Home Office para novatos: Como é o mercado de trabalho?

Após as adaptações iniciais, o novo modelo já foi adotado em diversos segmentos e não é mais exclusividade das lideranças, por isso, a especialista da Luandre dá dicas para facilitar a adaptação de novatos (estagiários e jovens profissionais) ao Home Office

Se antes era restrito a poucos cargos de confiança, hoje o trabalho remoto é uma realidade para profissionais de diversos níveis nas empresas. Isso porque, durante a pandemia, ele foi a opção adotada para reduzir os impactos causados pela crise sanitária global e acabou sendo adotado por muitas companhias, após o período mais grave.

Para Gabriela Mative, diretora de RH da Luandre, uma das maiores consultorias de RH do Brasil, a adesão ao home office desmistificou a crença de que não haveria produtividade nesse modelo. “Além disso, as empresas tiveram tempo hábil para estruturar processos que fizessem a gestão de colaboradores no teletrabalho funcionar de forma mais efetiva do que há dois anos”, diz.

Com esse novo cenário em mente, Gabriela dá dicas para os gestores que estão contratando profissionais que já iniciam as atividades em sistema remoto. Confira:

Forneça orientações básicas

Para minimizar confusões sobre as atribuições do cargo, é importante passar as principais orientações para o profissional. “Durante o período de introdução do colaborador na empresa, faça com que ele tenha acesso a todos os treinamentos e responsabilidades para que fique claro o papel dele dentro da companhia”, afirma Gabriela.

Indique as principais ferramentas

No home office, é interessante que o gestor também auxilie o profissional a entender o modus operandi  do sistema da empresa. “Cada uma tem uma estrutura tecnológica, que pode ser um tanto complexa para aqueles que estão em seu primeiro emprego, por isso, indicar em detalhes como realizar o trabalho diário cumpre um papel fundamental”, diz Gabriela.

Estar acessível

Os novos profissionais costumam  ter muitas dúvidas, principalmente sobre como desempenhar melhor sua função. “É papel do gestor ser acessível para esclarecer as questões ou informar a quem o colaborador pode recorrer”, comenta Gabriela.

Além disso, a empresa pode agendar bate-papos regulares de alinhamento para demonstrar seu interesse no desenvolvimento do profissional e para que ele não se sinta desmotivado ou desamparado.

Sobre a Luandre

A Luandre Soluções em Recursos Humanos tem mais de 50 anos de atuação e oferece soluções técnicas e inovadoras na área de RH. Em 2021, a empresa chegou à marca de 4 mil clientes atendidos, 60 mil profissionais administrados ao longo do ano e banco com mais de 3,5 milhões de currículos cadastrados.

Há 20 anos consecutivos, concorre ao prêmio Top Of Mind RH, o qual já venceu em nove edições, na categoria “Temporários e Efetivos”. Em 2021, a Luandre foi eleita pelo 4º ano consecutivo Melhor Fornecedor para RH na categoria trabalho efetivo e temporário do Prêmio Melhores Fornecedores RH – Gestão RH.

Além disso, em 2020, foi reconhecida como um dos “Lugares Incríveis para se trabalhar”, certificação concedida pela Fundação Instituto de Administração (FIA) e UOL. A Luandre atende 200 das 500 melhores empresas do Brasil com todo seu know-how em Recrutamento e Seleção, Administração de Pessoal (Temporários e CLT), Avaliação Profissional, Outsourcing e Programas Especiais (Saúde, Varejo e Logística).

Atualmente, possui 14 unidades: São Paulo (Centro, Sul, Alphaville, ABC, Guarulhos, Campinas e Jundiaí), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Paraná (Curitiba), Pernambuco (Recife), Minas Gerais (Belo Horizonte) e Rio Grande do Sul (Porto Alegre), Bahia (Salvador) e Ceará (Fortaleza). Realiza também atendimento à distância em todo o país.

Conheça nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook): jornalgrandeabc.com/redes-sociais


Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “Home Office para novatos: Como é o mercado de trabalho?”? Compartilhe!

Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso site para o Rio de Janeiro, o Jornal Grande Rio.

Home Office para novatos: Como é o mercado de trabalho?
Foto: Divulgação

Conheça nossa parceria com o Meu Emprego Novo, com mais informações sobre empresas contratando.

Em casa ou no escritório: Dicas para manter o foco no trabalho híbrido

Quando a maioria das pessoas passava a se acostumar com o home-office, (em casa, geralmente), chegou a hora de voltar, parcialmente, ao escritório. O modelo de trabalho híbrido se tornou realidade e parece agradar funcionários e empresas. De acordo com uma pesquisa da Microsoft sobre tendências no trabalho, em 2021, 57% dos trabalhadores remotos consideraram migrar para o híbrido em todo o mundo. O desafio agora é conseguir manter o foco e a produtividade com a mudança de ambientes, mas algumas atitudes facilitam a transição.

Seja paciente: A realidade é que antes da pandemia, poucos profissionais trabalhavam em empresas cuja cultura abarcava o trabalho híbrido. Assim, grande parte do mercado ainda está se acostumando com o formato, tanto empresas quanto colaboradores. Todos estão passando pelo processo de aprendizado e adaptação, ou seja, tenha paciência com os outros e consigo mesmo.

Crie uma rotina para os dois formatos: A rotina do trabalho remoto é diferente daquela do escritório presencial. No trabalho híbrido é preciso respeitar as particularidades de cada ambiente. Um dia na empresa e outro em casa pode acabar bagunçando a rotina – e com o tempo, gerando mais cansaço ao longo da semana. Por isso, defina um cronograma para os dois formatos de trabalho, assim conseguirá realizar todas as suas atividades – tanto em casa, como na empresa.

De olho na produtividade: Uma reclamação comum de alguns profissionais em home-office é que, em casa, é mais fácil perder o foco. A iniciativa para conseguir manter a concentração e a produtividade começa com definir um local tranquilo e livre de distrações para trabalhar. Não importa se é a sala, o quarto, a cozinha, mas tenha um ambiente preparado para manter o foco.

Pomodoro: Se focar nas tarefas está muito complicado, existem técnicas como a “Pomodoro”, que consiste na utilização de um cronômetro para dividir o trabalho em períodos de 25 minutos, separados por breves intervalos, de 3 a 5 minutos. Vale a pena tentar a metodologia e já existem diversos aplicativos que ajudam com a técnica, como Pommo, Pomodoro Timer, Pomodoro & Tarefas.

Invista em ferramentas: Para cada tipo de trabalho existem ferramentas apropriadas e no mundo corporativo não é diferente. Desde um headset bluetooth com cancelamento de ruído ativo, que permite andar pela casa ou pelo escritório e atender possíveis chamadas mesmo longe do celular, até soluções para videoconferência inteligentes. O mercado já oferece diversas soluções e com a consolidação de modelos de trabalho flexíveis, contar com as ferramentas corretas faz a diferença na produtividade.

Por: Vitória Veiga, Gerente de Marketing da Unentel Distribuição

Conheça nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook): jornalgrandeabc.com/redes-sociais


Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “Em casa ou no escritório: Dicas para manter o foco no trabalho híbrido”? Compartilhe!

Em casa ou no escritório: Dicas para manter o foco no trabalho híbrido
Foto: Vitória Veiga, Gerente de Marketing da Unentel Distribuição/Divulgação

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Conheça nossa parceria com o Meu Emprego Novo, com mais informações sobre empresas contratando.