Arquivo da tag: historia

Teatro da vida

Lorena Pelais é autora de “Teatro da vida“.

Feche os olhos, inspire imagine o que mais te agrade, que te faça se sentir bem , um lugar, uma sensação, um elemento da natureza, limpe sua mente, abstraia de todas as preocupações que te cercam, expire lentamente, abra os olhos vagarosamente para que o excesso de luz não te cegue.

A partir daí, estaremos preparados para realizarmos quaisquer que sejam as atividades, prontos para plantar , colher, rascunhar, editar e quem sabe apta para reescrever sua própria história.

Existem momentos em que os desafios parecem montanhosos, mas só possuem esse tamanho para quem os cria, aqueles que conseguem “invadir” , visualizar seu mundo não veem o mesmo que você.

A vida é bela, é um sonho ou real??
Quais são os grandes mistérios que envolvem a existência humana??
As dúvidas algum dia cessarão??

Existem tantos porquês, quase sempre sem respostas, por que na verdade as respostas são buscadas em fontes errôneas, pois na verdade elas sempre estiveram bem ali na sua frente, só você e eu não queríamos ver, seja por falta de conhecimento, por não sabermos fazer bom uso ou simplesmente temos medo de agir, mas as respostas sempre estão dentro de você é como um enigma, mito da caverna , “conheça a ti mesmo que terás as respostas para tudo que te aflige”.

A falta de conhecimento interno, nos embosca de tal maneira que involuntariamente e inconscientemente, participamos de planos macabros contra nós mesmos, desenvolvidos por nós mesmos, soa como loucura, pode até ser, rsrsrs.
Somos guardiões do bem e do mal, administre-se , nem oito ou oitenta, busque o equilíbrio e seja bom para você mesmo, não se maltrate!!

Excessos são causadores de problemas, excesso de confiança e alto estima, junto vem o superego e vaidade, a necessidade de ser melhor sempre como se fosse uma competição, sabotam-nos invisivelmente , é corda pra se enforcar, é dar linha demais à pipa, é acelerar sem testar primeiro o break.

É estar a mercê da própria sorte, age-se deliberadamente, como se fosse portador de “super poderes” sem ter acesso as regras de uso, com instruções minuciosas e principalmente sem a supervisão de alguém treinado e devidamente habilitado.

Uauuuuu, pressentem o tamanho da catástrofe?

Seu “Transformer do mal” foi criado, a mente te “engana” acelerada te passa informações de bem-estar e plena funcionalidade, o ápice, um monstro com ferocidade de uma bomba nuclear, capaz de emitir ondas elétricas de altas tensões, suas explosões serão internas seus destroços com aspectos variados, erupção de alcance desmedido sem previsão de longitude e latitude.

Que a mente humana é um grande mistério, sabemos, não é de hoje, não sabe-se ao certo o que nos motivam constantemente, capaz de gerar energia sem que haja necessidade de substâncias externas, necessidades básicas primárias.

Motivação como fonte primordial de energia e alimento para o corpo e a alma, a exposição ao sol como fonte de calor para crescimento sadio, a chuva para refrescar, mesmas gotas que aliviariam a sede, tudo na medida certa, excessos são prejudiciais e causam danos irreparáveis, aprisiona-se a mente em objetivos fracos e mal embasados perdendo a essência da alma entregando-se aos demônios ocultos e alheios, entocados nas profundezas de seu ser, aguardando uma pequena brecha para “tomarem de assalto”, te roubam, destroem e por fim matam nem sempre o próprio ser , mas os sonhos e as habilidades naturais que nos são dadas no dia de nosso nascimento, que deveríamos ter a humildade de desenvolvê-las pra serem nosso maior trunfo e grande troféus , um dom que calamos, matamos e enterramos por nos envaidecer.

Quer conhecer alguém? Dê poder e verás todas as suas faces ocultas.
Nós somos nossos maiores inimigos, dizem que mente vazia, torna-se obra do maligno, retirando o pouco que temos interiormente, a paz.

Limpe a mente e siga em frente, busque seu Eu, faça bom uso das dádivas divinas presentes em sua vida.

A vida não tem muitas explicações a te dar cotidianamente, erre, conserte e acerte.

O mundo gira, “em cima em baixo” tenha nobreza de espírito para distinguir seus próprios desafios e sair deles um ser melhor do que quando entrou.

Passagem ….
A vida é uma grande passagem, um sonho, uma realidade, neste espetáculo chegamos como coadjuvantes, mas o objetivo é ser o protagonista principal, respeitando as leis divinas.

📿 Lorena Pelais ॐ∞.

Gostou da nossa matéria “Teatro da vida“?

