Abertas inscrições do curso gratuito para capacitar novas consultoras de vendas

O curso “Despertando seus Talentos”, exclusivo para mulheres da Grande São Paulo, é um projeto da Persone Educação (www.persone.com.br), birô de vendas especializado em conversões de matrículas, em parceria com o Instituto ELA, que tem como propósito inspirar mulheres a colaborar, apoiar e liderar projetos de transformação social. As inscrições estão abertas para a segunda turma do curso gratuito, e podem ser realizadas pelo site (https://www.institutoela.org.br/despertando-seus-talentos), até 1 de junho, dia que iniciam as aulas.

O intuito dessa capacitação, baseado em quatro pilarescomunicação oral e escritahabilidades socioemocionaistécnica de atendimento e vendas; e operação de computador, é certificar as participantes e capacitá-las para participarem do processo de seleção das vagas para consultora de vendas, na Persone Educação, e as finalistas serão contratadas.

“O curso tem me transformado e renovado pessoalmente. Senti que a minha comunicação melhorou 80%. Para mim tem um grande valor de aprendizado e autoconhecimento. Além de ser uma oportunidade para que eu possa realizar os meus sonhos e projetos futuros. Como tem me inspirado e transformado, vou oferecer o curso para todas as mulheres que conheço, para que façam parte das próximas turmas”, conta Jéssica Ferreira da Silva, uma das participantes da primeira turma do curso em abril, quando iniciou o projeto.

De acordo com a análise da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada no final de fevereiro de 2021 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a taxa de desemprego avançou no ano passado e encerrou o último trimestre em 13,9%, o que corresponde a 13,9 milhões de desocupados no período. Em contrapartida, a consultoria Manpowergroup, em sua edição anual da pesquisa de Escassez de Talentos 2020, aponta que 52% dos empregadores brasileiros têm dificuldade em preencher as vagas de emprego.

Diante dessa realidade, empregadores em todo o mundo já discutem estratégias para minimizar o índice de escassez de talentos. Uma das iniciativas é formar e investir em aprendizagem e desenvolvimento para aumentar seu banco de talentos. Visando esse cenário e com o objetivo de melhorar as condições de oportunidades no mercado de trabalho para as mulheres, a Persone Educação e o Instituto ELA se uniram para realizar este projeto de capacitação e recrutamento.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

“Parcerias como essa refletem nossa capacidade enquanto empreendedora e facilitadora. Nós podemos transformar vidas, e esse engajamento cabe a nós, que temos todas as ferramentas. Contar com o Instituto ELA para que esta ação se torne uma realidade, é um grande presente, principalmente, em um mês tão representativo”, conta Helen Toyama, CEO e Fundadora da Persone Educação, sobre a parceria que abrirá oportunidades para mulheres no mercado de trabalho, e também dentro da sua empresa.

Serviços:

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Ação: Curso gratuito de capacitação “Despertando seus Talentos”

Início do curso:

1/6

Das 19h às 22h

Quem pode participar:

  • Mulheres a partir de 18 anos;
  • Que residam na Grande São Paulo;
  • Ensino médio completo;
  • Goste de vendas e atendimento ao cliente;
  • Precise de um trabalho.

Inscriçãohttps://www.institutoela.org.br/despertando-seus-talentos

Sobre a Persone

Empresa de soluções em atendimento e vendas formada por profissionais que atuam há mais de 18 anos nos segmentos de tecnologia e educação, fornece consultoria e outsourcing de processos, sistemas e equipe de vendas.

A Persone dispõe de uma equipe especializada em implantação, gestão e execução de operações de vendas, retenção, relacionamento e atendimento ao cliente.

Utilizando as mais diversas tecnologias – sistemas de CRM, CTI, chat, chatbot, inbound, BI, e-mail marketing, SMS e WhatsApp, a Persone executa o processo de vendas do início ao fim.

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Abertas inscrições do curso gratuito para capacitar novas consultoras de vendas”?

Abertas inscrições do curso gratuito para capacitar novas consultoras de vendas

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

Uma história de amor aos livros: Ela nasceu Clarice

O lançamento “Ela nasceu Clarice”, obra escrita por Ana Rapha Nunes, ilustrada por Ana Laura Alvarenga, e editada pela Compor Editora, do Grupo Editorial Lê, traz
uma homenagem à escritora Clarice Lispector, que teve o centenário comemorado no
último mês de dezembro.

