Gratuidade do Bom Prato até 30/04 para moradores de rua

Além disso, a gratuidade do Bom Prato para jantares e refeições aos finais de semana e feriados serão servidos pela rede até 28 de fevereiro

O Governador de SP determinou a prorrogação da gratuidade das refeições oferecidas na Rede Bom Prato. Os moradores em situação de rua terão direito a gratuidade até o dia 30 de abril. A decisão publicada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial passa a valer a partir de hoje.

“A prorrogação da gratuidade nas refeições é uma das nossas ações de proteção social para amparar as pessoas em situação de maior vulnerabilidade social”, diz a Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes.

A gratuidade nas refeições da Rede Bom Prato para pessoas em situação de rua teve início em junho, mediante cadastramento das Prefeituras e apresentação do cartão com QR Code pelos beneficiários.

Desde o início da pandemia da COVID-19, os 59 restaurantes Bom Prato adaptaram o atendimento. Portanto, passando a servir três refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar) em embalagens descartáveis e para retirada, inclusive aos finais de semana. Por mês, mais de 3 milhões de refeições servidas na rede. Desde então, ao todo mais de 23 milhões de refeições servidas. Além disso, mais de 500 mil servidas gratuitamente para a população em situação de rua cadastrada.

Gratuidade do Bom Prato
Foto: Divulgação

Gratuidade do Bom Prato jantares e finais de semana

Além disso, o Governo de São Paulo prorrogou também a oferta de jantares e refeições nos finais de semana e feriados. A Rede Bom Prato servirá nestes dias até 28 de fevereiro. Critérios técnicos determinarão em quais unidades haverá implantação da medida. Nesse sentido, a demanda e local definirão as escolhas.

O site da Secretaria de Desenvolvimento Social divulgará a relação das unidades e horários de funcionamento

Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo

ALIMENTOS QUE DEVEM ESTAR NO PRATO DO SEU BEBÊ

Siga @rosangelalsnutri para receber mais posts como esse.

A refeição do bebê deve conter todos os grupos de alimentos. Conhecer quais alimentos fazem parte de cada grupo alimentar irá facilitar a sua escolha na hora de preparar as refeições, gerando variedade nos cardápios do bebê e garantindo todos os nutrientes necessários. É importante variar e evitar repetições por vários dias do mesmo alimento.⠀⠀Comece escolhendo 1 alimento de cada grupo para preparar a papinha. Mais do que 1 alimento pode deixar o paladar do bebê confuso com a mistura de sabores.
🍗Proteínas – carne bovina, frango, peixe e ovo;
🌽Carboidratos – arroz, batata, inhame, cará, mandioquinha, milho, canjiquinha, mandioca (aipim, macaxeira), quinoa entre outros;
🥕Legumes – cenoura, chuchu, abóbora, abobrinha, berinjela, beterraba, vagem, quiabo, tomate entre outros;
🥦Hortaliças – couve, espinafre, rúcula, brócolis, acelga, agrião, alface, couve flor, repolho entre outros;
🍛Leguminosas – feijão, grão de bico, ervilha, lentilha, feijão preto, feijão branco, feijão rosinha, feijão jalo entre outros;
Agora é só preparar e oferecer ao seu bebê. Marque uma mamãe que também precisa desta informação. 💁‍♀️⬇️⬇️⬇️