Teatro da vida
Teatro da vida. Foto de Mohan Reddy Atalu no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.704 outros assinantes

Paulistano supera limitações e vira um dos raros amputados do mundo a dominar um monociclo elétrico

O paulistano e administrador de empresas Márcio Frascino Neto, então com 32 anos, trabalhava há vários anos no escritório de um multinacional na Zona Oeste da capital paulista. Ia e voltava quase diariamente do trabalho, no trajeto Lapa-Perdizes, de motocicleta. Tinha uma vida intensa, com muitas viagens e prática esportiva regular. No dia 23 de março de 2018, isso tudo mudou: ele sofreu um acidente, se chocando contra um ônibus com a moto. Como resultado, teve a perna direita amputada pouco acima do joelho. “E agora? Como será minha vida?”, pensou na época, totalmente desolado.

A resposta veio da própria irmã: “A partir de agora, você terá de decidir se vai ser a vítima, ou se vai ser o cara que vai fazer acontecer, vai inspirar outras pessoas com dificuldades”. Ele optou pela segunda opção, mas foi uma longa jornada até a total cicatrização do corte (que teve mais de 100 pontos), aprender a andar de muletas, conseguir uma prótese (caríssima) capaz de lhe proporcionar qualidade de vida adequada e encontrar um propósito para sua vida. A prótese, que valia perto de R$ 40 mil, foi doada por uma pessoa desconhecida, o que ele considerou um verdadeiro “milagre”. Passou quase sete meses em casa antes de retornar ao trabalho, já com a prótese, mas ainda sem dominar o seu uso.

Mas, antes de chegar neste ponto, sua trajetória não foi fácil. No dia do acidente, por exemplo, chovia e ele ficou quase uma hora deitado na rua sangrando e aguardando o resgate, que demorava. “Passei este tempo questionando minha vida e achando que ia morrer. Do meu lado, uma enfermeira que estava dentro do ônibus não me largou nem um instante. Foi meu anjo da guarda”, acredita.

Mesmo antes do acidente, Márcio já vivia uma fase de reflexões, questionando o rumo da própria vida. Quando voltou à rotina da empresa de novo, quase sete meses depois, logo bateu de novo a sensação de vazio.  Ele pensava: “O que eu estou fazendo da minha vida? Como todo mundo me via muito positivo nesse assunto do acidente, decidi investir no trabalho de palestrante motivacional. Desde janeiro de 2019, já realizou dezenas de palestras desse tipo em locais e empresas diversificados. Deixou seu emprego e hoje se dedica a isso. Também já foi procurado por diversas agências de publicidade e fez comerciais para a TV para marcas como Rainha, Track & Field, Santander, Bradesco Prime, Braskem, Suvinil, Gillette e Academia Bio Ritmo.

MONOCICLO ELÉTRICO VIROU SUA TERAPIA

Neste meio tempo, Márcio investiu em outra atividade que o tornou um dos únicos em todo o mundo: ele aprendeu a pilotar um monociclo elétrico, aquele veículo com apenas uma rodinha no qual o condutor vai em pé. Ele é o único amputado do Brasil que pilota com grande desenvoltura este equipamento – e um dos raros do mundo. Ele possui um modelo da distribuidora Eletricz, fabricado pela marca King Song, o 16S, capaz de atingir 30 km/h de velocidade máxima. “Uso o monociclo principalmente como lazer. É minha terapia.”.

Hoje, aos 35 anos, Márcio tem como objetivo inspirar pessoas, mostrando que um acidente ou uma situação ruim no nosso dia a dia nós podemos não ser capazes de controlar, mas que a forma como vamos lidar com o problema é a chave para ser ou não feliz e contribuir para ajudar outras pessoas com suas próprias dificuldades.

Na rua, hoje em dia, pilotando seu monociclo elétrico pelas ciclofaixas, não é raro encontrar uma criança que, depois de juntar o monociclo (um veículo ainda pouco comum na paisagem paulistana) e sua prótese, logo se apressa em chamá-lo de “super-herói”, rótulo que Márcio descarta  com bom humor. “Sou uma pessoa comum reaprendendo a viver e, hoje, com um propósito muito claro de inspirar pessoas”, afirma.

SOBRE A ELETRICZ

A Eletricz iniciou suas operações em julho de 2018 com a missão de promover a locomoção de curta e média distância, incentivando a valorização da vida ao ar livre, a apropriação saudável das vias públicas e a mudança para um estilo de vida mais saudável, divertido e econômico. Por isso, comercializa os mais avançados veículos elétricos portáteis e desenvolve projetos e ações para difundir e incentivar este novo perfil de mobilidade urbana. A empresa comercializa monociclos, patinetes e bicicletas elétricas, mas os monociclos respondem hoje por 80% do seu faturamento.

