Conflitos do mundo moderno

Análise resumida dos conflitos do mundo e a esperança de paz.

Nós vivemos em um mundo cheio de idas e vindas. Mas, os piores momentos são aqueles em que nos esquecemos que todos dependem um do outro para sobreviver.

conflitos do mundo
Imagem de Forbes Brasil

Desde o ano de 1495 o mundo não conhece um período maior que 25 anos sem ter guerras. Sendo assim, é possível contar mais de 200 guerras entre Estados desde 1815.

A guerra mais longa da história foi a Guerra dos Cem Anos. Todavia, na verdade durou 116 anos.

Conflitos do mundo: E as Guerras Mundiais?

Já durante as Grandes Guerras, a expectativa de vida de um único soldado era de apenas seis semanas. Essa realidade fica ainda mais pesada quando paramos para pensar que até os dias de hoje existam cerca de 250 mil crianças que atuam como soldados em conflitos armados.

O fim da Primeira Guerra foi um dos momentos mais esperados do início do século 20, todos pensavam que ao final de toda aquela confusão, haveria paz, mas infelizmente não foi isso que aconteceu.

O objetivo do tratado de Versalhes era terminar formalmente a guerra. Entretanto, mesmo com mais de um ano entre conferências de paz para propor um acordo bom para todos, esse tratado apenas estimulou o começo da Segunda Guerra.

Mesmo depois de todos esses anos, não podemos dizer que todos nós vivemos em paz. Afinal, cerca de 500 milhões de pessoas vivem em locais com alta instabilidade e grandes riscos de conflito.

É preciso urgentemente agir para que todos possamos viver com paz e tranquilidade. Portanto, pequenas ações são tão importantes quanto qualquer outra.

Comece um ano com positividade e aos poucos, faça do mundo um lugar melhor.

Visite e conheça o Blog PS

Gostou de “Conflitos do mundo moderno“? Então, comente logo abaixo e assine nossa Newsletter também.

Veja mais em História e Luta.

Ataque terrorista nos EUA? Nashville avalia situação

O centro de Nashville foi isolado na sexta-feira, depois que uma grande explosão destruiu vários edifícios na manhã de Natal no que a polícia local disse ter sido um “ato intencional”. A possibilidade de ataque terrorista nos EUA não está descartada.

O prefeito de Nashville, John Cooper, afirmou: “As evidências iniciais mostram que foi uma bomba deliberada sendo detonada em nossa comunidade”.

Em uma reunião no final da manhã, o FBI anunciou que a agência, junto com o Bureau de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos, conduziria a investigação sobre uma explosão que deixou três pessoas com ferimentos não críticos.

Policiais na maior cidade do Tennessee disseram a vários meios de comunicação que as autoridades também encontraram possíveis restos mortais nas proximidades da explosão. Ademais, não está claro como os restos mortais estão relacionados ao incidente ou não.

Ligação, aviso, explosão

As autoridades disseram ter recebido um telefonema alertando que um veículo recreativo (RV) estacionado estava pronto para explodir em 15 minutos. O próprio RV começou a transmitir uma mensagem repetida aparentemente gravada para que qualquer pessoa nas proximidades se afastasse.

A mensagem, capturada em gravação transmitida depois por estações de notícias de televisão locais, dizia: “Esta área deve ser evacuada agora. Esta área deve ser evacuada agora. Se você pode ouvir esta mensagem, evacue agora. Se você pode ouvir esta mensagem, evacue agora. ”

Enquanto os policiais de Nashville limpavam a área dos residentes, o veículo explodiu, causando danos estruturais a vários edifícios, derrubando árvores e quebrando janelas em centenas de metros.

“Tivemos um policial que foi derrubado ao chão … Atualmente, estamos varrendo a área para garantir que todos estejam seguros”, disse o porta-voz da polícia de Nashville, Don Aaron.

Aaron disse que a polícia não tem conhecimento de outras ameaças ao público, mas cães-bomba varreram a área por precaução. Portanto, as autoridades não sabiam dizer se havia alguém no veículo quando ele explodiu.

Don Cochran, procurador-geral de Nashville, disse que o Departamento de Justiça estava direcionando todos os seus recursos para a investigação. Nesse sentido, o agente especial assistente do FBI Matt Foster apelou ao público por dicas. “Precisamos de suas ligações e de sua ajuda”, disse ele.

Possível ataque terrorista nos EUA

A polícia de Nashville tuitou uma foto do suposto veículo capturada por uma câmera de segurança, dizendo que ele havia chegado na área aproximadamente às 13h22, horário local. Aliás, parecia ser um modelo relativamente antigo com uma pintura clara.

