Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens

Inscrições para curso, e bolsas de estudo, oferecido pela Digital House vão até 1º de julho

Relatório da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) aponta que a área de Tecnologia da informação (TI) demandará 420 mil profissionais até 2024. Para suprir essa demanda, seria necessário capacitar, anualmente, pelo menos, 70 mil pessoas para atuar em carreiras, como desenvolvimento de software, engenharia de redes e ciências de dados. No entanto, o Brasil forma apenas 46 mil profissionais por ano na área.

Atenta a essa realidade, a Digital House, em parceria com o Mercado Livre e a Globant, criou o Certified Tech Developer, curso destinado a jovens que acabaram de concluir o ensino médio e precisam de uma qualificação para se colocar no mercado de trabalho. “O curso foi desenvolvido para que, em um período de dois anos, o aluno adquira todos os conhecimentos técnicos necessários para sua inserção no mercado da indústria tecnológica”, explica Sebastian Mackinlay, CEO da Digital House Brasil.

As inscrições para a segunda edição do Certified Tech Developer, cujas aulas têm início em 9 de agosto, estarão abertas até 1º de julho de 2021. Para esta edição do programa, serão concedidas 1000 bolsas de estudo de 95%. O programa quer atrair, principalmente, estudantes de baixa renda, mulheres e outras minorias para a área da tecnologia. Os candidatos deverão cumprir as etapas do processo seletivo conforme prazos informados durante o processo. Quanto antes conseguirem concluir todas as etapas, mais chances de serem contemplados com uma das bolsas. A primeira edição do programa teve mais de 45 mil inscritos para 250 bolsas, uma relação de 180 candidatos por vaga.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

O CEO da Digital House enfatiza que na América Latina existe uma crescente demanda por perfis com especialização tecnológica e uma baixa porcentagem de jovens que se capacitam para trabalhar nesta indústria, especialmente, nas camadas mais carentes da população. “Nesse sentido, o Certified Tech Developer vem atender a demanda urgente do mercado por mão de obra qualificada e, com a concessão de bolsas, oferecer ao jovem de baixa renda a oportunidade de se inserir em uma área cuja taxa de empregabilidade é alta, além da excelente remuneração, que pode transformar a sua condição social”, acredita Mackinlay.

O Certified Tech Developer tem foco na prática e na formação para o mercado de trabalho. De acordo com Mackinlay, a proposta é oferecer ao jovem a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho com uma remuneração atrativa, sem que precise fazer um curso universitário. Para isso, o programa se baseia no ensino de habilidades já utilizadas por empresas de tecnologia que são referência no mercado. Além disso, a metodologia de sala de aula invertida, em que o aluno estuda a parte teórica nos momentos fora da aula e usa o período de aula para praticar, dá a oportunidade para que o indivíduo tenha contato e busque soluções para problemas reais desde as primeiras aulas.

“O curso foi estruturado para que, durante o primeiro ano, o aluno estude de forma intensiva a fim de que, ao final deste período, ele tenha conhecimentos suficientes para ingressar imediatamente no mercado de trabalho. Já no segundo ano, a carga horária se torna menor e mais flexível para que o aluno consiga conciliar trabalho e estudo”, salienta o executivo.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Cenário
Somente entre os meses de março e setembro de 2020, o país fechou 897 mil vagas com carteira assinada, de acordo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A maior parte das baixas aconteceu nos setores de Serviços e Comércio. Ao todo, foram perdidas 181 mil vagas de vendedores em lojas e mercados – o dobro do número de vagas fechadas na indústria. Isso sem contar 1,4 milhão de trabalhadores domésticos que perderam o emprego no mesmo período, ainda de acordo com o IBGE.

Tal cenário mostra que se por um lado a crise sanitária provocou a aceleração da chamada transformação digital, por outro ela acelerou também a tendência de extinção de funções consideradas mais mecânicas. Um relatório da consultoria McKinsey estima que funcionários de atendimento ao público em setores como Varejo, Turismo, Alimentação e profissionais de apoio em escritórios terão os cargos ameaçados de extinção até 2030. Serão 100 milhões de vagas a menos apenas nos oito países que foram foco de estudo da consultoria.

O fato é que as funções mecânicas tendem a ser substituídas pela tecnologia e a transição de emprego e mesmo a inserção no mercado de trabalho irá demandar mais estudos. Nesse contexto, jovens, minorias e aqueles com menor educação formal serão os mais prejudicados. “Tudo isso mostra a urgência da necessidade de as pessoas buscarem, desde já, alternativas para manterem a sua empregabilidade no pós-pandemia. Levando em conta que a automação das atividades é um caminho sem volta, as carreiras digitais se tornam uma das alternativas mais viáveis”, acredita o CEO da Digital House.

SERVIÇO
Curso Certified Tech Developer
Inscrições: de 1/6 a 1/7 pelo site https://www.digitalhouse.com/br/bolsas/certifiedtechdeveloper
Início das aulas: 9/8

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens”?

Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens
Inscrições para curso, e bolsas de estudo, oferecido pela Digital House vão até 1º de julho. Foto de ThisIsEngineering no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.064 outros assinantes

Inclusão e diversidade: 57% dos profissionais negros levam em conta para escolher empresa para trabalhar

Segundo o último censo do IBGE, 54% da população no Brasil é negra. No entanto, ainda são poucas as empresas brasileiras que focam em atrair esses talentos. Em parceria com o Instituto Guetto, o Indeed, site número 1 de empregos no mundo, realizou uma pesquisa com 245 profissionais negros para entender suas percepções sobre o mercado de trabalho atual no Brasil, com relação a fatores, como inclusão e diversidade, e outros.

Segundo a pesquisa, 17% dos profissionais declararam já ter mudado de emprego por conta de práticas racistas nas empresas. Ainda, 44.5% dos profissionais consideraria trocar de emprego se sofresse ou presenciasse discriminação racial. De acordo com dados do IBGE, em 2020 o desemprego entre negros no Brasil foi 71% maior do que entre brancos.

