Quase 30 mil pessoas foram deslocadas até março pelos ataques no norte de Moçambique

O ACNUR, Agência da ONU para Refugiados, está profundamente preocupado com as consequências humanitárias da rápida escalada da violência, com ataques no norte de Moçambique, onde cerca de 30 mil pessoas tiveram que deixar a cidade costeira de Palma desde que foi atacada por grupos armados, no dia 24 de março. Estamos especialmente preocupados com a segurança e o bem-estar de pessoas em situação de maior vulnerabilidade, incluindo mulheres e crianças.

Dezenas de pessoas foram mortas durante os ataques, enquanto milhares fugiram a pé, por estrada e por mar. Acredita-se que muitos ainda não tenham conseguido deixar Palma. Aqueles que escaparam enfrentaram dificuldades significativas na busca por um local seguro dentro do país e ao tentarem cruzar as fronteiras.

O conflito armado na província de Cabo Delgado, região rica em petróleo e gás, resultou em graves abusos de direitos, na interrupção de serviços essenciais e em severos impactos sobre a população civil, em particular sobre crianças que representam quase metade da população deslocada.

Mulheres e crianças também representam quase 80% das vítimas de abusos dos direitos humanos. As equipes do ACNUR estão apoiando essas pessoas, juntamente com outros deslocados internos em Pemba, Mueda, Montepuez, Negomano e Quitunda.

Outra situação preocupante é a separação das famílias. Centenas de crianças chegaram traumatizadas e exaustas depois de terem sido separadas de suas famílias. Muitas outras vieram com suas mães.

Aquelas que escapam da violência chegam sem pertences, muitas vezes com problemas de saúde, incluindo ferimentos e desnutrição grave.

O ACNUR, junto à UNICEF e a outros parceiros, está encaminhando crianças deslocadas em situação de vulnerabilidade a serviços apropriados de reunião familiar, saúde mental e apoio psicossocial, bem como assistência material.

Algumas pessoas ainda estão deixando Palma, mas com poucas rotas de evacuação disponíveis, estamos preocupados com aqueles que não conseguem sair da cidade.

Em Quitunda, região de Palma, o ACNUR coletou recentemente relatórios de graves abusos cometidos contra grupos em situação de vulnerabilidade, incluindo agressões físicas a pessoas que tentavam fugir em barcos para áreas mais seguras.

Desde 2017, o conflito no norte de Moçambique deixou dezenas de milhares de mortos e feridos e deslocou de forma forçada mais de 700 mil pessoas nas províncias de Cabo Delgado, Nampula, Niassa, Sofala e Zambézia.

Quase 30 mil pessoas foram deslocadas até março pelos ataques no norte de Moçambique
Uma mãe deslocada e seus filhos buscam água em Intele IDP no distrito de Montepuez, Cabo Delgado, Moçambique. Foto: ACNUR/Martim Gray Pereira

Gostou da nossa matéria “Quase 30 mil pessoas foram deslocadas até março pelos ataques no norte de Moçambique“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

Shopping Praça da Moça vira ponto de arrecadação de eletrônicos para alunos de Diadema

Nesta quarta-feira, 28 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Educação e o Shopping Praça da Moça convida seu público a colaborar com projeto de arrecadação de eletrônicos, que visa diminuir a falta de acesso das crianças ao sistema de aulas online por não terem equipamentos.

Em tempos de ensino remoto, muitas crianças não conseguem acompanhar as aulas por não ter dispositivos de acesso. No Brasil, segundo o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP) de 2019, 42% das casas não possuíam computadores e 33% não tinham acesso à internet e, dos 3,6 milhões de estudantes da rede estadual de SP, apenas 60% possuíam notebooks e 30% tablets.

Pensando em ajudar a diminuir estas dificuldades, o Shopping Praça da Moça abraça o projeto “Ajude a não deixar nenhum estudante para trás”, liderada pelo professor da rede estadual de ensino Milton Pereira de Barros, que convida o público a doar celulares, tablets e notebooks usados que serão direcionados para os estudantes.

A partir desta semana, quem passar pelo empreendimento pode deixar sua doação no ponto de coleta do Piso Paineira, no espaço Coworking (em caso de doações de notebook, procurar equipe de segurança). A equipe voluntária fará uma revisão técnica e encaminhará para alunos de escolas estaduais de Diadema, iniciando pelas E.E. Antonieta Borges Alves e E.E. José Piaulino.

“É uma satisfação poder contribuir para essa causa tão urgente no nosso País. A pandemia vai passar, mas o reflexo destas ações na vida destas crianças e adolescentes com certeza vai ficar. Vamos reunir o máximo de doações possíveis para ajudar o projeto”, comenta Daniel Lima, gerente de marketing do Shopping Praça da Moça.

Para quem vai doar, é importante que o aparelho esteja em funcionamento. Alguns requisitos solicitados são:

  • Celular e tablet: até 4 anos de idade, deve ligar normalmente, conexão wi-fi e 3G funcionando, ser doado com o carregador, não é preciso enviar com acessórios (capinha, fones de ouvido etc).
  • Notebook: até 6 anos de idade, deve ligar normalmente, ser doado com o carregador, conexão wi-fi funcionando, pelo menos 1 porta USB funcionando, HD com capacidade mínima de 256GB e memória RAM mínima de 4GB.

Shopping Praça da Moça
Telefone: (11) 4057-8900
WhatsApp: (11) 94709-5754
www.shoppingpracadamoca.com.br
Rua Manoel da Nóbrega, 712 – Centro, Diadema
Estacionamento:  Carros 9 reais até 3 horas + 1 real por hora adicional ou fração / Motos 9 reais a diária

Gostou da nossa matéria “Shopping Praça da Moça vira ponto de arrecadação de eletrônicos para alunos de Diadema“?

Shopping Praça da Moça vira ponto de arrecadação de eletrônicos para alunos de Diadema
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

Como controlar o que as crianças publicam nas redes sociais?

A exposição infantil nas redes sociais teve alta desde o início da pandemia a ponto de em março deste ano, um dos diretores do Facebook, Adam Mosseri, confirmar que a empresa estava estudando a possibilidade de uma versão do Instagram para crianças, como forma de controlar o que as crianças publicam.

“As crianças estão cada vez mais perguntando aos pais se podem usar aplicativos que os ajudem a manter o contato com os amigos. Uma versão do Instagram onde os pais têm controle, como tínhamos com o Messenger Kids, é algo que estamos explorando”, disse Mosseri na ocasião.

Em São Paulo, Gabriel Oliveira de 6 anos é cover mirim do cantor Vitão, e recria o estilo do cantor em fotos e vídeos nas redes sociais. A família revela que é preciso filtro sobre o que Gabriel assiste e que não força as gravações.

“A gente procura sempre ver antes dele. Nós assistimos, por exemplo, o clipe da música ‘Flores’ e vimos que tinha um clima mais sensual e achamos legal não mostrar o clipe. Depois ele acabou ouvindo a música na rádio e para ele a letra teve outro significado já que não vê maldade naquilo.”

No final de semana seguinte ao lançamento do clipe, Gabriel assistia TV quando viu a capa do single numa reportagem. Na capa, Vitão e Luísa Sonza estão abraçados e ele pediu para reproduzir ao lado da irmã. E assim fizeram.

A gente procura sempre ficar de olho e filtrar o que ele vê. O Vitão sabe que tem um público infantil, então ele sempre é coerente nas entrevistas quanto a isso e ficamos mais tranquilos.

Gabriela também relata que a família não força o pequeno a gravar os vídeos e que sempre o questionam se deseja reproduzir para lançar nas redes.

“Quando mostramos um clipe ou uma música para o Gabriel, esperamos o retorno dele. A gente deixa essa relação de conteúdo para que ele decida, mas antes passa pelo nosso filtro do que ele vai ver.”

A família conta que quando Vitão sofreu um ataque de haters nas redes sociais após o episódio envolvendo o início do relacionamento com Luísa, as redes de Gabriel também foram alvo de ofensas.

“Nós apagamos comentários e mensagens de ódio e escondemos do Gabriel para que ele não visse. Na época o Vitão deu uma sumida das redes e o Gabriel nos questionou e dissemos que ele estava triste e passando por um momento delicado.”

A família conta que ajuda na montagem do figurino para recriar os clipes e fotos do artista, também em forma de agradecimento ao cantor. Pois Gabriel sofria bullying na escola por ter cabelo comprido e era chamado de “menininha” até mesmo por adultos.

“A identificação com o Vitão foi libertadora para ele e o próprio cantor o incentiva deixando sempre comentários positivos nas publicações. Hoje o Gabriel não liga mais quando falam do cabelo e por isso apoiamos os vídeos e participamos da brincadeira”, conta a irmã.

Como controlar o que as crianças publicam nas redes sociais?
Gabriel Oliveira, cover mirim de Vitão. Foto: Divulgação.

Gostou da nossa matéria “Como controlar o que as crianças publicam nas redes sociais?“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

Dia Nacional do Livro Infantil: Leia com as crianças estas obras

Estimular a leitura desde a infância traz inúmeros benefícios para o desenvolvimento da criança. É nessa fase que elas mais absorvem informações e as historinhas têm sido ótimas aliadas para ajudar pais e filhos na hora de enfrentarem um novo ciclo na vida. Por isso é tão importante colocá-los em contato com obras lúdicas e bem ilustradas desde muito cedo.  E neste Dia Nacional do Livro Infantil, 18 de abril, separamos cinco livros lúdicos de escritores nacionais para ler e se divertir com as crianças. Entre as obras selecionadas está o lançamento do ator Lázaro Ramos que ajuda a garotada a desenvolver entre outras habilidades a autonomia. Manter-se familiarizados com a literatura é necessário e esses “amigos lúdicos” vão dar uma mãozinha. Confira!

Dia Nacional do Livro Infantil Lázaro ramos

O Pulo do Gato
Gusmão era um menino “querente”. Queria aprender o passinho de dança, queria tomar chuva sem hora pra acabar, queria acalmar a avó. Queria tudo e ao mesmo tempo – como toda criança.  Um dia, Gusmão teve um sonho, sonhou que era um coelho e que estava em um circo. Mas Gusmão, todo querente, não queria ser coelho, queria mesmo era ser mágico. No meio dessa aventura circense, o menino vai descobrir que o mais importante é não desistir do próprio do sonho.  O pulo do coelho é uma história sobre liberdade, autonomia e esperança – ideal para discutir com as crianças temas como: lidar com as frustrações (os fracassos e os sucessos); lidar com a liberdade; cuidar dos próprios brinquedos; cuidar da própria higiene. 

