Beleza Oculta

Lorena Pelais é a autora de “Beleza Oculta”, confira:

Não se trata de imagens visíveis a olho nu, relaciona-se a sentimentos vindos da alma.
Alegria e tristeza, do medo à superação, da angústia ao refrigério e por aí vai…

Incontável , imensurável, disponível a quem sente.
Empatia, compaixão compartilham parte das sensações que o outro pode sentir, nunca com a mesma intensidade, cada um tem seu jeito próprio e tempo certo para sentir, individualmente, os conceitos, sentimentos que habitam um ser jamais serão os mesmos do outro, possuem semelhanças e com imaginário deduzimos a sensação que o outro possa sentir.

O que fere a uns por tempo, pode durar segundos para o outro, que abstrai e reverte essa energia transformando em uma experiência “positiva” menos dolosa.
Tudo depende do ângulo, ponto de vista.

Relacionar a beleza aos momentos difíceis é a tarefa mais árdua, é justamente quando estamos totalmente envolvidos em algo de corpo e alma , onde tudo parece interminável e insolúvel.

Somos assim em nossa maioria, extremistas , imediatistas e um tanto dramáticos por assim dizer. Quando na verdade, tudo parece perdido , esquecemos que sempre surge uma inesperada luz.

“Quando uma porta se fecha, duas novas se abrirão!”
Momento em que o que aparenta ser impossível se torna possível repleto de novas possibilidades inimagináveis.

Fé, foco e determinação, quem te ampara , não te desampará.

“Não existe vitória sem luta, a luta nos eleva a glória”, não de vencer a guerra, mas sim de derrubar os gigantes que nos habitam, criados pela nossa própria mente, superando-os um a um.

Obter clareza dos fatos vivenciados, com lucidez, maturidade, sabedoria o que for mais conveniente e próximo ao seu ser no momento da experiência.

Não importam, todas as situações existentes te encaminham para algo maior e melhor imperceptível à razão momentânea , que foge nosso conhecimento imediato, mas que lá na frente, bem adiante reconheceremos que tudo era preciso e necessário.

Trabalhe a aceitação em sua vida atual, “tudo que não mata te fortalece”, poderás padecer por alguns intermináveis segundos , mas retomará às rédeas no segundo seguinte , pronta, renovada, revigorada para novos desafios mais à frente.

E, é mais ou menos assim que é..
A vida inicia e finda a cada adormecer na verdade já “nascemos mortos”, temos metas a cumprir até chegada da vida eterna no paraíso.

O céu é o limite e a prova final fazemos aqui!
Observemos o belo que há dentro e em cada um de nós, apreciar a beleza Oculta que carregamos esse é nosso grande e próprio mistério a ser descoberto.

Lorena Pelais ॐ∞.

beleza oculta
Foto de Anna Shvets no Pexels

Gostou de “Relações sociais e o fluxo da vida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Fiori di bosco: amor, afeto e sabor inova para o dia das mães

Chef italiana Ana Cláudia Morale lança o projeto gastronômico e aposta que a data mais amorosa do ano pode abranger o almoço em família e trazer um momento festivo mais afetuoso e saboroso entre mãe e filho. Confira sobre Fiori di bosco.

Amor, afeto e sabor, tudo isso reunido no tradicional almoço de comemoração de dia das mães. Esse é o formato que sempre aconteceu convencionalmente, mas que agora pode estar com dias contados para acabar. É o que garante a chef italiana, Ana Cláudia Morale, que em tempos de pandemia traz a inovação e criatividade para que as datas festivas não percam o seu brilho. A chef lança para o dia de externar todo amor dos filhos para a mãe , o projeto gastronômico Fiori di Bosco. Morale explica que o conceito extrapola todos os formatos de celebração da data.

Fiori di Bosco apresenta uma caixa na cor de amor de mãe (vermelha) e contém suspirinhos de amor, bombons pintados à mão flor de cerejeira com chocolate belga e recheio de frutas vermelhas com marshmallow, uma xícara pequena com duas cápsulas de café nespresso, latinha com cantucci, o biscoito clássico italiano. Tudo ao valor de R$85,00.

A proposta pretende trazer  que após passar o dia das mães com aquele almoço,  está feito um convite para mãe tomar um café, degustando um biscoito especial, feito e pensado nela. “A ideia é que o dia das mães pode durar mais um pouquinho, que passa do almoço que é aquele clássico de sempre. E é um dia tão gostoso que a gente quer que ele dure mais, então trabalhamos para que no fim do dia ainda tenha comemoração e que é possível ainda festejar as mães, as avós, as sobrinhas e tias”, explica Morale.

 As encomendas podem ser realizadas com a própria chef pelo telefone (61) 98203 1526 até o dia 06 de maio, e as entregas serão gratuitas em todas as localidades de Brasília, entre os dias 7 e 8 de maio.  *Chef Ana Cláudia Morale*Com descendência italiana, essa chef brasileira tem o coração na terra das famosas massas e representa em seus pratos os ensinamentos da Nonna que a criou. Publicitária de formação, mas confeiteira de coração e talento nato, Ana Cláudia Morale é integrante da Federação Italiana de Cozinheiros – FIC BRASILE, desde 2018. Trabalhando com gastronomia desde 2007, Ana Cláudia trilha a sua caminhada por passos gastronômicos, sendo participante de eventos como Mesa A Vivo, Beba do Quadrado, Pátio Varanda, além de ministrar aulas no Espaço Pátio Gourmet. A Chef também fornece cursos particulares de confeitaria e atua como personal chef em eventos gastronômicos.

Serviço: Fiori di bosco:  amor, afeto e sabor inova celebração do dia das mães e promete um dia inteiro de comemorações entre mãe e filhos
Valor: R$85,00Entregas: GratuitasLocal: Em todas as localidades do DFPedidos por encomendas diretamente com a chef Ana Cláudia Morale: (61) 98203 -1526

Gostou da nossa matéria “Fiori di bosco: amor, afeto e sabor inova para o dia das mães“?

Fiori di bosco:  amor, afeto e sabor inova para o dia das mães
Foto: Agenor Mota

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Relações sociais e o fluxo da vida

Lorena Pelais é autora de “Relações sociais e o fluxo da vida”

De nada adianta uma vida, sem ter com quem dividi-la.

Bem assim ….
A nossa história depende de outras.
Nossa estrada se cruza com caminhos que nem sempre conhecemos com riqueza de detalhes, mas que fazem parte da nossa jornada.

O medo de se lançar ao que é novo muitas vezes nos consome, se torna maior do que possamos imaginar, enfraquecendo nossa vontade de tentar e se jogar de corpo e alma em novas oportunidades que a vida secretamente nos reserva , mas que de uma forma ou de outra precisam ser completadas para que possamos finalizar ciclos, iniciar outros que por medo muitas vezes aprazamos.

Repetitivo, sei que é….
Mas sinto a necessidade de expor o pensamento que não somos feitos para vivermos sós.
Até nossa chegada, quantas pessoas nos antecederam , o quanto nós esperamos para vir ao mundo e porquê alguns insistem afirmar que a solidão é a melhor experiência da vida?!?

Não vou negar que nos conhecermos o suficiente é imprencidível para amar a convivência com nós mesmos, para sermos “autoalegres” é ter certeza de que somos capazes de sermos felizes de nós conosco mesmos, mais gratificante se torna quando conseguimos doar esse conhecimento, compartilhando uma vida em comum, formando uma família, perpetuando nossa existência com nossos descendentes, participando e atuando seja como for na vida de alguém além de nós mesmos ampliando o significado da vida, explorando o real motivo de estar vivo e viver.

Qual a serventia de nossos feitos e conquistas se não temos com quem dividir os bons e maus momentos que passamos.
E quando tropeçamos é tão reconfortante ter alguém para nos acalentar, ajudar, amparar e se necessário nos pôr de pé novamente, um tropeço pode levar uma queda , o dia a dia pode ser tão exaustivo que renovar o fôlego para dar continuidade sozinho me parece árduo , improvável, mas não impossível.

Por mais que nós queiramos nos sentir autossuficientes , ainda sim , sou muito a favor à interação entre os seres de todas as espécies, com respeito, dedicação e afeto todas as relações são possíveis e terem momentos ternos inesquecíveis que ficaram reservadas no coração e na mente.

Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Relações sociais e o fluxo da vida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias

Iniciativa do Fundo Social de Solidariedade já arrecadou 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores para Campanha Santo André Solidária.

Com a colaboração de muitos andreenses, a campanha Santo André Solidária, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade, chegou à marca de mil cestas básicas distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade. Neste sábado (24) foi a vez dos moradores do bairro Sítio dos Vianas receberem as doações.

“A campanha Santo André Solidária continua a todo vapor, seguimos cuidando dos que mais precisam, mesmo nesse momento difícil. Com a ajuda de todos os andreenses que nos auxiliam doando diversos tipos de itens, vamos vencer juntos”, destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

A campanha, lançada no aniversário da cidade, em 8 de abril, já arrecadou cerca de 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores. Alexandre Vieira, voluntário na campanha, comentou sobre o processo de arrecadação e distribuição. “A colaboração da cidade tem sido muito significativa. Fazemos a triagem e a montagem dos kits para entregar nas residências das mais de 900 famílias assistidas”.

As cestas básicas são compostas por alimentos não perecíveis e, complementando as doações, as famílias recebem ainda kits de higiene pessoal e também produtos de limpeza.

Gabriela de Lima Santana, de 19 anos, recebeu a cesta neste sábado com a filha Mariana de 7 meses no colo. “Veio em boa hora. O momento não está fácil. Moro com mais dez pessoas e estou sem emprego, por isso, agradeço esta grande ajuda”.

Cláudio de Jesus, de 49 anos, comemorou a doação. “Como autônomo, passei momentos difíceis, por isso sou grato por esta ajuda”, pontou o morador.

Para quem quiser contribuir com a campanha Santo André Solidária, a arrecadação é feita em sistema drive-thru de forma segura, respeitando todos os protocolos sanitários, nos seguintes endereços: Parque Celso Daniel (Rua das Caneleiras, s/nº – Bairro Jardim), Parque Central (Rua José Bonifácio, s/nº – Vila Assunção), Parque Regional da Criança (Avenida Itamarati, 536 – Parque Jaçatuba) e Parque da Juventude Ana Maria Brandão (Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, s/nº – Jardim Ipanema). 

Os quatro drive-thrus solidários localizados nos parques receberão doações até o dia 30 de abril, de segunda a domingo, das 8h às 17h. Os cinco pontos de vacinação em formato drive-thru da cidade também estão recebendo doações.

Outra opção é fazer as contribuições diretamente na sede do Banco de Alimentos, localizado na avenida dos Estados, 2195, em Santa Teresinha. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. 

Podem ser doados alimentos como arroz, feijão, macarrão, café, óleo, leite em pó, além de itens de higiene e limpeza, agasalhos, cobertores, brinquedos, material escolar, entre outros.

Quem preferir, pode fazer doações via Pix para a chave e-mail doe@santoandre.sp.gov.br ou via transferência para a conta do Fundo Social no Banco do Brasil. A agência é 5688-x, conta 6900-0 e CNPJ 46.522.942/0001-30, no nome de Prefeitura de Santo André – Fundo Social de Solidariedade.

Entre os bairros que estão sendo beneficiados com a entrega de doações estão Sítio dos Vianas, Jardim Irene, Jardim Cipreste, Aclimação, Vila Linda, entre outros. A distribuição será feita ao longo da realização da campanha Santo André Solidária.

Gostou da nossa matéria “Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias“?

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias
Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias. Foto: Angelo Baima/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Universo Paralelo

Lorena Pelais é autora de “Universo Paralelo”.

Embora tenhamos muitas dúvidas sobre o universo e seu funcionamento, nossa relação de existência nesse espaço físico tão grandioso o qual chamamos de casa, o planta Terra, que existem vidas em outros planetas , que a viagem a Marte seja a mais sonhada para alguns, que os seres possuem características similares a nossa, mas sua aparência não é tão “formosa” como a nossa, que os seres extra terrestres possuem “superpoderes” capazes de ler mentes e mover objetos e a mais destacável de todas sua pele geralmente é verde.

Uauuuuu, quantas suposições temos, se já é difícil cuidarmos das nossas próprias vidas, porque nos interessamos tanto a compreender a existência de seres em outros planetas?!?
Porque os consideramos tão grandiosos?!?
Quando na verdade, cada um carrega individualmente um poder consigo.

Não seria muito mais fácil, tentarmos nos compreender primeiramente , saber exatamente para que e como funciona cada parte de nossa mente?

Sei que tudo pode parecer uma grande bobagem, poderia eu estar imergida em meu universo Paralelo nesse momento, onde suponho minha coexistência, onde todas as pesquisas , estudos estejam verdadeiramente certos, ao invés de, estudarmos a mente do povo que aqui habita e tentar aperfeiço-lá para assim tentarmos sanar um pouco das dores causadas pelos desencontros que ocasionamos com a nossa própria existência.

Em sua maioria, em quase sempre todos momentos, partimos contra as leis da criação, não seguimos a risca os mandamentos, outrora questionamos que as escrituras foram registradas por meros homens comuns, questionando inclusive que talvez esteja desatualizada com o avançar dos tempos…

Não sou estudiosa, apenas uma entusiasta, mas percebo que nos deram regras simples e não conseguimos segui-las, seria desvio de caráter, ou por tendências naturais do espírito?!?

Respostas que em sua maioria não a teremos tão facilmente, não existe um órgão de serviço de proteção ao crédito da existência, ou uma sociedade preservadora dos direitos inquestionáveis , nem mesmo um confessionário de respostas celestiais imediato.

Sabe, a criação do universo pode ter sido gerada através de uma grande explosão, onde supostamente ainda não havia Deus e nem mesmo não existia nada.

Somos livres para cremos no que nos faz sentir melhor, mas temos que elevar sim a mente e pensar, se partimos do princípio que antes o universo era escuro e nada havia, houve uma explosão e surgiu Deus , dando início à obra da criação, dias da semana foram criados, a escuridão passou a ser temporária e representada pela lua, indicado o anoitecer, a luz se fez presente, o dia carrega a esperança de um amanhecer melhor , vidas foram criadas.