O livro conta a história de uma menina chamada Clarice, que terá a leitura como companheira de vida desde a infância. Um dia, ela descobrirá Clarice Lispector nas
páginas de um livro. E, através das histórias dessa grande autora, a menina irá conhecer melhor ela mesma e o mundo.

Nas páginas de Clarice Lispector, a menina Clarice se encantou com palavras de sonhos, medos e ausências que se pareciam muito com as suas. Vozes femininas, como, por exemplo, as de Clarice Lispector, Cecília Meireles, Lygia Bojunga e Cora Coralina passaram a povoar essa Clarice.

As ilustrações desenvolvem um belo diálogo com a narrativa, apresentando uma paleta de cores que chama a atenção do leitor. A parceria entre a escritora e a ilustradora já rendeu um prêmio em outra obra recente, que foi uma das ganhadoras do Concurso Outras Palavras, promovido pelo Estado do Paraná.

“Ela nasceu Clarice” é sobretudo uma história de amor aos livros. A obra está disponível no site da editora e em diversas livrarias.

Ela nasceu Clarice
Divulgação

A escritora Ana Rapha (site da autora: www.anaraphanunes.com.br) nasceu no Rio de Janeiro e mudou-se ainda na infância para Curitiba. Desde criança, ela vivia cercada por histórias.

Sua paixão pelos livros a fez cursar Letras. Tornou-se professora e, em suas aulas, sempre despertava sonhos nas asas da Literatura.

Em 2015, lançou sua primeira obra. Pouco depois, passou a visitar escolas espalhadas
pelas veredas do Brasil, realizando palestras para professores e estudantes. Um de seus livros foi finalista na categoria infantil do Prêmio Jabuti em 2019. E outro, recentemente, ficou entre os ganhadores do Prêmio Outras Palavras, promovido pelo
Governo do Paraná.

Ana Rapha Nunes, autora de “Ela Nasceu Clarice”. Foto: Divulgação

A ilustradora Ana Laura nasceu em Franca, onde vive até hoje. Desde a infância foi descobrindo o mundo das artes e da pintura.

Formou-se em Design Gráfico e fez vários cursos de aprimoramento. Utiliza várias
técnicas, dentre elas a aquarela é uma das que se destaca.

Iniciou sua carreira na Literatura Infantil em 2020, sendo que um dos livros que ilustrou
ficou entre os ganhadores do Prêmio Outras Palavras, promovido pelo Governo do
Paraná.

Gostou da nossa matéria “Uma história de amor aos livros: Ela nasceu Clarice“?

Ela nasceu Clarice
Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Caderno Cultural. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

Mulheres e os desafios na área de tecnologia

Mariel Reyes Milk é autora de “Mulheres e os desafios na área de tecnologia”

As mulheres ocupam cadeiras importantes no mercado de trabalho, como em empresas de tecnologia, porém ainda há algumas questões que atrasam essa conquista feminina: a falta de diversidade de gênero na área de T.I, por exemplo, é uma delas. 

Vejo quatro grandes dificuldades que as mulheres enfrentam. São elas:

  • Predominância masculina: no Brasil, o público feminino representa apenas 15% dos matriculados em ciência da computação. Isso faz com que elas, muitas vezes, sejam as únicas de suas equipes no ambiente corporativo, o que pode gerar insegurança e, consequentemente, fazer com que as mulheres sofram com atitudes e comportamentos machistas, no qual vem desde a faculdade;
  • Cultura brogrammer: o estereótipo do programador homem, branco, cis e a crença das pessoas, incluindo o público feminino, de que T.I não é o lugar de mulheres
  • Liderança feminina: quando tratamos de cargos de liderança femininos no Brasil, cerca de 27% das empresas não têm nenhuma mulher atuando em um cargo de coordenação, de acordo com um levantamento feito pela empresa TWIRI;
  • Preconceito no ambiente de trabalho: as mulheres sofrem preconceitos no ambiente de trabalho, como a promoção por comprovação. Dados indicam que o público feminino é submetido a padrões mais rígidos. Além disso, quando as mulheres quebram o estereótipo de como deveriam se comportar, os homens começam a enxergá-las como “desagradáveis”.

Existe um histórico social e cultural que impede as mulheres, desde crianças, de acreditarem que elas podem atuar na área de tecnologia. Pesquisas mostram que a partir dos 6 anos as meninas começam a pensar que não são boas para as exatas, logo cria-se um intelecto de que computador é apenas para meninos. 

Com a chegada de novas empresas tecnológicas comandadas por homens no setor de programação, a computação passou a ter como foco os meninos. Desta forma, as meninas passaram a não ser estimuladas a seguir carreiras de tecnologia. 