(Autor:  Lázaro Ramos | Editora: Carochinha | Link de venda aqui)

alessandra camargo

Semente em Versos
Pedidos, vontades e impasses tão comuns no início da primeira infância inspiram os cinco poemas que formam o segundo volume da série “Poesia para Criança”. Entre conscientizar sobre a responsabilidade de se ter um pet e a importância de cuidar do meio ambiente, os versos também apresentam e normalizam para o público infantil a vulnerabilidade dos adultos. O estímulo para a dedicação escolar e do desenvolvimento da espiritualidade são outros assuntos abordados ludicamente por Alessandra em meio as rimas. (Autora: Alessandra Camargo | Link de venda aqui)

Dia Nacional do Livro Infantil maíra lot micales samanta flôor

Careta pra chupeta!
Um ótimo livro para crianças que precisam largar a chupeta e para pais que querem auxiliar nessa jornada! Além de educativo e

ricamente ilustrado traz uma introdução sobre a importância do reflexo de sucção quando bebê e a decisão dos pais de oferecerem ou não a chupeta. Além disso, conta com regras para não banalizar o uso do objeto e dicas de higienização; as vantagens e desvantagens; qual idade é indicada para abandonar o hábito com o passo a passo e orientações para pais de crianças maiores de dois anos. 

(Autora: Maíra Lot Micales | Editora: Caminho Suave | Link de venda aqui)

isabel cintra

Corvo-Correio
Tolerância, igualdade, representatividade. A tríade forma a mensagem principal da obra da escritora Isabel Cintra, que ‘fala’ com crianças sobre racismo sem mencioná-lo. O livro conta a história do Corvo José, que por ser diferente foi impedido pela Coruja Mafalda de fazer parte do seleto grupo dos pombos-correio. Um enredo sensível e fácil de se identificar. Afinal, quem nunca desanimou diante das adversidades, ainda mais quando o pré-julgamento se apresenta, irredutível? (Autora: Isabel Cintra | Editora: Mazza | Link de venda aqui)

Dia Nacional do Livro Infantil leni zillioto

Pirulito RodaPé
É uma história para divertir e interagir, que traz magia para quem escuta e para quem lê. Tem história, tem joguinho, tem desenho pra pintar e folha em branco pra desenhar. Tem amor, tem carinho e muita gargalhada pra dar! Pirulito é doce, é palhaço, é brinquedo de papel. É uma historinha gostosa para aproveitar com os pequenos e trazer a eles o rico universo da literatura e a alegria própria do palhaço de circo. O enredo retrata um pouco de nossa trajetória como educadores e artistas e tem o poder de nos transformar-nos em pessoas melhores. Está traduzido para 5 idiomas: inglês, francês, italiano, espanhol e alemão.

(Autora: Leni Zilioto | Link de venda aqui)

Gostou da nossa matéria “Dia Nacional do Livro Infantil: Leia com as crianças estas obras“?

Dia Nacional do Livro Infantil. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Caderno Cultural. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

Ensino Remoto: “Meu filho foi alfabetizado durante a pandemia”

O ano de 2020 foi marcado por grandes adaptações na educação. A pandemia causada pela Covid-19 fez com que crianças e adolescentes passassem praticamente 10 meses estudando em suas casas, no modelo de ensino remoto. Algumas famílias encontraram dificuldades no manuseio da tecnologia e, principalmente, na criação de uma rotina de estudo para os filhos. Entretanto, muitos pais e mães conseguiram se habituar com a nova realidade que transformou casas em verdadeiras salas de aula.

Um dos grandes desafios do ensino remoto foi a alfabetização das crianças que estavam só no início da jornada educacional.  É o caso de Darliane da Silva que é mãe do Kaue Henrique Domingues da Silva, de sete anos, e aluno do Colégio Acesso em Almirante Tamandaré. Ela conta que a adaptação ao ensino remoto trouxe muitas dúvidas no início, já que ninguém sabia até quando duraria a pandemia.

“Quando matriculamos o Kaue no Colégio Acesso em 2020, logo veio a pandemia e as aulas presenciais foram suspensas. Cogitamos tirar ele da escola, mas graças à diretora da unidade que nos convenceu a experimentar o modelo remoto, ele aprendeu a ler e a escrever durante as aulas online”, conta a mãe do aluno.

Modelo de educação digital

Um dos setores mais impactados pela pandemia foi o da educação que precisou, de forma emergencial, adaptar o modelo de ensino ao formato online. Mas, de acordo com especialistas, muitas escolas não conseguiram obter sucesso no ensino remoto, uma vez que o método aplicado não era adequado para o online. Eles ainda citam como exemplo situações em que as crianças ficam horas assistindo vídeos no Youtube e no Netflix, mas que não conseguem permanecer por 50 minutos no homescholling.

Segundo a diretora pedagógica do Grupo Acesso, Guida Weber, a tecnologia utilizada somada a metodologia aplicada pelos professores e a dedicação dos pais e alunos foi o que resultou no sucesso do ensino remoto. “Desde o começo sabíamos que somente a didática aplicada nas aulas presenciais não seria eficaz no remoto. Então, criamos um modelo de educação digital que combina uma plataforma tecnológica para o acompanhamento das aulas e progresso do aluno com um método específico para o online”, explica.

Para Darliane da Silva, a metodologia utilizada pelo colégio fez toda a diferença, assim como a orientação dos professores aos pais sobre quando e como ajudar a criança que está aprendendo em casa. “Os professores eram maravilhosos e conseguiam prender a atenção de todos os alunos na tela. O Kaue esperava ansioso pela hora da aula e, depois de alguns dias, já se desenvolvia sozinho e nem precisava do meu auxílio. Aos poucos ele foi aprendendo a reconhecer as letras, depois os sons e então aprendeu a ler e escrever, inclusive, formar frases. Tudo isso durante as aulas online”, relata a mãe do aluno.

Aulas presenciais em 2021

O modelo híbrido de aulas ainda é uma incógnita para 2021. Desde janeiro, muitas cidades e estados liberaram o retorno das aulas presencias em escolas privadas, mas diante do agravamento da pandemia no país, suspenderam diversas vezes o retorno. Com isso, as famílias estão adotando cada vez mais o modelo de ensino 100% remoto, já utilizado em 2020.

Mesmo sabendo da importância pedagógica do ensino presencial e o impacto emocional que o isolamento causa nas crianças, alguns pais estão dispostos a continuar com os filhos estudando em casa. “É nítido que a criança em casa fica mais irritada, mais nervosa, querendo tudo para a mesma hora. Mesmo com as atividades de educação física adaptadas para casa, não há um gasto efetivo de energia e nem de socialização com os colegas. Mas se para garantir a saúde e a segurança do meu filho seja necessário voltarmos com as aulas em casa, já estamos adaptados”, afirma Darliane da Silva.

SOBRE O GRUPO ACESSO

Fundado em 2003, o Grupo Acesso surgiu com o objetivo de preparar alunos para os vestibulares, com qualidade, preço acessível e um grande vínculo com a disciplina e resultados. Atualmente, possui dez unidades espalhadas por Curitiba e Região Metropolitana, formando alunos desde a Educação Infantil, com o Acesso Kids, ao tradicional Pré-Vestibular. Em 2020, o Grupo Acesso recebeu o reconhecimento de ‘Escola com maior eficiência digital’, comparado com outras 34 escolas do Brasil, reafirmando o compromisso com o resultado na formação, aliado a inovação e o acolhimento aos alunos, principalmente durante as aulas remotas, sendo referência em termos de escola completa e humana.

Gostou da nossa matéria “Ensino Remoto: “Meu filho foi alfabetizado durante a pandemia”“?

Ensino Remoto: "Meu filho foi alfabetizado durante a pandemia"
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

A pandemia e a insegurança alimentar

Fernando Rizzolo é o autor de “A pandemia e a insegurança alimentar”

Não há nada neste mundo que humilhe e desespere mais uma pessoa do que a percepção da fome se aproximando. Entre todas as tragédias da humanidade, a fome, a miséria e o desalento formam uma tríade que acaba despersonalizando o ideal de sobrevivência, mormente quando o provedor familiar se vê impotente mediante a realidade econômica de prover sua família.

O grande choque ideológico com a chegada da direita, extrema direita ou “liberais” ao poder, no Brasil, foi o pouco alcance de medidas eficazes sobre os efeitos da pandemia na vida dos mais pobres. Do ponto de vista sanitário, tentou-se o negacionismo, bem como as “terapias alternativas” como forma de socorrer os infectados. Uma arriscada medida que se baseou em uma receita dos EUA chancelada pelo ex-presidente Donald Trump e implementada aqui no Brasil, violando e contrariando conceitos científicos que recusavam essa “terapia cloroquínica”.

Tal situação levou o Brasil a um desdobramento da pandemia que foi muito mais mortífero entre pessoas negras do que entre as brancas no estado de São Paulo ao longo de 2020 – até por ser este, do ponto de vista alimentar, um grupo muito mais carente. Morreram 46,7 mil pessoas em decorrência dessa doença no território paulista segundo um estudo da Vital Strategies com apoio do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento.

Isso corrobora aquilo que prevíamos, ou seja, em São Paulo, em que 40% da população é negra (preta ou parda), em virtude de um racismo estrutural, o número de mortes entre essa população aumentou em 25%, enquanto entre a população branca o aumento foi de 11,5%. Muito embora esses dados sirvam apenas para sublinhar um recorte da miséria que assola todas as etnias, afinal, no Brasil, mais de 125,6 milhões de pessoas não se alimentam como deveriam ou já anteriormente avistavam problemas futuros com a pandemia de coronavírus no tocante à segurança alimentar, segundo estudo da Universidade Livre de Berlim, na Alemanha. O estudo também demonstra que 31,7% disseram ter insegurança alimentar leve, 12,7% disseram ter insegurança moderada e 15% demonstraram insegurança grave (fome propriamente dita).

Nesse quadro, o Nordeste apresenta situação mais grave, pois a insegurança alimentar atinge 73,1% das pessoas, a região Norte apresenta com 67,7%, a Centro-Oeste aparece com 54,6% e o Sudeste com 53%. A região com melhor situação é o Sul, com 51,6%, o que tampouco representa um cenário favorável, pois, do ponto de vista estatístico, mais da metade dos lares apresentam insegurança. É interessante notar que todos diminuíram em 44% o consumo de carne e 41% o de frutas.