Que existem vidas em toda parte do universo, sempre será algo contestável.
Que civilizações antigas tinham métodos próprios para contagem do tempo, criações foram desenvolvidas aprimorando métodos que utilizamos e perpetuarão, que somos capazes de ir além do que vemos, chegar a patamares desconhecido, mas sob orientação de “fonte desconhecida”, que brilhantemente nos conduz a um lugar melhor.

Porque nos fechamos tanto a novas informações, acreditando que somos conhecedores de muitos mistérios, onde nossa mente é um grande universo com partes escuras que talvez jamais encontrem a luz ,ou seja, do Sol ou Divina que assim permaneceram as idéias imergidas na finita escuridão interior que habitamos .

Já imaginou que talvez sejamos seres tão primatas que não estejamos preparados para conhecer os “dominadores” dos poderes ocultos da nossa própria mente e por esse motivo não tivemos a devida apresentação.

A vida nos apresenta universos paralelos a todo instante, desde que chegamos o céu e o inferno, o plano que vivemos entre a carne e o espírito é o limiar.

Tantos avanços, tantas tecnologias, tantos conhecimentos e de que forma é associado pela mente?
Como fazemos uso de todas as descobertas o quão evoluímos com elas?

Como nos sentimos diante das regras , das orientações prévias que recebemos?

Falamos sempre o externo, esquecendo de priorizar o íntimo e primordial a mente.

Assim como somos o Universo, todos temos nosso próprio Universo Paralelo, nosso faz de conta, nossos medos, inseguranças, até mesmo vestígios de vidas que aparentemente não vivemos, de tempos que desconhecemos, lembranças saudosistas de imagens, fragrâncias, sabores de experiência que nunca tivemos.

Universo Paralelo
Foto de Rakicevic Nenad no Pexels

Que existe explicação, existe , mas convence a todos o que você ou eu acreditamos que possa ser a “verdade completa” ou apenas uma de todas as faces que podem ser apresentadas, muitas teorias, pouca prática e assim seguimos na dúvida da expansão do universo sem conhecer o universo individual que nos habita .🎇

Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Universo Paralelo”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Bruma

Lorena Pelais é autora de “Bruma

Ela pregava “felizes para sempre”
Mas no fundo sabia que isso era coisa de menina
Sua mente reflexiva, transitava no passado, futuro e presente
Dormia e acordava
Sorria e chorava
Pensava e escrevia

Sua alma sempre ativa
A cada pulsação seu coração cansado sofria
Sonhava com possibilidades de uma vida que não tinha.

Sonhar não era o erro
Descobrir que viver não era assim tão perfeito
Como sua mente lhe dizia
Amar não era o plano
Liberdade não tinha preço
Da da saudade ao desespero

Desesperada, da saudade de um tempo que sua vivência desconhecia
Sentimentos que atualmente ela nem sabia que existiam

Como é possível??
Sentir saudade do desconhecido (abstrato, aparentemente dito)
Questionava-se, tentando compreender seus porquês.

bruma lorena pelais
Foto de Mati Mango no Pexels

Porque a vida parecia ser tão mágica, encantadora e envolvente, saudade de quando assim se sentia
Porque a vida parece uma “guerra fria”?
Combatente, guerreira sentiu-se em uma guerra que na verdade não existia.

Porque amar??
Buscava entender ao menos, o que verdadeiramente sentia.
Saudade do tempo que seu coração parecia gelado e ninguém nele havia.

Saudade e o tempo perfeitamente conectados
Sensações e a vida interligadas profundamente
Sentir-se perdida
Acreditava que o que sentia, era saudade de tudo aquilo que ela nem mesmo viveu, simplesmente desconhecia

E assim segue, vive em busca de descobrir verdadeiramente o que sente
Em meio tantos enigmas que sua mente abruptamente a conduzia 🛤️

🌻Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Bruma”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Dríade da mente

Lorena Pelais é autora de “Dríade da mente”

Sabe aquela sensação, acho que não sou daqui, pois é, eu tenho desde sempre, passeio em mim, não sei vocês, mas é um hábito involuntário, perambular em meus pensamentos.

Saio do presente, passo por ontem, anteontem, outrora, antrolas, dantes, chego a sentir que não pertenço a esse tempo, por sorte não é tão ruim de adaptar por aqui.
Esquisito é se deparar com tantas emoções e sentimentos, sensações que muitas vezes não queremos senti-las, mas que somos forçadas a vivê-las para compreender a essência de tal momento e praticar empatia com o próximo, sentir as mesmas dores e alegrias na carne e ter os nervos saltar sobre a pele.

Nítido e espantoso ver a própria linha do tempo, a infância “meus antepassados”, a adolescência tudo o que eu não deveria ou talvez devesse ser, rsrs, destemida era bom, sem limites nem tanto, a juventude, um diamante em processo de lapidação…
A fase adulta, uma mente em busca de paz.

Atípico, mas necessário “sair da realidade”. Noutrora estamos ligadas “entranhadamente”, entranhas e mente conectadas ao “mundo real”.
O pensamento vagueia, seja bem vinda de volta a realidade, aos problemas, as dificuldades, ao desânimo, a todos os “quiproquós” cotidianos que podem ser incontáveis, somados e ampliados de acordo com a perspectiva do momento.

Sinto vontade de chorar, rir, correr, socar, gritar, xingar, implodir, explodir. Particularmente, às vezes, sinto vontade de morrer por um dia e ressuscitar no dia seguinte, seria uma experiência incrível e assustadora, regressar quando tudo já estivesse mais calmo, porque passar, desaparecer só em conto de fadas como em um passe de mágica.
Mas sim, milagres existem!!
Nossas percepção de tempo na Terra é bem diferente do que os astros relacionam entre si, enfim, estamos aqui, vivendo a agonia do dia após dia, buscando a melhor realidade em cada aurora.

Difícil saber, crescer e ser confrontada que “conto de fadas” não existem , sinceramente, sempre me recuso a acreditar, juro em meu íntimo que eles existem , só não aconteceu pra mim ainda, rsrsrs

Mas se eu parar, pensar bem, revirar minhas lembranças, noto que já houve muitas partes eloquentes.

Seria a junção dos bons momentos, com toda a emoção envolvida, minimizando os dias mais cinzentos, capaz de criar uma narrativa de um bom conto de fadas real?!?

Quem nunca?!?
Quem nunca se encantou com os contos de fadas?!?
A importância que dávamos aos personagens, quem os lia, fazia toda a diferença, a “bruxa má” sempre se destacava, não só pela maldade, mas sim pela risada, a gargalhada é uma variável, de engraçada a assustadora.

Dríade da mente
Dríade da mente

Aí, me pergunto, seria a entonação atribuída ou meu estado de Espírito naquele momento que fazia da bruxa má engraçada , ora assustadora, o que me influenciava era o narrador ou minha perspectiva?!!

A realidade e conto de fadas não seriam a mesma coisa dependendo do ponto de vista?!?

Costumam dizer que conto de fadas não existem, porque sempre damos mais atenção a frase: “E vivevam felizes para sempre!”

Recentemente, minha caçula, que tem um temperamento mais …. Forte, explosivo, altruísta, sem pavio, chorona, uma bebê que cresce e não sabe lidar bem com as mudanças…. Nem sei bem, conheço alguns traços, mas não todos ainda, me disse:
“- Mamãe, princesas não precisam de príncipes, princesas podem ser rainhas sem reis!”

Woowwwwwwww
Por essa eu não esperava, a primogênita esboçou um sorriso tímido, amante de finais felizes e admiradora de histórias de amor, mas que não recusa presenciar uma boa treta, rsrs arregalou os olhos e calou-se, concordando com a irmã.

Gente, nesse momento percebi que toda a nossa vivência em comum e elas com pensamentos tão “pra frente” me senti ultrapassada, antiguidade que talvez nem mesmo minha finada avó talvez acreditasse , que talvez exista só pra mim ou que possa ser uma realidade para todos?!? Óh, dúvida cruel!!!
A dor nos enraiza somente o “trash” , aniquilando todo o resto.

E os momentos bons, os “anos dourados”, toda a emoção de cada conquista, não daria um bom trecho de um conto?!?

Se tivéssemos nossa história contada por terceiros, ou se criássemos, ao final arrancaria suspiros da mesma forma, independente da estrutura, quantidade de versos, passado, presente ou futuro, os personagens são os mesmos em sua maioria, não mais como antes, algo mais moderno, o que amarra é o desenrolar e o final que temos , como o final até o momento parece incerto, porque não guardar todos os bons e os mais ou menos de todos os momentos , adicionar a doçura de uma rapadura , “doce mas é dura” .
A falta de cifrões é um detalhe, sua ausência aguça todo nosso processo de criação.

Imaginação…
Da realidade a ficção, do mito a utopia, transformando a vida em bela a ser vivida.

🌻Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Dríade da mente”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Laços de Mel: relatos de uma mãe de anjo

Livro ‘Laços de Melconta a emocionante história de vida de Melissa, uma criança com Síndrome de Down, uma grave cardiopatia e paralisia cerebral

Quem via Melissa sorrir, encontrava apenas boas energias e muita vontade de vencer, de superar as batalhas que já surgiram logo ao seu nascimento.

O livro “Laços de Mel: relatos de uma mãe de anjo”, publicado pela editora Literare Books International é de autoria de Mirela Miranda Nobre, mãe da pequena Melissa (Mel), personagem da obra.

O livro resume um pouco da história de vida de Mel, uma menininha linda que nasceu com Síndrome de Down, uma grave cardiopatia e, aos cinco meses de idade, adquiriu paralisia cerebral. Apesar de ter tido inúmeros desafios no tocante à sua saúde, dava lições diárias sobre o sentido da vida. Sempre com um sorriso no rosto, a pequena guerreira enfrentava internações, procedimentos hospitalares e os mais variados tratamentos por conta de sua condição.

“Se mil vidas eu tivesse, nas mil eu queria viver tudo isso outra vez. Minha filha só me trouxe coisas boas”, declara Mirela, que não poderia ter escolhido melhor o título dessa obra. Melissa era uma menina delicada que amava usar laços nos cabelos, transbordava alegria, amor e contagiava a todos, estava sempre bem-cuidada, cheirosa e vestida. Graças ao carinho e empenho de sua mãe e família, teve o melhor que quem ama pode oferecer e, justamente por isso, viveu com qualidade.

“Mel foi um lindo presente que Deus me deu. Ele confiou a mim uma missão linda (…) os laços de Mel ficarão para sempre, não só no quadro da parede, mas também nas palavras que agora deixo nesse livro. Os cinco anos e oito meses que Mel viveu na Terra foram de puro amor e aprendizado”, segundo Mirela em um trecho do seu livro.

A obra é, sobretudo, um relato de amor, mas também levanta questões humanas importantes que devem ser debatidas e trazidas à discussão da sociedade.

Sobre a autora

Mirela Miranda Nobre – Escritora, residente em Jacobina, interior da Bahia. Bacharel em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Proprietária da Agência Nobre Viagens. Casada e mãe de três, dois meninos e uma anjinha.

A autora Mirela Miranda Nobre. Foto: Divulgação

Sobre o livro

Laços de mel: relatos de uma mãe de anjo

Autora: Mirela Miranda Nobre

Editora: Literare Books International

Formato: 14 x 21 cm – 1ªedição – 216 páginas

ISBN: 9786559220175

Instagram: @mirelamirandanobre

Facebook: Melissa Miranda Nobre

Blog: melissamirandanobre.blogspot.com

Loja Literare Books: https://bit.ly/livro-lacosdemel

À venda nas principais livrarias físicas e on-line

Laços de Mel

Gostou de “Laços de Mel: relatos de uma mãe de anjo?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Fundo Social e SEJEL realizam atendimento às famílias necessitadas

As equipes do Fundo Social de Solidariedade e SEJEL – Secretaria de Juventude, Esportes, Lazer, Cultura e Turismo de Ribeirão Pires, com apoio de voluntários,  estão trabalhando de forma integrada nas ações de atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social da cidade.

Fundo Social e SEJEL realizam atendimento às famílias necessitadas

A SEJEL enviou parte da equipe do quadro de funcionários para auxiliar em diversos serviços como cadastramento e atendimento aos munícipes, recebimento de doações, separação e conferências dos alimentos recebidos, bem como montagem das cestas básicas. No total, quatro funcionários estão em apoio fixo ao Fundo Social.

“A união de forças entre os departamentos da Prefeitura transforma nossa ação numa verdadeira corrente do bem. O apoio dos funcionários da SEJEL aqui no Fundo Social, assim como dos voluntários, está ampliando nossa capacidade de atendimento aos munícipes”, agradece a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, Ligia Volpi.

O secretário da SEJEL, Claurício Gonçalves Bento, reforça a importância da integração entre os setores. “Além do Fundo Social, nosso quadro de funcionários tem dado apoio à Secretaria de Saúde no drive-thru da vacinação. Essas ações visam melhorar todo o atendimento prestado pelo poder público ao munícipe”, afirma.

Arrecadação de alimentos – A Campanha “Corrente do Bem” no Drive-Thru da Vacinação, idealizada pelo Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, arrecadou 6 toneladas de alimentos não-perecíveis, possibilitando o repasse para mais de 1500 famílias em situação de vulnerabilidade, além das entidades do município e famílias atendidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).
O agendamento para a retirada das cestas básicas terminou dia 2 de abril. O Fundo Social, localizado à Avenida Francisco Monteiro, 2940 – Santa Luzia, permanece funcionando das 9h às 16h, para o recebimento de mais doações. As unidades do CRAS em Ribeirão Pires também continuam abertas normalmente, das 8h30 às 17h.

