Projeto Social +Amor ao Próximo

O Projeto Social +Amor ao Próximo está ajudando pessoas carentes, em situação de rua, desde o início de 2020. Em parceria com a CUFA (Central Única de Favelas) de São Bernardo do Campo, Victor do Carmo conta sobre a trajetória do projeto e seu testemunho, original esta obra que a cada dia está auxiliando mais e mais pessoas.

Projeto Social +Amor ao Próximo

Hoje ele é porteiro, mora no Jardim Silvina, congrega em igreja do bairro, pai de 3 filhas e capitaneia o projeto social. Mas sua história não fora nada fácil, porém também edificou seus passos e abriu seus caminhos, segundo os preceitos de Deus. “Não é um projeto mentiroso, de brincadeira, porque eu passei fome … morei na rua e sei como que é a situação de uma família que está passando dificuldade … sei como é a situação do morador de rua” nas palavras de Victor.

Aos 21 ele conheceu as droga e o tráfico, se envolvendo com a cocaína e, segundo Victor, conseguia controlar seu vício até os 26 anos. Então, até os 29 anos, ele estava totalmente dependente da droga: “Foi no momento que eu vivi em situação de rua, dormia na rua, comia do lixo e passei dificuldades nas ruas. Frio fome. E ali eu vi o povo esquecido na rua.”

“Voltei para casa da minha mãe, mesmo assim ficava na rua usando droga ficava três quatro cinco dia usavam droga e uma vez um amigo meu me falou que Jesus Cristo podia mudar a minha vida. Enquanto isso muitas pessoas me criticavam, desacreditava de mim e um amigo que se chama Luciano ele falou “Victor, Jesus Cristo ele pode mudar a sua vida. Eu lembro que eu tive três começo de overdose meus 29 anos. Eu disse Senhor, se me tirar dessa vida entrego minha alma e meu corpo a ti…”

Victor do Carmo
Projeto Social +Amor ao Próximo
Café da manhã para pessoas em situação de rua, realizado domingo 30 de maio de 2021. Foto: Divulgação

Após a mudança de vida e acolhimento recebido em congregação, Victor experimentou um ano de obra missionária, em Ribeirão Preto. Por lá, prestou auxílio em projeto social com moradores de rua, alimentando-os mas principalmente oferecendo atenção e carinho. Estes, quando do outro lado da situação, Victor sentia falta e sabe bem da importância de ser visto e reconhecido como alguém, não apenas mais um desalentado pela sociedade.

Ao retornar para São Bernardo, Victor procurou pastor da congregação e soube que o projeto social desta igreja estava parado. Não obstante, buscou em Deus as respostas para seus questionamentos. Em seus direcionamentos, recebeu as instruções para desenvolver o Projeto Social +Amor ao Próximo.

Projeto Social +Amor ao Próximo
Victor do Carmo ao centro, entre Alex Camburão e Gil Campos, na CUFA de São Bernardo do Campo. Foto: Divulgação

Com o início da pandemia e falta de apoio aos caminhoneiros, o projeto distribui 50 marmitas, e após toda semana estavam a receber doações para auxiliar moradores de rua, inclusive com café da manhã para estes. Neste ano de 2021, Victor conheceu Alex Camburão, presidente da CUFA de São Bernardo do Campo, iniciando sólida parceria com a destinação de 20 cestas básicas para o Projeto Social +Amor ao Próximo.

Café da manhã para pessoas em situação de rua, realizado domingo 30 de maio de 2021. Foto: Divulgação

Além da ajuda para pessoas em situação de rua, o projeto atende famílias carentes com as cestas básicas, neste mês de maio conseguindo atingir a meta de 100 cestas arrecadadas e distribuídas. Porém, há meses em que a quantidade é em torno de 20, ou 15. Por tanto, o projeto conta com o apoio de mais doares, visando alentar famílias com regularidade e em maior número.

Como posso ajudar?

O contato para doações é através do telefone e Whatsapp (11) 99281-0057. Faça um Pix, de valor que desejar para o projeto, através do CNPJ 42.050.089/0001-40.

Distribuição de cestas básicas, no Jardim Silvina, em 22 de maio de 2021. Foto: Divulgação

Gostou da nossa matéria “Projeto Social +Amor ao Próximo“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.069 outros assinantes

Banho da Esperança leva dignidade à pessoas em situação de rua

Empresas e cidadãos se unem para construir e doar trailes de banho a instituições que se dedicam a cuidar de pessoas em situação de rua. Confira sobre Banho da Esperança

Em 2020, em meio a pandemia, integrantes do Mitzvah Day Brasil aceitaram um desafio – arrecadar fundos para ajudar o projeto assistencial do padre Paulo Leandro da Silva, assessor da Pastoral do Povo de Rua em Guarulhos. O MItzvah Day é um projeto que existe há 11 anos em mais de 40 países e propõe que civis, independente da religião ou crença, ajudem sua comunidade da forma que puderem. Há três anos começou a ser realizado no Brasil.

