ABC com VC episódio 01; Estamos no ar!

Jornal Grande ABC
Jornal Grande ABC
ABC com VC episódio 01; Estamos no ar!
/

O programa ABC com VC, episódio 01, está disponível na internet, em nosso site e em vários players de músicas e podcasts. Confira nossa página oficial no Anchor: https://anchor.fm/jornal-grande-abc

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

ABC com VC episódio 01

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Destaques do programa de hoje:

Prorrogação da cobrança do ISS, IPTU e demais impostos municipais em Santo André

Plano econômico em SP: Medidas beneficiam bares, restaurantes, academias, salões de beleza e produção de eventos; comércios que faturam até R$ 30 mil mensais têm prioridade…

Regra da Receita reduz tributação no SIMPLES: Afinal, uma boa notícia para o contribuinte! A Receita Federal publicou uma solução de consulta que diminui a base de cálculo do SIMPLES NACIONAL …

Novo sistema de incidência do ISS: Em breve!

Saiba quem foi a revolucionária Mary Kenner: Mary Beatrice Davidson Kenner foi a responsável pelo desenvolvimento do absorvente feminino, porém a discriminação racial impediu que sua invenção fosse levada a sério por 30 anos…

Romances, artigo de Lorena Pelais: Usado muito por jovens, quem nunca ouviu a seguinte frase:“- Um lance é um lance e não um romance!”Hahaha, do nada me surgiu essa frase na mente, pensei bem ….

Do You Speak English?:Levantamentos do British Council em 2019, apontam que apenas 5% dos brasileiros falam inglês. Ainda que 91% considere que o idioma é essencial para garantir um bom emprego, e que inglês é o idioma …

– O que acontece no entretenimento e dicas de diversão: https://www.entreseries.com.br

Mais Vagas no Grande ABC

Vagas de hoje 16 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Gostou “ABC com VC episódio 01”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.000 outros assinantes

Dia das Bruxas no Praça da Moça tem diversão online para fugir de zumbis

Oficina gratuita de games com o tema convida crianças para o desafio

Neste sábado, 31, o Shopping Praça da Moça, em parceria com a Happy Code, escola de programação para crianças, recebe uma oficina gratuita online para comemorar o Dia das Bruxas. A diversão da criançada está garantida fugindo de zumbis e aprendendo a criar personagens com programação de jogos.

Crianças a partir de 6 anos podem ser inscritas para aprender programação com a criação de personagens em um jogo no qual o objetivo é escapar de zumbis. As inscrições para a oficina, que acontece no sábado, às 17h, de forma online, podem ser feitas até as 12h do dia do evento, por WhatsApp, através do número 11 98964-0366.

Oficina de Dia das Bruxas Online
31 de outubro, às 17h
Inscrições até dia 31, às 12h: 11 98964-0366

Shopping Praça da Moça
Rua Manoel da Nóbrega, 712 – Centro, Diadema
Telefone: (11) 4057-8900
Estacionamento visitantes:  Carros 9,00 até 3 horas + 1,00 por hora adicional ou fração / Motos 9,00 a diária.

Travessuras ou gostosuras? Brincadeira invade o Atrium Shopping

Caça aos doces convida crianças a percorrerem lojas seguindo o mapa

Nos dias 30 e 31 de outubro, as crianças que passarem pelo Atrium Shopping podem participar da tradicional brincadeira conhecida como “Gostosuras e Travessuras” para sair com muitos doces na sacola. A brincadeira, originária nos Estados Unidos e relativa ao Dia das Bruxas, traz a diversão de ir de casa em casa na vizinhança para ganhar doces ou fazer traquinagens junto dos amigos. O empreendimento, com apoio da Wise-up, convida as crianças para participar de uma versão adaptada dessa caçada interativa recheada de gostosuras.

Na recepção da Escola de Inglês, localizada no piso térreo, a criança retira um baldinho em formato de abóbora de Dia das Bruxas e o mapa das lojas participantes. Depois é só seguir as pistas para ganhar muitos doces. “Convidamos os pequenos para virem fantasiados no tema e se divertirem na caça com suas famílias”, comenta Eduardo Valderano, gerente de marketing do Atrium Shopping.