CRAS Centro – Rua Batista Lion, 108B – Centro

(11) 4824-1485 / WhatsApp (11) 9.3326-3041

CRAS Jardim Caçula – Rua Fagundes Varela, 07 – Jardim Caçula

(11) 4828-1327 / WhatsApp (11) 9.6378-1766

CRAS Ouro Fino – Rua Eduardo Valeriano Nardelli, 367 – Ouro Fino

(11) 4823-9283 / WhatsApp (11) 9.7436-1796

CRAS Quarta Divisão – Estrada do Sapopemba, 5055 – Quarta Divisão

(11) 4824-7065 / WhatsApp (11) 9.7314-0888

Gostou de “Fundo Social e SEJEL realizam atendimento às famílias necessitadas?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Amor…

Amor… é uma troca de interesse egoísta?!?

É cada coisa que aparece.
Saber que vivemos em um mundo caótico, que temos nossas próprias dificuldades internas e o mundo nos “entuba” uma série de desventuras

Eu te pergunto, porquê e pra que questionar o Amor?!?

Descabido?!?
Não sei.
Dúvida é uma opção humana natural
Mas associar o amor ao egoísmo e troca de interesse, sinceramente acho que é um tanto demais.

Um sentimento sublime, excelsa da natureza e sua criação.

1 Coríntios 13. Paulo fala da excelência da caridade — A caridade, um amor puro, excede e supera quase todas as outras coisas. … 3 E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse caridade, nada disso me aproveitaria.

amor
Photo by Orlando Allo on Pexels.com

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Noto que não só porque não o sentimos verdadeiramente, creio que não somos capazes de julgar.

Julgo por mim mesma, jurava ter amado alguém, até o nascimento das minhas crias, e olha que fui avisada que quando os filhos nascem sentimos algo crescer no peito de forma inexplicável, não considerava possível, as retas finais das gestações são variadas e incômodas , verdade seja dita, o processo é legal e tal, tem o lance da curiosidade de conhecer quem te habita mas sentimentos inexplicáveis, como seria isso?!?

Eu pensava medo, é provável, sou inexperiente e tal, novidade, mudanças, alterações de rotinas, choro, alimentação, putz só via os contras.

Óbvio, eu desconhecia o momento da chegada, o choro é sinal de vida e saúde, alimentação ato de amor natural, sem sacrifício, “incômodo” por ser algo novo, parece ser desconfortável, não dura tanto, logo passa a ser prazeroso, gratificante e lindo, momento de intimidade plena e início de laços finitos.

Questionar o amor entre pessoas é realmente necessário?!?

Não vejo serventia alguma….
Quantas vezes sentimos uma imensa vontade de sorrir feitos bocós, que somos invadido por uma alegria sem fundamento, que nos sentimentos felizes tudo junto e misturado ao mesmo tempo.

Uauuuuu, isso não seria Amor?!?
Ver beleza na simplicidade, ser invadida por bons sentimentos, receber e ofertar sorrisos espontâneos, se alegrar em ver a alegria alheia, ter a bondade correndo em suas entranhas inundando a mente e vivenciando momentos de paz.

Isso é Amor?!?
Crer no inesperado
Sentir o impalpável
Não encontrar palavras, figuras, nada para decifrar o quanto tão bem se sente, ainda sim não seria amor.

Inefável é o Amor, egoísta pode ser, por ser imensurável suas formas e ausência de explicações para singelos atos que transformam o ser e a experiência humana dia após dia .

Ame involuntariamente, compulsivamente, descontroladamente, sinta os extremos, se jogue de corpo e alma, amor próprio, amor ao próximo, ame simplesmente por amar, pelo bem que o amor te faz sentir-se com você mesma.

Ou se preferir uma experiência sem solo, “Nunca Ame Ninguém!”

Lorena Pelais ❤️ ॐ∞

Gostou de do novo artigo da autora?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

Romances

Lorena Pelais é autora de “Romances”

Usado muito por jovens, quem nunca ouviu a seguinte frase:
“- Um lance é um lance e não um romance!”
Hahaha, do nada me surgiu essa frase na mente, pensei bem ….
Revirei minhas lembranças e constatei: por mais “dura” que uma pessoa aparente ser, em seu íntimo existe o desejo de amar, se apaixonar verdadeiramente por alguém.

Essas experiências afetivas são excelentes, no início são belas como uma linda rosa , mas contêm espinhos que podem perfurar a alma.

Por que o amor é tão bom, mas sempre nos faz chorar?!?

Sentimentos….
O coração é um órgão vital, mas ele tem suas tramas e põe a mente em segundo plano em fração de segundos.

close up of couple holding hands
Romances … foto de Pixabay, no Pexels.com

Como é bom se render a um sentimento que te embala de alegria e prazer levando o êxtase por dias e noites, uma sensação interminável que te envolve levando sua mente a lugares desconhecidos por alguns segundos ….

Putz, aí está o grande lance, geralmente a ausência de palavras é bem comuns, o desejo berra desesperadamente e palavras se tornam apenas um detalhe como outro qualquer.

Muitas vezes nada fica claro, não se sabe se é um lance ou se trata de um romance, mas pra que pensar nisso? Afinal o coração está 100% ativo e a mente momentaneamente de férias por assim dizer, definir é apenas um título , ou quem sabe estabelecer regras na maioria das vezes é melhor serem desconhecidas devido experiências anteriores, apreciar os momentos de intensidade faz muito mais sentindo do que “preocupar-se” com detalhes, que seja bom enquanto dure.

O que muitas vezes não levamos em consideração é que um lance pode virar um romance e o romance avançar para relações duradouras sem aviso prévio nenhum e mantido na mesma falta de diálogo inicial, o tempo passa, a companhia é boa, os momentos divididos são bem interessantes e afinal compromissos são planejáveis.

Não que de fato seja bem assim que aconteça, mas de uma maneira ou de outra este suposto início é um início dentro de muitos outros com enredos similares.

Mas o que ninguém assume para si mesmo a imensa vontade e o “inalcançável” desejo de ter alguém, soa como uma besteira ou uma bobagem, pensamento voltado a mulheres pela natureza romântica que nos é “entubada” por meio de conto de fadas, história que nos antecedem e por aí vai…

O lance é que tanto homens como mulheres têm o mesmo pensamento em relação a sentimentos, uns interiorizam outros exteriorizam para ambos os sexos.

man and woman staring at each other
Romances … foto de cottonbro, no Pexels.com

Àquela sensação de início é tão cativante e envolvente que logo pensamos, será ótimo passar o resto da minha vida ao lado desta pessoa, imagine todos os nossos dia assim ….
Parece um sonho!!!

Sonho meu, sonho seu, uma grande ilusão, o que não sabemos é que em algum momento a cabeça volta à ação e o coração sai de férias sem explicação é justamente quando nos deparamos com os defeitos, os maus hábitos e somos inundados por uma suposta “frustração” ou com o pensamento de “onde amarrei minha cabra”, “onde eu estava com a cabeça que não vi isso!!” entre outros questionamentos que surgem ao avançar do tempo de convivência.

Ninguém se apresenta com uma carta de recomendação, registrado sua última experiência, suas tendências, seus costumes, sua cultura e crenças, não se trata de uma entrevista de emprego, é sobre duas pessoas que enfatizaram suas afinidades, preferências e “amaram” o tempo que estiveram juntos falando sobre assuntos aleatório, sem fundamento muitas vezes que se permitiram trocar uma ideia e que de repente surgiu uma faísca capaz de causar um grande incêndio.

“O gramado do vizinho sempre é mais bonito” , todas as relações quando vista de fora são muito mais atraentes do que verdadeiramente se apresentam no interior de uma casa com as portas fechadas.
Uma bela fachada pode ser construída, bons recursos implantados, alta tecnologia, reparos que aumentem o bem estar, autoestima , fisicamente a última geração de todos os recursos disponíveis dentro do alcance financeiro, um esteriótipo perfeito, “harmonia”, beleza, fotos de comercial de margarina, pessoas felizes, problemas só os matemáticos.

Aí que está a desilusão humana….
A nossa fragilidade de reconhecer, assumir e identificar nossos próprios sentimentos podem se confundir com quem está ao seu lado, já pensou nisso? Estilo ” eu me agarrava a ela por que eu não tinha mais ninguém!!”

Às vezes, rola uma transferência de sentimento, uma preocupação excessiva, porque afinal queremos bem quem está ao nosso lado como companheiro (a), queremos o bem de nossos amigos e familiares, automaticamente queremos o melhor para quem está conosco dia a dia, assim como nosso bem pessoal, engraçado como “bem pessoal” soa como uma vontade de querer estar bem, mas que pode ser “visto” como “bem material” aguçando um sentimento de posse involuntário e é justamente nesse momento que perdemos as rédeas de toda a situação e surgem as pequenas desavenças infundadas e intermináveis sem motivos aparentes para um, mas fundamentado o bastante na mente do outro que o faz.

Não que seja necessário um acordo para iniciar uma relação, não que haja perguntas estratégicas como se fosse necessário e impressindivel traçar o perfil psicológico a cada encontro, não que seja um talk show com perguntas e respostas rápidas , seria tudo muito mecanizado.

Romances
Romances … Foto de Flora Westbrook, no Pexels.com

Mas que as relações fossem mais estreitas e que pudéssemos estar com 50% do coração e da mente juntas em todo o tempo, para não sermos emotivos demais nem racionais excessivos ou de menos, que tenhamos a balança entre a razão e a emoção , com empatia, lucidez, compaixão e paciência, um tônico perfeito para lidar com nós mesmos e com o nosso par nas atitudes mais bizarras sem que saísse do ponto zero ao extremo instantemente e irredutíveis fora da escala e com ouvidos bem abertos para ouvir o outro e a nós mesmos e assim ponderar o todo da situação.

Em todas as relações estamos pré dispostos a ter bons e maus momentos, quando se trata de relações afetivas como: um lance, um romance, namoro ou casamento os dois últimos titulados são regados de anseios, perspectivas, planos e uma dose estupenda de intolerância onde nos tornamos irracionais complicando as coisas mais simples, aprisionando a mente a padrões que muitas vezes não encaixam-se a nós, cada casal, são dois seres distintos que dividem um mesmo “espaço comum”, nem sempre, mas com objetivos pessoais diferentes, não é porque são um casal que devem ser apenas um ser, seremos sempre dois seres com características bem diferentes que precisamos nos entender para compreender a necessidade do outro e assim vivermos o meu, o nosso “felizes para sempre” de acordo com as nossas “regras”, a nossa maneira, com todo amor, respeito e carinho que possa haver neste ou em qualquer outra parte do mundo.

Não ser somente uma bela foto de comercial de margarina, mas viver os belos momentos juntos conhecendo as qualidades e defeitos amando-as como um todo e para sempre.

Amor ….
Condicional ou incondicional
Podemos dividi-lo em inúmeras doses generosas e compartilhá-lo por todo o universo ao invés de trancá-lo e torná-lo restrito a quem supostamente merece, quanto mais doamos, mais recebemos e podem vir de fontes jamais esperada.

Bons sentimentos que sejam imortais na alma e na mente, um encontro perfeito da razão com a emoção, entrelaçadas pelo Amor que sentem um pelo outro, mas sem palavras e ações para assumir, amenizando a possível dor do desencontro interno que nos causam repentinamente devastando nosso ser deixando feridas que nem sempre o tempo ou um novo Amor é capaz de curar.

Um lance, um romance quando avança não foi tolice, foi porque tinha que ser, simples assim!!

Não cobre, não julgue, não condene, não mude, adapte-se para uma excelente convivência, busque qualidade ao invés de críticas, empenhe-se nos bons feitos, permita enxergar o melhor, descarte o que não presta e não guarde ódio nem rancor , não levam a nada.

Romances
Romances … foto de Jackson David, no Pexels.com

Dance conforme a música, dance na chuva , viva bem pra você, por você, os riscos são altos, os bons sentimentos são os que verdadeiramente fazem a diferença, capaz de mudar tudo que te cerca , envolver, contagiar, irradiar a todas as relações da “formiguinha ao gigante”.

Tenha um coração bom e uma mente aberta!!
Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Romances”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Romances. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

8 de Março

Dia internacional das mulheres, 8 de Março

A luta pelos direitos de igualdades, começou há muito tempo e perpetua até os dias atuais.

Ser mulher, é uma tarefa “árdua”, temos que ser muito fortes pra isso, exige preparo físico e mental, requer muita sabedoria em todos os aspectos, o mais legal que mulheres nascem graduadas e se especializam dia após dia, a Vida nos oferece essa incrível condição sem nem mesmo em alguns casos termos presenciado o ensino tradicional em escolas, sabedoria nata.

Esse é um grande privilégio, ser mulher, ser considerado o “sexo frágil”, quando na verdade somos verdadeiras Mulheres Maravilhas espalhadas pelo mundo inteiro cada uma com sua crença, classe social, cultura e etnia, sensacional fazer parte de um grupo tão autêntico, que tentam nos manter em anonimato subestimado “frágil”, quando na verdade somos “Super Girls”.

Em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres.

Em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher e em 1977 o “8 de março” foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.

“O 8 de março foi momento marcado , onde retrata todas as mobilizações para a “conquista” de direitos e para discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais ainda sofridas pelas mulheres.

Não que atualmente vivamos em um verdadeiro mar de rosas, houve melhora, porém existem aspectos que podem ser ampliados , a luta não chegou ao fim e não devemos fechar nossos olhos , devemos manter a luta para que qualidades de vida social e profissional melhorem e impedir que ocorram retrocessos capazes de ameaçarem as melhorias alcançadas em diversos países”, a luta é árdua e será contínua, pois nossa sociedade se diz avançada, porém possuem conceitos retógrados , não podemos abrir do que temos e ainda temos muito mais por vir.

Somos fortes, sábias, praticamente imbatíveis, estamos à frente de muitos projetos diários, somos administradoras natas, demonstramos isso com o cuidado que temos com o nosso lar e com a família, estamos a frente de fogões e damos volta ao mundo como Amelia Earhart nas nuvens observando a imensidão do mar.

Somos Estrelas Além do Tempo

Como Katherine Johnson (matemática) que contribuiu com a primeira volta na órbita da Terra.

