Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens

Inscrições para curso, e bolsas de estudo, oferecido pela Digital House vão até 1º de julho

Relatório da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) aponta que a área de Tecnologia da informação (TI) demandará 420 mil profissionais até 2024. Para suprir essa demanda, seria necessário capacitar, anualmente, pelo menos, 70 mil pessoas para atuar em carreiras, como desenvolvimento de software, engenharia de redes e ciências de dados. No entanto, o Brasil forma apenas 46 mil profissionais por ano na área.

Atenta a essa realidade, a Digital House, em parceria com o Mercado Livre e a Globant, criou o Certified Tech Developer, curso destinado a jovens que acabaram de concluir o ensino médio e precisam de uma qualificação para se colocar no mercado de trabalho. “O curso foi desenvolvido para que, em um período de dois anos, o aluno adquira todos os conhecimentos técnicos necessários para sua inserção no mercado da indústria tecnológica”, explica Sebastian Mackinlay, CEO da Digital House Brasil.

As inscrições para a segunda edição do Certified Tech Developer, cujas aulas têm início em 9 de agosto, estarão abertas até 1º de julho de 2021. Para esta edição do programa, serão concedidas 1000 bolsas de estudo de 95%. O programa quer atrair, principalmente, estudantes de baixa renda, mulheres e outras minorias para a área da tecnologia. Os candidatos deverão cumprir as etapas do processo seletivo conforme prazos informados durante o processo. Quanto antes conseguirem concluir todas as etapas, mais chances de serem contemplados com uma das bolsas. A primeira edição do programa teve mais de 45 mil inscritos para 250 bolsas, uma relação de 180 candidatos por vaga.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

O CEO da Digital House enfatiza que na América Latina existe uma crescente demanda por perfis com especialização tecnológica e uma baixa porcentagem de jovens que se capacitam para trabalhar nesta indústria, especialmente, nas camadas mais carentes da população. “Nesse sentido, o Certified Tech Developer vem atender a demanda urgente do mercado por mão de obra qualificada e, com a concessão de bolsas, oferecer ao jovem de baixa renda a oportunidade de se inserir em uma área cuja taxa de empregabilidade é alta, além da excelente remuneração, que pode transformar a sua condição social”, acredita Mackinlay.

O Certified Tech Developer tem foco na prática e na formação para o mercado de trabalho. De acordo com Mackinlay, a proposta é oferecer ao jovem a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho com uma remuneração atrativa, sem que precise fazer um curso universitário. Para isso, o programa se baseia no ensino de habilidades já utilizadas por empresas de tecnologia que são referência no mercado. Além disso, a metodologia de sala de aula invertida, em que o aluno estuda a parte teórica nos momentos fora da aula e usa o período de aula para praticar, dá a oportunidade para que o indivíduo tenha contato e busque soluções para problemas reais desde as primeiras aulas.

“O curso foi estruturado para que, durante o primeiro ano, o aluno estude de forma intensiva a fim de que, ao final deste período, ele tenha conhecimentos suficientes para ingressar imediatamente no mercado de trabalho. Já no segundo ano, a carga horária se torna menor e mais flexível para que o aluno consiga conciliar trabalho e estudo”, salienta o executivo.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Cenário
Somente entre os meses de março e setembro de 2020, o país fechou 897 mil vagas com carteira assinada, de acordo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A maior parte das baixas aconteceu nos setores de Serviços e Comércio. Ao todo, foram perdidas 181 mil vagas de vendedores em lojas e mercados – o dobro do número de vagas fechadas na indústria. Isso sem contar 1,4 milhão de trabalhadores domésticos que perderam o emprego no mesmo período, ainda de acordo com o IBGE.

Tal cenário mostra que se por um lado a crise sanitária provocou a aceleração da chamada transformação digital, por outro ela acelerou também a tendência de extinção de funções consideradas mais mecânicas. Um relatório da consultoria McKinsey estima que funcionários de atendimento ao público em setores como Varejo, Turismo, Alimentação e profissionais de apoio em escritórios terão os cargos ameaçados de extinção até 2030. Serão 100 milhões de vagas a menos apenas nos oito países que foram foco de estudo da consultoria.

O fato é que as funções mecânicas tendem a ser substituídas pela tecnologia e a transição de emprego e mesmo a inserção no mercado de trabalho irá demandar mais estudos. Nesse contexto, jovens, minorias e aqueles com menor educação formal serão os mais prejudicados. “Tudo isso mostra a urgência da necessidade de as pessoas buscarem, desde já, alternativas para manterem a sua empregabilidade no pós-pandemia. Levando em conta que a automação das atividades é um caminho sem volta, as carreiras digitais se tornam uma das alternativas mais viáveis”, acredita o CEO da Digital House.

SERVIÇO
Curso Certified Tech Developer
Inscrições: de 1/6 a 1/7 pelo site https://www.digitalhouse.com/br/bolsas/certifiedtechdeveloper
Início das aulas: 9/8

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens”?

Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens
Inscrições para curso, e bolsas de estudo, oferecido pela Digital House vão até 1º de julho. Foto de ThisIsEngineering no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Programa Qualieducação lançado em Santo André

Com o objetivo de promover a modernização das unidades da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Santo André está lançando o programa Qualieducação, que irá proporcionar melhorias no ambiente escolar, com reformas, manutenção, informatização e um padrão visual único. A iniciativa prevê também a implementação de novas tecnologias e a humanização do ensino aliada à qualificação dos profissionais da rede.

“A pandemia de Covid-19 nos desafiou a renovar a Educação, implantando tecnologia e novos métodos de aprendizado, capazes de encurtar distâncias e integrar os alunos. E o Qualieducação corrobora este processo. Desde o início, buscamos as melhores alternativas e plataformas utilizadas no Brasil e no mundo para concretizarmos um novo modelo de Educação para a nossa rede”, enfatizou o prefeito Paulo Serra.

O programa foi desenvolvido em três eixos principais: a formação aliada à humanização, o investimento em tecnologia e a manutenção das unidades. Todos os recursos necessários serão oriundos do próprio orçamento da Secretaria de Educação, que já possui contratos ativos (licitações já homologadas) e termos de cooperação sem custos ao município.

Para adequar as escolas à nova rotina que mesclará aulas presenciais com o ensino remoto, foram adquiridos 568 computadores, que já estão instalados em todas as salas de aula de 51 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental), em três creches (que possuem atendimento para educação infantil) e cinco Centros Públicos de Formação Profissional.

Em junho serão distribuídos tablets para alunos e professores do 4° e 5° ano do ensino fundamental, sendo 7.192 para os estudantes e 293 para os docentes destas turmas. Serão distribuídos ainda 529 tablets para os professores das creches municipais.

Uma parceria com a Microsoft, sem custo para os cofres públicos, possibilitará o acesso dos 33 mil alunos da rede e todos os professores à plataforma Teams, específica para atender as necessidades do universo da educação.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

A plataforma Teams possibilita, por exemplo, que os professores criem salas de aula virtuais, reunindo todos os alunos simultaneamente. A ferramenta permite ainda reuniões com cerca de 300 pessoas, tem opção de armazenamento de dados, entre outras funções.

“A qualificação profissional e humanização do ensino serão prioridades no retorno das aulas presenciais”, destacou a secretária de Educação, Cleide Bochixio. Por isso o Qualieducação proporcionará ações como o curso Trilhas de Formação para o Ensino Híbrido, fruto de uma parceria sem custo com o Instituto Singularidades, que será oferecido a todos os professores para garantir sustentabilidade no processo de ensino e aprendizagem em um novo formato.

Outros exemplos são a parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC) para realização de formação online para professores de alfabetização e para alfabetização matemática. Bem como uma parceria com a Fundação Santo André que possibilitará a oferta de pós-graduação em gestão escolar para os diretores das escolas municipais.

Com foco na humanização da rede, duas importantes ações podem ser destacadas: a oferta de apoio psicoemocional aos profissionais das escolas, e a implementação de atendimento com assistentes sociais para realização de busca ativa de alunos evadidos no período de pandemia e também para apoiar e encaminhar para a rede de apoio as famílias em situação de vulnerabilidade social.

“Esse programa vai muito além da aquisição de equipamentos tecnológicos. Está relacionado, principalmente, ao investimento em pessoas, para que se apropriem das ferramentas para instaurar novas práticas pedagógicas, e assim alcançarem os alunos e promoverem a interação necessária para que as crianças aprendam, as famílias acompanhem e participem do processo, em uma nova prática escolar”, concluiu Cleide Bochixio.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Programa QualieducaçãoNova identidade e manutenção itinerante – As escolas municipais receberão uma nova identidade visual, com padronização de cores, além de manutenção e reformas. As intervenções serão realizadas após vistorias prévias, para que cada unidade receba ações de acordo com a necessidade. As obras de grande porte serão realizadas durante as férias.

A suspensão das aulas presenciais permitiu que as reformas do Qualieducação tivessem início. Ao todo 26 unidades passam por intervenções, sendo 13 Emeiefs, quatro Cesas (Centros Educacionais de Santo André) e nove creches, além do Nanasa (Núcleo de  Natação Adaptada de Santo André), que já teve sua recuperação concluída.

Além disso, três vans totalmente equipadas e com profissionais especialistas em manutenção serão disponibilizadas para atender as mais de cem escolas municipais de Santo André, que serão divididas em regiões para que cada veículo atenda em média 35 escolas, realizando manutenções preventivas e corretivas.

| Texto: Paola Zanei
| Fotos: Angelo Baima/PSA

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Programa Qualieducação lançado em Santo André”?

Programa Qualieducação  lançado em Santo André
Programa Qualieducação lançado em Santo André

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Treinamento online e gratuito sobre Segurança de Aplicações

A Conviso – empresa pioneira em segurança de aplicações –  passou a oferecer de forma aberta e gratuita em seu canal de YouTube o treinamento AppSec Starter – um treinamento básico, online e gratuito, sobre a conceitual de conscientização em segurança de aplicaçõesO programa é composto por 15 vídeos, onde conceitos básicos sobre segurança de aplicações são destrinchados por especialistas da empresa.

Ao longo dos vídeos, temas como Modelagem de Ameaças, Owasp Top 10 e Testes de Segurança de Aplicações são abordados em uma linguagem didática e acessível. “Nossa ideia ao liberar o curso de forma gratuita é conscientizar o mercado acerca da importância de segurança de aplicações”, explica Wagner Elias, CEO da Conviso.O curso foi criado originalmente para facilitar a entrada  de novos colaboradores da empresa em uma cultura de AppSec. Agora, ele está aberto e acessível na íntegra para que qualquer profissional com interesse em aprender mais sobre o tema possa ingressar nos conceitos iniciais de segurança de aplicações.

 “Todos os profissionais envolvidos com desenvolvimento de software podem se beneficiar com as informações contidas no curso”, esclarece Wagner. Esta não é a única iniciativa realizada pela Conviso para fomentar o mercado de Segurança de Aplicações. Além do curso, uma série de Webinars gratuitos sobre o tema acontecem mensalmente e com a presença de convidados. Além disso, a Conviso tem ainda o próprio podcast sobre o tema – o AppSec to Go –  além do denso conteúdo que é disponibilizado no Blog da Conviso

O treinamento Starter está disponível integralmente no canal do YouTube da Conviso: https://bit.ly/3fpZQi5


Sobre a Conviso

Pioneira em Segurança de Aplicações e com mais de 13 anos de experiência em projetos e produto especializados no setor, a Conviso é uma empresa de DNA brasileiro, mas já consolidada no mercado global de AppSec. É a criadora do AppSec Flow, a plataforma completa de DevSecOps. Em sua carteira de clientes constam os principais bancos nacionais, bem como os grandes sites de comércio eletrônico e grandes players do setor de pagamentos de todo o mundo.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Treinamento online e gratuito sobre Segurança de Aplicações”?

Treinamento online e gratuito sobre Segurança de Aplicações
Imagem: Reprodução IstoÉ Dinheiro

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Você sabe o que é IELTS?

Fabrício Vargas é autor de “Você sabe o que é IELTS?”.

Para quem está planejando estudar ou morar fora, provavelmente já se deparou com a sigla IELTS, não é mesmo?!

A sigla que significa International English Language Test System. É uma certificação internacional com amplo reconhecimento acerca da proficiência da língua inglesa. O exame pode ser realizado em mais de 100 países, inclusive na China. O IELTS serve, principalmente, para comprovar a proficiência em inglês de uma determinada pessoa.

O IELTS é ministrado, em conjunto, entre a Universidade de Cambridge, Conselho Britânico e IDP Education Pty Ltd.

Como funciona o IELTS?

O exame avalia algumas habilidades, tais como:

Listening (compreensão auditiva);

Reading (leitura);

Writing (escrita);

Speaking (conversação).

Há dois tipos de prova: General e Academic. Qualquer que seja a modalidade escolhida, a prova tem uma duração de 2 horas e 45 minutos.

IELTS Academic

Esse é mais adequado para quem pretende aplicar para universidades ou instituições de ensino superior, ou seja, para graduação ou pós-graduações.

IELTS General

Mais indicado para quem deseja realizar cursos que não sejam de graduação, trabalhar ou para casos de imigração para um país de língua inglesa como Canadá, Austrália, Nova Zelândia ou Reino Unido.

Assim como outros exames de proficiência, não existe uma média de aprovação no IELTS. O que isso significa? Que não há reprovação no IELTS. O resultado mostrará seu nível de proficiência em uma escala entre 0 a 9, onde 0 é a nota mais baixa e 9 a nota mais alta.

Para se ter uma ideia: uma boa pontuação do IELTS corresponde a uma nota entre 6 e 9 pontos.  Os resultados, além de mostrarem uma nota geral, mostra também as notas por cada sessão. Além disso, cada Universidade ou órgão tem autonomia para estabelecer a nota mínima exigida. Por isso, quanto maior sua nota, melhor. 

Assim, é muito importante começar a estudar com muita antecedência para realizar esse teste. Procurar uma escola especializada no IELTS é fundamental e é isso que nós, da Uniway, fazemos. Ajudamos nossos alunos a realizarem sonhos. Somos uma edtech de ensino de inglês com uma metodologia criada para que você atinja os melhores resultados. Somos especializados nos exames IELTS, TOEFL e TOEIC.

Fabrício Vargas é fundador da Mundo Intercâmbio, CEO da Uniway School e um apaixonado pela educação inovadora. Ele morou por mais de cinco anos na Europa, especificamente na Inglaterra e na Irlanda, onde trabalhou como intérprete nas Cortes Inglesa e Irlandesa.

Com o seu retorno para o Brasil, teve contato com o ensino de inglês em escolas e cursos particulares, quando ficou mais evidente que o modelo de ensino brasileiro ainda era muito arcaico e engessado. Para motivar e engajar os estudantes no processo de ensino e aprendizagem da língua inglesa, eram necessários métodos mais criativos, motivadores e estimulantes.

E foi com este propósito, e desafio, que em 2017 foi fundada a Uniway School, uma edtech focada tanto no ensino de inglês como nas avaliações de proficiência, tais como TOEFL, TOEIC e IELTS.  Quatro anos depois, a Uniway School já está presente em mais de 50 países e com mais de centenas de alunos.  Para mais informações: https://uniwayschool.com/

Gostou da nossa matéria “Você sabe o que é IELTS?“?