A brincadeira acontece das 12h às 20h gratuitamente. É obrigatório o uso de máscara durante toda a atividade e a entrada está limitada a apenas uma criança por vez em cada loja participante. Toda a atividade está seguindo as medidas de prevenção contra a Covid-19.

Caça aos Doces no Atrium Shopping
30 e 31 de outubro, das 12h às 20h
Início no Piso Térreo, na Wise-Up

Atrium Shopping
Rua Giovanni Battista Pirelli, 155 – Vila Homero Thon, Santo André
Telefone: (11) 3135-4500
Estacionamento visitantes:
De segunda-feira a sábado e feriados: 9 reais até 2 horas + 2 reais cada 2 horas adicionais. Aos domingos, 50% de desconto.

Rio Grande da Serra: Conheça onde visitar

A cidade de Rio Grande da Serra fica no interior de São Paulo. Localizada a 780 metros acima do nível do mar, ela fica bem próxima de Ribeirão Pires e do ABC Paulista de uma forma geral. Também pode ser um ponto de passagem para quem vai para o litoral, como para a região de Bertioga.

Embora tenha cerca de 50 mil habitantes, a cidade é uma boa opção para quem deseja viajar, com atrações que envolvem natureza, história e aventura. Por isso, veja a seguir quatro pontos turísticos em Rio Grande da Serra e como explorar a pacata cidade.

Cachoeira da Fumaça é um dos mais procurados pontos turísticos em Rio Grande da Serra

Para quem busca contato com a natureza, tranquilidade e um passeio para sair totalmente da rotina, Rio Grande da Serra oferece exatamente isso por meio da Cachoeira da Fumaça.

Esse é um dos pontos turísticos mais procurados da cidade e o local é pura aventura. A Cachoeira tem uma queda adequada para tomar um bom banho, além de formar uma piscina natural repleta de pedras. Ao seu redor, muitas espécies nativas da região que permitem que você faça uma trilha por lá.

Além disso, tem quem se arrisque a fazer um rapel na região, maximizando a aventura envolvida no passeio.

Veja mais nas páginas abaixo ▼

Cinemark do ParkShopping São Caetano retoma atividades nesta quinta

A partir desta quinta-feira, o Cinemark do ParkShopping São Caetano voltará a funcionar. Para tornar a jornada do espectador ainda mais segura e garantir um ambiente saudável para os colaboradores, a Cinemark fechou parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein. Os protocolos de segurança foram desenvolvidos por um grupo de infectologistas que visitou salas da Rede para acompanhar o percurso que será feito por clientes e funcionários.

Entre os procedimentos adotados estão a medição de temperatura de todos os clientes antes da entrada para as salas quando não houver checagem prévia na entrada do shopping, a vedação física das poltronas interditadas (garantindo a ocupação máxima permitida) e filas de espera virtuais para compras de bomboniére. Os processos de higienização também foram reformulados: há totens de álcool em gel 70% nas dependências, limpeza rigorosa e com curto espaço de tempo nos banheiros, além do uso de EPIs pelas equipes de limpeza. Nas salas, as principais áreas de contato de todas as poltronas serão higienizadas manualmente nos intervalos entre cada sessão.

Para garantir o distanciamento social e evitar aglomerações, os ingressos poderão ser comprados pelo aplicativo da Rede ou escaneando o QR Code diretamente nas comunicações do cinema. Aqueles que comprarem entradas e combos pelo celular, diretamente no cinema, não terão custo extra. Os ATMs, localizados próximos às bilheterias, também realizarão a venda de ingressos. Apenas um caixa estará aberto, exclusivo para pagamentos em dinheiro.