Mae Jemisson 1ª astronauta mulher e negra, que afronta hein!!
Super merecido, engenheira química e cursou medicina.

Mamie Phipps Clark, psicóloga social, pai médico, sofreu efeitos de segregação educacional e toda a família sofria discriminação por serem negros onde moravam.

8 de Março

Não podemos esquecer da nossa ilustríssima Chiquinha Gonzaga, muito à frente de seu tempo, casou-se muito cedo , não concordou com os termos em que foi inserida precocemente aos 16 anos em uma vida conjugal, mãe a princípio de 3 filhos, casou novamente e engravidou novamente, pode criar apenas um de seus quatro filhos, sofreu muito preconceito por ser “mãe solteira” e desquitada era uma afronta para a sociedade. Se dedicou à música , regeu a primeira orquestra brasileira e contribuiu com o samba, eternizada por sua marchinha de carnaval.

Minha história não tem nada a ver com a delas, putzzzz!!

Diversas áreas feitos explêndidos, assim como nós, atuamos sem currículo em vários segmentos cotidiano.

Mas não tenho notoriedade em meus feitos, isso é o que menos importa!!!

Todas estamos debaixo de um mega holofote dia e noite, porque somos mulheres!!!

Sabe o que todas nós temos em comum?!?
Um sonho, um objetivo, garra e muita força de vontade!

Independente da história, da estrada , dos feitos , somos poderosas e muito capazes.

8 de março é todo dia, nossas lutas são diárias!!!!
Cada conquista é grandiosa, contudo, merecemos muito mais!!!

Feliz dia da mulher pra você , pra mim, para todas as guerreiras de corpo e alma de “aspirantes” a “brigadeiras”, somos tudo um pouco inclusive doces e sutis capazes de conquistar o mundo e todo universo.

Parabéns para nós!!!
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “8 de Março”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Um olhar. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Um olhar …

Lorena Pelais é autora de “Um olhar …”

Alegria
Tristeza
Medo
Possibilidades
Oportunidades
Chances

“Um olhar sincero” humano é capaz de reverter o mundo.
Este te possibilita novas oportunidades, temos a chance de realizar algo novo, participar de novas empreitadas, mostrar nossos conhecimentos, compartilhar, doar, interagir, agregar, inúmeras são as possibilidades e oportunidades envolvidas.

Desenvolver-se
Todos passarão a ter novas perspectivas, doses de esperanças são lançadas, expandindo-se mundo a fora.
Emanaremos ainda mais amor, paz, alegria e esperança.

Às vezes, tenho a sensação que as pessoas parecem tão cansadinhas, esgotadas física e mentalmente, o que em alguns momentos comprometem o rendimento pessoal, sem estímulos, em meio o caos e desventuras vividas.
Uma dose de ânimo muda tudo em todo o processo!!!

Nossa sociedade anda tão carente de bons sentimentos, possibilidade é a palavra mais que perfeita para hoje, fôlego para galgar novos objetivos, traçar novas conquistas, aperfeiçoar relações internas aperfeiçoando relações externas, irradiando aos quatros cantos do mundo.

Notam a dimensão?!??

Existem momentos que tudo parece tão ….. esquisito, indiferente, desanimador, tudo parece tão confuso, complexo, irredutível, a dor se faz profunda, sofrimento se fim.

Visão turva no cega, cerrando os olhos para o futuro promissor que cada um de nós temos por direito, mérito pessoal, exclusivo e intransferível….

Isso me lembra a personagem Tristeza do filme infantil Divertidamente

” -Ah, tudo tão triste!!”
Tristeza faz jus ao nome , triste e engraçado ao mesmo tempo, a expressão desanimada, o peso não permite erguer-se, rasteja-se em uma melancolia interminável, realmente tristeza da cabeça aos pés, sem perspectivas, reconhece a importância que a Alegria tem.

Enquanto isso, Alegria em sua euforia sem fim, arrasta a Tristeza por todo canto para reverter a situação e voltarem a sala de comando, Alegria esteve sempre a frente até ali.

Cada uma com sua importância e conhecimentos distintos, dividem o mesmo espaço e cada uma em seu quadrado por assim dizer.

Acho graça, não de rir da tristeza alheia, mas das atitudes comportamentais da Tristeza e por sem querer e ter que reconhecer que a Tristeza tem seu papel importante, assim como, O Medo, O Raiva e A Nojinho, personagens do filme referido.

Nós momentos de tristeza sempre surge uma mão amiga, uma palavra de consolo, um afeto inesperado, uma compaixão jamais vista, um ombro amigo e até um “colo acolhedor”.

Paraaaaa, tristeza tem importância, onde, quando e por quê????

Pirou????
É pireiii!!! E daí???
A Tristeza tem sua importância assim como a Alegria, a tristeza nos aproxima ou afasta de pessoas, sensibilidade, essência, não sei ….
“Mas é na hora da tristeza que conhecemos nos verdadeiros amigos!”

Não nascemos para viver a sós.
Estamos ligados direta e indiretamente a partir do momento que ocupamos a mesma esfera, uns mais próximos, outros distantes até os “confins” do universo (devido longevidade).

São tantas as situações, ninguém está preparado para lidar com tudo e com todas as situações apresentadas pela vida sozinhos, somos pegas desprevenidas, nos deixamos abater, sem margem de dúvida, as reações são as mais diversificadas: gritar, pedir ajuda, afastar , interiorizar.

Quem nunca???

Somos humanos e possíveis conhecer todos os sentimentos na carne ou superficialmente essa experiência facilita conhecer , sentir e dissolver pendências emocionais, precisamos conhecer primeiramente para saber como agir.

Amor
Paz
Alegria
Saúde
Prosperidade
Sucesso

Que sejam infinitas, como tudo de bom tem que ser em nossa vida.

Esteja acessível a receber!!!
Somos envoltos por uma atmosfera tão grandiosa, muita luz no guia, orientando, mostrando novos horizontes, novas descobertas, novidades incontáveis!!

Superar, reverter a tristeza é dar oportunidade para sentimentos alegres façam morada em cada um de nós.

Gratidão da alegria à tristeza ou vice e versa, se bem que a gratidão é notória e óbvia quando sai da tristeza à alegria, essa sim parece ser mais significativa.

Seja sensível para perceber que pessoas, sentimentos, situações cotidianas, cada um tem sua importância, sempre há uma grande lição.

O melhor está sendo preparado para cada um de nós em alguma parte do planeta.

Paz de Espírito para compreender as lições vividas.
O mundo pode parecer cruel, mas esteja receptivo ao melhor que ele tem a nos oferecer.

Um olhar
Photo by Barcelos_fotos on Pexels.com

Amor e alegria para suavizarem a tristeza eliminando a raiva, o medo e tudo que comprometa seu aperfeiçoamento.

Quem acredita sempre alcança.
Tenha Fé e Esperança!!

Busque SER melhor a cada instante, lembre-se sua existência é o seu principal investimento hoje e sempre.
Seja o melhor que somos capazes de SER
Existência com qualidade!!!

Grande abraço
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Um olhar”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Um olhar. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Tempestade

Lorena Pelais é autora de “Tempestade”

Dias de calor escaldantes, sensação térmica de vulcão em erupção.
Mas o que vejo é, céu límpido, nuvens azuizinhas e o astro rei radiante no centro.
Onde nuvens cinzentas têm sido afastadas pela força do vento , partículas de água se fazem ausentes, o máximo que surge é uma brisa fresca ao anoitecer.

A vista está turva, não se vê nada com clareza, o dia deu lugar à noite, alegria a tristeza, seguimos ao mar uma longa trajetória, dias, meses e anos podem levar.

Tive uma “visão”, por assim dizer, uma estranha sensação de estar ao relento em alto-mar, em meio uma das piores tempestades de todos os tempos, chuva forte, embarcação instável e tripulação em desânimo total ou sem nenhuma esperança, para ser mais objetiva.

Por outro lado, a cada estiagem tínhamos algo “bom” a compartilhar, tínhamos risadas restritas de momentos de devaneio de um ou outro dos tripulantes, mas em meio a um surto coletivo, conter a risada, parecia o mais sábio a ser feito.

A mesma situação sendo vista por outro ângulo, era atormentadora, parecia o fim, um verdadeiro beco sem saída, a despedida e a chegada inesperada a um porto inseguro e vazio.

De repente, uma luz se fez presente…
Peter Pan, os meninos perdidos e capitão gancho?!? É isso o que vejo?!?
Afinal, história de pescadores tem pouca credibilidade no geral, mesmo que não seja esse o nosso caso, como navegantes estamos receptivos a delírios, encantos e história que todos duvidam.

Se sim ou não, nunca saberemos, Peter Pan e a fada Sininho (Thinker Bell) representavam a natureza e a esperança, não era a toa que suas vestes eram verdes, os meninos perdidos repesentavam todos os sentimentos que descobrimos e não sabíamos ao certo como decifrá-los, Capitão Gancho representava a inveja, o ódio, um rancor sem fim, uma ganância por um tesouro desconhecido e sua tripulação sem saber o que pensar o acompanhava oscilando da maldade a indiferença sem bússola, apenas cumpriam regras que nem mesmo existiam.

Houveram os que em meio a sua própria loucura andaram na prancha voluntariamente, apenas por não saber o que fazer, tomado pelo medo, sofrimento e talvez uma carência afetiva se lançar ao mar parecia a melhor solução, ainda sim fico sem entender, mar revolto, andar na prancha e se lançar, não me parece coerente, fugir ao invés de lutar, não vou questionar ….

Diante das presas de um imenso mostro marinho não se intimidou ao medo, o medo ganhou força, virou coragem, se lançar ao mar soava como uma esperança não se sabe de que , porque esse sim parecia o fim (somos radicais diante de situações que nos aterrorizam).

Laçado como animal desgarrado do rebanho, uma corda na cintura e devolta ao convés, a lucidez demonstra dar as caras e toda história não é só uma aventura assustadora e sim uma grande loucura.

O porto inseguro não existia, foi só uma ilusão , buscávamos terra firme, a tripulação pra ser sincera não era tão grande assim, mas em alguns momentos parecíamos muitos , éramos apenas sete navegantes, todos estavam fragmentados, todas as nossas partes em pequenas partes, estavam presentes querendo mostrar sua face.

A bússola parecia quebrada, mostrava uma direção além do que poderíamos ver, a distância era finita assim como a imensidão do mar, faróis acendiam à noite , mas a forte chuva não nos deixava atravessar para atracar , nosso capitão já estava em memória, o leme vazio, cada um assumia o controle, fazíamos o melhor que podíamos.

Capitão Gancho e seus adeptos sempre surgiam para nos “atrapalhar”….
Se na areia estivéssemos, seríamos como caranguejo mariados andando de lado, um passo a frente dois ou três para trás.

Uma situação que não parecia ter fim, buscávamos um porto seguro e preces eram feitas para a tempestade simplesmente passar .

Feridas, foram criadas, a dor foi sentida, o medo virou monstro, a coragem parecia insana, a bondade, essa sim ainda existia , o carinho se fez presente, afinal até mesmo homens ao mar precisam de um colo, uma palavra amiga, um abraço sincero, um diálogo franco, sem isso nossa tripulação seria dizimada por mais forte que fosse, um coração valente também chora não só em alto-mar.

Passavam flashes da vida, sua própria história foi vista do início até ali.

Família era família mas não agiam bem assim, mais parecia uma selva onde todos eram predadores ou fingiam ser para não serem devorados uns pelos outros , cada história de fazer o queixo cair. Umas apaixonantes outras sombrias que nem piratas conseguiam rir.

Paixões vividas, amizades construídas, outras destruídas , oportunidades perdidas.
E assim foi, a tempestade não dava trégua , o mar oscilava cada vez mais.

Capitão Gancho a essa altura estava sozinho, mas seus fantasmas eram tantos, assim como os fragmentos de nossa tripulação. Despedaçados, exaustos a insolação de dias atrás apresentava seus efeitos colaterais nos próximos dias…

Nosso capitão como em um passe de mágica reaparece ao mastro e nos guia.
O tempo começou a “limpar”, as nuvens se espalham dando espaço ao brilho cintilante das constelações, o porto inseguro se fez seguro para que pudéssemos em breve jogar a âncora e parar.

Entre a ficção e a real, um abismo de informações, uma montoeira de sentimentos, um monte de personagens e as inúmeras sensações, situações similares e distintas ligadas pelo destino ou escolha própria talvez, mesmo que o vento tenha soprado e dito : – “esse não é o caminho!”
A euforia, teimosia, vaidade, assim como o canto da sereia, enfeitiçados pelo momento, acreditou-se que era possível andar sobre os mares, quando tudo se tratava de viver e lutar pela sobrevivência.

Viver é assim, lutas diárias, superações, crises existenciais, aparições de sentimentos, “aventuras” em alto-mar, terra firme.

Sobre encontrar o tesouro, cuidado com o brilho, “nem tudo que reluz e ouro”, pedras preciosas garantem riquezas, mas nada ofusca o bom carácter, do que adianta um tesouro para um ser vazio, não passarão de pedras comuns acumuladas e armazenadas em uma alma sem amor.

Acredite
Confie
Tenha fé

“O que não mata fortalece”
Ao final da viagem não posso garantir nada, mas certamente não serás o mesmo de como era quando tudo começou.

Que sejamos bem conduzidos nas tempestades internas e externas para que não haja naufrágio, e se por acaso for lançado ao mar não desanime, busque forças de suas profundezas, todo sobrevivente tem uma boa história pra contar, boas lições, grandes marcas e marcos ficam na mente, no ser, seja você sua fortaleza seu porto seguro dentro de todas as suas inseguranças.

Que a paz possa nos inundar hoje e sempre.
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Tempestade”?

tempestade
Tempestade

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Tempestade. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Mundo …

Desde que mundo é mundo a existência consiste em nos colocar em “pares”, nunca estamos só….

A criação deu-se:
Deus criou um habitat, do barro Adão foi feito e inserido lá, em seguida de suas costelas eis que surge Eva para lhe fazer companhia, ou seria o início das DR’s (famosas crises conjugais??)

