EJA de Santo André está com inscrições abertas

Para os maiores de 15 anos que pararam de estudar mas querem concluir o Ensino Fundamental, as inscrições estão abertas até 23 de março nas turma de EJA II de Santo André (Educação de Jovens e Adultos) deste ano.

Para quem não está alfabetizado ou parou no Ensino Fundamental I, ou seja, entre o 2º e o 5º ano, as inscrições também estão abertas, mas nesse caso é possível se inscrever o ano todo.

EJA de Santo André está com inscrições

O curso EJA tem carga horária reduzida em comparação ao ensino regular, assim o estudante concluí os estudos na metade do tempo. Com o EJA é possível finalizar os estudos em dois anos.

As aulas deste ano acontecerão de maneira remota. O modelo híbrido acontecerá quando as aulas presenciais na rede municipal retornar.

Quem não tem acesso à internet pode retirar todo o material impresso para fazer as atividades em casa.

A aluna Joselice de Jesus Santos Teixeira, de 59 anos, que neste ano irá concluir o Ensino Fundamental em uma turma da EJA de Santo André nos contou como foi sua experiência.

“No começo achei que era um bicho de sete cabeças ter que acompanhar as aulas remotas. Afinal, se é difícil aprender na sala de aula, imagina pelo celular, eu pensava. Mas eu continuei. Fui lá, peguei as apostilas, passei a fazer os exercícios e esclarecer minhas dúvidas pelo celular com os professores, que estão sempre prontos para ajudar”, afirmou.

Dona Joselice é uma das pessoas que não desistiu do sonho de terminar o Ensino Fundamental.

“Eu sempre quis acabar os estudos, mas nunca cheguei a frequentar uma escola. Agora que eu já formei duas filhas na faculdade, percebi que tinha chegado a hora de eu cuidar de mim”, disse.

Joselice nasceu na Bahia, em junho de 1961. Em 1977 tentou estudar, matriculando-se no antigo Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), extinto programa do Governo Federal para combater o analfabetismo. Porém não ficou por muito tempo, pois tinha que ajudar no sustento de sua família. Conseguiu voltar a estudar apenas em 2018, quando se matriculou na EJA de Santo André.        

“Na EJA eu me encontrei. Fui muito bem acolhida pelos professores, que são como amigos, estimulam a gente a seguir em frente e estão muito bem preparados para ensinar a nós, que somos mais velhos. Sem contar o cuidado com a nossa auto-estima”, acrescentou. Joselice diz estar tão feliz e realizada, que ajuda o quanto pode os colegas, com incentivos para que não desistam.

“Eu sempre fiz questão de apoiar e incentivar quem está cansado ou desanimado, querendo desistir. Porque existe um ponto na vida que a gente acha que já fez tudo e acaba se anulando. Não podemos deixar isso acontecer”, frisou.

Atualmente existem salas de EJA em 19 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) e cinco Centros Públicos de Formação Profissional. Nos cinco Centros Públicos (EJA I e EJA II) e em cinco Emeiefs (EJA II), o Ensino Fundamental está integrado ao ensino profissionalizante.

Para a matrícula é preciso apenas procurar a unidade com EJA mais próxima de casa com os seguintes documentos:

  • cópia do RG
  • comprovante de endereço
  • histórico escolar

Caso a pessoa não possua histórico escolar, a escola ajudará a buscar as informações necessárias.

Para saber quais são as unidades com salas de EJA, ou obter mais informações, basta entrar em contato pelos telefones 4468-4296 ou 4468-4297. Site da Prefeitura de Santo André.

Gostou de “EJA de Santo André está com inscrições abertas”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Inscrições para o Encceja 2020 terminam no dia 22 de janeiro

Os interessados podem se inscrever na página do Encceja na internet, gratuitamente. Confira mais sobre as inscrições para o Encceja 2020.

No dia 22 de janeiro encerram as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020. Os interessados podem se inscrever na página do Encceja na internet, gratuitamente. Caso necessário, o participante pode solicitar, durante a inscrição, atendimento especializado para o dia da prova. O exame compreende quatro provas objetivas, por nível de ensino, contendo 30 questões de múltipla escolha cada uma e uma redação.