Gostou da nossa matéria “Paulistano supera limitações e vira um dos raros amputados do mundo a dominar um monociclo elétrico“?

Paulistano supera limitações e vira um dos raros amputados do mundo a dominar um monociclo elétrico
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.704 outros assinantes

Psicose Ambientalista – Verdades Inconvenientes

A resenha de “Psicose Ambientalista – Verdades Inconvenientes” é de autoria de Fito

Dom Bertrand de Orleans e Bragança premiou o Brasil com uma obra simples, embora extremamente lastreada em fatos, na qual demonstra as falácias ambientalistas que se vê na “velha mídia”. Inclusive acusa a criação de uma religião ambientalista anticristã por parte de grupos metacapitalistas.

Em duas partes, a primeira parte do livro demonstra como uma controvérsia mundial expôs fraudes e fragilidades do ambientalismo. Até mesmo violência e morte é utilizada para calar vozes que discordam do ambientalismo. A segunda parte trata das contradições do ambientalismo, centrado no Brasil.

O ambientalismo, pelo autor, tem relação imediata com o comunismo, enquanto ideologia e cultura, e não somente enquanto somente sistema político. Esse comunismo remete ao comunismo russo-chinês, que é atualmente um dos três grupos
globalistas em conflito para dominar o mundo.

Não é à toa que vemos que toda a esquerda mundial, unida, tem um discurso ambientalista destrutivo e vazio, sem qualquer parâmetro lógico ou racional, Utilizam
o termo “sustentabilidade” para justificar qualquer irracionalidade, qualquer comportamento absurdo.

Com a pretensão de salvar o meio ambiente, ataca-se o Brasil e os EUA, mas “esquecem” do maior poluidor do planeta, como a China. Acredita-se que sozinha, já matou mais de trinta milhões de pessoas com sua poluição, principalmente queima de carvão mineral, um dos maiores poluentes do mundo, no que se refere à produção de energia.

No entanto, ambientalismo não é ecologia. É política. Utilizando dinheiro e/ou ameaças, a China é “esquecida” no momento das estatísticas, de modo que continua passando incólume pelo olho dos abutres ecológicos. Uma falsa afetação de virtude, como diz Guilherme Fiúza, é o que mais aparece nesses momentos.

Inclusive, temos uma epidemia de falsa afetação de virtude. Cria-se falsamente uma imagem de virtude de si mesmo, e utiliza-se este padrão para julgar os outros, como se isso fosse válido. Um falso querendo imputar pecados a outrem.

Esta obra Psicose Ambientalista descortina brilhantemente a epidemia de mentiras ecológicas que reina no Brasil (e no Ocidente), de modo que sua leitura é obrigatória para qualquer um que queira, minimamente, discutir o tema.

Onde adquirir “Psicose Ambientalista – Verdades Inconvenientes?

Link na Estante Virtual

Gostou da resenha?

Psicose Ambientalista – Verdades Inconvenientes

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que publicadas, ou como desejar. Portanto, confira informações no email recebido.

Além disso, leia mais em Caderno Cultural.

Junte-se a 2.704 outros assinantes

Conflitos do mundo moderno

Análise resumida dos conflitos do mundo e a esperança de paz.

Nós vivemos em um mundo cheio de idas e vindas. Mas, os piores momentos são aqueles em que nos esquecemos que todos dependem um do outro para sobreviver.

conflitos do mundo
Imagem de Forbes Brasil

Desde o ano de 1495 o mundo não conhece um período maior que 25 anos sem ter guerras. Sendo assim, é possível contar mais de 200 guerras entre Estados desde 1815.

A guerra mais longa da história foi a Guerra dos Cem Anos. Todavia, na verdade durou 116 anos.

Conflitos do mundo: E as Guerras Mundiais?

Já durante as Grandes Guerras, a expectativa de vida de um único soldado era de apenas seis semanas. Essa realidade fica ainda mais pesada quando paramos para pensar que até os dias de hoje existam cerca de 250 mil crianças que atuam como soldados em conflitos armados.

O fim da Primeira Guerra foi um dos momentos mais esperados do início do século 20, todos pensavam que ao final de toda aquela confusão, haveria paz, mas infelizmente não foi isso que aconteceu.

O objetivo do tratado de Versalhes era terminar formalmente a guerra. Entretanto, mesmo com mais de um ano entre conferências de paz para propor um acordo bom para todos, esse tratado apenas estimulou o começo da Segunda Guerra.