Isto posto, a condição epidemiológica da população está mais vulnerável, quer por questões não só do aumento da miséria como pelas condições raciais, que se somam ao contexto do desemprego generalizado e das poucas contrapartidas do governo federal no sentido de salvaguardar uma renda mínima digna, e que tampouco foi provedor no auxílio a pequenos e microempresários, que tiveram seus negócios fechados. Hoje o trabalhador tem duas opções: ou fica em casa sofrendo com a fome ou se expõe à procura de um emprego, arriscando-se em aglomerações que muitas vezes o acabam infectando.

O atraso nas demandas de contenção da pandemia por parte do governo federal é mais uma faceta da sombria condição de vulnerabilidade social, em que o fogão a gás foi trocado pelo fogão a lenha, pois pagar R$ 100,00 (cem reais) pelo bujão de gás significa muito para quem está sem condições verdadeiras de levar uma vida digna.

Fernando Rizzolo é advogado, jornalista, mestre em Direitos Fundamentais.

Gostou da nossa matéria “A pandemia e a insegurança alimentar“?

A pandemia e a insegurança alimentar

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

VIX FILMES E TV ESTREIA VIX KIDS

As animações “Os Smurfs”, clássico dos anos 80, e a série “Hello Kitty e Amigos” são os destaques no lançamento da VIX Filmes e TV na estreia do VIX Kids.

A VIX Filmes e TV lança o VIX Kids e Família, um ambiente exclusivo para crianças. O novo espaço – totalmente seguro – tem visual divertido, e traz diversos conteúdos que prometem entreter toda a família e, principalmente, os menores de 12 anos.

“Basta clicar no botão Kids e o usuário será direcionado para a área dedicada a este público. Uma vantagem é oferecer uma navegação segura e com autonomia para as crianças, dando acesso apenas aos conteúdos adequados para a idade. Também é uma tranquilidade e facilidade para os pais “, explica Inês Salles, diretora de conteúdo da VIX Filmes e TV.

Para o lançamento, os destaques são as animações “Os Smurfs”, com os episódios originais dos anos 80, e “Hello Kitty e Amigos”, série produzida no período de comemoração dos 45 anos de uma das personagens mais fofas e famosas do mundo.

O catálogo é dividido em seções por faixa etária e temas como “Pequeninos” direcionada aos menores de 3 anos, “Vix Kids Jr.“ para os baixinhos de 3 a 6 anos, “Aventura e Diversão” para as crianças acima de 6 anos,  “Hora do Cineminha”, para a família curtir junto no sofá, entre outras. Os conteúdos mais vistos sempre serão destacados e sugeridos aos usuários.

Os títulos vão de Galinha Pintadinha a Street Fighter 2, passando pelos musicais queridinhos da criançada, até as séries de TV, como “Experimentos Extraordinários” – sitcom repleto de experiências e pegadinhas, com o youtuber Iberê Thenório (Manual do Mundo).

Segundo Enor Paiano, country manager do VIX, com a pandemia, as plataformas de streaming gratuitas se tornaram o grande entretenimento em casa para toda a família. “Nesse momento em que pais e filhos estão mais conectados para o entretenimento, é uma tendência aplicativos e sites terem essa preocupação de oferecer conteúdos para atender o público infantil”, diz ele. “É um programa de graça, que agrada a todos”, complementa.  

O serviço de streaming gratuito VIX Filmes e TV está disponível via web, em aplicativos para celular e dispositivos como Amazon Fire, Apple TV, Roku e Android TV. Também é possível transmitir diretamente do smartphone para o Chromecast e diferentes marcas de Smart TV. Não é necessário nenhum cadastro ou assinatura para baixar. Para abrir a plataforma na web basta acessar www.vix.com/tv em qualquer lugar do mundo.

VIX FILMES E TV

Lançada em agosto de 2020 no Brasil, VIX Filmes e TV é uma plataforma de streaming gratuita que alcança milhões de usuários todo mês. O serviço oferece um catálogo com milhares de horas de filmes, séries, documentários, produções nacionais, shows de música, conteúdos originais e até novelas latinas. O app já está no top 10 de aplicativos de entretenimento gratuitos mais baixados no país para celulares Android.

Como o acesso ao conteúdo é sem custo para o usuário, são os anúncios que geram receita para o canal.

A versão em espanhol, VIX Cine & TV está entre os apps grátis de entretenimento para Android mais baixados na América Latina, e no topo do ranking para audiência hispânica nos Estados Unidos pelo dispositivo Roku.

SOBRE VIX

VIX é uma companhia americana de conteúdo digital que atua no mercado latino dos EUA e na América Latina. É uma das maiores produtoras de vídeo do mundo e, nas redes sociais, tem mais de 100 milhões de seguidores. A empresa que opera também o aplicativo de VOD gratuito VIX Cine & TV, tem sede em Miami e escritórios em Nova York, Los Angeles, Cidade do México, e São Paulo. Recentemente foi adquirida pela Univision Communications Inc., a maior empresa de conteúdo em espanhol nos Estados Unidos.

Gostou de “VIX FILMES E TV ESTREIA VIX KIDS?

VIX FILMES E TV ESTREIA VIX KIDS

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira mais das últimas notícias. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

Livros de Monteiro Lobato para incentivar a leitura nas crianças

Seleção da Disal aposta em títulos clássicos da série “Sítio do Picapau Amarelo” e do folclore brasileiro para impulsionar o gosto pela leitura, confira os livros selecionados de Monteiro Lobato

Seja na escola ou nas histórias contadas pelos pais, tios e avós, o livro é uma figura presente na vida de crianças de diferentes idades e peça fundamental no desenvolvimento intelectual e criativo. Tanto que tem uma data comemorativa especial para chamar de sua, o Dia Nacional do Livro Infantil, celebrado em 18 de abril, data de nascimento de José Bento Renato Monteiro Lobato, uma das maiores referências da literatura infantojuvenil de todos os tempos.

Disal, uma das principais distribuidoras de livros do país, não poderia ficar de fora desta comemoração e aproveita a ocasião para selecionar livros do Monteiro Lobato que caem como uma luva na tarefa de estimular a imaginação e o gosto pela leitura. O autor, inclusive, é a prova disso, já que ele mesmo se apaixonou pelo universo das letras depois de ler todos os títulos da biblioteca do avô, o Visconde de Tremembé.

Confira:

O Saci

Livros de Monteiro Lobato para incentivar a leitura nas crianças

A narrativa revela lendas curiosas sobre o nascimento dos sacis, histórias sobre a mula sem cabeça, o lobisomem, o boitatá, o Negrinho do Pastoreio, a Cuca, e a sereia Iara. O saci parte da curiosidade de Pedrinho, neto de Dona Benta, que costuma passar as férias no Sitio do Picapau Amarelo, a respeito de um ser da floresta que está sempre com um gorro vermelho e fumando cachimbo. Destemido, o garoto não tem medo de urutus, onças, vespas nem de cobras, mas descobre seu pavor de Saci. Porém, Pedrinho decide enfrentar seus medos e pede ajuda ao sabido Tio Barnabé, um senhor de mais de oitenta anos que mora em um rancho coberto de sapé.

Saiba mais:  https://cutt.ly/bcOnS6z

Reinações de Narizinho

Livros de Monteiro Lobato para incentivar a leitura nas crianças

Nem mesmo o autor mais respeitado de toda a literatura infantojuvenil brasileira conseguia dominar as peraltices da boneca de pano nas dezenas de aventuras povoadas da mais rica mitologia nacional. Conhecido como a locomotiva do comboio da saga do Picapau Amarelo, Reinações de Narizinho reúne as onze histórias que Lobato começou escrevendo em 1920. Surgem ali Narizinho, Pedrinho, o Visconde, Rabicó, Tia Nastácia, e, claro, Emília, que comanda todas as travessuras em um misto de realidade e fantasia.

Saiba mais: https://cutt.ly/4cPkzfa

O Picapau Amarelo

Em O Picapau Amarelo (1939), a turma do sítio se encontra com seres da mitologia grega, como Pégaso e a Quimera, personagens de contos de fadas europeus, como Cinderela, o Pequeno Polegar, Chapeuzinho Vermelho, e personagens clássicos da literatura, como o Capitão Gancho, Peter Pan, Dom Quixote… É que o Mundo da Fábula resolveu se mudar para o sítio com seus castelos, suas carruagens, seus animais – e foi então que as mais incríveis aventuras começaram.

Saiba mais: https://cutt.ly/ecPlQwa

Serões de Dona Benta

Para atender à necessidade infinita de conhecimento das crianças do sítio, Dona Benta mais uma vez dá uma aula completa de Ciências. Sem palavras difíceis e conceitos complicados, ela consegue apresentar a Narizinho, Pedrinho e Emília as invenções que mudaram o mundo, o sistema solar, os elementos da natureza, e muito mais! A sabedoria da vovó vai aguçar ainda mais a vontade de aprender da turma, que comenta cada descoberta com bastante humor e criatividade.

Saiba mais em: https://cutt.ly/HkLo62j

Sobre a Disal Distribuidora: Há mais de meio século em operação, é considerada a mais importante distribuidora de livros e materiais didáticos do Brasil para o ensino de idiomas, e, também, técnicos e científicos, de ciências humanas e sociais, literatura, autoajuda e conhecimentos gerais. Possui um catálogo com 400 editoras e mais de 400 mil títulos comercializados. Tem 18 filiais distribuídas nas principais cidades do país e um portal em que é possível encontrar todos os serviços e produtos oferecidos. Saiba mais em www.disal.com.br

Gostou de “Livros de Monteiro Lobato para incentivar a leitura nas crianças?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira mais em Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim

Ana Paula de Andrade Janz Elias é autora de “Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim”.

O governo federal quer aprovar o homeschooling ainda no primeiro semestre deste ano. Há quem defenda e há quem condene. O homeschooling é a chamada educação familiar, ou seja, pais ou tutores responsáveis tornam-se professores das crianças sem que elas precisem frequentar a escola.

Diante desta situação, é possível levantar a seguinte questão: o homeschooling deveria estar entre as prioridades de uma pauta de governo neste período que estamos vivendo enquanto sociedade? Em tempos de pandemia, de crianças que não têm acesso à internet para poder assistir as aulas, seria coerente que a principal pauta do governo para o ensino fosse melhorar as condições e a infraestrutura das instituições públicas.

Novamente, a educação pública no Brasil é deixada à margem! Entra governo e sai governo e os estudantes que precisam frequentar as escolas públicas não têm as mesmas condições de aprendizagem que àquelas que estudam em escolas privadas. Professores com salários baixos, por vezes, ainda são tratados como os responsáveis pelo declínio no sistema educacional brasileiro.

