Sonho de criança: de Santo André para Campo Grande

Toda criança, e mesmo adultos, ao ouvirem a música do comercial da Dolly irão, inevitavelmente, cantarolarem, nem que seja apenas nos pensamentos. Foi o que aconteceu com Rian, de 10 anos e morador de Campo Grande. Assíduo espectador dos desenhos em canais fechados, frequentemente assiste também os comerciais para todo o país. E o sonho de uma criança faria o inusitado trajeto Santo André x Campo Grande.

Para uma mãe da região sudeste, por exemplo, não seria problema se deparar com o pedido do filho. Rian desejava experimentar o guaraná Dolly. Porém, não há distribuição da bebida em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. O que fazer?

Rian é autista, e Viviane, sua mãe, procurou as formas possíveis para presentear seu filho, criança amável e carinhosa. A primeira alternativa seria enviar pelos Correios. Todavia, os valores para frete eram absurdos, inviabilizando o envio. A segunda, veio de forma inusitada. A família tem como amiga Luciana, moradora de Santo André, e a solução veio por meio do Senhor Getúlio, em conversa sobre … uma horta.

Luciana havia solicitado carro de aplicativo para ir ao dentista. No farol da Avenida Giovanni Bastista Pirelli, o motorista Getúlio fez um comentário sobre a Horta que estava ao lado, e começaram a conversar sobre mandioca (em Mato Grosso do Sul, a mandioca é tradicional). Getúlio disse que iria pra lá no dia seguinte, pois seu pai estava doente e tinha comprado a passagem, mas infelizmente ele veio a falecer. Ainda assim, disse que iria pra rever a irmã. Luciana comentou sobre Rian e sonho de conhecer o guaraná Dolly. De prontidão, Senhor Getúlio aceitou o pedido, mesmo de luto.

Liguei para Viviane e combinei com ela, falei para que tava levando um presente para o Rian. Não falei o quê que era, falei para ela que dentro de 2 minutos eu chego aí na sua casa e já tava perto já tava na rua.

Sr Getúlio

Rian era só alegria com a surpresa, agradecendo ao Sr. Getúlio todo instante. “Estou muito feliz mamãe, ele trouxe pra mim, ele lembrou de mim”, disse o pequeno fã da Dolly.

Ela já veio me receber e o garoto veio também para receber o presente, que era o guaraná Dolly. Eu me senti assim muito feliz de realizar o sonho do garoto. Porque para uma criança, uma simples bebida faz muita diferença. Ele ficou muito feliz, a gente tirou uma foto eu a minha irmã ele. E assim foi graças a Deus deu tudo certo!

SR GETÚLIO

A mãe ainda relata que ficou muito feliz e agradecida pelo gesto de bondade, que para muitos não significa nada, mas que para ela e o filho é um ato para ser lembrado e guardado com todo o carinho.

Sonho de criança: de Santo André para Campo Grande
Rian, com Sr. Getúlio e sua irmã, e o presente vindo de Santo André Foto: Arquivo de família

Gostou “Sonho de criança: de Santo André para Campo Grande”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Leia as últimas notícias e conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.364 outros assinantes

Histórias do personagem André liberadas para download gratuito

Com o propósito de levar cada vez mais informações sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), o Instituto Mauricio de Sousa (IMS), em parceria com a Revista Autismo e o Instituto Singular, preparou uma surpresa especial! Até o final de abril, considerado o mês do autismo, as histórias em quadrinhos do André, personagem com autismo da Turma da Mônica, estarão disponíveis para download por meio do link https://institutosingular.org/baixe-agora/livros.

A ação visa dar auxílio às pessoas para que saibam dos sintomas do espectro, alerte pais, familiares e professores sobre a importância do diagnóstico precoce e esclareça sobre o comportamento que deve ser adotado com uma criança autista.

