Quem não foi às urnas deve justificar ausência até dia 14

Você não voltou no primeiro turno das últimas eleições municipais de novembro? Então, agilize, porque quem não foi às urnas deve justificar a ausência até na próxima quinta-feira, dia 14.

Se não regularizar a situação, terá que pagar uma multa, e ainda fica sujeito a restrições. Entre elas, obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público, participar de concorrência pública, obter empréstimos, inscrever-se em concurso público, renovar matrícula em estabelecimento de ensino do governo.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a justificativa deve ser feita, de preferência pelo aplicativo e-Título, disponível para celulares com sistemas operacionais Android ou iOS. Mas também pode ser pela internet, por meio do Sistema Justifica.

Ou ainda de modo presencial, em qualquer cartório eleitoral de sua cidade. É preciso preencher um Requerimento, informando por que não votou, e anexar documentação que comprove a razão da falta.

Se negado o requerimento, o eleitor terá que pagar a mesma multa de quem perdeu o prazo para a justificativa. Mas se não tiver recursos, pode recorrer ao TSE.

Nas eleições de 2020, quando o Brasil tinha quase 148 milhões de eleitores aptos a votar, foi registrada abstenção recorde tanto no primeiro turno – com mais de 23% do eleitorado – quanto no segundo turno, quando 29,5% dos eleitores não compareceram às urnas.

Lembrando que quem não votou nem no primeiro nem no segundo turno da eleição, precisa fazer a justificativa em separado. O prazo para quem não compareceu no segundo turno encerra em 28 de janeiro.

“Quem não foi às urnas deve justificar ausência até dia 14” é com informações de Agência Brasil

Gostou de “Quem não foi às urnas deve justificar ausência até dia 14”?

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que publicadas, ou como desejar. Para periodicidade, confira informações no email recebido. Então, aproveite e leia mais sobre Eleições 2020.

Quem não foi às urnas deve justificar ausência até dia 14

Ausência nas urnas em 2020 deve ser justificada neste mês

O eleitor que deixou de votar no primeiro turno das Eleições Municipais de 2020 tem até o dia 14 de janeiro para apresentar a justificativa à Justiça Eleitoral. Ausência nas urnas não justificada acarretará em multa.

Já para quem faltou no segundo turno, o prazo vai até 28 de janeiro.

A justificativa é válida somente para o turno que o eleitor faltou. Ou seja, cada turno conta como uma eleição.

Esses prazos, no entanto, não valem para os eleitores de Macapá. Já que as eleições na capital amapaense foram realizadas nos dias 6 e 20 de dezembro.

Nesse caso, a justificativa pode ser apresentada até o dia 5 de fevereiro, para quem não votou no primeiro turno; e até 19 de fevereiro, para quem não votou no segundo turno.

A justificativa pode ser feita por meio do aplicativo e-Título – que pode ser no Google Play ou na App Store; pelo Sistema Justifica ou por meio do comparecimento a um cartório eleitoral.

Ausência nas urnas: E se não justificar?

O eleitor que não justificar a ausência dentro do prazo terá de pagar multa para regularizar a situação.

E enquanto estiver em débito com a Justiça Eleitoral, ele não pode, por exemplo, tirar ou renovar passaporte; receber salário de função em emprego público; prestar concurso público; e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outras consequências.

Com informações de Agência Brasil

Ausência nas urnas
e-Título é um aplicativo móvel para obtenção da via digital do título de eleitor

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!