O homeschooling pode até ser o direito de algumas famílias, mas quais delas teriam efetivamente condições de educar os filhos em casa? Certamente aquelas de classe alta ou de classe média. Pois, ter em casa uma estrutura para educar os filhos não é a realidade de um grande percentual dos brasileiros. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) de 2019 apontaram que mais de 80% de alunos da Educação Básica estão matriculados na rede pública de ensino. Essa é a prioridade.

A escola pública precisa de investimento! Chega de deixar a maior parte da população à margem. Homeschooling não é uma pauta prioritária, a qualidade da educação pública sim! 

Ana Paula de Andrade Janz Elias é Mestre em Ensino em Ciências e em Matemática. Doutoranda em Educação. Docente na área de Exatas da Escola Superior de Educação do Centro Universitário Internacional Uninter. Email: ana.el@uninter.com

Gostou de “Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim?

Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim
Ana Paula de Andrade Janz Elias. Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

Canal Futura lança faixa de programação infantil em abril

Com distribuição multiplataforma, programação também estará disponível pelo Globoplay+ Canais Globo.

O Canal Futura irá lançar no próximo dia 5 de abril, a partir das 7h e das 17h, uma faixa de programação infantil educativa. Com conteúdos inéditos, a programação irá reforçar o apoio à agenda de direitos da infância e adolescência e marca o início do mês da Educação.

Organizada por faixas etárias – de 3 a 7 anos e de 8 a 12 anos -, a programação educativa vai abordar, de forma lúdica, temas como protagonismo infantil, diversidade, inclusão, cultura, inovação, convivência na escola, resolução de conflitos, relações familiares e empatia, com conteúdos que desenvolvem habilidades adequadas a cada idade. O conteúdo se alinha às diretrizes de aprendizagem da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), atuando em áreas do conhecimento como ciência, matemática, alfabetização, linguagens e socialização.

A nova grade de programação vai ao ar de segunda-feira a domingo, das 7h às 9h, e de segunda a sexta-feira, das 17h às 18h, com distribuição multiplataforma do Futura também pelos Canais Globo e Globoplay, com acesso gratuito.

Programas

Entre os programas que chegam ao Canal Futura, estão: “Bia Desenha”, de Pernambuco; “Cienciheróis”, da Colômbia; “Bino e Fino”, da Nigéria; a coprodução internacional “O Dia em que Me Tornei Mais Forte”; “Neuroquê?”, da Argentina; e “Primeiro Dia”, da Austrália.

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Sendo assim, produzindo material especial para nossos leitores. Portanto, nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias. Entretanto, não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Educação ambiental ajudará para acesso a serviços de saneamento

Com a aprovação do Novo Marco Legal do Saneamento, cidadãos de todo o País aguardam com expectativa melhorias no abastecimento de água e tratamento de esgoto. A educação ambiental ajudará para garantir acesso aos serviços.

O Novo Marco Legal tem entre os seus objetivos ampliar a presença de empresas privadas no setor.  Além disso, a educação ambiental tem um peso importante sobre a qualidade do serviço de saneamento prestado à população.

Em Atibaia (SP), a empresa responsável pela coleta e tratamento de esgoto na cidade que mantém uma parceria público-privada com a SAAE Atibaia, promove ações para conscientizar os moradores locais sobre a preservação do meio ambiente. Sergio Bovo, diretor operacional da Atibaia Saneamento, explica o intuito da iniciativa. 

“Sempre que possível, promovemos palestras educativas nas escolas, além de visitas monitoradas nas nossas estações de tratamento de esgoto.  Tudo isso para demonstrar como ocorre a coleta e o tratamento de esgoto e como ele afeta o meio ambiente”, explica Bovo.

De acordo com o Instituto Trata Brasil, quase 100 milhões de brasileiros não possuem acesso à coleta de esgoto e quase 35 milhões não têm acesso à água tratada.  Édison Carlos, presidente-executivo da organização, afirma que muitas pessoas sequer sabem que têm direito a esgoto e água tratada, por nunca terem tido acesso a esses serviços. Segundo ele, uma educação ambiental eficaz deve ser capaz de informar à população sobre seus direitos como cidadãos. 

Carlos lamenta o fato de que a educação ambiental no País, muitas vezes, está limitada ao tema de reciclagem e coleta de lixo. 

“A educação ambiental tornou-se quase voltada apenas a temas ligados ao lixo.  Quando se fala nela, quase todas as escolas ensinam como separar o lixo, o destino dele, usar poucas embalagens e diminuir o consumo. E isso é apenas um pedacinho do problema. Estamos falando de algo muito mais importante, que é a água e o esgoto afastado e tratado”, diz. 

Objetivos

A Atibaia Saneamento está implementando uma Estação de Tratamento de Esgoto que irá contemplar 25 bairros do município. A parceria público-privada com a Saneamento Ambiental de Atibaia (SAAE) terá fim em 2043.  

Em parceria com Brasil 61.

Gostou de “Educação ambiental ajudará para acesso a serviços de saneamento“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Educação ambiental ajudará para acesso a serviços de saneamento
Rio de Janeiro – Alunos aprendem a prevenção ao novo coronavírus (Covid-19) na Escola Municipal Pedro Ernesto, através de cartazes, trabalhos escolares, e medidas de higiene e convívio pessoal. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Mulheres indígenas e quilombolas beneficiadas por ONU Mulheres

O Pará vai ter dois municípios contemplados pelo projeto “Direitos Humanos das mulheres indígenas e quilombolas: uma questão de governança” desenvolvido pela ONU Mulheres.

A iniciativa tem o objetivo de trabalhar o empoderamento feminino, com foco nessas comunidades, e conta com o apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) – que vai fazer a escolha das duas cidades no Pará.

A principal meta do projeto é facilitar a inclusão e a participação significativa de indígenas e quilombolas na formulação de políticas, planejamento e orçamento nos âmbitos estadual e municipal, como forma de reduzir a discriminação e as desigualdades com base em gênero, raça e etnia.

Mulheres indígenas e quilombolas

De acordo com a representante da ONU Mulheres Brasil, Anastasia Divinskaya, na prática, o projeto vai apoiar as autoridades estatais e municipais, que são as responsáveis pela garantia de direitos, assim como as mulheres indígenas e quilombolas – que são as portadoras desses direitos. Para Anastasia, a implementação desse projeto vai fornecer um caminho para reduzir desigualdades e práticas discriminatórias.

“As mulheres e meninas indígenas e quilombolas enfrentam taxas de pobreza muito mais elevadas e isso se constitui em uma questão de governança. Esse projeto também é uma homenagem aos esforços incansáveis dessas mulheres para alcançar os seus direitos humanos, além de contribuir para o fortalecimento da democracia no Brasil”, afirmou representante da ONU Mulheres Brasil.

Sônia Guajajara é coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e está trabalhando junto da organização para consolidar políticas mais atuais e relevantes às mulheres indígenas e quilombolas. Segundo ela, um ponto importante é destacar a falta de dados e diagnósticos específicos sobre essas mulheres para que se possa elaborar políticas mais efetivas.

“Não conseguimos ter dimensão do tamanho da violência entre as mulheres indígenas. É muito importante que comecemos a buscar formas de ter esse diagnóstico, de ter indicadores para avaliarmos os instrumentos de Estado, se estão ou não adequados, para que possamos começar a discutir outras ferramentas e instrumentos que venham a atender essa realidade”, declarou coordenadora executiva da APIB.

O secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos do Pará, Alberto Barros, reforçou que o estado não vai medir esforços para garantir que o projeto tenha efetividade em todo o território paraense. “Espero que juntos possamos lutar e dar efetividade e garantia aos direitos das mulheres quilombolas e indígenas”, disse.

Depois que os municípios forem escolhidos, será possível estabelecer políticas para as mulheres indígenas e quilombolas. Neste primeiro momento, os estados do Pará e do Maranhão são os pioneiros a receber o projeto que foi desenvolvido em parceria com a Embaixada da Noruega.

Em parceria com Brasil 61.

Gostou de “Mulheres indígenas e quilombolas beneficiadas por ONU Mulheres“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Árvore Solidária garante presente de Natal de muitas crianças

Nova forma de fazer a sacolinha beneficente é escolher a cartinha no shopping. Portanto, garanta o presente de Natal das crianças.

Atrium Shopping, em Santo André, e Shopping Praça da Moça, em Diadema, contaram com Árvore Solidária neste Natal e fizeram a ponte entre quem quer ajudar e instituições para crianças.

Cartinhas e bilhetes pendurados, com nome, idade e dica de presente de Natal de cada criança. Foi assim que o Atrium Shopping e o Shopping Praça da Moça conquistaram o público para contribuir. No Shopping Praça da Moça a Árvore Solidária contava com 46 nomes de crianças da unidade de Diadema do Lar Mãos Pequenas, que oferece moradia provisória a crianças e adolescentes de 0 a 17 anos.

Então, os 100 presentes foram entregues nesta quarta-feira, 23, acompanhados de um lanche da tarde doado pela Patroni Pizza. “O resultado foi melhor do que o esperado. Conseguimos arrecadar brinquedos para cada criança, além dos pedidos das cartinhas, muitos deles querendo ganhar roupas e sapatos”, comenta Daniel Lima, gerente de marketing do empreendimento.

Em Santo André, a Árvore Solidária fica até dia 29 de dezembro. Sendo assim, o Atrium Shopping levou mais de 50 cartinhas para seu público. Nesse sentido, em parceria com a Casa Ronald, o projeto tem o objetivo de arrecadar brinquedos novos ou usados. Como resultado, já foram recebidos mais de 100 presentes que serão entregues dia 30 para a instituição.

Presente de Natal Árvore Solidária Atrium Shopping

Piso 1
Rua Giovanni Battista Pirelli, 155 – Vila Homero Thon, Santo André
Telefone: (11) 3135-4500
Estacionamento visitantes:
De segunda-feira a sábado e feriados: 9 reais até 2 horas + 2 reais cada 2 horas adicionais. Aos domingos, 50% de desconto.

Shopping Praça da Moça
Rua Manoel da Nóbrega, 712 – Centro, Diadema
Telefone: (11) 4057-8900
Estacionamento visitantes:  Carros 9,00 até 3 horas + 1,00 por hora adicional ou fração / Motos 9,00 a diária.

presente de Natal

Confira mais em nossas páginas sobre as cidades do ABC

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Então, aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Shopping Metrópole arrecada produtos para crianças

O Shopping Metrópole, em São Bernardo do Campo, está recebendo o projeto Ruas Solidárias em parceria com o Instituto Iris. O shopping disponibilizou um espaço onde os clientes podem doar alimentos não-perecíveis, produtos de higiene e limpeza e cobertores. As doações serão encaminhadas para as crianças da ONG Pequeno Cidadão.