O projeto Pastoral do Povo de Rua existe há 10 anos e promove ações diárias de doação de alimentos e, a cada dois meses, atendimentos de higiene pessoal como banhos, cabeleireiro, atendimento odontológico, etc, além de doação de roupas e afeto para pessoas em situação de rua. Até o momento, para realizar esta ação, o padre conta com a ajuda de um trailer emprestado.

Foi nesse contexto que surgiu a ONG Banho da Esperança visando captar recursos financeiros para construir e doar um trailer que permita ao padre Paulo executar seu projeto de forma contínua. Para isso, foram realizadas atividades como lives e vaquinhas online, além de contribuições e doações de artistas e da iniciativa pública e privada. Em abril deste ano, a parceria Banho da Esperança – Pastoral do Povo de Rua em Guarulhos comemora seu primeiro feito –  a doação de um trailer novinho com dois chuveiros, água quente, torneiras, espelhos e armários para o projeto.

Ao longo de 2020, juntos, Banho da Esperança e Pastoral buscaram e conseguiram o patrocínio da Bolsa dos Valores e da Quimatic/Tapmatic, além de apoiadores como a Lorenzetti, a CIP (Congregação Israelita Paulista) e civis de todo o País que juntos arrecadaram dinheiro e materiais para a construção do trailer, que já tem data para ser entregue.

No dia 11 de abril de 2021, será feita a entrega para a Pastoral do Povo da Rua em mais uma ação que pretende atender o máximo de pessoas em situação de rua. “É a realização de um sonho. Poder proporcionar aos nossos amigos essa oportunidade toda semana é sem dúvida a melhor notícia que tivemos em meio a tempos tão difíceis”, afirma padre Paulo.

Estarão presentes  Célia Parnes – Secretaria de desenvolvimento social do estado de São Paulo, Rabino Michel Schlesinger da Congregação Israelita Paulista,   Bispo diocesano de Guarulhos Dom Edmilson, Eliane Lorenzetti Bez Chleba – Presidente da Lorenzetti, Diretoria da Quimatic/Tapmatic e Ricardo Cabral – Presidente da Bolsa dos Valores.

Diante do bom resultado de 2020, a ONG Banho da Esperança já iniciou o cadastro de novas instituições que atuam com pessoas em situação de rua. O objetivo é, assim como fez com a pastoral de Guarulhos, contribuir com outros projetos em São Paulo e, em breve, em todo o País.

À frente do Banho da Esperança está a empresária Patricia Strebinger, que coordena todas as iniciativas junto com as diretoras Larissa Lopes e Desirée Suslick. Com o apoio de todos, a ONG pretende levar mais dignidade para a população em situação de rua distribuindo amor e afeto a quem mais precisa. “Queremos devolver à essas pessoas o amor próprio e a autoconfiança. Percebemos que quando eles se olham no espelho limpos e higienizados, conseguem se enxergar e ter mais esperança de dias melhores”, afirma Patricia.

A ONG já está em busca de novos apoiadores e patrocinadores para a construção de mais trailers de banho, com melhorias como a inclusão de baias para banho de pets, pois, afinal dignidade é um direito de todos.

Quer conhecer e contribuir? Acesse: https://www.banhodaesperanca.com.br/

Gostou de “Banho da Esperança leva dignidade à pessoas em situação de rua?

Banho da Esperança

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as Últimas Notícias. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.069 outros assinantes

Dia de Doar reforça a importância da solidariedade e das doações

Movimento quer mobilizar a população e fazer com que a iniciativa, presente oficialmente em 70 países, cresça ainda mais e fomente a doação como um hábito Dia de Doar

Mobilizar o Brasil para que tenhamos um país mais generoso e solidário, fortalecendo o hábito de doar como parte do cotidiano das pessoas. Esse é o objetivo principal do Dia de Doar, que será realizado em 1 de dezembro, em um ano marcado pela pandemia do Coronavírus. Em maio, por conta da propagação da covid-19, foi feita uma edição extraordinária, o Dia de Doar Agora, que mobilizou mais de 14 milhões de pessoas e 2 milhões de reais online.

É AMANHÃ Dia de Doar. E TODOS OS DIAS.