O Encceja é voltado para jovens e adultos que não terminaram seus estudos na idade adequada para cada etapa de ensino. Então, essas pessoas precisam ter, no mínimo, 15 anos completos para o ensino fundamental e 18 anos completos no caso do ensino médio, na data de realização do exame. Além disso, estão liberados os resultados dos inscritos que tiveram recusada a justificativa de ausência no Encceja 2019 e entraram com recurso.

Em parceria com Brasil 61

Gostou da matéria “Inscrições para o Encceja 2020 terminam no dia 22 de janeiro”?

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que publicadas, ou como desejar. Portanto, para periodicidade, confira informações no email recebido. Então, aproveite e leia mais sobre o ENCCEJA.

Inscrições para o Encceja 2020 terminam no dia 22 de janeiro

Inscrições para o Encceja: Exame para adultos concluírem estudos

Começam as inscrições para o Encceja, o exame que possibilita obter a certificação nos ensinos Fundamental ou Médio.

Podem se inscrever no Encceja os jovens e adultos que deixaram de concluir os estudos na idade regular.

Além de ser uma nova oportunidade para esses estudantes, o Exame Nacional para a Certificação de Competências tem a intenção de fazer um diagnóstico da educação básica brasileira.

Ele também pode ser feito por pessoas privadas da liberdade ou que residem no exterior.

Para o Ensino Fundamental, é necessário que o candidato tenha completado 15 anos de idade.

Já para realizar a prova do Ensino Médio é preciso ter no mínimo 18 anos.

As disciplinas variam de acordo com o nível de ensino e a inscrição é gratuita, exceto para quem se inscreveu no Encceja 2019 e faltou no exame.

A próxima edição será a de 2020, todavia, adiada por causa da pandemia de Covid-19.

A prova está marcada para 25 de abril e será em dois turnos, pela manhã e à tarde.

Portanto, os interessados devem fazer a inscrição até 22 de janeiro, no site: enccejanacional.inep.gov.br

“Inscrições para o Encceja: Exame para adultos concluírem estudos” com informações de Rádio2.

Gostou de “Inscrições para o Encceja: Exame para adultos concluírem estudos”?

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que publicadas, ou como desejar. Portanto, confira informações no email recebido. Aproveite, e leia mais sobre Educação.

Inscrições para o Encceja
Photo by Zen Chung on Pexels.com

Inscrições para a 5ª edição do Festival Flink Sampa 2020 terminam nesta quarta (30)

Alunos de todos os ciclos de ensino podem participar do concurso em parceria com a Faculdade Zumbi dos Palmares e ONG Afrobras

Secretaria da Educação do Estado, por meio do Centro de Inclusão Educacional e do CRE Mario Covas, realiza em parceria com a Faculdade Zumbi dos Palmares e ONG Afrobras a 5ª edição do Festival Afro Minuto (Flink Sampa 2020).

Para participar do concurso, alunos da rede estadual que estejam cursando qualquer ciclo deverão produzir e enviar vídeos que visem valorizar a diversidade e respeitar os processos históricos de resistência negra desencadeada pelos africanos escravizados no Brasil.

O tema deste ano é uma homenagem à vida e obra de Milton Santos. Cada escola deverá inscrever apenas um vídeo por categoria, sendo: Ensino Fundamental Anos Iniciais, Ensino Fundamental Anos Finais, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A produção dos vídeos ficará por conta dos estudantes, sob orientação e acompanhamento do(a) professor(a) orientador(a). O regulamento do concurso pode ser consultado no site do CRE Mário Covas: http://www.escoladeformacao.sp.gov.br/portais/Default.aspx?tabid=9180.

A lista de vencedores será divulgada em novembro, considerando os protocolos sanitários vigentes, a premiação está prevista para ocorrer virtualmente ou em local a ser definido, na segunda quinzena do mesmo mês.

Fonte: Governo de SP