em ação.
Crescente, cheia, minguante ou nova , como as fase da lua.

Encantadores , atraentes ou quem sabe vingativos, a maldade em pessoa, “inferno com vista para o mar”.

Beleza infinita, maldade compulsiva, inveja, luxúria ou cobiça.

Diferente dos animais irracionais, somos consciente.
Selvagens ou doces .
E um tanto consciente, essa, às vezes, pesa nos faz refletir e com isso trazer à tona a culpa.

Ter culpa, ser culta ou oculta?!!
Culpa se torna culpa quando uma atitude a si mesmo ou ao outro atinge de maneira predatória, machucando causando mal estar em que praticou o ato de racional a sem escrúpulos talvez?!?
Culta ter conhecimento, usá-lo compartilhá-lo ou guardá-lo por ignorância ou egoísmo involuntário?!?

Sempre temos tantas opções e todo dia descobrimos novos meios.

Podemos tudo e nada Adapte, crie, inove, renove, tenha, mantenha, elabore uma filosofia de vida, adeque aos seus dias.
Varie de acordo com os propósitos e ideiais.

Com flexibilidade de pensamentos ou os mentenha simplesmente rígidos.

Somos ou podemos ser mutáveis, escolha a melhor versão de você que venha preferir. Poderosos, invencíveis, frágeis e sensíveis, nem sempre se trata só de glória, existem derrotas.

Ter o domínio do conhecimento contextual.
Mas se preferir , fale palavrões, veja como um recado bem dado com letras garrafais, rsrsrs

Puro, singelo, pop, despolua-se mentalmente, dê brechas, mas preencha as lacunas ou apenas reserve um espaço para novas idéias.

Intuitivo, se deixar levar pela certeza que ecoa interiormente.
Dê asas a uma “verdade” (ponto de vista novo) ..
verdade essa, desconhecida que será capaz de decifrar partes de um “mundo” que desconhecemos , mas que habitamos , verdadeiros aventureiros, desbravadores naturais por natureza ou bem instruídos ….

Somos energias, criando conexões a essências de seres que nem sempre conhecemos , mas que se aproximam.

Uma roda viva, deixar fluir, circular energia em uma troca de conhecimento constante, aprimoramento diário em uma evolução frequente imperceptível a olho nu.

Sã ou insano …
O que verdadeiramente não devemos é tentar nos culpar ou nos responsabilizar pelas “maluquices” alheias.

Somos um pouco de tudo e ao mesmo tempo, muitas vezes não representa muito ou quase nada.

Construa e descontrua-se todos os dias , rompa suas barreiras, se livre dos fantasmas e monstros , seja “uni”, “bi”, “poli” lateral, seja atacante, zagueiro , meio de campo, não seja apenas seu próprio adversário, temos tendências a autossabotagem.

Campeão e bons perdedores também, afinal, nas batalhas interiores é ganhar ou perder o tempo todo, mantenha o equilíbrio, busque na Fé se for Ateu vai no blindão.

Questionar é bom, apenas não se lamente por muito tempo, crie, arrume , se guie ou busque ajuda para ter uma noção de direção, senão faça-o sozinho, você em determinados momentos poder ser sua única opção e sua melhor companhia.

Pare, pense, respire e reflita, tome suas decisões e as viva como se não houvesse amanhã.

Seja um caderno de rascunho, releia-se.
Se estiver no momento ofício, papel em branco, não ligue, escreva, reescreva, pinte, moldure grafite , crie novas pautas, titule, reinvente-se.

Viver é isso
De meteoro à metamorfose.

Experimente-se , respeitando seus limites.

Por vinte e quatro horas no dia em um ano, olha quantas possibilidades?
Do mel ao fel
Todo mundo em busca de bem material.

Do amor ao ódio
Ingratidão à gratidão
Bens imateriais também importam.

E tudo vice e versa
Não julgue, nem tire conclusões precipitadas .

Não gostou do seu Eu hoje?!?
Não tem problema
Amanhã tente um Eu novo e diferente.
Se não der certo tente outras vezes, o lance é sentir-se confortável e ter em mãos a sua melhor versão de si.
Onde os créditos e méritos serão todos seus obstáculos, perdas, ganhos, superação, a cada tentativa um novo aprendizado de um Eu que nem mesmo você antes conhecia .

Quem sou?!?
Quem somos?!?
Se de fato nos conheceremos algum dia?!?

Eu até agora não sei se é possível nos deciframos por completo, o importante são as tentativas que fizemos.
ॐ∞

Gostou de “Quem somos?!?”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Photo by cottonbro on Pexels.com

Quem sou???

Certamente todos já fizeram essa pergunta um dia… Afinal, quem sou?

Sempre tenho a intenção de fazê-los sorrir, estilo stand up. Não é pra tanto, levar apenas uma alegria e descontração, para suavizar o dia.

Quem sou???
Quem sou???
https://jornalgrandeabc.com/wp-content/uploads/2021/01/quem-sou.mp3
/

Em relação ao “Quem sou” sempre ouvi dizer que tenho bom humor e pessoalmente tenho facilidade em fazer as pessoas sorriem.

Dias atrás um estimado tio maçom (que prezo muito e admiro) me lembrou que eu era quem sempre levava alegria em nossos encontros.

Há muitos anos esse mesmo tio me falou que de todas as meninas durante nossas cerimônias, todas choravam e eu era a única que ele nunca tinha visto chorar.

Acho engraçado, mas não vou negar que durante anos pensei, será que sou a “coração gelado” dos ursinhos carinhosos?!?

Carreguei comigo essa dúvida por um bom tempo, até engravidar.

Jesus , misericórdia Senhor, nunca chorei tanto na minha vida, até hoje não consigo parar, acho que na adolescência estava criando um vasto reservatório e o gelo do meu coração eram as lágrimas petrificadas , só podiam ser.
Com a gravidez, um ser me fazendo de hábitat natural e o calor do Rio40ºc, derreti tanto que Foz do Iguaçu não é páreo por mim, putz, putz grila, porque esse putz não pode ser um Putz qualquer ele tem que ter nome e sobrenome para dar ênfase a situação.

Não imaginava que a maternidade pudesse me transformar em alguém que eu não reconheço, primeiramente não me encontro no espelho há 10 anos, me escondo ou fui abduzida, por minhas formosas bochechas arredondadas.

Um luxo que me fez chorar por muito tempo, olha o choro passando aí novamente minha gente, rsrs….

Ou pela pessoa sensível que me tornei , gente me emociono assistindo à reprise de Chiquititas com as meninas, se bem que na minha época , meu coração era gelado demais pra que eu pudesse me render aos dramas da trama, eu nem tchum pra novela nos anos, acho que 90 e pouco, na época era febre e eu nem dei bola, só pensava em espalhar minha alegria por onde quer que eu passasse , assim fiz , certamente houve em algum momento alguma treta, que hoje nos reservam boas risadas , mas sem detalhar “causos” passados, bola pra frente.

Afinal, a vida é assim cheia de altos e baixos, bons dias, outros mais ou menos e temos até os ruins, por mais que queiramos revertê-los, mas ainda sim, existem.

Nunca vi pessoa mais boba na qual me tornei.

Acho que hoje em dia choro por tudo, choro por sentir raiva, por estar alegre demais, e quando se refere as minhas filhas, preparem o balde, rsrs, tudo relacionado a elas me faz chorar, choro após receber as avaliações escolares das meninas.

E a ansiedade?!?
Morro de ansiedade por elas em dias de prova e acabo chorando escondida, mas sempre digo a elas: “- Fiquem calma, não tenha pressa, leia com atenção, respirem que tudo será incrível, vocês tiram de letra, boa sorte!”
Por dentro eu estou em pânico, por que eu não deveria sentir um frio na barriga, afinal elas que serão avaliadas, minha época já passou….

E sigo assim, uma chorona involuntária, rsrs

Meu choro se torna sem fim em apresentações da escola , sou conhecida pelas minhas frases típicas e minha voz estridente, solto um longo: -“uhuuuuuul” quase interminável e emendo logo: “- Linda, mamãe te ama!!” e no meu caso dose dupla, turmas diferentes, momentos diferentes, assusto até os outros pais desavisados, suponho que pensem: “- Nossa que mulher louca” kkkkk
Nem ligo, extravaso minha alegria e choro de emoção quase simultaneamente, as meninas, minhas filhas, a mais velha que hoje em dia “aceita”ser a mais velha, porque quando mais nova cansou de me questionar: “- Mamãe porque eu sou a velha e minha irmã é a nova?!!”
A mais “velha” morre de vergonha e a mais “nova” gosta e nem liga.

Sinceramente, quero saber de onde essas crianças tiram essas coisas que nos desconsertam e requer um stand up cotidiano com direito à resposta em cinco segundos (5s) é o tempo limite para pensar, atuar e explicar o mais convincente que seus argumentos permitirem.

Que loucura até a criança entender que ela não era velha, que ela teve foi a exclusividade de morar na minha linda barriga primeiro , pra depois a irmã dela habitar em mim, Senhor Amado, a menina ficou de mal, ficou sem comer e eu não encontrava mais palavras pra explicar que ela que fez a estréia de meu ventre e que residiu por lá quatro meses e meio de maneira clandestina sem pagar aluguel e eu crente que minha sonolência e febrão era consequência de uma possível “gripe suína”, a garotinha se escondeu muito bem me manteve regrada pra não levantar suspeitas e aos três anos me sai que eu a chamava de velha na frente das pessoas e que a irmã era a nova só porque tinha nascido depois.

Nossa como chorei de rir e de nervoso de não conseguir fazer a menina compreender que ela é a primogênita, que ela foi única um pouco mais de um ano e a irmã sendo a “tal nova” ela nunca havia tido um momento longo só nós duas desde que chegou , éramos sempre nós três na maioria do tempo, apesar de sermos quatro, o núcleo oficial, rsrs

Passado esse momento polêmico de hierarquia, rsrs chorei novamente, nunca vi um amor tão lindo de irmãs, como podem se amar tanto se elas nem bem se conheciam , impressionante, o mais impressionante era o como a primogênita ansiava pela chegada da caçula , ela sempre queria saber se o neném tava chegando, beijava e fazia muito carinho na minha barriga.
Emocionante e muito “engraçado” como pequenos detalhes criam laços de amor, carinho e cumplicidade.

Quem sou??? Continua leitura.

Nunca vi tantas situações tão distintas como nesses últimos dez anos, pouca praia, muitas histórias, boas risadas e muito choro , chorei e choro por cada nova etapa, cada nova descoberta minha e das delas que estou sempre presente.
É algo mais forte do que Eu, não consigo me conter , foi derretido um iceberg, meu coração gelado deu lugar as lágrimas.

Choro e sorrio ao mesmo tempo!!
Coração gelado é coisa de humano, esse meu choro deve ser uma característica de outro planeta, como posso chorar tanto e não desidratar?!?

Só sei que não é fácil ir da alegria ao choro em fração de segundos é uma experiência e tanto!!!

