Condicionamento operante, você já ouviu falar?

Condicionamento operante, trata-se de um comportamento voluntário. Ex: correr, pular, sentar dentre outros, sendo voluntário, o mesmo não depende de um estímulo antecedente para ocorrer, mas é seguido de consequências futuras sendo assim chamadas de reforçamento. ☝️

Exemplo de reforçamento: Seu gatinho 😻está em um momento tranquilo ao seu lado sentadinho ou deitadinho na caminha dele (comportamento operante) e ganha uma guloseima (petisco). …rs a guloseima que ele ganhou, passa a ser uma consequência futura mediante aquela ação. (reforçamento)

Outro exemplo muito comum☝️🐱:

O seu gatinho começa a miar incansavelmente ao te ver e você na tentativa de ele parar de miar, enche o potinho de comida. Bingo!

Mais um comportamento reforçado, mediante a ação de miar incansavelmente.

A grande questão está em: no primeiro caso pode-se notar que o reforçamento da ação foi em um momento de calma e tranquilidade, já o segundo case o reforçamento foi pela agitação e vocalização excessiva (ansiedade).

E assim sucessivamente, como no segundo caso, vamos reforçando os maus comportamentos dos nossos animais de estimação muitas vezes de forma inconsciente.

Boa parte do comportamento do nosso animal de estimação (sejam eles bons ou maus comportamentos) refletem a forma como eles são condicionado por nós!

Os benefícios de treinarmos nossos amiguinhos de outra espécie por condicionamento operante são inúmeros, tanto para os animais quanto para o manejo.

As sessões de treinamento para os BONS☝️😻 comportamentos são uma excelente forma de estimulação física e mental através de desafios que os nossos amiguinhos animais de outras espécies enfrentam, sempre buscando algo prazeroso nas recompensas recebidas.

Agora me conte, você reforça o seu companheiro sempre que ele tem uma boa ação? rs

Por Fernanda Nogueira – Consultora comportamental de felinos domésticos.

Condicionamento operante, você já ouviu falar?
Foto de Alex Andrews no Pexels

Gostou da nossa matéria “Condicionamento operante, você já ouviu falar?“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.140 outros assinantes

Humanos, eu sou um gato

Ei humanos, ☝️hoje venho aqui como gato falar um pouquinho sobre os meus super poderes (habilidades naturais) de gato que sou😻! Você sabia que eu (gato) possuo uma grande agilidade, equilíbrio e por vezes tenho força acima do nível natural que me permite realizar movimentos rápidos e precisos para atingir minhas presas? Sim, minhas presas, isso porque tenho como minha principal característica ser caçador! 😻

Humanos, eu sou um gato
Humanos, eu sou um gato

Também sou dotado de garras, sabia? Minhas garras são capazes de perfurar superfícies como madeira, dentre outros😼😼além disso, eu tenho uma grande capacidade de saltar e os meus sentidos são bem apurados, tenho uma boa visão no escuro que me permite caçar a noite.

A vida com os humanos me permite socializar e conhecer a espécie de vocês (humanos), mas por outro lado às vezes esqueço-me de quem sou por faltar recursos no ambiente o qual vivo. 😿😿😿😿
Isso acaba me deixando sedentário, muito estressado e deprimido. Muitas vezes não sou compreendido embora eu tente mostrar quando tem alguma coisa errada no meu ambiente.

☝️Ah, minha espécie é territorialista, isso não quer dizer que gosto somente do ambiente, pelo contrário, gosto e preso muito os humanos 😻👧🧑que nele habitam e quero a todo custo viver em harmonia e segurança, por isso marco meu local através da minha caixinha sanitária, arranhaduras e também quando me esfrego. Esta ação demarca minha segurança territorial.