Você sabe o que é IELTS?
Você sabe o que é IELTS. Foto: Fabrício Vargas/Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Semana de Moda Sustentável de Diadema começa nesta segunda

A Semana de Moda Sustentável de Diadema (SMSD), primeira do gênero na região, surgiu para aproximar a Cultura da Moda da população em geral, abordando temas como proteção ao meio ambiente, faça-você-mesmo e geração de renda. A abertura será nesta segunda, dia 10, às 20h, em www.instagram.com/chesllerloja

“Um dos desafios foi pensar em um evento que pudesse acontecer com as restrições da pandemia e que, ainda assim, contasse com a participação das pessoas,” explica o estilista Chesller Moreira. “Trabalhamos então com ensino à distância, bate-papos virtuais, desfiles online e até mesmo quem participar dos cursos e quiser exibir sua peça pronta terá a chance de fazer o seu desfile.”

Interessados nos cursos devem preencher o formulário em https://forms.gle/nJhYZqFhWag9q5ry8 e garantir sua vaga – as aulas começam já na segunda de manhã e serão gratuitas. Todo o evento foi contemplado com recursos da Lei Aldir Blanc de Diadema. 

Participantes poderão desfilar suas criações

As oficinas de customização ocorrerão de segunda a sexta (10 a 14/05), de manhã e à tarde. Ao longo da semana, os participantes poderão enviar as peças produzidas nos cursos para o grande desfile de encerramento da Semana, no sábado (15).

Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc foi sancionada em junho de 2020 para que o setor cultural brasileiro recebesse ajuda emergencial por terem suas atividades paralisadas pela pandemia. Em Diadema, cerca de R$ 1,9 milhão foram repassados aos artistas habilitados ao benefício. As produções podem ser encontradas pelas hashtags #LeiAldirBlancDiadema e #EmergenciaCulturalDiadema.

Serviço

1ª SEMANA DE MODA SUSTENTÁVEL DE DIADEMA – 10 a 15 de maio
Evento transmitido online pelo instagram @chesllerloja

PROGRAMAÇÃO COMPLETA


SEGUNDA, 10 de maio

Curso de TIE DYE
2 Turmas: das 9h às 12 e das 14h às 17h
Tie Dye é uma técnica de tingimento que é uma das mais antigas formas de customização de roupas e acessórios. Neste curso, vamos explorar diversas técnicas de tingimento e de descoloração – e até outras técnicas similares, como o Dip Dye. 

Live de Abertura: MODA SUSTENTÁVEL

Às 20h

Bate-papo com Fagner Vittório (@fagnervittorio), personal stylist e apresentador do programa Estações da Beleza.

TERÇA, 11 de maio

CURSO DE BORDADO
2 Turmas: das 9h às 12 e das 14h às 17h
A técnica do bordado oferece um toque especial para a peça, mesmo feito à mão. Diversos materiais como lantejoula, pérola e pedrarias dão um toque sofisticado à peça e são bem fáceis de fazer.

DESFILE PROJETO TRANS.FORMA

Às 20h

Desfile do projeto social @projeto.trans.forma, idealizado por Tarcisio Campelo, Designer de Moda Sustentável e Produtor de Moda

QUARTA, 12 de maio

CURSO DE PINTURA
2 Turmas: das 9h às 12 e das 14h às 17h
A Pintura em tecido é uma técnica muito utilizada na customização. Você pode criar um desenho com canetas específicas para tecido ou simplesmente fazer um desenho com lápis e pintar com tinta de tecido. No curso, vamos explorar essas e outras técnicas que não necessariamente necessitam de dons artísticos ou conhecimento em desenho para serem realizadas.

Live MODA SUSTENTÁVEL & MÍDIAS SOCIAIS

Às 20h

Bate-papo com Edhie Colucci, blogueiro e influencer digital, fundador da marca @colucciconcept

QUINTA, 13 de maio

CURSO DE APLICAÇÃO
2 Turmas: das 9h às 12 e das 14h às 17h
Se você tem alguma peça muito simples ou mesmo sem graça na qual gostaria de dar um “up”, a técnica de aplicação pode ser a solução. Serão utilizados diversos materiais, como miçangas, pérolas, pedaços de tecidos, flores, figuras, enfim, uma infinidade de opções. Basta ter criatividade. Também apresentaremos uma técnica inovadora na customização: os stampers.

DESFILE FKAWALLYS

Às 20h

Desfile da genial grife de Fábio Gurjão (@kawallyspunkcouture), artista de estética punk e ultraconectado com a cultura pop.

SEXTA, 14 de maio

CURSO DE ACESSÓRIOS
2 Turmas: das 9h às 12 e das 14h às 17h
A customização não se aplica apenas a peças de roupa. Podemos trabalhar também com os acessórios, itens essenciais para deixar seu look mais despojado e com o seu estilo. Cintos, bolsas, adereços para cabelo, chapéus e bonés, sapatos e sandálias – tudo pode receber um toque diferente e criativo.

LIVE MODA SUSTENTÁVEL & GERAÇÃO DE RENDA

Às 20h

Bate-papo com Jane Sousa (@jane_sousa84), fundadora do brechó online Reuse Fashion (@reusefashion_brechoo), com o qual busca o equilíbrio entre criar moda e criar um negócio, por meio do garimpo de roupas.

SÁBADO, 15 de maio

DESFILE DE ENCERRAMENTO

Às 20h

Desfile da marca CHESLLER (@chesllerloja), de customização, upcycling e moda sustentável, e desfile das peças produzidas pelos participantes dos cursos, sob mentoria e curadoria do estilista e professor Chesller Moreira (@chesller.estilista)

INFORMAÇÕES E ENTREVISTAS:

Chesller Moreira – estilista

Tel: 11 98900-0920

Email: chesller@gmail.com

Instagram: @chesllerloja

Gostou da nossa matéria “Semana de Moda Sustentável de Diadema começa nesta segunda“?

Semana de Moda Sustentável de Diadema começa nesta segunda
Estilista Chesller Moreira

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Abertas inscrições para edição gratuita do curso Na Rima, com Antonio Nóbrega

Como parte do projeto Velhas Rimas Novas, que tem entre os seus propósitos fomentar a leitura e a prática da poesia rimada brasileira, o artista Antonio Nóbrega fará uma edição gratuita do seu já tradicional curso Na Rima, oferecido na programação regular do Instituto Brincante.

As inscrições para a atividade seguem abertas até 14/05 por meio do link http://bit.ly/NaRimaPROAC. O resultado será publicado no site www.antonionobrega.com.br dia 21/05 – professores da rede pública e jovens artistas terão prioridade nas 25 vagas disponíveis. 

O curso será composto por 10 aulas com Antonio Nóbrega via zoom, uma por semana, em que os alunos irão trabalhar a escrita e improviso de versos da poesia rimada popular brasileira: quadras, sextilhas, setilhas, quadrões, carretilha de embolada, décimas de sete, de dez e de onze sílabas, entre outras. O último encontro será um sarau virtual com os alunos e convidados.

Com este projeto, que traz ainda três palestras e um podcast, abertos e gratuitos, Nóbrega quer dar maior conhecimento e visibilidade a essas estruturas e formas, seja incentivando a sua prática lúdica nas atividades educativas, seja difundindo-as entre os artistas da palavra do país. “Nosso objetivo é dar uma função e significado mais amplos a esses gêneros e modalidades poéticas que, assim como o Rap e o Slam – tão em voga na atualidade – também têm vigor e substância para reivindicar  um mundo melhor, um mundo mais de todos e para todos”, explica o multiartista pernambucano.

A série de atividades Velhas Rimas Novas foi contemplada pelo PROAC (Programa de Ação Cultural) do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Edital de Ações de Incentivo à leitura no estado de São Paulo.Para acompanhar o projeto, siga @brincantenobrega no Facebook, Instagram, Twitter ou YouTube. Ou inscreva-se para receber as informações por e-mail ou Whatsapp: http://bit.ly/MailingVelhasRimas Novas

Gostou da nossa matéria “Abertas inscrições para edição gratuita do curso Na Rima, com Antonio Nóbrega“?

Abertas inscrições para edição gratuita do curso Na Rima, com Antonio Nóbrega
Foto: Silvia Machado

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

ACISBEC faz parceria e divulga ampla programação de cursos gratuitos

A ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) divulga ampla programação de cursos gratuitos on line/ao vivo e presenciais durante o mês de maio. Estão disponíveis mais de 20 cursos técnicos. A iniciativa visa qualificar e capacitar empreendedores em geral por meio de parceria entre a ACISBEC, Senac e Sebrae. Os presenciais serão realizados no Senac São Bernardo, à Avenida Senador Vergueiro, 400 – Centro São Bernardo.

A grade será desenvolvida por técnicos do Senac e Sebrae e envolve temas variados para diversas áreas. As inscrições são gratuitas, as vagas limitadas e a participação dará direito a certificado.

Os cursos terão início dia 3 de maio e vão até dia 31 de maio, nos períodos da manhã e tarde. A programação é ampla e destinada para área de alimentação e de serviços. Os presenciais abordam temas como Pizzas Doces e Salgadas; Formação Básica em Cozinha Fria; Básico em Organização de Eventos; Manipulação de Imagens para Fotógrafos; Unhas Artísticas; Design de Sobrancelha e Cuidados Básicos com o Bebê, entre outros.

Já os on-line e ao vivo trazem técnicas de vendas para o varejo e comércio eletrônico: Venda Melhor com Técnicas Consultivas; Técnicas para a Criação de uma Loja Virtual e Técnicas para Desenvolver seu Comércio Eletrônico. Há também os direcionados para área de alimentação: Compra de Perecíveis; Higiene e Manipulação de Alimentos e Compra de Perecíveis, entre outros.

Informações e inscrições: 0800 570 0800.

Sobre a ACISBEC

Instituição com mais de sete décadas de existência, foi fundada em 27 de setembro de 1944 e tem como presidente Valter Moura. Instalada em sede própria com área de quatro mil metros construídos, dispõe de ampla estrutura distribuída em seis pavimentos com auditório para 400 pessoas, salas de reunião, salão de exposição para feiras e fóruns de negócios, cursos e palestras, entre outros.

Ao longo dos anos, a ACISBEC implantou serviços, projetos, realizou convênios e parcerias em benefício dos associados e comunidade. Entre os atendimentos prestados estão consulta Pessoa Física e Pessoa Jurídica; Cadastro Positivo; Certificado Digital; Certificado de Origem; ACISBEC Mobile; Cursos e Eventos e dispõe de locação de salas.

ACISBEC faz parceria e divulga ampla programação de cursos gratuitos
Foto: Divulgação

Gostou da nossa matéria “ACISBEC faz parceria e divulga ampla programação de cursos gratuitos“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Adele

Denize Amaro é autora de “Adele”.

O artigo de hoje será todo em inglês! Aproveite para treinar sua leitura e também sua
pronúncia, conferindo o áudio no Spotify.

Boa leitura e bons estudos!

I love reading about people who are inspiring. Adele is certainly one of them.

She was born on May 5 th , 1988 in London. Adele is a singer-songwriter who has sold
millions of albums worldwide. She’s won a total of 15 Grammys as well as an Oscar.
With sales of over 120 million records, Adele is one of the world’s best-selling music
artists.

Adele’s voice is one of a kind. Her lovely and emotional performance of “Someone
Like You” at the British Awards on February 15th (2001) led the song to become
number one in the UK.

Making music for her ears

Adele revealed to Rolling Stones that she doesn’t have time to worry about her weight,
and would rather chow down on fine foods than hit the gym.

‘I love seeing Lady Gaga’s boobs and bum. I love seeing Katy Perry’s boobs and bum.
Love it. But that’s not what my music is about. I don’t make music for eyes, I make
music for ears.’ (Rolling Stones, 2011)

Despite all the talking, she may have lost more than 100 pounds over the past couple of years. Adele commented on her weight loss while hosting Saturday Night Live last year.

She keeps on charming people. In person, Adele is unguarded and funny. She talks fast, uses different voices, tells filthy jokes onstage (“What do you call a blonde standing on her head? A brunette with bad breath.”) 

Personal Life

She started dating charity entrepreneur Simon Konecki in 2011. Angelo, their son, was
born the following year. They got married in 2017 but split in 2019. By the way, Adele
and Simon reportedly needed mediators to carve up their £140 million fortune.

Adele was raised by a single parent, her mom Penny. Her father was absent most of her
childhood.

TEACHER DENIZE AMARO
GRADUADA EM LETRAS COM LICENCIATURA EM ESPANHOL, LECIONA
IDIOMAS HÁ 21 ANOS.
PARA AULAS PARTICULARES @denizeteacher

https://www.imdb.com/name/nm2233157/bio
https://en.wikipedia.org/wiki/Adele
https://www.rollingstone.com/music/music-news/adele-opens-up-about-her-inspirations-looks-and-stage-fright-79626/
https://www.hellomagazine.com/tags/adele/
https://www.mirror.co.uk/all-about/adele

Adele

Gostou de “Adele”?

Assine nossa Newsletter, e receba nossas publicações em seu email. Então, aproveite e leia mais sobre Gringuei.

Dinheiro Fácil: Day trade só é rentável para os intermediários

Notícias virais sobre dinheiro fácil, como a de um jovem que transformou R$ 30 mil em R$ 700 mil durante a pandemia atrai para a prática da compra e venda diária de ações. Investidores incautos acumulam prejuízos e geram lucros a quem surfa nessa onda vendendo cursos, livros e ilusões.

No ínicio deste ano, tornou-se um viral nas redes sociais a trajetória de um jovem carioca de 24 anos e origem humilde que, atuando como day trader durante a pandemia, conseguiu transformar R$ 30 mil em R$ 700 mil. Contudo, histórias como essa atraem outros investidores para a ilusão do dinheiro fácil e rápido. A maioria acabam acumulando prejuízos e, alguns, como vimos no Fantástico desse domingo, acabam até caindo em golpes.

Histórias de superação como essa costumam ser inspiradoras. Contudo, a forma como ela é compartilhada na internet acaba confundindo as pessoas e reforçando uma compreensão equivocada de que um investimento de altíssimo risco pode ser uma fonte de renda.

Pesquisas mostram que quase a totalidade dos seguem por esse caminho têm prejuízo. Os pesquisadores Fernando Chague e Bruno Giovannetti, da Fundação Getúlo Vargas, chegaram a conclusões espantosas em seu trabalho.

Foram acompanhados todos os indivíduos que começaram a fazer day trade em ações no mercado brasileiro entre 2013 e 2016 (98.378 indivíduos), chegando-se nas seguintes revelações:

  1. 99,43% dos indivíduos não persistiram na atividade (apresentaram menos

de 300 pregões com day-trades);

  1. considerando-se os day-traders que persistiram (operaram por mais de

300 pregões), a performance média foi negativa;

  1. apenas 127 indivíduos foram capazes de apresentar lucro bruto diário

médio acima de 100 reais em mais de 300 pregões.

