Escuridão

Lorena Pelais é autora de “Escuridão”.

De repente uma nuvem cinzenta e pesada
vira névoa
Olhos turvos imperceptível a olhos nus
Uma dúvida paira na mente

O inconsciente a chama
Uma bela disputa entre a razão e a imaginação.
Repentinamente, somem as cores
A triste realidade vista em preto e branco,

Momentos felizes em cinza foram pintados ,
porém o antes e o agora bailam descontroladamente,
saltitando entre a sanidade e insanidade mental

Nervos à flor da pele
Noites em claro
Sono ligeiro
Mente acelerada
E assim segue a sociedade em sua escuridão de pensamentos.

Lorena Pelais ॐ∞

Filha, mãe, esposa, alegre e otimista.
Acredita em bons sentimentos e gostaria que o mundo fosse cor de rosa, adapta-se dia após dia nas cores deste mundão preto e branco, colorindo por onde passas
Sou quem sou, humana como todos que aqui estão presentes, cheia de defeitos, embora possua qualidades.
Tenho o objetivo de ser o melhor penso que eu possa ser, busco ser uma pessoa melhor a cada dia que no final eu possa me orgulhar de quem fui e da passagem que fiz por aqui.

Lorena Pelais, autora

Leia mais em Xicas

Gostou de “Escuridão”?

Escuridão
Momentos felizes em cinza foram pintados ,
porém o antes e o agora bailam descontroladamente,
saltitando entre a sanidade e insanidade mental … Photo by Alex Fu on Pexels.com

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e veja nosso Caderno Cultural. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 5.580 outros assinantes