Para Vitor Del Rey, presidente do Instituto Guetto, os dados refletem que as empresas precisam  abordar essas questões internamente e se esforçar para aumentar o senso de pertencimento de seus colaboradores, o que vai afetar diretamente a retenção de talentos. “O racismo é um grande desafio no processo de contratação e na vivência corporativa. A discriminação contra pessoas negras e pardas aparece de várias formas no dia a dia da empresa, mas começa já nos processos de seleção e promoção de vagas”, afirma.

“É necessário que as empresas fomentem uma cultura aberta às pessoas negras a partir de uma educação racial do setor de RH e com os demais funcionários da empresa. Os profissionais negros precisam se sentir respeitados, ouvidos, pertencentes e capacitados na instituição desde o processo de seleção até cargos de prestígio”. Para Del Rey, as empresas perdem por não investir em políticas internas de RH para integração e inclusão desses profissionais.

Como as empresas podem promover diversidade? 

Segundo os dados do Indeed, é possível destacar algumas ações que as empresas podem considerar para promover a diversidade racial. 72% dos profissionais entrevistados acreditam que as empresas deveriam ter funcionários negros atuando diretamente no processo de recrutamento e seleção, para serem mais inclusivos com esses profissionais durante todo o processo. Além disso, 65% entende que a participação de profissionais negros em processos decisórios e tomada de decisão ajuda a empresa a se tornar mais inclusiva. 

Para mudar o cenário de discriminação nos processos de contratação, 34% dos profissionais entrevistados acreditam que processos seletivos só para negros são eficazes para o aproveitamento de talentos de pessoas negras de uma maneira mais inclusiva. Apesar de gerar controvérsias, a medida é importante por reconhecer o racismo histórico no Brasil e um esforço para tentar repará-lo. 

Atualmente o preconceito racial está presente, por exemplo, quando profissionais negros, mesmo quando ocupam os mesmos cargos, ganham 30% a menos que os brancos, segundo o IBGE. Ainda de acordo com a pesquisa do Indeed, após salários, benefícios e crescimento profissional, o fator decisivo para 57% dos profissionais negros entrevistados ao escolherem a empresa que querem trabalhar é o nível de engajamento da organização com a inclusão e diversidade. 

Metodologia da pesquisa 

Todas as porcentagens apresentadas são dados coletados da pesquisa conduzida pelo Indeed em colaboração com o Instituto Guetto em março de 2021. Através de entrevistas em um painel online com 245 profissionais negros, a pesquisa buscou entender suas percepções sobre o mercado de trabalho atual no Brasil, desde a busca por empresas até suas vivências dentro delas e o impacto em suas carreiras. 

Sobre o Indeed

Mais pessoas encontram empregos no Indeed do que em qualquer outro lugar. O Indeed é o site de empregos nº1 do mundo e permite que os candidatos pesquisem milhões de empregos na web ou em dispositivos móveis em mais de 60 países e 28 idiomas. Mais de 250 milhões de pessoas procuram empregos, publicam currículos e pesquisam empresas no Indeed.4 Para mais informações, visite indeed.com.br 

Mais notícias do Grande ABC

Gostou “Inclusão e diversidade: 57% dos profissionais negros levam em conta para escolher empresa para trabalhar”?

Inclusão e diversidade

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Visite e conheça o nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.064 outros assinantes

Área de Gestão Ambiental: Mercado de trabalho está em plena expansão

Comemorado no dia 05 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente tem como objetivo criar uma postura crítica e ativa em relação aos problemas ambientais existentes no planeta. Para quem busca trabalhar na área e tem muito interesse nos desafios ambientais ou queira apenas atualizar e aprofundar seus conhecimentos, os cursos na área de Gestão Ambiental são uma opção e o mercado de trabalho para este profissional está em plena expansão.

Embora as discussões ambientais façam parte da agenda global desde a segunda metade do século XX, o Brasil ainda percorre um caminho de construção desta consciência e passa por um momento crítico. A preparação de profissionais para atuação em situações emergenciais e de mitigação de efeitos da degradação ambiental é de extrema necessidade.

“Infelizmente, algumas empresas ainda burlam as políticas ambientais, utilizando práticas que visam apenas mascarar a situação, sem, de fato, levar em conta os impactos sobre o meio ambiente. É preciso uma mudança completa no relacionamento entre empresas e meio ambiente. O ideal seria a adoção de políticas públicas mais rígidas e maior pressão popular em prol dessa questão”, declara Luana Gomes Carneiro, coordenadora do curso de Tecnologia em Gestão Ambiental da Unyleya.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Ela explica que o processo de gestão ambiental é essencial para que uma empresa se adeque à legislação ambiental vigente e, também, para associar os interesses técnicos, econômicos e comerciais à proteção ambiental e à redução dos impactos negativos causados pelas atividades. 

O lucro devido às ações sustentáveis pode ser gerado a curto, médio ou longo prazo, dependendo do porte da empresa e do tipo de ações a serem executadas. São processos que exigem planejamento e análises cuidadosas. Uma forma de associar as ações sustentáveis ao lucro é a economia de recursos como água e energia elétrica, que terão um impacto no custo total da produção.

Os custos da degradação ambiental vão além dos prejuízos econômicos. Segundo a coordenador, empresas que desejam implementar uma gestão ambiental, devem ter pelo menos um profissional da área com formação ampla e multidisciplinar, capacidade de analisar de forma abrangente a situação com ferramentas para organização das políticas ambientais e adequação das práticas.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Conheça o curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Unyleya

O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, oferecido na modalidade a distância, tem por objetivo formar profissionais críticos e reflexivos capazes de desenvolver uma compreensão ampliada, interdisciplinar e problematizadora sobre a questão socioambiental.

“O curso da Unyleya está em constante atualização. Temos ouvido alunos e professores a fim de aprimorar a formação, trazendo um material mais atualizado possível e à tona discussões importantes dentro da área”, conta Luana Gomes.