O objetivo do projeto Ruas Solidárias é sensibilizar e mobilizar a sociedade em relação à realidade da população em situação de vulnerabilidade social.

O local de arrecadação no Shopping Metrópole é um espaço equivalente ao de uma loja, próximo ao atrium central e à entrada do Paço Municipal. As doações começaram dia 31/10 e irão se estender até o fim do ano.

Shopping Metrópole arrecada produtos

O projeto resulta de uma articulação entre o Instituto Iris e shoppings da regional SP da rede Aliansce Sonae, que é a maior do país e administra o Metrópole. Foi idealizado para utilizar os shoppings como espaços propícios para estimular e convidar os consumidores a doar produtos de primeira necessidade para organizações da sociedade civil que atendem as populações mais vulneráveis de suas regiões.

“É mais uma ação social do Shopping Metrópole em 2020 para ajudar quem mais precisa. E um projeto dessa natureza no fim do ano ganha ainda mais significado, em meio aos sentimentos de renovação e esperança por um futuro melhor”, diz Rodrigo Rufino, gerente de marketing do shopping.    

Sobre o Shopping Metrópole: Inaugurado em maio de 1980, o empreendimento conta com 173 operações, entre elas, cinco âncoras (Academia Smart Fit, C&A, Renner, Lojas Americanas e Marisa), três restaurantes (Outback, Si Señor e Pecorino) e nove salas de cinema multiplex PlayArte (três em 3D e 1 Extreme). Em 2008, o shopping foi o primeiro empreendimento da região do ABC a receber a certificação segundo a norma ISO 14001 do seu Sistema de Gestão Ambiental. Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 14h às 20h. Endereço: Praça Samuel Sabatini, 200, Centro, São Bernardo do Campo (SP). SAC: 11 4003-7370. www.shoppingmetropole.com.br

Sobre a Aliansce Sonae: A Aliansce Sonae é a líder nacional no setor de shopping centers e a maior administradora do país. A companhia está presente nas cinco regiões brasileiras e tem um portfólio de 39 shoppings, com participação em 27 empreendimentos e a administração de 12 shoppings de terceiros. 

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.067 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Ação Entre Amigos: Agradecimentos aos colaboradores

O Jornal Grande ABC e o grupo Ação Entre Amigos, agradecem a ajuda prestada pelos leitores e amigos, que colaboraram com a realização da festa das crianças. O evento fora realizado no último domingo, no bairro Nova Gerty, em São Caetano do Sul.

As quase 50 crianças se divertiram com duas camas elásticas, jogando bola e demais brincadeiras, durante 14 e 18 horas. Com a alegria estampada no rosto dos infantes, a sensação de missão cumprida e felicidade em concluir perfeitamente o evento são os sentimentos expressados pelos realizadores.

Além do entretenimento, os organizadores distribuíram cachorro-quente, refrigerante, doces, bolos e os presentes doados. O grupo Ação Entre Amigos segue atuando na entrega de alimentos para moradores de rua e pessoas necessitadas, e conta com sua colaboração.

Contatos:

Sheila: 011 96154-2269 WhatsApp
Josimar: 011 96869-1482 WhatsApp e ligações

Sobre a Ação entre Amigos

Sheila e Josimar trabalham com reciclagem no ABC, e há dois anos incendiaram o carro do casal. Com a família passando por necessidades, um vizinho enviou a história para o Balanço Geral. Com a reportagem na televisão, a família recebeu muitas doações de alimentos. Foi neste momento que decidiram ajudar também as pessoas, as quais passam por inúmeras dificuldades na região. Junto a amigos, a Ação entre Amigos tem entregado cestas básicas e refeições para pessoas carentes e moradores de rua. O grupo está aberto a aumentar o número de apoiadores e assim abraçarem mais famílias necessitadas.

RP dá sequência à imunização contra pólio e multivacinação

Segue até 30 de outubro a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil) e a Campanha Nacional de Multivacinação para a atualização da caderneta de crianças e adolescentes. A ação acontece, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF) da cidade.

Crianças menores de cinco anos são o alvo da campanha contra a poliomielite. A multivacinação atenderá todas as crianças e adolescentes menores de 15 anos. O município teve data especial para o reforço das campanhas, em 17 de outubro, Dia “D” da vacinação. Nesta data, foram imunizadas 1384 crianças de 0 a 4 anos e 405 crianças de 5 a 14 anos.

O objetivo das campanhas é reduzir o risco da reintrodução do polivírus selvagem no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal e aumentar a cobertura de imunização, diminuir a incidência de doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação ou erradicação de doença.

A Secretaria de Saúde de Ribeirão Pires adota todos os cuidados sanitários e de segurança contra o coronavírus nas unidades municipais.  

Vacinação contra o sarampo – A vacinação acontece até 30 de outubro dentro da seguinte estratégia:

– Vacinação intensificada para população de 6 meses a 29 anos, de acordo com a avaliação da situação vacinal e vacinação conforme o calendário vacinal vigente;

– Vacinação indiscriminada (independente da situação vacinal) na faixa etária de 30 a 49 anos, em consonância com o Ministério da Saúde.

Pontos de Vacinação – segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 17h:

UBS CENTRAL

Rua Dr. Virgílio Gola, 24 – Centro

UBS CENTRO ALTO

Rua Aurora, 61 – Centro Alto

USF GUANABARA

Rua Fermino G. Pereira, 398 – Vila Gomes

USF JD. LUSO

Rua Julio Prestes, 22 – Jardim Luso

USF JD. VALENTINA

Rua Francisco Tometich, 905 – Jardim Valentina

USF JD. CAÇULA

Rua Fagundes Varela, 08 – Jardim Caçula

USF OURO FINO

Rodovia Índio Tibiriçá s/n, ao lado 2753 – Centro – Ouro Fino Paulista

USF QUARTA DIVISÃO

Estrada da Sondália, 520 – Quarta Divisão

UBS SANTA LUZIA

Rua Prof. Antonio Nunes, 551- Santa Luzia

USF VILA SUELI

Rua Antonio Zampol, 221 – Vila Sueli

ParkShopping apoia vacinação contra poliomielite neste sábado

Neste sábado, o ParkShopping São Caetano será ponto de vacinação da campanha nacional contra a poliomielite. Promovido pela Secretaria Municipal da Saúde de São Caetano do Sul, o dia D da vacinação ocorrerá das 12h às 20h, no Ambulatório do shopping, localizado no Piso São Caetano (L1) – corredor da loja Fast Shop.

A campanha é destinada para crianças de 1 a 4 anos, sendo necessária a apresentação de carteirinha vacinal e documento de comprovação.

Mais informações podem ser encontradas pelo WhatsApp: 11 93336-2932

ParkShopping São Caetano
Endereço: Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul – SP
Informações: 4003-4174 e www.parkshoppingsaocaetano.com.br
Facebook e Twitter /pssaocaetano
Instagram /parkshoppingsaocaetano

Sobre o ParkShopping São Caetano
Inaugurado no final de 2011, o ParkShopping São Caetano foi construído no novo bairro da cidade de São Caetano do Sul, o Espaço Cerâmica: um complexo multiúso com edifícios residenciais e comerciais em uma área de 300 mil m². O shopping possui 218 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas distribuídas em dois pisos (São Caetano e São Paulo). Com foco nos públicos das classes A e B, o ParkShopping São Caetano atende não só as cidades do Grande ABC como também a bairros de São Paulo localizados em seu entorno, como Ipiranga, Nova Saúde, Mooca, Vila Prudente, entre outros. O empreendimento, portanto, tem a característica de ser regional e, para isso, há a preocupação constante em aperfeiçoar o seu mix de lojas para ser o mais completo nas áreas de moda, serviços, lazer e alimentação da região. Outra preocupação é sempre trazer ao consumidor da região novas operações até então inéditas em shoppings do ABC. O ParkShopping São Caetano conta ainda com o Supermercado St Marche.

Sobre a Multiplan
A Multiplan possui atualmente 19 shopping centers em operação e é uma das maiores empresas do setor no Brasil. A companhia também atua estrategicamente no desenvolvimento de imóveis comerciais e residenciais, com projetos multiúso que geram sinergias para as operações de shopping centers, oferecem conveniência e comodidade aos usuários, e geram valor a seus ativos. Fundada em 1974 como empresa full service, é responsável pelo planejamento, desenvolvimento, propriedade e administração de um dos melhores portfólios de empreendimentos imobiliários do país. O ParkJacarepaguá, em construção no Rio de Janeiro, será o 20º shopping da companhia.
Os shopping centers da Multiplan totalizam mais de 5.800 lojas, tráfego anual estimado em 190 milhões de visitas e área bruta locável (ABL) de 835 mil m². Ao final do segundo trimestre de 2020, a Multiplan também detinha dois conjuntos de torres comerciais que somados à ABL de shopping centers resultam em ABL total de 922 mil m². Mais informações em www.multiplan.com.br.

Atenção Dia “D” da vacinação contra a pólio e atualização

Não perca a data. É neste sábado, 17 de outubro, Ribeirão Pires realizará o Dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil) e da Campanha Nacional de Multivacinação para a atualização da caderneta de crianças e adolescentes. A ação acontecerá, das 8h às 17h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF) da cidade.

Crianças menores de cinco anos são o alvo da campanha contra a poliomielite. A multivacinação atenderá todas as crianças e adolescentes menores de 15 anos. O município terá data especial para o reforço das campanhas, em 17 de outubro, Dia “D” da vacinação.

Até 30 de outubro, as campanhas serão promovidas, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nas UBSs e USFs da cidade.

O objetivo das campanhas é reduzir o risco da reintrodução do polivírus selvagem no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal e aumentar a cobertura de imunização, diminuir a incidência de doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação ou erradicação de doenças.

A Secretaria de Saúde de Ribeirão Pires adota todos os cuidados sanitários e de segurança contra o coronavírus nas unidades municipais.  

Vacinação contra o sarampo – A vacinação acontece até 30 de outubro dentro da seguinte estratégia:

– Vacinação intensificada para população de 6 meses a 29 anos, de acordo com a avaliação da situação vacinal e vacinação conforme o calendário vacinal vigente;

– Vacinação indiscriminada (independente da situação vacinal) na faixa etária de 30 a 49 anos, em consonância com o Ministério da Saúde.

