A IMPORTÂNCIA DA CASTRACÃO EM CÃES E GATOS

Será que a castração de cães e gatos traz benefícios, vale a pena fazer? Isto são perguntas frequentes  no consultório veterinário.

Quando falamos sobre castrar, o principal argumento que ouvimos é que a castração evita crias indesejadas e o aumento da população de cães e gatos sem dono. Isto realmente é um dos principais problemas que o procedimento reduz.

Mas temos outros benefícios que devem ser considerados.

As fêmeas felinas e caninas entram no cio até o final da vida.  Uma cachorrinha de 14 anos pode ter cio e pode ter crias. Na maioria das vezes, os animais mais velhos apresentam cio irregular, com intervalos maiores entre eles; os ciclos podem ser mais extensos e intensos (grande quantidade de sangramento por vários dias), em alguns casos isto já é uma indicação de alterações, a idade avançada dificulta  a realização de uma higiene adequada de seus órgãos genitais estando mais propensas a infecções uterinas.

 As infecções uterinas em sua maioria são silenciosas e os sinais clínicos não são claros como: a falta de apetite e episódios de vômitos. Se não diagnosticados a tempo, estas infecções resultam em quadros de septicemia grave levando o animal a óbito. A resolução destas infecções é cirúrgica. E os procedimentos cirúrgicos em animais mais velhos são sempre mais delicados.

O aparecimento de nódulos em mamas pode ser evitado com a castração. Estes nódulos sofrem influencias dos hormônios liberados no cio e por isso são mais frequentes em fêmeas não castradas a partir de 5 a 6 anos de idade

 Doenças reprodutivas e venéreas também são evitadas com a castração. Uma enfermidade comum é o Tumor Venéreo Transmissível (TVT) transmitido durante o acasalamento provocando  lesões nos órgãos genitais (pênis e vagina).

 Nos machos a castração reduz a marcação de território (urinar em todos os lugares) e  a agressividade. Para os felinos, reduz o índice de ferimentos por brigas, evita a transmissão de doenças virais e infecciosas, risco de atropelamentos, fraturas entre outros problemas decorrentes de suas voltinhas.

Com a idade os machos podem desenvolver tumores nos testículos e na próstata. Também apresentam aumento da próstata quando envelhecem, acarretando em dificuldade de urinar, dor, e em alguns casos colaborar para infecções urinarias e formação de cálculos.

A castração é um ato de amor e ajuda a prevenir inúmeras doenças

Intoxicação por produtos de limpeza

Quando temos um pet uma das preocupações é como manter o ambiente limpo e livre dos odores de urina e fezes. Com o objetivo de manter o local do pet higienizado usamos uma diversidade de produtos de limpeza e com isto podemos provocar intoxicações e alergias em nossos animais. Este ano em especial, com a pandemia de Covid -19, aumentamos o nosso hábito de limpar a casa, e com o objetivo de nos proteger temos intensificado a limpeza da casa e dos ambientes em que estamos.  Muitas vezes, os produtos empregados de forma inadequada acabam prejudicando nossos amigos de quatro patas.

Os animais estão em contato com o chão constantemente e ficam expostos a superfícies que foram limpas.  Alguns pets adoram deitar no chão, principalmente após a limpeza, por ser um local bem mais fresquinho.  Este contato pode fazer com que eles apresentem quadros de intoxicação e alergias.

Casos de intoxicação podem ocorrer pela ingestão do produto presente no chão ou mesmo pelo cheiro intenso no local.  Animais intoxicados apresentam vômitos, salivação excessiva, incoordenação entre outros sintomas. O contato dos produtos com a pele dos pets pode provocar alergias caracterizadas por irritação da pele, lambedura excessiva do local afetado, vermelhidão, coceiras e até feridas.

E o que devemos fazer para manter a casa limpa e sem afetar nossos pets?

Existem no mercado pet inúmeros produtos apropriados para o uso em ambientes com animais, e normalmente com especificações de como devem ser diluídos e aplicados.   Uma boa dica é que sempre após a limpeza com qualquer produto passar um pano úmido com agua, com a finalidade de retirar o excesso dos produtos.

Alvejantes, desinfetantes e sabão em pó devem ser evitados, mas caso sejam empregados devem estar bem diluídos para que não deixe resíduos, e em caso de dúvida usar o pano úmido com agua após a limpeza.

Para quem não quer arriscar uma opção é fazer a limpeza com agua e detergente neutro.

Após os passeios dos pets, a limpeza da patinha pode ser feita com lenços umedecidos sem perfume e sempre secar bem. Formulações contendo álcool 70% não devem ser usadas porque podem provocar irritações intensas.

Uma boa semana a todos !

Leis e Bichos visita São Padre Pio, em SBC

No último sábado (10/10), o projeto Leis e Bichos e Angélica representante do projeto MRSC (moradores de rua e seus cães) visitou a comunidade Padre Pio.

“Comunidade São Pio de Pietrelcina – Casa de Alivio ao Sofrimento”, designada simplesmente “Comunidade Pe Pio”, fundada em 18/04/2009, é uma associação civil, de cunho religioso, âmbito nacional e Utilidade Pública Federal, sem fins lucrativos, de caráter educacional, assistencial, beneficente e cultural, com prazo de duração indeterminado. Localizada em São Bernardo do Campo.

A comunidade além de acolher moradores de rua, acolhe seus cães também. Ação que faz toda a diferença, pois muitos se recusam a sair das ruas por não poder levar seus companheiros juntos.

Conheçam:
https://comunidadepadrepio.com.br/site/quem-somos/
https://www.facebook.com/leisebichos/
https://www.facebook.com/MRSCABC-111685187209714/

Tá na lei: aumento de punição para maus-tratos de animais

Lei prevê pena de prisão de dois a cinco anos por abuso e maus tratos

A conscientização e manifestação dos abraçadores da causa ganha cada dia mais força em relação as leis e punições quando o assunto é MAUS TRATOS! Uma vez que os animais como seres sencientes que são, capaz de sentir e perceber através dos sentidos, merecem assim como nós, o direito de viver em condições adequadas. Os crimes contra as outras espécies que não a nossa, também são crimes contra a humanidade, afinal habitamos o mesmo mundo, somos apenas espécies diferentes! A harmonia deve reinar entre todos independente da espécie!

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta terça-feira (29) a Lei 1.095/2019. Esta prevê aumento da punição para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais.

“Nunca antes na história deste país abriram essa porta para um evento de promoção de bem-estar e defesa dos animais”, afirmou o deputado, sobre o evento de sanção da lei. “Não tive em momento nenhum dúvida que isso não fosse acontecer (sanção do projeto). A partir de hoje, quem cometer crime vai ter o que merece, prisão.” – Deputado federal Fred Costa (Patriota-MG), autor do projeto.

Jornal Grande ABC

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.065 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!