Reabertura gradual da economia neste domingo em Santo André

A Prefeitura de Santo André publicou neste sábado (17) decreto com as novas regras de funcionamento dos serviços da cidade, que entrará na fase de transição do Plano São Paulo a partir deste domingo (18). Com as medidas, o município de Santo André começa a reabertura gradual da sua economia, após período de intensificação das restrições para frear o avanço da Covid-19.

“Estamos colhendo os frutos do esforço conjunto de todos os andreenses. As medidas restritivas e a colaboração de cada munícipe surtiram efeito, as internações por Covid-19 estão em queda, o que nos permite de maneira segura e responsável retomar aos poucos as atividades econômicas”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A partir deste domingo está autorizado o funcionamento das atividades comerciais não essenciais, das 11h às 19h, observando-se o limite de 25% de ocupação da capacidade total. As atividades religiosas, que antes estavam suspensas, estarão liberadas até as 21h, também com limite de 25% de ocupação.

Entre os dias 18 e 23 de abril continuarão sem poder funcionar restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, atividades culturais, academias, e também escolas de dança e similares.

De acordo com o decreto, os restaurantes deverão manter fechados os acessos do público ao seu interior, podendo operar apenas pelos sistemas de delivery, retirada e drive-thru, através de realizações comerciais por meio de aplicativos, internet, telefone ou outros instrumentos similares, ficando autorizado o funcionamento do sistema até a meia-noite e o da retirada e do drive-thru até as 19h.

O decreto diz ainda que deverão permanecer em teletrabalho as atividades administrativas não essenciais.

A partir do próximo sábado (24) terá início uma nova etapa da fase de transição, com autorização de abertura de mais serviços.

No período de 24 a 30 de abril ficam autorizados a retomar o funcionamento presencial de suas atividades, observando-se o limite de 25% de ocupação da capacidade total, das 11h às 19h: restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, além de atividades culturais.

Os restaurantes e similares poderão funcionar no sistema delivery entre 19h e 0h. Academias, escolas de dança e similares também estão autorizados a abrir entre 24 e 30 de abril, das 7h às 11h e das 15h às 19h.

Até 23 de abril, todos os parques da cidade continuarão fechados.

Circulação e transporte – De acordo com o decreto do prefeito Paulo Serra, a circulação de pessoas e veículos estará restrita entre 18 e 30 de abril, das 22h às 4h, com exceção dos casos de necessidade, urgência e emergência.

O transporte coletivo municipal seguirá suspenso entre 22h e 4h até 23 de abril.

Veja a íntegra do decreto aqui.

Com informações da Prefeitura de Santo André

Gostou da nossa matéria “Reabertura gradual da economia neste domingo em Santo André“?

Reabertura gradual da economia neste domingo em Santo André
Foto: Alex Cavanha/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.379 outros assinantes

Consórcio ABC pede esclarecimentos sobre concessão do BRT e EMTU

Ofício da entidade, em que solicita informações sobre a concessão do BRT e EMTU regional, foi encaminhado ao secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC solicitou ao Governo do Estado esclarecimentos sobre a implementação do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) no Grande ABC e operação do Sistema Remanescente, composto pelas linhas intermunicipais alimentadoras e complementares da área de operação.

Em ofício ao secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, a entidade regional pede mais detalhes sobre a prorrogação antecipada da concessão do serviço de transporte coletivo intermunicipal por ônibus e trólebus no Corredor Metropolitano São Mateus/Jabaquara, que passou a incorporar a implementação, manutenção e exploração do Sistema BRT-ABC e do Sistema Remanescente.

O ofício pede informações sobre o planejamento, implementação e execução do Sistema BRT-ABC, incluindo o projeto dos corredores exclusivos, estudos de impacto em relação ao sistema viário local, desapropriações e interface entre a operação de transîto local e do corredor, além de propostas de integração com outros modais. 