Em 1 de dezembro o Dia de Doar estimulará milhões de pessoas em todo o país a realizarem ações de generosidade. Sendo assim, inspirando outras pessoas a fazerem o mesmo, em um grande onda de solidariedade e doação. Um dos desafios esse ano é tornar o movimento ainda mais de base, mais local, com dezenas de campanhas comunitárias por todo o país. Em 2019 foram 30 campanhas, em locais como Gramado (RS), Sorocaba (SP), Jardim (MS) e Sergipe. Além disso, neste ano espera-se também que o Dia de Doar estimule ainda mais doações para combater os efeitos do coronavírus, que chegaram à inédita marca de 6 bilhões de reais, de acordo com o Monitor das Doações COVID 19.  Ao mesmo tempo a  data quer reforçar que a doação pode se tornar um ato permanente, que independe de situações de emergência. 

Desde 2013 o Brasil participa do Dia de Doar, que começou um ano antes nos Estados Unidos, criado pela organização nova-iorquina 92Y. Atualmente a campanha é mundial e conta com a participação oficial de 72 países. O #GivingTuesday (terça-feira de doação), como é conhecida a data, é promovido sempre na primeira terça-feira depois do Thanksgiving (Dia de Ação de Graças), seguindo as datas comerciais já famosas como Black Friday e Cyber Monday.

A ONG Mãos que Abençoam participam desta inciativa, e realizará em 12/12 seu Bazar Solidário.

Participação

Dia de Doar

Diversos materiais para divulgação do movimento, sugestões para fomentar a ação e dicas para as organizações são disponibilizados no site www.diadedoar.org.br. Há artes, cartazes, vídeos, folders etc, mas a proposta é que cada participante do Dia de Doar faça sua própria campanha, com liberdade para adaptar, criar sua iniciativa e, tanto organizações como doadores, compartilhem nas mídias sociais com a hashtag #diadedoar, para que a mensagem chegue à mais pessoas e a doação seja um instrumento de fortalecimento social.

O Dia de Doar existe graças à união de cada pessoa que faz sua ação, seja doando ou estimulando a doação de indivíduos, empresas, organizações.

Realização Dia de Doar

Dia de Doar

O Dia de Doar é realizado pelo Movimento por uma Cultura de Doação, rede formada por pessoas e organizações que se articulam voluntariamente no propósito de enraizar a doação como parte de nossa cultura. A Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) é organizadora do Dia de Doar e representante oficial da data no Brasil. A mobilização, este ano, conta com a parceria estratégica da Fundação José Luiz Egydio Setúbal, Instituto Mol, Movimento Bem Maior e Umbigo do Mundo.

Serviço

Mais informações em: https://www.diadedoar.org.br/

Bazar Solidário Ong Mãos que Abençoam

Dia 24 de outubro a ONG Mãos que Abençoam realizaria o BAZAR SOLIDÁRIO. Por conta da pandemia do coronavírus, adotamos medidas adicionais para prevenção de todos. Porém, dia 12 de Dezembro será realizado, anote na agenda! Haverá venda de roupas masculinas, femininas e acessórios. Os projetos sociais e assistenciais atendidos pela ONG receberam toda a verba arrecadada.

A data de primeiro de dezembro marca o Dia de Doar. Vamos contribuir para construirmos um mundo melhor, a partir de nosso bairro, cidade, região.

O evento acontecerá respeitando as normas de proteção contra covid-19, com o uso de máscaras, álcool em gel e número limitado de pessoas dentro da tenda.

Onde?

A ONG realizará o Bazar na Alameda São Caetano, no número 1160, Jardim Santa Maria – São Caetano do Sul. Entre 9h e 15h do dia 12 (sábado) de Outubro. Telefone de contato (11) 2311-1118.

Sobre a ONG Mãos que Abençoam

Uma Organização sem fins lucrativos, de promoção ao desenvolvimento social que trabalha desde 2013, na assistência social e humanitária das pessoas em situação de rua.

O trabalho conta com o apoio financeiro de pessoas físicas que contribuem com um valor mensal denominadas associados e com comerciários que nos apoiam com doações.

Missão: Contribuir para que as pessoas em situação de exclusão na cidade de São Caetano do Sul possam recuperar sua cidadania, através de um novo projeto de vida, resgatando valores éticos e morais”.

Visão: Ser um centro de referência no apoio integral a pessoas em situação de exclusão.

Valores:
AMOR ao próximo e a vida
RESPEITO aos direitos humanos
INTEGRIDADE no serviço prestado
TRANSPARÊNCIA na atividade em que atuamos
HOSPITALIDADE no acolhimento dos beneficiários
FÉ na transformação e resgate de vidas

Bazar Solidário Ong Mãos que Abençoam, participem. O mês de Dezembro inicia com o Dia de Doar. Vamos seguir com esta iniciativa por todo o mês, e ajudar e abençoar o próximo.

