Preço da gasolina tem ligeira alta de 0,18% em abril

Em abril, pelo 11º mês consecutivo, o preço médio do combustível registrou variação positiva. Desta vez, a oscilação foi bem menor do que a verificada no mês anterior, quando o valor saltou 10,94% em relação a fevereiro. Com a alta de 0,18% em abril, o preço do litro da gasolina foi vendido, em média, a R$ 5,737. As informações constam em levantamento exclusivo feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas.

Obtidos por meio do registro das transações realizadas entre os dias 1º e 29 de abril com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 25 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que as maiores altas foram registradas em Amazonas (2,91%) e Acre (1,53%). Por outro lado, 10 Estados registraram queda do preço médio do combustível. As maiores reduções ocorreram em Santa Catarina (-3,07%) e na Bahia (-2,96%).  

Fonte: ValeCard
Fonte: ValeCard

As capitais do Acre (R$ 6,181) e Rio de Janeiro (R$ 6,164) foram as que apresentaram maiores preços médios em março. Já Florianópolis (R$ 5,109) e Salvador (R$ 5,250) registraram os menores valores. 

Preço da gasolina em abril
Fonte: ValeCard

Em quatro Estados, compensa abastecer com etanol 

Rio de Janeiro (R$ 4,962) e Espírito Santo (R$ 4,936) registraram os maiores preços médios do etanol em abril. Conforme o levantamento, em apenas quatro Estados (São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso) compensa abastecer o veículo com etanol – a opção só é vantajosa quando o litro do derivado da cana-de-açúcar custar 70% (ou menos) do que o litro da gasolina.  

Preço da gasolina em abril
Fonte: ValeCard

Sobre a ValeCard  

A ValeCard é uma das maiores empresas de meios de pagamento eletrônicos do Brasil e oferece soluções completas e integradas para gestão de frotas e benefícios.  

https://www.valecard.com.br

Gostou da nossa matéria “Preço da gasolina tem ligeira alta de 0,18% em abril“?

Preço da gasolina em abril
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 997 outros assinantes

Copa do Brasil: Palmeiras x Ceará

Campeão em 1998, 2012 e 2015, o Palmeiras volta a brigar pelo tetracampeonato da Copa do Brasil nesta quarta-feira (11), às 16h30, quando recebe a equipe do Ceará no Allianz Parque (SP) pelo jogo de ida das quartas de final do torneio nacional. Desde o início das fases oitavas de final, o Palmeiras é um do quatro times com 100% de aproveitamento nos dois jogos (venceu o RB Bragantino por 3 a 1 fora e 1 a 0 em casa); também têm aproveitamento máximo até aqui o Flamengo (1 a 0 fora e 3 a 2 em casa contra o Athletico-PR), o Grêmio (duas vitórias por 1 a 0 sobre o Juventude) e o Internacional (triunfos por 2 a 1 sobre o Atlético-GO). Vale destacar que o Vozão já foi adversário do Palmeiras em três ocasiões pela Copa do Brasil: foi uma classificação do adversário (1994, nas oitavas de final) e duas do Maior Campeão do Brasil (1997 e 1998, pelas quartas de final e primeira fase).

Embalado pelas seis vitórias seguidas no retrospecto geral (5 a 0 sobre o Tigre-ARG pela Libertadores, 3 a 0 sobre o Atlético-GO pelo Brasileiro, 3 a 1 sobre o Red Bull Bragantino pela Copa do Brasil – ida –, 3 a 0 sobre o Atlético-MG pelo Brasileiro, 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino pela Copa do Brasil – volta – e 1 a 0 sobre o Vasco pelo Brasileiro), o Palmeiras busca a sétima vitória consecutiva na temporada, algo que não acontece desde 2019, quando, entre maio em junho daquele ano, emplacou sequência de dez vitórias – a maior deste século, ao lado de outra imposta entre fevereiro e abril de 2008.

O técnico Abel Ferreira, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

Em relação à partida anterior contra o Vasco, no último domingo (08), pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Abel Ferreira praticamente repetiu a escalação dos três jogos anteriores (vitórias sobre o Bragantino, duas vezes, pelos jogos de ida e volta da Copa do Brasil – por 3 a 1 e 1 a 0, respectivamente –, e Atlético-MG, pelo Brasileiro, por 3 a 0), com uma mudança pontual no ataque: Gabriel Veron dentre os titulares na vaga que vinha sendo ocupada por Wesley, recém lesionado. Desta forma, o treinador português iniciou a partida no mais recente compromisso do time com Weverton; Gabriel Menino (Marcos Rocha 15’/2T), Luan Garcia, Gustavo Gómez e Matías Viña; Felipe Melo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Lucas Lima 25’/2T); Gabriel Veron (Gustavo Scarpa 15’/2T), Rony (Willian 25’/2T) e Luiz Adriano (Danilo 32’/2T).

Para a partida desta quarta-feira (11), aliás, o Verdão não poderá contar com o goleiro Weverton e o meio-campista Gabriel Menino, que vinha jogando por último como lateral-direito, integrados à Seleção Brasileira para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar de 2022, além do zagueiro Gustavo Gómez e do lateral-esquerdo Matías Viña, que também representam suas seleções nessas Eliminatórias (Paraguai e Uruguai, respectivamente). Outros desfalques certos são o atacante Wesley, que desde o jogo anterior já não estava à disposição do time por lesão, e o zagueiro e meio-campista Felipe Melo, que no último duelo precisou sair aos 34 minutos do segundo tempo – mesmo o Alviverde não tendo mais direito a substituições – após sofrer fratura no tornozelo esquerdo (o camisa 30 passou por cirurgia na última segunda-feira, 09, e sua recuperação se estenderá entre três e quatro meses).

Pré-jogo: Palmeiras x Ceará l Copa do Brasil (Quartas de final – ida)
Data e hora: 11/11/2020 (quarta-feira) l 16h30
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Transmissão: SporTV e Premiere
Suspensos: Não há
Pendurados: Não há
Com a seleção: Weverton e Gabriel Menino (Brasil); Gustavo Gómez (Paraguai); e Matías Viña (Uruguai)