Em relação ao Sistema Remanescente, o Consórcio ABC requer informações sobre os estudos e planejamento para racionalização da estrutura, de forma a evitar as atuais sobreposições às linhas municipais. Além disso, questiona se há perspectiva de efetivação de integração física, operacional e tarifária do sistema. 

“Solicitamos também, além da abertura do canal de diálogo técnico sobre as propostas em tela com os municípios do ABC, informações quanto ao cronograma do projeto, implantação e conclusão dos serviços”, afirma o documento.

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, reiterou a necessidade dos esclarecimentos por parte do Governo do Estado, pois trata-se de um projeto de “relevância histórica” para a região.

“A população das sete cidades quer saber todos os detalhes desses novos projetos para a mobilidade urbana no Grande ABC, incluindo seus impactos, cronograma e custos”, afirmou Paulo Serra. 

Gostou de “Consórcio ABC pede esclarecimentos sobre concessão do BRT e EMTU?

Consórcio ABC pede esclarecimentos sobre concessão do BRT e EMTU
Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Grande ABC Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.379 outros assinantes

Veja como funcionam atividades com restrição na fase emergencial

A fase emergencial do Plano São Paulo estabelece medidas mais duras de restrição de circulação pública e funcionamento de algumas atividades até o dia 11 de abril, inclusive parte daquelas classificadas como essenciais. Veja como funcionam atividades neste período.

A meta é reforçar o distanciamento social e reduzir a circulação urbana. Confira um resumo a seguir:

Veja como funcionam atividades



ESCRITÓRIOS EM GERAL E ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

COMÉRCIO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO – Proibido o funcionamento e atendimento presencial, mas ficam liberados os serviços de retirada por clientes com veículo (drive-thru) e entrega na casa do comprador (delivery).

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS (COMÉRCIO EM GERAL) – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

REPARTIÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

RESTAURANTES, BARES E PADARIAS – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local. Mercearias e padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercados, com proibição de consumo no local.

TRANSPORTE COLETIVO – Recomendação de escalonamento de horário para os trabalhadores da indústria, serviços e comércio. Os horários indicados são de entrada das 5h às 7h e saída das 14h às 16h para profissionais da indústria, entrada das 7h às 9h e saída das 16h às 18h para os de serviços; e entrada das 9h às 11h e saída das 18h às 20h para os do comércio.

EDUCAÇÃO ESTADUAL – Unidades abertas para distribuição de merenda a alunos carentes e entrega de materiais mediante agendamento prévio.

COMÉRCIO DE PRODUTOS ELETRÔNICOS – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

SUPERMERCADOS – Recomendação de escalonamento de horário para os funcionários utilizarem o transporte público para irem ao trabalho (entrada das 9h às 11h e saída das 18h às 20h).

HOTELARIA – Proibição de funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis. Alimentação permitida somente nos quartos.

ESPORTES – Atividades coletivas profissionais e amadoras suspensas.

TELECOMUNICAÇÕES – Teletrabalho (home office) obrigatório para funcionários de empresas de telecomunicação.

ATIVIDADES RELIGIOSAS – Proibição de realização de atividades coletivas como missas e cultos, mas permissão para que templos, igrejas e espaços religiosos fiquem abertos para manifestações individuais de fé.

Com informações do Governo do Estado de São Paulo.

Gostou de “Veja como funcionam atividades com restrição na fase emergencial?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.379 outros assinantes




Motorista de Micro Ônibus em Mauá e São Caetano

A Santa Brígida está contratando Motorista de Micro Ônibus nas cidades de Mauá e São Caetano. Os contratados realizarão o transporte para os clientes da empresa.

As inscrições são através da plataforma VAGAS.com, caso tenha dúvidas ou não saiba como cadastrar seu currículo, consulte este tutorial simples. Na relação abaixo, clique no título da vaga (em negrito e sublinhado) e será direcionado para inscrição no servidor.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas e informações sobre as vagas é por parte dos contratantes.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Whatsapp (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Motorista de Micro ônibus – Mauá

Viação Santa Brigida
Auxiliar/ Operacional

Faixa salarial R$ 1.860

Descrição:

Realizar o transporte de funcionários de nossos clientes.