SBC recebe 200 cestas básicas do Consulado Geral de Israel

Doações foram feitas para a Central de Recebimento, criada pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS), para atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade social durante o período de combate ao coronavírus; até o momento, a Central entregou 44 mil cestas básicas

A Prefeitura de São Bernardo recebeu, na manhã desta sexta-feira (27/11), 200 cestas básicas doadas pelo Consulado Geral de Israel. A entrega dos alimentos foi feita na Central de Recebimento de Doações, localizada no Banco de Alimentos da cidade. Coordenada pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS), a Central realizou a doação de 44 mil cestas básicas desde março, início da pandemia de coronavírus.

Segundo o secretário de Assistência Social, Carlos Romero, que esteve ao lado da presidente do FSS, Greici Picolo Morseli, durante o recebimento dos mantimentos, a doação veio em boa hora. “Com a pandemia de coronavírus, surgiu um novo perfil de pessoas que precisam de doações. A contribuição da sociedade civil tem sido fundamental para conseguirmos suprir essa demanda”, afirmou.

O cônsul Alon Lavi fez questão de acompanhar a entrega das cestas básicas. “O Consulado Geral de Israel tem expandido suas relações para além da capital paulista. O intuito é apoiar diferentes cidades deste Estado de acordo com sua agenda local. E com a pandemia de coronavírus, sabemos que essas comunidades precisam de apoio e ajuda”, disse.

DOAÇÕES CONTINUAM – A Central de Recebimento de Doação envolve a participação de empresários e pessoas jurídicas que queiram contribuir com a doação de itens diversos. Para participar da ação, os interessados poderão doar mantimentos não perecíveis diretamente para o Banco de Alimentos de São Bernardo (Avenida Redenção, 271, Centro) de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30.

A doação de produtos de higiene pessoal, itens de limpeza, álcool gel e máscaras podem ser feitas na Secretaria da Educação (Avenida Wallace Simonsen, 222, Nova Petrópolis), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30.

A Central de Recebimento também recebe doações em dinheiro. A transferência deve ser feita para a conta bancária do município de São Bernardo: Banco do Brasil, agência 0427-8, conta corrente 65.734-4. O CNPJ da conta é 46.523.239/0001-47. Todo os valores arrecadados nesta conta, no período de vigência do decreto número 21.111, será revertido às doações de combate à pandemia do coronavírus.

Doações de outros itens ou esclarecimentos de dúvidas devem ser feitas pelo e-mail fundo.social@saobernardo.sp.gov.br ou pelo telefone 2630-4046.

Fábricas de Cultura celebra mês da Consciência Negra

Atividades são conduzidas pela temática que atravessa o mês de novembro no país e promove reflexão sobre o tema

Durante o mês de novembro, as Fábricas de Cultura, equipamentos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciadas pela Poieis, apresentam uma extensa programação dedicada ao mês da Consciência Negra. As atividades são gratuitas e on-line e acontecem pelas plataformas das Fábricas de Cultura no Facebook, YouTube e Instagram sem necessidade de inscrição.

Na atividade Memória e História: Uma conversa sobre Tula Pilar, será celebrada a trajetória de Tula Pilar. A escritora mineira, chegou à São Paulo motivada por trabalho e em sua trajetória imprime o “ser Carolina” deste país. Tula é autora de livros “Palavras Inacadêmicas”, produzido de forma independente em 2004, e “Sensualidade de fino trato”, publicado pelo selo do Sarau do Binho em 2017. A conversa acontecerá no dia 18 de novembro, quarta-feira, às 15h no YouTube.

Em História Cantada: Olêlê – Uma cantiga da África, por meio de brincadeiras musicais e histórias cantadas do universo infantil, será apresentada a canção Olelê. A história encoraja as crianças a encarar os desafios da vida e a entender e respeitar os fluxos da natureza e os que vieram antes de nós. A exibição da atividade acontecerá no dia 19 de novembro, quinta-feira às 15h, pelo YouTube. No mesmo dia, será apresentado às 19h pelo Facebook o livro O Nômade por meio de um vídeo realizado por Gaspar, autor da obra e integrante do grupo Z’África Brasil.

Casa verde, território negro tem como objetivo apresentar o livro “Casa Verde, uma pequena África paulistana” de Tadeu Kaçula, que narra as manifestações culturais do bairro da Casa Verde e a forte influência das manifestações de matriz africana para a construção deste território, evidenciando a importância de reafirmar territórios negros na cidade de São Paulo. A atividade estará disponível no YouTube no dia 20 de novembro, sexta-feira, às 11h. Às 15h, o Quiz da Memória apresentará célebres personalidades negras brasileiras em um jogo para exercitar a memória sobre o protagonismo negro.