Nas palavras dos próprios pesquisadores: “Entre os 1.551 que persistiram, apenas 8 conseguiram apresentar lucro bruto diário médio maior do que a remuneração de entrada de um caixa de banco (160 reais por dia).”

No entanto, ao se observar que o número de novos investidores, inclusive muito jovens, nota-se que os resultados parecem não ter desanimado quem acredita na possibilidade do dinheiro fácil.

“A essência de se comprar uma ação é você se tornar sócio de uma grande empresa. Então, qual o sentido de você ficar comprando e vendendo a sua sociedade diariamente?”. Quem traz essa reflexão é o Educador Financeiro do canal “Dinheiro Com Você”, William Ribeiro, que também faz o alerta para os riscos dessa prática.

“A grande maioria das pessoas que estão se interessando pelo investimento em ações ainda acredita que tudo se resume a ficar acompanhando gráficos e apostando nas subidas e descidas dos preços. Day trading é uma atividade extremamente extenuante, que já levou vários investidores e famílias à ruína. Às vezes, o pior que pode acontecer é você começar ganhando dinheiro e acreditar que descobriu as regras do jogo. Os raríssimos day traders que ganham dinheiro, realizam a atividade como seu ofício, não é um hobby para se realizar no litoral ou no semáforo (aliás, quem, em sã consciência, deixaria de tomar caipirinha na praia para operar?).”

O Sonho do Dinheiro Fácil

Os Investidores que têm mais chances em conseguir lucro no day trade são aqueles que menos precisam disso para sobreviver. Pessoas que já construíram patrimônio e levam esse capital para o mercado financeiro para investir, para rentabilizá-lo.

“Quem tira dinheiro do seu próprio orçamento familiar para investir já começa perdendo, porque vai ser impossível não deixar o lado psicológico interferir nas operações”, explica o Educador Financeiro.

“Algumas pessoas afirmam que, assim como em qualquer outra atividade, poucos são os que se dedicam e têm sucesso. No caso do day trading isso é uma falácia, porque as pesquisas mostram que os operadores não ficaram melhores com o passar do tempo. Além disso, para efeito de comparação, as chances de ser aceito em Harward são de 4,7%, muito superiores aos 0,13% dos daytraders que têm como resultado mais de R$100 brutos por dia.”, destaca.

Quem realmente ganha com o day trade?

O grande foco das pesquisas sobre day trade é sobre consistência. Foi demonstrado que quanto maior é o número de pregões operados, menos provável é a sua chance de sucesso.

Desta forma, sempre teremos alguns vencedores pontuais, como certamente é o caso do jovem estagiário que se tornou “milionário” repentinamente. Ainda assim, por mero efeito da aleatoriedade, é bem possível que alguns poucos traders tenham sucesso repetidas vezes. “Se fizéssemos um campeonato de cara ou coroa, o campeão brasileiro certamente teria acertado um número bizarro de vezes, talvez dezenas delas. Nem por isso teria algum mérito por suas escolhas, mas certamente seria capa de revista e poderia lançar um curso ensinando como ser um vencedor nesta modalidade.”, afirma Ribeiro.

Definitivamente, day trade é um negócio lucrativo. Mas, de acordo com os estudos, quem faz dinheiro com ele são somente as corretoras (que ganham taxas), a Bolsa de Valores e os vendedores de curso.

William faz um último alerta a quem, mesmo assim, ainda pensa em arriscar.

“Tome cuidado com os gurus, com as dicas das outras pessoas. Será que se alguém tivesse o mapa da mina de ouro iria compartilhar com você e precisaria do seu dinheiro? Acrescento que, se tais dicas fossem divulgadas, brevemente seriam inócuas, uma vez que ficassem em domínio público e todos copiassem a estratégia.

Se o próprio dono da corretora soubesse desta fórmula, certamente criaria um exército de robôs, operando 24 horas por dia, o que certamente daria muito menos dor de cabeça do que administrar milhares de clientes dentro de uma corretora.

Se você deseja ser um day trader, já sabe que as chances estão contra você e que isso será um “trabalho” dos mais desgastantes e perigosos, diga-se. Caso contrário, não nunca priorize day trading com relação ao seu próprio ofício, porque é nele que você sabe ganhar dinheiro e pode aperfeiçoar-se de verdade”, conclui.

Entender a Jornada do Investidor evita erros e prejuízos

Em uma definição simples, o Educador Financeiro e apresentador do canal “Dinheiro Com Você”, William Ribeiro, explica o conceito da Jornada do Investidor como sendo “o processo que reflete a evolução das pessoas no domínio dos conceitos do mundo dos investimentos”.

Ter a consciência de como funciona essa jornada e seus possíveis caminhos, além de torná-los mais fáceis, é condição essencial para ter uma relação saudável e rentável com os investimentos.

“Muita gente me pergunta como começar e onde investir. E é logo no começo que as pessoas cometem dois erros principais: superestimar ou subestimar os riscos. Para o primeiro caso, é mais fácil: basta buscar conhecimento e ter disciplina para superar o medo de investir.

Já o segundo erro é de solução mais complexa. É preciso ter ciência de que investimento nenhum deixa ninguém rico no curto prazo. Mas também implica domar-se em seus instintos para não pular de cabeça em investimentos cujo risco é incompatível com seu perfil e jornada do investidor”, explica Ribeiro.

Em qual ponto inicia a sua jornada?

A jornada do investidor é uma estrada repleta de ramificações e com diferentes pontos de partida. Um único caminho errado pode atrapalhar e retroceder anos de caminhada, como alerta o Educador Financeiro.

 “O seu extrato bancário é um resultado que pode estar positivo ou negativo, refletindo um balanço das boas decisões financeiras da sua vida, frente à aquelas apostas (ou gastos desnecessários) que retiraram dinheiro da sua conta.

Um bom investidor sempre se questiona a respeito do quanto pode perder, ao passo que os iniciantes irremediavelmente procuram por investimentos cujo risco não podem suportar, como na renda variável”, pondera Ribeiro.

Para saber de onde um novo investidor deveria partir, basta uma análise simples para um primeiro diagnóstico das três possíveis situações que Ribeiro explica abaixo:

  1. A pessoa deseja começar a investir, pode até ter separado algum dinheiro, mas tem dívidas acumuladas.

Antes de pensar em aplicar qualquer quantia, a melhor coisa a fazer é livrar-se das pendências. É impossível encontrar qualquer investimento que tenha um retorno superior aos juros cobrados pelas instituições financeiras, especialmente se estivermos falando do rotativo do cartão de crédito e do cheque especial.

Além dos juros altos, as dívidas tiram o sossego e a liberdade. Então, nesse caso, o primeiro passo é olhar para trás, encontrando um meio de quitar todas as suas pendências e focar na geração de renda para aumentar seus recursos.

Não é raro encontrar pessoas que tentam justificar sua ansiedade em colocar dinheiro em algum investimento, mesmo estando endividadas. “Se eu não fizer dessa forma eu não começo” ou “Dívidas eu sempre vou ter, se não for assim, não consigo comprar nada”, estão entre os absurdos que cegam as pessoas para o problema.

Como falamos no início, a disciplina é indispensável para começar essa jornada. E se este argumento ainda não for suficiente, partimos para um argumento infalível: a ponta do lápis.

Vamos imaginar um aspirante a investidor hipotético que está começando errado a sua jornada e deu início a um plano de previdência privada com contribuições mensais de mil reais, ao mesmo tempo em que está utilizando o limite de seu cheque especial. Veja só:

 Conta com Limite (Cheque Especial)Plano de Previdência
Saldo inicial (R$)0,000,00
Após primeiro aporte (R$)-1.000,001.000,00
Juros ao mês (exemplos)8 %0,5 %
Perdas x Ganhos (R$)– 80,005,00

O que vemos na tabela acima é uma pessoa que, para ganhar R$ 5,00 de rendimento, pagou R$ 80,00 em juros da dívida. Se essa atitude se estende ao passar do tempo, a bola de neve dos juros fatalmente acabará com qualquer possibilidade de progresso financeiro na Jornada do Investidor.

Então, não há outro caminho que não seja acabar com todas as dívidas, buscando aumentar a renda e economizar mais, para conseguir sobrar mais dinheiro para investir.

  1. A pessoa quer começar a investir, mas ainda não tem uma reserva financeira.

Aqui, estão consideradas as pessoas que já não têm dívidas e decidiram começar a investir pela primeira vez, começando do zero. Ou seja, não têm nenhuma reserva de emergência ou, como costumamos chamar, um “colchão financeiro”. Esta é uma etapa indispensável antes de seguir para investimentos de maior risco.

Seja para preparar o colchão financeiro, ou aportar em investimentos mais arrojados, é fundamental garantir que, na balança, o ganho seja maior do que o gasto. Afinal, toda riqueza construída no mundo foi edificada sob a quantia que se foi poupada, evidentemente.

O Colchão Financeiro é o passo mais importante da jornada do investidor por um motivo: garante que a segurança financeira da família não será comprometida, caso um investimento se mostre inviável, ou para momentos de escassez na geração de renda (seja por motivo de demissão, falta de clientes, etc);

O ideal é conseguir separar, no mínimo, 10% dos ganhos e destiná-los para uma reserva. Lembrando que os 90% restantes precisam ser suficientes para cobrir todas as despesas do mês. Você poderá afirmar que realmente já conta com um colchão financeiro formado quando essa reserva for o equivalente à soma de pelo menos seis meses de todos os seus gastos mensais. Há quem se sinta seguro com um montante que cubra um ano das despesas.

Para a reserva de emergência, não é adequado optar por ativos de maior rentabilidade, justamente por apresentarem maiores riscos. Para este objetivo financeiro, o ideal é aproveitar os benefícios que oferece a Renda Fixa, que são o baixíssimo risco e a liquidez, como é o caso do Tesouro Selic ou CDBs de liquidez diária.

É importante ter a consciência de que ninguém ficará rico investindo o dinheiro do colchão financeiro. A função da reserva é prover recursos que estejam prontamente disponíveis para qualquer adversidade que a vida nos apresentar, como problemas de saúde, perda de emprego ou acidentes.

  1. Quer começar a investir e já tem uma reserva financeira segura.

Se uma pessoa não tem dívidas e já conta com uma reserva financeira de emergência, ela pode começar aqui a jornada em direção ao acúmulo de patrimônio.

“A partir daqui os caminhos são muitos, por onde seguir vai depender muito do perfil de cada um, de quanto se tem para investir, prazo, quais os planos desse investidor para o dinheiro, entre diversos outros fatores que podem influenciar nas decisões e seus resultados. Exatamente por isso, acredito que o mais interessante seja adotar o conceito que chamamos de “diversificação financeira”, avalia o Educador Financeiro.

Dentro da própria Renda Fixa também há opções que oferecem um pouco mais de rentabilidade, como pode ser o caso do Tesouro IPCA+ ou Pré-Fixado. Porém, são produtos que possuem um prazo de vencimento, cujo resgate antecipado (embora seja possível)  pode trazer perdas pela chamada “marcação a mercado”.

Contudo, mesmo optando pelos investimentos mais sofisticados desta categoria, a Renda Fixa não oferece retornos muito grandes. Via de regra, são instrumentos que utilizamos mais como proteção do poder de compra de um dinheiro guardado, ou seja, visando protegê-lo da inflação.

Para ganhos maiores (e incertos, diga-se), é indispensável dar continuidade nessa jornada. Veja que primeiro pensamos em proteger, para só então subirmos o próximo degrau da jornada.

Um produto que costuma ser bastante indicado para quem deseja dar os primeiros passos na renda variável, são os Fundos de Investimento Imobiliários. Com quotas tão acessíveis como na casa dos cem reais, os FII possibilitam que pequenos investidores participem de empreendimentos imobiliários de alto padrão, como shoppings, lajes corporativas e galpões logísticos.

Por possuírem receita razoavelmente previsível dos aluguéis e do lastro imobiliário destes ativos, a oscilação das quotas (negociadas na bolsa de valores) não costumam sofrer grandes volatilidades, sendo características ideais para quem está começando a conviver com um pouco mais de risco.

A partir daí, o investidor pode se dar ao luxo de experimentar, sempre aos poucos e aplicando a diversificação, investimentos mais arrojados, como ações de empresas na bolsa de valores, criptomoedas, e até no mundo do empreendedorismo.

Independente do ponto de partida, o importante é começar

Acumular patrimônio é uma questão de disciplina e de dar tempo ao tempo, tanto para que os ativos financeiros possam gerar frutos (os proventos), quanto para que o investidor não pule etapas da jornada financeira.

“Definitivamente, investir não é só para gente rica. Mas, para ficar rico, investir é primordial. Tudo a seu tempo, um passo de cada vez. A jornada do investidor é fundamental para que, um dia, haja a independência financeira, em que o dinheiro trabalha para o investidor, não o contrário. Mas só é possível para aqueles que entendem e respeitam a jornada do investidor”, finaliza Ribeiro.

Sobre William Ribeiro

William Ribeiro é CEO do Dinheiro Com Você, empresa de consultoria, treinamento e Educação Financeira, focada em finanças pessoais e investimentos, além de uma produtora de conteúdo multiplataforma da qual faz parte um dos maiores e mais importantes canais de educação financeira do pais: www.youtube.com/dinheirocomvoce.

Possui título de MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e é graduado em Engenharia da Computação pelo Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel). Sua experiência de mais de 20 anos no empreendedorismo lhe trouxe a independência financeira e o consequente maior propósito da sua vida: levar seu conhecimento adiante, ajudando milhares de pessoas a terem uma vida financeira mais próspera.

Além de especialista no mercado financeiro, William também é autor e prepara o lançamento de seu primeiro livro (pela Alta Books) sobre o tema, uma publicação alinhada com o propósito de todo o seu trabalho que é desmistificar os investimentos no Brasil. 

Gostou de “Dinheiro Fácil: Day trade só é rentável para os intermediários??

Dinheiro Fácil: Day trade só é rentável para os intermediários
William Ribeiro, educador financeiro e CEO do Dinheiro Com Você
Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira mais das últimas notícias. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Universidade Delivery do Brasil é criada por aplicativo

Universidade Ceofood oferece curso de mentoria e capacitação que ensina pequenos e médios empreendedores do Brasil a venderem por meio do delivery

Com o objetivo de capacitar pequenos e médios empreendedores e até vendedores autônomos, o aplicativo Ceofood lança, ainda no mês de abril, a Universidade Ceofood. Trata-se de um curso de capacitação que também oferece mentoria para auxiliar lojistas a migrarem para o ambiente digital e venderem por meio do delivery. A fintech de meios eletrônicos de pagamentos Ceopag também participa da ação e apresenta aos participantes todos os trâmites dos sistemas de cobranças e pagamentos presencial a vista e parcelado, e também à distância. 

“Nosso objetivo é disponibilizar um curso de capacitação completo para todos os segmentos que se enquadram na venda por delivery, desde gastronomia até o mercado de acessórios e o varejo em geral. Poderão participar empreendedores já atuantes no mercado, assim como o público informal, desempregados e profissionais autônomos.  Será ensinado como iniciar um negócio do zero e o passo a passo para que o empreendedor consiga atuar e ganhar dinheiro de maneira assertiva”, explica Kawel Lotti, Presidente do grupo Ceofood e Ceopag.