Os itens de bombonière também poderão ser adquiridos pelo aplicativo e nos ATMs. Quando o cliente desejar que o pedido seja preparado, basta acessar o QR Code presente nos materiais de comunicação, que irá direcioná-lo para o número de Whatsapp da Rede, por onde poderá enviar o número pedido. O espectador também pode optar por se dirigir aos caixas indicados para a liberação das solicitações. Para retirar os pedidos, basta aguardar até ser chamado no painel eletrônico – outro recurso para evitar filas e aglomerações. Os alimentos só poderão ser consumidos dentro das salas.

A sinalização das salas e do cinema foi reformulada, buscando garantir o distanciamento necessário nas áreas comuns e o uso de máscaras em todos os ambientes. A limpeza do ar-condicionado será realizada com frequência, assim como a troca do sistema de filtragem e a renovação do ar com o objetivo de obter a melhor qualidade do ar possível. Por fim, os colaboradores da Rede passaram por amplo treinamento, tanto para reforçar a segurança das equipes quanto para tirar as dúvidas dos espectadores.

Na programação, além das estreias, o público poderá assistir ao Festival de Volta Para o Cinema.

ParkShopping São Caetano
Endereço: Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul – SP
Informações: 4003-4174 e www.parkshoppingsaocaetano.com.br
Facebook e Twitter /pssaocaetano
Instagram /parkshoppingsaocaetano

Sobre o ParkShopping São Caetano
Inaugurado no final de 2011, o ParkShopping São Caetano foi construído no novo bairro da cidade de São Caetano do Sul, o Espaço Cerâmica: um complexo multiúso com edifícios residenciais e comerciais em uma área de 300 mil m². O shopping possui 218 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas distribuídas em dois pisos (São Caetano e São Paulo). Com foco nos públicos das classes A e B, o ParkShopping São Caetano atende não só as cidades do Grande ABC como também a bairros de São Paulo localizados em seu entorno, como Ipiranga, Nova Saúde, Mooca, Vila Prudente, entre outros. O empreendimento, portanto, tem a característica de ser regional e, para isso, há a preocupação constante em aperfeiçoar o seu mix de lojas para ser o mais completo nas áreas de moda, serviços, lazer e alimentação da região. Outra preocupação é sempre trazer ao consumidor da região novas operações até então inéditas em shoppings do ABC. O ParkShopping São Caetano conta ainda com o Supermercado St Marche.

Sobre a Multiplan
A Multiplan possui atualmente 19 shopping centers em operação e é uma das maiores empresas do setor no Brasil. A companhia também atua estrategicamente no desenvolvimento de imóveis comerciais e residenciais, com projetos multiúso que geram sinergias para as operações de shopping centers, oferecem conveniência e comodidade aos usuários, e geram valor a seus ativos. Fundada em 1974 como empresa full service, é responsável pelo planejamento, desenvolvimento, propriedade e administração de um dos melhores portfólios de empreendimentos imobiliários do país. O ParkJacarepaguá, em construção no Rio de Janeiro, será o 20º shopping da companhia.
Os shopping centers da Multiplan totalizam mais de 5.800 lojas, tráfego anual estimado em 190 milhões de visitas e área bruta locável (ABL) de 835 mil m². Ao final do segundo trimestre de 2020, a Multiplan também detinha dois conjuntos de torres comerciais que somados à ABL de shopping centers resultam em ABL total de 922 mil m². Mais informações em www.multiplan.com.br.

TAKORAMA BRASIL DISPONIBILIZA LIVROS E JOGOS PARA CRIANÇAS

Para participar, basta votar na animação favorita, criar um vídeo, desenho ou texto falando sobre o seu filme. A programação é completamente gratuita e fica em cartaz até o dia 30 de novembro.

Takorama Brasil Festival Internacional de Cinema abre inscrições para o seu Júri Mirim e as crianças e jovens poderão eleger as melhores animações do Festival, que acontece gratuitamente, até o dia 30 de novembro. Ao todo, são 15 filmes de diversos países para assistir em casa casa, escolher os favoritos e incluir o voto no site: www.takorama.com.br. O Júri poderá votar de acordo com a categoria indicada para a sua faixa etária e  terá a oportunidade de concorrer a diversos prêmios.