Para saber mais, acesse: https://unyleya.edu.br/graduacao/curso/gestao-ambiental

Sobre Luana Gomes Carneiro

Com graduação em Ciências Biológicas, mestrado em Radioproteção e Dosimetria pelo Instituto de Radioproteção e Dosimetria (2008) e doutorado em Engenharia Nuclear pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012), Luana Gomes Carneiro é professora adjunta e coordenadora de curso da Faculdade Unyleya e professora docente da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em educação a distância, atuando principalmente nos temas: aerossóis, gestão ambiental, áreas degradadas, piche e saneamento.

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Sobre a Unyleya

Fundada em 2006, a Unyleya é uma das primeiras Instituições de Ensino 100% EaD no Brasil. A Instituição conta atualmente com mais de 200 mil estudantes – o que a torna a maior do país em número de alunos, mais de 250 mil formados desde sua fundação, 18 cursos de Graduação e mais de mil de Pós-Graduação em 50 diferentes áreas do conhecimento.

A Unyleya tem mais de 3 mil colaboradores e unidades físicas em todo o país, com destaque para a sede acadêmica no Rio de Janeiro e a administrativa em Brasília. Mesmo com as unidades físicas, a Instituição de Ensino consolida seu modelo na Educação 100% Digital.

Com metodologia de ensino focada nas necessidades de aprendizagem do aluno e nas principais tendências do mercado de trabalho, a Unyleya quer revolucionar a Educação a Distância no Brasil.

Para mais informações, acesse https://unyleya.edu.br/ .

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Área de Gestão Ambiental: Mercado de trabalho está em plena expansão“?

Área de Gestão Ambiental: Mercado de trabalho está em plena expansão
Foto de Arthur Ogleznev no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.064 outros assinantes

A situação do mercado de trabalho quanto a capacitação de trabalhadores ou oportunidades

Este artigo sobre a situação do mercado de trabalho é de autoria de Simone Choin

Nos últimos anos podemos afirmar que o mercado de trabalho teve alguns altos e baixos e com a pandemia o nível de incerteza em relação ao desempenho da economia brasileira tem se elevado de forma extraordinária e está gerando grandes distorções no país, em especial no mercado de trabalho.

Em 2021 o mercado de trabalho prometia uma grande recuperação, mas ainda caminha a passos mais lentos do que era esperado. Isso não significa que quem deseja uma oportunidade no mercado de trabalho não vá conseguir. Significa sim, que precisa entender em que setores estão as oportunidades e o que precisa desenvolver para conquistar aquela determinada vaga que tanto almeja.

Existir vagas existem, mas muitas empresas estão procurando profissionais para resolver problemas que elas não tinham antes da pandemia, outras que foram na contramão do mercado, cresceram durante a crise do novo coronavírus e em necessidade de contratar para conseguir atender a todas as solicitações do mercado. Muitas oportunidades de trabalhar em home office surgiram e assim possibilitou quem tem uma estrutura mínima de trabalho em casa conseguir uma oportunidade dentro dos padrões exigidos pelas empresas, independente do local que é a empresa e de onde mora esse empregado.

Em função da situação em que estamos vivendo, os trabalhadores precisam cada vez mais investir em conhecimentos, um bom profissional está sempre em busca de novos estudos que possam agregar qualidade para o seu currículo. Independentemente da área de atuação ou formação, os cursos também podem contribuir muito para aqueles que nunca trabalharam.

Se está em busca de oportunidade, fique de olho em algumas profissões que estão em alta em 2021 até pelo momento em que estamos vivendo. Algumas são: área da saúde (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais), tecnologia da informação (todas as áreas de TI), logística (todo o varejo) e marketing de performance. Entre eles, especialistas em BI (Business Intelligence), segurança digital e infra-estrutura devem continuar em alta.

Simone Choin

Líder de Talentos da Conexão Talento. Especialista em Gestão de RH com experiência de 25 anos em empresas de grande porte, atuando como gestora regional nos subsistemas de R&S, T&D e Comunicação Interna.

Formação em Assistência Social e MBA em Gestão de Pessoas pela UCP/IPETEC. Formação na ferramenta DISC pelo Instituto Brasileiro Coaching. Participou de projetos de grande impacto, como: Reestruturação das áreas de RH com Criação de Políticas de RH, Apoio a Construção de Trilha de Carreira, Comunicação Interna e Processos de RH. Responsável também pelos programas de Jovem Aprendiz, PCD’s, Diversidade, Voluntariado, entre outros.

A situação do mercado de trabalho quanto a capacitação de trabalhadores ou oportunidades
Simone Choin. Foto: Divulgação

Gostou da nossa matéria “A situação do mercado de trabalho quanto a capacitação de trabalhadores ou oportunidades“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.064 outros assinantes

Comportamento inadequado afasta jovens do mercado de trabalho

Os jovens, de 18 a 24 anos no mercado de trabalho, representam 31,4% dos desempregados 3º trimestre de 2020. É a maior taxa da série histórica com a atual metodologia, iniciada em 2012. A falta de experiência e de qualificação profissional pesam muito em uma contratação em tempos de crise, já que outros profissionais, mais experientes e qualificados, estão disponíveis e aceitam vagas que oferecem menores condições de salários e benefícios.

Porém, segundo especialistas de Recursos Humanos, questões comportamentais superam a falta de experiência e qualificação na hora de contratar jovens, tornando-se o maior impeditivo para que eles não consigam a tão sonhada vaga. Além disso, muitos não se mantêm empregados justamente porque suas atitudes os impedem de trilhar uma carreira.  Esse é um fato que se repete em todo o Brasil. Mas, que comportamentos são esses, que superam a falta de qualificação e de experiência na hora de uma contratação? E como podemos ajudar os jovens a superar essa deficiência no mercado de trabalho?

Recrutadores e empregadores listaram alguns comportamentos dos jovens que podem prejudicá-los no mundo corporativo. Nas entrevistas de emprego, eles são observados e, também, a forma como se apresentam nas redes sociais contribui para que garantam as vagas. Algumas atitudes que prejudicam uma contratação:

Falta de pontualidade – Chegar atrasado a uma entrevista é um erro que pode desqualificar imediatamente o candidato, porque demonstra falta de comprometimento.