O curso é totalmente online e pode ser realizado inicialmente pela plataforma hotmart. Ao todo, são 15 módulos que contemplam temas como o cadastro do estabelecimento na plataforma de delivery, inclusão e atualização do cardápio/produtos, dashboard completo com acompanhamento em tempo real dos pedidos/entregas, estratégias de vendas, criação de páginas e divulgação nas redes sociais, Plano de Implantação nos primeiros 90 dias e demais tópicos para capacitação profissional.

“Dado o período desafiador que o Brasil e o mundo enfrentam,  chegamos à conclusão que precisávamos criar algo que se adaptasse ao novo cenário. Criamos, então, uma solução integrada para ajudar milhares de lojistas formais e informais desempregados, pessoas com habilidades como fazer comida caseira, doces, pães e salgados, artesanatos, etc, mas que não podem vender porque estão sendo obrigadas a ficar em casa diante da necessidade do distanciamento social, em algumas regiões de lockdown, porém precisam trabalhar para garantir o sustento de suas famílias. Esse projeto nos orgulha como empreendedores, mas principalmente como pessoas que desejam contribuir diante de um cenário terrível como esse”, comenta Lotti.

O idealizador do projeto ainda garante que qualquer interessado em matricular-se na Universidade Ceofood poderá utilizar o aplicativo de entrega: “Mesmo que a pessoa esteja em uma área em que nosso aplicativo ainda não atue, ela poderá se cadastrar e vender diretamente pela nossa plataforma, como se o aplicativo fosse dela, e assim colocar em prática todo conteúdo que aprende na Universidade Ceofood. Essa é uma forma de ampliar nossa área de atuação em todo o país e auxiliar milhares de lojistas que têm de fechar as portas durante essa pandemia. Será possível baixar o conteúdo, aprender e vender de casa. Uma solução totalmente adaptada para a situação que vivemos hoje”.

Para se inscrever, os interessados deverão acessar a página de vendas da Universidade Ceofood Delivery e pagar uma taxa de R$1.797,00, que pode ser parcelada em até 12 vezes de R$149,50. Ao término do curso, os participantes recebem um certificado. No final desse período é possível renovar a inscrição para receber atualizações do ramo de delivery por parte da Universidade Ceofood e garantir atualização do app por mais 12 meses.

Modelo de franquia

Presente em 23 estados do país, o aplicativo Ceofood conta com mais de 5 mil estabelecimentos cadastrados em sua plataforma e no ano passado apresentou um crescimento de 50%. Ao contrário dos demais players do mercado, a empresa não cobra nenhuma taxa em cima dos pedidos feitos pelos usuários. Cada comércio  paga um plano mensal com valores que vão de R$99 a R$199, determinados conforme a região e o tamanho do estabelecimento.

O Ceofood opera no modelo de franquia, no qual o franqueado é responsável por prospectar novos estabelecimentos para a plataforma. Recentemente, a marca foi eleita como uma das 10 maiores microfranquias do país pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Gostou de “Universidade Delivery do Brasil é criada por aplicativo?

Universidade Delivery do Brasil é criada por aplicativo
Universidade Delivery do Brasil é criada por aplicativo Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Cursos de moda podem ser saída para a crise econômica

Com mais de 809 novas empresas criadas no Grande ABC, ao longo de 2020, setor têxtil é opção para moradores da região metropolitana de São Paulo que buscam mudar de área para fugir do desemprego e iniciar seu próprio negócio. Confira sobre oportunidade de cursos de moda.

A crise da pandemia agravou um problema que se arrastava há alguns anos no país: a alta taxa de desemprego. Atualmente, são quase 14 milhões de desempregados, cerca de 13,9% da população economicamente ativa do Brasil (dados do IBGE referentes ao último trimestre de 2020). Uma das saídas para quem está em busca de renda é o empreendedorismo.

Segundo o Mapa das Empresas, divulgado em fevereiro pelo Ministério da Economia, houve um aumento significativo da criação de novos negócios durante a pandemia na região do Grande ABC: foram 53.473 novas empresas abertas nas cidades de São Caetano do Sul, Diadema, São Bernardo do Campo, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Santo André. Em 2019, o número foi de 45.948, uma alta de 16%. O setor têxtil no que diz respeito aos segmentos de fabricação, facção e confecção de roupas e acessórios de vestimenta contou com 809 novas empresas em 2020 ante 705 em 2019. Os dados de 2021 contemplam apenas o mês de janeiro, com 6.293 empresas abertas na região, sendo 118 do setor têxtil.

Porém, aqueles que recorrem a esta alternativa podem encontrar dificuldade em função da falta de capacitação. Nesse sentido, cursos voltados para atuação no mercado têxtil e da moda, que estão entre os setores com maiores oportunidades ao trabalho autônomo, são uma ótima opção por oferecerem retorno rápido e a preços acessíveis.

No Grande ABC, por exemplo, é possível encontrar unidades da Escola de Moda Sigbol em Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul que oferecem cursos a partir de R$ 243 mensais. “Buscar aprendizado nunca é demais, e quando essa profissionalização dá retorno financeiro é melhor ainda”, explica Aluizio de Freitas, diretor da rede Sigbol. “Os alunos começam com qualquer nível de capacitação e têm aulas que acompanham sua evolução de forma flexível. Em menos de um mês, com peças e produtos produzidos nas aulas, é possível começar a ganhar dinheiro entre os vizinhos, amigos e familiares”, finaliza.

Este foi o caso da Flávia Cezar, uma microempreendedora que, ao perceber a escassez das oportunidades na área administrativa, tirou o sonho de aprender costura criativa do papel e inscreveu-se no curso da Escola de Moda Sigbol, adaptou seu negócio, o ateliê Giz de Algodão, em um cômodo de sua casa.

“Produzo necessaires, máscaras e até artigos para animais de estimação. Tenho sempre uma encomenda para fazer”, declara Flávia.

O bom momento vivido pelo segmento têxtil não se restringe à região do ABC. Em âmbito nacional, foram 3.359 milhões de empresas abertas no Brasil ao longo de 2020, ante 1.044 milhão fechadas, terminando o ano com saldo positivo de 2.315 milhões. Desses, cerca de 200 mil foram no segmento têxtil de vestuário e acessórios, uma alta de mais de 11% em relação ao ano anterior.

A Sigbol possui mais de 52 anos de atuação e é responsável pela capacitação de cerca de 130 mil pessoas em todo o país.

Sobre a Sigbol

A Sigbol oferece cursos especializados em moda. A rede concentra 30 unidades no estado de São Paulo e Goiás. A marca foi a primeira a oferecer esse tipo de curso no país, com início em 1969. Nos 52 anos de atuação, a Sigbol já formou mais de 130 mil alunos. Os cursos variam de aprendizados básicos em corte e costura a cursos de criação e design, como moda pet, moda praia, e desenho técnico. Recentemente, a rede lançou o curso de Corte e Costura completamente online, uma forma de driblar a pandemia e alcançar novos mercados.

Gostou de “Cursos de moda podem ser saída para a crise econômica?

Cursos de moda podem ser saída para a crise econômica
Alunos em aula na Escola de Moda Sigbol. Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado?

Perder o emprego pode deixar a pessoa em uma posição de vulnerabilidade, se sentindo desanimada, rejeitada e com a autoestima abalada. Veja como se preparar para o mercado.

O desemprego no Brasil atinge 14,3 milhões de trabalhadores, e cerca de 5,5 milhões desistiram de procurar trabalho devido às condições estruturais do mercado em 2020, segundo dados do IBGE. 

Mas a longa espera por uma recolocação que parece cada vez mais distante pode ter razões que, se identificadas e trabalhadas pelo candidato, podem fazer com que o retorno ao mercado fique mais curto.

Perder o emprego não acontece apenas com profissionais de um determinado nível social ou escolaridade. Pelo contrário, o desemprego bateu na porta de homens, mulheres, idosos, solteiros, casados, etc. “Isso pode acontecer com qualquer pessoa e é muito normal. Quando a pessoa fica desempregada ela geralmente tende a se culpar, pensar que não é capaz.

Uma demissão depende de fatos internos e externos, que muitas vezes não conseguimos controlar como, por exemplo, a economia, o caixa da empresa, vendas, etc.”, esclarece a empreendedora e Estrategista de Negócios, Tânia Gomes Luz. Após uma demissão, o primeiro passo é tentar entender o que aconteceu. Alguns comportamentos podem deixar o profissional em risco, como a falta de atualização referente aos assuntos e novidades do setor, formação, falta de proatividade, etc.

“Agora, a maioria das pessoas estão preocupadas com a parte profissional. As pessoas percebem que precisam ter conhecimento em idiomas como o inglês, para melhorar o currículo e manter ou conseguir emprego. Além de conhecimentos mais abrangentes como marketing digital, mídia e afins”, destaca o Diretor da La Femme, e-commerce de calçados flats, José Augusto. Para driblar o desemprego, voltar para a sala de aula é uma das recomendações do especialista em negócios digitais, Fellipe Guimarães.“O sucesso de uma carreira está pautado em três características: competências, autoconhecimento e networking.”, acrescenta o profissional. Dicas: 

1) Avalie as opções
Não procure apenas empregos na área em que já trabalhou. Esse é o momento de abrir seus horizontes e de ganhar dinheiro, mesmo que temporariamente, com outros talentos, como artesanato, culinária, redação, marketing digital, revenda, etc. Também é possível aproveitar os recursos da rescisão para investir no sonho de empreender e abrir um negócio próprio. “A pessoa que está fora do mercado de trabalho, precisa identificar outras áreas para possível atuação.

O empreendedorismo, por exemplo, não para de crescer, abrir o próprio negócio é uma realidade muito palpável nos dias atuais. Quando criei minha empresa, a Aya Tech, foi impactante ver tudo acontecer. Tirar uma ideia do papel, torná-la real, montar um time.”, conta a CEO da Aya Tech, Fernanda Checchinato. A Aya Tech, startup de saúde e bem-estar com tecnologia altamente 100% brasileira.

2) Qualifique-se
Caso você não possa pagar por um curso, não tem problema, existem inúmeros cursos gratuitos que além de ocupar a cabeça, podem melhorar o seu currículo. A Fundação Getulio Vargas (FGV) oferece cursos online, no site http://www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos, como  “Introdução à Administração Estratégica”, “Recursos Humanos” e “Fundamentos da Gestão de TI”, etc.

O Senai e o Sesi também disponibilizam aulas livres, sem custo, no site https://eadsenaies.com.br, com certificação. É possível escolher entre, “Fundamentos de Logística”, “Redação Administrativa”, “Comunicação no Foco Organizacional” e “Tecnologia da Informação e Comunicação”, entre outros.

No site do Sebrae (http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae) os cursos gratuitos são separados por temas, como empreendedorismo, mercado, finanças, vendas, etc. Então, é só acessar e começar.  

3) Currículo nota 10
Lembre-se: o currículo é a primeira impressão que a empresa terá sobre você, por isso, envie um documento bem escrito, organizado e sem erros de português ou de digitação.

Informe os dados pessoais — nome, telefone, e-mail e idade — atualizados. Crie um e-mail profissional e sempre fique de olho nele, porque essa é a forma de contato preferida de várias empresas.

Liste suas experiências acadêmicas (nível de escolaridade, cursos feitos) e experiências profissionais (nome da empresa, cargo, data de admissão, data de demissão e principais atividades). Não minta no currículo. Lembre-se: menos é mais, por isso, não escreva mais de 2 páginas.

Gostou de “Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado??

Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado?
Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Programa Via Rápida Emprego tem inscrições abertas para cursos

A Prefeitura de Santo André, em parceria com o Governo do Estado, está com inscrições abertas para cinco cursos, por meio do programa Minha Chance, que integra a Escola de Ouro Andreense.

Estão disponíveis as capacitações em:

  • Assistente Administrativo
  • Auxiliar de Logística
  • Marketing Digital em Redes Sociais
  • E-commerce
  • Desenvolvimento de Websites Front-end
  • Publicidades para Mídias Digitais
Programa Via Rápida Emprego tem inscrições abertas

Os cursos online são gratuitos e realizados com o Centro Paula Souza e Senac, com duranção entre 60 e 100 horas. O início previsto para o dia 14 de abril.

Cada curso conta com 20 vagas disponíveis e as inscrições podem ser feitas até dia 29 de março, por meio do site http://www.viarapida.sp.gov.br. É necessário efetuar o cadastro ou, caso já seja cadastrado, realizar o login.

Os alunos poderão receber uma bolsa auxílio de até R$ 210, que facilitará a permanência e conclusão, se estiver dentro dos critérios de elegibilidade descritas no site do Via Rápida.

Somadas às ações do Programa Via Rápida Emprego e do Minha Chance em Santo André, esta é a quinta leva de capacitação profissional realizada juntamente com o Governo do Estado de São Paulo.

Nas outras oportunidades, foram oferecidos cursos de auxiliar de cozinha, qualificando profissionalmente 113 alunos. A capacitação que está em andamento é de corte e costura, que teve 28 vagas ofertadas.

A capacitação profissional é um dos três pilares que a Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego tem como prioridade, juntamente com a melhoria no ambiente de negócios e a competitividade nas empresas.

Segundo o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, a parceria com o Governo do Estado de São Paulo para a promoção de qualificação profissional tem sido determinante na cidade. “Estamos muito felizes com mais essa parceria com o Governo do Estado, que promoverá a qualificação de mais 100 pessoas. Trazem não só a oportunidade de qualificação, mas também um auxílio financeiro, caso cumpram as exigências do Estado. O pilar da qualificação é fundamental, principalmente no enfrentamento de crise, pela oportunidade de aprender uma nova área ou reforçar os conhecimentos em uma área já de atuação dos nossos empreendedores”, disse.

“Gostaria, inclusive, de convidar todos a conhecerem os demais cursos de qualificação profissional disponibilizados pelo Via Rápida. São cursos remotos e presenciais, cursos virtuais, Trilhas da SP Tech e ações especiais para o mês da Mulher, que estão oferecendo mais de 20 mil vagas em cursos virtuais exclusivos para mulheres”, declarou Banzato.

Minha Chance – O programa Minha Chance é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo para aumentar a empregabilidade dos beneficiários dos seus cursos técnicos e de qualificação profissional e auxiliar na melhor adaptação dos conteúdos às demandas da sociedade e do mercado de trabalho local. Em Santo André, a iniciativa é promovida pela Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego, juntamente com o programa Escola de Ouro Andreense, do Fundo Social de Solidariedade.

No Minha Chance, a empresa se cadastra no portal http://www.minhachance.sp.gov.br e declara sua necessidade de mão de obra qualificada no período de dois a seis meses. Com as informações, a Secretaria avalia a possibilidade de formação na região indicada e com o conteúdo proposto, levando em conta o potencial de absorção da mão de obra pelas empresas da região.

O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 3

Denize Amaro, autora do artigo “O tal do present perfect”

Vamos descomplicar esse tempo verbal que é motivo de muitas dúvidas para os estudantes de inglês! Se você não leu os artigos anteriores, clique nos links abaixo para conferir as explicações.