A desigualdade nos salários

Quando o assunto é mercado de trabalho, há casos em que as mulheres se sentem desmotivadas devido à baixa remuneração quando comparado ao salário dos homens no mesmo cargo. Isso ainda acontece em diversas empresas, que tendem a favorecer homens por inúmeras razões que compreendemos infundadas.

De acordo com o levantamento feito pelo Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), as mulheres que possuem graduação são a maioria no mercado de trabalho, com 55,1%, em comparação ao público masculino. Porém, na média salarial dos empregados com ensino superior os homens recebem R$ 4.640,00, já as mulheres R$ 3.287,00, em outras palavras, o público feminino ganha 41% a menos na remuneração pelo trabalho prestado em relação aos homens. 

Estamos caminhando para conquistar um cenário melhor referente à igualdade de gênero no mercado de trabalho, mas ainda temos muito o que fazer, principalmente quando tratamos de mentalidade de diversidade. 

Empoderamento feminino 

Muitas pessoas acham que o empoderamento está ligado a privilégios, mas pelo contrário, esse termo tem conexão com a consciência coletiva, no qual expressa ações para fortalecer as mulheres e promover a igualdade de gêneros.

Para escapar desse ambiente desafiador na área da tecnologia, as mulheres podem utilizar do empoderamento, além de ser uma ótima ferramenta para contribuir com a sociedade, é uma prática necessária no ambiente corporativo. 

Diante desses obstáculos, a ONU Mulheres e o Pacto Global criaram os Princípios de Empoderamento das Mulheres, que tem por objetivo a implementação de práticas e ações que resultem na igualdade de gênero, principalmente no ambiente de trabalho. 

Os sete princípios são:

  1. Estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível; 
  2. Tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não-discriminação; 
  3. Garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa; 
  4. Promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres; 
  5. Apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing; 
  6. Promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social; 
  7. Medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

É necessário colocar em prática esses princípios para gerar a equidade de gênero no universo empresarial, com isso os desafios enfrentados pelas mulheres, todos os dias, irão diminuir gradativamente. 

*Mariel Reyes Milk é CEO da {reprograma}, startup social paulista que ensina programação para mulheres em vulnerabilidade, preferencialmente trans e /ou negras.

Gostou da nossa matéria “Mulheres e os desafios na área de tecnologia“?

Mulheres e os desafios na área de tecnologia
Mariel Reyes Milk é CEO da {reprograma}. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

Mulheres na área de Tecnologia: Dicas para ingressarem

Segundo um levantamento da Microsoft,  somente 18% dos graduados em ciência da computação no Brasil são do sexo feminino. Além disso, de acordo com a mesma pesquisa, o número de mulheres empregadas na área de Tecnologia da Informação no país está estimado em apenas 25%. Para a fundadora e CEO da {reprograma}, startup social paulistana, que visa capacitar mulheres em programação front-end e back-end e conectá-las ao mercado de trabalho, a equidade de gênero no setor está ligada à uma questão cultural. Afinal, os estereótipos são incorporados desde cedo, fazendo com que as garotas acreditem que não são boas para as exatas, logo cria-se um intelecto de que computador é apenas para meninos.

Várias histórias servem para exemplificar que as lutas das mulheres por igualdade de gênero não são de agora , muitas das conquistas demoraram para chegar. ” Ao longo dos anos, as mulheres alcançaram direitos sociais, políticos e trabalhistas, por meio de movimentos reivindicatórios no Brasil. Em 1879, por exemplo, elas ganharam direito de cursar faculdades, outra conquista aconteceu em 1932, quando a Constituição Federal Brasileira passou a permitir que as mulheres votassem, após uma luta de mais de 10 anos liderada pela ativista e bióloga Berha Lutz”, comenta Reyes. 

Atualmente, ainda há obstáculos a serem superados, principalmente na igualdade de gêneros no mercado de trabalho, principalmente na área de tecnologia. Abaixo, Mariel cita cinco dicas que podem ajudar as mulheres a ingressarem na carreira de T.I e a conquistarem sua independência.

