Cursos de tecnologia em alta: o que gera essa demanda e como entrar nesse mercado?

Desenvolvedores de softwares, analistas de Big Data, de segurança da informação e de blockchain, gestores de inovação, desenvolvedores de dispositivos wearables e por aí vai. Essas são apenas algumas das profissões na área de tecnologia e cursos que estarão cada vez mais em alta daqui para frente. Sem contar as novas que irão surgir.

Nesse cenário, os cursos de tecnologia vêm ganhando cada vez mais espaço no país, sendo inclusive o pontapé inicial para carreiras muito promissoras e com ótimos rendimentos. Para o coordenador dos cursos de Engenharia da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Ciência da Computação do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG), Leandro Prux, esse é um mercado que tem a necessidade imediata de contratação, por isso os cursos tecnólogos têm ganhado uma certa adesão, já que são de curta duração.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

“Os cursos de TI – Tecnologia da Informação, têm tido grande relevância, principalmente na questão das necessidades atuais que o mundo tem demandado, como centros de inovação, mobilidade urbana, gestão inteligente de recursos, RPAs – Automação Robótica de Processos e Hiperautomação, por exemplo”, aponta Leandro.

Para quem deseja entrar nesse mercado promissor, o líder do Grupo de Inovação e coordenador do Projeto de Parcerias da FSG, Prof. Vinícius Colombo Sonda, dá a dica sobre o tipo de perfil que a área exige: “inovador, dinâmico e com o desejo incansável de aprender coisas novas. A área de tecnologia se renova diariamente e o profissional deve estar sempre antenado às novidades. Nossa área tem papel cada vez mais estratégico e decisório nas organizações. Além de desenvolver suas habilidades técnicas, o aprimoramento de suas soft skills são fundamentais para o seu crescimento e sua atuação nesse cenário”, explica Vinícius.

O professor explica que as soft skills são habilidades que dizem respeito à forma como a pessoa se expressa emocionalmente e ao seu comportamento social. “Têm ligação com a sua personalidade, comunicação, organização, flexibilidade e empatia. Ou seja, são habilidades que não são puramente técnicas, mas relacionadas a como os seres humanos colaboram com os outros e se comunicam. E essas características também serão cada vez mais buscadas por empresas e merece atenção de quem pretende ter sucesso nessa área”.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Por fim, o professor aponta que a área de tecnologia será uma das profissões mais procuradas e promissoras para os próximos anos, visando acompanhar o crescimento tecnológico do mundo e as necessidades de mercado.

Com informações de XCOM Agência de Comunicação FSG.


OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Conheça nossa parceria com o Meu Emprego Novo, com mais informações sobre empresas contratando.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “Cursos de tecnologia em alta: o que gera essa demanda e como entrar nesse mercado?”?

Cursos de tecnologia em alta: o que gera essa demanda e como entrar nesse mercado?
Foto: Reprodução da Internet

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso site para o Rio de Janeiro, o Jornal Grande Rio.

Junte-se a 5.580 outros assinantes