LINK – Parte 2

Vamos continuar falando sobre situações nas quais empregamos o PRESENT PERFECT ao invés do SIMPLE PAST.

Já falamos sobre:
 Tempo indeterminado
 Acão que começou no passado e continua até o momento presente

E agora, vamos falar sobre ações recentes: Fatos que acabaram de acontecer. Usamos normalmente a palavra JUST, para enfatizar essa ideia.

  • I’ve just called Mark. He said he is coming over for dinner. (Eu acabei de ligar para o Mark. Ele disse que virá para o jantar.)
  • She’s just corrected my test. (Ela acabou de corrigir meu teste.)
    Nos exemplos acima, poderíamos também usar o Simple Past. A frase continuaria correta e com o mesmo sentido.

    ONCE, TWICE, NEVER:
    Ao falar quantas vezes fizemos algo, ou se nunca o fizemos, usamos Present Perfect.
  • I’ve climbed the Mount Everest twice. (Eu escalei o Monte Evereste duas vezes.)
  • They’ve never eaten Japanese food. (Eles nunca comeram comida japonesa.)
  • She has never ice-skated. (Ela nunca patinou no gelo.)

    Ações que vêm acontecendo repetidamente nos últimos dias, semanas, etc.:
  • I’ve had these terrible headaches for weeks. (Estou tendo essas terríveis dores de cabeça por semanas.)

    No exemplo acima, a ênfase está na repetição da ação. A pessoa pode ou não estar com dor de cabeça no momento em que fala, mas o quadro (dor de cabeça) continua se repetindo.
  • She’s made a lot of friends over the past few days. (Ela fez muitos amigos nos últimos dias.)

    Ação passada que tem impacto no presente.
  • I’ve lost my keys. (Eu perdi minhas chaves.)

    Acredito que esta seja uma das ideias mais importantes para se ter em mente sobre o Present Perfect. Uma ação passada que tem impacto no presente. No exemplo acima, o locutor perdeu suas chaves, em um momento passado indeterminado, e como ele ainda não as encontrou, essa ação tem um impacto no seu presente.
  • I’ve already had lunch. I am not hungry. (Eu já almocei. Não estou com fome.)
  • She’s had an accident and she is in the hospital right now. (Ela sofreu um acidente e está no hospital agora.)

Got it? Keep up the good work and have fun with English!

O TAL DO PRESENT PERFECT

TEACHER DENIZE AMARO LECIONA IDIOMAS HÁ 21 ANOS. GRADUADA EM LETRAS COM LICENCIATURA EM ESPANHOL.

PARA AULAS PARTICULARES @denizeteacher

Gostou de “O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 3”?

Assine nossa Newsletter, e receba nossas publicações em seu email.Então, aproveite e leia mais sobre Gringuei.

O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 2

Denize Amaro, autora do artigo “O tal do present perfect – parte 2”

Vamos descomplicar esse tempo verbal que é motivo de muitas dúvidas para os estudantes de inglês! Se você não leu o artigo anterior, clique no link abaixo para conferir as primeiras explicações sobre o Present Perfect:

LINK – Parte 1
Relembrando a estrutura:

SUJEITO + HAVE/HAS + PARTICÍPIO PASSADO DO VERBO PRINCIPAL

Vamos focar agora em quais situações no passado iremos usar PRESENT PERFECT!
Tempo indeterminado: Quando vamos falar de algo e não vamos mencionar QUANDO a ação aconteceu.

As vezes não a sabemos, ou simplesmente não é importante para ser mencionada. Nesses casos, O QUÊ aconteceu é mais importante do que QUANDO aconteceu.

  • I ate pepperoni pizza last night.
  • I have eaten pepperoni pizza, and I loved it!

    No segundo exemplo, não sabemos quando o locutor comeu a pizza. O importante é que ele a comeu, e gostou!
  • I was in China in 1995.
  • I have been to China and it was incredible!

    Nesse contexto, o present perfect é então usado para falar ou perguntar sobre coisas que já fizemos em algum momento, lugares onde estivemos, etc. Usaremos muito as palavras ALREADY, YET, EVER, BEFORE, entre outras.
  • Have you ever been to Chicago? – Você já esteve em Chicago? Em algum momento da sua vida, você esteve em Chicago?
  • Have you already read “Harry Potter”? – Você já leu “Harry Potter”?
  • He hasn’t spoken to me yet. – Ele ainda não falou comigo.
    Acão que começou no passado e continua até o momento presente: Como cantava Bono Vox: “I still haven’t found what I am looking for….” – Eu ainda não encontrei o que estou procurando….

    Frases como “Eu trabalho na GM há 5 anos” ficam corretas no presente na língua portuguesa, mas, em inglês, devemos usar Present Perfect. São ações que começaram em algum momento no passado, não vamos mencionar quando, e elas ainda são verdadeiras.
  • I have worked at GM for 5 years. – Nessa frase, o locutor começou a trabalhar na GM há 5 anos e continua trabalhando lá. Se ele não trabalha mais na GM, deve usar simple past.
  • I worked at GM for 5 years. Now, I work at Samsung.

    Usaremos muito as palavras Since e For. (Desde e Por)
  • We’ve lived here our whole life. (Nós moramos aqui nossa vida toda. Ou, nós temos morado aqui nossa vida toda.)
  • She has studied there since she was little. (Ela estuda lá desde que era pequena)
  • Mary has had her hands full since her baby was born. (Mary tem estado muito ocupada desde que seu bebê nasceu.)
  • They haven’t talked to me for 3 days. (Faz 3 dias que eles não falam comigo.)

I hope you have studied hard! Keep up the good work!

O TAL DO PRESENT PERFECT

TEACHER DENIZE AMARO LECIONA IDIOMAS HÁ 21 ANOS. GRADUADA EM LETRAS COM LICENCIATURA EM ESPANHOL.

PARA AULAS PARTICULARES @denizeteacher

Gostou de “O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 2”?

Assine nossa Newsletter, e receba nossas publicações em seu email.Então, aproveite e leia mais sobre Gringuei.

Facebook lança curso gratuito de empreendedorismo feminino

O programa #ElaFazHistória, do Facebook, em parceria com a Aliança Empreendedora, está lançando o curso online e gratuito “Educação Financeira para Mulheres Empreendedoras”. A iniciativa visa desenvolver habilidades de gestão financeira empreendedora entre as mulheres de todo o País.

Facebook lança curso gratuito de empreendedorismo feminino


 
A capacitação vai ocorrer em 11 videoaulas, que vão abordar temas como metas financeiras, saúde financeira pessoal, saúde financeira do negócio, plano de negócio e gestão de crise, por exemplo. Cada aula tem duração de quatro horas.

O curso está disponível no Portal Progredir, iniciativa do Governo Federal que visa promover autonomia, gerando emprego e renda às famílias inscritas no Cadastro Único e beneficiárias do Bolsa Família. De acordo com o Ministério da Cidadania, o Plano reúne qualificação profissional, apoio ao empreendedorismo e encaminhamento ao mercado de trabalho.
 
Para participar, é preciso ter concluído, ao menos, o Ensino Médio (2º Grau). As inscrições devem ser feitas no Portal Progredir, em que o interessado vai ser direcionado à plataforma dos parceiros. 

Fonte: Brasil 61

Gostou de “Facebook lança curso gratuito de empreendedorismo feminino?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

Cursos gratuitos no Senai Mario Amato, com apoio da ACISBEC

A ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) é uma das apoiadoras dos cursos presenciais (gratuitos) direcionados a pessoas de baixa renda que serão realizados na Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato, no Bairro Assunção. O programa é gratuito, terá início dia 20 de abril e segue até 19 de agosto com temas variados. As vagas são limitadas e as inscrições vão de 22 de março a 4 de maio.

Estarão disponíveis cursos sobre Preparação de Cosméticos, Excel Avançado, Operador de Logística, Auxiliar de Almoxarife e Inspetor de Qualidade, entre outros.

As matrículas serão realizadas presencialmente por ordem de chegada, das 8h às 19h. Candidato menor de idade deverá comparecer com o responsável legal. É necessário apresentar cópia de documentos como RG, CPF, comprovante de endereço, de requisitos (se o curso exigir) e declaração de baixa renda. Todos os cursos terão módulo extra obrigatório de Competências Pessoais e Profissionais, com carga horária de 40 horas. Para os cursos com necessidade de utilização de EPI’s, o aluno deverá providenciar a aquisição, que poderá ser feita diretamente no bazar da AAPM.

A Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato fica localizada na Rua Vitória Maria Médice Ramos, 330, Bairro Assunção, São Bernardo. Outras informações podem ser obtidas pelos números de telefone e WhatsApp: 4344-5018 e 4344-5096. www.marioamato.sp.senai.br

A ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) é uma das apoiadoras dos cursos presenciais direcionados a pessoas de baixa renda que serão realizados na Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato, no Bairro Assunção. O programa é gratuito, terá início dia 20 de abril e segue até 19 de agosto com temas variados. As vagas são limitadas e as inscrições vão de 22 de março a 4 de maio.Estarão disponíveis cursos sobre Preparação de Cosméticos, Excel Avançado, Operador de Logística, Auxiliar de Almoxarife e Inspetor de Qualidade, entre outros.As matrículas serão realizadas presencialmente por ordem de chegada, das 8h às 19h. Candidato menor de idade deverá comparecer com o responsável legal. É necessário apresentar cópia de documentos como RG, CPF, comprovante de endereço, de requisitos (se o curso exigir) e declaração de baixa renda. Todos os cursos terão módulo extra obrigatório de Competências Pessoais e Profissionais, com carga horária de 40 horas. Para os cursos com necessidade de utilização de EPI's, o aluno deverá providenciar a aquisição, que poderá ser feita diretamente no bazar da AAPM.A Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato fica localizada na Rua Vitória Maria Médice Ramos, 330, Bairro Assunção, São Bernardo. Outras informações podem ser obtidas pelos números de telefone e WhatsApp: 4344-5018 e 4344-5096. www.marioamato.sp.senai.brSobre a ACISBECInstituição com mais de sete décadas de existência, foi fundada em 27 de setembro de 1944 e tem como presidente Valter Moura. Instalada em sede própria com área de quatro mil metros construídos, dispõe de ampla estrutura distribuída em seis pavimentos com auditório para 400 pessoas, salas de reunião, salão de exposição para feiras e fóruns de negócios, cursos e palestras, entre outros.

Sobre a ACISBEC

Instituição com mais de sete décadas de existência, foi fundada em 27 de setembro de 1944 e tem como presidente Valter Moura. Instalada em sede própria com área de quatro mil metros construídos, dispõe de ampla estrutura distribuída em seis pavimentos com auditório para 400 pessoas, salas de reunião, salão de exposição para feiras e fóruns de negócios, cursos e palestras, entre outros.

Ao longo dos anos, a ACISBEC implantou serviços, projetos, realizou convênios e parcerias em benefício dos associados e comunidade. Entre os atendimentos prestados estão consulta Pessoa Física e Pessoa Jurídica; Cadastro Positivo; Certificado Digital; Certificado de Origem; ACISBEC Mobile; Cursos e Eventos e dispõe de locação de salas.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Cursos gratuitos no Senai Mario Amato, com apoio da ACISBEC”?

Cursos gratuitos no Senai Mario Amato, com apoio da ACISBEC
Foto: José Paulo Lacerda

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Governo lança novos programas de empreendedorismo para mulheres

Em anuncio feito nesta segunda-feira (08/03), o Governador João Doria lança três novos programas de empreendedorismo, geração de renda e qualificação profissional, voltados exclusivamente para mulheres.

Governo lança novos programas de empreendedorismo para mulheres

Durante a coletiva de imprensa, no Dia Internacional da Mulher, Doria também homenageou aquelas que se destacaram no combate ao coronavírus.

programas de empreendedorismo para mulheres

Empreenda Mulher

O “Empreenda Mulher” oferece mais de 60 mil vagas gratuitas em cursos de qualificação em diversas áreas e a liberação de R$ 50 milhões em microcrédito pelo Banco do Povo, exclusivos para mulheres domiciliadas no Estado de São Paulo. O objetivo do programa é incentivar a autonomia das mulheres, possibilitando acesso a crédito e oferta de cursos de qualificação empreendedora, tecnológica, entre outras áreas. As informações sobre os cursos e a linha especial do Banco do Povo podem ser consultadas no site www.desenvolvimentoeconomico.sp.gov.br/empreendamulher.

Prospera Mulher

A primeira fase do “Prospera Mulher” irá beneficiar 12 mil famílias em todo o Estado. Seu público-alvo são as chefes de famílias monoparentais, com crianças de 0 a 6 anos, e que estejam em situação de extrema pobreza (ou seja, que sobrevivem mensalmente com até R$ 89 por pessoa), devidamente cadastradas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais), preferencialmente, atendidas por programas e serviços destinados à primeira infância.

A sua premissa é de inclusão produtiva, estimulando a geração de renda através do acesso ao trabalho, empreendedorismo, capacitações e oportunidades de ofício atrelado a plano de futuro, combinando aspirações pessoais, profissionais, sociais e financeiras; e o incentivo a bancarização e cultura de poupança, com a transferência de recursos.

TODAS in-Rede

O “TODAS in-Rede” visa o empoderamento e a autonomia das mulheres com deficiência do Estado. De acordo com a Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência, atualmente vivem mais de 1,7 milhão de mulheres com deficiência em São Paulo.

Por meio de ações de formação profissional, disseminação de informações e criação de uma rede virtual acessível às mulheres com deficiência, o programa busca o protagonismo desse público, onde são trabalhados temas como acesso à informação, trabalho, renda e autonomia financeira, exercício dos direitos afetivos, sexuais e reprodutivos, prevenção à violência e autoestima e liderança. Para se cadastrar na Rede Virtual e ficar por dentro de todas as novidades do programa TODAS in-Rede basta acessar: www.todasinrede.sp.gov.br.

Mulheres que se destacaram no combate ao coronavírus

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o Governador João Doria ressaltou o trabalho de 11 mulheres que se destacaram no combate ao coronavírus no Estado de São Paulo. “Elas representam milhões de mulheres, mães, avós, cidadãs e brasileiras que, ao longo destes 14 meses, têm defendido a vida, a saúde, a existência, a verdade e a transparência.

A cada uma dessas mulheres, a cada uma dessas mães, filhas, netas, cidadãs brasileiras, não importa a cor, a idade, onde vivam: a nossa homenagem”, declarou Doria.