Para participar, basta criar um vídeo, desenho ou texto falando sobre o seu filme favorito, compartilhar a opinião de uma maneira criativa nas redes sociais, inserindo a hashtag #jurimirimtakorama. As obras também devem ser enviadas para o e-mail: takoramabr@gmail.com, até o dia 25 de novembro. Além de concorrer a livros e jogos, os mais criativos também terão suas obras expostas nas plataformas do festival e da Associação Internacional Films pour Enfants.

Ao todo, serão 15 prêmios, sendo concedidas 03 premiações por categoria. Os trabalhos recebidos serão analisados por uma comissão da Associação Internacional Films pour Enfants que usará como critério a argumentação e a criatividade dos participantes. Os premiados pelos trabalhos mais criativos, assim como o resultado dos filmes escolhidos pelos júris mirins, serão anunciados no dia 30 de novembro.

“O Festival teve um grande engajamento orgânico, conseguimos chegar em mais de 500 cidades no Brasil. Queremos engajar as crianças e escutar a opinião delas através da formação do Júri Mirim. Dar voz às crianças e jovens é fundamental para nos conectarmos com elas e dessa maneira construir uma educação mais adequada à nova geração e as demandas do século XXI.”, comenta Liana Vila Nova, Diretora da Associação Internacional Films pour Enfants, na América Latina. “O papel do Takorama é educar através do cinema. Todo filme nasce de um roteiro, trabalhar a escrita e contar histórias faz parte do mundo cinematográfico. A leitura e acesso a filmes de qualidade são fundamentais para o desenvolvimento infantil e a descoberta de novos mundos”, completa, Liana.

As exibições do Takorama Brasil podem ser assistidas de casa, por toda a família. Os filmes trazem abordagens sobre tolerância, empatia, amizade, ecologia e cidadania. O festival também disponibiliza atividades pedagógicas relacionadas a cada filme para que todos se divirtam e aprendam com o que assistem. 

Entre os destaques da programação está “O Macaco Homem”, que conta a história de um macaco que luta contra o desmatamento da floresta amazônica. Os filmes costumam ser sucesso entre as crianças, mas também podem ser vistos pelos adultos, que são fãs desse tipo de produção.

PROGRAMAÇÃO:

O Edifício, de Tomoyoshi Joko (Japão, 2018)

Olá, de Julio Cesar Velazquez (Argentina, 2014)

O Melhor Brinquedo, de Gabriel Lin (EUA, 2014)

O Tubarão do Aquário, de Ashley Farlow (EUA, 2014)

O Complexo do Porco-espinho, de LISAA (França, 2013)

Você Parece Assustador,de Xiya Lan (EUA, 2016)

Iguais, de D.M.Lara & R.C.Mendez (Espanha, 2016)

O Cão Só, de Mike A. Smith (EUA, 2014)

Meu Estranho Avô, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011)

Vagamundo, de Pedro Ivo Carvalho (Dinamarca, 2014)

Aparência e Realidade, de E.Rogova & Z. Pavlenho (EUA, 2014)

O Macaco Homem, de J.Tereso & F.Maldonado (Argentina, 2012)

O Emprego, de Santiago Bou Grasso (Argentina, 2008)

Sr. COK, de Franck Dion (França, 2014)

SINOPSES

Os curtas-metragens para a faixa etária de 3, 4 e 5 anos são “O Edifício”, de Tomoyoshi Joko (Japão, 2018), que aborda o tema de respeitar as diferenças e a conviver com respeito a partir da história de um grande edifício que salva pequenas casas de uma inundação. “Olá”, de Julio Cesar Velazquez (Argentina, 2014) apresenta adoráveis personagens em formas geométricas aprendendo a se conhecer e “O Melhor Brinquedo”, de Gabriel Lin (EUA, 2014) traz uma corrida, perdida de antemão, onde um menino tentará transformar o seu brinquedo para fazer com que pareça o mais tecnológico dos brinquedos.