Chorem, mas que seja de muita Alegria!!!
Felicidades para todos nós!
ॐ∞

Gostou de “Quem sou???”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia artigos da autora Lorena Pelais, como Quem sou???. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Quem sai os seus não degenera

“Quem sai os seus não degenera”
“Filho de peixe, peixinho é”

Quem sai os seus não degenera
Quem sai os seus não degenera

Pais (pai e mãe), parentes próximos e os chegados mais chegados da família, são pessoas ótimas sempre em sua maioria, aprendemos muito constantemente.

Mas não somos perfeitos, e muitas vezes um “defeitinho” ali, quando “copiado” pode se tornar um “defeitão” aqui….

Família é um grande exemplo, mas existem suas exceções.

Adoroooooooooo demais ditos populares, eles carregam uma história sabe-se lá de onde vem, porque exatamente e o mais incrível, a primeira menção é uma e como telefone sem fio, populariza-se de acordo com a localidade e sempre há perda de fonemas, troca de vogais ou consoantes e o resultado final é outro que mais à frente descobrimos a intenção inicial e ficamos boquiabertas, porque muitas vezes passamos uma vida inteira em um mistério indecifrável, por apenas conhecer aquela “verdade” ouvida por um familiar mais antigo próximo citá-la.

O papo começou bom, parece confuso e acredito que tende a piorar, rsrs brincadeira a parte , mas prezo sim um excelente bom humor, nos preenche de alegria e nos traz e podemos ofertar um fôlego a mais de vida a quem nos cerca.

Vamos celebrar o bom humor, porque o dia a dia geralmente é tenso, ser “gente grande” não é fácil são tantos “quiproquós” que nos rondam que até dá para perder as contas.

Enfimmmm…..
Vamos voltar ao início?!?
“Quem sai aos seus não degenera”
Incrível como essa frase deveria soar mega positivo, mas as vezes que ouvi sempre foi de maneira pejorativa, associada aos maus exemplos e relacionando um membro a outro da mesma família.

Por outro lado, foi bom, por quê?!?
Porque pude perceber que enquanto nós como seres humanos tendemos a dizer sempre que jamais seremos cópias de nossos pais, parece até piada, pois é justamente nesse momento que “herdamos” todos os contras, tudo aquilo que verdadeiramente repugnamos e carregamos em uma mala invisível que usamos em nossas relações mais próximas sem nenhum tato e crente que estamos fazendo tudo completamente diferente daquelas tais atitudes que mais detestamos.

Pior que não, é aí que entra um outro dito popular “a língua é o chicote do rabo” ou “sempre pagamos a nossa língua”, justamente issooooooo, por que, por quê?
Alguém se habilita?!?

Passamos tanto tempo reparando o que não gostamos, criticando atitudes e comportamentos que acabamos nos tornando cópias fiéis sem que esse seja nosso interesse e que muita vezes nem mesmo nós temos a consciência deste ato.

Mas por incrível que pareça “Quem sai os seus não degenera” e “pagamos por nossa língua” estão brutalmente entrelaçados, como unha e carne, propriamente dito.

Sempre temos um porém, sempre temos uma opção, geralmente sempre temos uma segunda chance na maioria das vezes….

Pensei em um passo a passo, mesmo que esse não simplifique muito as coisas , mas pelo menos fica mais fácil de organizar as ideias e quem sabe assim reconhecer e buscar mudanças pessoais e deixando de vez os ditos de lado como estigmas que alguns se tornam sem que percebamos.

Reconheça, ou passe a se observar em relação àquele comportamento que você mais despreza, observe a situação alheia, como somos testados o tempo inteiro, ao se ver em uma situação similar, observe-se atentamente como será seu comportamento e suas reações, seja meticuloso e notará que se não há resquícios, certamente é a cópia fiel.

Beleza, se conseguir enxergar , “ponto pra você” não tem como fugir, aceita que dói menos, mas trate de se consertar , não alimente, afinal essa não é uma atitude louvável que você gostaria de ser a cópia fidedigna é repulsivo lembra?!?
Mude e mude imediatamente!!!

Quanto mais negamos a nós mesmos, mais enraizamos essas atitudes, logo viram tatoos que não serão removidas nem a lazer, ao contrário será seu defeito como se fosse de fábrica, automaticamente você se torna uma peça defeituosa e carregará consigo um “traço de família”.

Todos temos tantas qualidades, porque sempre nos prendemos aos defeitos e como nos apegamos a eles sem que tenhamos essa visão com clareza, já se perguntou sobre isso?!?

Pois bem, visto isso, faça o seu melhor para reverter a situação, se libertar desse mal, aceite que copiou o pior, mas não aceite que este te acompanhe e liberte-se , faça essa atitude caminhar para bem longe , o mais longe que você possa imaginar , deixa – a livre para que ela encontre um lugar bem longe de você, bem assim!!

Sei bem que é muito mais fácil olhar e falar do outro, porque muitas vezes nós não nos olharmos por dentro, causa um pouquinho de dor, mas não se evite, se enfrente, se confronte, duele contra seus próprios monstros , somente assim você estará liberto de tudo que não aprecia e que possa te” trazer, permitir” o mal estar.

Olhe-se com amor
Compare-se
Busque-se

Muitas vezes podemos estar perdidos dentro de nós mesmos, pelo excesso de confiança, vaidade e arrogância que involuntariamente carregamos na mala invisível junto com às atitudes dos mais próximos que se não usamos igualitariamente , recriamos (se assim é possível dizer) em uma versão moderna e simplificada, cabível para os dias atuais.

Vigie-se!!!
Não seja brecha para o mal.
Nem sempre tudo é tão notório, fique atento aos sinais mais ínfimos, muitas vezes revelarão grandes mistérios e te mostraram muitas vezes jamais vistas a olho nu, devido a uma pequena dose de ignorância relutante que não te permitirá ter a visão clara, clara como a luz do dia.

Por hoje, se permita que o sol ilumine cada parte de seu ser, pois cada um de nós carregamos partes sombrias, remova toda e qualquer partícula de escuridão que possa habitar você, essa é uma mudança pessoal , busque -se, “cada um por si e Deus por todos!”

Que sejamos bem aventurados nessa e em qualquer outra descoberta pessoal.
Desejo boa sorte a todos nós !
Um forte abraço.
ॐ∞

Gostou de “Quem sai os seus não degenera”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Photo by August de Richelieu on Pexels.com

Espiritualizar-se

Outro dia citei a questão de espiritualizar-se.

Espiritualizar-se
Espiritualizar-se
https://jornalgrandeabc.com/wp-content/uploads/2021/01/xicas-espiritualizar-se.mp3
/

Não se trata de seguir os padrões, muito menos os passos de seus pais.
Se trata de um encontro individual em qualquer que seja o segmento religioso.
Se trata de elevar o seu espírito às energias mais positivas e assim estar próximo do que de fato é Divino por natureza

Se trata de encontrar-se
Encontrar sua verdadeira essência e trabalhar o que há de melhor, se aprimorar e assim poder se doar ao seu semelhante, influenciar positivamente, ser luz para os mais necessitados, nutri-se dos melhores sentimentos e dividi-los.

Criar, ter e manter uma conexão divina entre a matéria (corpo físico) e o espírito, se sentir bem e amar sua prática religiosa independente de qual seja sua escolha, se esta te faz bem é isso que predomina.

A sociedade tende a impor, mas nós temos o poder de escolha, nossos responsáveis tendem a ser controladores e insistem em determinar ou tentam manipular algumas das nossas escolhas, fique atento!!

Não tenha medo de ser a ovelha negra da família, se a sua escolha for o que te faz bem, é o que te eleva espiritualmente, essa é a coisa certa a fazer.

Somos ímpares, a vida é única, às vezes temos a sensação de que começamos pelo fim, outrora, tudo está calmo, de repente parece estar de cabeça pra baixo causando até mal estar e quando a bagunça parecer generalizada, pode ter certeza de que a solução está a caminho, parece lenta, mas todos os “contras” são exatamente a preparação que cada um necessita para saber administrar a dádiva que lhe será entregue.

Manter-se elevado espiritualmente é fundamental, pois este é o fôlego que necessitarás para atravessar a tempestade e descansar sobre as bençãos que lhe serão concedidas.

Ter fé, praticar a fé é de extrema importância hoje e sempre, sem ela não há milagre, não há arrependimento, não haverá aprendizado na alma , crescimento espiritual.

Todos estamos aqui por um motivo, cada um com o seu em partícular, se nos dão as instruções essas são adormecidas assim que aqui chegamos e através da elevação espiritual, quanto mais perto de Deus, mas fácil se torna compreender perfeitamente sua vontade e o porquê e para que estamos aqui, cada um em sua caminhada, cada um em sua jornada , cada um com sua missão, cada um assumindo as suas responsabilidades pelas escolhas feitas, umas louváveis, outras tampouco, enfim tudo faz parte, afinal é possível se aprender através dos erros cometidos ou por meio da observação dos infortúnios alheios, temos essa opção.

Enfim, escolher um caminho, seguir sua própria direção, fazer renúncias, abdicar-se nem sempre é prazeroso e fácil, mas será por um motivo maior, ou seja, por escolha ou por vocação, o importante é desempenhar a tarefa que lhe foi entregue, mesmo que as instruções não estejam vívidas, mas faça assim mesmo, pois em algum momento , você terá a certeza de que está e que em algum momento foi feita a escolha certa .

Seja luz, busque a luz, evite penumbra, evite o breu, se guie por um ponto celeste, pequenos feixes também servem, até que surja um clarão que mudará tudo e assim verá tudo ou em partes o porquê e para que de tua existência, opte à luz e saia da escuridão, luz te guia e traz a verdade da vida.

Busque o que te faz bem, o que te traz alegria, espalhe amor e cultive boas ações, energia .
ॐ∞

Gostou de “Espiritualizar”?

Então, assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu email. Leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Conheça nosso parceiro Entre Séries. Obrigado por ler Espiritualizar-se.

Mel e fel

Amor é doce
Maldade é cruel

Mel e fel
Mel e fel
https://jornalgrandeabc.com/wp-content/uploads/2021/01/mel-e-fel-lorena-pelais.mp3
/

Somos cheios de mistérios.
Muitas vezes afirmamos que nos conhecemos suficientemente bem, mas só nos conhecemos verdadeiramente diante de uma adversidade, pois este é o momento em que colocamos em prática todos os conhecimentos que temos sobre nós mesmos e descobrimos outros novos sentimentos que muitas vezes nem sabíamos que existiam.

Tem ecoado fortemente uma palavra em meus pensamentos: Maldade.
Com tanta coisa boa pra se falar, com tantos bons sentimentos existentes porque se render justamente a esse tema?!?

Foi exatamente isso que pensei, mas como a voz não queria se calar, pensei, bora vamos tentar explorar um pouco mais e talvez citar alguns pequenos comportamentos que são quase imperceptíveis mas que causam muita dor.

