Entre Séries | Confira os lançamentos entre 17 a 30 de janeiro

Jornal Grande ABC
Entre Séries | Confira os lançamentos entre 17 a 30 de janeiro
/

Conheça novidades das plataformas de streaming, da TV e do cinema, os lançamentos entre 17 e 30 de janeiro.

Os principais lançamentos da semana 03 de 2021 está no ar. Entre Séries Saiba as novidades da quarta e quinta semana de 2021 nas plataformas de streaming, na TV e nos cinemas. As produções estão presentes na HBO, Globoplay e Netflix.

 

lançamentos de 17 a 30 de janeiro

Fate: A Saga Winx – Baseada no desenho animado de Iginio Straffi, a série da Netflix contará a história de cinco fadas adolescentes na escola Alfea. Abigail Cowen, Hannah van der Westhuysen, Eliot Salt, Elisha Applebaum, Freddie Throp, Precious Mustapha e Jacob Dudman estão no elenco. Estreou em 22 de janeiro na plataforma de streaming.

 

entre séries transplantTransplant – Disponível desde 22 de janeiro no Globoplay, a série médica canadense é uma criação de Joseph Kay. A série conta a história de um refugiado sírio em busca da reconstrução de sua carreira no país norte-americano.     

 

 

lançamentos de 17 a 30 de janeiro

 

Euphoria – O segundo episódio especial da série da HBO será exibido em 24 de janeiro, às 23h, no canal. Desta vez, os fãs irão ver Jules (Hunter Schaffer) nas festas de fim-de-ano. O episódio estará disponível pela HBO GO.

 

 

Monster Hunter – A grande estreia do cinema é o filme da Sony Pictures. A produção de Paul W.S. Anderson, e estrelada por Milla Jovovich, é baseada na franquia de jogos homônima e conta com Nanda Costa e Diego Boneta no elenco.

 

lançamentos de 17 a 30 de janeiro

 

Batwoman – A HBO estreia na sexta-feira, 29 de janeiro, às 22h, a segunda temporada da heroína de Gotham. Com Javicia Leslie interpretando a heroína, a produção retorna com episódios inéditos as sextas-feiras pelo canal.

 

 

Então, fique por dentro de tudo sobre o mundo do entretenimento e diversão, conheça Entre Séries.

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Sendo assim, produzindo material especial para nossos leitores. Portanto, nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias. Entretanto, não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

 

Gostou de “lançamentos de 17 a 30 de janeiro?”

Então, aproveite e assine nossa Newsletter. Portanto, você receberá nossas publicações em seu email.

 

Entre Séries | Os principais lançamentos da semana 03

Entre Séries | Os principais lançamentos da semana 03
Entre Séries | Os principais lançamentos da semana 03
/

Conheça novidades das plataformas de streaming, da TV e do cinema entre 10 e 16 de janeiro. Os principais lançamentos da semana 03 de 2021 está no ar.

Entre SériesSaiba as novidades da terceira semana de 2021 nas plataformas de streaming, na TV e nos cinemas.

lançamentos da semana 03 American Gods – Disponível pelo Prime Video no Brasil, a série baseada na obra de Neil Gaiman retornou na última segunda-feira, 11 de janeiro, para sua terceira temporada. Os episódios serão lançados semanalmente pela plataforma de streaming.

beleza gg

Beleza GG – A segunda temproada do reality do E! estreou nesta quinta-feira, 14 de janeiro. A produção segue a trajetória de Mayara Russi, Fluvia Lacerda e Nahuane Drumond, modelos plus size, e seus desafios profissionais e pessoais. Os episódios serão exibidos semanalmente pelo canal.

lançamentos da semana 03WandaVisão – Primeira série da Marvel no Disney+, a produção será uma ode as sitcoms clássicas dos EUA, enquanto explora o universo cinematográfico da editora. Paul Bethany, Elizabeth Olsen, Teyonah Parris e Kathryn Hahn estão no elenco. A série estreou em 15 de dezembro pela plataforma.  

 

Servant – A segunda temporada da série produzida por M. Night Shyamalan estreou no último dia 15 pelo Apple TV+. Lauren Ambrose, Toby Kebbell, Rupert Grint e Nell Tiger Free estão no elenco.

lançamentos da semana 03

Pai em Dobro – Primeiro filme de Thalita Rebouças para a Netflix, o longa-metragem Maísa como Vicenza que, após completar 18 anos, decide buscar o pai que nunca conheceu.  Eduardo Moscovis e Macelo Médici também estão no elenco.

