Conta de energia em janeiro será em bandeira amarela

A conta de energia em Janeiro terá bandeira amarela. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) mudará a bandeira tarifária, com relação ao mês de Dezembro. Sendo assim, o valor cobrado deixará a bandeira vermelha para amarela, no início de 2021. Portanto, é provável que as contas dos consumidores sejam menores.

Segundo a agência, a previsão de janeiro do aumento da quantidade de água nos principais reservatórios de água. Portanto, maior produção hidrelétrica é esperado, o que diminuirá os custos relacionados ao risco hidrológico, o que permite a redução da tarifa.

Conta de energia em janeiro

Quanto será a conta de energia em janeiro?

A taxa extra será de R$ 1,343 a cada 100kWh consumidos, a partir de 1º de janeiro. Todavia, a taxa na bandeira vermelha patamar 2, utilizada em dezembro, era de R$ 6,243 para cada 100KwH.

O sistema de bandeiras tarifárias esteve suspenso, desde maio, para reduzir as contas dos consumidores. Nesse sentido, uma das medidas de enfrentamento aos efeitos econômicos da crise do coronavírus. Porém, a cobrança da taxa extra retornou agora em dezembro.

A atualização das bandeiras tarifárias são feitas todos os anos. A Aneel leva em conta parâmetros diversos. Por exemplo, estimativas de mercado, inflação, projeção de volume de usinas hidrelétricas, histórico de operação do Sistema Interligado Nacional.

A Aneel criou o sistema de bandeiras em 2015. O intuito original era de ressarcir os custos com as usinas termoelétricas. Esta fonte de energia é mais cara, frente ao gerado nas hidrelétricas. A indicação do valor da tarifa é feito com as cores verde, amarela ou vermelha, na conta de energia.

A variação ocorre, em especial, em épocas com menos chuvas nas bacias dos principais reservatórios do sistema elétrico nacional. Neste cenário, a agência poderá acionar as bandeiras amarela e vermelha. Por outro lado, quando o nível está dentro do esperado e operacional, a bandeira verde é mantida e sem valores adicionais.

Quando chove menos os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais térmicas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

Fotos da grande conjunção do solstício de verão

Não conseguiu ver? Confira as fotos da grande conjunção do solstício de verão

A “Estrela de Belém” ou “Estrela de Natal” deixou muita gente curiosa. De fato, há algumas semanas o acontecimento astronômico já vinha sendo anunciado em todo o mundo.

E não era para menos: poder ver uma luz no céu parecida com a que os Reis Magos contemplavam foi uma chance única. A primeira desde os anos 1200 anos.

O certo é que a “Grande Conjunção”, ou seja, o alinhamento entre Júpiter e Saturno foi um evento único, podendo ser visto de grande parte do nosso planeta. Muitas pessoas tentaram registrar o fenômeno e viver o momento especial em suas vidas, poucos dias antes do Natal. Isso, certamente, trouxe um pouco mais de luz, esperança e alegria para um contexto obscuro e crítico marcado pela pandemia do coronavírus.

Não é algo tão fácil de observar como um eclipse solar ou lunar, mas com esforço e equipamentos de fotografia ou astronomia foi possível ver e se encantar com a conjunção desta noite de Júpiter e Saturno.

Pudemos voltar a infância, deixando-nos surpreender e nos guiar (qual os Reis Magos) por essa luz. Além disso, muita gente aproveitou apenas para contemplar! E foi lindo. Uma bela notícia em um tempo tão especial.

Porém, não foi tão simples observar em todo o Brasil. Afinal, chuva, nuvens, além da própria poluição luminosa, atrapalharam o desejo de muitos brasileiro. Contudo, selecionamos algumas fotos para saciar a curiosidade!

Então, veja abaixo algumas imagens da “Estrela de Belém” de 2020 em algumas do planeta Terra.

Fotos da grande conjunção do solstício de verão

Gostou dos cliques? Então, fique por dentro de como tirar aquela foto espetacular, como da Debra Ceravelo (Colúmbia Britânica, Canadá), visite Dica App do Dia.