Escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido

As escolas particulares de São Paulo começaram o ano letivo de 2021 nessa segunda-feira, com atividades presenciais. As escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido de ensino.

Mas, por enquanto, as aulas vão funcionar em sistema híbrido, com parte das atividades presenciais e parte por internet.

Isso porque todas as regiões do estado estão classificadas ou na fase laranja ou na fase vermelha, as fases mais restritivas do Plano São Paulo, que orienta as medidas de combate à pandemia do novo coronavírus.

Com isso, as escolas vão ter que organizar grupos de estudantes que se revezam ao longo da semana, mantendo máximo de 35% da ocupação.

Apesar das restrições, o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo, Benjamim Ribeiro da Silva, avaliou que o retorno às atividades presenciais foi positivo.

Ele calcula que mais de 95% das escolas particulares do estado abriram as portas nessa segunda-feira.

Já os professores não ficaram felizes. Na verdade, estão preocupados. Para o presidente do Sindicato dos Professores de São Paulo, Luiz Antonio Barbagli, o protocolo de segurança que está sendo exigido, como uso de máscaras e álcool gel, é o mesmo que vem sendo adotado nos estabelecimentos comerciais, como as padarias, realidade diferente das salas de aula.

Na próxima semana, dia 8, está prevista a retomada das aulas presenciais das escolas públicas estaduais, e no dia 15 de fevereiro nas escolas públicas municipais.

Em parceria com Agência Brasil.

Gostou de “Escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido
Photo by Pixabay on Pexels.com