Colunistas

Parte 2: Toda a crise é uma grande oportunidade de inovação

Com a chegada da pandemia Covid19 de forma rápida, o que funcionava virou de cabeça para baixo. Muitas empresas estão paradas, outras funcionando parcialmente e para isso, muitas delas tiveram que ser ágeis e uma destas ações foi transferir os seus colaboradores para trabalharem home office. Pela urgência, muitos colaboradores no dia seguinte já estavam trabalhando nas suas casas e cumprindo a quarentena. Isso foi feito com sucesso, só que a grande maioria destes colaboradores não tem a experiência de trabalhar home office, alguns problemas já estão sendo identificados como, isolamento social, trabalhando mais de 8 horas por dia, falta de concentração, problemas físicos, dores nas costas, ganho de peso e outros. Em resumo “não estão preparados”, trabalharam por anos em escritórios e isso se transformou em hábitos e rotinas.

A mente associa que o ambiente da nossa casa é pessoal, família e descanso.

O processo de adaptação ao novo ambiente de trabalho não foi devidamente treinado e preparado. Também sabemos que o processo de quarentena deve perdurar por um bom tempo e a melhor hora do aprendizado é no início da mudança, então é AGORA. A presença dos familiares leva a uma distração para as responsabilidades profissionais. É um momento importantíssimo para manter as atividades em dia e se manter produtivo. Esta mudança não é tão simples assim, por que já existem os hábitos de ir ao trabalho todos os dias, enfrentar o trânsito, ambiente de escritório, reuniões com clientes, almoço e café com os amigos, insegurança, contato com pessoas, etc.

Agora as empresas estão voltando ao trabalho em seus escritórios alternando os dias, um dia no escritório e no outro no regime home office.  Estamos ainda em processo de adaptação a quarentena e já está iniciando outra modalidade de trabalho em tão curto espaço de tempo. Muitos destes colaboradores estão inseguros em retornar aos escritórios com medo de contrair o covid-19 e contaminar as suas famílias. O medo e a insegurança estão instalados na cabeça de muitos, sem considerar a perda do emprego a crise financeira e econômica.

Essa nova realidade requer que as empresas e lideranças minimizem estes impactos aos funcionários e colaboradores, para que não ocorram problemas maiores no futuro com a saúde física e mental. Sabemos que toda empresa é formada por bons funcionários.

O processo de “Mentoria & Coaching” para equipes e individual, tem como objetivo, ser o facilitador neste novo ambiente de trabalho, trabalhando a organização, motivacional, disciplina, comunicação, trabalho em equipe, avaliando os resultados, ajudando em dificuldades individuais e alinhando com os objetivos da empresa.

Neste momento de tantas incertezas e mudanças resolvi elaborar este manual de dicas rápidas para minimizar os problemas que o trabalho Home Office pode vir a trazer.

Caso queira receber o manual de dicas, entre em contato, como segue:

Contato:
Tatiana Brito –  (11) 94746 5637 
e-mail – tatiana.brito@rogeriodecaro.com.br

Rogério De Caro – (11) 94777 9496
e-mail – rogerio@rogeriodecaro.com.br

Este post foi publicado em 24 de setembro de 2020 06:56

%%footer%%