  • Acreditar na capacidade: o primeiro passo é trabalhar a “síndrome do impostor”, que está ligado ao fato das mulheres não acreditarem na capacidade delas em aprender a programar, além de se enxergarem como profissionais, por isso, é muito importante trabalhar esse mindset.
  • Ter referências femininas: é importante que as mulheres tenham modelos que elas se identifiquem e se inspirem, pois referências podem servir de espelho para que elas possam alcançar o sucesso profissional. Na {reprograma}, temos ex-alunas que se tornaram professoras e monitoras dos cursos de back e front-end, que ensinam e influenciam positivamente essas mulheres.
  • Ambiente sem julgamentos: ao procurar por vagas na área de T.I, as mulheres devem buscar por empresas que tenham como valor a diversidade, desta forma, haverá um ambiente seguro, onde elas podem aprender e fazer perguntas sem julgamentos.
  • Sororidade: promover a possibilidade de mulheres se apoiarem umas às outras é essencial, pois através disso elas entendem que não estão competindo entre si, e que juntas podem chegar mais longe, afinal, o apoio feminino é importante em um ambiente que, ainda, não é igualitário pelo grande volume de cadeiras ocupadas por homens na área de T.I.
  • Rede de apoio:  após a formação na área de T.I, por meio de um curso técnico ou graduação, é importante manter e criar novas conexões com as mulheres, pois ao longo do caminho podem surgir dúvidas sobre o mercado de trabalho, a troca de experiências e o compartilhamento de vagas na área.

As ex-alunas da {reprograma} após o término dos cursos, são inseridas em grupos como o Slack e Telegram, no qual fazem parte também professoras e monitoras para ajudá-las até a colocação no mercado de trabalho e a troca de informações importantes na área de T.I, como uma comunidade. 

Iniciativas sociais na área de T.I 

Em meio a um cenário de obstáculos na área de T.I, principalmente para as mulheres, é  importante que haja iniciativas sociais que auxiliem na formação e empregabilidade do público feminino. 

Um dos objetivos da {reprograma} é aumentar o volume de cadeiras ocupadas por mulheres na área da tecnologia, com isso, a startup oferece as competências necessárias para que elas ingressem no mercado de trabalho, por meio da formação dos cursos de back e front-end. 

A CEO da {reprograma} explica que durante o programa as alunas têm a possibilidade de conhecerem, por meio de mentoras, eventos e convivência, outras mulheres na área da tecnologia que estão dispostas a compartilharem todo o conhecimento que elas detêm, etc. Com isso,  as alunas são encorajadas a enfrentar os obstáculos de um setor, que por enquanto, é predominantemente ocupado por homens, a mudarem suas vidas por meio da tecnologia. 

Até o momento, mais de 700 mulheres já se formaram em cursos de back e front-end da startup paulistana. 

Sobre a {reprograma}

Fundada em 2016, pela peruana Mariel Reyes Milk e suas sócias Carla de Bona e Fernanda Faria, a startup social paulista que ensina programação para mulheres, priorizando as negras e/ou trans, por meio da educação, tem o objetivo diminuir a lacuna de gêneros na área de T.I. A {reprograma} possui grandes empresas parceiras como Accenture, Creditas e Facebook, iFood, entre outras. Mais informações no www.reprograma.com.br

Gostou da nossa matéria “Mulheres na área de Tecnologia: Dicas para ingressarem“?

Mulheres na área de Tecnologia: Dicas para ingressarem
Mariel Reyes Milk é CEO da {reprograma}. Foto:
Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

Calçados Retrô

Como podemos acompanhar a moda estas duas últimas coleções, vimos muitas cores e formatos diferentes quando falamos em calçados, incluindo os retrô.

Os tamancos voltaram com tudo, temos eles com salto quadrado, salto fino, em inúmeras cores.

Calçados Retrô

Calçados Retrô estão na moda

As cores vivas estão em alta, verde, rosa, lilás, azul e as cores metalizadas também.

Podemos observas que as tiras são sensações do momento assim como nó e trançados.

Escolha o modelo que fique mais confortável e caia nesta moda

💛

Por Jéssica Ereno – Estilista Profissional @jessica_ereno
Proprietária da Amora Rica – Loja online @amorarica

SOBRE AMORARICA

Muito prazer sou Amora e irei te contar como tudo começou. Nascida e criada por uma mãe costureira, desde pequena acostumada com os ruídos das maquinas, retalhos e linhas espalhados pelo quarto.

Jornal Grande ABC

Calçados Retrô

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Sendo assim, nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento, como esta Calçados Retrô? Então, assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

O comprimento ideal para você

Hoje a moda vem intensa em saias e vestidos. E sei que muitas de vocês não sabem ao certo qual o melhor comprimento usar. Pois as baixinhas já não gostam muito de peças longas por acharem que encurtam mais. Algumas pessoas tem preconceito com o comprimento midi. Mas estou aqui para ajudar vocês sempre. Leia e saiba o comprimento ideal para você.