Falar mal de pessoas e/ou situações anteriores – O jovem que, numa entrevista, tem a postura de julgar recrutadores de entrevistas anteriores ou empregadores anteriores, colocando exclusivamente nos outros a culpa por não conseguirem se manter empregados passam uma imagem ruim.

Mostrar impaciência – Demonstrar impaciência com atrasos ou perguntas que não se deseja responder pode indicar inflexibilidade.

Não interagir bem com grupos – Nas dinâmicas, desejar ser o centro das atenções ou não participar da dinâmica mostram situações opostas, mas que dizem muito sobre a personalidade do candidato. É preciso equilíbrio e coerência.

Usar apenas gírias e palavras de baixo calão – Jovens naturalmente se expressam com algumas gírias. Mas, utilizá-las sem limites indica vocabulário pobre e inadequado para o ambiente corporativo. Além disso, palavras de baixo calão não devem ser utilizadas em ambiente profissional.

Desvalorizar a oportunidade – Jovens que informam que participam da entrevista por pressão familiar ou apenas por estarem extremamente necessitados não interessam às empresas.

Comportamentos dos jovens nas redes sociais que influenciam negativamente na contratação:

Emitir, curtir ou compartilhar conteúdo violento ou preconceituoso – Quem produz ou apoia conteúdos violentos ou preconceituosos, em quaisquer âmbitos, está mostrando ao mundo quais são seus posicionamentos. Portanto, muitas empresas recusam-se a ter, em seus quadros de colaboradores, quem age de forma irresponsável no mundo virtual.

Posicionamento profissional irresponsável – Quem se vangloria por faltar no trabalho e emitir atestado falso, entre outras situações, está sujeito a mostrar ao mercado que não tem comportamento adequado para conseguir uma nova vaga de emprego.

Comportamentos adotados após empregado que fazem com que o jovem seja demitido:

Falta de pontualidade e faltas injustificadas – Demonstram, conforme citado, falta de comprometimento.

Dificuldade para trabalhar em grupo – Empresas são formadas por pessoas e é imprescindível que todos atuem em conjunto. Não se adaptar aos pares é um motivo para demissão.

Ignorar a hierarquia – Outro fator que motiva a dispensa dos jovens é que muitos deles têm dificuldade de entender e respeitar superiores. O tratamento com gestores deve ser profissional.

Desmotivação e desinteresse – O jovem que não demonstra interesse em aprender e foco em seu desenvolvimento profissional certamente não desperta nos gestores motivos para os manter no quadro de colaboradores.

Como ajudar os jovens a desenvolver habilidades comportamentais e competências?

Todas as pessoas precisam de desenvolvimento constante – e com os jovens não poderia ser diferente. Capacitá-los, de forma personalizada, é a melhor maneira de torná-los aptos ao mercado de trabalho.

Os jovens aprendem por exemplos e, também, por referências que os representam. Assim, de nada adianta utilizar linguagem inadequada com eles, com conteúdo corporativo criado para profissionais mais experientes. Se a ideia é ter eficiência, a capacitação deve ser totalmente pensada para o jovem, dentro de sua realidade.

Quando eu criei o Coaching Max, primeiro programa brasileiro de coaching para jovens, o fiz justamente porque sentia que os alunos de minha rede de ensino profissionalizante precisavam de um apoio para desenvolver habilidades comportamentais. Eu e minha equipe percebemos que nossos alunos nunca foram preparados para entender como a determinação, as metas e os objetivos, a resiliência, a empatia, as crenças limitantes, o compromisso, o comprometimento, a autoestima, o foco, o medo, a autorresponsabilidade e muitos outros sentimentos e virtudes poderiam ser trabalhados a favor de suas vidas pessoais e carreiras. Eles simplesmente ignoravam que havia, dentro deles, todas essas questões entremeadas.

Nós transformamos 100 temas em aulas de 30 minutos do Coaching Max, com vídeos e exercícios, às quais os alunos dos cursos regulares têm acesso minutos antes de seus cursos profissionalizantes, nas áreas de Profissional Administrativo Tecnológico; Games e Design; Analista de Suporte Técnico; Gestão Administrativa; Editor de Vídeos; Webdesigner; Marketing Digital; Programador Web; Youtuber; Gestão Comercial e Marketing; Secretariado; Gerente de Hotelaria e Turismo; Assistente de Refinaria e Mineração; Designer de Games; Gestão de Recursos Humanos; Kids (Mini Gênio); Informática Profissional Full; Atendente de Farmácia; Informática Profissional; Inglês Profissional, dentre outros.

Assim, em vez de apenas aprenderem a parte técnica dos cursos que adquiriam, os alunos também passaram a ter contato com conteúdo de desenvolvimento comportamental.

Muitos deles relataram, depois de algumas aulas, não entender por que havia uma inquietude que os fazia perder a paciência rapidamente, sem ponderar diante de uma situação estressante, por exemplo. Outros, ao contrário, disseram que, antes das aulas sobre determinação, objetivos e metas, sentiam um vazio enorme no peito, que os impedia de agir.

Confesso que o Coaching Max, desde sua criação, passou a ser a ‘menina dos meus olhos’. É a forma de eu ajudar os jovens a se desenvolver e, de alguma forma, levar a eles o apoio que eu mesmo não tive, naquela idade. Mas, essa é outra história, que um dia em vou contar aqui.

jovens do mercado de trabalho
Fábio Affonso, franqueador da MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental. Autor de “Comportamento inadequado afasta jovens do mercado de trabalho”. Foto: divulgação

Fábio Affonso é franqueador da MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental, uma rede com 35 escolas no estado de São Paulo. Apaixonado por ensino profissionalizante, ele idealizou o Coaching Max, primeiro programa de coaching para jovens, oferecido exclusivamente aos alunos da MicroPro como parte da estratégia de desenvolvimento comportamental da marca.

Gostou da nossa matéria “Comportamento inadequado afasta jovens do mercado de trabalho“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.064 outros assinantes

Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado?