Benefícios: Assistência médica, Assistência odontológica, Cesta básica, Cesta de natal, Vale-refeição e Vale-transporte

Motorista de Micro ônibus – São Caetano do Sul

Viação Santa Brigida
Auxiliar/ Operacional

Faixa salarial R$ 1.860

Descrição:

Realizar o transporte de funcionários de nossos clientes.

Benefícios: Assistência médica, Assistência odontológica, Cesta básica, Cesta de natal, Vale-refeição e Vale-transporte

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Motorista de Micro Ônibus em Mauá e São Caetano”?

Motorista de Micro Ônibus em Mauá e São Caetano

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Operação Verão Seguro: RP inicia ações 2020/2021

Operação Verão Seguro: Defesa Civil mobiliza a sociedade civil e membros do Poder Público com ações de prevenção durante o período de fortes chuvas

A Defesa Civil de Ribeirão Pires iniciou nesta terça-feira, dia 1, a Operação Verão Seguro (OVS) com objetivo de prevenir e reduzir os danos causados durante o período de chuvas fortes – previstos entre dezembro 2020 e abril de 2021.

Conjunto de ações preventivas e procedimentos emergenciais são estabelecidos na Operação. O Poder Público Municipal e a comunidade deverão adotar tais ações. Portanto, promovendo a organização e preparação de órgãos públicos para o gerenciamento de emergência e situações de perigo aos cidadãos durante os meses com maior intensidade de chuvas.

Com o objetivo de ampliar o entendimento da população sobre as ações de segurança durante o período, as redes sociais oficiais da Prefeitura compartilharão conteúdo de conscientização. Além disso, a prefeitura realizará vistorias e orientações nas áreas de maior atenção.

As atividades preventivas já começaram. Na última semana, por exemplo, a galeria pluvial localizada na região Central da cidade recebeu limpeza preventiva. Além da limpeza e desassoreamento do Ribeirão Grande. Da mesma forma, a Avenida Prefeito Valdírio Prisco, córregos na Quarta Divisão, Estrada da Cooperativa e em Ouro Fino, também foram ações já realizadas pela Prefeitura.

Orientações da Defesa Civil – Operação Verão Seguro

Com a previsão de chuvas fortes, as indicações feitas pela Defesa Civil são:

– Não jogue lixos e entulhos nas ruas e beiras de rios;

– Verifique calhas e telhas quebradas;

– Fique atento ao surgimento de goteiras, estufamentos e trincas em paredes, terrenos e muros;

– Fique atento a árvores, muros e postes inclinados; estalos ou aumento de trincas em pedras; águas mais barrentas.

Ao verificar algum destes sinais, saia imediatamente do local e acione a Defesa Civil.

– Em caso de emergência, acione a Defesa Civil Municipal. Telefones 199 ou 4825-1830.

Operação Verão Seguro
Defesa Civil inspecionando bueiro em Ribeirão Pires. Foto: Divulgação

Acidentes nas rodovias paulistas: Em 2020 já registraram mais de 28 mil

De cada dez acidentes com mortes ocorridos de janeiro a outubro de 2020 nas rodovias que compõem o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, quatro envolveram motociclistas. De acordo com a concessionária CCR AutoBan, as motocicletas representam apenas 2,5% do total de veículos que circulam pelas autopistas do complexo. Acidentes nas rodovias paulistas

A Rodovia Anhanguera liga a capital paulista ao norte do estado. A Rodovia Bandeirantes, por sua vez, conecta a capital a importantes municípios de São Paulo, como Campinas.

Segundo o gestor de Atendimento da CCR AutoBan, Fabiano Adami, a concessionária procura organizar campanhas para orientar os motociclistas sobre segurança no trânsito. Uma das instruções de prevenção de acidentes é evitar trafegar pelos corredores que se formam entre os automóveis.