Algum tempo existem dois temas os quais busco palavras mas não consigo exteriorizar esse pensamento para a escrita, surgem tantas informações e quando início uma frase, a mesma já representa o fim, um dos temas é o preconceito, assunto muito evidenciado devido inúmeras manifestações por todo o mundo, o outro que cresceu bastante durante a pandemia foi violência doméstica, os abusos verbais, físicos, morais e patrimoniais causados às mulheres.

O que preconceito e violência doméstica tem a ver com a maldade?!?

Por ela estar associada ao prazer que uma pessoa tem em se auto afirmar diminuindo , “torturando” o outro.

A maldade está ligada a muitos “pequenos” sentimentos, se é possível assim dizer.
Ou seria melhor associarmos aos mais diversos e variados sentimentos macabros que possam existir.

Acho que acabei de dar duas opções “similares e distintas” quase simultaneamente, cabe a cada um saber identificar como surge, como afeta e de que maneira se apresenta para cada um de nós.

É, isso mesmo!!

De acordo com estudos psicológicos “somos potencialmente maus por natureza”, houve quem foi canonizado que acreditava que nós temos a maldade dentro de cada um de nós, há quem acredita que está ligado a fatores genéticos.

Sinceramente, todos os estudos são ótimos e tal, mas fico pensando como reagimos quando nos damos em conta com a maldade face a face, saindo de nós ou vinda em nossa direção.

Recentemente, percebi que o sarcasmo é um tipo de maldade, considerei quase oculta até compreender que o sarcasmo fere gravemente quem usa, por habitar um dos espaços mais sombrio da mente, ou que ao meu ver poderia até ficar lá e ser dado como esquecido, essa colocação chega até ser irônica, mas na verdade a vontade que sinto de rir, foi rir de nervosismo e um tiquinho de medo talvez pelo tamanho da dor que é capaz de causar a quem é atingindo.

Se bem que, usar o sarcasmo para evitar algumas situações evasivas , acho interessante, por não ferir ninguém, simplesmente por ser uma estratégia para distrair a atenção de uma situação delicada , porque o que mais existe é gente chata, gente mal humorada e mal amada, e elas são muito intrometidas e querem sempre mais e mais detalhes da vida alheia, AFFF, isso cansa e cansa e muitoooooo, haja paciência, só Jesus em ambos corações, um para reconhecer esses traços e não se deixar levar e o outro para perceber que sempre existe tempo e meios para melhorar e resolver as situações que nos desagradam sem pensar em viver ou querer se intrometer na vida alheia com especulações muitas vezes infundadas, as tais “piadinhas”, o tal do “jogar verde pra colher maduro”, acho isso chato sabe, porque não ser direto ao ponto, uma generosa dose de sinceridade e palavras bem selecionadas para se iniciar um diálogo franco e quem sabe assim as feridas sejam leves ao invés de profundas, sem gerar ou acumular maus sentimentos.

A convivência é algo lindo, as vezes, nem tanto, amo esses pontos de “certezas e incertezas”, gosto do flexível, a rigidez nos torna “cabeça dura” demais e estamos aqui para aperfeiçoação.

Sei que esse assunto não é o mais agradável, sei que poderia falar sobre mais alguns aspectos, mas parar é o mais razoável a ser feito no momento.

Para “combater” a maldade sugiro empatia.
Hã, como assim?!?
Empatia sim, tente se por no lugar do outro e perceba se pode sentir a dor, não se envolva , apenas doe uma parte de seu amor e doçura para amolecer estes coraçõezinhos amargos que andam espalhados por aí.

Por hoje revertamos a maldade em amor e doçura
Que sejam doces na medida certa para não causarmos “diabetes” a ninguém

Amor é mel
Maldade é fel
ॐ∞

Leia mais artigos de Lorena Pelais.

Conheça nosso parceiro Entre Séries.

Photo by Mareefe on Pexels.com

Arrependimento, Ação e suas consequências

Reflexões acerca do arrependimento e a vida

Desta vez, encontrei uma certa dificuldade, mas busquei selecionar bem as palavras e assim possamos montar um enorme quebra cabeça e tirarmos nossas conclusões sobre uma pequena parte das consequências das escolhas que fazemos.

Arrependimento, Ação e suas consequências
Arrependimento, Ação e suas consequências
https://jornalgrandeabc.com/arrependimento-acoes-e-suas-consequencias-1-mp4/
/

A cada dia me surpreendo cada vez mais, como a humanidade se encontra tão cruel e sombria espiritualmente falando

Misericórdia, mas quando me deparo com as situações tão cruéis que são noticiadas e vinculadas aos canais de comunicação, pasma percebo que a humanidade se perde mais em mais, dia após dia.

Se fizéssemos uma retrospectiva, talvez “os carrascos” não fossem de todo tão mau assim, afinal, o sangue que carregavam em suas mãos, uns eram de todo mal, outros recebiam ordens de um “soberano” e afinal, pessoas ruins sempre buscam por pessoas ruins ou se aproveitam de alguma fraqueza para que estes possam realizar o “serviço sujo” por assim dizer.

Sem evidenciar as causas que levavam à morte, pois assim embarcaríamos em uma vastidão (sem fim) e muitas cometidas injustamente, onde sempre tem, “o inocente pagando pelo pecador”.

Com tanta maldade, surge em minha mente o personagem Alexandre (novela A Viagem), trajetória triste em vida e na morte, lembram?!?

Buscando compreender, façamos uma viagem pelas muitas passagens bíblicas, uso uma “adaptação” , a “grosso modo” , ou como se fosse um passo a passo, o que for mais fácil de assimilar, onde o fundamento é:
-Reconheça seus pecados

  • Arrependa-se de todo seu coração
  • Deus vendo seu arrependimento sincero, te permitirá entrada ao reino dos céus.

Voltando ao Alexandre (A Viagem) ao passar para o outro lado, ele para no “umbral”.
De acordo com a Doutrina Espírita na obra “Nosso Lar”, psicografada por Chico Xavier e ditada por André Luiz, Umbral “estado ou lugar transitório por onde passam as pessoas que não souberam aproveitar a oportunidade de evolução em sua vida na Terra”.

O personagem Alexandre, era um espírito rebelde com muita maldade no coração, direcionando ao Umbral ele tinha o livre arbítrio para arrepender-se no pós morte, um tempo para pensar (cantinho do pensamento).

Aos que acreditam em reencarnação, imagine se tivessemos as lembranças nítidas dos erros do passado, ao invés de sermos imergidos no ‘mar do esquecimento”, metáfora para irrecuperável, no momento do processo reencarnatório , ter a memória apagada é um bônus dado por Deus, o que também muitas vezes nos põe em dúvida e a não compreensão, do que viemos fazer, o que estamos fazendo aqui, porque estamos aqui e outros aspectos que no decorrer da caminhada nos surgem.

Ultimamente, tenho a sensação de que as pessoas só mudam, em sua maioria, pois, ainda assim, existem os que se recusam à evolução, que esta só seja possível através da dor sentida na carne, sendo esta capaz de um arrependimento verdadeiro.

Voltando para a “Viagem”, Alexandre
(trevoso sem salvação), gostei e usei, rótulo que uma amiga de uma amiga usa, rsrs, cabível essa percepção, reaproveitei.
Quanto ao personagem vemos claramente que se trata de um obsessor, espírito “maligno” com a “força” de uma legião, fica pelambulando por aí, sussurando aos ouvidos más sugestões, buscando mais seguidores para a prática do mal.

O lance de estarmos vivos é vigiar e orar
Pq tds somos tentados todos os dias a todo instante, mas graça ao bom Deus, nos afastamos desses pensamentos e seguimos buscando o caminho da luz em busca da prática do bem!!!

Espirtualizar-se
É o mínimo que podemos fazer.

Somos imperfeitos, cometemos erros e pecamos com uso de falas vãs, com atitudes impensadas, impulsivas.

Somos ingratos, demonstramos muito isso, não reconhecendo que muitas situações difíceis em nossas vidas são para nosso aprendizado e crescimento espiritual…
E acima de tudo, tem a permissão de Deus.
As vezes inconscientemente e involuntariamente, facilitamos o abuso do obsessor que nos rodeiam, assim como Deus o mal também vive entre nós.

Paciência, precisamos para ouvir nossa mente e coração e não dar abertura para aflições.

Sei bem como é, derrepente aparece tanta gente bizonha para esgotar e testar a nossa paciência, quando a perdemos nós tornamos alvos fáceis.

Alcatraz para os maus sentimentos!!

As brechas são exatamente o que nos causam “angústia” , indignação e tal…
Mas a cada momento que sentimos uma sensação ruim, damos força e servimos como alimento para os desafortunados desencarnados que vagam em nosso plano e nos rodeiam para nós tentar ao mal.

O lance é ser luz!!
Emanar luz!!
Para que as trevas não tenha força pra se levantar contra nós.
E, se isso acontecer , não se abata, após a tempestade, sempre vem a bonança, resista e sairemos mais luminosos (fortes) do que antes.

E assim continuamos firmes, desvie-se do mal e sigamos nossa jornada terrena.

Paz e Luz, ॐ∞

Gostou da matéria “Arrependimento, Ação e suas consequências”?

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que forem publicadas, ou como desejar. Para periodicidade, confira informações no email recebido. Então, aproveite e leia mais artigos (Arrependimento…) da autora Lorena Pelais.

Photo by Alex Green on Pexels.com

Conheça nossos parceiros Entre Séries, Dica App do Dia, Passa de Fase, Rogério de Caro, Graça Decaro, Amorarica, Excelsior Serviços, Blog PS, DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES e Márcio Pinheiro Advocacia

Conto às avessas

Conto às avessas: Se é possível?
Não sei.
Se será?
Hoje em dia, não tenho certeza.
Só sei que os contos os de fadas principalmente, não influenciam mais como antes, isso posso afirmar, assim acho, talvez, rsrsrs.

São tantas incertezas que atualmente nos cercam, ou será que sempre foram presentes e eu fui a única que não as notei?!? (Óh, dúvida cruel)

Mas não vou me preocupar com as incertezas. Nem questionar as “certezas que possuo”, deixarei fluir…
Só o tempo é capaz de afirmar minhas suspeitas ou não, isso se eu estiver atenta quando surgir.

Agora, em relação aos contos de fadas, esses sim, sempre me encantaram por anos e anos.
O amor, a paixão ou qualquer outro sentimento similar já foram ser o mal do século (século em que não vivi), alguns anos atrás me daria como uma “morta” satisfeita, romântica inveterada, estar apaixonada, me apaixonar me tornavam mais viva e o “sofrer”, virava a página com facilidade não tinha tempo, apesar de achar uma morte digna, adolescência é uma fase fantástica, não acham?!?

Satisfeita por “morrer” de amor?!?
Satisfeita por “morrer” apaixonada?!!
Soa como a grande “loucura” do século passado, mas houve os que findaram (junto com o descuido da saúde para agravar ) poetas tinham esse fim com louvor (se bem que se era louvável de fato não sei).
Atualmente seria a grande “burrice” do século.