A beleza do lugar parecia suficiente, mas creio que não era o bastante, o “caos queria se instalar” ou seriam as situações adversas?!? Melhor deixar essa questão pra lá…
Adiante o fruto proibido se mostrou encantador e serpente peçonhenta seu veneno “desfibrilou”.

Assim começou o jogo, selecione a melhor opção: play, start ou try again…
Game over, até rola no jogo, na real finda-se a existência, deixando tudo para trás, saudade é o que resta para os que aqui ficam presentes.

Voltando aos pares ….

Somos ímpares e formamos pares , nos tornamos pares que darão origem a conjunto.
Serão eles infinitos, primos, neutros e muitos outros.

Agrupados, uns analíticos outros nem tanto, tudo varia de acordo com a consistência das relações estabelecidas.

Seguimos, dando continuidade a espécie e usufruindo da natureza inicialmente ofertadas e suas novas construções que adaptamos para chamarmos de lar.

O que se refere aos seres, comecei por mim, rsrs, ah tinha que ter um ponto para iniciar, então vamos lá.

Na incansavelmente busca em mim por mim.
E a tal loucura de autoanálise diária a fim de identificar as falhas, desestruturar e reestruturar novas ações, atitudes e pensamentos.

Vaguei ou me deixei influenciar?!?

“Bam!!!”
Bem, aí que entra, sozinho não há evolução, precisamos sim, uns dos outros.

Vejamos a algumas referências que nos auxiliem a nos encontrar, situar, nortear o que melhor for para seu ser momento que a mensagem chegar até você.

“Te tornarás só quem tu sempre foste – o que os deuses te dão, te dão no começo”.
Assim revela Fernando Pessoa.
Cabíveis àquelas tais instruções que recebemos em nosso nascimento.

Minha paixão por ditos populares estão indo além, acredita-se que “conhece a ti mesmo” seja um dito grego, na íntegra é:

“Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os Deuses e o universo”.

A frase do templo de Delfos na Grécia, que não se sabe ao certo quem a criou, usado muito por Sócrates.

A frase se refere a buscar em ti, em suas profundezas todas as respostas para aquelas perguntas existentes em você, autoanálise, autoconhecimento, escolha o que for melhor para si, identifique – se integralmente, vasculhe todas as suas partes, conheça-se intimamente, o dia a dia nos afasta de nós mesmos, o caos cotidiano nos proporciona a auto destruição ou uma singela sabotagem, rsrs se é que, singela e sabotagem possam caminhar juntas por assim dizer.

E assim, voltamos aos pares, conjuntos, tribos, escolha o termo que lhe for mais conveniente, ou insira o seu toque pessoal.

A questão é , solidão opcional, involuntária, até costumam acontecer , mas saiba que é apenas um momento reservado para a reflexão , por que na verdade não nascemos para viver sós.

E com isso precisamos sim ter compaixão , empatia , paciência e um monte de outros bons sentimentos disponíveis e ao nosso alcance, assim podemos compartilhar ou ofertar a quem se aproxima.

Putz, dói só de pensar, é revoltante eu sei, aplicar a bondade quando sempre tem alguém mal intencionado que se aproxima ao ver a beleza de seu coração, mas não se deixe levar, esse ainda sim é o mais necessitado de todos, seja de atenção, bons sentimentos, ou por desconhecer na prática o que, talvez, possa nem ter sido visto na teoria.

“Gentileza, gera gentileza”
Assim dizia o profeta popular.

Somos muitos, diversidade é o que nos define, sugiro que sejamos múltiplos e infinitos quando se trata de bons sentimentos.

Espalhar Amor
Esse é um bom lema!!!
ॐ∞

Gostou de “Mundo …”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

mundo
Photo by Pixabay on Pexels.com

Quem somos?!?

Esses dias mencionei “Quem sou”?? Mas pensei, posso ser mais abrangente e que tal “quem somos”?!?

Somos cheios de idéias e muitas ideais.
Somos um aglomerado bem amontoado de informações, somos singulares e plurais.

Podemos ser parciais, tolerantes e totalmente extremistas, da água pro vinho de sólido a liquido.
Às vezes, parecemos muitos e tudo bem misto (“mistutadassos”)

Interessantes e polêmicos …

Podemos ser influenciados pelo meio ou influenciadores locais.

Temos objetivos e perspectivas.
Sentir-se presos, ter a sensação de “ser ou estar” libertos de acordo com a realidade que viverdes.

Buscar sem desviar da direção que queres seguir manter o ideal, conquistar o objetivo principal.

Podemos ser cheios de analogias
Lindos como o mar , abundantes e cheios ondas, podemos ser calmos e pacientes

Ou simplesmente se transformar em furacão, “mar em fúria”
Terra, água, fogo e ar, capitão planeta em ação.
Crescente, cheia, minguante ou nova , como as fase da lua.

Encantadores , atraentes ou quem sabe vingativos, a maldade em pessoa, “inferno com vista para o mar”.

Beleza infinita, maldade compulsiva, inveja, luxúria ou cobiça.

Diferente dos animais irracionais, somos consciente.
Selvagens ou doces .
E um tanto consciente, essa, às vezes, pesa nos faz refletir e com isso trazer à tona a culpa.

Ter culpa, ser culta ou oculta?!!
Culpa se torna culpa quando uma atitude a si mesmo ou ao outro atinge de maneira predatória, machucando causando mal estar em que praticou o ato de racional a sem escrúpulos talvez?!?
Culta ter conhecimento, usá-lo compartilhá-lo ou guardá-lo por ignorância ou egoísmo involuntário?!?

Sempre temos tantas opções e todo dia descobrimos novos meios.

Podemos tudo e nada Adapte, crie, inove, renove, tenha, mantenha, elabore uma filosofia de vida, adeque aos seus dias.
Varie de acordo com os propósitos e ideiais.

Com flexibilidade de pensamentos ou os mentenha simplesmente rígidos.

Somos ou podemos ser mutáveis, escolha a melhor versão de você que venha preferir. Poderosos, invencíveis, frágeis e sensíveis, nem sempre se trata só de glória, existem derrotas.

Ter o domínio do conhecimento contextual.
Mas se preferir , fale palavrões, veja como um recado bem dado com letras garrafais, rsrsrs

Puro, singelo, pop, despolua-se mentalmente, dê brechas, mas preencha as lacunas ou apenas reserve um espaço para novas idéias.

Intuitivo, se deixar levar pela certeza que ecoa interiormente.
Dê asas a uma “verdade” (ponto de vista novo) ..
verdade essa, desconhecida que será capaz de decifrar partes de um “mundo” que desconhecemos , mas que habitamos , verdadeiros aventureiros, desbravadores naturais por natureza ou bem instruídos ….

Somos energias, criando conexões a essências de seres que nem sempre conhecemos , mas que se aproximam.

Uma roda viva, deixar fluir, circular energia em uma troca de conhecimento constante, aprimoramento diário em uma evolução frequente imperceptível a olho nu.

Sã ou insano …
O que verdadeiramente não devemos é tentar nos culpar ou nos responsabilizar pelas “maluquices” alheias.

Somos um pouco de tudo e ao mesmo tempo, muitas vezes não representa muito ou quase nada.

Construa e descontrua-se todos os dias , rompa suas barreiras, se livre dos fantasmas e monstros , seja “uni”, “bi”, “poli” lateral, seja atacante, zagueiro , meio de campo, não seja apenas seu próprio adversário, temos tendências a autossabotagem.

Campeão e bons perdedores também, afinal, nas batalhas interiores é ganhar ou perder o tempo todo, mantenha o equilíbrio, busque na Fé se for Ateu vai no blindão.

Questionar é bom, apenas não se lamente por muito tempo, crie, arrume , se guie ou busque ajuda para ter uma noção de direção, senão faça-o sozinho, você em determinados momentos poder ser sua única opção e sua melhor companhia.

Pare, pense, respire e reflita, tome suas decisões e as viva como se não houvesse amanhã.

Seja um caderno de rascunho, releia-se.
Se estiver no momento ofício, papel em branco, não ligue, escreva, reescreva, pinte, moldure grafite , crie novas pautas, titule, reinvente-se.

Viver é isso
De meteoro à metamorfose.

Experimente-se , respeitando seus limites.

Por vinte e quatro horas no dia em um ano, olha quantas possibilidades?
Do mel ao fel
Todo mundo em busca de bem material.

Do amor ao ódio
Ingratidão à gratidão
Bens imateriais também importam.

E tudo vice e versa
Não julgue, nem tire conclusões precipitadas .

Não gostou do seu Eu hoje?!?
Não tem problema
Amanhã tente um Eu novo e diferente.
Se não der certo tente outras vezes, o lance é sentir-se confortável e ter em mãos a sua melhor versão de si.
Onde os créditos e méritos serão todos seus obstáculos, perdas, ganhos, superação, a cada tentativa um novo aprendizado de um Eu que nem mesmo você antes conhecia .

Quem sou?!?
Quem somos?!?
Se de fato nos conheceremos algum dia?!?

Eu até agora não sei se é possível nos deciframos por completo, o importante são as tentativas que fizemos.
ॐ∞

Gostou de “Quem somos?!?”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

quem somos
Photo by cottonbro on Pexels.com

Quem sai os seus não degenera

“Quem sai os seus não degenera”
“Filho de peixe, peixinho é”

Quem sai os seus não degenera
Quem sai os seus não degenera
/

Pais(pai e mãe),parentes próximos e os chegados mais chegados da família,são pessoas ótimas sempre em sua maioria,aprendemos muito constantemente.

Mas não somos perfeitos,e muitas vezes um“defeitinho”ali,quando“copiado”pode se tornar um“defeitão”aqui….

Família é um grande exemplo,mas existem suas exceções.

Adoroooooooooo demais ditos populares,eles carregam uma história sabe-se lá de onde vem,porque exatamente e o mais incrível,a primeira menção é uma e como telefone sem fio,populariza-se de acordo com a localidade e sempre há perda de fonemas,troca de vogais ou consoantes e o resultado final é outro que mais à frente descobrimos a intenção inicial e ficamos boquiabertas,porque muitas vezes passamos uma vida inteira em um mistério indecifrável,por apenas conhecer aquela“verdade”ouvida por um familiar mais antigo próximo citá-la.

O papo começou bom,parece confuso e acredito que tende a piorar,rsrs brincadeira a parte,mas prezo sim um excelente bom humor,nos preenche de alegria e nos traz e podemos ofertar um fôlego a mais de vida a quem nos cerca.

Vamos celebrar o bom humor,porque o dia a dia geralmente é tenso,ser“gente grande”não é fácil são tantos“quiproquós”que nos rondam que até dá para perder as contas.

Enfimmmm…..
Vamos voltar ao início?!?
“Quem sai aos seus não degenera”
Incrível como essa frase deveria soar mega positivo,mas as vezes que ouvi sempre foi de maneira pejorativa,associada aos maus exemplos e relacionando um membro a outro da mesma família.

Por outro lado,foi bom,por quê?!?
Porque pude perceber que enquanto nós como seres humanos tendemos a dizer sempre que jamais seremos cópias de nossos pais,parece até piada,pois é justamente nesse momento que“herdamos”todos os contras,tudo aquilo que verdadeiramente repugnamos e carregamos em uma mala invisível que usamos em nossas relações mais próximas sem nenhum tato e crente que estamos fazendo tudo completamente diferente daquelas tais atitudes que mais detestamos.

Pior que não,é aí que entra um outro dito popular“a língua é o chicote do rabo”ou“sempre pagamos a nossa língua”,justamente issooooooo,por que,por quê?
Alguém se habilita?!?

Passamos tanto tempo reparando o que não gostamos,criticando atitudes e comportamentos que acabamos nos tornando cópias fiéis sem que esse seja nosso interesse e que muita vezes nem mesmo nós temos a consciência deste ato.

Mas por incrível que pareça“Quem sai os seus não degenera”e“pagamos por nossa língua”estão brutalmente entrelaçados,como unha e carne,propriamente dito.

Sempre temos um porém,sempre temos uma opção,geralmente sempre temos uma segunda chance na maioria das vezes….

Pensei em um passo a passo,mesmo que esse não simplifique muito as coisas,mas pelo menos fica mais fácil de organizar as ideias e quem sabe assim reconhecer e buscar mudanças pessoais e deixando de vez os ditos de lado como estigmas que alguns se tornam sem que percebamos.

Reconheça,ou passe a se observar em relação àquele comportamento que você mais despreza,observe a situação alheia,como somos testados o tempo inteiro,ao se ver em uma situação similar,observe-se atentamente como será seu comportamento e suas reações,seja meticuloso e notará que se não há resquícios,certamente é a cópia fiel.

Beleza,se conseguir enxergar,“ponto pra você”não tem como fugir,aceita que dói menos,mas trate de se consertar,não alimente,afinal essa não é uma atitude louvável que você gostaria de ser a cópia fidedigna é repulsivo lembra?!?
Mude e mude imediatamente!!!

Quanto mais negamos a nós mesmos,mais enraizamos essas atitudes,logo viram tatoos que não serão removidas nem a lazer,ao contrário será seu defeito como se fosse de fábrica,automaticamente você se torna uma peça defeituosa e carregará consigo um“traço de família”.

Todos temos tantas qualidades,porque sempre nos prendemos aos defeitos e como nos apegamos a eles sem que tenhamos essa visão com clareza,já se perguntou sobre isso?!?

Pois bem,visto isso,faça o seu melhor para reverter a situação,se libertar desse mal,aceite que copiou o pior,mas não aceite que este te acompanhe e liberte-se,faça essa atitude caminhar para bem longe,o mais longe que você possa imaginar,deixa–a livre para que ela encontre um lugar bem longe de você,bem assim!!

Sei bem que é muito mais fácil olhar e falar do outro,porque muitas vezes nós não nos olharmos por dentro,causa um pouquinho de dor,mas não se evite,se enfrente,se confronte,duele contra seus próprios monstros,somente assim você estará liberto de tudo que não aprecia e que possa te”trazer,permitir”o mal estar.

