Isolamento social em São Paulo chega em apenas 48%

O Governo de São Paulo iniciou uma nova campanha de conscientização da população sobre a importância de respeito à quarentena para o enfrentamento da pandemia do coronavírus e contenção das altas taxas de transmissão do vírus. No total, 44 milhões de pessoas residentes no estado de São Paulo receberão mensagens de texto nos aparelhos celulares com o alerta sobre a necessidade de respeito ao isolamento social.

O isolamento social pode



O envio das mensagens de SMS foi iniciado na noite desta quarta-feira (17) e deve se estender pelos próximos quatro dias. O texto possui os seguintes dizeres: “Governo de SP alerta! Alto risco de lotação de leitos no estado. Fique em casa. Proteja sua família. Se tiver que sair, use máscara”.

O objetivo é conscientizar a população para que mantenha as medidas de isolamento e de restrição de circulação previstos na fase emergencial do Plano SP, como medida fundamental de enfretamento do atual momento, em que observa-se o recrudescimento da pandemia, com aumento das taxas de contaminação, mortes e ocupação de leitos.

A ação será integralmente realizada sem custo para o Estado, em parceria com a Conexis Brasil Digital, associação que representa as empresas de comunicação e conectividade no país.

Várias frentes
O envio das mensagens de SMS faz parte de uma ampla estratégia de Comunicação do Governo de SP, que prevê campanhas de conscientização em várias frentes, incluindo veiculações em redes sociais, rádio e TVs.

Entre as ações, está a nova campanha de vídeo com depoimentos de profissionais que atuam na linha de frente dos hospitais que atendem pacientes COVID-19 e têm enfrentado uma rotina extremamente exaustiva (https://www.saopaulo.sp.gov.br/noticias-coronavirus/campanha-mostra-profissionais-de-saude-pedindo-colaboracao-para-combater-o-covid-19/)

No início de março, o Governador João Doria anunciou também uma campanha de conscientização voltada ao público jovem, com o apelo para que fiquem em casa e evitem aglomerações para resguardar a saúde e a vida de seus familiares. A peça publicitária de 30 segundos vem sendo exibida nas emissoras de TV e mídias sociais e foi gentilmente cedido pelo Governo do Estado do Mato Grosso do Sul. (https://www.saopaulo.sp.gov.br/noticias-coronavirus/sp-lanca-campanha-para-conscientizar-jovens-sobre-riscos-de-contaminacao-por-covid-19/)

Gostou de “Isolamento social em São Paulo chega em apenas 48%?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 3.109 outros assinantes


São Paulo mantém escolas abertas para quem mais precisa

Nesta quarta-feira (03/03), o Governo de São Paulo confirmou que as escolas estaduais continuarão abertas, mesmo na fase vermelha, a mais restritiva do Plano SP.

A medida, já prevista no plano com obediência aos protocolos de segurança sanitária, tem objetivo de atender aos estudantes em situação de vulnerabilidade.

A frequência presencial não é obrigatória e o ensino remoto será mantido, com aulas transmitidas diariamente pelo Centro de Mídias da Secretaria de Educação do Estado. As redes municipais e particular têm autonomia para fazer o próprio planejamento, respeitando os limites legais e os protocolos do Plano SP.

O Governo de SP definiu como critérios para formar o grupo de mais vulneráveis os alunos que têm necessida de de se alimentar na escola; os que possuem dificuldades de acesso à tecnologia ou não têm os equipamentos necessários para estudar remotamente.

São Paulo mantém escolas abertas para quem mais precisa


Ainda terão prioridade os estudantes com a saúde mental em risco e aqueles com severa defasagem de aprendizagem ou que fazem parte da educação especial. Da mesma forma, será priorizada a presença dos alunos cujos responsáveis trabalhem em serviços essenciais, como a área da Saúde.

As escolas ficarão abertas para fornecer refeições para todos os estudantes que necessitam, até mesmo para os que entrarem no rodízio e não puderem participar das aulas presencialmente, em um determinado dia, por conta do limite máximo permitido.

“Educação é essencial, sempre com cuidado extremo nos protocolos, atendendo aos que mais precisam. Temos pessoas que precisam muito da escola aberta”, destacou o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares.

Modelo híbrido

Na educação básica, as aulas presenciais serão ministradas de acordo com a necessidade de cada unidade. Os alunos que optarem pelas aulas remotas, terão de acessar o Centro de Mídias SP, por meio dos aplicativos com dados patrocinados ou pela TV Educação. Serão fornecidos roteiros de estudos impressos para todos os estudantes que precisarem de apoio.

Redução da circulação

Mesmo com as escolas abertas para os alunos mais vulneráveis, haverá uma redução expressiva de pessoas em circulação. No mês de fevereiro, cerca de 2,5 milhões de alunos e 165 mil funcionários estiveram presencialmente nas escolas estaduais. A previsão para os próximos 14 dias é que 500 mil alunos e 50 mil funcionários frequentem as unidades escolares.

Protocolos

Durante as atividades presenciais, as escolas de toda a rede estadual devem cumprir os protocolos estabelecidos pela Secretaria da Educação de acordo com as normas e fases do Plano SP. O regramento está previsto na resolução SEDUC 11, de 26-01-2021 (https://diariooficial.imprensaoficial.com.br/nav_v6/index.asp?c=30059&e=20210125&p=1)

As escolas poderão receber diariamente até 35% dos alunos matriculados. Ao adentrarem nas unidades, todas as pessoas terão a temperatura aferida e o indivíduo que estiver com 37,5 graus ou mais será orientado o retorno para casa.