Amo essas contradições que me surgem involuntariamente, me surpreendem espontaneamente, rsrs
Isso mesmo me fazem rir, rir de “mim mesma” se verbalmente correto for “falar”, digo escrever assim….

Voltando aos contos de fadas….
Me inspiraram e contagiavam a alma, os finais felizes me deixavam em êxtase total, e encandeciam uma luz sobrenatural, é como se eu pudesse ver e sentir aquela alegria e o fim ??
Em minha imaginação nunca acabava ali.
Eu ia além, muito mais além, idealizava tanto, jurava que nem era “faz de conta”, que o desfecho de fato existiu em qualquer canto da imensidão em que vivemos na vida real, no tal do preto e branco, na íntegra.
Tornava a uma verdade digna de ser vivida por qualquer um de nós, crianças são tão inocentes, né (lindo de ver, rsrs)
Lá no fundo, como uma luz no final da mina desativada, sei que ainda há essa luz em alguma parte de mim …

Mesmo ouvindo dizer que príncipes são dispensáveis, que eles são preguiçosos e lentos, constatado #fatoreal .

Afinal, princesas sofrem tanto, quanto chegam já está tudo resolvido, não as resgatam de espectros, não as salvam das torres trancafiadas.
Hoje em dia, nem chegam mais em um belo cavalo branco.
Os contos são modernos, rsrs,
Príncipes nem lutam mais por suas donzelas , não há “duelo”, só vivem atrasados , aparecem no final da história, “lascam” um beijo, mais cena do que intensidade, que nem mais é de tirar o fôlego , um simples beijinho castro bem articulado e assim chega o FIM nem paixão aparenta haver.

Sucinto demais ao meu ver.
Paira uma nova dúvida, Os príncipes apresentam esse comportamento há anos?!?
Ou eu era cega o bastante para simplesmente não perceber?!?
Ou será que minha inocência não me permitia na verdade ter percepção?!?
Como em mim soava como se fosse verdade, não me atentei a esses fatos por crer que eram irrelevantes?!?

Enquanto isso, nos contos de fadas ….
No desenrolar da história.
As princesas , ” comem o pão que o diabo amassou”, outro ponto, elas não comem, em sua maioria são privadas de alimentação, de princesas a plebeias, são atormentas por madrastas e irmãs malvadas, soberanas rainhas que as impõem suas vontades e ditam todas as regras, imposição, bruxas más que querem enganar e envenenar o tempo todo e a “bendita” da lazarenta inveja que sentem, mesmo quando estão focadas em dizimar a vida alheia.

Impressionante, como um sorriso incomoda, como uma palavra terna desperta ira, e o simples fato de “cantar com os animais” gera revolta.

Jurava que o velho dito popular afirmasse:
“- Quem canta seus males espanta!”
Fosse capaz de suavizar até os corações mais sombrios, ao contrário, irrita ainda mais.

Sempre estive atenta a esse detalhe, mas jurava que em algum momento desse ânimo levasse boas energias e quem sabe influenciar milagrosamente e positivamente os corações mais amargos.

Infelizmente não funcionou nos contos e pior, noto que não “cola” muito na realidade da selva em que vivemos.

Conto de fadas x Conto às avessas

Até porque as florestas agonizam em chamas pouco a pouco.
O verde de esperança que nos resta se torna pó.
Viver em tribos, manter velhos costumes tem sido o grande desafio.
Vivemos no limite.

Ter coragem, ser leal, busca espiritual (ouvir a ancestralidade), ser valente.
São essenciais para quaisquer dos contos ou realidade.

Vale ressaltar
Feliz é a Barbie ( não pelo esteriótipo), somos muitas e de diversas etnias.

“Barbie” pela liberdade de espírito, sexagenária aventureira, mente aberta e livre , atuou em diversas profissões, não é que a danada já foi à lua!!!! Kkkk
Ela “representa” as nossas muitas possibilidades, sempre muito autêntica, prática, eficiente, a tal “perfeitamente correta”, cordial sempre, alto astral sempre sorrindo, não há tempo ruim, tira tudo de letra.

Somos assim, podemos ser:
Ser rainhas ou princesas
Bonecas (gesso, plástico ou pano)
Guerreiras
Valentes

Somos mulheres
Somos tudo o que quisermos!!

Mas jamais vilãs!!!
Lembre-se:
“a maldade nunca é plena, mata a alma e envena!!” (Chave 08)

Inspire-se na ficção ou não.
Seja apenas o melhor que és capaz de ser, por você e para você mesmo.

Carinhosamente,
Abraço forte, ॐ∞

Gostou de “Conto às avessas“?

Então, assine nossa Newsletter. Não deixe de comentar logo abaixo também. Leia mais da autora Lorena Pelais. Deixe um comentário sobre Conto às avessas também.

Conheça nossos parceiros Entre Séries, Dica App do Dia, Passa de Fase, Rogério de Caro, Graça Decaro, Amorarica, Excelsior Serviços, Blog PS, DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES e Márcio Pinheiro Advocacia

Inspiração

Inspiração: O que te inspira?!? Notei que pessoas anônimas me inspiram e muito. As atitudes diárias são dignas de admiração, tornando-se inspirações.

O anonimato não requer detalhes minuciosos e não é alvo de especulações da mídia, onde os comentários são os mais aleatórios e divertidos que possamos imaginar.
Perceber a determinação, o foco, confiança, perseverança, alegria e sarcasmo pra apimentar, rsrs , tanta criatividade, pode-se dizer que é um talento inexplorado.

Me surpreendeu, observei a maneira positiva do uso dos meios virtuais, capaz de inspirar, através de memes, piadas que suavizam a acidez do dia a dia com um excelente bom humor, com frases feitas que tornam reflexivo um assunto ou outro do contexto social em geral, nada agressivo, simplicidade conectando ao que afeta socialmente a todas as pessoas, bem generalizado independente da classe social, sem revolta, apenas a mensagem e os “desastres” que causam, tudo com muito bom humor.

Reafirmando, reforçando meus pensamentos de que somos verdadeiramente capazes de inspirar alguém e sermos inspirados por atitudes diárias. Todavia, julgamos ser insignificantes a nós, mas certamente pode fazer muita diferença para o outro.

O que quero dizer com isso…
A comunicação visual é impressionante, pode engrandecer aos olhos veem.
Vem a mente o velho dito popular, “nem tudo que reluz é ouro!”.

Os olhos físicos vêem a informação e deduzimos como acharmos melhor. Rede social é uma ilusão, todos vivem de bons momentos, a tristeza não tem vez, a luta diária nem sempre é exposta, e se sim, segue-se para os trunfos da vitória. Porém, entre a luta e vitória, houve inúmeros desafios, que são editados ou excluídos, tornando o perfil a perfeição propriamente dita selecionada a dedo (minuciosamente).

Inspiração e Inspirando

O sucesso da vida não está apenas em imagens e sim em atitudes diárias, momentos vividos e compartilhados com quem nos rodeiam, imagens mostram uma parte, a íntegra do momento fica guardado na mente e no coração, as memórias são capazes de inspirar.

Os flashes não capturam a riqueza de detalhes, não é possível transmitir sentimentos.
Ainda que digam que “uma imagem valha mais que mil palavras”, as palavras não devem ser descartadas completamente. Afinal, através delas exteriorizamos sentimentos com sinceridade ou não, palavras são capazes de acalentar, porém, seu mal uso pode ferir, demonstrar insatisfações e causar mágoas.
Selecione bem o que você quer enviar ao universo.

Pessoas próximas são grandes inspirações, observe ao seu redor, tantas boas histórias.
Não se iluda com o quê se vê.
Imagens e seus recursos, cenários perfeitos, figurantes melhores ainda, filtros e photoshop no retoque final.

Afinal, ouvi dizer que “os melhores momentos são aqueles que ficam em off?!?” acho que é assim que dizem por aí, rsrs.

A alegria e entusiasmo podem ser transmitidos através de imagens, a captura, a sequência, se torna uma missão cansativa quase impossível é preferível sentir, viver e guardar em memória.

Sem grande produção, ausência de make, fios rebeldes alvoraçados, vestimentas simples, pessoas sendo quem são e suas verdadeiras essências expostas para quem quer que as veja.

Afinal, boas ações é o que nos tornam belos e inspiradores.
ॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Vocês são nossa inspiração. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Todavia, não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Sendo assim, nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Então, assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre! Inspiração!

A Sinceridade

Reflexões e dissertação sobre a sinceridade e nossa relação com ela.

O quão sinceros costumamos ser?!?
Se pararmos para uma reflexão, no entanto, qual seria a pontuação?!?
Será que dá pra pontuar?!?

Sinceramente, tenho minhas dúvidas.
A sinceridade abre muitas portas e fecha outras.
Muitas pessoas não estão dispostas a ouvir. Afinal, a verdade nem sempre é algo que massageia o ego, geralmente é o tapa sem mão que não se vê. Mesmo assim, em alguns casos, é necessário. Dessa forma, existem tantas formas de a expor, é uma questão de escolher bem as palavras que serão usadas.

A sinceridade fortalece laços e cria um ambiente confiável estabelecendo boas relações.
Permitindo conhecer o outro um pouco melhor e seus respectivos sentimentos, (não por completo, mas pelo menos a ideia central), mantendo o elo e criando relações vindouras.

Há muitos anos ouvi a seguinte frase:
“O excesso de sinceridade, se torna falta de educação!!”
De fato, marcante e muito útil.

A vida exige moderação. Desta forma, devemos ter uma cautela a mais, para que não haja ferimentos graves.

A sinceridade é um compromisso interno e pessoal. Portanto, você deve ser meticuloso e pensar, antes de exteriorizar.

Palavras podem ser “duras”, pesadas, ganham força através da entonação que são usadas. Sendo assim, uma opinião pode tornar-se julgamento, sem que essa seja a intenção.

Use as palavras com sinceridade e sabedoria, pense, repense, não se pronuncie em vão.
Como costumam dizer:
“Ouvir é ouro, falar é prata!”
ॐ∞

Leia mais em Xicas

Papai Noel Ho Ho Ho

Com a proximidade do Natal, as crianças ficam enlouquecidas com o bom velhinho, rsrs E quem não?!? Papai Noel Ho Ho Ho

Os pais enlouquecem, estudam táticas,  criam estratégias, se preparam mais do que para a prova do Enem, a fim de confortar os pequenos com suas listas de presentes.

Seria sorte daqueles que devido à prática religiosa não comemoram o Natal?!?
Existem também grupos que julgam que o bom velhinho e toda ornamentação da casa é uma atitude pagã.
(Muitos responsáveis fazem suas escolhas e não dão está opção à criança, nada contra, mas…)
Tá certo, as crianças compreendem que o Papai Noel é um mero homem fantasiado de velho e barrigudo.
(Gosto de acreditar que ele existe, rsrs)

Seria este momento mais propício para revelar que Papai Noel não existe?!?
E acabar com a infância da criança?!?
Óh dúvida cruel!! Kkkkkk

É tão gostoso ver a alegria das crianças, seus olhinhos brilhantes e o entusiasmo pela celebração.