O comprimento curto e escolhido por todos por ser mais fácil de combinar, ele vai bem para mulheres altas e baixas. Fica ideal com salto alto ou um tênis e rasteira.
Assim podemos visualizar tanto saia quanto vestido, macaquinho e conjuntos.

Já o comprimento midi ele cai super bem para as mais baixas pois da uma alongada na silhueta. Este comprimento mostra um pouco das canelas e os pés então você pode usar qualquer calçado que ficará lindo quanto mais fashion melhor. Assim mostrará melhor e vai compor ainda mais seu look.

O longo, antigamente era usado apenas em eventos como casamentos, formaturas algo mais formal. Hoje ele aderiu completamente o dia a dia da mulher. Ele é sofisticado mas ao mesmo tempo versátil.

Ele também afina a silhueta mas fica melhor em pessoas mais altas, você pode usar um cinto para marcar sua cintura, e para o uso diário e perfeito com rasteiras, sapatilhas e tenis. Se você quiser optar por algo mais formal vai bem com um salto alto.

O comprimento ideal para você

Por Jéssica Ereno – Estilista Profissional @jessica_ereno
Proprietária da Amora Rica – Loja online @amorarica

SOBRE AMORARICA O comprimento ideal para você

Muito prazer sou Amora e irei te contar como tudo começou. Nascida e criada por uma mãe costureira, desde pequena acostumada com os ruídos das maquinas, retalhos e linhas espalhados pelo quarto.

Sendo assim, cresci vivenciando moda, auxiliando minha mãe com desenhos, provas e atendimentos das clientes. Ao passo que desde pequena já tinha minha opinião formada com relação a moda e com cinco anos de idade já escolhia minhas próprias roupas.

Enraizada nesse mundo, decidi ir além das maquinas de costuras. Realizei meu sonho me formando em moda e me tornando uma Estilista profissional de sucesso, assim desenvolvendo para grandes marcas e magazines. Com tantas experiências e habilidades decidi criar minha própria marca, a Amora.

Vista Amora, eleve sua autoestima e sinta-se linda.

Trabalhamos com produtos de qualidade, moda fashion e preço justo.

Lolyta ou Lolita?!?

A sonoridade é a mesma, rsrs.
Tem romances, música brasileira.

Mas primeiramente, esqueça tudo, desconfigure-se, desmistifique-se, abstraia o saber e foque no jeito Lolyta de ser!

Vamos lá…
Não aprecio justificativas na escrita, torna cansativo, longo e até desinteressante, porém percebi que neste caso é necessário.

Atentem a grafia,
Lolita tem história.
E Lolyta como a outra face da moeda, uma reflexão feminina voltada para uma mulher adulta, cheia de encantos e poder.

Lolita tem sua triste história, pelo fato da introdução a vida sexual precoce,  a qual repúdio e discordo com as atitudes do passado, onde as moças eram forcadas, a práticas sexuais, geralmente por  “um qualquer” que tivesse posses para tal atividade. 

De alguma forma , em um determinado momento, foi  visto por um outro ângulo, notou-se o poder: Encantamento.

Lolita foi vítima de uma sociedade machista tempos atrás.
Infelizmente ainda existem vestígios desse repulsivo comportamento nos dias atuais, onde os “bárbaros” usam a força.
Lolita, passou a ser temida e perigosa, devido seus encantos  e pouca idade, inconsequente, assim era julgada.
Lolita não refere-se a uma, mas sim a um grupo de moças que eram obrigadas a tal.

Sinto um nó na garganta, só de pensar.
Notório que o gênero feminino ainda é visto como presa, resquícios da antiga civilização, que nos dias atuais, o culpado se torna vítima e a vítima , essa só Deus pra consolar.
Onde deveria haver justiça, a injustiça se fez predominante.

Lolita’s muitas não se rendiam ao medo, moças jovens de pouca idade, eram afanadas pelo desejo alheio, trocadas como se fossem objetos e devido tantas dores faltava-lhes maturidade.

Notem que  Lolita  é referência feminina, usada para classificar meninas precocemente “sexuais”, associada a ninfetas. Argrrrrr

Mas a Lolyta que me refiro é aos termos de descobertas da feminilidade, de usar um batom com segurança, de nos sentirmos mais: poderosas, femininas, certas de nós, intocáveis, permissíveis (escolha) se assim desejar, sexy’s, o auge da sensualidade, sedutora, criativa.