Pontos de Vacinação – segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 17h:

UBS CENTRAL
Rua Dr. Virgílio Gola, 24 – Centro

UBS CENTRO ALTO
Rua Aurora, 61 – Centro Alto

USF GUANABARA
Rua Fermino G. Pereira, 398 – Vila Gomes

USF JD. LUSO
Rua Julio Prestes, 22 – Jardim Luso

USF JD. VALENTINA
Rua Francisco Tometich, 905 – Jardim Valentina

USF JD. CAÇULA
Rua Fagundes Varela, 08 – Jardim Caçula

USF OURO FINO
Rodovia Índio Tibiriçá s/n, ao lado 2753 – Centro – Ouro Fino Paulista

USF QUARTA DIVISÃO
Estrada da Sondália, 520 – Quarta Divisão

UBS SANTA LUZIA
Rua Prof. Antonio Nunes, 551- Santa Luzia

USF VILA SUELI
Rua Antonio Zampol, 221 – Vila Sueli

Natal Solidário A União faz a força

O grupo A União faz a Força conta com sua colaboração para distribuir cerca de 300 sacolinhas de Natal, para crianças carentes da região do pós balsa, em São Bernardo do Campo. Estão solicitando doação de brinquedos usados, que serão preparados para presentear e fazer a alegria de diversas crianças.

Além dos brinquedos, o grupo solicita também doações de fitilho, sacos plásticos transparentes para presente, amaciante e detergente (qualquer marca) para lavar e desembaraçar o cabelo das bonecas e acessórios bonecas. E mais pra frente precisarão de salsicha, molho, pão de hot dog, batata palha e refrigerante pequeno, para montarem os saquinhos de lanche das crianças, para levarem junto com as sacolinhas

Toda arrecadação será distribuída em bairros como Curucutu, Santa Cruz, Porto de Areia, Água Limpa, Capivari, Tatetos entre outros. As crianças cadastradas são de 0 até 11 anos. Em meio a crise, provocada em especial pela pandemia, estas crianças contam com assistência para complementar o Natal de cada uma delas. Sua doação fará a felicidade de várias famílias.

Sobre A União Faz a Força

Formado por amigos solidários, o grupo vem arrecadando brinquedos, mantimentos, roupas e fraldas. Estes vem sendo distribuídos para famílias carentes da região do ABC. No início deste ano, o grupo entregou dezenas de mochilas para crianças utilizarem na escola.

Como doar?

Se puder colaborar com doação, faça contato com o grupo União Faz a Força para eles retirarem a doação.
Conheça o grupo no Facebook, clique aqui.

Bruna (Parque João Ramalho – Santo André) 11 993971651
Aline (Palmares – Santo André) 11 959552949
Lene (Planalto – São Bernardo do Campo) 11 981773529
Mayara (Rudge Ramos – São Bernardo do Campo) 11 975477985
Ana Paula (Rio Grande da Serra) 11 947440954

Vivências na natureza: (re)descobrindo as áreas verdes em família

Foto da capa: Beto Garavello

Dia das crianças chegando! Vale estar com a família, com os amigos e até só (curtindo de forma pessoal e intransferível nossa proposta zen). O importante é curtir, repensar, planejar-se e/ou…silenciar, experienciar, divertir-se, aprender, vivenciar, relaxar e interiorizar boas vibrações vindas dos recantos, cantos e encantos da natureza!

Experiências diretas em áreas verdes nos proporcionam sensação de bem-estar, afloram nossos sentidos e percepções, tornando nossas vidas particulares e coletivas mais dinâmicas, intuitivas, altruístas e conectadas com outras pessoas e outros seres vivos, como as plantas, animais e fungos, em uma rede equilibrada de ciclos, belezas, benfeitorias e respeito mútuo, além de aprendizado sobre as características da área.

Mesmo na área urbana necessitamos (re)descobrir as áreas verdes, tão importantes para nossa sobrevivência, sejam praças, parques, jardins ou até árvores plantadas nas calçadas, que nos ofertam conforto térmico, frutos e belas flores com seus perfumes, atração de fauna, como pássaros e insetos, e nos permitem ‘fugir’ do caos cotidiano, em um processo de ‘esvaziar’ a mente de situações negativas, florescendo, assim, boas sensações e ações de bem-estar e qualidade de vida.

 Áreas de proteção ambiental, como Unidades de Conservação, são refúgios com visitação controlada (acesso permitido com guias ambientais apenas) em que há nascentes de rios, fauna e flora exuberantes e belas paisagens. Como dica, perto de nós, no Grande ABC/SP, há em Santo André, o ‘Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba’, na Vila de Paranapiacaba, composto pelo bioma Mata Atlântica e nascentes que formam a represa Billings, que abastece a região metropolitana de São Paulo. Vale visitar qualquer uma dessas áreas protegidas – o Brasil todo tem – cada uma com suas especificidades e bioma – de forma responsável e ajudar na geração de renda de comunidades do entorno, a partir do turismo e na conservação, por meio de atividades de Educação Ambiental orientadas. 

Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba. Foto: Divulgação

‘Banhos de parque ou de floresta’, que são caminhadas, imersões de aprendizagem e contemplação, também são recomendados como antidepressivos, pois baixam os níveis de estresse, devido benefícios físicos e mentais, melhorando o humor, aumentando a energia e acelerando processos de recuperação de doenças.

As vivências diretas na natureza, que exporei abaixo, para serem proveitosas e estimulantes, podem seguir estágios de desenvolvimento com atividades direcionadas, que conheceremos a seguir, baseados em Joseph Cornell. 

Estágio 1 – Despertam o entusiasmo e harmonizam a convivência em grupos e indivíduos, por meio da alegria e descontração com brincadeiras que estimulam superação de passividade, requerem atenção, estabelecem relações com líderes, criando envolvimento entre todos;

Estágio 2 – Concentram a atenção, favorecendo a receptividade e ampliação dos sentidos, pois canalizam o entusiasmo despertado no estágio anterior, acalmam a mente, desenvolvem a habilidade de percepção e receptividade para as próximas experiências;

Estágio 3 – É a experiência direta em si, com fomento à percepção, aos insights, em um processo de descoberta pessoal, de encantamento pela natureza, melhora nas relação entre as pessoas, ampliação da consciência de unidade que une todos os seres e cria postura não hierárquica entre as pessoas e a natureza;

Estágio 4 – Compartilhar a inspiração, de forma a criar vínculos, reforçar o sentido de união e de fortalecer experiências pessoais.   

Os sentimentos trabalhados nas vivências são mais encantamento, maravilhamento, alegria, paz e menos desconfiança, insegurança, medo, vulnerabilidade e fragilidade! Você não esquecerá jamais, garanto que sua vida pode mudar a partir dessas descobertas com ajuda da natureza!

Pareceu complexo? Você pode realizar ações mais simples e tanto quanto benéficas na época das férias e festas, silenciando na natureza, ou seguindo as próximas dicas com as crianças, adolescentes e adultos, com as atividades prontinhas para gerar diversão e aprendizado, que indico a seguir, utilizando elementos naturais (lembrem-se: não devemos arrancar folhas e flores e, sim utilizarmos apenas o que está disponível, como folhas soltas caídas ao chão):

– Piquenique e brincadeiras antigas no parque: comidinhas saudáveis e  brincadeiras, como bola, peão, corda, bolha de sabão, de preferência com pés descalços…;

– Explorando o jardim: ensinar a cuidar do jardim, além de brincar de fazer comidinhas com barro, água e cultivar uma horta;

– Montar figuras e quadros a partir de pedrinhas, folhas e flores coletados do chão;

– Fazer tinta de terra com diferentes nuances de cores;

– Fazer uma mandala de flores, pedrinhas e folhas.

Desejo um lindo das crianças à todos, incluindo aos adultos, para despertarem sua criança interior e que seja repleto de boas experiências na natureza e tão resiliente o quanto ela nos ensina a sermos! 

Shoppings tem promoção e show exclusivo para o dia das crianças

Para comemorar o Dia das Crianças, os shoppings Anália Franco, MorumbiShopping, Vila Olímpia e ParkShopping São Caetano prepararam atrações especiais durante o mês de outubro. 

De 06 a 25, os clientes poderão participar da promoção Dia das Crianças Musical: a cada R$ 200 em compras, concorrem na hora a um fone Bluetooth, são três opções de cores. Além de ser sem fio, o presente toca rádio FM, possui bateria com duração de até 5 horas. 

O cadastro das notas acontecerá exclusivamente pelo superapp MULTI – disponível para Android e iOS, sem fila e com todo conforto. Após validação das notas o cliente saberá na hora se foi contemplado com um fone sem fio. 

E a retirada dos prêmios, pelos ganhadores, acontecerá de forma inédita, aliando inovação e segurança. Foram instaladas máquinas em cada um dos empreendimentos, que entregarão os fones para todos que possuírem o QRCode premiado. As máquinas foram montadas especialmente para essa promoção, com objetivo de facilitar a retirada dos prêmios e evitar contato, para o cuidado de todos.

Vale ressaltar que serão válidas também as notas fiscais de compras realizadas pelo drive-thru ou delivery, desde que o cupom fiscal seja emitido por uma das lojas aderentes.

A promoção acontece simultaneamente em todos os shopping centers, mas de forma independente. Confira os regulamentos completos, lojas participantes e mais informações nos sites de cada um deles:

https://www.shoppinganaliafranco.com.br

https://www.morumbishopping.com.br

https://www.shoppingvilaolimpia.com.br

https://www.parkshoppingsaocaetano.com.br

Show Exclusivo Beatles Para Crianças

E como uma forma de presentear os pequenos e proporcionar uma diversão em família, os shoppings preparam um show inédito da banda Beatles para Crianças. A estreia acontecerá no dia 11 de outubro, a partir das 16h30, no Instagram de todos os empreendimentos. 

A banda, criada por Fábio Freire e Gustavo Manetti, é sensação entre todas as idades e gravou “A Misteriosa Viagem Mágica” ao vivo no Teatro MorumbiShopping, com exclusividade para a Multiplan.

Ação Especial GRAACC

E como uma ação social, para ajudar outras crianças, os shoppings também convidarão os clientes a contribuir com o GRAACC, hospital referência no tratamento e pesquisa do câncer infantojuvenil na América Latina. As doações poderão ser feitas diretamente para instituição, pelo site: https://www.graacc.org.br/presente-solidario/acao-solidaria-multiplan/ 

Essa é mais uma ação do Multiplique o Bem. Esse projeto é um hub de iniciativas adotadas pela Multiplan com o propósito de contribuir com o desenvolvimento social e a qualidade de vida nas comunidades onde os shoppings da companhia estão presentes. 