Perder o emprego pode deixar a pessoa em uma posição de vulnerabilidade, se sentindo desanimada, rejeitada e com a autoestima abalada. Veja como se preparar para o mercado.

O desemprego no Brasil atinge 14,3 milhões de trabalhadores, e cerca de 5,5 milhões desistiram de procurar trabalho devido às condições estruturais do mercado em 2020, segundo dados do IBGE. 

Mas a longa espera por uma recolocação que parece cada vez mais distante pode ter razões que, se identificadas e trabalhadas pelo candidato, podem fazer com que o retorno ao mercado fique mais curto.

Perder o emprego não acontece apenas com profissionais de um determinado nível social ou escolaridade. Pelo contrário, o desemprego bateu na porta de homens, mulheres, idosos, solteiros, casados, etc. “Isso pode acontecer com qualquer pessoa e é muito normal. Quando a pessoa fica desempregada ela geralmente tende a se culpar, pensar que não é capaz.

Uma demissão depende de fatos internos e externos, que muitas vezes não conseguimos controlar como, por exemplo, a economia, o caixa da empresa, vendas, etc.”, esclarece a empreendedora e Estrategista de Negócios, Tânia Gomes Luz. Após uma demissão, o primeiro passo é tentar entender o que aconteceu. Alguns comportamentos podem deixar o profissional em risco, como a falta de atualização referente aos assuntos e novidades do setor, formação, falta de proatividade, etc.

“Agora, a maioria das pessoas estão preocupadas com a parte profissional. As pessoas percebem que precisam ter conhecimento em idiomas como o inglês, para melhorar o currículo e manter ou conseguir emprego. Além de conhecimentos mais abrangentes como marketing digital, mídia e afins”, destaca o Diretor da La Femme, e-commerce de calçados flats, José Augusto. Para driblar o desemprego, voltar para a sala de aula é uma das recomendações do especialista em negócios digitais, Fellipe Guimarães.“O sucesso de uma carreira está pautado em três características: competências, autoconhecimento e networking.”, acrescenta o profissional. Dicas: 

1) Avalie as opções
Não procure apenas empregos na área em que já trabalhou. Esse é o momento de abrir seus horizontes e de ganhar dinheiro, mesmo que temporariamente, com outros talentos, como artesanato, culinária, redação, marketing digital, revenda, etc. Também é possível aproveitar os recursos da rescisão para investir no sonho de empreender e abrir um negócio próprio. “A pessoa que está fora do mercado de trabalho, precisa identificar outras áreas para possível atuação.

O empreendedorismo, por exemplo, não para de crescer, abrir o próprio negócio é uma realidade muito palpável nos dias atuais. Quando criei minha empresa, a Aya Tech, foi impactante ver tudo acontecer. Tirar uma ideia do papel, torná-la real, montar um time.”, conta a CEO da Aya Tech, Fernanda Checchinato. A Aya Tech, startup de saúde e bem-estar com tecnologia altamente 100% brasileira.

2) Qualifique-se
Caso você não possa pagar por um curso, não tem problema, existem inúmeros cursos gratuitos que além de ocupar a cabeça, podem melhorar o seu currículo. A Fundação Getulio Vargas (FGV) oferece cursos online, no site http://www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos, como  “Introdução à Administração Estratégica”, “Recursos Humanos” e “Fundamentos da Gestão de TI”, etc.

O Senai e o Sesi também disponibilizam aulas livres, sem custo, no site https://eadsenaies.com.br, com certificação. É possível escolher entre, “Fundamentos de Logística”, “Redação Administrativa”, “Comunicação no Foco Organizacional” e “Tecnologia da Informação e Comunicação”, entre outros.

No site do Sebrae (http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae) os cursos gratuitos são separados por temas, como empreendedorismo, mercado, finanças, vendas, etc. Então, é só acessar e começar.  

3) Currículo nota 10
Lembre-se: o currículo é a primeira impressão que a empresa terá sobre você, por isso, envie um documento bem escrito, organizado e sem erros de português ou de digitação.

Informe os dados pessoais — nome, telefone, e-mail e idade — atualizados. Crie um e-mail profissional e sempre fique de olho nele, porque essa é a forma de contato preferida de várias empresas.

Liste suas experiências acadêmicas (nível de escolaridade, cursos feitos) e experiências profissionais (nome da empresa, cargo, data de admissão, data de demissão e principais atividades). Não minta no currículo. Lembre-se: menos é mais, por isso, não escreva mais de 2 páginas.

Gostou de “Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado??

Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado?
Como enfrentar o desemprego e se preparar para o mercado?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.064 outros assinantes

Confira os impactos do lockdown nos processos seletivos

Diferente de concursos e exames de certificação, processos não sofrerão congelamentos como em 2020 na avaliação do consultor Ronaldo Cerqueira; confira os impactos do lockdown nas seleções

Com o avanço do novo coronavírus e o colapso no sistema de saúde em diversos estados do Brasil, novos decretos de lockdown e toques de recolher estão sendo publicados com o objetivo de restringir a circulação de pessoas e conter os casos de Covid-19. Em consequência disso, empresas que oferecem serviços não essenciais precisam adequar suas operações e as estratégias de contratação de novos colaboradores.

A suspensão de concursos públicos, como os da Polícia Civil nos estados do Paraná e do Rio Grande do Norte, e das provas das certificações financeiras CPA-10, CPA-20, CEA e CGA, que seriam aplicadas pela Anbima em março, deixaram candidatos e profissionais em busca de novas oportunidades no mercado de trabalho em estado de alerta.

Na avaliação de Ronaldo Cerqueira, consultor especialista em carreiras no mercado financeiro, as novas restrições terão um impacto menor sobre os processos seletivos do que tiveram no início da pandemia.

“Em 2020 vimos o congelamento de muitos processos seletivos, mas a tendência não deve se repetir perante os novos decretos publicados por Estados e Municípios. Tive conversas recentes com recrutadores e gestores de RH, e existe um consenso de que os processos em andamento ou programados para o primeiro semestre serão pouco influenciados”, diz o especialista.