De acordo com levantamento do InfosigaSP, banco de dados que reúne informações da Polícia Civil, da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal, as rodovias paulistas concentraram 20,1% dos acidentes com vítimas. No total, em 2020, ocorreram mais de 28,7 mil acidentes entre Janeiro e Outubro.

Fonte: Agência Brasil

Consórcio ABC recebe 76ª Reunião do Fórum Paulista de Mobilidade

Evento será realizado de forma virtual em 25 de novembro e terá o Consórcio ABC como anfitrião

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC será o anfitrião da 76ª Reunião do Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade, marcada para 25 de novembro. O evento será realizado por meio de videoconferência e vai reunir secretários municipais, técnicos e especialistas, além de empresas privadas do setor.

O encontro é organizado pela secretaria executiva do Fórum Paulista e pela Organizadora de Eventos para Mobilidade Urbana, tendo o Consórcio ABC como parceiro na realização e apoio da Secretaria Estadual de Logística e Transporte.

A reunião terá como pauta a apresentação do processo “Modelagem de informação da construção”. Trata-se de uma tecnologia 3D inteligente, baseada em um modelo que equipa os profissionais de arquitetura, engenharia e construção com informações e ferramentas para planejar, projetar, construir e gerenciar edificações e infraestrutura. A iniciativa permite mais eficiência e otimização de recursos financeiros.

As inscrições são gratuitas. Clique aqui para se inscrever.

Guia de transporte público deve orientar eleitos deste ano

Objetivo da publicação é oferecer diretrizes para a implementação de melhorias do setor

Entidades de transporte público, ONGs, especialistas e empresas privadas divulgaram uma publicação para orientar os políticos eleitos nas eleições municipais deste ano com ações referentes ao setor. O documento possui propostas ligadas ao transporte coletivo e foi dividido em oito temas, tais como: transparência, infraestrutura, financiamento, ações emergenciais, entre outros. 

O guia intitulado “Como ter um transporte público eficiente, barato e com qualidade na sua cidade”, já está disponível na internet aos postulantes no pleito deste ano. Segundo os autores da publicação, as sugestões contidas no documento podem ser implementadas entre 2021 a 2024, período do mandato dos políticos eleitos neste ano.

Rodrigo Tortoriello, presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Mobilidade Urbana, uma das entidades signatárias do documento, e secretário extraordinário de Mobilidade Urbana de Porto Alegre, afirma que um dos objetivos do guia é fornecer aos gestores públicos propostas de fácil implementação. 

“Melhorar o transporte público não necessariamente exige grandes somas de dinheiro. O próprio guia mostra isso, expondo medidas que podem ser implementadas rapidamente e de baixo custo e que trazem resultados positivos à sociedade”, explica. 

O principal direcionamento do guia refere-se a ações de melhoria dos ônibus urbanos, que respondem a 85,7% dos deslocamentos de pessoas em transporte público nos municípios brasileiros.  O documento aponta soluções para a falta de recursos e linhas de crédito que impedem ou retardam as melhorias na infraestrutura urbana.

A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) também contribuiu com as propostas. Otávio Cunha, presidente-executivo da entidade, afirma que um dos entraves para a melhoria do setor é a forma de seu financiamento, que é sustentado pelos passageiros. De acordo com ele, uma das soluções para o problema seria toda a população pagar tarifas públicas de transporte, independente de usá-lo ou não, seguindo exemplos de países mais ricos. 

“No Brasil, apenas o passageiro sustenta o serviço. O transporte de qualidade tem custo elevado. Essa tarifa que a população acha que está cara, possui um valor elevado para quem paga e insuficiente para a prestação de um serviço de boa qualidade.”

Pandemia

Os impactos financeiros no setor por conta da pandemia do novo coronavírus também estão presentes na publicação. Os autores alegam que as medidas implementadas em várias cidades foram cruciais para minimizar os efeitos da doença e que, em alguns municípios, ações econômicas ainda serão necessárias em 2021.

Fonte: Brasil 61