Mesmo depois de todos esses anos, não podemos dizer que todos nós vivemos em paz. Afinal, cerca de 500 milhões de pessoas vivem em locais com alta instabilidade e grandes riscos de conflito.

É preciso urgentemente agir para que todos possamos viver com paz e tranquilidade. Portanto, pequenas ações são tão importantes quanto qualquer outra.

Comece um ano com positividade e aos poucos, faça do mundo um lugar melhor.

Visite e conheça o Blog PS

Gostou de “Conflitos do mundo moderno“? Então, comente logo abaixo e assine nossa Newsletter também.

Veja mais em História e Luta.

dia das crianças

Dia das Crianças 2020

O dia da criança é uma data comemorada que homenageia as crianças, no Brasil é celebra no dia 12 de outubro, em outros países são outras datas. Em 1924 foi oficializado por decreto lei, no governo de Arthur Bernardes.

Deixando um pouco da história e indo para dias atuais, é importante destacar a importância da educação infantil.

Um grande país é formado por um grande povo, e tudo se inicia com as crianças como elas serão educadas, instruídas e cabe aos nossos governantes, professores e pais fazerem o melhor.

Um país que prioriza e investe na formação dos seus jovens com estudo, alimentação adequada, e bem-estar, terá pessoas melhores, educadas e esta no caminho de ser um país desenvolvido.

Cabe aos pais darem uma educação calcada em princípios e valores da família, serão filhos e famílias melhores.

É difícil educar os pequenos?  Eu digo que é possível, se cada um fizer a sua parte na educação e formação de uma criança, para torna-la feliz e melhor. Não podemos transferir aos outros o que cabe a cada um, na formação de uma criança.

Dia 12 de outubro é dia deles, então comemore e de o seu melhor, se possível um presente e um grande beijo e abraço.

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 2.704 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Mulheres Revolucionárias: Rosa Parks

Em 1955, nos Estados Unidos, depois de um dia cansativo de trabalho, uma mulher negra se recusava a dar seu lugar no ônibus para um homem branco, causando grande impacto no país e no mundo.

Essa mulher foi Rosa Parks.

Naquela época, a lei dos Direitos Civis americana dizia que apenas pessoas brancas poderiam votar, entrar em igrejas, lojas e tinham preferência em transporte público. Pois caso algum branco ficasse sem conseguir se sentar, o negro deveria se levantar e dar seu assento ou até descer do ônibus.

Cansada dessas regras, Rosa se recusou a levantar. O motorista parou o ônibus e chamou a polícia para prendê-la.

Com tamanha repercussão, a mulher foi visitada na prisão por Matin Luther King Jr. e membros da NAACP (Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor) fazendo com que o caso de Rosa se tornasse o estopim contra a desigualdade.

Tudo isso a tornou alvo de ameaças de morte e dificuldade em conseguir emprego. Mas tudo valeu a pena, uma vez que até hoje ela é conhecida como mãe do movimento dos direitos civis.

Todo esses acontecimentos, levaram a protestos e boicotes, pois os simpatizantes da causa decidiram parar de usar o transporte público e caminhar para seus destinos, dando grande prejuízo para a empresa.

O movimento só terminou quando, em 1956, a Suprema Corte dos Estados Unidos declarou inconstitucionais as leis de segregação.

Para conhecer melhor a sua trajetória, é possível assistir ao filme A História de Rosa Parks.

Estado de São Paulo lança concessão do Caminhos do Mar

Empresa vencedora será responsável por tornar o local ainda mais atrativo, estimular o turismo, entretenimento e convívio social

Para os últimos três meses de 2020, o Estado lançará editais nas áreas de infraestrutura e serviços de parques. Um destaque é para o Caminhos do Mar, cujo edital de licitação internacional foi publicado na última sexta-feira (18).

O Caminhos do Mar ou a Estrada Velha de Santos, dentro do Parque Estadual Serra do Mar, tem uma área de 274 hectares de Mata Atlântica, um patrimônio ambiental de São Paulo e um acervo histórico-cultural que marca o caminho feito por D. Pedro I quando subiu a serra para declarar a Independência do Brasil.

Os diversos monumentos históricos construídos nesse traçado serão restaurados e poderão ser explorados pelo futuro empreendedor em uma concessão de 30 anos. O parque ainda conta com trilhas e outros atrativos e uma vista excepcional da Serra do Mar.

Estímulo

A empresa vencedora será a responsável por tornar o local ainda mais atrativo, estimular o turismo, o entretenimento e o convívio social, além de executar atividades de esporte e lazer nas áreas de uso público. A abertura dos envelopes está prevista para ocorrer em 4 de novembro.