Fique por dentro de tudo sobre o mundo do entretenimento e diversão, conheça Entre Séries.

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Sendo assim, produzindo material especial para nossos leitores. Portanto, nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias. Entretanto, não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Gostou de Os principais lançamentos da semana 03?

Mel e fel

Amor é doce
Maldade é cruel

Mel e fel
Mel e fel
/

Somos cheios de mistérios.
Muitas vezes afirmamos que nos conhecemos suficientemente bem, mas só nos conhecemos verdadeiramente diante de uma adversidade, pois este é o momento em que colocamos em prática todos os conhecimentos que temos sobre nós mesmos e descobrimos outros novos sentimentos que muitas vezes nem sabíamos que existiam.

Tem ecoado fortemente uma palavra em meus pensamentos: Maldade.
Com tanta coisa boa pra se falar, com tantos bons sentimentos existentes porque se render justamente a esse tema?!?

Foi exatamente isso que pensei, mas como a voz não queria se calar, pensei, bora vamos tentar explorar um pouco mais e talvez citar alguns pequenos comportamentos que são quase imperceptíveis mas que causam muita dor.

Algum tempo existem dois temas os quais busco palavras mas não consigo exteriorizar esse pensamento para a escrita, surgem tantas informações e quando início uma frase, a mesma já representa o fim, um dos temas é o preconceito, assunto muito evidenciado devido inúmeras manifestações por todo o mundo, o outro que cresceu bastante durante a pandemia foi violência doméstica, os abusos verbais, físicos, morais e patrimoniais causados às mulheres.

O que preconceito e violência doméstica tem a ver com a maldade?!?

Por ela estar associada ao prazer que uma pessoa tem em se auto afirmar diminuindo , “torturando” o outro.

A maldade está ligada a muitos “pequenos” sentimentos, se é possível assim dizer.
Ou seria melhor associarmos aos mais diversos e variados sentimentos macabros que possam existir.

Acho que acabei de dar duas opções “similares e distintas” quase simultaneamente, cabe a cada um saber identificar como surge, como afeta e de que maneira se apresenta para cada um de nós.

É, isso mesmo!!

De acordo com estudos psicológicos “somos potencialmente maus por natureza”, houve quem foi canonizado que acreditava que nós temos a maldade dentro de cada um de nós, há quem acredita que está ligado a fatores genéticos.

Sinceramente, todos os estudos são ótimos e tal, mas fico pensando como reagimos quando nos damos em conta com a maldade face a face, saindo de nós ou vinda em nossa direção.

Recentemente, percebi que o sarcasmo é um tipo de maldade, considerei quase oculta até compreender que o sarcasmo fere gravemente quem usa, por habitar um dos espaços mais sombrio da mente, ou que ao meu ver poderia até ficar lá e ser dado como esquecido, essa colocação chega até ser irônica, mas na verdade a vontade que sinto de rir, foi rir de nervosismo e um tiquinho de medo talvez pelo tamanho da dor que é capaz de causar a quem é atingindo.

Se bem que, usar o sarcasmo para evitar algumas situações evasivas , acho interessante, por não ferir ninguém, simplesmente por ser uma estratégia para distrair a atenção de uma situação delicada , porque o que mais existe é gente chata, gente mal humorada e mal amada, e elas são muito intrometidas e querem sempre mais e mais detalhes da vida alheia, AFFF, isso cansa e cansa e muitoooooo, haja paciência, só Jesus em ambos corações, um para reconhecer esses traços e não se deixar levar e o outro para perceber que sempre existe tempo e meios para melhorar e resolver as situações que nos desagradam sem pensar em viver ou querer se intrometer na vida alheia com especulações muitas vezes infundadas, as tais “piadinhas”, o tal do “jogar verde pra colher maduro”, acho isso chato sabe, porque não ser direto ao ponto, uma generosa dose de sinceridade e palavras bem selecionadas para se iniciar um diálogo franco e quem sabe assim as feridas sejam leves ao invés de profundas, sem gerar ou acumular maus sentimentos.

A convivência é algo lindo, as vezes, nem tanto, amo esses pontos de “certezas e incertezas”, gosto do flexível, a rigidez nos torna “cabeça dura” demais e estamos aqui para aperfeiçoação.