Estudantes e servidores devem lavar as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70% ao entrar na escola. É obrigatório o uso de máscara de tecido dentro da escola. Os servidores devem utilizar além da máscara de tecido, o face shield (protetor de face) durante sua jornada laboral presencial. Dentro das salas de aula, os alunos devem manter o distanciamento de 1,5 metro.

Eventos como feiras, palestras, seminários, festas, assembleias, competições e campeonatos esportivos estão proibidos. Já as atividades de educação física, arte e correlatas podem ser realizadas, preferencialmente ao ar livre.

Gostou de “São Paulo mantém escolas abertas para quem mais precisa”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Reclassificação do Plano São Paulo no ABC

O anuncio feito pelo Governo do Estado de São Paulo nesta sexta-feira (22/1), é sobre a reclassificação do Plano São Paulo, com regras mais restritivas de isolamento social. Confira sobre Reclassificação do Plano São Paulo no ABC paulista.

Com a nova classificação, o Grande ABC passou para a fase 2-laranja (de controle) em dias úteis, das 6h às 20h. Atividades como comércio e serviços podem funcionar, mas terão suas capacidades reduzidas. As mudanças entram em vigor na próxima segunda-feira (25/1).

Os prefeitos do Grande ABC se reuniram, em assembleia extraordinária do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, e decidiram que vão seguir as medidas propostas pelo Governo do Estado.

Em relação às igrejas, o funcionamento será permitido com 50% capacidade e com 1,5 metro de distância entre as pessoas, respeitando todas as medidas de segurança e com uso de máscaras e álcool em gel.

O governo estadual determinou também que, aos fins de semana e feriados, todos os municípios paulistas fiquem na fase 1-vermelha (de alerta máximo), em que é permitido o funcionamento apenas dos comércios essenciais. Nos dias úteis, a fase vermelha valerá das 20h às 6h.

As prefeituras do Grande ABC reiteram que a população deve continuar colaborando com o isolamento social e seguindo os protocolos de higiene, com o objetivo de reduzir a contaminação pelo novo coronavírus e evitar a sobrecarga no sistema de saúde nos municípios.

Reclassificação do Plano São Paulo no ABC

Gostou de “Reclassificação do Plano São Paulo no ABC?”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

ParkShoppingSãoCaetano Confira os horários de funcionamento

Com base nas medidas anunciadas ontem (22) pelo Governo do Estado de São Paulo, a Multiplan informa que seus shopping centers na Grande São Paulo (MorumbiShopping, ShoppingAnáliaFranco, ShoppingVilaOlímpia e ParkShoppingSãoCaetano) estarão fechados ao público nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e nos dias 01, 02 e 03 de janeiro, com horários de funcionamento exclusivo por meio de Delivery e Drive-thru.

Os clientes podem entrar em contato com as lojas por WhatsApp para realizar a compra e retirar os produtos em horário agendado ou receber em casa. Nesse sentido, o número de WhatsApp e a relação de lojas que estão operando pelos sistemas de Delivery e Drive-thru podem ser consultados nos sites de cada empreendimento. Além disso, os clientes também contam com o Superapp Multi para fazer suas compras e receber em casa em até duas horas. O aplicativo está disponível para download gratuito no Google Play e Apple Store.

Promoção e Superapp Multi

A promoção de Natal continua em vigor neste período. As compras feitas via WhatsApp (Drive-Thru) e Delivery podem ter os cupons fiscais computados no cadastro desde que a lojas tenham aderido à ação. Até 30 de dezembro, a cada R$ 300 em compras, o cliente que cadastrar suas notas fiscais no Superapp Multi receberá um número da sorte para concorrer a vales-compras de R$5 mil e R$100 mil. A promoção acontece simultaneamente em todos os shopping centers, mas de forma independente. Portanto, promoções autorizadas pela SECAP, lista de lojas participantes e regulamentos disponíveis nos sites dos shoppings. 

horários de funcionamento

Portanto, o rigoroso protocolo de segurança para preservar a saúde e bem-estar de colaboradores, lojistas e clientes continua em prática. A Multiplan e infectologistas desenvolveram o protocolo. Dessa forma, se enquadra nas medidas propostas a todos os shoppings pela Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), que teve o seu protocolo validado pelo Hospital Sírio Libanês. Além disso, foi adotada uma intensa rotina de assepsia em todas as dependências, aferição de temperatura nas entradas dos shopping centers, uso obrigatório de máscaras para todos e ampliação de pontos com dispensadores de álcool em gel.

Confira agenda de horários de funcionamento: 

Dezembro/2020

Dia 23 – 10h às 22h

Dia 24 – 10h às 18h *

Dias 25, 26 e 27 – fechados

Dias 28, 29 e 30 – 10h às 22h

Dia 31 – 10h às 16h

*No ParkShoppingSãoCaetano será facultativo até as 20h

Janeiro/2021

Dias 01, 02 e 03 fechados

Dias 04, 05, 06 e 07 – 10h às 22h