“O Governo João Doria abre o calendário de editais para a retomada econômica sob os efeitos ainda da pandemia. Será o primeiro teste junto aos investidores para um ativo importante do estado na área de concessão de serviços”, afirma o Vice-Governador Rodrigo Garcia, presidente do Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas.

A ganhadora deverá implantar atrações e serviços, realizar restauros nos monumentos históricos e fazer a gestão da visitação. Em contrapartida, poderá explorar serviços de ecoturismo e uso público. A modalidade é de concorrência internacional, vencendo o certame quem oferecer o maior valor de outorga fixa. O total em investimentos mínimo por parte da concessionária deverá ser de R$ 11 milhões, sendo R$ 5,5 milhões nos três primeiros anos.

“A concessão da área de uso público vai gerar caixa para estimular o turismo e consolidar o Caminhos do Mar em um destino ambiental e turístico, além da melhoria dos serviços aos visitantes. Além disso, vai impulsionar a preservação das áreas verdes e dos animais, inclusive os ameaçados de extinção que ali vivem, bem como a pesquisa, funções que continuarão com o Estado”, afirmou o Secretário da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), Marcos Penido.

Projeto

O projeto foi submetido a consultas públicas em 2020, sendo a primeira entre 21 de fevereiro e 27 de março; posteriormente ao Conselho Consultivo da Unidade – Núcleo Itutinga Pilões do Parque Estadual da Serra do Mar, entre 4 de março e 3 de abril; ao Conselho do SIGAP (Sistema de Informação e Gestão de Áreas Protegidas e de Interesse Ambiental do Estado de São Paulo), em 26 de março; em Audiência Pública (7 de maio) e ao Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema), em 27 de maio.

Após a fase de oitivas públicas, as sugestões de aprimoramento do processo foram analisadas e o Relatório de Aproveitamento das Contribuições pode ser consultado pela internet.

Os interessados em participar da licitação do Caminhos do Mar deverão considerar a implantação de portarias e bilheterias adequadas ao atendimento dos usuários; a requalificação do estacionamento, com adequação da área e abertura de novos espaços; a instalação de tirolesa, que funcionará como atração âncora do Núcleo, além do restauro dos monumentos históricos, entre outras.

As trilhas deverão ser melhoradas, e a Casa de Visitas, reformada, com intervenções elétricas, hidráulicas entre outras. Uma loja de serviços e outra de alimentação terão de ser instaladas.

Vale ressaltar que a preservação das reservas ambientais continuará sob a responsabilidade da SIMA e da Fundação Florestal (FF). Os detalhes do projeto e a documentação necessária para envio de propostas estão disponíveis na internet.

Restauro dos monumentos

O restauro dos nove bens tombados que compõem a Trilha dos Monumentos Históricos do Caminhos do Mar deverá ser feito valorizando o conjunto como obras únicas e independentes, para que estas se mantenham cada qual como parte do conjunto que compõe o percurso. São eles: Pouso de Paranapiacaba, Rancho da Maioridade, Padrão do Lorena, Monumento do Pico, Marco Quinhentista, Belvedere Circular, Pontilhão Raiz da Serra (projetos do Arq. Victor Dubugras, inaugurados em 1922), Ruínas e Calçada do Lorena.

A FF aprovou os recursos para execução do projeto de restauro na Câmara de Compensação Ambiental. O valor a ser disponibilizado pelo Poder Concedente para a realização das obras de restauro não poderá exceder R$ 4.251.853,31.

Os projetos executivos das obras já foram aprovados no Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT). Os monumentos históricos, erguidos nos anos 1920 para comemorar os 100 anos da Independência do Brasil, homenageiam personagens dos primeiros anos do Império.

Estrada Velha de Santos

Na última quarta-feira (16), foi publicada a resolução conjunta entre a SIMA e a Secretaria de Logística e Transportes (SLT) que autoriza o concessionário vencedor da licitação a fazer uso dos trechos da Rodovia Estadual SP-148 (Estrada Velha de Santos).

As atividades permitidas são ecoturismo, lazer, esporte, conscientização, educação ambiental, dentre outras, nos termos do contrato de concessão. Não há permissão para exploração rodoviária.

A via foi a primeira ligação pavimentada entre o planalto e o litoral paulista e serviu de rota para D. Pedro I subir a serra e proclamar a Independência do Brasil, em 1822.

Vale ressaltar que os remanescentes da Calçada do Lorena se misturam a um precioso patrimônio ambiental de Mata Atlântica e da biodiversidade, contemplando a preservação de diversas espécies da fauna e da flora ameaçadas de extinção.

Fonte: Governo de SP