Tudo que envolver mais é válido
Força, coragem, determinação, vontade, fé
Uma extraordinária “Mulher Maravilha” da vida real.
Autossuficiente, capaz, imperativas, não “sugestionável”, (sugestionável, deixa em uma situação de  vulnerabilidade extrema), este não é o objetivo.

É uma introdução atípica contraditória, enfim…
Continue que chegarei onde devemos estar.
Agora em partes.

Quem nunca teve a sensação de ter inúmeras de si em apenas uma?!?

Quem nunca teve um turbilhão de anseios, desejos, medos e inquietações?!?

Alguém se identifica?!?
Se sim, acredito que somos a maioria.
Se não, meus parabéns por tamanha confiança, esse é o exemplo de poder pleno.

Todos somos um misto de sentimentos, ideias e ideais, variamos da alegria a tristeza  (risada e choro) , do amor ao ódio, isso em fração de segundos e simplesmente partimos da infância a idade adulta e vice e versa, devido a leveza que podemos lidar com os acontecimentos diários (muitos afirmam que idade é coisa da cabeça), rsrsrs
Variamos da insanidade a sanidade, levadas por impulsos de certos momentos.

É a tal “Loucura Sadia”, aquela que naturalmente temos, seja no tocar da campainha do vizinho e sair correndo, seja em não exitando e se rendendo , seja sendo racional por conta da maturidade, (afinal é necessário desenfrear uma hora na vida).

Imensurável é  sentir a adrenalina percorrendo nas veias uma boa dose de serotonina, deitar- se , adormecer sem culpa, sentir-se plena e com alegria, todos os momentos são únicos, estar e ser alegre é o principal objetivo e bem estar.

Mas como no real não configura assim, o contexto em si tbm é misto , temos dias excelentes, mais ou menos aos ruins.

Seja atrevida, seja Lolyta
Siga em frente
O infinito é o limite!!💋, ॐ∞

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Tendências de Verão

Este verão vai ser de arrasar!!
Iremos ver nas ruas muitos vestidos midi, saia midi, shorts coloridos.

Vale a pena você investir em cores fortes como laranja, roxo, verde e punk.
A cor lavanda é a sensação do mundo. Sem contar as cores candy colors.

Use e abuse dos modelos com manga bufantes, princesa, decotes V e quadrado.

Por Jéssica Ereno
Estilista Profissional
@jessica_ereno
Proprietária da Amora Rica💛
Loja online @amorarica

Amora use e contagie 

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Que colar usar?

Os colares fazem toda diferença na hora de compor o look. Hoje eles são os queridinhos para dar aquele toque especial.

Muitas mulheres vem usando o colar de corrente com cadeado. Ele é um arraso temos ele em todas as cores.

Mas você sabe como combinar o colar e sua roupa?
Ou melhor sua blusa e decote?
Eu vou te ensinar da forma mais fácil.

Não se limite, os acessórios assim como colares, pulseiras, anel, cinto e bolsas compõe o seu look mesmo estando com um vestido pretinho básico é só incrementar com algum destes acessórios. Você vai ficar linda e na moda.

Uma dica: use e abuse de mix de colares, tendência do mercado no momento.

Por Jéssica Ereno
Estilista Profissional
@jessica_ereno
Proprietária da Amora Rica💛
Loja online @amorarica

Amora use e contagie 💛

VAMOS FALAR SOBRE CORES?

Chegou o verão a estação do ano mais florida e colorida. De muitas estampas e texturas. VAMOS FALAR SOBRE CORES.

Mas na hora de se vestir rola aquela dúvida, que cor combina com o que?

Para facilitar a vida das minhas queridas leitoras deixo aqui uma cartela de cores para vocês combinarem de forma rápida e simples com o que tem em casa.

VAMOS FALAR SOBRE CORES

Podemos sim misturar cores vibrantes, o ideal é usar de duas á três cores fortes. Pois é claro que ninguém quer sair parecendo uma árvore de Natal não é mesmo ?!

Mas podemos inovar com o que temos em casa, por exemplo um calça azul royal super cai bem com uma blusa laranja.

Deixo aí o desafio, abre seu armário e pegue as cores mais vibrantes e monte um look bem lindo.
Quero ver só vocês usarem e abuserem neste verão de cores, diversas cores.

Fica aí as dicas minhas queridas leitoras.