Para a faixa etária de 6, 7 e 8 anos, o festival traz três títulos. “O Tubarão do Aquário”, de Ashley Farlow (EUA, 2014) que conta a história de um pobre tubarão em seu aquário pequeno. “O Complexo do Porco-espinho”, de LISAA (França, 2013), que traz uma história para refletir sobre o bullying, o sentimento de rejeição, falta de autoconfiança e as tribulações de uma jovem ouriço. “Você Parece Assustador”, de Xiya Lan (EUA, 2016) traz à tona emoções comuns para as crianças, rir de medo do dentista. Quem tem mais medo? O paciente crocodilo ou o coelho dentista que parece não gostar dos dentes afiados do seu cliente?

Para a faixa de 9, 10 e 11 anos, os títulos escolhidos foram “Iguais”, de D.M.Lara & R.C.Mendez (Espanha, 2016) que em uma sociedade conformista e uniforme, um pai tenta colocar o seu filho no caminho certo e leva a questionar se é mesmo o melhor caminho. “O Cão Só”, de Mike A. Smith (EUA, 2014) faz uma homenagem aos desenhos animados dos anos 1940 sobre o sonho de um cachorro em sair de casa e “Meu Estranho Avô”, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011) traz uma amizade entre uma menina e o seu avô excêntrico. 

Os filmes para a faixa etária de 12, 13 e 14 anos são “Vagamundo”, de Pedro Ivo Carvalho (Dinamarca, 2014) que para salvar o seu cachorro, o personagem embarca em uma busca frenética em um mundo distópico, “Aparência e Realidade”, de E.Rogova & Z. Pavlenho (EUA, 2014) que traz uma pequena história sobre os sentimentos que mostramos ou escondemos e “Antípoda”, de Frodo Kuipers (Bélgica, 2001), onde tudo vai bem no melhor dos mundos possíveis, até o dia em que, do outro lado do espelho, chega um novo habitante e vira o mundo de cabeça para baixo.

Para a faixa etária de 15, 16 e 17 anos os três filmes escolhidos são “O Macaco Homem”, de J.Tereso & F.Maldonado (Argentina, 2012) que traz a história de um macaco muito inteligente, lutando contra o desmatamento da floresta amazônica, “O Emprego”, de Santiago Bou Grasso (Argentina, 2008) que traz uma sátira com homens alienados e reduzidos a mero objetos e “Sr. COK”, de Franck Dion (França, 2014) que em busca de eficiência e lucro, o Sr. Cok fabrica bombas e decide substituir seus trabalhadores por robôs.

SERVIÇO

Takorama Brasil – Festival Internacional de Cinema

Acesso gratuito e ilimitado pelo site www.takorama.com.br

Pré-cadastro pelo site a partir do dia 30 de agosto

Contato para informações: (81) 9 9263.1616 e e-mail: takoramabr@gmail.com

Classificação indicativa: 3 à 17 anos

LINK COM FILMES: http://www.takorama.com.br

Vivências na natureza: (re)descobrindo as áreas verdes em família

Foto da capa: Beto Garavello

Dia das crianças chegando! Vale estar com a família, com os amigos e até só (curtindo de forma pessoal e intransferível nossa proposta zen). O importante é curtir, repensar, planejar-se e/ou…silenciar, experienciar, divertir-se, aprender, vivenciar, relaxar e interiorizar boas vibrações vindas dos recantos, cantos e encantos da natureza!

Experiências diretas em áreas verdes nos proporcionam sensação de bem-estar, afloram nossos sentidos e percepções, tornando nossas vidas particulares e coletivas mais dinâmicas, intuitivas, altruístas e conectadas com outras pessoas e outros seres vivos, como as plantas, animais e fungos, em uma rede equilibrada de ciclos, belezas, benfeitorias e respeito mútuo, além de aprendizado sobre as características da área.