Sobre o superapp MULTI

O aplicativo também oferece outras funcionalidades além da troca de notas fiscais, como o serviço Busca & Leva, que permite que os clientes escolham o que desejam comprar e um shopper retire o produto desejado na loja para receberem em casa, ou o serviço de entrega de restaurantes e fast-foods presentes no shopping.  Também é possível ver informações de lojas, novidades e muito mais.

Serviço:

Promoção Dia das Crianças

Período: 06 a 25 de outubro

Mecânica: cada R$ 200 em compras em cada empreendimento, os consumidores concorrem na hora a um fone BlueTooth. É necessário cadastrar no app Multi por onde os ganhadores receberão um QRCode para retirar o brinde em uma vending machine em cada shopping. 

Show exclusivo da banda Beatles para Crianças

Data: 11/10 – domingo.

Horários: a partir das 16h30

Local: Instagrams dos Shoppings Anália Franco, MorumbiShopping, Vila Olímpia e ParkShopping São Caetano

Sobre o Shopping Anália Franco

O Shopping Anália Franco é referência em moda, estilo e sofisticação na Zona Leste de São Paulo. Foi inaugurado em novembro de 1999, sendo o segundo shopping da Multiplan localizado na cidade de São Paulo, e contribuiu para a valorização da região. Desde então o empreendimento faz parte da vida dos moradores, sendo uma opção completa para compras, serviços e entretenimento para a família, garantindo praticidade e conforto. A concepção arquitetônica e o cuidado com a ambientação, por meio de paisagismo, iluminação natural, corredores largos e pé direito alto, também são fortes atrativos. Atualmente, o Shopping Anália Franco possui 403 lojas. Entre a variedade de serviços e lazer estão redes como Companhia Athletica, Laboratório Fleury, Tok&Stok e UCI Cinemas, com nove salas, sendo uma delas IMAX e uma 4DX. Ainda possui relevantes marcas nacionais e internacionais como Swarovski, Nespresso, Sephora, MAC, Osklen, Calvin Klein, Lacoste, Pandora, Le Lis Blanc e Ricardo Almeida. Na gastronomia, estão os restaurantes Abbraccio, Almanara, America, Frutaria SP, Madero, Nahoe Sushi, Outback SteakHouse e The Fifties. Completam a lista, 21 opções de fast-food instaladas na praça de alimentação, além de cafés e doçarias.

Sobre o MorumbiShopping
Desde 1982, o MorumbiShopping atua na vida e na moda do paulistano com um espaço democrático e um mix de lojas atual, moderno e variado. São, ao todo, 483 lojas dos mais diversos segmentos, como a Apple, Forever 21, Sephora, Coach, New Balance, Ricardo Almeida, FIT, Animale, as âncoras C&A, Renner, Zara e Riachuelo. Grande variedade de lojas para atender a todas as necessidades de seus clientes. A criação da Ala Morumbi Fashion, em 1984, e do GourmetShopping, em 1989, frisam o pioneirismo no DNA do MorumbiShopping. Foi o primeiro Shopping a criar uma área exclusiva de moda, com marcas nacionais e internacionais, e reúne, em um espaço reservado, 23 dos restaurantes mais prestigiados de São Paulo, como Pobre Juan, Zucco, Pirajá, entre outros. Premiado pelos principais veículos de São Paulo como o shopping mais completo, o MorumbiShopping posicionou-se como referência na cidade como um espaço democrático, que tem tudo para todos.

Sobre o Shopping Vila Olímpia

Inaugurado em novembro de 2009, o Shopping Vila Olímpia possui 191 lojas, um piso todo dedicado à alimentação, boliche com as 12 pistas mais modernas do País e sete salas de cinema Kinoplex, entre elas as duas primeiras salas Platinum do grupo Severiano Ribeiro. Desde 2014, o  empreendimento também conta com o Teatro Claro (antigo Theatro Net São Paulo), resultado da parceria da Brain Mais e a CLARO, que reúne conforto e tecnologia, com 2.300 m², capacidade de 799 lugares e estrutura para receber grandes espetáculos. O Shopping Vila Olímpia é uma opção para os consumidores das regiões que compreendem sua área de abrangência, tanto aqueles provenientes dos edifícios comerciais, como os moradores do entorno. Possui um mix de lojas variado, que alia marcas como Richards, VR, Forever 21, Renner e Riachuelo; uma forte oferta de serviços, estética e beleza, assim como diversas opções de gastronomia, com destaque para Madero, Outback, Pecorino, a 1ª operação do Abbraccio no Brasil, e novidades como Coco Bambu Conceito e Bullguer.

Sobre o ParkShoppingSãoCaetano

Inaugurado no final de 2011, o ParkShoppingSãoCaetano foi construído no novo bairro da cidade de São Caetano do Sul, o Espaço Cerâmica: um complexo multiúso com edifícios residenciais e comerciais em uma área de 300 mil m². O shopping possui 218 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas distribuídas em dois pisos (São Caetano e São Paulo). Com foco nos públicos das classes A e B, o ParkShoppingSãoCaetano atende não só as cidades do Grande ABC como também a bairros de São Paulo localizados em seu entorno, como Ipiranga, Nova Saúde, Mooca, Vila Prudente, entre outros. O empreendimento, portanto, tem a característica de ser regional e, para isso, há a preocupação constante em aperfeiçoar o seu mix de lojas para ser o mais completo nas áreas de moda, serviços, lazer e alimentação da região. Outra preocupação é sempre trazer ao consumidor da região novas operações até então inéditas em shoppings do ABC.  O ParkShoppingSãoCaetano conta ainda com o Supermercado St Marche. 

Sobre a Multiplan

A Multiplan possui atualmente 19 shopping centers em operação e é uma das maiores empresas do setor no Brasil. A companhia também atua estrategicamente no desenvolvimento de imóveis comerciais e residenciais, com projetos multiúso que geram sinergias para as operações de shopping centers, oferecem conveniência e comodidade aos usuários, e geram valor a seus ativos. Fundada em 1974 como empresa full service, é responsável pelo planejamento, desenvolvimento, propriedade e administração de um dos melhores portfólios de empreendimentos imobiliários do país. O ParkJacarepaguá, em construção no Rio de Janeiro, será o 20º shopping da companhia.

Os shopping centers da Multiplan totalizam mais de 5.800 lojas, tráfego anual estimado em 190 milhões de visitas e área bruta locável (ABL) de 835 mil m². Ao final do segundo trimestre de 2020, a Multiplan também detinha dois conjuntos de torres comerciais que somados à ABL de shopping centers resultam em ABL total de 922 mil m². Mais informações em www.multiplan.com.br.

Assessoria de imprensa 

MktMix Assessoria de Comunicação
Ana Claudia Gomes – anaclaudia.gomes@mktmix.com.br
Virgínia Ribeiro – virginia@mktmix.com.br
Luís Dolci – luisdolci@mktmix.com.br
Whatsapp (11) 96327-8417

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA INFÂNCIA

🥦 • ➡️ Siga @rosangelalsnutri para receber mais posts como esse 

Quando se trata de alimentação saudável para crianças, muitas são as dificuldades encontradas pelas famílias, como a falta de tempo e até a pouca intimidade com a cozinha. Essas são umas das principais queixas em consultório, visto que a correta nutrição infantil exige tempo, atenção, paciência, persistência e criatividade. Uma alimentação saudável para as crianças é uma alimentação variada, saborosa, colorida, segura, que engloba todos os nutrientes essenciais para promover uma adequada qualidade de vida. Sem contar que cada faixa etária apresenta uma demanda nutricional específica e a oferta de nutrientes é de grande importância para um adequado crescimento e desenvolvimento corporal e neurológico.

Necessidades por faixa etária: 

2 a 5 anos: hortaliças e fontes de cálcio (lácteos e folhas verdes), importantes para o crescimento e desenvolvimento dos ossos. Nesta fase a criança já consome os mesmos alimentos que a família e precisa ser estimulada a comer frutas e hortaliças inteiras.

6 a 10 anos: na idade escolar é muito comum o apetite aumentar, mas é necessário que os alimentos consumidos sejam saudáveis para dar energia sem contribuir para o sobrepeso. Ofereça carboidratos saudáveis (batata doce, aipim, inhame, batata baroa, batata inglesa), aveia, frutas, verduras e o tradicional arroz e feijão, esses alimentos devem fazer parte do cardápio ofertado diariamente.

Acima de 11 anos: Fase característica onde os  pré-adolescentes quererem trocar os alimentos por fast foods ricos em sódio, açúcar, gorduras saturadas e trans, podendo trazer um impacto negativo à saúde. É importante limitar o consumo destes alimentos a alguns momentos específicos na semana.Incentive seu filho a ter hábitos alimentares saudáveis, você é  um exemplo para ele.

FESTIVAL BRASILEIRO DISPONIBILIZA 15 ANIMAÇÕES GRATUITAS

Filmes fazem parte do Takorama Brasil – Festival Internacional de Cinema. Entre os destaques da programação está “O Macaco Homem”, que conta a história de um macaco que luta contra o desmatamento da floresta amazônica.

Curtas metragens do calibre de Meu Estranho Avô”, da diretora Dina Velikovskaya (Rússia), “O Emprego”, de Santiago Bou Grasso (Argentina) e “O Complexo do Porco-espinho”, de LISAA (França), são algumas das animações que poderão ser assistidas gratuitamente de casa, durante o final de semana. As exibições fazem parte do Takorama Brasil – Festival Internacional de Cinema, que segue com uma programação inédita até o dia 28 de outubro. Os filmes que costumam ser sucesso entre as crianças, também poderão ser vistos pelos adultos, que são fãs desse tipo de produção, através do site:  www.takorama.com.br.

O objetivo do festival é levar o cinema para as casas das pessoas durante esse momento de isolamento e também conectar a sétima arte com a educação, os pais e professores, permitindo que as crianças e os jovens descubram novos filmes, novas histórias e novos universos visuais.

“Além da educação cinematográfica e artística, o festival permite que as animações sejam não só apenas uma ferramenta de entretenimento, mas também uma ferramenta de comunicação, uma vez que o festival também permite que as crianças, jovens, pais e professores participem do festival de forma interativa, colaborando com a votação das melhores exibições.” comenta Liana Vila Nova, Diretora da Associação Internacional Films pour Enfants, na America Latina.

Além disso, a plataforma do festival oferece um material pedagógico para cada filme a serviço das famílias e educadores, que podem questionar os filmes e desenvolver atividades educativas junto com as crianças. Os professores podem participar do festival com sua turma e incluir uma experiência lúdica e inovadora nas atividades escolares.