Adoro rotinas, portanto que tal brincarmos de caçar a noite ou ao entardecer? Isso me ajudará a lembrar de que sou um gato dotado de habilidades.🤩

Você humano🧑👧, pode me ajudar a lembrar de que sou um gato🐱? Eu gosto de acessórios que me estimulem a ser o melhor caçador da terra! 🙏

👉Os acessórios humanos (óculos, sapatinhos dentre outros) ou que fazem barulho o dia todo no meu ouvido (gizo o sininho na coleira) podem me fazer esquecer de quem eu SOU. 😿😿

Eu sou um GATO(A) e gosto de ser quem sou😻, só não posso me esquecer disso.

Por Fernanda Nogueira – Técnica em Veterinária, consultora comportamental de felinos domésticos.

Gostou da nossa matéria “Humanos, eu sou um gato“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.140 outros assinantes

Empregadores domésticos já podem pagar o DAE pelo Pix

Saiba como pagar o DAE pelo Pix

Empregadores domésticos já podem pagar o DAE pelo Pix. Com a ferramenta de pagamento instantâneo, a Guia do Documento de Arrecadação do Simples Doméstico pode ser paga em qualquer horário e dia da semana, em um dos bancos habilitados no Pix.

Para realizar o procedimento, o DAE precisa ser emitido por empregador doméstico diretamente no sistema ou aplicativo do eSocial. Automaticamente será gerado um QR Code para efetuar o pagamento pelo Pix.

Prazos para pagar o DAE pelo Pix

Segundo a gerente de negócio da Divisão de Soluções de Arrecadação do Serviço Federal de Processamento de Dados, Franciana Soares, o pagamento será identificado no mesmo dia no eSocial e sistemas que fazem o controle da arrecadação fiscal.

Fonte: Brasil 61

Jornal Grande ABC

pagar o DAE pelo Pix

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.140 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Dicas para ter uma casa mais sustentável

Não deixe os aparelhos eletrônicos ligados dia e noite em modo stand by, pois consomem energia sem necessidade, além de pagar mais em sua conta por algo que não usou!

Compre eletrodomésticos mais eficientes, atestados pelo selo

Procel de Economia de Energia (consulte http://www.procelinfo.com.br/main.asp?TeamID=%7B88A19AD9-04C6-43FC-BA2E-99B27EF54632%7D).

Deixe a luz natural entrar em sua casa!Abra janelas, portas, cortinas, para o Sol entrar. Assim, você economiza no gasto e na conta de energia, além de ser fonte de bem-estar físico e mental, agindo sobre a umidade da casa. 

Consuma alimentos frescos, de preferência. Desta forma, você não precisa de freezer.

Use lâmpadas fluorescentes que duram até 10 vezes mais que as incandescentes e, assim, economizam no gasto de energia elétrica e na conta.

Pendure as roupas no varal em vez de usar secadora. Secar atrás da geladeira, só consome energia extra.

Como prevenir pulgas, carrapatos nos meus pets?

Muitos tutores sabem da importância de prevenir infestações por pulgas e carrapatos nos seus pets. A grande diversidade de produtos muitas vezes dificulta a escolha.  Aqui seguem algumas dicas.

Quem são estes animais que causam tantos transtornos? 

As pulgas e os carrapatos são denominados de ectoparasitas hematófagos, porque parasitam a parte externa do corpo dos pets e alimentam-se de sangue para concluir seu ciclo de vida. Ao realizar o repasto sanguíneo podem transmitir agentes infecciosos responsáveis por doenças que quando não diagnosticadas e tratadas a tempo podem ser fatais. E quando não transmitem doenças, as infestações por estes indivíduos podem desencadear alergias e lesões na pele que são muito desconfortáveis ao animal.

Estes ectoparasitas são muito mais frequentes em estações quentes como: primavera e verão, já que encontram condições ideais de temperatura e umidade para concluir seu ciclo de vida.

No caso das pulgas vale ressaltar que o que encontramos nos animais representa só 5% do que está no ambiente, por isso prevenir é essencial.