As nossas homenageadas são:

Esther Sabino e Jaqueline Goes – cientistas que lideraram o mapeamento do genoma do novo coronavírus.
Eloisa Bonfá – médica, diretora do Hospital das Clínicas, que coordena o maior complexo hospitalar da América Latina no combate à Covid-19.
Rosangela Soares dos Santos – enfermeira que atua na linha de frente do hospital Emílio Ribas.
Suzel da Silva Neves – auxiliar de enfermagem que trabalha na linha de frente do hospital de Vila Nova Penteado, na periferia da cidade de São Paulo.
Lia Porto – Procuradora Geral do Estado de São Paulo, que garantiu, através de uma ação no STF, o financiamento de leitos de UTI no Estado.
Regiane de Paula – coordenadora do Programa Estadual de Vacinação de São Paulo.
Regina Esteves – presidente e CEO da Comunitas, organização sem fins lucrativos que gerenciou a captação de R$ 185 milhões da iniciativa privada para a construção da nova fábrica de vacinas do Butantan.
Helena Sato – pediatra e integrante do Centro de Contingência de Combate à Covid-19 do Estado de São Paulo.
Cintia Lucci – diretora de projetos estratégicos do Instituto Butantan.
Cristina Megid – diretora da Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo.
Hélia Araujo – jornalista e coordenadora de imprensa da Secretaria de Comunicação do Estado de São Paulo.


Gostou de “Governo lança novos programas de empreendedorismo para mulheres”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Certificado Digital por videoconferência é aposta da Valid

A Instrução Normativa 5, publicada em 22 de fevereiro de 2021, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), regulamenta a emissão de certificado digital por videoconferência.  

Certificado Digital por videoconferência
Certificado Digital por videoconferência Foto: José Luis da Conceição/Governo SP

O objetivo desta normativa é garantir a segurança na identificação dos titulares e responsáveis pelos certificados digitais não só para as renovações de certificados como também para aqueles que ainda não possuem a biometria cadastrada, ao mesmo tempo que simplifica e abre novas oportunidades no mercado de certificação digital. 

As mudanças entraram em vigor no dia 01 de março. A expectativa do mercado de certificação digital da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, que alcançou números recordes de emissões em 2020, é de que ocorra um movimento extremamente positivo, intensificando o uso dos certificados e permitindo a massificação do serviço. 

Vale comentar que a coleta de dados biométricos nesta modalidade remota deverá ser realizada pela captura de face do requerente durante a videoconferência de forma assistida e, opcionalmente, pela coleta das impressões digitais do requerente de forma não assistida e assíncrona - que não ocorre ou não se efetiva ao mesmo tempo à videoconferência – para execução do batimento biométrico junto a uma base oficial nacional ou banco de dados dos Prestadores de Serviço Biométrico – PSBio. 

Para Maurício Valim, Superintendente Operacional da Valid, a experiência que tivemos em 2020 comprovou a grande adesão ao serviço, permitiu maior praticidade, agilidade e segurança para as emissões (primárias e renovações) de certificados digitais ICP- Brasil por videoconferência. “Apostamos em um incremento ainda maior com a regulamentação dos parâmetros para emissão de certificados digitais de forma remota por videoconferência. É a tecnologia facilitando a vida do cidadão em busca de uma sociedade digital, uma vez que o uso do certificado (eCPF ou eCNPJ) se faz necessário para inúmeras operações, transações, obrigações legais com Governo, entre outras”.  

O executivo destaca que com esse modelo há mais agilidade no processo, permitindo que a experiência do usuário seja simples e rápida, algo em torno de 5 a 10 minutos. Além disso, os clientes terão a comodidade de fazer a renovação sem sair de casa, escolher data e horário para realizar a videoconferência. “Em todos os atendimentos haverá um agente de registro autorizado e apto para seguir todos os procedimentos legais que garantem as validações dos documentos”.  

Sobre a Valid Certificadora  

A Valid Certificadora é uma empresa do grupo Valid especializada em serviços digitais de confiança, identificação, acesso, cifragem e autenticação realizando operações criptográficas padronizadas nacional e internacionalmente, de acordo com a regulamentação estabelecida, na identificação de pessoas físicas ou jurídicas para assinatura digital; geração e armazenamento seguro de evidências digitais de uma transação eletrônica e diversas outras soluções. Credenciada pelo ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação) é Autoridade Certificadora emitente dos certificados digitais ICP-Brasil, tais como eCPF, eCNPJ, NFe, CTe, SSL. Entre as áreas de atuação especializadas é PSS – Prestadora de Serviço e Suporte ICP-Brasil, ACT – Autoridade de Carimbo de Tempo, PS EEA – Prestador de Serviço para Entidade Emissora de Atributo, PSC – Prestadora de Serviço de Confiança, PSBio – Prestadora de Serviço Biométrico, Hub de Serviços em Blockchain e Platinum Partner GlobalSign para emissões de SSL raiz internacional. Para conhecer mais sobre os serviços Valid em certificação digital, assinatura digital, carimbo do tempo, certificados de atributo e desmaterialização de processos e documentos, visite: www.validcertificadora.com.br ou https://blog.validcertificadora.com.br/podecontar/   

Sobre a Valid 

Vivemos na economia da confiança. Nessa economia, a moeda é a identidade, e identificação é o que dá valor a ela. Para a Valid (B³: VLID3 – ON), identificação é reconhecer algo ou alguém como verdadeiro. Estamos no seu RG, nos seus cartões de banco, nas transações que faz pelo celular e em todos esses lugares, usamos tecnologia de ponta. Somos 6,000 colaboradores em 16 países levando em consideração as particularidades culturais e regionais, para entregar soluções personalizadas e integradas. No Brasil somos a maior empresa em emissão de documentos de identificação, no mundo ocupamos a 5ª posição na produção de SIM Cards e estamos entre os 10 maiores fabricantes de cartão do planeta. Identificação é nossa razão de ser. Para saber mais, acesse www.valid.com

Gostou de “Certificado Digital por videoconferência é aposta da Valid”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter. Leia mais sobre tecnologia.

Via Rápida Emprego abre inscrições para curso em Santo André

A Prefeitura de Santo André entrou em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, e abre inscrições para o curso gratuito de Corte e Costura, através do Via Rápida Emprego.

Feito por meio do programa Minha Chance, o curso integra a Escola de Ouro Andreense.

Conta com 80 horas de duração e tem início previsto para o dia 22 de março.

A carreta ficará no Paço Municipal, entre o Prédio Executivo e o Fórum (Praça IV Centenário, s/n, Centro).

Via Rápida Emprego abre inscrições

São 28 vagas disponíveis para os munícipes se candidatar até o dia 12 de março ou até quando tiverem vagas.

Para se inscrever, é só acessar o site e efetuar o cadastro. E quem já tiver cadastro, basta fazer o login.

Os alunos poderão receber uma bolsa-auxilio que facilitará a permanência e conclusão, se estiver dentro dos critérios de elegibilidade descritas no site www.viarapida.sp.gov.br.

Segundo o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, a iniciativa é uma boa oportunidade para as pessoas que têm se encontrado nesta área.

“Durante a pandemia foi possível observar uma grande mão de obra em nossa cidade. O Fundo Social de Solidariedade, junto com a Secretaria de Desenvolvimento, conseguiu mapear um grande número de costureiros que puderam prestar os serviços para a produção de máscaras.” disse.

“A Prefeitura de Santo André produziu e entregou mais de 1 milhão de máscaras para a população. Diante dessa grande quantidade de costureiras, resolvemos procurar o Governo do Estado de São Paulo”, finalizou.

Esta é a quarta capacitação profissional realizada com o Governo do Estado de São Paulo. Os outros três foram oferecidos para cerca de 113 alunos.

A capacitação profissional é um dos três pilares que a Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego e tem como prioridade, juntamente com a melhoria no ambiente de negócios e a competitividade nas empresas.

Minha Chance – O programa Minha Chance é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo para aumentar a empregabilidade dos beneficiários dos seus cursos técnicos e de qualificação profissional.

No Minha Chance, a empresa se cadastra no portal http://www.minhachance.sp.gov.br e declara sua necessidade de mão-de-obra qualificada no período de 2 a 6 meses.

Com as informações, a Secretaria avalia a possibilidade de formação na região indicada e com o conteúdo proposto, levando em conta o potencial de absorção da mão de obra pelas empresas da região. Santo André é uma das referências na área têxtil e conta com a Rhodia Solvay Têxtil, uma das grandes empresas do segmento.

Gostou de “Via Rápida Emprego abre inscrições para curso em Santo André”?

Então, aproveite e assine newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Mas não se esqueça de ler mais sobre o que acontece no ABC Cidades e as Notícias de Santo André todo dia no Jornal Grande ABC

USP oferece cursos gratuitos e on-line

A Universidade de São Paulo (USP) oferece cursos gratuitos disponíveis para todos os públicos, sem exigência de formação específica. Os conteúdos estão disponíveis on-line, na plataforma coursera, e são de diferentes áreas do conhecimento, desde ciências de dados, tecnologia, negócios e mais.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Whatsapp (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Entre as aulas dos cursos, o aluno terá conteúdo sobre vários temas, como gestão de projetos, estatística, marketing digital, estrutura jurídica e financeira, marketing e vendas, criação de startups.

No momento, são 15 cursos publicados desenvolvidos por professores da USP para quem busca ampliar os conhecimentos e aperfeiçoar o currículo.

  • Marketing Digital
    Aprenda a desenvolver a estratégia de marketing digital para a sua empresa ou startup, nesse curso você irá aprender sobre os principais pontos do Marketing como ROI, SEO, SEM, Testes AB e como gerenciar o funil de conversão e também como usar plataformas como Google adwords e Analytics, Facebook Ads e Email Marketing.

  • Introdução aos Princípios e Práticas da Gestão De Projetos
    esta série de cursos e atividades práticas proporciona as habilidades para que seus projetos sejam executados e os resultados esperados entregues conforme o cronograma e o orçamento. Você vai adquirir sólidos fundamentos da gestão de projetos que poderão ser aplicados em seu trabalho.

  • Econometria Básica Aplicada
    Buscaremos introduzir aos alunos métodos de estimação de modelos lineares que relacionam variáveis econômicas. Espera-se que o aluno seja capaz de entender modelos simples e testar hipóteses sobre os modelos de interesse.

  • Criação de Startups: Como desenvolver negócios inovadores
    Ao final desse curso, esperamos que você esteja familiarizado com os principais conceitos e metodologias de criação de startups. Para melhorar o seu aprendizado, trabalhe com uma ideia ou um projeto e tente trabalhar nas entregas opcionais ao final de cada módulo.

  • Mapas conceituais para aprender e colaborar
    Você aprenderá a fazer bons mapas conceituais, ou seja, mapas que representam com fidelidade o seu entendimento sobre o tema mapeado – revelando o que você sabe e o que você não sabe!

  • Introdução à Análise Macroeconômica
    Neste curso de introdução à análise macroeconômica, objetivamos apresentar a estrutura lógica (modelos) da macroeconomia moderna, de maneira simples e com auxílio de gráficos básicos e intuitivos.

  • Origens da Vida no Contexto Cósmico
    É um curso com formato multidisciplinar que o levará a compreender melhor os aspectos envolvidos no surgimento de vida na Terra e no possível surgimento de vida em outros planetas.

  • Introdução ao Teste de Software
    Ao completar o curso, os estudantes serão capazes de planejar e aplicar as principais técnicas, critérios e ferramentas de teste em variados domínios e tipos de software.

  • Marketing e vendas B2B: Fechando novos negócios
    Aprenda a aumentar as vendas em negócios B2B com técnicas e estratégias de Marketing. Este curso introdutório oferece conteúdos teóricos e práticos dados pelos profissionais das maiores startups brasileiras, como Lean Survey, looqbox, Colaboradores, entre outras.

  • UX / UI: Fundamentos para o design de interface
    Aprenda com uma das maiores startups do Brasil, a Taqtile sobre com criar a melhor experiência para o seu usuário, formas de gerar ideias, princípios básicos de design e como desenvolver interfaces de aplicativos e sites, esse curso introdutório é composto de aulas teóricas com exemplos práticos de aplicação de cada assunto abordado.

  • Compreendendo o Zika e doenças emergentes
    Através deste curso você vai saber porque tantas doenças que surgiram atualmente (doenças emergentes) são causadas por vírus, como elas surgem e se espalham. Veremos como vírus causadores de doenças entram em contato com o ser humano e como se espalham, principalmente aqueles transmitidos por mosquitos, como os vírus da Dengue e Zika. Você será capaz de identificar como e onde o Zika vírus começou a causar a atual pandemia, entenderá como ele circula e quais os sintomas que causa nas pessoas em geral e em gestantes e particular, com ênfase na microcefalia.

  • Consolidando empresas: Estrutura jurídica e financeira
    Ao final desse curso, esperamos que você esteja familiarizado com os principais conceitos, ferramentas e princípios de como regulamentar a sua empresa, como geri-la financeiramente, como encontrar o seu modelo de negócio e como lidar com investimentos e investidores.

Gostou de “USP oferece cursos gratuitos”?

USP oferece cursos gratuitos
USP oferece cursos gratuitos

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 1

Denize Amaro, autora do artigo “O tal do present perfect”

Vamos descomplicar esse tempo verbal que é motivo de muitas dúvidas para os estudantes de inglês.

Primeiramente, ele se chama PRESENT PERFECT, mas não o usamos para falar de situações no presente. Ele é usado para falar de situações no PASSADO.

O que deixa todo mundo confuso a princípio, é o uso do HAVE. Aqui, “have” não tem a função de verbo irregular traduzido como TER.

No Present Perfect, “HAVE” tem função de verbo auxiliar. Pensemos assim:
No presente (Simple Present), precisamos dos auxiliares DO e DOES. No Simple Past, precisamos de DID. No Present Perfect precisamos de HAVE.

Uma frase no Present Perfect então deve obedecer essa estrutura:
SUJEITO + HAVE/HAS + PARTICÍPIO PASSADO DO VERBO PRINCIPAL
OMG! Particípio Passado? É de comer?
“Past Participle” é um MODO VERBAL. Verbos podem estar no infinitivo, no gerúndio, ou no particípio passado.

O “Past Participle” é usado em vários TEMPOS VERBAIS (VERB TENSES), não apenas no Present Perfect. Ele é aquela terceira coluna da famosa “Tabela de Verbos Irregulares”

Irregular Verbs (Verbos Irregulares)

Verbo (Verb)Passado Simples (Past Simple)Participio Passado (Past Participle)Tradução (Translation)
bewas/werebeenser; estar
bearborebornnascer; produzir
becomebecamebecometornar-se; transformar-se
beginbeganbeguncomeçar
breakbrokebrokenquebrar; romper
bringbroughtbroughttrazer; executar
buildbuiltbuiltconstruir; fabricar
buyboughtboughtcomprar
choosechosechosenescolher; preferir

https://www.todamateria.com.br/past-participle/

Vamos para alguns exemplos, obedecendo a estrutura “have/has + past participle”.

  • I’ve called you many times. (Eu te liguei várias vezes.)
  • They have never visited me. (Eles nunca me visitaram.)
  • Have you eaten yet? (Você já comeu?)
  • David still hasn’t found his keys. (David ainda não encontrou suas chaves.)
    As formas negativas são HAVE NOT / HAVEN’T e HAS NOT / HASN’T.
    Nas perguntas, colocamos HAVE/HAS antes do sujeito.
    I hope you have studied hard! Keep up the good work
O TAL DO PRESENT PERFECT

TEACHER DENIZE AMARO LECIONA IDIOMAS HÁ 21 ANOS. GRADUADA EM LETRAS COM LICENCIATURA EM ESPANHOL.