Por Jéssica Ereno
Estilista Profissional
@jessica_ereno
Proprietária da Amora Rica💛
Loja online
@amorarica

Amora use e contagie 💛

Jornal Grande ABC

VAMOS FALAR SOBRE CORES

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Tênis – O Queridinho Das Mulheres

O tênis que antes era apenas para ginástica, caminhadas e academias, hoje ele é o item indispensável no guarda roupa feminino. Durante alguns anos ele caiu no gosto da mulherada, por ser prático e confortável.

Fácil de combinar com qualquer look. Antigamente tínhamos o pensando de que ele só caía bem com roupa esportiva, fora isso era difícil de combinar. Algumas famosas introduziram ele nos looks mais fashion. Fazendo com que nós mulheres reais aderisse essa moda também.

Eu dou a dica para você usar qualquer tênis seja branco ou colorido, aquele que fica mais confortável para você!
Quanto ao look?

Use sua criatividade 😉

Pois ele fica perfeito com saias e vestidos como vemos bastante agora neste inverno e vai vim com tudo-nada o verão.

Porém, ele vai perfeitamente com seus jeans preferido. Assim como até com looks mais sociais de alfaiataria.

Eu sempre digo não existe a moda certa. A moda e você quem cria de acordo com o que mais está se usando.

Por Jéssica Ereno – Estilista Profissional
@jessica_ereno – Proprietária da Amora Rica💛
Loja online

Instagram @amorarica

Amora use e contagie 💛

Entidades propõem 50% das vagas em parlamentos para mulheres

Projeto prevê que metade da cota seja destinada a negras

Um grupo de entidades da sociedade civil, em parceria com o Ministério Público de São Paulo (MPSP), lançou um anteprojeto de lei que propõe a reserva de 50% das cadeiras dos parlamentos para mulheres. Pela proposta, metade da cota será destinada a mulheres negras.

O texto estabelece ainda que as candidatas recebam o dobro de recursos que os candidatos homens obtêm do Fundo Eleitoral.

“Mais mulheres na política é uma questão de igualdade, e a igualdade pressupõe pluralidade”, destacou Lídia Passos, subprocuradora-geral de Justiça do MPSP.

As entidades que subscrevem o anteprojeto de lei, em parceria com o MPSP, são Vote Nelas; Grupo Mulheres do Brasil; A Fala/Visibilidade Feminina; APPCívico; Elas na Política; Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE/SP); Mulher Ação; Mulheres com Direito; Rede Feminista de Juristas e Mulheres Negras Decidem, além do Grupo de Estudos de Gênero e Política da Universidade de São Paulo (USP).

De acordo com a proposta, a reserva de vagas ocorrerá para as cadeiras de deputados federais, estaduais e distritais. O anteprojeto é um texto-base que, a partir de agora, será levado para a Câmara dos Deputados e assembleias legislativas estaduais e distritais, onde poderá ser transformado em um projeto de lei.

Fonte: Agência Brasil

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

JEANS QUE NUNCA SAI DE MODA!!!

Mas desta vez em uma modelagem diferente.

Quem não ama um jeans?
Combinado com tudo, prático, confortável e melhor ainda podemos usar de dia de noite, para o trabalho, para uma festa. Para qualquer momento é ocasião.

Mas desde o Carnaval surgiu uma nova moda, o shorts godê. Marina Ruy Barbosa apareceu no trio elétrico causando alvoroço. Foi muito crítica pelo seu estilo. Porem alguns meses depois o shorts, caiu no gosto de influencer e blogueiras. Assim criando uma nova tendência.

Ele é uma cintura mais altinha, e tem um caimento totalmente diferenciado, bem arredondado na barra formando ondas no seu caimento.

O shorts jeans godê vem fazendo tanto sucesso, que podemos ver que que fica perfeito para qualquer look.
Use de salto, de tenis, com camisa ou body.
Você vai arrazar.
O godê será uma mega tendência para este verão.

Se inspire nas musas Aline Gotschalg, Thassia Naves, Sabrina Sato, Lore Improta.

Por Jéssica Ereno
Estilista Profissional
@jessica_ereno
Proprietária da Amora Rica 💛
Loja online
http://www.amorarica.com.br
@amorarica

Amora use e contagie 💛

Mulheres – Reflexões e Inspirações

Ser considerado complexo e perfeito, muitos dons foram atribuídos na existência das mulheres, mas pq tanta responsabilidade cabe a elas?!?

Como costumava ouvir, seres superiores, rsrs. Mulheres são capazes de lidarem com inúmeras situações com charme e elegância , ser que deve de fato, ser venerado, praticamente supremo, é a mulher. 