Cerqueira acredita que a duração dos decretos que restringem a circulação de pessoas será menor do que a praticada entre os meses de março e agosto do ano passado e conta que não há previsão de cancelamentos de contratações. “Intensifiquei o contato com empresas que estão com vagas abertas, sobretudo as do mercado financeiro, e não há previsão de cancelamentos. O que pode ocorrer é o adiamento de processos seletivos que estão em vias de abertura, mas nada que vá arrefecer as oportunidades de contratação para quem vislumbra um trabalho no setor”.

A orientação do consultor para quem se interessou ou se candidatou a vagas recentemente é que entre em contato com o recrutador para se informar se haverá alguma interferência no processo por conta dos novos decretos de lockdown e toques de recolher.

“Este alinhamento é importante para garantir a transparência do processo e dar visibilidade aos candidatos quanto a possíveis alterações no prazo para aplicação à vaga, canal por onde será realizada a entrevista e quando a empresa dará o feedback sobre a contratação. A comunicação é essencial para que todos se sintam seguros em tempos de tantas incertezas”, indica Ronaldo Cerqueira.

LinkedIn em alta

A divulgação de vagas e seletivas de candidatos on-line se mostram como tendências que ganharam força durante a pandemia e que vieram para ficar. Se por um lado as vagas são anunciadas para um número maior de pessoas, por outro a competição entre os candidatos nunca esteve tão acirrada.

“Candidatos capacitados, bem-informados e imersos em suas áreas de interesse se destacam e têm mais chances de contratação, promoção e migração de carreira. Hoje a internet educa, prospecta e lança luz sobre os profissionais mais preparados”, ilustra Cerqueira.  

Sobre a divulgação de vagas, o especialista reforça o importante papel do LinkedIn e estimula que as pessoas priorizem a plataforma como canal para encontrar vagas e ampliar o networking. “Estabelecer contato com usuários que trabalham nas empresas de interesse e criar filtros para se aproximar das vagas desejadas são possibilidades de uso do LinkedIn, ampliam a visibilidade e as chances de colocação no mercado”, conclui.

Sobre Ronaldo Cerqueira

Confira os impactos do lockdown nos processos seletivos
Ronaldo Cerqueira Foto: Divulgação

Ronaldo Cerqueira é consultor especialista em carreiras no mercado financeiro e sócio da startup Eu Me Banco. Presta assessoria estratégica e personalizada para adequar profissionais ao perfil desejado pelo mercado, com vistas para melhor capacitação profissional e ascensão do plano de carreira.

Adquiriu amplo know-how nos 12 anos de trabalho nas áreas de projetos, produtos, compliance, atendimento e gestão comercial em instituições como os bancos Votorantin, Bradesco, Santander Itaú e Safra – onde seu último cargo foi como gerente de investimentos.

Com mais de 122 mil seguidores nas redes sociais (LinkedIn e Instagram), Ronaldo Cerqueira já impactou a carreira de mais de 10 mil assessorados, compartilhando seu conhecimento com clientes individuais e corporativos em mentorias, palestras, treinamentos e programas de formação. 


É graduado em Publicidade e Propaganda e Gestão Financeira, pós- graduado em Marketing e Comunicação Organizacional pela PUC-SP, MBA em Gestão de Projetos pela USP, formado em coaching pelo IBC – Instituto Brasileiro de Coaching, e coautor do livro “Carreiras no segmento financeiro: Como alcançar o tão sonhado emprego, desenvolver uma carreira de sucesso, se preparar para o futuro cada vez mais digital e competitivo”, ao lado da esposa, a bancária Fabiana Cerqueira, que desde 2006 atua em áreas estratégicas no Santander.

Gostou de “Confira os impactos do lockdown nos processos seletivos?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.064 outros assinantes

São Caetano contratando PCD, vagas exclusivas

Empresas de São Caetano estão contratando vagas exclusivas para PCD. Oportunidades para auxiliar administrativo, auxiliar de produção, assistente de suprimentos e operador logístico.

As oportunidades são através da Inklua, empresa de recrutamento focada na inclusão.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

São Caetano contratando PCD

Auxiliar Administrativo

Horário de Trabalho:  Segunda a sexta, 07h15 as 17h
Salário: R$ 2.000,00 +  Vale Alimentação/Refeição, Vale Transporte, Assistência Médica, Assistência Odontológica, Seguro de Vida e Previdência Privada. Regime CLT.
Local: São Caetano do Sul/SP
Atividades: Auxiliar Administrativo para atuar na área de Logistica. Faturamento de ordens de clientes, checar pesagens entre as quantidades físicas e do registro de saída no documento fiscal. Inventário, efetuar ajustes pontuais nos estoques, processamento fiscal (digitalização, validação e entrada física), acompanhando diariamente os documentos pendentes, evitando pagamentos em atraso e multas. Registro das entradas de mercadorias, entre outras. 
Requisitos: Ensino Médio Completo, conhecimento em Excel. Desejável Ensino Superior cursando/completo.

Auxiliar de Produção

Horário de Trabalho:   13:40 – 22:00 (2º turno)
Salário: R$ 1.637,00 + Benefícios: Vale transporte, vale alimentação (R$ 191,00) e refeitório interno. Regime CLT
Local: São Caetano do Sul/SP
Requisitos: Ensino Médio Completo, experiência na área de produção

Auxiliar de Suprimentos

SÁLARIO: R$ 2.400,00, Regime CLT.
BENEFÍCIOS: Vale Transporte; Cartão Alimentação; Convênio Médico e Odontológico; Seguro de Vida/Auxílio Funeral; Desconto com parceiros e universidade, entretenimento, viagens; Parceria com academias; Enxoval de bebê; Participação de Lucros e Resultados (PLR); Previdência Privada.
HORÁRIO DE TRABALHO:  08h00 – 18:00
ESCALA: Segunda a Sexta.
REQUISITOS: Ensino médio completo. Desejável cursando superior. Experiência com gestão de estoque.
PRINCIPAIS ATIVIDADES: Realizar cadastro de fornecedores, materiais e serviços, acompanha solicitações de compras, auxilia na negociação e elaboração de contratos e controla pedidos e orçamentos.