Ser criança é apenas uma vez…
É tão curto esse período.

Existem tantas maneiras de esclarecer uma criança sobre o Natal sem dar sumiço no Papai Noel.

Natal representa o nascimento do Menino Jesus, Filho da Virgem Maria, concedido pelo Espírito Santo de Deus.

E quanto aos presentes, Papai Noel visita tantas crianças, que não pode priorizar.
E como lidar com as perguntas, mas mãe “fulaninho” ganhou o “Overboard” e eu não, nessa hora , tu pensa, putz….

Rapidamente, lembramos da nossa nacionalidade e damos nosso jeitinho brasileiro, escorregadio e revelamos que provavelmente, não sabemos ao certo, mas já pensou que , os pais de “fulaninho” talvez tenham enviado um valor pro Papai Noel pra ajudar no presente?!?

Temos o direito de dar essa dúvida a criança como parte do presente de Natal, rsrs, assim eliminamos de nós mesmo a culpa por não atendermos a todas as vontades, rsrs, soa cruel, mas nem tanto de acordo com a realidade de cada família.

Não podemos esquecer de incentivar nossas crias de doarem os brinquedos que não usam mais, porque assim ajudamos ao Papai Noel a levar alegria a outras crianças, deixando-as felizes e o aniversariante do dia, O Menino Jesus, se alegra ainda mais com a nossa atitude. 

Afinal , o Natal representa alegria.
O pouco que fazemos, para uns, representa muito para quem recebe.
Que seja Natal todos os dias!!
Doe, compartilhe, apadrinhe, faça como achar melhor, mas participe, seja como uma visita a orfanatos, casa de idosos, hospitais, incentive! 

Papai Noel Ho Ho Ho , ॐ∞.

Modernização

Com o avanço tecnológico na área de telecomunicações, existem tantas novidades, tantos meios foram implantados. Modernização

Onde idade não significa absolutamente nada perto destes avanços tecnológicos.

Diante de inúmeras modernidades pessoas tornam-se obsoleta (como se pudesse usar este termo) da noite para o dia.

Idade física, comparada a modernização tecnológica, a vida parece caminhar lentamente, se formos extremistas, parece representar “absolutamente nada”.

Este ano o mundo virtual ganhou força, as Crianças diante de aparelhos eletrônico demostram ter uma maturidade inalcançável. Adolescentes parecem mestres doutorados. Os jovens, estes acompanham o caminhar voraz.

No início, certamente todos tiveram suas dificuldades, mas conseguimos administrar.

Adaptação com louvor, aprimorando incansavelmente diariamente, atendendo as demandas necessárias.
A inclusão se fez real em todas as faixas etárias.

Até o bom velhinho usa do recurso para diminuir a distância, certamente motivado pela sua senhora, rsrs

#Noeltáon

Vivemos um tempo de muito intensidade, muitas descobertas aceleradas, estar ON LINE fez necessário, use com moderação, aprecie o presencial que te cerca.

OFFLINE tem suas vantagens, interação familiar, uma boa leitura, cantigas, use aquele jogo de tabuleiro que parece descontinuado, antiquado talvez, me parece uma boa opção.

Velhos hábitos e brincadeiras se perdem aos poucos com a invasão digital, cabe a nós resgata-los.

A tecnologia é necessária, quando possível desconecte-se e aproveite o presencial limitado que hoje temos!!!

Com fé,
Logo, logo, tudo voltará ao “normal”, será que estaremos aptos para realidade presencial?!?

Amor

“Amai uns aos outros como Jesus vos amou” Amor

Quem nunca sonhou com um amor de verdade, um amor para toda a vida ou simplesmente amou por amar?!?

“É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Por que se você parar pra pensar
Na verdade, não há!” (Legião Urbana)

No fundo, acredito que todos têm seu lado romântico inveterado, mas que por vergonha ou sei lá o quê, não permitem que aflore esse sentimento ou simplesmente enterraram por conta de mágoas do passado.

Sendo assim, meninas tendem a ser sonhadoras, comparadas a “Alice” por acharem que o mundo é uma maravilha, haa Te pergunto por que não?!? 
Tudo depende da maneira a qual vemos o mundo e como associamos as situações adversas.

Fazendo uma analogia aos contos de fadas, adoroooooooooo.

Tá, mas sem focar no primeiro instante no tal sonhado Príncipe Encantado.

Até porque, toda Princesa “come o pão que o diabo amassou” seja pela bruxa má, pela madrasta e irmãs malvadas, movidas pela inveja e um monte de maus sentimentos.

Amor e Amar

Tais personagens são “irritantemente admiráveis”, sempre alegres e otimistas, sonhadoras e realistas por aceitarem a situação que vivem, no estilo “aceito, recebo, entrego e confio” e assim, seguem suas caminhadas, até que são surpreendidas por um passe de mágica, surge a Fada Madrinha que seca as lágrimas, revelando uma solução inesperada, motivando quando parece não ter mais solução, um tanto desacreditada se permitem a novidade e a mágica realmente acontece,  belo vestido de gala, uma abóbora se torna carruagem, uma simples camponesa bem trajada é escolhida para uma dança inesperada e tudo mudará de vez… 

Dance conforme a música e se divirta
Não deixe que bruxas ou bruxos maus definhem seus dias.
Seja positiva Nosso conto de fadas, escrevemos dia após dia.
E no final, decidimos se precisamos ou não de Príncipe Encantado ou se o Amor Próprio é o suficiente.
E com um passe de mágica possamos unir tudo aquilo que desejamos, com Fé o impossível se faz possível sempre!!

Sonhe Realize Confie
O melhor está por vir
Crie você mesma seu conto de fadas moderno.
Bjins, ॐ∞

Separação

As vezes me pergunto o porquê é tão difícil deixar algo para trás?!?

Toda separação costuma ser dolorosa, sofrida e em determinadas situações contém ressentimentos?!?

Existem separações, as quais são inevitáveis, como a morte, a partida de um ente querido causa muita dor e na grande maioria das vezes, nos pega de surpresa e é um baque na alma, morre um pouco de nós com a despedida.

Essa separação é dolorosa, porém com o tempo, ela dá espaço a uma doce e terna saudade.

Mas, quando o assunto é separação (divórcio) ou término de um relacionamento, ihhhhhhh …
Esses sim são regidos, geralmente, por um “quiproquó”, rsrs

O divórcio vem acompanhado de muitas tretas, acusações infames e infundadas, dão espaço a julgamentos precipitados e a falta de diálogo reina em um silêncio insuportável ou dão espaço para berros vãos, que nocateiam a alma e criam feridas quase eternas.

Me pergunto, porque é tão difícil focar nas coisas boas e deixar fluir a risca como cantam Natiruts “leve com você só o que foi bom, ódio e rancor não levam a nada!”. Sabe, certamente é doloroso sim, porque um divórcio envolve muitos quesitos e só se vem a mente, “ah, eu não vou deixar barato não!” O processo é longo, costuma ser demorado, com “idas e vindas”, existem os tais acordos, a “repartição”, seja de bens, tutela dos menores, bicho de estimação, entre outros… me parece tenso e puxado, devido tanto desgaste emocional.

Mas me pergunto, será que nada fica além da mágoa?!? Uma vida conjugal é repleta de novas lições e muitos aprendizados. Compartilharam uma vida em comum e quando chega ao fim, são descartados pior que chorume?!?

Patrimônio

O patrimônio adquirido é o foco, os bens materiais parecem ser o mais importante. Me questiono não houve nenhum “patrimônio moral”?!? Já pensaram nisso desta forma?!? Hahaha, nem mesmo eu havia ido tão fundo até hoje.

Relacionamentos sejam quais forem, contêm aprendizados, lições que levamos por toda vida, erros que não queremos repetir e acertos que desejamos por em prática em novas situações. 

Os envolvidos normalmente pensam somente em si, motivados pelos fatos recentes e não pensam na vida que até ontem tinham como um todo, não evidenciam o núcleo familiar, me refiro as crianças, são as que mais sofrem, ficam iguais bolinhas de ping pong, em meio a discursões e comentários maldosos que surgem involuntariamente. É tão difícil assim usar o bom senso e fazer deste momento difícil de maneira amigável?!? 

“É tão difícil morrer por um tempo e aguardar a ressurreição na calmaria?!?” Sendo assim, abstrair tudo e ser racional, buscar soluções ao invés de desavenças e focar no bem estar de todos?!?

Por mais desastrosas que as coisas andem na vida de um casal, se o melhor for a separação, porque não fazê-la de maneira amigável?!

Porque:
– o amor se torna ódio tão facilmente?!?
– o ódio cega, apunhalando o coração, matando as boas lembranças?!?
– a separação é vista como libertação do mal?!? rsrs 

Não seria mais simples associar a uma intolerância alimentar, a qual você chega perto do que gosta, mas não consome por conhecer seus efeitos colaterais?

Sem saudade…
Consciente que um dia foi bom, hoje não é mais , o verdadeiro “Foi-se uma vez!”
Um abraço,  ॐ∞.

Lolyta ou Lolita?!?

A sonoridade é a mesma, rsrs.
Tem romances, música brasileira.

Mas primeiramente, esqueça tudo, desconfigure-se, desmistifique-se, abstraia o saber e foque no jeito Lolyta de ser!

Vamos lá…
Não aprecio justificativas na escrita, torna cansativo, longo e até desinteressante, porém percebi que neste caso é necessário.

Atentem a grafia,
Lolita tem história.
E Lolyta como a outra face da moeda, uma reflexão feminina voltada para uma mulher adulta, cheia de encantos e poder.

Lolita tem sua triste história, pelo fato da introdução a vida sexual precoce,  a qual repúdio e discordo com as atitudes do passado, onde as moças eram forcadas, a práticas sexuais, geralmente por  “um qualquer” que tivesse posses para tal atividade. 

De alguma forma , em um determinado momento, foi  visto por um outro ângulo, notou-se o poder: Encantamento.

Lolita foi vítima de uma sociedade machista tempos atrás.
Infelizmente ainda existem vestígios desse repulsivo comportamento nos dias atuais, onde os “bárbaros” usam a força.
Lolita, passou a ser temida e perigosa, devido seus encantos  e pouca idade, inconsequente, assim era julgada.
Lolita não refere-se a uma, mas sim a um grupo de moças que eram obrigadas a tal.

Sinto um nó na garganta, só de pensar.
Notório que o gênero feminino ainda é visto como presa, resquícios da antiga civilização, que nos dias atuais, o culpado se torna vítima e a vítima , essa só Deus pra consolar.
Onde deveria haver justiça, a injustiça se fez predominante.

Lolita’s muitas não se rendiam ao medo, moças jovens de pouca idade, eram afanadas pelo desejo alheio, trocadas como se fossem objetos e devido tantas dores faltava-lhes maturidade.