PARA AULAS PARTICULARES @denizeteacher

Gostou de “O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 1”?

Assine nossa Newsletter, e receba nossas publicações em seu email.Então, aproveite e leia mais sobre Gringuei.

Google Brasil oferece vagas em cursos gratuitos no país

São 2.000 oportunidades para jovens de todo o país. Quem oferece as vagas é o Google Brasil, em parceria com a ONG de educação Junior Achievement e o Bid Lab. As inscrições para o curso tech.já estão abertas. A capacitação de profissionais qualificados e jovens é o objetivo, visando a demanda na área de tecnologia.

O estados contemplados são Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Os participantes do curso tech.já serão capacitados nos conteúdos de tecnologia e, ao final, receberão certificação de Profissional de Suporte de TI. Todo o curso será online, devido a pandemia.

Poderão se inscrever as pessoas que almejam carreira nessa área, com idades entre 18 e 29 anos e que tenham concluído o ensino médio (em escola pública). além disso, não estejam trabalhando e nem matriculados em curso de graduação, pois é necessário ter tempo disponível para os estudos.

Serão 300 horas do curso, e acontecerá entre março e julho. A metodologia desenvolvida prevê os conteúdos de tecnologia e das soft skills importantes para o mercado de trabalho.

Os jovens aprenderão sobre os fundamentos de suporte técnico, redes de computadores, sistemas operacionais, administração e segurança em TI, além de praticarem atividades de criação de currículo, comunicação, criatividade, marketing pessoal, empreendedorismo, finanças e atendimento ao cliente.

Pensando na inclusão digital, o projeto ainda conceberá um auxílio aos participantes que não têm internet e/ou computador em casa para possibilitar o acesso ao conteúdo. As aulas começam no início de março e as inscrições podem ser efetuadas até o dia 23 de fevereiro, no link: http://jabrasil.org.br/ti.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Whatsapp (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “Google Brasil oferece vagas em cursos gratuitos no país”?

Google Brasil oferece vagas em cursos gratuitos no país

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

MEC autoriza abertura de 28 mil vagas em cursos técnicos no País

Ministério da Educação (MEC) autoriza a abertura de 28.322 novas vagas, em 42 cursos técnicos de nível médio, a serem ofertados pelas Instituições Privadas de Ensino Superior. A medida foi publica na Portaria n° 28 do Diário Oficial da União. 

Segundo o texto, 64 instituições poderão oferecer as capacitações técnicas pelo período de três anos. O prazo para iniciar a oferta dos cursos, na modalidade presencial e a distância, é de 12 meses, contados a partir da data da publicação do ato normativo. A decisão do MEC atende a um pedido das instituições, feito entre julho e agosto de 2020, para o funcionamento de cursos encaminhados.

As aulas na modalidade a distância devem contar com atividades presenciais obrigatórias, desenvolvidas no próprio local de oferta autorizado, conforme previsto no plano de curso apresentado pelas instituições.

A lista de cursos autorizados está disponível na Portaria n° 28, do Diário Oficial da União, de 21 de janeiro de 2021.

Em parceria com Brasil 61

Gostou de “MEC autoriza abertura de 28 mil vagas em cursos técnicos no País”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais sobre a Região do Grande ABC.

MEC autoriza abertura de 28 mil vagas em cursos técnicos no País

Violência contra crianças: Governo oferece curso para identificar

Estão abertas as inscrições para que profissionais recebam capacitação com objetivo de identificar violência cometidas contra crianças que estão na primeira infância. O curso é voltado para pessoas que atuam diretamente nas visitas às famílias do programa Criança Feliz, do Governo Federal. Segundo o edital divulgado, o treinamento será realizado por meio de dois cursos na modalidade de Ensino a Distância (EAD). A ideia é estimular ações formativas e informativas realizadas pelos setores público, privado e da sociedade civil sobre a importância do desenvolvimento infantil e o enfrentamento de toda e qualquer violência nesta etapa da vida.

Os cursos são disponibilizados por uma parceria entre o Ministério da Cidadania e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (SNDCA/MMFDH) e a ação pode beneficiar as mais de 870 mil crianças que são atendidas pelo Programa. O primeiro curso terá como tema a “Contextualização da Violência na Primeira Infância”. O segundo vai falar sobre as “Ferramentas para a prevenção e o enfrentamento à violência contra crianças na primeira infância”.

Inscrições

Segundo o Edital, serão consideradas elegíveis para desenvolver os cursos pessoas jurídicas que realizam pesquisas e capacitação relativas à área temática proposta. Além do desenvolvimento das capacitações, a instituição selecionada deverá elaborar material digital que será disponibilizado no Portal de Capacitação do Ministério da Cidadania (MC).

As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas até 19 de fevereiro de 2021. Para ter acesso ao edital, os interessados devem acessar o portal da Joint Operations Facility – JOF, das Nações Unidas Brasil. Informações adicionais sobre o processo seletivo estão disponíveis no site da United Nations
Development Programme

Em parceria com Brasil 61

Gostou de “Governo oferece curso para identificar violência contra crianças”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais sobre a Região do Grande ABC.

Governo oferece curso para identificar violência contra crianças

Curso gratuito de Mangá: Torneio de Natal premia alunos

Cerca de 30 alunos do curso gratuito de Mangá, da Prefeitura de Ribeirão Pires por meio da Secretaria de Cultura, participaram de Torneio de Natal. A iniciativa da professora Claudia Terehoff Merino, com premiação dos primeiros colocados. Sendo assim, a escolha dos três melhores desenhos foi feita através do voto popular nas redes sociais.

“Desde março deste ano, por conta da necessidade de isolamento social imposta pela pandemia do coronavírus, os alunos assistiram aulas online através do Youtube com devolutivas pelo WhatsApp. A proposta serviu como estímulo aos participantes”, explicou a professora.

Lairton Sales, primeiro colocado com 132 votos (Foto em destaque), foi contemplado com uma caixa de lápis de cor 12 cores; 2 lápis, borracha e apontador; 1 pacote de papel canson; 2 chocolates e 2 bottons de Anime (sortidos). Anderson Alvez, que ficou em segundo lugar com 94 votos, ganhou um mangá; 2 bottons de Anime (sortidos) e 2 chocolates; em seguida, Nicole Marcondes, terceira colocada, com 91 votos, uma caixa de bis e 2 bottons de Anime (sortidos).

Os desenhos feitos pelos alunos para o Torneio foram publicados nesta segunda-feira, dia 14, conforme podem ser vistos em https://www.facebook.com/prefeituraderibeiraopires.

Curso gratuito de Mangá
Segundo lugar: Anderson Alvez

Curso gratuito de Mangá

A ação, promovida pela professora Claudia Terehoff Merino, contou com a participação de cerca de 30 alunos.

A primeira imagem é a obra vencedora do torneio, feita por Lairton. Nesla, ao fundo está um céu noturno estrelado e com lua minguante, à frente. Então, o artista ilustrou Papai Noel no trenó, carregando o saco de presentes com uma das mãos e com a outra apontado o caminho à frente. Dessa forma, acompanhado por dois elfos com vestimentas verdes, que observam o caminho apontado. Além disso, na página da Prefeitura de Ribeirão Pires, no Facebook, estão as imagens das outras 29 obras com temas natalinos feitas pelos alunos do curso de mangá para o Torneio.

Locais de Prova Fuvest 2021

Você pode consultar os locais de prova da 1ª fase do Vestibular Fuvest 2021. A 1ª Fase será no dia 10 de janeiro e as provas da 2ª fase nos dias 21 e 22 de fevereiro de 2021.

Para o ano de 2021, a USP oferece 11.147 vagas em diversos cursos de graduação, das quais 8.242 destinadas para seleção pelo vestibular da FUVEST. A USP destinará outras 2.905 vagas. Portanto, estas para seleção de estudantes do SISU/ENEM.

O número de inscritos no Concurso Vestibular FUVEST 2021 totalizou 130.525, considerando-se candidatos e “treineiros”, o que representa um crescimento perante a edição anterior, FUVEST 2020. Anteriormente, contou com 129.157 inscrições.

As carreiras de Medicina em São Paulo e Medicina em Ribeirão Preto lideram ranking de concorrência, com 154,6 e 129,1 candidatos por vaga, respectivamente. Enquanto isso, na terceira posição aparece o curso de Medicina de Bauru, com 78,4 candidatos por vaga.

Para conhecer a relação candidato/vaga de todos os cursos, clique aqui.

Saiba mais sobre Locais de Prova Fuvest

Os exames de habilidades específicas sofreram alterações em decorrência da pandemia de COVID-19. Dessa forma, as provas de música de São Paulo e Ribeirão Preto serão feitas em formato virtual. Enquanto isso, em formato misto, será a prova de Artes Cêncicas. Entretanto, a área de Artes Visuais excluiu a prova de habilidades específicas neste ano.

Confira na Área do Candidato

Locais de Prova Fuvest

Sobre a FUVEST

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) foi criada pela Universidade de São Paulo (USP) em 20 de abril de 1976. A Fuvest foi instituída para realizar o exame vestibular da USP, de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Conselho de Graduação da Universidade.

Ela é uma fundação de direito privado, sem fins lucrativos, com autonomia administrativa, financeira e patrimonial. Possui dois órgãos: o Conselho Curador e a Diretoria-Executiva.

O Conselho Curador é formado por oito integrantes efetivos, designados pelo Reitor da USP, entre professores da Universidade. Eles possuem mandato de quatro anos, exceto o presidente e o vice-presidente que ficam no cargo por dois anos, podendo ser prorrogado por período consecutivo. O órgão é responsável por tomar as decisões sobre a fundação.

Por fim, a Diretoria-Executiva, responsável pela administração da Fuvest, é constituída de um diretor executivo, um vice-diretor e um diretor financeiro. Eles são eleitos pelo Conselho Curador, com prazo de designação de dois anos, sendo permitida duas reconduções sucessivas de igual duração.

ACISBEC faz parceria com Escola Vereda

Acordo permite desconto de 50% na matrícula para associados e colaboradores

A ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) promoveu mais uma parceria para beneficiar seus associados e colaboradores. O acordo de cooperação foi firmado com a Escola Vereda, de São Bernardo do Campo, para as turmas de 2021 do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio com desconto de 50% na matrícula e 5% na parcela da anuidade.

“A iniciativa beneficia os interessados em uma área importante e em um momento de dificuldade em função da pandemia pela covid-19. Além disso, agregamos serviços e oferecemos um diferencial”, explica Valter Moura, presidente da ACISBEC. O benefício é válido para inscrições até 30 de novembro.

De acordo com a Escola Vereda, a instituição tem compromisso com a educação de qualidade por um preço justo, oferecendo educação integral, em tempo integral. E tem como missão durante os 12 anos de educação formar estudantes, com foco em construir cidadãos críticos, conscientes de sua participação na sociedade e que sejam capazes de transformar não somente a sua realidade, e sim todo o ecossistema social em que estão inseridos.

Outras informações e condições podem ser obtidas pelo telefone (11) 4972-7350 e se identificar como associado ou colaborador da ACISBEC. Acesse www.escolavereda.com.br. A escola fica localizada na Rua Odeon, 150, Vila Alcantara.  O horário de atendimento presencial é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

Sobre a ACISBEC

Instituição com mais de sete décadas de existência, foi fundada em 27 de setembro de 1944 e tem como presidente Valter Moura. Instalada em sede própria com área de quatro mil metros construídos, dispõe de ampla estrutura distribuída em seis pavimentos com auditório para 400 pessoas, salas de reunião, salão de exposição para feiras e fóruns de negócios, cursos e palestras, entre outros.

Ao longo dos anos, a ACISBEC implantou serviços, projetos, realizou convênios e parcerias em benefício dos associados e comunidade. Entre os atendimentos prestados estão consulta Pessoa Física e Pessoa Jurídica; Cadastro Positivo; Certificado Digital; Certificado de Origem; ACISBEC Mobile; Cursos e Eventos e dispõe de locação de salas.

Pequenas empresas tem acesso online gratuito a curso sobre LGPD

O curso tem duração de 2 horas e ensina como funciona a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, quais são as diretrizes e os impactos na implementação da nova legislação nas empresas

Com a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), todas as empresas instaladas no país, independentemente do porte, terão que se submeter à nova legislação. As novas regras dizem respeito ao regulamento da coleta, tratamento, armazenamento e o compartilhamento de dados pessoais gerenciados por empresas.

Com o objetivo de orientar os donos de pequenos negócios, até mesmo os microempreendedores individuais (MEI), nesse propósito, o Sebrae passou a oferecer um curso online e gratuito, denominado “LGPD: a sua empresa está preparada?”. Para se inscrever, os interessados devem acessar o Portal do Sebrae.

O gerente da Unidade de Soluções do Sebrae, Diego Demétrio, afirma que o curso foi desenvolvido com a ideia de apresentar uma visão geral e simplificada da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Com isso, o objetivo é atender as principais dúvidas dos donos de pequenos empreendimentos.  

O curso tem duração de 2 horas e ensina como funciona a LGPD, quais são as diretrizes e os impactos na implementação da nova legislação nas empresas. Além disso, o conteúdo aborda boas práticas no uso de dados pessoais de clientes e fornecedores.

Fonte: Brasil 61

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

MEC oferece cursos em técnicas de ensino à distância

No momento, foram disponibilizadas três capacitações: “Como Preparar Videoaulas”, “Mediação em Ensino à Distância” e “Desenho Didático para Ensino Online”

Com a pandemia do novo coronavírus, uma das mudanças mais relevantes que ocorreu no Brasil foi a adoção de aulas remotas para estudantes matriculados nas escolas públicas e privadas. Por esse motivo, o Ministério da Educação (MEC) oferece capacitação para professores que tiverem interesse aprender a elaborar videoaulas e as técnicas de ensino à distância. O conteúdo é ofertado de maneira gratuita.

No momento, foram disponibilizadas três capacitações: “Como Preparar Videoaulas”, “Mediação em Ensino à Distância” e “Desenho Didático para Ensino Online”. A ideia é que em fevereiro do próximo ano outros dois cursos ofertados: “Multimeios em Educação” e “Psicologia na Educação”.

O intuito dessa capacitação é preparar os atuais e futuros professores da educação básica a utilizarem as ferramentas online em sala de aula e dentro de novos ambientes virtuais de ensino e aprendizagem. Para participar do curso basta se inscrever no site eskadauema.com. As inscrições poderão ser feitas até o dia 13 de novembro.

Fonte: Brasil 61

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.051 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Alunos da rede estadual de São Paulo têm acesso a cursos online gratuitos

Formações da plataforma Google Ateliê Digital são voltadas para o mundo digital e o mercado de trabalho

A empresa Google, por meio da plataforma Google Ateliê Digital, oferece aulas online gratuitas para início e aperfeiçoamento de carreira dos estudantes da rede estadual paulista. São diversos cursos voltados ao mundo digital e mercado de trabalho que podem ser acrescentados ao currículo ou até mesmo usados para gerenciar a própria empresa.

Os atuais cursos disponíveis variam de 1 a 40 horas de estudos e algumas opções são: Fundamentos do Marketing Digital; Entenda conceitos básicos de codificação; Introdução à comunicação corporativa.