Olhe-se com amor
Compare-se
Busque-se

Muitas vezes podemos estar perdidos dentro de nós mesmos,pelo excesso de confiança,vaidade e arrogância que involuntariamente carregamos na mala invisível junto com às atitudes dos mais próximos que se não usamos igualitariamente,recriamos(se assim é possível dizer)em uma versão moderna e simplificada,cabível para os dias atuais.

Vigie-se!!!
Não seja brecha para o mal.
Nem sempre tudo é tão notório,fique atento aos sinais mais ínfimos,muitas vezes revelarão grandes mistérios e te mostraram muitas vezes jamais vistas a olho nu,devido a uma pequena dose de ignorância relutante que não te permitirá ter a visão clara,clara como a luz do dia.

Por hoje,se permita que o sol ilumine cada parte de seu ser,pois cada um de nós carregamos partes sombrias,remova toda e qualquer partícula de escuridão que possa habitar você,essa é uma mudança pessoal,busque-se,“cada um por si e Deus por todos!”

Que sejamos bem aventurados nessa e em qualquer outra descoberta pessoal.
Desejo boa sorte a todos nós!
Um forte abraço.
ॐ∞

Gostou de“Quem sai os seus não degenera”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email.Aproveite e leia artigos da autoraLorena Pelais.Veja também nosso parceiroEntre Séries.

Quem sai os seus não degenera
Photo by August de Richelieu onPexels.com

Mel e fel

Amor é doce
Maldade é cruel

Mel e fel
Mel e fel
/

Somos cheios de mistérios.
Muitas vezes afirmamos que nos conhecemos suficientemente bem,mas só nos conhecemos verdadeiramente diante de uma adversidade,pois este é o momento em que colocamos em prática todos os conhecimentos que temos sobre nós mesmos e descobrimos outros novos sentimentos que muitas vezes nem sabíamos que existiam.

Tem ecoado fortemente uma palavra em meus pensamentos:Maldade.
Com tanta coisa boa pra se falar,com tantos bons sentimentos existentes porque se render justamente a esse tema?!?

Foi exatamente isso que pensei,mas como a voz não queria se calar,pensei,bora vamos tentar explorar um pouco mais e talvez citar alguns pequenos comportamentos que são quase imperceptíveis mas que causam muita dor.

Algum tempo existem dois temas os quais busco palavras mas não consigo exteriorizar esse pensamento para a escrita,surgem tantas informações e quando início uma frase,a mesma já representa o fim,um dos temas é o preconceito,assunto muito evidenciado devido inúmeras manifestações por todo o mundo,o outro que cresceu bastante durante a pandemia foi violência doméstica,os abusos verbais,físicos,morais e patrimoniais causados às mulheres.

O que preconceito e violência doméstica tem a ver com a maldade?!?

Por ela estar associada ao prazer que uma pessoa tem em se auto afirmar diminuindo,“torturando”o outro.

A maldade está ligada a muitos“pequenos”sentimentos,se é possível assim dizer.
Ou seria melhor associarmos aos mais diversos e variados sentimentos macabros que possam existir.

Acho que acabei de dar duas opções“similares e distintas”quase simultaneamente,cabe a cada um saber identificar como surge,como afeta e de que maneira se apresenta para cada um de nós.

É,isso mesmo!!

De acordo com estudos psicológicos“somos potencialmente maus por natureza”,houve quem foi canonizado que acreditava que nós temos a maldade dentro de cada um de nós,há quem acredita que está ligado a fatores genéticos.

Sinceramente,todos os estudos são ótimos e tal,mas fico pensando como reagimos quando nos damos em conta com a maldade face a face,saindo de nós ou vinda em nossa direção.

Recentemente,percebi que o sarcasmo é um tipo de maldade,considerei quase oculta até compreender que o sarcasmo fere gravemente quem usa,por habitar um dos espaços mais sombrio da mente,ou que ao meu ver poderia até ficar lá e ser dado como esquecido,essa colocação chega até ser irônica,mas na verdade a vontade que sinto de rir,foi rir de nervosismo e um tiquinho de medo talvez pelo tamanho da dor que é capaz de causar a quem é atingindo.

Se bem que,usar o sarcasmo para evitar algumas situações evasivas,acho interessante,por não ferir ninguém,simplesmente por ser uma estratégia para distrair a atenção de uma situação delicada,porque o que mais existe é gente chata,gente mal humorada e mal amada,e elas são muito intrometidas e querem sempre mais e mais detalhes da vida alheia,AFFF,isso cansa e cansa e muitoooooo,haja paciência,só Jesus em ambos corações,um para reconhecer esses traços e não se deixar levar e o outro para perceber que sempre existe tempo e meios para melhorar e resolver as situações que nos desagradam sem pensar em viver ou querer se intrometer na vida alheia com especulações muitas vezes infundadas,as tais“piadinhas”,o tal do“jogar verde pra colher maduro”,acho isso chato sabe,porque não ser direto ao ponto,uma generosa dose de sinceridade e palavras bem selecionadas para se iniciar um diálogo franco e quem sabe assim as feridas sejam leves ao invés de profundas,sem gerar ou acumular maus sentimentos.

A convivência é algo lindo,as vezes,nem tanto,amo esses pontos de“certezas e incertezas”,gosto do flexível,a rigidez nos torna“cabeça dura”demais e estamos aqui para aperfeiçoação.

Sei que esse assunto não é o mais agradável,sei que poderia falar sobre mais alguns aspectos,mas parar é o mais razoável a ser feito no momento.

Para“combater”a maldade sugiro empatia.
Hã,como assim?!?
Empatia sim,tente se por no lugar do outro e perceba se pode sentir a dor,não se envolva,apenas doe uma parte de seu amor e doçura para amolecer estes coraçõezinhos amargos que andam espalhados por aí.

Por hoje revertamos a maldade em amor e doçura
Que sejam doces na medida certa para não causarmos“diabetes”a ninguém

Amor é mel
Maldade é fel
ॐ∞

Leia mais artigos deLorena Pelais.

Conheça nosso parceiroEntre Séries.

Mel e fel
Photo by Mareefe onPexels.com

RP Atenção Domiciliar:1,8 mil pacientes atendidos em 2020

Ribeirão Pires Atenção Domiciliar:Durante período de pandemia,equipes da Prefeitura adotaram medidas sanitárias e de segurança,a fim de realizar serviços do Melhor em Casa

A Secretaria de Saúde de Ribeirão Pires divulgou balanço dos atendimentos realizados pelas equipes da Atenção Domiciliar em 2020.Mesmo com a pandemia do coronavírus,o serviço foi mantido.Dessa forma,adotando medidas de segurança para pacientes e profissionais.Neste período foram feitos 1.805 atendimentos.Conforme ao programa Melhor em Casa,promovido pela Prefeitura,com apoio do Ministério da Saúde,

Profissionais de enfermagem,médica,nutricionista,fisioterapeuta e acupunturista fazem parte da equipe daAtenção Domiciliar.Do total de atendimentos realizados neste ano,51%foram procedimentos de curativos e sondagens;31%aplicação de vacinas;9%aplicação de medicação,4%coleta de exames;5%outros procedimentos.64%dos pacientes visitados são acamados.

Ribeirão Pires Atenção Domiciliar

Ribeirão Pires Atenção Domiciliar:Fortalecimento do programa Melhor em Casa

Em janeiro de 2018,aPrefeitura de Ribeirão Piresinaugurou nova sede do Melhor em Casa.A saber,localizada na Avenida Santo André,no Centro Alto.Por meio do programa federal,a Prefeitura realiza atendimento e acompanhamento de internações domiciliares.Com efeito,o repasse por mês de R$ 50 mil ao município.

A formalização do Melhor em Casa em Ribeirão Pires foi efetivada pela Prefeitura no início de 2017.De acordo com a apresentação de projeto ao Ministério da Saúde e adesão ao programa federal.

Para receber o atendimento,o paciente deve apresentar laudo médico solicitando a inclusão no Melhor em Casa.A equipe multiprofissional do programa realiza visita ao paciente para avaliação do caso e iniciar os cuidados necessários,estabelecidos de acordo com a condição de cada quadro.

Separação

As vezes me pergunto o porquê é tão difícil deixar algo para trás?!?

Toda separação costuma ser dolorosa,sofrida e em determinadas situações contém ressentimentos?!?

Existem separações,as quais são inevitáveis,como a morte,a partida de um ente querido causa muita dor e na grande maioria das vezes,nos pega de surpresa e é um baque na alma,morre um pouco de nós com adespedida.

Essa separação é dolorosa,porém com o tempo,ela dá espaço a uma doce e ternasaudade.

Mas,quando o assunto é separação(divórcio)ou término de um relacionamento,ihhhhhhh …
Esses sim são regidos,geralmente,por um“quiproquó”,rsrs

O divórcio vem acompanhado de muitas tretas,acusações infames e infundadas,dão espaço a julgamentos precipitados e a falta de diálogo reina em um silêncio insuportável ou dão espaço para berros vãos,que nocateiam a alma e criam feridas quase eternas.

Me pergunto,porque é tão difícil focar nas coisas boas e deixar fluir a risca como cantam Natiruts“leve com você só o que foi bom,ódio e rancor não levam a nada!”. Sabe,certamente é doloroso sim,porque um divórcio envolve muitos quesitos e só se vem a mente,“ah,eu não vou deixar barato não!” O processo é longo,costuma ser demorado,com“idas e vindas”,existem os tais acordos,a“repartição”,seja de bens,tutela dos menores,bicho de estimação,entre outros… me parece tenso e puxado,devido tanto desgaste emocional.

Mas me pergunto,será que nada fica além da mágoa?!?Uma vida conjugal é repleta de novas lições e muitos aprendizados.Compartilharam uma vida em comum e quando chega ao fim,são descartados pior que chorume?!?

Patrimônio

O patrimônio adquirido é o foco,os bens materiais parecem ser o mais importante.Me questiono não houve nenhum “patrimônio moral”?!?Já pensaram nisso desta forma?!? Hahaha,nem mesmo eu havia ido tão fundo até hoje.

Relacionamentos sejam quais forem,contêm aprendizados,lições que levamos por toda vida,erros que não queremos repetir e acertos que desejamos por em prática em novas situações. 

deixar algo para trás

Os envolvidos normalmente pensam somente em si,motivados pelos fatos recentes e não pensam na vida que até ontem tinham como um todo,não evidenciam o núcleo familiar,me refiro as crianças,são as que mais sofrem,ficam iguais bolinhas de ping pong,em meio a discursões e comentários maldosos que surgem involuntariamente.É tão difícil assim usar o bom senso e fazer deste momento difícil de maneira amigável?!? 

“É tão difícil morrer por um tempo e aguardar a ressurreição na calmaria?!?”Sendo assim,abstrair tudo e ser racional,buscar soluções ao invés de desavenças e focar no bem estar de todos?!?

Por mais desastrosas que as coisas andem na vida de um casal,se o melhor for a separação,porque não fazê-la de maneira amigável?!

Porque:
–o amor se torna ódio tão facilmente?!?
–o ódio cega,apunhalando o coração,matando as boas lembranças?!?
–a separação é vista como libertação do mal?!?rsrs 

Não seria mais simples associar a uma intolerância alimentar,a qual você chega perto do que gosta,mas não consome por conhecer seus efeitos colaterais?

Sem saudade…
Consciente que um dia foi bom,hoje não é mais,o verdadeiro “Foi-se uma vez!”
Um abraço, ॐ∞.

“Deprê”…..

Se trata de um descontentamento da alma,gerado talvez por uma ou algumas“frustrações”vivenciadas,situações mal resolvidas ou por qualquer outro motivo,muitas vezes sem um verdadeiro tópico específico.Os sintomas iniciam e sempre parece ser,por algo bobo,aos olhos dos mais próximos, mas depressão é algo que requer acompanhamento,tratamento e geralmente medicação.

A felicidade é construída,é necessário ter força para não dar brecha ao desânimo e oportunidade para as baixas energias.

A Alegria é caracterizada por meio de momentos alegres,lembranças agradáveis ao espírito,mas não significa verdadeiramente que o indivíduo se sentirá pleno e feliz sempre.

Sabemos que existem pessoas e pessoa,cada uma com seu jeitinho particular,e suas reações adversas,a tristeza,insatisfação e a depressão anseiam por brechas,ansiedade em si não é algo bom.E Ele já disse:“Conhece-te a ti mesmo

A alma é algo que não conseguimos decifrar tão facilmente,é preciso se conhecer bem,conhecer bem os ensinamentos do Mestre Jesus e todas as coisas que abrangem a obra de Deus.

As pestes estão soltas e podemos nos tornar alvos facilmente.

Certas doenças são muito oportunistas como diz minha mãe,“por se aproveitarem de seu momento de tristeza ou de insatisfação”.

E é nesse exato momento em que elas começam a se enraizar, bem no fundo do ser, sem ao menos consultar ou pedir permissão, não busca permissão da consciência,ganhando seu espaço e dominando sutilmente,pouco a pouco,dia após dia.(Não porque vc queria,é um processo inconsciente,invisível).

Sabe,existem tantas coisas boas,tantas boas energias espalhadas por aí,seja até em uma música,aquela ouvida em um vagão de trem ou metrô,faça dela seu elixir para os dias não tão bons.

A vida parece uma eternidade,ao contarmos dia após dia,mas na verdade ela é tão rápida,tão fugaz,vamos celebrar a energia humana e a troca de bons sentimentos com o nosso próximo,vamos deixar de lado toda hostilidade ou o senso de superioridade,sejamos verdadeiramente seres humanos com o próximo e principalmente conosco.

Vamos nos permitir a busca da felicidade interior,a dissolução dos descontentamentos e seguirmos firmes e em frente em busca da paz interior,assim encontraremos o Amor verdadeiro,a verdadeira felicidade,encontrará tudo o que mais deseja.

Teremos incontáveis momentos de alegria e emanaremos involuntariamente o Amor sempre.

