Biscoito de queijo e tapioca

Ingredientes para Biscoito de queijo e tapioca:

2 xícaras de farinha de tapioca granulada;
250 ml de leite;
100 g de queijo da sua preferência;
2 colheres de polvilho doce;
1 ovo;
Sal a gosto

Modo de preparo

Em uma vasilha, coloque a farinha de tapioca e o leite e deixe descansar por 10 minutos para que hidrate. Em seguida, acrescente os restantes dos ingredientes e misture até o ponto de moldar. Faça bolinhas ou molde com a colher e asse em uma forma untada em forno pré aquecido a 180° por 20 minutos ou até ficarem dourados. Sirva a seguir.

Obs.: A tapioca tem que ser GRANULADA!⁣ Podem utilizar o queijo de sua preferência (minas padrão, minas frescal, muçarela, coalho, etc.)⁣⁣.

Curiosidade (com informações de Tia Pipoca)

Você já se perguntou como surgiu a Tapioca? De onde vem e como se comporta? A tapioca é uma das comidas mais importantes do nosso país, considerada em 2006 um Patrimônio Imaterial e Cultural, pelo Conselho de Preservação do Sítio Histórico de Olinda.

A tapioca, ou beiju para os nordestinos, surgiu durante a colonização dos portugueses, como uma alternativa ao trigo. Extraída da mandioca por índios da região, se tornou famosa por ser tão nutritiva quanto o trigo e logo ganhou o Norte e o Nordeste brasileiro.

Atualmente a tapioca pode ser encontrada em todo o Brasil. Na região Sul e Sudeste, ganhou uma nova forma, sendo servida de diversas maneiras, com chocolate, doce de leite, salmão, presunto entre outros acompanhamentos.

Gostou da nossa matéria “Biscoito de queijo e tapioca“?

Biscoito de queijo e tapioca

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais das colunas Nutrição em Prática e Pratos & Sabores. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.185 outros assinantes

MACRONUTRIENTES, O QUE SÃO?

Eles são essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo, são os responsáveis por conseguirmos realizar as atividades básicas do dia a dia.
Os macronutrientes são carboidrato, proteína e lipídio (gordura) e eles estão presentes em nossa alimentação de forma natural.

Hoje vou falar do carboidrato que tanta gente tem medo, mas ele é a nossa principal fonte de energia.

Quando restringimos demais o seu consumo podemos causar prejuízos para nosso sistema nervoso, que se alimenta de glicose (um tipo de carboidrato), outros tecidos, como testículos, eritrócidos e alguns tecidos embrionários também dependem da glicose como única ou principal fonte de energia.

Quando não fornecemos nosso organismo a quantidade necessáriade carboidratos, ele vai produzir energia a partir de outros substratos como aminoácidos, glicerol e lactato. Claro que em uma dieta para emagrecimento é interessante a redução pois o corpo vai utilizar a gordura para produção da energia, mas por outro lado se você quer ganhar massa muscular saiba que o tecido muscular também fornece os aminoácidos para serem transformados em glicose, portanto ao restringir os carboidratos você pode comprometer a recuperação e anabolismo muscular.

Tenha uma alimentação balanceada, o equilíbrio é o segredo e você não compromete o bom funcionamento do seu organismo.