Notem que  Lolita  é referência feminina, usada para classificar meninas precocemente “sexuais”, associada a ninfetas. Argrrrrr

Mas a Lolyta que me refiro é aos termos de descobertas da feminilidade, de usar um batom com segurança, de nos sentirmos mais: poderosas, femininas, certas de nós, intocáveis, permissíveis (escolha) se assim desejar, sexy’s, o auge da sensualidade, sedutora, criativa.

Tudo que envolver mais é válido
Força, coragem, determinação, vontade, fé
Uma extraordinária “Mulher Maravilha” da vida real.
Autossuficiente, capaz, imperativas, não “sugestionável”, (sugestionável, deixa em uma situação de  vulnerabilidade extrema), este não é o objetivo.

É uma introdução atípica contraditória, enfim…
Continue que chegarei onde devemos estar.
Agora em partes.

Quem nunca teve a sensação de ter inúmeras de si em apenas uma?!?

Quem nunca teve um turbilhão de anseios, desejos, medos e inquietações?!?

Alguém se identifica?!?
Se sim, acredito que somos a maioria.
Se não, meus parabéns por tamanha confiança, esse é o exemplo de poder pleno.

Todos somos um misto de sentimentos, ideias e ideais, variamos da alegria a tristeza  (risada e choro) , do amor ao ódio, isso em fração de segundos e simplesmente partimos da infância a idade adulta e vice e versa, devido a leveza que podemos lidar com os acontecimentos diários (muitos afirmam que idade é coisa da cabeça), rsrsrs
Variamos da insanidade a sanidade, levadas por impulsos de certos momentos.

É a tal “Loucura Sadia”, aquela que naturalmente temos, seja no tocar da campainha do vizinho e sair correndo, seja em não exitando e se rendendo , seja sendo racional por conta da maturidade, (afinal é necessário desenfrear uma hora na vida).

Imensurável é  sentir a adrenalina percorrendo nas veias uma boa dose de serotonina, deitar- se , adormecer sem culpa, sentir-se plena e com alegria, todos os momentos são únicos, estar e ser alegre é o principal objetivo e bem estar.

Mas como no real não configura assim, o contexto em si tbm é misto , temos dias excelentes, mais ou menos aos ruins.

Seja atrevida, seja Lolyta
Siga em frente
O infinito é o limite!!, ॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

História – Reflexões e Inspirações

História: Não se trata de uma disciplina.
Mas é algo que requer disciplina.
Não se trata de apenas um texto, se trata de enredos, fatos, períodos , laços, “fios de meados” que criamos ou que desenvolvemos ao longo de nossa trajetória.

Viemos ao mundo sem saber o porquê nos desenvolvemos sem saber qual é o real propósito, conhecemos outros seres não só porque nossas energias estavam em sintonia em uma mesma frequência vibratória e o universo simplesmente nós une, tudo tem um propósito.

Desde a nossa chegada até o momento da partida , temos uma história, uma história só nossa que pode ser recriada, recontada, vivida, planejada, idealizada, realista, ficcionada, ilusória, imaginada, inimaginável devido a todas as reviravoltas, enfim …

A vida é a sua história! Cada um tem sua própria história, esteja contada em livros antigos ou não, seja ela retratada por fotos ou não, seja ela uma evidências arqueológica ou não, seja ela uma memória individual ou coletiva.

Cada um carrega sua própria história, umas com mais emoções e adrenalina, outras com mais pesares e dor, seja de lutas e vitórias, ou de intensa peleja, seja ela farta ou regrada.

Há quem nasceu em “berço de ouro” talvez não sofra necessariamente por inúmeras limitações, mas há quem não tem opções de escolha , há quem vivencie o desafeto ou descaso, cada um tem sua história e seu próprio fardo.

Somos capazes de reverter qualquer situação! 

A história pode ser contada de várias formas, várias vezes pelo próprio narrador ou recriada por um interlocutor, se a história for boa tem uma excelente repercussão, se for ruim tbm, as vezes, afinal histórias ruins e se houver treta, barraco  vendem ainda mais  “jornais”, rsrs 

Em sua história pode haver muito amor, paixão e alegria, conter uma dose de dor, um tantinho de sofrimento, duas camadas de resiliência, três pitadas de paciência, e uma generosa dose de lucidez, item fundamental que ajuda a compreender melhor os fatos como um todo.

A nossa história, geralmente é escrita à mão, com o esforço, resultando futuramente nossos próprio méritos, erros e acertos, o que seria uma boa história sem uma parcela de drama?! rsrs

O dia a dia é um capítulo, e que em apenas uma edição talvez não seja o suficiente  para ser retratada por completa. Descartamos os pontos irrelevantes, damos créditos ao que acreditam ser mais importantes.

Ainda sim, muitas vezes, não retrata seu verdadeiro ser, sua intimidade, seus medos, suas reações adversas , os traços de caráter na íntegra. Uma história é mantida no interior de cada um,  uma verdadeira caixa de segredos, desde os mais intensos aos mais insignificantes, porque esses só de lembrarmos pode nos fazer corar devido a imaturidade no momento em que foi vivida.

As superações diárias! Cada um pode e fazer essa varredura,  contar em partes ou expor todo o conteúdo, revelar o que mais é conveniente , o que mais se agrada aos ouvidos, o que se torna belo a ser idealizado por quem lê ou assiste.

Não queira ser recorde de vendas de best seller, queira ser simples, humilde, seja você, não forge a sua história para agradar o outro, encare seus fatos, escreva sua própria história com amor, dedicação e muito carinho.

Sempre seja protagonista, se necessário for, busque um coadjuvante a altura, valorize sua narrativa, dê mais luz, mais cores, mais vida,  por mais que você pareça ser simples de ” ser lido”, somente Deus conhecerá sua verdadeira história do início ao fim.

A mente humana é falha, atribuir a terceiros sua história não é relevante. Bloqueios inconscientes, inconsistentes acontecem, para recriar que seja fidedigno aos seus princípios.

Aprecie, valorize cada detalhe, o que, às vezes, parece insignificante, notaremos no decorrer  que aquele ínfimo detalhe faria toda a diferença, é justamente aquele detalhe que as vezes “desprezamos” revelará as respostas mais incríveis no decorrer da caminhada. 

Vamos além da disciplina. Busquemos através ou por meio da “disciplina”, maneiras de vivermos e contarmos a nossa própria história de Vida.

Brinde a Vida e suas histórias de vida , pois para cada um, ela é a que tem mais valor, mesmo que vivida no anonimato do mundo, porém real em sua trajetória com ou sem floreio aos que te rodeiam. 

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

“Deprê”…..

Se trata de um descontentamento da alma, gerado talvez por uma ou algumas “frustrações” vivenciadas, situações mal resolvidas ou por qualquer outro motivo, muitas vezes sem um verdadeiro tópico específico. Os sintomas iniciam e  sempre parece ser, por algo bobo, aos olhos dos mais próximos,  mas depressão é algo que requer acompanhamento, tratamento e geralmente medicação.

A felicidade é construída, é necessário ter força para não dar brecha ao desânimo e oportunidade para as baixas energias.

A Alegria é caracterizada por meio de  momentos alegres, lembranças agradáveis ao espírito, mas não significa verdadeiramente que o indivíduo se sentirá pleno e feliz sempre.

Sabemos que existem pessoas e  pessoa, cada uma com seu jeitinho particular, e suas reações adversas, a tristeza, insatisfação e a depressão anseiam por brechas , ansiedade em si não é algo bom. E Ele já disse: “Conhece-te a ti mesmo

A alma é algo que não conseguimos decifrar tão facilmente, é preciso se conhecer bem, conhecer bem os ensinamentos do Mestre Jesus e todas as coisas que abrangem a obra de Deus.

As pestes estão soltas e podemos nos tornar alvos facilmente.

Certas doenças são muito oportunistas como diz minha mãe, “por se aproveitarem de seu momento de tristeza ou de insatisfação”.

E é nesse exato momento em que elas começam a se enraizar,  bem no fundo do ser,  sem ao menos  consultar ou pedir permissão,  não busca permissão da consciência, ganhando seu espaço e  dominando sutilmente, pouco a pouco, dia após dia. (Não porque vc queria, é um processo inconsciente, invisível).

Sabe, existem tantas coisas boas, tantas boas energias espalhadas por aí, seja até em uma música, aquela ouvida em um vagão de trem ou metrô , faça dela seu elixir para os dias não tão bons.

A vida parece uma eternidade, ao contarmos dia após dia, mas na verdade ela é tão rápida, tão fugaz , vamos celebrar a energia humana e a troca de bons sentimentos com o nosso próximo, vamos deixar de lado toda hostilidade ou o senso de superioridade , sejamos verdadeiramente seres humanos com o próximo e principalmente conosco.

Vamos nos permitir a busca da felicidade interior , a dissolução dos descontentamentos e seguirmos firmes e em frente em busca da paz interior, assim encontraremos o Amor verdadeiro, a verdadeira felicidade, encontrará tudo o que mais deseja.

Teremos incontáveis momentos de alegria e emanaremos involuntariamente o Amor sempre.

Fora a tristeza
Xô baixo astral
Viva a Vida
Sejamos luz ॐ∞
ॐ∞ Emantados de boas energias
Boas vibrações a todos

Toc toc….

Podem chegarSejam bem vindosBora confabular?!? rsrs
A vida é incrível, estranha e  curiosa,  grande misto que torna cada dia diferente.
Nem sempre os  questionamentos fazem sentido, esqueça a  parte “chata”  e vamos começar o dia sorrindo?!? rsrsrs
Sorrir sempre é a melhor opção e nas situações difíceis como manter aquele sorrisão?!?

Pergunta que nunca se cala, bola pra frente, não pense muito, vida que segue.
“Noite passada” estive entre o passado e o presente.
Muitas mudanças,invadiram a vida de muita gente . 
Dos programas de rádio e tv, ao uso da internet.

Para as crianças, desenhos animados, trazem alegria e leveza.
Hoje em dia, a garotada se diverte com vídeos da internet. Tik Tok rouba a cena. O caos vira piada, quanta gente bem articulada!

O ano de dois mil e vinte (2020) deixará suas marcas , doença sem vacina, quarentena que nunca acaba.
Não permita que o mal aprisione a sua mente. Não há mal que dure para sempre!!
Busque situações mais alegres, que torne a tua vida hoje mais feliz!!

Acredite
Confie
Espere
ॐ∞

Um novo dia

Amanheceu.O sol anuncia a chegada de  um novo dia!!
Geralmente as pessoas acordam felizes, como pode acordar de “mal com a vida”?!? 
O amanhecer é algo incrível! Chegar ao final do dia, dormir com a sensação de missão cumprida, ah, isso é fantástico!
Porém, sempre há um “porém”, rsrs existem dias mais ou menos , que devido ao “tempo”, não conseguimos cumprir todas as demandas, mas certamente fizemos o máximo e o melhor que podíamos. 

O tempo é fugaz, planeje um dia de cada vez. Dizem que a vida passa depressa, existem  horas que um único momento parece uma eternidade. A vida exige paciência, o “agora ” soa como se fosse apenas um instante, temos tendências imediatistas, rsrs (como crianças que não conseguem esperar).