Fora a tristeza
Xô baixo astral
Viva a Vida
Sejamos luz ॐ∞
ॐ∞ Emantados de boas energias
Boas vibrações a todos

Lá vamos nós:Portugal

Dia 29 de janeiro pegava algumas malas,minha família e embarcava no avião com o peito cheio de esperança para um novo recomeço em Portugal.
Após uma longa viagem chegamos no dia seguinte finalmente no aeroporto do Porto e lá alguém nos esperava para nos levar para nossa nova cidade,aonde ali coloquei minha esperança para recomeçar.

Foto:Erika Teles

Chegando em Aveiro foi impossível não se apaixonar,primeiramente o frio que fez toda diferença para tornar o ambiente mais lindo e acolhedor,era quase final de inverno havia folhas caindo.

Foto:Erika Teles

No dia seguinte nossa saga de vida de imigrante deu início,fomos na busca de emprego e procurar uma casa para chamar de nossa,todos os dias andávamos muito e com isso íamos conhecendo a cidade,primeiro lugar que conhecemos foi a Ria de Aveiro lugar encantador,romântico e acolhedor,ali passa as gôndolas fazem o percurso por toda extensão da ria,sim aqui não se chama rio e sim ria.Vocês também vão se acostumar e aprender o português de Portugal

Na ria temos o Fórum é igual a um shopping a céu aberto lugar confortável para passear ou trabalhar,tem várias lojas e restaurantes ao seu redor,na margem tem bancos para sentar se e admirar,lá também tem a famosa ponte da amizade muito famosa pelas fitas amaradas com promessas de amor eterno e também de amizades,ao longo do seu percurso tem o monumento dos famosos e típicos ovos moles,e no outro sentindo da ria encontra se a ponte do laço já na praça do peixe onde tem uma vasta diversidade de restaurantes,bares e lojas.

Aveiro me recebeu de braços abertos e temos um sentimento de voltar pra casa todas as vezes que lá vamos,mais infelizmente não foi lá que conseguimos progredir,pouco tempo após chegarmos o mundo começou a parar,e com isso nosso sonho por pouco virou pesadelo.Mais conhecemos grandes pessoas que foram importantíssimas para que nós não desistíssemos.

Viver uma Pandemia fora do seu país,sem casa,com pouco dinheiro,sem trabalho,sem amigos ou família por perto para ajudar é muito difícil,temos que ter algo pra se agarrar e nós temos nossa fé e nossa família que mesmo do Brasil nunca mediram esforços para nós ajudar financeiramente e psicologicamente.

Quando finalmente conseguimos uma casa já tínhamos nos mudado de alojamento três vezes e seria a quarta mudança para o apartamento que finalmente conseguimos.Enfim mudamos era muito bem localizado de frente ao Parque Infante Dom Pedro.Parque simplesmente magnífico,muita área verde,quadras esportivas escorregas pras crianças,e também com uma arquitetura histórica magnífica.

E por mais que estivéssemos fazendo de lá nossa casa,realmente começamos a criar vínculos não estávamos tendo oportunidades,e então como um último suspiro de esperança decidimos mudar de cidade e viemos recomeçar mais uma vez em Coimbra.

Demos então um até logo a Aveiro após três meses de muitas batalhas,choros,amizades e aprendizados,tire sempre proveito de tudo que acontece na sua vida independente de boa ou ruim,devemos ser fortes e nunca ter medo do novo!

Começa segunda etapa do projeto Municípios Prato Cheio

Na nova etapa,346 Municípios serão contemplados,com a previsão de mais 176.550 famílias beneficiadas

A Confederação Nacional de Municípios(CNM)iniciou a segunda fase do projeto Municípios Prato Cheio para o Desenvolvimento – que é uma iniciativa com a proposta de–no contexto de crise com a pandemia da Covid-19–auxiliar os moradores de pequenos Municípios com o menor Índice de Desenvolvimento Humano(IDH)do Brasil.Na nova etapa,346 Municípios serão contemplados,com a previsão de mais 176.550 famílias beneficiadas.O investimento para a fase soma R$ 8.827.500.

A lista dos primeiros contemplados na segunda fase do Prato Cheio está disponível no site da iniciativa.Por isso,é recomendado que os gestores municipais confiram o documento e,se o Município estiver listado,entrem em contato com a entidade municipalista para mais informações,por meio do telefone(61)2101-6000.Caso ainda não tenham recebido orientações por e-mail para cadastro das famílias.

Como Ajudar

Pessoa jurídica ou física pode contribuir com a iniciativa e doar qualquer valor.As compras serão feitas no comércio local,pois o objetivo,além de mitigar os efeitos sociais da pandemia,é fortalecer a cultura de solidariedade e da compra local.Para doar ou conhecer mais sobre o projeto bastaacessar o site do projeto.

Fonte:Brasil 61

“Contrapartidas”do Tempo….

Esses dias,o“tempo”me mostrou que nunca estamos completamente satisfeitas,rsrs

Na infância,os dias se“arrastam”como pangarés.
Na adolescência,o tempo voa,como um falcão.
Na juventude,queremos dias com“30h”.
Na fase adulta,vivemos um dia de cada vez,levando em consideração que o tempo sempre é a melhor solução.
A“velha guarda”,melhor idade,geralmente sentem–se muitos satisfeitos,“julgam”ter aproveitado bem,o que vier é lucro,mas sempre tem algo novo a fazer.
Nem todos os dias são iguais,  existem dias em que não são muito agradáveis e com isso esperamos que a noite chegue o quanto antes e o novo dia apareça. 

Nada como um dia após o outro e uma noite no meio!”rsrs 
Existem dias que iniciam tão bem,sentimos a  felicidade percorrer nosso corpo,uma alegria intensa,podemos nos sentir a“euforia”em todas as coisas,com isso,torcemos pra que o dia nunca acabe.E o reflexo é um belo sorriso no semblante.
Existem dias que amanhecem nublado,chuvoso,o céu acinzentado,o dia parece ser noite. 
Até porque dia pra ser dia,sempre queremos ver o Sol,rsrs.
Poderíamos dizer que o tempo é verdadeiramente algo corriqueiro na vida de cada um. 
Um assunto repetitivo,nunca acaba,rsrs.
Afinal,cada um tem sua própria perspectiva em relação ao tempo e a vida.
E você,como tem lidado com a questão do tempo em sua vida?!?
Um abraço,ॐ∞

DICAS PARA SER FELIZ…

Para ser feliz não é tão simples assim,além das dicas,depende de como você olha para a vida ao seu redor.Mas é possível e depende unicamente de você,terá que estar aberto a mudança na forma de pensar e agir.

Seguem algumas dicas para ser feliz:

1-Avalie como você acha que será feliz,você se compara aos outros,ou condiciona a alguma coisa ou estabelece metas muito altas,ou ambas.Recalibre esta forma de pensar e de agir,veja o que o seu coração diz e lembre que menos é mais;
2-Seja menos exigente com você,portanto,elimine o perfeccionismo;
3-Não queira controlar tudo é impossível;
4-Valorize as coisas simples do dia a dia,a sua saúde,as pequenas conquistas;
5-Valorize a sua família,esposa,filhos,pai,mãe e outros;
6-Tenha amigos sinceros e felizes;
7-Aprenda a se aceitar e admirar-se;
8-Não tenha medo da mudança,a vida esta em constante mudança;
9-Selecione as suas companhias,pessoas otimistas e de bem com a vida;
10-Esqueça o passado,ele já passou e não muda o presente,todavia pode servir de aprendizado,apenas isso;

A felicidade são momentos então aprenda identificá-los e curta cada momento.

Uma boa semana Felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

Informações para contato:
Rogério De Caro(11)94777 9496
rogerio@rogeriodecaro.com.br
@rogeriodecaro

Jornal Grande ABC

DICAS PARA SER FELIZ

OJornal Grande ABCé feito para você,e por vocês.Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias.Assim,produzindo material especial para nossos leitores.Nosso foco são as cidades de Mauá,Diadema,Ribeirão Pires,Rio Grande da Serra,São Caetano do Sul,São Bernardo do Campo e Santo André.Além disso,cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo,incluindo esporte,entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária.Da mesma forma,sem ligações com outras mídias já existentes na região.Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020.Desde então,cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários.Por isso,nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores.Portanto,cada nova visita e comentário,nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias,em qualquer momento?Assine nossa Newsletter,basta inserir seu e-mail logo abaixo,e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

É um prazer ter você conosco.Aproveite para deixar comentário aqui embaixo.Salve nosso Site.Volte Sempre!

Superação

Está associada a “N” fatores.Cada aspecto da vida tem sua repercussão, cada coisa,aparenta ter um determinado ponto de vista. 

Primeiro passo:rompa os conceitos pré existentes,avalie novas opções. 

Segundo passo:observe,olhe tudo ao seu redor, olhe com carinho e repense. Quando falamos em mudanças temos que ter em mente que precisamos nos olhar com amor,nos ouvir com carinho,sem críticas e ponderar tudo. 

Terceiro passo:eleve seus pensamentos a Deus,ouça o seu“coração”, nunca estamos só.

Abstraia tudo que te faz mal,vire a página,não revire o passado,enterre o que passou,não guarde mágoa,nem ressentimentos,aceite,pq te fortaleceu de algum modo.

Reúna todas sua força,dê o primeiro passo de muitos.Algum tempo depois verás o resultado!! 

Dica:tenha planos A e B,se um não sair como gostaria,inicie outro.A vida é feita de tentativas!Que sejamos felizes hoje e sempre!!

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

OJornal Grande ABCé feito para você,e por vocês.Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias.Assim,produzindo material especial para nossos leitores.Nosso foco são as cidades de Mauá,Diadema,Ribeirão Pires,Rio Grande da Serra,São Caetano do Sul,São Bernardo do Campo e Santo André.Além disso,cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo,incluindo esporte,entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária.Da mesma forma,sem ligações com outras mídias já existentes na região.Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020.Desde então,cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários.Por isso,nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores.Portanto,cada nova visita e comentário,nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias,em qualquer momento?Assine nossa Newsletter,basta inserir seu e-mail logo abaixo,e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

É um prazer ter você conosco.Aproveite para deixar comentário aqui embaixo.Salve nosso Site.Volte Sempre!

Rio Grande da Serra:Conheça onde visitar

A cidade de Rio Grande da Serra fica no interior de São Paulo.Localizada a 780 metros acima do nível do mar,ela fica bem próxima de Ribeirão Pires e do ABC Paulista de uma forma geral.Também pode ser um ponto de passagem para quem vai para o litoral,como para a região de Bertioga.

Embora tenha cerca de 50 mil habitantes,a cidade é uma boa opção para quem deseja viajar,com atrações que envolvem natureza,história e aventura.Por isso,veja a seguir quatro pontos turísticos em Rio Grande da Serra e como explorar a pacata cidade.

Cachoeira da Fumaça é um dos mais procurados pontos turísticos em Rio Grande da Serra

Para quem busca contato com a natureza,tranquilidade e um passeio para sair totalmente da rotina,Rio Grande da Serra oferece exatamente isso por meio da Cachoeira da Fumaça.

Esse é um dos pontos turísticos mais procurados da cidade e o local é pura aventura.A Cachoeira tem uma queda adequada para tomar um bom banho,além de formar uma piscina natural repleta de pedras.Ao seu redor,muitas espécies nativas da região que permitem que você faça uma trilha por lá.

Além disso,tem quem se arrisque a fazer um rapel na região,maximizando a aventura envolvida no passeio.

Veja mais nas páginas abaixo ▼

Como administrar filhas(os)?!?

Recentemente assisti a uma cena na qual me surpreendeu ao saber que se tratavam de irmãos.

Sei bem como nem sempre é fácil administrar a questão:Filho(a).

Vamos partir do princípio sobre mudanças que a mulher sofre em seu corpo para o desenvolvimento do bebê e por ser um abrigo temporário natural por 9 meses,mas sabemos que pode ocorrer a qualquer momento,ainda existe esse porém que exige um preparo de“emergência”.

Ao termos a notícia da gestação,automaticamente são gerados inúmeros questionamentos internos na mente feminina,e pode ter certeza que são muitos e muitos mesmo.

A mãe começa a preparar a vida externa para o acolhimento do bebê que hoje em dia tem data exata ou prevista de acordo com a mudança da lua,particularmente prefiro a segunda opção,lembrando que existem algumas questões que envolvem esse momento e nem sempre a mulher de fato tem a opção de escolha em suas mãos,é necessário pensar na preservação das duas vidas.

Beleza,o bebê chega e tem sua própria rotina,afinal é ele quem passa a ter o“poder”.

Frágil,sensível e em um ambiente externo,essa adaptação é uma questão pode tirar nosso sono por alguns meses,rsrs,rindo pra não chorar sinto aflição só de lembrar da minha“segundinha”chegou tocando o terror.

Enquanto a primeira era tão calminha,dorminhoca e perdia a hora das mamadas,acrescento mais“preguiçosa”inclusive nos momentos de aleitamento,ela dormia enquanto mamava,uma graça,me sinto saudosa.

Nenhuma gestação é igual a outra e nenhum bebê é igual ao outro,fato!

E vc como mãe,como lida com suas coisas emoções e seus filhos?!?

É uma relação intensa,sem férias,sem aviso prévio,verdadeiramente ininterrupta

Como mãe,sempre tive esse medo de ser parcial com minhas crias.

E escolhi não ter preferência!!

Filhas(os)são“todos iguais”,temos que respeitar suas particularidades não exercer preferências!

Sei que uma é mais atenciosa,a outra é calada e explosiva.

Uma se dispõe a ajudar,a outra se faz de“morta”pra não ter trabalho.

São ímpares e de qualidades e defeitos bem extremos,incomparáveis.

Qualidades e defeitos,como qualquer ser humano tem e lembro são totalmente diferentes em tudo.

Como mãe,não passo a mão na cabeça e chamo a atenção mesmo.

Procuro ouvir,aceito feedback e pondero as informações recebidas,em um grande diálogo mostro o que é válido,tolerável e o que definitivamente não é admissível porque realmente não convém.