As aulas são disponibilizadas por módulos e podem ser feitas a qualquer momento e acessadas no computador, tablet ou celular. Assim, os estudantes podem criar o próprio cronograma de aprendizagem da forma mais conveniente.

Os interessados podem acessar o Google Ateliê Digital pela internet.

SPPI e BID oferecem curso gratuito

A Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI), em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e com apoio da CAIXA e do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), está oferecendo o curso “PPP para o Desenvolvimento 2.0: Implementando Soluções no Brasil, América Latina e Caribe”.

O objetivo é capacitar servidores e colaboradores do governo federal, estados, municípios, consórcios intermunicipais, CAIXA e BNDES que atuam diretamente na preparação, apoio, estruturação e acompanhamento de Parcerias Público-Privadas (PPP).

O curso se realizará em formato MOOC (Massive Open Online Course) na plataforma de educação à distância do BID (IDBx). Disponível em português, terá início em 3 de novembro de 2020 e duração de seis semanas.

Infraestrutura, saúde, educação

No curso, serão compartilhadas experiências de instituições internacionais com a finalidade de ajudar a reduzir lacunas de conhecimento na utilização efetiva das PPPs, oferecendo ideias, soluções e lições aprendidas para lidar com os desafios ou restrições às capacidades técnicas e administrativas do setor público da região.

As lições se aplicam a diferentes setores como infraestrutura, saúde, educação, banda larga e setor fiscal, levando em conta contextos nacionais de vários países da região, incluindo Brasil, Peru, México e Colômbia.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até 30 de outubro deste ano por meio do formulário.

O curso será considerado pré-requisito para capacitação que será disponibilizada pelo BID, em parceria com a SPPI/ME, a ser realizada no primeiro semestre de 2021, que abordará a adoção de PPPs a partir da realidade institucional brasileira.

Dúvidas podem ser encaminhadas pelo email institucional: capacitacaoppi@economia.gov.br.

Curso dedicado a embalagem para transporte e distribuição é oferecido no formato online

Serão dois dias de capacitação do Ital; vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento, instituto é referência na área

Referência nacional em desenvolvimento e avaliação de sistemas de embalagem para transporte e distribuição, o Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea) do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, oferece capacitação na área pela primeira vez no formato online nesta semana, terça (22) e quarta-feira (23), ainda com vagas disponíveis.

“Pretendemos melhorar compreensão dos motivos que levam às perdas durante o transporte, mostrar as possibilidade de redução dessas perdas, controlar a qualidade dos materiais utilizados e otimizar custos, o que viabiliza maior competitividade”, destaca o coordenador técnico do evento, o pesquisador Maurício Bordin.

O curso Desenvolvimento de Embalagens para Transporte e Distribuição está na sexta edição, sendo oferecido a cada dois anos pelo Ital, com o objetivo de melhorar a aplicação de conceitos na execução do trabalho, não havendo capacitação similar no mercado.

“Buscamos aplicar os conceitos básicos de modo que qualquer profissional atuante na área de embalagem de transporte possa acompanhar, mas pessoas com formação técnica têm mais facilidade de compreensão, uma vez que são apresentados conceitos de Física”, esclarece Bordin, que também é instrutor ao lado dos pesquisadores Leandro Konatu e Tiago Dantas, atual diretor do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do Ital.

A programação inclui os principais conceitos aplicados a projeto e avaliação de desempenho, correlação de fatores presentes nos ambientes de distribuição com a necessidade de proteção de cada produto, elaboração de planos de avaliação baseados em normas internacionais e ações necessárias para adequação de produtos para novos mercados e exportação, incluindo as tendências do e-commerce.

Sobre o Ital

Localizado em Campinas, no interior de São Paulo, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) realiza pesquisa, desenvolvimento, assistência tecnológica e difusão do conhecimento nas áreas de embalagem e de processamento, conservação e segurança de alimentos e bebidas.

Fundado em 1963, vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, o Ital possui unidades técnicas especializadas em carnes, produtos de panificação, cereais, chocolates, balas, confeitos, laticínios, frutas, hortaliças e embalagens, sendo certificado na ISO 9001 com parte dos ensaios acreditados na ISO/IEC 17025.

Por meio do Centro de Inovação em Proteína Vegetal, do Núcleo de Inovação Tecnológica e da Plataforma de Inovação Tecnológica, o Ital estimula alianças estratégicas para inovação e projetos de cooperação. Possui ainda Programa de Pós-Graduação aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Outras informações estão disponíveis no site http://www.ital.agricultura.sp.gov.br.

Fonte: Governo de SP

Buscando formação mais digital e inovadora de jovens, SENAI e Ministério da Economia lançam programa Aprendizagem 4.0

Programa reúne competências técnicas e socioemocionais requeridas pelo mercado de trabalho em constante transformação digital

Com o mercado de trabalho em constante transformação digital, a capacitação de trabalhadores que atendam às exigências da indústria se torna cada vez mais essencial. Com vista no aperfeiçoamento de jovens que estão no início da caminhada profissional, o SENAI e o Ministério da Economia lançaram o programa Aprendizagem 4.0. A iniciativa visa ofertar conhecimento em um formato mais digital e ágil, reunindo competências técnicas e socioemocionais requeridas pela indústria 4.0. 

O programa piloto vai abranger duas áreas tecnológicas: Metalmecânica e Tecnologia da Informação. A iniciativa é voltada para jovens de 14 a 24 anos e vai combinar as modalidades de ensino a distância (EaD) e presencial. O programa de aprendizagem não tem custo para o jovem aprendiz. Para a empresa, o único custo é o salário do aprendiz, já que o SENAI apoia no processo de seleção e cuida da formação.

“Estamos vivendo a quarta revolução industrial, que traz novas competências e o redesenho das funcionalidades a que os trabalhadores da indústria do futuro vão ter que possuir”, explica o diretor geral do SENAI, Rafael Lucchesi. “No curso de aprendiz, vamos estar formando as pessoas nesse contexto. Isso é a incorporação dos principais fatores da indústria 4.0, como a internet das coisas, dominar o Big Data, dominar a inteligência artificial, toda a parte de segurança da internet e indústria aditiva. Esses são os principais fatores que vão redesenhar a indústria do futuro.”

No curso de Metalmecânica serão ensinadas as principais inovações tecnológicas dos processos de manufatura avançada, o que pode abrir caminho para a realização do curso para técnico em Mecânica. 

Já no curso da área de Tecnologia da Informação, o foco é no ensino de programação, codificação e teste de sistemas com uso de inteligência artificial, desenvolvimento de competências de integração, automação e conectividade. Como possível caminho após o ensino do SENAI, o aprendiz pode se tornar técnico em Internet das Coisas (IoT), por exemplo. 

“É uma nova abordagem da aprendizagem. O mundo 4.0 requer empresas com integração, automação de processos. O programa tradicional de aprendizagem não comporta isso. É super comum você conversar com as empresas e falarem que só contratam a pessoa pelo o que ela sabe fazer, mas demitem pela falta de habilidade dele no dia-a-dia do trabalho. Isso é a carência socioemocional”, avalia o secretário de Políticas Públicas para o Emprego do Ministério da Economia, Fernando de Holanda. 

“Adicionalmente, temos que focar em competências específicas. O empregador hoje em dia, pergunta diretamente qual é a competência específica que a pessoa sabe fazer. O que esse programa em conjunto tenta fazer é dar as competências”, completa o secretário. 

SENAI e Ministério da Economia acreditam que o programa Aprendizagem 4.0 terá papel fundamental para jovens e adolescentes conseguirem o primeiro emprego. O inovador do programa é o foco na demanda e o fornecimento das competências necessárias para que os jovens venham a ser bem-sucedidos no mercado. 



Participação do aprendiz

Jovens de 14 a 24 anos podem realizar o cadastro na plataforma de empregos do SENAI. A próxima etapa é uma entrevista online para falar sobre si mesmo: gostos e aptidões; sonhos e expectativas; o que pensa sobre sociedade e cidadania; o que faz como lazer e saúde; como são as relações de amizade e de família.
As informações serão utilizadas para identificar características socioecomionais de candidatos às vagas oferecidas por empresários que pretendem contratar aprendizes neste novo formato oferecido pelo SENAI.

Para as empresas, o SENAI recomenda entrar em contato com a unidade da instituição mais próxima para saber como participar do Programa Aprendizagem 4.0.

Fonte: Brasil 61

Evento online promove capacitação em produtos de panificação e confeitaria

Promovido pelo Ital, da Secretaria de Agricultura, seminário será realizado de 5 a 9 de outubro e tem inscrições abertas

A 6ª edição da Semana Tecnológica Cereal Chocotec, que ocorrerá pela primeira vez no formato online, de 5 a 9 de outubro, está com inscrições abertas e é possível conferir a programação completa do evento promovido pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

A iniciativa tem o objetivo de oferecer aos participantes cinco dias dedicados à transferência de conhecimento em chocolates, drageados, balas de goma, barras de cereais e de frutas, pão de queijo, farinha de trigo, microencapsulação de alimentos e sustentabilidade em produtos de panificação e confeitaria.

A semana é promovida pelo Centro de Cereais e Chocolate (Cereal Chocotec) do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), com programação pensada para ampliar as oportunidades entre profissionais e dirigentes das indústrias, pesquisadores e estudantes das áreas, além de micro, pequenas, médias e grandes empresas com interesse em se aprimorar e em inovar.

Ao todo, serão oferecidos sete cursos teórico-práticos, além do 2º Seminário Sustentabilidade em Bakery & Confectionery, que contará com palestras da diretora-geral do Ital, Eloísa Garcia, sobre conceitos e aplicação, e da vice-diretora do Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea) do Ital, a pesquisadora Fiorella Dantas, sobre tendências em embalagens.

Certificações

A programação do seminário abrange ainda certificações orgânicas, sustentabilidade ambiental e responsabilidade social, soluções responsáveis de agregação de valor e desenvolvimento de produtos, sendo encerrada por palestra sobre desafios e oportunidades da agricultura orgânica no estado, ministrada pelo diretor e coordenador do Projeto de Agricultura Orgânica da Secretaria, Edwin Montenegro, sucedida por mesa-redonda com a participação de todos os palestrantes.

“Nosso objetivo com a Semana Tecnológica é difundir conhecimento aplicado às tecnologias para os setores de Bakery e Confectionery, trazendo inovações alinhadas às demandas do consumidor e atento às necessidade do mercado”, ressalta a diretora do Cereal Chocotec, Carla Léa de Camargo Vianna Cruz.

“Desde a primeira edição da semana, em 2008, temos buscado acompanhar as novidades adequando-as à realidade da produção. Neste ano, ainda tivemos o desafio de adequar todo o conteúdo para o formato online, que tem como ponto positivo uma maior possibilidade de atingir participantes de diferentes localidades do País, sem a necessidade de deslocamento”, complementa a pesquisadora Marise Bonifácio Queiroz, que coordena o evento com a pesquisadora Izabela Dutra Alvim.

A 6ª Semana Tecnológica do Cereal Chocotec conta com apoio das associações brasileiras Abiad, de indústrias de alimentos para fins especiais e congêneres, Abiam, de indústria e comércio de ingredientes e aditivos, Abip, de indústrias de panificação e confeitaria, Abitrigo, da indústria do trigo, e Abimapi, das indústrias de biscoitos, massas alimentícias, pães e bolos, além da Conexão.f, incubadora de conhecimento da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag). As empresas AAK, Bizerba, Cargill, Carino, GNT, Perkin Elmer e WQS patrocinam a iniciativa.

Sobre o Ital

Localizado em Campinas, no interior do estado, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) realiza pesquisa, desenvolvimento, assistência tecnológica e difusão do conhecimento nas áreas de embalagem e de processamento, conservação e segurança de alimentos e bebidas.

Fundado em 1963, vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, o Ital possui unidades técnicas especializadas em carnes, produtos de panificação, cereais, chocolates, balas, confeitos, laticínios, frutas, hortaliças e embalagens, sendo certificado na ISO 9001 com parte dos ensaios acreditados na ISO/IEC 17025.

Por meio do Centro de Inovação em Proteína Vegetal, do Núcleo de Inovação Tecnológica e da Plataforma de Inovação Tecnológica, o Ital estimula alianças estratégicas para inovação e projetos de cooperação. Possui ainda Programa de Pós-Graduação aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Outras informações estão disponíveis aos interessados pelo site www.ital.agricultura.sp.gov.br.

GeneXus cria programa de treinamento 100% online e gratuito

Convênio acadêmico que ocorre em diversos países tem novo formato de ensino à distância com o objetivo de promover a ampliação do mercado de trabalho de desenvolvedores GeneXus, que habilita os alunos como Full Stack

Para ampliar a oferta de desenvolvedores na tecnologia GeneXus, a desenvolvedora global de soluções baseadas em Inteligência Artificial, inicia no Brasil o GeneXus University Online, um programa que nasceu a fim de capacitar os universitários em desenvolvedores para o mercado através dos cursos de desenvolvimento GeneXus Full Stack.

O conceito nasceu a partir do convênio com universidades, que capacitavam seus professores para realizarem cursos presenciais dentro das dependências acadêmicas. Com a pandemia do Coronavírus, o modelo foi alterado para um formato 100% online e gratuito, no qual o aluno passa a acompanhar o curso que foi desenvolvido exclusivamente para as universidades, remotamente.

O programa, que já está na segunda turma, conta com alunos das maiores universidades do País como parceiras, tais como FATEC Jundiaí, Fundação Getúlio Vargas, Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo, UNASP (Centro Universitário Adventista de São Paulo), Universidade Estácio de Sá, Universidade Estadual de Goiás, Universidade Federal de Mato Grosso, Universidade Federal do Amazonas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Metodista de São Paulo, Universidade Municipal de São Caetano do Sul e Universidade Presbiteriana Mackenzie.

“O objetivo dos nossos cursos é capacitar os alunos como desenvolvedores, formando analistas na tecnologia GeneXus para que possam obter um certificado oficial. Atualmente, a tecnologia low-code é uma das habilidades mais desejadas e demandadas, o que significa que é um mercado de trabalho atraente para jovens que estão em busca de oportunidades e segurança profissional no futuro”, explica Ricardo Recchi, country manager da GeneXus do Brasil. O executivo ressalta que, segundo o Gartner, em 2024, mais de 65% dos aplicativos de negócios serão desenvolvidos em plataformas low-code, como a GeneXus.

Com duração de quatro semanas, o programa contempla treinamento de autoaprendizagem, fóruns, aulas ao vivo e, também, o exame de certificação. Tudo, num formato 100% à distância. Outros países já adotaram o modelo, como Austrália, Chile, México e Peru.

Além da certificação, os universitários são contemplados com suas licenças em GeneXus, que é válida internacionalmente, e com a possibilidade de utilizar a Comunidade GeneXus para a busca de oportunidades de trabalho. A segunda turma se iniciará no mês de setembro e os alunos com interesse nesse programa devem se inscrever neste link: https://forms.gle/KyftisMVwjwRKJ8C8

Fonte: Infor Channel