Na Oficina Comicidade Negra, a Cia Trupe Liuds introduzirá os participantes no universo da palhaçaria. Serão apresentados aspectos da dramaturgia, musicalidade, história e construção corporal do palhaço, sob um olhar de quebra de estereótipos da população negra, estimulando a crítica pelo riso (comicidade). Pelo YouTube, a atividade será disponibilizada às 15h do dia 20 de novembro, sexta-feira.

O desfile virtual Africanidade: África através dos panos, abordará o pertencimento do corpo negro no cenário da moda, por meio da ancestralidade, identidade, memórias coletivas, cultura, com o intuito de fazer da moda a mola propulsora como ferramenta do processo Corpo Manifesto. No desfile, serão apresentadas as marcas independentes Makida e Femi. O desfile será exibido no Facebook no dia 20 de novembro, sexta-feira, às 17h.

Em seguida, às 18h pelo YouTube, o grupo musical paulistano Senzala Hi-tech fará um pocket show em um repertório que une o o hip-hop à influências musicais do funk/soul, samba, reggae, dub e sons da África às Américas. A identidade visual do grupo é inspirada em referências do Afrofuturismo, movimento estético-artístico que valoriza a ancestralidade africana na formação das culturas afro diaspóricas e suas conexões com o futuro através da arte.

Os artistas que constroem o CITA – Canto de Integração de Todas as Artes, se unem em uma vídeo performance para refletir sobre a consciência negra a partir do olhar para a ancestralidade e o fazer artístico do território. Esse trabalho busca observar sobre como as raízes profundas que temos, literais ou não, seguem fortificando nossas trajetórias. O trabalho será apresentado no Facebook dia 21 de novembro, sábado, às 19h.

O Cine Raiz Forte exibirá três episódios da websérie Raiz Forte acompanhados da fala da diretora Charlene Bicalho. O projeto propõe sensibilizar o público a respeito da temática étnico-racial, contribuindo com o combate ao racismo cotidiano, e promover reflexões sobre o respeito às diferenças, visando a construção de processos de educação antirracista. Os episódios serão transmitidos pelo IGTV, no Instagram das Fábricas de Cultura, às segundas-feiras, 23 e 30 de novembro e 7 de dezembro, às 18h.

Em Representatividade Negra na Palhaçaria, o objetivo é apresentar palhaças e palhaços negros e suas representatividades. Com a proposta de compartilhar informações sobre projetos e pesquisas negras dentro da comicidade brasileira, o encontro virtual trará conhecimentos importantes para a pesquisa artística dentro da Palhaçaria. O encontro acontecerá na segunda-feira, dia 23 de novembro, às 11h pelo YouTube.

No vídeo É preciso falar de Lélia Gonzalez, será exibida a trajetória e biografia da militante, dilósofa, historiadora, antropóloga, política e intelectual Lélia Gonzalez que contribuiu fortemente para a história afro-ameríndia. O vídeo será exposto no dia 23 de novembro, segunda-feira, às 15h pelo YouTube.

A oficina de Máscaras Africanas tem como objetivo trabalhar o senso criativo utilizando como referência a cultura Africana, com variados modelos para enfeitar o ambiente com essa arte milenar. A atividade será exibida pelo YouTube no dia 27 de novembro, sexta-feira, às 15h.

O projeto Filosofia do Samba visa apresentar, por meio de produções audiovisuais, análises de sambas históricos feitos por compositores pretos e como estes, muitas vezes sem uma formação acadêmica tradicional, criaram obras que analisaram a sociedade de maneira tão crítica quanto os maiores pensadores acadêmicos de todas as épocas. O projeto será apresentado no YouTube, no dia 27 de novembro, sexta-feira, às 18h.

O Festival de RAP terá a presença de Winnit que propõe um espaço para o diálogo sobre racismo, amor, superação, e ascensão do povo preto, muito improviso e música. O festival também receberá T Mac, que traduz em música, a experiência de equilibrar os desafios do cotidiano, como pagar as contas, ter condições para o lazer com esposa e família, estudar para gerenciar a carreira, cursar espanhol, estudar canto, e ainda separar uma grana para investir nos custos de música independente. O show será exibido pelo YouTube, no dia 28 de novembro, sábado, às 20h.