Ela é mulher, é mãe, é profissional, é namorada, é filha, é amiga, demanda que exige tempo e atenção  não acha?!? Quantos sonhos realizados, quantos não foram abdicados em prol  do próximo?!? Mulheres, são tão capazes de tudo,   têm em mente que o tempo é seu maior aliado , e querem saber?!?

É simmmmm. Tua capacidade é inigualável, és capaz de conquistar o mundo. Orgulhe-se de ser o sexo frágil e o mais poderoso dentre os mortais!  Abaixo de Deus, as mulheres são a “divindade” na Terra.Mulheres vão a luta vcs nasceram para brilhar!!! 


Bjs de glitter para vcs , garotas, rsrsॐ∞

Jornal Grande ABC

Mulheres

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.073 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

SAÚDE SEXUAL – GINÁSTICA ÍNTIMA

EXERCÍCIO DE KEGEL

O que é?

O exercício do “segura o pum” em homenagem a Arnold Kegel na década de 40 com a finalidade de fortalecer a musculatura específica do assoalho pélvico trouxe um novo olhar para saúde sexual. É indicado tanto para homens quanto mulheres, e exerce papel fundamental na saúde íntima tanto feminina quanto masculina, principalmente nos casos em que começam a aparecer os primeiros sintomas de dor nas mulheres como secura vaginal, relação sexual, incontinências urinária e anal. No aparecimento dos sintomas o médico urologista e o enfermeiro estomaterapeuta deverão sempre ser consultado, em todos os gêneros e idades. O importante é não descuidar da saúde íntima para não aparecer sintomas, porque prevenir é melhor que remediar, sempre. Nos casos de incontinências urinária e anal o indivíduo perde muito de sua autonomia e independência porque a rotina de vida se altera profundamente, o impacto muitas vezes culmina no isolamento social como se já não bastasse a pandemia. O enfermeiro(a) estomaterapeuta atua juntamente com a equipe multidisciplinar acompanhando caso a caso, seja hospitalar ou no domicílio seguindo o critério médico podemos vislumbrar os resultados, como melhora na secura vaginal, fortalecimento do músculo e diminuição sutil lenta e progressiva da incontinência. Então, vamos nos cuidar!

Fonte da imagem: Fonseca, JV. Manual de aproximação. UFRGS PG Artes Visuais – p.107, 2017.

Quando fazer e quando não fazer? O exercício e/ou ginástica íntima é bem similar ao pompoarismo é indicado sempre claro, sob recomendação do médico urologista e/ou ginecologista/obstetra. Aqueles que desejam fortalecer o músculo do assoalho pélvico em pessoas saudáveis e que nunca relataram desconforto na região pélvica também é importante seguir com exercícios da musculatura específica pois previne o aparecimento dos sintomas. É indicado em situações onde existem doenças do intestino grosso para isso é bom consultar médico coloproctologista. Os benefícios incluem diminuição da fraqueza do músculo em casos de prolapsos (exteriorização) vesical, uterino e retal.

O exercício é contra-indicado em casos onde existe processo infeccioso vaginal, tais como por candidíase bem como câncer próstata/colo de útero diagnosticado que esteja em tratamento, e em pessoas com distúrbios psiquiátricos devido a sua compreensão.

A Sociedade Brasileira de Urologia São Paulo deu início à campanha de conscientização, #vemparaouro, alertando as famílias para os cuidados com a saúde mental e física dos adolescentes agora, e pós pandemia.

Importante

– Uma das preocupações é com os abusos digitais, como o sexting (envio de nudes) na quarentena. O ato que pode expor os adolescentes a diversos perigos e abusos digitais. A ONG Safernet registrou, em abril deste ano, um aumento de 156% em relação ao que foi contabilizado no mesmo mês, no ano passado, de pedidos de ajuda relativos à exposição de nudes na internet.

– Outra preocupação é com a obesidade, uma vez que a restrição ou diminuição dos exercícios físicos, aumento de tempo em frente às telas, associados ao consumo de alimentos ultra processados, podem trazer diversas questões de saúde.

– A saúde mental também não pode ser esquecida, uma vez que pesquisas recentes identificaram aumento da ansiedade, agravamento da insônia, depressão e impulsos autodestrutivos na pandemia.

Para falar mais sobre esse assunto, a fonte é o urologista, o Dr. Leonardo Seligra Lopes, especialista em medicina sexual e reprodutiva e diretor de comunicação da Sociedade Brasileira de Urologia – Seção São Paulo.