Operador Logístico

Horário de Trabalho: Segunda a sexta – 07h15 ás 17h00 ou 12h00 ás 21h45 
Salário:  R$ 1.600,00 + Vale transporte, convenio médico e odontológico, auxilio farmácia, previdência privada, refeição no local (no primeiro turno),  Vale-refeição de 26,00 ao dia, (para segundo turno). Regime CLT.
Local: São Caetano do Sul/SP
Atividades: Separação e conferência de materiais para expedição, controle de entrada e saída, fazendo contagem do inventário e demais atividades no pátio.
Requisitos: Ensino Médio Completo; Desejável curso de ponte rolante; Vivência anterior na função.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “São Caetano contratando PCD”?

São Caetano contratando PCD

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Vagas exclusivas para PCD em Santo André

Empresas de Santo André estão contratando vagas exclusivas para PCD. Oportunidades para repositor, promotor de vendas, operador de caixa e ajudante de expedição.

As oportunidades são através da Inklua, empresa de recrutamento focada na inclusão.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Whatsapp (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Vagas exclusivas para PCD em Santo André

Repositor

Local: Santo André/SP

Tipo de Contratação CLT

Publicada em: 12/02/2021

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Horário de Trabalho:  Segunda a sábado, – das 06:00 às 14:20

Salário: R$ 1.480,55 + Assistência Médica, Assistência Odontológica, VT, VR, VA, e Seguro de Vida

Local: Santo André/SP

Atividades: Precificação de produtos – Controle de validade de produtos perecíveis através do rodízio de produtos. – Troca de mercadorias – Fazem inventário de mercadorias para reposição. – Elaboram relatórios de vendas, promoções, demonstrações e de pesquisa de preços

Requisitos: Ensino Médio Completo

Promotor de Vendas

Local: Santo André/SP

Tipo de Contratação CLT

Publicada em: 12/02/2021

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Horário de Trabalho:  Segunda a sábado, – das 06:00 às 14:20

Salário: R$R$ 1.999,68  + Assistência Médica, Assistência Odontológica, VT, VR, VA, e Seguro de Vida

Local: Santo André/SP

Atividades: Realizar abastecimento das gôndolas de toda nossa linha de produtos de acordo com o planograma pré estabelecido pela empresa, revisão das datas dos produtos, exibições, limpeza, precificação, fifo, organização, retirada de produtos para devolução

Requisitos: Ensino Médio Completo

Operador de Caixa

Local: Santo André/SP

Tipo de Contratação CLT

Publicada em: 03/02/2021

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Horário de Trabalho:  Escala 6×1 – Horário das 13:00 às 22:00

Salário: R$ 1.617,57 + VT + VA + Convenio Médico e Odontologico + Copa no local para alimentação

Local: São Paulo- Santo André.

Atividades: Irá atuar em receber e processar pagamentos por diversos meios, operador também está o fechamento do caixa.

Requisitos: Ensino Fundamental. Desejável experiência

Ajudante Expedição

Local: Santo André/SP

Tipo de Contratação CLT

Publicada em: 12/01/2021

Horário de Trabalho: das 13:40 às 22:00 – Escala a Combinar 

Salário:  R$ 2046,61 + VT + VR R$18,84 + VA R$186,30 + Plano de saúde Unimed + Plano Odontológico + PLR 

Local: Santo André/SP

Atividades:  Recebimento dos equipamentos (cestos; dollies, paletes) e produtos oriundos da planta (Carretas) ou das rotas de entregas; Montagem do Picking (separação de produtos para entrega); Liberação das rotas (Expedição); Organização e limpeza do piso do Centro de Vendas; Separação dos produtos oriundos de devolução/troca/cancelamento de vendas por SKU; Carregamento dos equipamentos (cestos, dollies, paletes) e produtos destinados à planta (devolução) ou das rotas de entregas; Preenchimento de formulários de controle de saída e de entrada de produtos e equipamentos.

Requisitos: Ensino Médio Completo 

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “Vagas exclusivas para PCD em Santo André”?

Vagas exclusivas para PCD em Santo André

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Vagas exclusivas para PCD em São Bernardo do Campo

Empresas de São Bernardo do Campo estão contratando vagas exclusivas para PCD. Oportunidades para jovem aprendiz, operador logístico, auxiliar de limpeza, auxiliar administrativo e oficial de serviços gerais.

As oportunidades são através da Inklua, empresa de recrutamento focada na inclusão.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Whatsapp (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Vagas exclusivas para PCD em São Bernardo

Oficial de Serviços Gerais

Local: São Bernardo do Campo/SP

Tipo de Contratação CLT

VAGA EXCLUSIVA PARA PROFISSIONAIS COM DEFICIÊNCIA. 

Horário de Trabalho: Segunda a sábado – 07:00H  ÁS 15:20                                                                    

Salário: R$1.336,16 +  VT, VA, ASSIS MÉDICA E ODONTOLOGICA ,SEGURO DE VIDA, REFEIÇÃO NO LOCAL .

Local de trabalho: Rudge Ramos – São Bernardo do Campo/SP; 

Atividades: AUXILIAR NA LIMPEZA, SEPARAÇÃO , DISTRUIBUIÇÃO E CONSERVAÇÃO DO LOCAL.

Requisitos: Ensino fundamental incompleto.

VAGA EXCLUSIVA PARA PROFISSIONAIS COM DEFICIÊNCIA. 

Auxiliar de Limpeza

Local: São Bernardo do Campo/SP

Tipo de Contratação CLT

Horário de Trabalho: Seg a Sex, 4h por dia, período matutino ou vespertino 

Salário:  R$720,00 + VT, Convenio Médico e Odontologico, refeição no local

Local: São Bernardo do Campo/SP 

Atividades: Limpeza das mesas e ambientes do salão de restaurante

Requisitos: Ensino Médio Completo 

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Operador Logístico I

Local: São Bernardo do Campo/SP

Tipo de Contratação CLT

Horário de Trabalho: Escala 6x1ou 5×2 – Turnos: 04:00 ao 12:20; 15:00 as 00:48; 17:12 as 13:00; 17:42 as 03:30; 20:00 as 05:48 ou 23:00 as 08:00. 