Dias e noites , hoje,  agora, ontem e o amanhã, são obras maiores do que de fato  possamos exatamente compreender, por mais que se tenha tudo planejado, sempre haverá algo a nos surpreender.
São feitos muitos planos, traçadas muitas metas, a concretização exige dedicação, tempo e paciência.
Não tente “controlar” o tempo e a vida, permita que te surpreendam.

Certas situações, acontecem da noite para o dia, inexplicavelmente,  simplesmente acontece.
Celebre o fato de estar de pé todas as manhãs, contemple o sol, reverencie o decorrer do dia,  faça o máximo que puder, mas não se maltrate se o tempo não for suficiente, inacabado de ontem pode ser finalizado hoje ou em outro dia, não lute contra o tempo, observe o soprar do vento e traçe uma nova direção todos os dias.
 O amanhã anuncia a esperança  de um novo dia.
ॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

“Contrapartidas” do Tempo ….

Esses dias, o “tempo” me mostrou que nunca estamos completamente satisfeitas, rsrs

Na infância, os dias se “arrastam” como pangarés.
Na adolescência, o tempo voa, como um falcão.
Na juventude, queremos dias com “30h”.
Na fase adulta, vivemos um dia de cada vez, levando em consideração que o tempo sempre é a melhor solução.
A “velha guarda”, melhor idade, geralmente sentem – se muitos satisfeitos, “julgam” ter aproveitado bem, o que vier é lucro , mas sempre tem algo novo a fazer.
Nem todos os dias são iguais,  existem dias em que não são muito agradáveis e com isso esperamos que a noite chegue o quanto antes e o novo dia apareça. 

Nada como um dia após o outro e uma noite no meio!” rsrs 
Existem dias que iniciam tão bem, sentimos a  felicidade percorrer nosso corpo, uma alegria intensa, podemos nos sentir a “euforia” em todas as coisas, com isso, torcemos pra que o dia nunca acabe. E o reflexo é um belo sorriso no semblante.
Existem dias que amanhecem nublado, chuvoso, o céu acinzentado, o dia parece ser noite. 
Até porque dia pra ser dia, sempre queremos ver o Sol, rsrs.
Poderíamos dizer que o tempo é verdadeiramente algo corriqueiro na vida de cada um. 
Um assunto repetitivo, nunca acaba, rsrs.
Afinal, cada um tem sua própria perspectiva em relação ao tempo e a vida.
E você, como tem lidado com a questão do tempo em sua vida?!?
Um abraço, ॐ∞

Tempo

O tempo está relacionado a tudo na vida. A vida e o tempo parecem sinônimos, rsrs.

Pra chegar ao mundo é depositado tempo. Após a chegada neste mundo, levamos um certo tempo para adaptação externa, com um tempo sorrisos são esboçados, o bebê evolui, novos movimentos surgem, algum tempo depois, o bebê começa a engatinhar, a dentição se inicia, quando menos esperamos o bebê sai das fraldas, começa a dar seus passos sem auxílio, tem sua vida escolar ampliada, atividades extras , e como se fosse em um passe de mágica, o bebê, virou criança, entra na adolescência e o tempo parece ter voado como num piscar de olhos.

Com o passar do tempo amadurecemos, lapidamos pensamentos, aniquilamos conceitos pré definidos, dando um parecer super pessoal das informações recebidas, criamos nossa própria linha de ideias, traçamos  metas , buscamos novos projetos, o agir do tempo é perceber a vida e suas mudanças.

O tempo e a vida, podemos dizem que caminham  lado a lado.

Avida nos oferece inúmeras possibilidades. E o tempo nos ensina a como lidar em cada situação.
 ॐ∞ 

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Expectativas x Complexidade

Existem momentos que sentimos vontade de gritar, falar, cantar, xingar, dramatizar, amar, rir, chorar ….

Incrível como existem tantos sentimentos retidos em um único ser . Em algum momentos já ti eram essas sensações?!?

Após exteriorizar seus sentimentos, ter a sensação de vagar no universo?!? Sentir seu corpo leve, flutuando dentre a imensidão, de repente,  feixes brancos de luz em meio a escuridão. E neste momento, pensar nas inúmeras possibilidades, em todas as chances que nos são oferecidas em variados momentos para que sejamos  felizes.

Refletir sobre todos receios e medos , em todas as alegrias vividas, recordar dos velhos amigos , e apreciar sua família. Somos assim. Seres com muitos sentimentos, vários pensamentos.

Administrar o que sentimos , como sentimos e a intensidade que os sentimos . Temos o livre arbítrio ,  exteriorizar livremente ou calar quando acharmos conveniente, podemos ser extremistas ou cautelosos , fugaz (evasivo) ou voraz.

Podemos ser o que somos. Podemos mudar se acharmos necessário. Lapidação é o processo mais valioso desde “pedras brutas” a seres humanos. Podemos nos estruturar ou desestruturar para experimentar o caos se achar conveniente, ou pior,  quando ocorre inconscientemente, é um baita susto.

Somos simples , mas tornamos-nos complexos por opção.

Somos muitos e ao mesmo tempo um. Seja o seu melhor, seja o que te faz feliz. Seja plural e singular Sejamos livres, independentes, felizes. Sejamos simples !!! Sejamos luminosos como o sol e encantadores como a lua.

Reveladora como a luz do dia e misteriosa como luar. Mas jamais deixe de buscar em meio ao infinito o que te faz sonhar.

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Superação

Está associada a “N” fatores. Cada aspecto da vida tem sua repercussão,  cada coisa, aparenta ter um  determinado ponto de vista. 

Primeiro passo: rompa os conceitos pré existentes, avalie novas opções. 

Segundo passo: observe, olhe tudo ao seu redor,  olhe com carinho e repense. Quando falamos em mudanças temos que ter em mente que precisamos nos olhar com amor , nos ouvir com carinho, sem críticas e ponderar tudo. 

Terceiro passo: eleve seus pensamentos a Deus, ouça o seu “coração”,  nunca estamos só.

Abstraia tudo que te faz mal, vire a página, não revire o passado , enterre o que passou, não guarde mágoa, nem ressentimentos, aceite, pq te fortaleceu de algum modo.

Reúna todas sua força, dê o primeiro passo de muitos. Algum tempo depois verás o resultado!! 

Dica: tenha planos A e B, se um não sair como gostaria, inicie outro. A vida é feita de tentativas! Que sejamos felizes hoje e sempre!!

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Como administrar filhas(os)?!?

Recentemente assisti a uma cena na qual me surpreendeu ao saber que se tratavam de irmãos.

Sei bem como nem sempre é fácil administrar a questão: Filho (a).

Vamos partir do princípio sobre mudanças que a mulher sofre em seu corpo para o desenvolvimento do bebê e por ser um abrigo temporário natural por 9 meses, mas sabemos que pode ocorrer a qualquer momento , ainda existe esse porém que exige um preparo de “emergência”.

Ao termos a notícia da gestação, automaticamente são gerados inúmeros questionamentos internos na mente feminina, e pode ter certeza que são muitos e muitos mesmo.

A mãe começa a preparar a vida externa para o acolhimento do bebê que hoje em dia tem data exata ou prevista de acordo com a mudança da lua, particularmente prefiro a segunda opção, lembrando que existem algumas questões que envolvem esse momento e nem sempre a mulher de fato tem a opção de escolha em suas mãos, é necessário pensar na preservação das duas vidas.

Beleza, o bebê chega e tem sua própria rotina, afinal é ele quem passa a ter o “poder”.

Frágil, sensível e em um ambiente externo, essa adaptação é uma questão pode tirar nosso sono por alguns meses, rsrs, rindo pra não chorar sinto aflição só de lembrar da minha “segundinha” chegou tocando o terror.

Enquanto a primeira era tão calminha, dorminhoca e perdia a hora das mamadas, acrescento mais “preguiçosa” inclusive nos momentos de aleitamento, ela dormia enquanto mamava, uma graça, me sinto saudosa.

Nenhuma gestação é igual a outra e nenhum bebê é igual ao outro, fato!

E vc como mãe, como lida com suas coisas emoções e seus filhos?!?

É uma relação intensa, sem férias, sem aviso prévio, verdadeiramente ininterrupta

Como mãe, sempre tive esse medo de ser parcial com minhas crias.

E escolhi não ter preferência!!

Filhas (os) são “todos iguais”, temos que respeitar suas particularidades não exercer preferências!

Sei que uma é mais atenciosa, a outra é calada e explosiva.

Uma se dispõe a ajudar , a outra se faz de “morta” pra não ter trabalho.

São ímpares e de qualidades e defeitos bem extremos, incomparáveis.

Qualidades e defeitos , como qualquer ser humano tem e lembro são totalmente diferentes em tudo.

Como mãe, não passo a mão na cabeça e chamo a atenção mesmo.

Procuro ouvir, aceito feedback e pondero as informações recebidas, em um grande diálogo mostro o que é válido, tolerável e o que definitivamente não é admissível porque realmente não convém.

Que toda escolha, tem sua consequência e precisamos saber se estamos preparadas ou não para arcar com elas, trabalhe a consciência.

Todos temos muitas opiniões, exerça a escuta, ouça com atenção todos os lados envolvidos e seus respectivos pontos de vista.

Mas lembre sempre quem é a mãe, título inquestionável!!

Irmã(o) é pra ser amiga (o), companheira (o), inseparáveis.

Ficar de mal, só se for por um minuto, temos que ressaltar que irmãos tendem a viverem juntos, independente de sim ou não, então resolvam suas diferenças , conversem , busquem entender o que foi que aconteceu, o que motivou, receba e diga o que não gostou e não façam mais, para manterem a harmonia, é um elo pra toda a vida, independentemente das circunstâncias.

Esse relacionamento é um mistério (irmãos) ….

Apesar de ter , não fomos próximas.

É na família que conhecemos as tendências e as moldamos.

É dever dos pais observarem o comportamento dos filhos e os lapidarem para serem bons uns com os outros e com os que rodeiam.

Não digo que sejam crianças permissivas, mas sim sensatas e amorosas, assim teremos o reflexo de adultos mais gentis.

Falo sempre não admito brigas!!!

Desacordos existem não somos de ferro, mas nada que eternize.

Crianças se estressam , se aborrecem, tem suas preocupações que nós adultos, às vezes, nem imaginamos que elas tenham.

Por isso a importância do diálogo, do lúdico sempre aproxima pais e filhos.

Interação, compreensão, amor, respeito, carinho e paciência, dê todos os seus melhores sentimentos aos filhos e mostre a eles que

“Gentileza gera gentileza!”

Um abraço, ॐ∞

Covid-19

Vírus contraditório que se instalou e tomou de assalto o mundo …

Covid-19 porém  espalhou-se em 2020, a contradição começa no nome, concorda?!?Tenhamos um pouco de bons olhos, é impetuoso pedir, um tantinho de bom humor? Somos brasileiros e piadas estão no sangue, pelo menos é o que dizem, rsrs

Bons olhos, para reconhecer que tivemos mais tempo para passar com nossa família, a correria do dia a dia , afasta, esfria as relações pessoais. Valorize cada minuto que  estão ou estiveram  perto de quem se ama Use o tempo para rever e pensar nos desafetos internos.