Sei que esse assunto não é o mais agradável, sei que poderia falar sobre mais alguns aspectos, mas parar é o mais razoável a ser feito no momento.

Para “combater” a maldade sugiro empatia.
Hã, como assim?!?
Empatia sim, tente se por no lugar do outro e perceba se pode sentir a dor, não se envolva , apenas doe uma parte de seu amor e doçura para amolecer estes coraçõezinhos amargos que andam espalhados por aí.

Por hoje revertamos a maldade em amor e doçura
Que sejam doces na medida certa para não causarmos “diabetes” a ninguém

Amor é mel
Maldade é fel
ॐ∞

Leia mais artigos de Lorena Pelais.

Conheça nosso parceiro Entre Séries.

Mel e fel
Photo by Mareefe on Pexels.com

Vivendo o medo

Jornal Grande ABC
Vivendo o medo
/

Capítulo 2 (Vivendo o medo) de O Medo da Humano. Leia o Capítulo 1

Viver em liberdade significa dominar o próprio medo. O medo de morrer, o medo de ser preso, o medo de não ter o que comer ou beber, o medo de ser humilhado, o medo de não parecer importante, o medo de ser isolado, o medo de não ser aceito.

A luta pela liberdade é uma luta contra o medo. Não que não tenhamos que ter medo. Algum medo é necessário, para que o ser humano não se comporte de modo temerário, arriscando desnecessariamente a própria vida. Mas o medo que ultrapassa o instinto de autopreservação já é, por si só, negativo. Assumir o risco é parte de controlar o medo, e ser, finalmente, adulto.

A maturidade ocorre quando se domina o medo. Cristo dizia para sermos perfeitos como o Pai celeste. Originalmente, no grego, Cristo nos mandou sermos completos em desenvolvimento, ou seja, maduros, adultos, como o Pai celeste é. Esse é o significado do “perfeito” mencionado. Para sermos maduros como Deus, temos que fazer aquilo que Deus faz, ou seja, fazer o que é certo, pensando nas consequências dos atos.

Deus não dá as coisas ao ser humano, mas capacitou-o a fazer o que é correto. Se Deus desse aos seres humanos alimentos diários, vindos do céu, o ser humano jamais seria responsável por si, já que não necessitaria lutar para conseguir suprir suas necessidades a curto prazo, nem de seus dependentes. Assim, o ser humano maduro é consciencioso das consequências de seus atos, agindo corretamente, mas nunca fazendo pelo outro aquilo que o outro pode fazer por si.

Mais uma vez permeia a emoção do medo na relação entre pessoas, já que não se sabe qual será o comportamento alheio. A ausência de confiança gera um novo medo do desconhecido, criando-se barreiras emocionais que impedem um relacionamento de entrega ao outro, para que o outro supra as suas necessidades, e eu, as dele. Aos poucos, o tempo vai provando quem merece um grau maior desta confiança. Mas pelo fato do ser humano ser falho, invariavelmente haverá um novo erro, que quebrará a confiança.

Uma saída adotada por muitos é não esperar nada de bom. Esse “pessimismo” é criado para que a pessoa não sofra por confiar e ter sua confiança quebrada. Se não se deposita a confiança em ninguém, não haverá quebra da mesma. Vivendo num sistema interno de que “todos vão errar, inclusive eu”, não se deposita a confiança em ninguém. Claramente, em algum momento haverá necessidade de confiar, pois mesmo o ser humano mais desconfiado, ao entrar em um supermercado e comprar um quilograma de açúcar, não vai abrir o pacote para provar se é açúcar mesmo. Ele confia que o conteúdo é o que indica na embalagem. Algum grau de confiança haverá sempre.

É nesse momento que o ser humano coloca em Deus a confiança. Por ser Deus (não importa a religião ou filosofia de vida) um ser supremo que não erra, a confiança depositada no mesmo terá a garantia de não ser violada nunca. Se um ser não erra, ele não trai a confiança. Esse é o raciocínio que o ser humano usa para se tranquilizar, já que tem medo disso também.

CONTINUA …

Por Marcio Pinheiro

O MEDO

Todo dia um novo capítulo em nosso Caderno Cultural. Portanto, assine a Newsletter para ser notificado sobre os próximos lançamentos

vivendo o medo