Entre os curtas, estão “O Edifício”, de Tomoyoshi Joko (Japão, 2018), que aborda o tema de respeitar as diferenças e a conviver com respeito a partir da história de um grande edifício que salva pequenas casas de uma inundação. “Olá”, de Julio Cesar Velazquez (Argentina, 2014), que apresenta adoráveis personagens em formas geométricas aprendendo a se conhecer e o “O Melhor Brinquedo”, de Gabriel Lin (EUA, 2014), que traz uma corrida, perdida de antemão, onde um menino tentará transformar o seu brinquedo para fazer com que pareça o mais tecnológico dos brinquedos.

A programação de filmes que trazem abordagens sobre tolerância, empatia, amizade, ecologia e cidadania, também conta com títulos como, “O Tubarão do Aquário”, de Ashley Farlow (EUA, 2014), que conta a história de um pobre tubarão em seu aquário pequeno. “O Complexo do Porco-espinho”, de LISAA (França, 2013), que traz uma história para refletir sobre o bullying, o sentimento de rejeição, falta de autoconfiança e as tribulações de uma jovem ouriço, “Você Parece Assustador”, de Xiya Lan (EUA, 2016) , que mostra à tona emoções comuns para as crianças, como por exemplo rir de medo do dentista.

Entre os mais vistos pela faixa etária de 9, 10 e 11 anos, estão “Iguais”, de D.M.Lara & R.C.Mendez (Espanha, 2016), que em uma sociedade conformista e uniforme, um pai tenta colocar o seu filho no caminho certo e leva a questionar se é mesmo o melhor caminho. “O Cão Só”, de Mike A. Smith (EUA, 2014) faz uma homenagem aos desenhos animados dos anos 1940 sobre o sonho de um cachorro em sair de casa e “Meu Estranho Avô”, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011), que exibe uma amizade entre uma menina e o seu avô excêntrico. 

Outros títulos que podem ser acessados são “Vagamundo”, de Pedro Ivo Carvalho (Dinamarca, 2014), que retrata a história de um jovem que para salvar o seu cachorro, embarca em uma busca frenética em um mundo distópico, “Aparência e Realidade”, de E.Rogova & Z. Pavlenho (EUA, 2014) que conta uma pequena história sobre os sentimentos que mostramos ou escondemos e “Antípoda”, de Frodo Kuipers (Bélgica, 2001), onde tudo vai bem no melhor dos mundos possíveis, até o dia em que, do outro lado do espelho, chega um novo habitante e vira o tudo de cabeça para baixo.

Outros três filmes recomendados são “O Macaco Homem”, de J.Tereso & F.Maldonado (Argentina, 2012), que conta história de um macaco muito inteligente, lutando contra o desmatamento da floresta amazônica, “O Emprego”, de Santiago Bou Grasso (Argentina, 2008) que traz uma sátira com homens alienados e reduzidos a mero objetos e “Sr. COK”, de Franck Dion (França, 2014) que em busca de eficiência e lucro, o Sr. Cok fabrica bombas e decide substituir seus trabalhadores por robôs.

PROGRAMAÇÃO

O Edifício, de Tomoyoshi Joko (Japão, 2018)

Olá, de Julio Cesar Velazquez (Argentina, 2014)

O Melhor Brinquedo, de Gabriel Lin (EUA, 2014)

O Tubarão do Aquário, de Ashley Farlow (EUA, 2014)

O Complexo do Porco-espinho, de LISAA (França, 2013)

Você Parece Assustador,de Xiya Lan (EUA, 2016)

Iguais, de D.M.Lara & R.C.Mendez (Espanha, 2016)

O Cão Só, de Mike A. Smith (EUA, 2014)

Meu Estranho Avô, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011)

Vagamundo, de Pedro Ivo Carvalho (Dinamarca, 2014)

Aparência e Realidade, de E.Rogova & Z. Pavlenho (EUA, 2014)

O Macaco Homem, de J.Tereso & F.Maldonado (Argentina, 2012)

O Emprego, de Santiago Bou Grasso (Argentina, 2008)

Sr. COK, de Franck Dion (França, 2014)

SERVIÇO

Takorama Brasil – Festival Internacional de Cinema
Acesso gratuito e ilimitado pelo site www.takorama.com.br
Pré-cadastro pelo site a partir do dia 30 de agosto
Contato para informações: (81) 9 9263.1616 e e-mail: takoramabr@gmail.com
Classificação indicativa: 3 à 17 anos
LINK COM FILMES: http://www.takorama.org/ 
Acompanhe o Takorama nas redes sociais
Instagram: @takoramabr
Facebook: @takorama.br
Canal Youtube: Takorama Festival de Cinema

Shoppings do Grande ABC convidam para Desafio da Criatividade

Crianças e adolescentes são desafiados a buscarem soluções para a Covid-19 na campanha dos shoppings da região, com participação totalmente virtual e gratuita

Em outubro, mês das crianças, o Atrium Shopping, o Shopping ABC e o Shopping Praça da Moça, em parceria com a Happy Code e a Escola Aprendiz, realizam o Desafio da Criatividade, uma competição 100% online que convida famílias a se juntarem na busca por soluções para a Covid-19. As inscrições acontecem até o dia 6 de outubro.

Grupos de até 4 pessoas, com pelo menos uma criança, podem se inscrever. Crianças e adolescentes de 7 a 12 anos, acompanhadas de um responsável, participam mandando ideias de equipamento, tecnologia ou solução que pode ser inventada para ajudar na adaptação do ‘novo normal’. As instruções para inscrição estão no site de cada empreendimento.

Serão três etapas: descoberta, ideação e prototipagem e apresentação da solução por meio de um vídeo simples. Cada uma delas conta com os materiais de apoio disponíveis online. A última deve ser entregue por WhatsApp até o dia 6 de outubro. Todos os vídeos e ideias serão avaliados por uma banca formada por representantes de cada shopping, Happy Code e Escola Aprendiz. O resultado será divulgado em uma live simultânea nas redes sociais, no dia 10 de outubro, às 17h.

A criança da equipe vencedora leva duas bolsas de estudos, uma para um curso online na Happy Code Santo André e outra para um curso presencial – quando as aulas forem retomadas – na Escola Aprendiz e pode escolher entre Street Dance, Teatro ou Culinária. Além disso, o grupo também ganha um kit surpresa dos shoppings. O segundo e terceiro lugar também serão premiados com cursos e kits.

Atrium Shopping
De segunda a domingo, das 12h às 20h
Rua Giovanni Battista Pirelli, 155 – Vila Homero Thon, Santo André
Telefone: (11) 3135-4500
Estacionamento visitantes: De segunda-feira a sábado e feriados: 9 reais até 2 horas + 2 reais cada 2 horas adicionais. Aos domingos, 50% de desconto.

Shopping ABC
De segunda a domingo, das 12h às 20h
Av. Pereira Barreto, 42, Vila Gilda – Santo André – SP
Telefone: (11) 3437-7222
Estacionamento visitantes: Carros 10,00 até 3 horas + 2,00 por hora adicional ou fração

Shopping Praça da Moça
De segunda a domingo, das 12h às 20h
Rua Manoel da Nóbrega, 712 – Centro, Diadema
Telefone: (11) 4057-8900
Estacionamento visitantes:  Carros 9,00 até 3 horas + 1,00 por hora adicional ou fração / Motos 9,00 a diária.

Vacinação contra influenza termina nesta quarta-feira (30/09)

Termina nesta quarta-feira, dia 30, a campanha de vacinação contra a influenza. Moradores estão sendo imunizados contra a doença, independente de idade ou de estarem em grupos de risco. As vacinas são aplicadas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nas 10 UBSs e USFs da cidade. 

Importante ressaltar que quem já foi vacinado contra a influenza neste ano não deve ser imunizado novamente. Pessoas que integram os grupos prioritários e não receberam a dose da vacina devem procurar uma das unidades de saúde dentro do prazo, para garantir a imunização.

Até a última semana, foram imunizadas contra a influenza 46.510 pessoas no município.

Sarampo – A vacinação contra o sarampo será realizada até 30 de outubro dentro da seguinte estratégia:

– Vacinação intensificada para população de 6 meses a 29 anos, de acordo com a avaliação da situação vacinal e vacinação conforme o calendário vacinal vigente;

– Vacinação indiscriminada (independente da situação vacinal) na faixa etária de 30 a 49 anos, em consonância com o Ministério da Saúde.

Esquema especial de atendimento foi estruturado pelas equipes da Saúde Municipal para receber os moradores nas UBSs e USFs – de forma a evitar aglomerações ou proximidade entre as pessoas. Medidas de higiene foram reforçadas nesses pontos, bem como as orientações e procedimentos de segurança para as equipes contra a COVID-19.

Pontos de Vacinação – segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 17h:

UBS CENTRAL

Rua Dr. Virgílio Gola, 24 – Centro

UBS CENTRO ALTO

Rua Aurora, 61 – Centro Alto

USF GUANABARA

Rua Fermino G. Pereira, 398 – Vila Gomes

USF JD. LUSO

Rua Julio Prestes, 22 – Jardim Luso

USF JD. VALENTINA

Rua Francisco Tometich, 905 – Jardim Valentina

USF JD. CAÇULA

Rua Fagundes Varela, 08 – Jardim Caçula

USF OURO FINO

Rodovia Índio Tibiriçá s/n, ao lado 2753 – Centro – Ouro Fino Paulista

USF QUARTA DIVISÃO

Estrada da Sondália, 520 – Quarta Divisão

UBS SANTA LUZIA

Rua Prof. Antonio Nunes, 551- Santa Luzia

USF VILA SUELI

Rua Antonio Zampol, 221 – Vila Sueli

Creches de Rio Grande da Serra abrem inscrições para 2021

Na próxima terça-feira (15) começam as inscrições para as creches EMEB – Escola Municipal de Educação Básica – em Rio Grande da Serra, referente ao ano de 2021.

As vagas serão para crianças de 0 a 3 anos, e seguem abertas até o dia 30 de outubro.

Os cadastros devem ser feitos das 9h às 16h, na Secretaria de Educação e Cultura, na Avenida Dom Pedro I, nº 487 – Centro de RGS.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

(todos xerox, exceto foto):

– Certidão de Nascimento da Criança.

– RG e CPF da criança

– Carteira de Vacina da criança

– Cartão do SUS da criança

– Cartão da Bolsa Família

– 1 foto 3X4 da criança

– RG e CPF do pai e da mãe

– Renda familiar da mãe (ex: Carteira de Trabalho ou holerite)

– Comprovante de Residência (em nome de pais ou responsável legal, conta de água, conta de energia elétrica, conta de telefone, conta de gás, boleto bancário, fatura de cartão de crédito

Fonte: Diário de Ribeirão Pires