A prevenção a estes ectoparasitas requer o uso de produtos específicos disponíveis em diversas apresentações. O tempo de ação dos mesmos é informado em bula e o produto deve ser repetido após este período para manter seu pet prevenido

Vale lembrar que antipulgas e carrapaticidas não funcionam como repelentes, ou seja, não impedem o contato das pulgas e carrapatos com a pele do seu pet.  Mas ao picarem seu animal elas entraram em contato com o medicamento e morrem, diminuindo também a proliferação dos mesmos.

Os produtos disponíveis no mercado são: – as pipetas (colocadas na nuca do animal), a maioria de uso mensal; – os comprimidos que podem ser de uso mensal ou trimestral de acordo com a bula; – as coleiras com duração variada, mas em média 6 a 8 meses. No caso das coleiras e válido verificar se seu pet não apresenta reações ao produto. Alguns animais não se adaptam e podem ter reações alérgicas.

Talcos, sabonetes e shampoos ajudam a eliminar as pulgas e os carrapatos na hora em que são aplicados, mas não tem efeito residual, ou seja, não protegem. Podendo ser empregados como auxiliar a prevenção.

A aplicação de produtos no ambiente deve ser feita sempre com cautela e com orientação de um médico-veterinário. Alguns produtos podem provocar intoxicações quando inalados ou ingeridos. As intoxicações se manifestam como quadros de vômitos, salivação excessiva, tonturas, incoordenação e em alguns casos até convulsões. 

Para escolher um produto preventivo é valido avaliar o que será mais adequado de realizar no seu pet. Um exemplo: não adianta escolher um antipulgas em comprimido se você não consegue dar.  Assim escolha o que for melhor para vocês.

E como diz o velho ditado: “é melhor prevenir que remediar”

Enriquecimento ambiental

O que é? Qual sua importância na vida dos nossos animais de estimação?

Vamos começar com uma breve descrição do que se trata.

O enriquecimento ambiental, consiste em adequarmos o ambiente no qual nosso PET vive de acordo com as necessidades naturais da espécie.

IMPORTANTE☝️‼: Quando nós humanos, escolhemos trazer OUTRA ESPÉCIE para nossa companhia, não podemos nos esquecer de que devemos atender as necessidades naturais também. Por exemplo, nosso ambiente humano pode ser bom para nós da espécie humana, no entanto, como será que nosso amigo de outra espécie se sente dentro de um ambiente que não tem nada que possa estimula-lo a ser quem ele realmente é? 🐶🐹🐦🐇🐱🐾

Como será que anda o psicológico do nosso companheiro? 🤔

Exatamente pela falta de enriquecimento ambiental que os animais de estimação na atualidade estão cada dia mais desenvolvendo diversos problemas comportamentais, inclusive, muitas vezes relacionados a doenças físicas de origem emocional, isso porque as outras espécies, que não a nossa 🙋‍♀️ também são capazes de sentir e perceber através dos sentidos. Será que nossa casa 🏘 está contribuindo para o desenvolvimento dos sentidos de forma adequada e saudável?

Muitas vezes os nossos PETS destroem sapatos, dentre outros objetos, que consideramos comportamento inadequado, quando na verdade o animal apenas está desempenhando sua característica natural e pela falta de enriquecimento no ambiente eles acabam buscando o que tem disponível. Portanto, enriquecer o ambiente está ligado diretamente ao BEM ESTAR dos animais.

Como enriquecer o ambiente⁉️

Podemos criar nossos próprios brinquedos interativos com garrafas PETs, papelões e cordas, por exemplo, que são ferramentas que nos ajudam bastante na hora de criarmos brincadeiras lúdicas, filhotes ou adultos. Também encontramos brinquedos interativos em lojas apropriadas para PETs.
O brinquedo novo deve ser supervisionado nas primeiras vezes que for introduzido no ambiente. Verifique sempre seu pet não engole pedaços de plásticos dos brinquedos interativos, para não causar nenhuma reação em sua saúde.

Como o seu PET mais gosta de interagir com você e no ambiente? 🐱🐾🐶🐹🐦🐇❤

Deixa aqui nos comentários. Até a próxima postagem.

Equipe Leis e Bichos