“A explosão foi significativa, como você pode ver, o departamento de polícia, seus parceiros federais – o FBI e o ATF – estão conduzindo uma investigação em grande escala até este ponto”, disse o porta-voz da polícia de Nashville. “Acreditamos que a explosão foi um ato intencional.”

Em seguida, a polícia disse que o incidente estava relacionado a um veículo estacionado em frente a um restaurante de fondue, o Melting Pot.

O proprietário do albergue vizinho disse que recebeu um telefonema na sexta-feira de sua equipe relatando ter ouvido um “estrondo alto” e o alarme de incêndio disparando. Então, os hóspedes foram abrigado no Nissan Stadium.

O prefeito de Nashville, John Cooper, instou as pessoas a ficarem longe do centro da cidade, enquanto a polícia e as autoridades federais iniciavam sua investigação. Todavia, o número de feridos limitado, pode se creditar a sorte da cidade.

Foi um ataque terrorista nos EUA?

ataque terrorista nos eua
Foto: Jeremy Schott / Reuters

O governador Bill Lee do Tennessee disse no Twitter que o estado forneceria os recursos necessários “para determinar o que aconteceu e quem foi o responsável”.

Andrew McCabe, um ex-vice-diretor do FBI, disse à CNN que uma explosão desse tamanho seria investigada como um possível ato de terrorismo. Ele disse que é possível que a polícia tenha sido o alvo das explosões, já que estava respondendo a uma denúncia de um veículo suspeito quando ele explodiu.

Buck McCoy, que mora perto da área, postou vídeos no Facebook que mostram a água escorrendo pelo teto de sua casa. Sendo assim, alarmes soaram ao fundo e gritos de pessoas em grande perigo soam ao fundo. Além disso, um incêndio é visível na rua lá fora.

McCoy disse que as janelas de sua casa foram totalmente destruídas. “Todas as minhas janelas, cada uma delas explodiu na próxima sala. Se eu estivesse ali, teria sido horrível ”, disse ele.

“Parecia uma bomba. Era tão grande ”, disse ele à Associated Press. “Havia cerca de quatro carros em chamas. Não sei se estava tão quente que eles pegaram fogo e as árvores foram todas destruídas ”, acrescentou McCoy.

Informações com The Guardian

Ataque terrorista do Boko Haram em vilarejo cristão

Na véspera de Natal, ataque terrorista do Boko Haram alvejou moradores de vila na Nigéria.

Os terroristas do Boko Haram atacaram o vilarejo de Pemi (Borno, Nigéria), na véspera do Natal. Além de matar 11 pessoas, o grupo sequestrou outras sete, incluindo um padre. A comunidade é de maioria cristã.

O número de mortos pode aumentar. Os moradores fugiram para o mato durante o ataque e algumas pessoas ainda estão desaparecidas.

Uma organização internacional de jovens cristãos realizava um desfile no vilarejo de Pemi para celebrar o Natal quando o ataque ocorreu. Todavia, agências de segurança alertaram nos últimos dias sobre risco maior de ataque, durante o feriado cristão.

Combatentes jihadistas, em caminhões e motos, invadiram o pequeno vilarejo. Nesse sentido, atiraram indiscriminadamente e incendiando edifícios, disse Abwaku Kabu, líder da milícia.

Além disso, os jihadistas saquearam um hospital e sequestraram um padre, antes de colocar fogo no hospital e na igreja do vilarejo.

O vilarejo de Pemi fica a aproximadamente 20 quilômetros da região onde o Boko Haram sequestrou mais de 200 estudantes há seis anos, em Chibok.

Ataque terrorista do Boko Haram em outros locais

Além do ataque em Pemi, homens armados atacaram outra comunidade cristã em Garkida, no estado vizinho de Adamawa. Eles saquearam drogarias e suprimentos de comida antes de incendiar casas, disseram residentes à AFP.

A agência de segurança da Nigéria, o Departamento de Serviços de Estado, emitiu um alerta na terça-feira sobre os ataques planejados.

Portanto, o DSS pediu aos nigerianos “que sejam mais vigilantes e relatem movimentos estranhos”, garantindo que estava “colaborando com outras agências irmãs para garantir que medidas adequadas sejam postas em prática para a proteção de vidas e propriedades”.

O conflito de uma década no nordeste da Nigéria matou 36.000 pessoas e desalojou cerca de dois milhões de suas casas, de acordo com as Nações Unidas.

Todavia, a violência se espalhou para os vizinhos Níger, Chade e Camarões, levando estes países a formarem uma coalizão militar para combater os grupos jihadistas.

Com informações de AFP.

Ataque terrorista do Boko Haram