Dificuldades, certamente houve, mas o quanto isso te fortaleceu para continuar sua caminhada?!? Bom senso pra rir dos memes, que muitas vezes nos deixaram desesperados com a pergunta, como podem fazer piadas de algo tão sério?!?

Vivenciar uma “peste” e recompor seus fragmentos, só os combatentes de guerra viveram e nós anos depois estamos aí, como “ratos de laboratórios” vencendo mais uma guerra ,mais uma vez pela Sobrevivência!

ॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Mulheres pilotando….

Existe um certo pré conceito em relação a mulheres ao “volante”, diversas piadas de mau gosto.
Vamos lá…

O homem vê o carro como um objeto de luxúria e prazer, mulheres fazem inúmeras piadas divertidas

“Esquisitinho, mas nesse Carango fica até atraente” rsrs, aí não vai nenhum tipo de preconceito.

Mulheres veem o carro como um sentimento, é um sentimento de liberdade, é ser arisca como uma águia, linda e leve como uma borboleta, sim , bem extremo.

É saber que se tem uma condução própria para desempenhar seus muitos papéis e não correr o risco de chegar atrasada, é saber que sempre é possível carregar filhos, cachorros, gatos e papagaios, compras do mercado, equipamentos das atividades extras das crias e pares de sapato, afinal cada ocasião pede um look diferente né?!?
ॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Recordações dos Grandes Mestres

Infância me lembro com riquezas de detalhes, momentos incríveis e outros nem tanto.
Tive grandes Mestres.
Em primeiro lugar Dona Eneida, minha Mãe… Bravíssima, Leoa, sempre protegendo, cuidando, me enchendo de “esporros” , agradeço todos os puxões de orelhas, pelos elogios raramente recebidos, o lema dela , “não pode elogiar muito, senão estraga” .
Muita garra , força e determinação, sua busca para que eu sempre fizesse o meu melhor, nunca estava bom, sempre poderia melhorar, sua insistência me moldou, graças a ela, posso me lapidar dia a dia, dona de uma rigidez exagerada, quando na verdade na medida certa! Reconheço seu comportamento, era extremamente necessário, obrigada.

Guardo boas lembranças
(Usarei somente as iniciais)
Primeiras professoras (Tia Ju e Tia Lu).
Como dizia Tia Ju, “dona de perguntas desconcertantes”.

Tenho uma certa admiração por educadores, o que seríamos sem eles?!?
No ginásio, tive o prazer de conhecer as professoras: AM Maia (História) metodologia incrível era possível visualizar as cenas do passado e ThSilva (Língua Portuguesa), carinhosamente conhecida por Thsinha , sem palavras, grande amiga, mãezona.

Segundo grau, nooossa, tudo novo, adolescência, fase cri cri, rsrs
O time aumentou, falecido professor AL (Língua Portuguesa) e seu trocadilho marcante “Uns tem Fé demais, outros Fé de menos”
MS (História) bela calegrafia, sua aula era um longo bate papo.
MM (Matemática), sério toda vida, controlava o riso pra não criar intimidade com os alunos, ele era bravo.
TBC (Física), não lembro nada, rsrs, mas ele tinha um domínio aplausivo da disciplina.
RD (Eletricidade), que pessoa!, professor de curso de Kumon, raciocínio lógico que nunca compreendi, tentei, ele estimulava isso, suas explicações eram tão claras, estava sempre disposto a ajudar.
ZM (Eletrônica e afins), sem comentários, grande admiração, ele não era carrasco, era na dele , sempre fazia as mesmas perguntas:
-“Estou aqui porque?? -Vocês fazem curso de corte e costura?!?”
Acho que ele sentia prazer na resposta em coro: Nãooooo.

  • Vocês estão aqui pq?!?
    Em coro novamente: -Eletrônica!!!
    JA (Desenho de circuito), torcedor do América, rsrs , muito brincalhão, sempre dizia:
    -“Vou cumprimentar os seres superiores da turma, meninas, agora falarei com os seres inferiores, meninos.” Seu comentário, era sempre motivo de riso.

Não posso esquecer da coordenadora ANL (mãe loira), me “chamava na chincha” dia sim, outro também , por fim ela cansou da minha presença (duvidoooo), havia outras demandas, não podendo me dar atenção, me encaminhou para o Serviço de Orientação Educacional (SOE), nunca vi um lugar tão agradável, fazia teste vocacional, refletia, filosofava com a pedagoga LS, virei freguesa, rsrs
Época boa…

Mais à frente, tive o prazer de conhecer MC (Filosofia) ele falava tanto, a disciplina exigia e eu ficava muito perdida, me mandou pra P3 por 0,5, quando questionei, um trabalhinho, meio pontinho, duramente me respondeu: “-Sei que és capaz, vc anota tudo, leia seu resumo que vc se sairá bem!!”
Senti uma raiva sem igual, muito bolada, me preparei, fiz a prova, qdo saiu o resultado, ele me olhou e disse: “- Sempre soube que vc conseguiria!”

Ah professora ZD, (Psicologia da Educação), dona de um gestual incrível, excelente referência afrodescendente, seus vestidos afros e seus turbantes magníficos, contava muitos “causos” que justificavam as travessuras das crianças e sua incrível terapia do abraço!!!
Suas aulas eram descontraídas e relaxantes.

Vamos aproveitar esse momento e o espaço, convido nossas amigas leitoras a deixarem seu recado para aquele educador(a) que marcou sua vida.
Carinhosamente, ॐ∞

Infância

Gostoso como bala
Com cheirinho de chiclete
Temos muitas alegrias
De repente a gente cresce…..

Em homenagem ao dia das crianças ….
Usarei um poema da minha primogênita….

Entitulado:
A vida como ela é

Chata e alegre
Passado e presente
A vida passa
Tão rapidamente

Nasci em 2010
Em 2011, ganhei um presente
Nasceu minha irmã
E fiquei muito contente

Somos bem unidas
Grandes amigas
E também muito diferentes

Brincamos de boneca
Rimos até cansar
Gostamos de comer e dançar

Salve
Salve
A inocência de nossas crianças
Beleza que alegra Vidas!!!
Viva o dia das Crianças!!
ॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Outubro Rosa

Pequena reflexão sobre os cuidados que nos lembram a campanha outubro rosa.

O assunto é abrangente, mas só levará uns minutinhos.
Realizar o auto exame é bem rapidinho.
Umas das maneiras mais práticas de acompanhar possíveis mudanças em seu corpo.
É importante a realização do exame de mama anualmente, vale ressaltar que o câncer de colo do útero vem aumentando de acordo com as estatísticas.

“É melhor previnir do que remediar”
Saúde é assunto sério.
Precisamos nos cuidar!!!
Cuidados que devemos lembrar o ano inteiro.

             ॐ∞

Outubro rosa – Cuidados e Prevenção

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Família…

A existência está atrelada a um grupo familiar … sanguíneo ou não…Seres de diferentes pensamentos, objetivos, e às vezes até crenças. Como se lidar com tantas diferenças sem indiferenças?!?

Família costuma reunir muitos Seres e sentimentos ou pode haver a falta de membros e sentimentos… Comum, não se preocupe com isso, tenha em mente que somos sempre assistidos pelo grande Criador, este que é Pai de todos igualmente. O propósito da vida é a experiência da existência humana, então não fiques angustiado se sua família é assim ou assada, faça a sua parte e busque conviver bem por mais difícil que as vezes pareça.

Há sempre um pq que lá na frente se revelará.

Siga em frente, família é isso mesmo, um monte de gente amontoada perguntando, Por quê?!? Pra quê?!?

ॐ∞

Aulas on-line

A grade curricular,  em alguns países é deficiente por si presencialmente. Como lidar com a estrutura, a princípio desestruturada que iniciaram essas transmissões on line?!?

Somente Deus para de fato ter piedade de nós. Aulas on-line é um assunto que divide opiniões, por ser maçante, conteúdos que “parecem ser” ministrados as pressas, sem nenhuma organização, crianças perplexas com  olhar vago diante da tela, pais desesperados, sem saber ao certo como auxiliar seus filhos.

E ainda sim, *crianças que ficaram desassistidas* durante uma quarentena que se prolonga a mais de 6 meses …Professores, que se esforçam dia a após dia e que certamente ao final do dia, relembram e se questionam em relação resultados…Aulas on-line, um novo necessário!!!Felizes os que deram continuidade aos conteúdos e parabéns aos professores por se reinventarem!!! 

ॐ∞

Mulheres – Reflexões e Inspirações

Ser considerado complexo e perfeito, muitos dons foram atribuídos na existência das mulheres, mas pq tanta responsabilidade cabe a elas?!?

Como costumava ouvir, seres superiores, rsrs. Mulheres são capazes de lidarem com inúmeras situações com charme e elegância , ser que deve de fato, ser venerado, praticamente supremo, é a mulher. 

Ela é mulher, é mãe, é profissional, é namorada, é filha, é amiga, demanda que exige tempo e atenção  não acha?!? Quantos sonhos realizados, quantos não foram abdicados em prol  do próximo?!? Mulheres, são tão capazes de tudo,   têm em mente que o tempo é seu maior aliado , e querem saber?!?

É simmmmm. Tua capacidade é inigualável, és capaz de conquistar o mundo. Orgulhe-se de ser o sexo frágil e o mais poderoso dentre os mortais!  Abaixo de Deus, as mulheres são a “divindade” na Terra.Mulheres vão a luta vcs nasceram para brilhar!!! 


Bjs de glitter para vcs , garotas, rsrsॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Educar na pandemia

Pois é, muito difícil tem sido manter tudo em ordem em tempos de tantas aflições. Ao término do carnaval, qdo de fato tudo começaria a caminhar, eis que surge um vírus que finda as relações sociais.


Inúmeras proibições, regras, campanhas de conscientização, não bastavam as preocupações diárias?!? O convívio integral passou a ser a nova realidade para muitos, como manter a educação dos pequenos, conciliar os “porquês” e a baguncinha inevitável?!?


O núcleo famíliar foi inserido numa tarefa desafiadora , todos obrigatoriamente tiveram que se adaptarem, afinal, ADAPTAÇÃO será uma nova constante. Inesperadamente, sob pressão, sempre há uma solução: Reinventar-se, reinvente seus conceitos, sejam firmes, sejam flexíveis tbm, nos momentos certos, é um misto bem variável em questão de minutos, assim mesmo, desse jeito!


O mundo se mantém apreensivo,uns mais, outros menos, com os pequenos não é diferente, a diferença é que eles nem sempre encontram as palavras e atitudes mais acertivas para se expressarem e os adultos devido a carga cotidiana explodem facilmente.

Uma sugestão, Empatia , respire fundo, conte até mil, o momento exige paciência, mais afeto e compreensão!

Um abraço, ॐ∞

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.010 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!