A dançarina Jeniffer de Paula apresentará o espetáculo Dançando com o Sagrado, inspirado nos ritmos africanos dos Òrìṣà. A atividade será gravada presencialmente e exibida on-line pelo YouTube no dia 30 de novembro, segunda-feira, às 19h.

Shopping Metrópole arrecada produtos para crianças

O Shopping Metrópole, em São Bernardo do Campo, está recebendo o projeto Ruas Solidárias em parceria com o Instituto Iris. O shopping disponibilizou um espaço onde os clientes podem doar alimentos não-perecíveis, produtos de higiene e limpeza e cobertores. As doações serão encaminhadas para as crianças da ONG Pequeno Cidadão.

O objetivo do projeto Ruas Solidárias é sensibilizar e mobilizar a sociedade em relação à realidade da população em situação de vulnerabilidade social.

O local de arrecadação no Shopping Metrópole é um espaço equivalente ao de uma loja, próximo ao atrium central e à entrada do Paço Municipal. As doações começaram dia 31/10 e irão se estender até o fim do ano.

Shopping Metrópole arrecada produtos

O projeto resulta de uma articulação entre o Instituto Iris e shoppings da regional SP da rede Aliansce Sonae, que é a maior do país e administra o Metrópole. Foi idealizado para utilizar os shoppings como espaços propícios para estimular e convidar os consumidores a doar produtos de primeira necessidade para organizações da sociedade civil que atendem as populações mais vulneráveis de suas regiões.

“É mais uma ação social do Shopping Metrópole em 2020 para ajudar quem mais precisa. E um projeto dessa natureza no fim do ano ganha ainda mais significado, em meio aos sentimentos de renovação e esperança por um futuro melhor”, diz Rodrigo Rufino, gerente de marketing do shopping.    

Sobre o Shopping Metrópole: Inaugurado em maio de 1980, o empreendimento conta com 173 operações, entre elas, cinco âncoras (Academia Smart Fit, C&A, Renner, Lojas Americanas e Marisa), três restaurantes (Outback, Si Señor e Pecorino) e nove salas de cinema multiplex PlayArte (três em 3D e 1 Extreme). Em 2008, o shopping foi o primeiro empreendimento da região do ABC a receber a certificação segundo a norma ISO 14001 do seu Sistema de Gestão Ambiental. Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 14h às 20h. Endereço: Praça Samuel Sabatini, 200, Centro, São Bernardo do Campo (SP). SAC: 11 4003-7370. www.shoppingmetropole.com.br

Sobre a Aliansce Sonae: A Aliansce Sonae é a líder nacional no setor de shopping centers e a maior administradora do país. A companhia está presente nas cinco regiões brasileiras e tem um portfólio de 39 shoppings, com participação em 27 empreendimentos e a administração de 12 shoppings de terceiros. 

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.069 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Leis e Bichos visita São Padre Pio, em SBC

No último sábado (10/10), o projeto Leis e Bichos e Angélica representante do projeto MRSC (moradores de rua e seus cães) visitou a comunidade Padre Pio.

“Comunidade São Pio de Pietrelcina – Casa de Alivio ao Sofrimento”, designada simplesmente “Comunidade Pe Pio”, fundada em 18/04/2009, é uma associação civil, de cunho religioso, âmbito nacional e Utilidade Pública Federal, sem fins lucrativos, de caráter educacional, assistencial, beneficente e cultural, com prazo de duração indeterminado. Localizada em São Bernardo do Campo.

A comunidade além de acolher moradores de rua, acolhe seus cães também. Ação que faz toda a diferença, pois muitos se recusam a sair das ruas por não poder levar seus companheiros juntos.

Conheçam:
https://comunidadepadrepio.com.br/site/quem-somos/
https://www.facebook.com/leisebichos/
https://www.facebook.com/MRSCABC-111685187209714/

Bazar Solidário da Ong Mãos que Abençoam

Dia 24 de outubro a ONG Mãos que Abençoam realizará o BAZAR SOLIDARIO. Haverá venda de roupas masculinas, femininas e acessórios. Toda a verba será destinada aos projetos sociais assistenciais atendidos pela ONG.

O evento acontecerá respeitando as normas de proteção contra covid-19, com o uso de máscaras, álcool em gel e número limitado de pessoas dentro da tenda.

Onde?

Acontecerá na Alameda São Caetano 1160, Jardim Santa Maria – São Caetano do Sul. Entre 9h e 15h do dia 24 (sábado) de Outubro.

bazar solidario sao caetano

Sobre a ONG Mãos que Abençoam

Uma Organização sem fins lucrativos, de promoção ao desenvolvimento social que trabalha desde 2013, na assistência social e humanitária das pessoas em situação de rua.