Para o diretor executivo do Instituto Mauricio de Sousa, Amauri Sousa, a iniciativa é uma excelente oportunidade para que se tenha acesso à informação de qualidade, de maneira clara e lúdica. “Ficamos muito felizes com o reconhecimento que os conteúdos desenvolvidos dentro da parceria entre o Instituto Mauricio de Sousa e a Revista Autismo têm recebido. Consideramos importante que as histórias com o André cheguem ao maior número possível de pessoas, levando não apenas informações sobre o espectro do autismo, mas também representatividade”.

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)

Fundado nos anos 90, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos que, por meio de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.

Gostou da nossa matéria “Histórias do personagem André liberadas para download gratuito“?

Histórias do personagem André liberadas para download gratuito
Arte: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.364 outros assinantes

Compreender e acolher: Abordagem lúdica e empática sobre autismo

Livro Compreender e acolher, da Dra. Deborah Kerches, especialista em TEA, traz conteúdos específicos voltados a crianças, adolescentes e adultos

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma condição do neurodesenvolvimento que afeta aspectos ligados à comunicação e ao comportamento de uma pessoa. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 1% a 2% da população mundial está no espectro autista. No Brasil, estima-se mais de 2 milhões de pessoas com essa condição.

No livro “Compreender e acolher”, a partir de muito trabalho clínico e pesquisa, a neuropediatra Deborah Kerches, especialista em autismo, apresenta o espectro autista a todos de uma forma lúdica, empática e com embasamento científico. Seu conteúdo é voltado a crianças, adolescentes e adultos, para que todos possam se informar e conscientizar sobre o espectro autista, possibilitando o reconhecimento dos sinais precoces e a construção de uma sociedade inclusiva.

O livro, lançado pela Literare Books International, vem em um formato “vira-vira”, onde cada lado possui uma abordagem diferente. De um lado, destacam-se informações referentes ao TEA na infância, seguidas de uma história em quadrinhos direcionada ao público infantil; do outro, considerações relevantes sobre o TEA na adolescência e uma nova história em quadrinhos direcionada a adolescentes e jovens.

“Além dos adultos, é essencial que crianças e adolescentes compreendam melhor o que é o autismo e, assim, possam contribuir na construção de uma sociedade mais acolhedora, empática e inclusiva”, afirma a autora e neuropediatra.


Prejuízos persistentes na comunicação e interação social, assim como padrões de comportamentos, interesses e atividades restritos e repetitivos, são as características centrais do TEA. O diagnóstico e intervenções precoces são determinantes para o desenvolvimento e qualidade de vida das pessoas com autismo e também de suas famílias.

Relacionar-se requer colocar-se no lugar do outro e, por meio dessa obra, os leitores – de diferentes faixas etárias – passam a compreender melhor as pessoas com TEA e o quanto podem contribuir e aprender com elas.


Trata-se, assim, de um livro inédito em que diferentes públicos podem se beneficiar das lições da autora, seja pelas páginas com conteúdo escrito, seja por meio da história em quadrinhos.

Sobre a autora

Deborah Kerches – (CRM 102717- SP; RQE 23262-1.) Neurologista da infância e adolescência. Título de Especialista em Neuropediatria e Pediatria. Especialista em Transtorno do Espectro Autista. Coordenadora e professora de pós-graduações do CBI of Miami. Especialização em Preceptoria em Residência Médica no SUS pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês. Membro da Sociedade Brasileira de Neuropediatria. Membro da Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil (ABENEPI). Membro da Academia Brasileira de Neurologia. Membro da Associação Francesa La cause des bébés. Membro da Sociedade Brasileira de Cefaleia.

Sobre o livro
Compreender e acolher
Autora: Deborah Kerches
Editora: Literare Books International
Formato: 21,5 x 28 cm – 1ªedição – 112 páginas
ISBN: 9786586939996
Instagram: @dradeborahkerches
Loja Literare Books:  http://bit.ly/lojaliterare-compreendereacolher

À venda nas principais livrarias físicas e on-line

Gostou de “Compreender e acolher: Abordagem lúdica e empática sobre autismo?

Compreender e acolher: Abordagem lúdica e empática sobre autismo
Dra. Deborah Kerches. Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira mais em Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.364 outros assinantes