Que toda escolha,tem sua consequência e precisamos saber se estamos preparadas ou não para arcar com elas,trabalhe a consciência.

Todos temos muitas opiniões,exerça a escuta,ouça com atenção todos os lados envolvidos e seus respectivos pontos de vista.

Mas lembre sempre quem é a mãe,título inquestionável!!

Irmã(o)é pra ser amiga(o),companheira(o),inseparáveis.

Ficar de mal,só se for por um minuto,temos que ressaltar que irmãos tendem a viverem juntos,independente de sim ou não,então resolvam suas diferenças,conversem,busquem entender o que foi que aconteceu,o que motivou,receba e diga o que não gostou e não façam mais,para manterem a harmonia,é um elo pra toda a vida,independentemente das circunstâncias.

Esse relacionamento é um mistério(irmãos)….

Apesar de ter,não fomos próximas.

É na família que conhecemos as tendências e as moldamos.

É dever dos pais observarem o comportamento dos filhos e os lapidarem para serem bons uns com os outros e com os que rodeiam.

Não digo que sejam crianças permissivas,mas sim sensatas e amorosas,assim teremos o reflexo de adultos mais gentis.

Falo sempre não admito brigas!!!

Desacordos existem não somos de ferro,mas nada que eternize.

Crianças se estressam,se aborrecem,tem suas preocupações que nós adultos,às vezes,nem imaginamos que elas tenham.

Por isso a importância do diálogo,do lúdico sempre aproxima pais e filhos.

Interação,compreensão,amor,respeito,carinho e paciência,dê todos os seus melhores sentimentos aos filhos e mostre a eles que

“Gentileza gera gentileza!”

Um abraço,ॐ∞

Metrópole comemora mês das crianças com Snoopy e sua turma

Em outubro,o Shopping Metrópole está realizando ações presenciais e digitais para divertir os pequenos no mês das crianças,com o tema “Snoopy e sua turma”,que completaram 70 anos no início do mês.Toda a família pode se divertir e relembrar uma das histórias em quadrinhos mais famosas e queridas do mundo,apresentando também o clássico infantil aos pequenos.

Na praça de alimentação do Shopping Metrópole,é possível tirar fotos e interagir com personagens da turma do Snoopy impressos em 2D,que dão um toque de humor ao espaço.No shopping tem também um tapume interativo para os visitantes fazerem selfies como se estivessem imersos no desenho do Snoopy.Já no ambiente digital,ao acessar as redes sociais do shopping,os internautas podem fazer download de diversas atividades lúdicas e criativas como dobraduras e desenhos para colorir. 

“No mês das crianças estamos trazendo o universo do Snoopy para a atualidade,usando tecnologia,Instagram e redes sociais,e ao mesmo tempo recordando os personagens e a ambientação da história em quadrinhos que marcou a infância de tantas gerações”,afirma Rodrigo Rufino,gerente de marketing do Shopping Metrópole.

Além do Metrópole,outros shoppings da Aliansce Sonae participam da ação de Dia das Crianças tendo a turma do Snoopy como tema:Shopping Campo Limpo,Santana Parque Shopping,Plaza Sul Shopping,Shopping Taboão e Shopping West Plaza.Responsável pelo Marketing da Aliansce Sonae,Ana Paula Niemeyer diz que o Snoopy traz uma linda sensação de nostalgia e remete à infância,com um convite às pessoas de todas as idades para curtirem a alegria dos momentos em família e com amigos.“O Snoopy é um grande sucesso,muito querido e admirado por adultos e crianças de todo o mundo.Esta ação reforça a vocação dos nossos shoppings de proporcionar experiências de lazer e entretenimento para toda a família,oferecendo ativações presenciais e também no ambiente online”,conta a executiva.

História

Snoopy e sua turma são parte de uma das mais populares e influentes tirinhas do planeta.Criada pelo cartunista norte-americano Charles Schulz,em outubro de 1950,as tirinhas Peanuts chegaram a ser publicadas em 2.600 jornais no mundo todo e alcançaram mais de 355 milhões de leitores em 75 países,sendo traduzida para mais de 21 idiomas.

Uma nova série,Snoopy in Space,foi lançada na Apple TV+em novembro de 2019.Peanuts animados especiais e séries estão presentes em redes e serviços de streaming como ABC,CartoonNetwork.com e Boomerang nos EUA,Family Channel no Canadá e WildBrain Spark no YouTube.Os fãs também desfrutam de Peanuts em milhares de produtos de consumo em todo o mundo,atrações de parques de diversões,eventos culturais,mídia social e uma história em quadrinhos diária disponível em todos os formatos,do tradicional ao digital.

Curiosidades

  • Em 1969,na missão Apollo 10,o módulo lunar foi nomeado de Snoopy por causa do personagem.Charles Schulz,criador da série Peanuts,gostou tanto da homenagem que desenhou histórias especiais sobre a missão Apollo 10.
  • No início de 2010,o personagem foi eleito o cachorro mais famoso do mundo pelo American Kennel Club,entidade responsável pela padronização das raças nos EUA,em uma votação para comemorar os 125 anos da instituição.
  • Em 2015,Snoopy foi homenageado com uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood ao lado da estrela de seu criador,Charles Schulz.
  • A tira Peanuts chegou a ser publicada em 2.600 jornais por todo o mundo e alcançou mais de 355 milhões de leitores em 75 países.Foi traduzida para mais de 21 idiomas.

Mais informações – Pub Comunica

Cecilia Panizza –cecilia.panizza@pubcomunica.com.br–(11)96644-5727

Valéria Masson –valeria.masson@pubcomunica.com.br–(11)95651-7474

Sobre o Shopping Metrópole: Inaugurado em maio de 1980,o empreendimento conta com 173 operações,entre elas,cinco âncoras(Academia Smart Fit,C&A,Renner,Lojas Americanas e Marisa),três restaurantes(Outback,Si Señor,Mr.Jacks e Pecorino)e nove salas de cinema multiplex PlayArte(três em 3D e 1 Extreme).Em 2008,o shopping foi o primeiro empreendimento da região do ABC a receber a certificação segundo a norma ISO 14001 do seu Sistema de Gestão Ambiental.Horário de funcionamento:segunda-feira a sábado,das 12h às 20h;domingos e feriados,das 14h às 20h.Endereço:Praça Samuel Sabatini,200,Centro,São Bernardo do Campo(SP).SAC:11 4003-7370. www.shoppingmetropole.com.br

Sobre a Aliansce Sonae:A Aliansce Sonae é a líder nacional no setor de shopping centers e a maior administradora do país.Fruto da fusão entre Aliansce e a Sonae Sierra Brasil,a companhia possui um portfólio com empreendimentos dominantes distribuídos por todo país,que inclui a participação em 27 shopping centers e a administração de 12 centros de compras de terceiros.Com iniciativas orientadas pela inovação,a Aliansce Sonae trabalha para promover as melhores experiências e oferecer o mix mais completo e variado de produtos e serviços aos seus clientes.

Sobre a Lotus Global Marketing:A Lotus Global é uma empresa do segmento de marketing e licenciamento no Brasil que está no mercado há mais de 30 anos,atuando em empresas líderes nos segmentos de entretenimento,esportes,games e digital.Além da divisão de licenciamento,a empresa atua também em mais dois segmentos:segmento de entretenimento por meio da produção de shows e eventos infantis ao vivo,nas diversas etapas da produção,do roteiro ao casting,cenografia e figurino,música e trilha sonora,pós-produção,marketing,exibição e marketing digital e por meio do desenvolvimento de campanhas e gerenciamento dos canais de mídia social de nossos clientes,interagindo com o público e buscando soluções para melhorar o engajamento dos fãs por meio de ações de marketing digital.

Trabalho Home Office

Com a chegada da pandemia Covid19 de forma rápida,o que funcionava virou de cabeça para baixo.Muitas empresas estão paradas,outras funcionando parcialmente e para isso,muitas delas tiveram que ser ágeis e uma destas ações foi transferir os seuscolaboradores para trabalharem home office.Pela urgência,muitos colaboradores no dia seguinte já estavam trabalhando nas suas casas e cumprindo a quarentena.Isso foi feito com sucesso,só que a grande maioria destes colaboradores não tem a experiência de trabalhar home office,alguns problemas já estão sendo identificados como,isolamento social,trabalhando mais de 8 horas por dia,falta de concentração,problemas físicos,dores nas costas,ganho de peso e outros.Em resumo“não estão preparados”,trabalharam por anos em escritórios e isso se transformou em hábitos e rotinas.

A mente associa que o ambiente da nossa casa é pessoal,família e descanso.

O processo de adaptação ao novo ambiente de trabalho não foi devidamente treinado e preparado.Também sabemos que o processo de quarentena deve perdurar por um bom tempo e a melhor hora do aprendizado é no início da mudança,entãoé AGORA.A presença dos familiares leva a uma distração para as responsabilidades profissionais.É um momento importantíssimo para manter as atividades em dia e se manter produtivo.Esta mudança não é tão simples assim,por que já existem os hábitos de ir ao trabalho todos os dias,enfrentar o trânsito,ambiente de escritório,reuniões com clientes,almoço e café com os amigos,insegurança,contato com pessoas,etc.

Agora asempresas estão voltando ao trabalhoem seus escritórios alternando os dias,um dia no escritório e no outro no regime home office. Estamos ainda em processo de adaptação a quarentena e já está iniciando outra modalidade de trabalho em tão curto espaço de tempo.Muitos destes colaboradores estão inseguros em retornar aos escritórios com medo de contrair o covid-19 e contaminar as suas famílias.O medo e a insegurança estão instalados na cabeça de muitos,sem considerar a perda do emprego a crise financeira e econômica.

Essa nova realidade requer que as empresas e lideranças minimizem estes impactos aos funcionários e colaboradores,para que não ocorram problemas maiores no futuro com a saúde física e mental.Sabemos que toda empresa é formada por bons funcionários.

O processo de “Mentoria&Coaching”para equipes e individual,tem como objetivo,ser o facilitador neste novo ambiente de trabalho,trabalhando a organização,motivacional,disciplina,comunicação,trabalho em equipe,avaliando os resultados,ajudando em dificuldades individuais e alinhando com os objetivos da empresa.

Neste momento de tantas incertezas e mudanças resolvi elaborar este manual de dicas rápidas para minimizar os problemas que otrabalho Home Officepode vir a trazer.

Nesta quinta-feira virei enumerar algumas práticas para melhorar sua saúde mental e física,neste momento tão diferente que vivemos.

Informações para contato:

-Tatiana Brito:
11 94746 5637
tatiana.brito@rogeriodecaro.com.br 
taty.brito81@gmail.com

 –Rogério De Caro
11 94777 9496
rogerio@rogeriodecaro.com.br

Comprei um Apê,E Agora?

A compra de um imóvel é uma conquista enorme,e com ela vem muitas dúvidas…

“Por onde começar a reforma?E aquela ART?Preciso mesmo disso?”

São muitos detalhes e etapas para deixar o apê do jeito que sonhou…

É aí que entram os profissionais para te auxiliar desde o projeto,cronograma,orçamentos e mão de obra.“Mas quem faz isso?”

Calma,vamos te falar quais profissionais podem te ajudar em cada etapa antes de começar a sua obra.

Quando adquirimos um imóvel e queremos reformá-lo,o ideal é ter um projeto em mãos.

Um Arquiteto ou Designer de Interiores são aptos para te entregar esse serviço de acordo com suas necessidades.Com o projeto em mãos,todas as etapas seguintes ficarão fáceis de serem executadas com o mínimo e até mesmo sem imprevistos.

Este projeto feito por um desses profissionais,te auxiliará nos orçamentos,compra de materiais,quantidade exata de revestimentos,pisos,tintas,etc.Você terá a noção de ergonomia e Layout,bem como as medidas exatas para os móveis,quantidade de luminárias,cores e detalhes dos objetos decorativos.

Com o projeto em mãos,a próxima etapa é emissão da ART ou RRT,documentos necessários,onde o Arquiteto ou um Engenheiro Civil responsável pela sua obra deve assinar e ser o responsável pelos serviços Civis dentro do seu apartamento desde o início até a finalização da obra.Este documento é necessário e deve ser entregue ao seu síndico ou administração do seu condomínio.

  • Comprei um Apê
  • Comprei um Apê
  • Comprei um Apê
  • Comprei um Apê
  • Comprei um Apê

Quando a Administração analisar e aprovar o documento com todas as intervenções nele descrito,você pode começar a sua obra.

Normalmente o profissional que foi contratado para fazer o projeto,já tem uma equipe disponível para a mão de obra,caso contrário,você já tem em mãos tudo o que precisa para sua obra ser bem executada.

Enfim,a importância dessas etapas,evitará “dores de cabeça”,desperdício de material,erros de execução,Além de te fazer economizar em vários detalhes,trazendo conforto para você e sua família.

A contratação de Bons profissionais agregará valor ao seu imóvel caso queira vende-lo no futuro. Portanto,pesquise por profissionais qualificados,conheça as obras realizadas por cada um,e confie a sua conquista em boas mãos.

Felipe Renk Engenheiro Civil
www.renkengenharia.com.br

Contato@renkengenharia.com.br

(11)93705-1705

Jornal Grande ABC

Comprei um Apê

OJornal Grande ABCé feito para você,e por vocês.Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias.Assim,produzindo material especial para nossos leitores.Nosso foco são as cidades de Mauá,Diadema,Ribeirão Pires,Rio Grande da Serra,São Caetano do Sul,São Bernardo do Campo e Santo André.Além disso,cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo,incluindo esporte,entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária.Da mesma forma,sem ligações com outras mídias já existentes na região.Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020.Desde então,cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários.Por isso,nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores.Portanto,cada nova visita e comentário,nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias,em qualquer momento?Assine nossa Newsletter,basta inserir seu e-mail logo abaixo,e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 3.050 outros assinantes

É um prazer ter você conosco.Aproveite para deixar comentário aqui embaixo.Salve nosso Site.Volte Sempre!