O trabalho conta com o apoio financeiro de pessoas físicas que contribuem com um valor mensal denominadas associados e com comerciários que nos apoiam com doações.

Missão: Contribuir para que as pessoas em situação de exclusão na cidade de São Caetano do Sul possam recuperar sua cidadania através de um novo projeto de vida, resgatando valores éticos e morais”.

Visão: Ser um centro de referência no apoio integral a    pessoas em situação de exclusão.

Valores:
AMOR ao próximo e a vida
RESPEITO aos direitos humanos
INTEGRIDADE no serviço prestado
TRANSPARÊNCIA na atividade em que atuamos
HOSPITALIDADE no acolhimento dos beneficiários
FÉ na transformação e resgate de vidas

Cooperativas Unicopas doam mais 80 toneladas de alimentos

Mais uma vez a intercooperação mostrou a força que tem! Uma ação conjunta realizada entre a Unisol Brasil e Concrab, ambas centrais do cooperativismo e da economia solidária afiliada à Unicopas, beneficiou 590 agricultores e agricultoras familiares de diferentes municípios de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná.

A mobilização resultou na distribuição de 80 toneladas de alimentos para centenas de famílias de cinco municípios do Vale do Ribeira, uma das mais vulneráveis de São Paulo. Além de ter uma dos menores IDHs (Índice de Desenvolvimento Humano) do estado, muitos povos e comunidades tradicionais, além de indígenas e quilombolas vivem na região. “Esta foi mais uma ação prática resultado da nossa intercooperação, capaz de gerar renda no campo e, ao mesmo tempo, promover a solidariedade, principalmente junto às famílias que mais precisam”, destacou Leonardo Pinho, tesoureiro da Unicopas e presidente da Unisol Brasil.

Esta foi a segunda etapa de um projeto que teve início em maio deste ano e já beneficiou mais de mais de 20 mil pessoas da região do ABC Paulista, Campinas e Bragança Paulista com a distribuição de 90 toneladas de alimentos. As iniciativas foram possíveis graças às ações de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) promovida pela Fundação Banco do Brasil e parceiros.

Estado e Consórcio ABC acolhem denúncias de discriminação racial

Parceria prevê que as sete cidades da região possam receber denúncias e encaminhá-las à Secretaria da Justiça e Cidadania

Na última quarta-feira (23), a Secretaria da Justiça e Cidadania, por meio da Coordenação de Políticas para a População Negra e Indígena (CPPNI), e o Consórcio Intermunicipal Grande ABC assinaram um termo de convênio para promoção e efetividade da Lei Estadual 14.187/2010, que pune administrativamente a discriminação étnico-racial.

A parceria prevê que as sete cidades que compõe o Consórcio (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra) acolham denúncias de discriminação racial, e posteriormente as encaminhem para a Secretaria da Justiça e Cidadania.

“Ficamos felizes que a região, que abrange municípios importantes para o desenvolvimento do Estado, acolherá as denúncias e dará efetividade a esse mecanismo de respeito às pessoas. É fundamental para o Governo do Estado, por meio da nossa Secretaria, aprofundar as nossas políticas e divulgar que discriminação étnico-racial é crime e também infração administrativa”, disse o secretário da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaretti.

Estrutura

Caberá ao Consórcio ABC indicar os agentes que serão capacitados, disponibilizar estrutura adequada para o recebimento das denúncias e de eventos relacionados ao convênio, e manter diálogo permanente com as instâncias que trabalham na promoção de Políticas Públicas Afirmativas e Promoção da Igualdade Racial.

A capacitação dos funcionários indicados pelo Consórcio sobre temas relacionados à discriminação racial e direitos humanos, com o objetivo de orientar o recebimento de denúncias, será realizada por uma equipe da Pasta.

“Estamos honrados em assinar esse convênio que trata da questão racial no ABC paulista. Será uma ferramenta para combater atitudes que, nos dias atuais, não são mais permitidas”, disse o presidente do Consórcio ABC e prefeito de Rio Grande da Serra, Luiz Luís Gabriel Fernandes da Silveira.

Fonte: Governo de SP

Justiça e Shopping Light arrecadam 540 kg de alimentos para população LGBTQIA

Três instituições foram beneficiadas com o total coletado na iniciativa promovida ao longo do mês de agosto

A campanha de doação de alimentos e produtos de higiene, promovida pela Secretaria da Justiça e Cidadania em parceria com o Shopping Light, arrecadou 540 kg de alimentos e 54 produtos de higiene. A ação ocorreu durante todo o mês de agosto.