Mesmo na área urbana necessitamos (re)descobrir as áreas verdes, tão importantes para nossa sobrevivência, sejam praças, parques, jardins ou até árvores plantadas nas calçadas, que nos ofertam conforto térmico, frutos e belas flores com seus perfumes, atração de fauna, como pássaros e insetos, e nos permitem ‘fugir’ do caos cotidiano, em um processo de ‘esvaziar’ a mente de situações negativas, florescendo, assim, boas sensações e ações de bem-estar e qualidade de vida.

 Áreas de proteção ambiental, como Unidades de Conservação, são refúgios com visitação controlada (acesso permitido com guias ambientais apenas) em que há nascentes de rios, fauna e flora exuberantes e belas paisagens. Como dica, perto de nós, no Grande ABC/SP, há em Santo André, o ‘Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba’, na Vila de Paranapiacaba, composto pelo bioma Mata Atlântica e nascentes que formam a represa Billings, que abastece a região metropolitana de São Paulo. Vale visitar qualquer uma dessas áreas protegidas – o Brasil todo tem – cada uma com suas especificidades e bioma – de forma responsável e ajudar na geração de renda de comunidades do entorno, a partir do turismo e na conservação, por meio de atividades de Educação Ambiental orientadas. 

Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba. Foto: Divulgação

‘Banhos de parque ou de floresta’, que são caminhadas, imersões de aprendizagem e contemplação, também são recomendados como antidepressivos, pois baixam os níveis de estresse, devido benefícios físicos e mentais, melhorando o humor, aumentando a energia e acelerando processos de recuperação de doenças.

As vivências diretas na natureza, que exporei abaixo, para serem proveitosas e estimulantes, podem seguir estágios de desenvolvimento com atividades direcionadas, que conheceremos a seguir, baseados em Joseph Cornell. 

Estágio 1 – Despertam o entusiasmo e harmonizam a convivência em grupos e indivíduos, por meio da alegria e descontração com brincadeiras que estimulam superação de passividade, requerem atenção, estabelecem relações com líderes, criando envolvimento entre todos;

Estágio 2 – Concentram a atenção, favorecendo a receptividade e ampliação dos sentidos, pois canalizam o entusiasmo despertado no estágio anterior, acalmam a mente, desenvolvem a habilidade de percepção e receptividade para as próximas experiências;

Estágio 3 – É a experiência direta em si, com fomento à percepção, aos insights, em um processo de descoberta pessoal, de encantamento pela natureza, melhora nas relação entre as pessoas, ampliação da consciência de unidade que une todos os seres e cria postura não hierárquica entre as pessoas e a natureza;

Estágio 4 – Compartilhar a inspiração, de forma a criar vínculos, reforçar o sentido de união e de fortalecer experiências pessoais.   

Os sentimentos trabalhados nas vivências são mais encantamento, maravilhamento, alegria, paz e menos desconfiança, insegurança, medo, vulnerabilidade e fragilidade! Você não esquecerá jamais, garanto que sua vida pode mudar a partir dessas descobertas com ajuda da natureza!

Pareceu complexo? Você pode realizar ações mais simples e tanto quanto benéficas na época das férias e festas, silenciando na natureza, ou seguindo as próximas dicas com as crianças, adolescentes e adultos, com as atividades prontinhas para gerar diversão e aprendizado, que indico a seguir, utilizando elementos naturais (lembrem-se: não devemos arrancar folhas e flores e, sim utilizarmos apenas o que está disponível, como folhas soltas caídas ao chão):

– Piquenique e brincadeiras antigas no parque: comidinhas saudáveis e  brincadeiras, como bola, peão, corda, bolha de sabão, de preferência com pés descalços…;

– Explorando o jardim: ensinar a cuidar do jardim, além de brincar de fazer comidinhas com barro, água e cultivar uma horta;

– Montar figuras e quadros a partir de pedrinhas, folhas e flores coletados do chão;

– Fazer tinta de terra com diferentes nuances de cores;

– Fazer uma mandala de flores, pedrinhas e folhas.

Desejo um lindo das crianças à todos, incluindo aos adultos, para despertarem sua criança interior e que seja repleto de boas experiências na natureza e tão resiliente o quanto ela nos ensina a sermos!