Salário:  R$1.290,00 + Benefícios

Local: São Bernardo do Campo/SP 

Atividades: Efetuar a separação cuidadosa dos produtos no armazém do cliente, promover a montagem das cargas e a organização do estoque do cliente conforme procedimento padrão. 

Requisitos: Ensino Fundamental Completo

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Jovem Aprendiz

Local: São Bernardo do Campo/SP

Tipo de Contratação CLT

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Horário de Trabalho:  Turnos da manhã, tarde e noite disponíveis. 180h mês | Escala 6×1 com folga variável

Salário: R$ 998,00 + Premiação + Vale Transporte; Vale refeição e/ou vale alimentação; Seguro de Vida; Auxílio funeral; Auxílio creche / Auxílio criança com deficiência; Desconto em Produtos; Assistência Odontológica; Assistência Médica; Descontos em Academias / Práticas Esportivas; Parcerias educacionais com descontos em cursos; Plano de carreira.

Local: Grande ABC 

Requisitos: Ter no mínimo 18 anos de idade; Ter no mínimo o Ensino Médio Completo

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Auxiliar Administrativo

Local: São Bernardo do Campo/SP

Tipo de Contratação CLT

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Horário de Trabalho:  Turnos da manhã, tarde e noite disponíveis. 180h mês | Escala 6×1 com folga variável

Salário: R$ 998,00 + Premiação + Vale Transporte; Vale refeição e/ou vale alimentação; Seguro de Vida; Auxílio funeral; Auxílio creche / Auxílio criança com deficiência; Desconto em Produtos; Assistência Odontológica; Assistência Médica; Descontos em Academias / Práticas Esportivas; Parcerias educacionais com descontos em cursos; Plano de carreira.

Local: Grande ABC 

Requisitos: Ter no mínimo 18 anos de idade; Ter no mínimo o Ensino Médio Completo

VAGA EXCLUSIVA PARA PCDS

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “Vagas exclusivas para PCD em São Bernardo do Campo”?

Vagas exclusivas para PCD em São Bernardo do Campo
Photo by Marcus Aurelius on Pexels.com

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Governo lança iniciativa para simplificar regras trabalhistas

Ao todo, 48 portarias consideradas desatualizadas foram revogadas

Com o objetivo de eliminar a burocracia no setor produtivo, o Governo Federal lançou o Descomplica Trabalhista. Por meio do programa, dois mil documentos do antigo Ministério do Trabalho estão sendo revistos e consolidados em menos de dez. Com a medida, o governo alega que a geração de vagas de trabalho se tornará mais fácil.

Em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes revogaram 48 portarias trabalhistas consideradas obsoletas. Além disso, o evento também marcou a assinatura da Nova Norma Regulamentadora de Saúde e Segurança relativa ao agronegócio e entregue um projeto gráfico simplificado do eSocial com menos campos e de fácil preenchimento.

Por meio do eSocial simplificado, o CPF passará a ser o único número de identificação do trabalhador, dispensando a referência a outros números cadastrais, como o PIS e Pasep. Também foram excluídos do sistema os pedidos de informações que já constam nas bases do governo, como por exemplo o RG e a CNH.

Fonte: Brasil 61

Centro Paula Souza realiza fórum sobre a presença da mulher negra no mercado

Evento online acontecerá em 16 de novembro, no canal da Unidade de Ensino Médio e Técnico na plataforma YouTube

Centro Paula Souza (CPS) abriu inscrições para a segunda edição do Fórum Profissional Feminina e o Mercado. O evento online debaterá a presença da mulher negra no mundo do trabalho e será apresentado no dia 16 de novembro, no canal da Unidade de Ensino Médio e Técnico (Cetec) no YouTube.

O encontro é voltado para professores, alunos e servidores de Escolas Técnicas (Etecs), Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais e de outras instituições de ensino, além de demais interessados no tema. Quem desejar obter certificado de participação deve se inscrever gratuitamente até 4 de novembro pela internet.

Diversidade

Na segunda edição, o encontro tem como objetivo reunir líderes engajadas com a causa da equidade de gênero e discutir como as empresas podem promover a diversidade e ampliar a participação feminina no ambiente corporativo. O evento ainda vai trazer histórias de sucesso de mulheres negras que ocupam posição de liderança para inspirar e criar consciência de empoderamento feminino.

A programação contará com as presenças da diretora da Etec de Pirituba, Eliane Leite; da cofundadora da consultoria Uzoma Diversidade, Educação e Cultura, Elizabeth Scheibmayr; da chefe de gabinete da Reitoria da Faculdade Zumbi dos Palmares, Enisete Malaquias; e da assessora da Secretaria municipal de Educação de São Paulo, Marineusa Medeiros.

Alunos da rede estadual de São Paulo têm acesso a cursos online gratuitos

Formações da plataforma Google Ateliê Digital são voltadas para o mundo digital e o mercado de trabalho

A empresa Google, por meio da plataforma Google Ateliê Digital, oferece aulas online gratuitas para início e aperfeiçoamento de carreira dos estudantes da rede estadual paulista. São diversos cursos voltados ao mundo digital e mercado de trabalho que podem ser acrescentados ao currículo ou até mesmo usados para gerenciar a própria empresa.

Os atuais cursos disponíveis variam de 1 a 40 horas de estudos e algumas opções são: Fundamentos do Marketing Digital; Entenda conceitos básicos de codificação; Introdução à comunicação corporativa.

As aulas são disponibilizadas por módulos e podem ser feitas a qualquer momento e acessadas no computador, tablet ou celular. Assim, os estudantes podem criar o próprio cronograma de aprendizagem da forma mais conveniente.

Os interessados podem acessar o Google Ateliê Digital pela internet.