O total coletado foi distribuído para três instituições que se dedicam à promoção, amparo, proteção e isonomia dos direitos da população LGBTQIA+. “O Shopping Light está sempre aberto às boas iniciativas, que promovem a inclusão e incentivam o respeito e a solidariedade”, ressaltou Rodrigo Moysés, superintendente do centro comercial.

A iniciativa consolida uma série de ações entre a Secretaria da Justiça e o Shopping Light. Em junho, a iluminação da fachada do shopping apresentou as cores da bandeira LGBTQIA+.

“Precisamos de parcerias fortes e atitudes concretas para resgatar a dignidade da pessoa humana, em especial da população LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade”, afirmou o coordenador de Políticas para a Diversidade Sexual, Marcelo Gallego.

Fonte: Governo de SP

SP abre chamada de compra de kits de alimento para doação a famílias em vulnerabilidade

Produtos serão destinados a moradores de 170 de municípios do estado de São Paulo; regras foram publicadas no Diário Oficial

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado abriu, no último sábado (12), a Chamada Pública SAA Nº 03/2020 para a aquisição de gêneros alimentícios de agricultores pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Modalidade Doação Simultânea – Termo de Adesão.

Os produtos, que serão comprados com recurso de R$ 10,5 milhões do Ministério da Cidadania, serão doados a famílias de 170 municípios paulistas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar. As regras foram publicadas no Diário Oficial e podem ser acessadas pela internet.

O programa será executado pela primeira vez no estado de São Paulo e atenderá, aproximadamente, 1.600 produtores, 500 entidades socioassistenciais e mais de 200 mil beneficiários. Os municípios que serão contemplados foram selecionados de acordo com o Mapeamento da Insegurança Alimentar e Nutricional (MAPA INSAN 2018).

Poderão participar do chamamento público os agricultores que possuem a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF (DAP), devidamente regular e ativa. Para os produtos orgânicos, será exigida a comprovação de certificação orgânica. O limite individual de venda do agricultor deverá respeitar o valor máximo de R$ 6.500,00, por DAP por ano civil.

Cadastro

Os interessados devem apresentar a documentação e a proposta de fornecimento de alimentos, por meio eletrônico ou presencial. Os técnicos da Secretaria serão os responsáveis pelo cadastro dos agricultores até 8 de outubro de 2020.

Em virtude da pandemia de COVID-19, os produtos a serem comercializados deverão ser entregues já porcionados, em embalagens apropriadas com a finalidade de protegê-los de agentes externos, de alterações e de contaminações, assim como de adulterações, atendendo a todas as exigências sanitárias em consonância com a legislação específica vigente.

Os produtos serão distribuídos à população em kits de 10 quilos, contendo dois tipos de raízes e tubérculos, dois tipos de legumes, três tipos de frutas e três tipos de verduras, seguindo as necessidades nutricionais estipuladas pela equipe de nutricionistas do Centro de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cesans), da Secretaria.

A elaboração das propostas e definição do cronograma de entregas dos produtos será realizada em conjunto com os técnicos do escritório local da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS) de cada município.

Fundo Social de Mauá recebe doações para combate ao frio

Os últimos dias de inverno com quedas bruscas de temperatura à noite, representa um perigo para muitas pessoas que vivem em vulnerabilidade social. Para ajudar a mudar essa realidade, a SPMAR aderiu à Campanha Inverno Solidário. Uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade do Estado. Com o apoio, da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

No total, 11 instituições que trabalham com pessoas desamparadas receberam doações. Sendo, uma em cada cidade cortada pelos trechos Sul e Leste do Rodoanel Mario Covas.

“Esse é o resultado de uma verdadeira corrente de solidariedade, possível graças a solidariedade de usuários e colaboradores, fundamentais nesse trabalho de ajudar ao próximo” explica o diretor executivo da concessionária SPMAR, Marcos Fonseca.

Desde o início da ação em junho, a SPMAR já realizou doação de 550 cobertores e 630 peças de roupas novas, uma exigência da campanha desse ano, devido a pandemia do Covid-19.

Além de Mauá, as instituições favorecidas são: São Bernardo do Campo; Santo André; Itapecerica da Serra; Arujá; Poá; Mauá, Ribeirão Pires; Itaquaquecetuba e São Paulo – o Exército da Salvação de Suzano e a Instituição Obreiros do Amor e Misericórdia (OAM) de Embu das Artes.

Para quem tiver interesse em colaborar com a campanha, as doações de roupas e cobertores novos continuam sendo recebidas até o dia 22 de setembro. No site da campanha www.invernosolidario.sp.gov.br é possível digitar seu cep e encontrar o posto de coleta mais perto da sua residência.

Fonte: Bastidor Político