Diadema divulga balanço contra pancadões no final de semana

Só entre a noite de sexta (19/03) e a manhã de segunda (22/03) a Operação Paz e Proteção impediu a ocorrência de aglomerações, desordens e pancadões em três áreas críticas: Núcleo Gazuza, no Casa Grande; Morro do Samba e Núcleo Júpiter/Piratininga, ambos na região do Serraria. A Guarda Civil de Diadema (GCM) continua no combate ao avanço da pandemia da Covid-19.

Diadema divulga balanço contra pancadões no final de semana



Foram realizadas mais de 300 ações de revistas/abordagens de pessoas e de vistorias de carros e motos, além da emissão de 24 Autos de Infração de Trânsito (AIT) e quatro Boletins de Ocorrência. Não houve casos de prisões nem apreensões de veículos.

Segundo a Secretaria de Defesa Social de Diadema, embora a GCM tenha conseguido êxito e impedido a ocorrência de pancadões em três pontos do município, atualmente há pelo menos mais quatro outros locais críticos. “A cada operação, vamos ampliar a cobertura da cidade e intensificar o combate a essas aglomerações e festas clandestinas. Para isso, a Prefeitura conta com o empenho e dedicação da GCM e com a parceria da PM e Polícia Civil”, explicou o secretário municipal de Defesa Social, Benedito Domingos Mariano.

A GCM já fiscalizou mais de 1.100 comércios no lockdown

Eles também estão à frente da fiscalização do lockdown e conta com apoio da PM e da Polícia Civil. Desde o dia 06/03, a ação vistoriou 1.114 estabelecimentos flagrados contrariando as restrições sanitárias e, portanto, contribuindo para o agravamento da pandemia.
De acordo com o balanço da GCM, até hoje, 22/3, a fiscalização resultou em 841 orientações; 206 advertências; 59 notificações; quatro lacrações; quatro inquéritos contra saúde pública. Essa força tarefa conta também com agentes de outros órgãos e secretarias municipais: Defesa Social, Segurança Alimentar, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente, Defesa Civil, Vigilância Sanitária, Diadema Legal e Departamento de Trânsito.

Canal de denúncia ganhou linha 0800

A GCM Diadema ampliou os canais de atendimento à população. Agora, tem mais uma opção de telefone: 0800-7705-559.
Os tradicionais números continuam valendo, basta ligar 153 ou 4043-6330 (Central de Operações).
Outra opção de contato com a Guarda é por meio do e-mail gcm@diadema.sp.gov.br.
Vale ressaltar que em todos os canais de atendimentos, o sigilo é garantido.

Já para falar com Polícia Militar ou a Polícia Civil: ligar 190 ou 181, respectivamente.

Gostou de “SDiadema divulga balanço contra pancadões no final de semana?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.090 outros assinantes


Diadema discute a questão dos pancadões com comando da PM

Quando a ordem do dia é o combate à pandemia da Covid-19, as ações para evitar as grandes aglomerações dos pancadões são intensificadas pela Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar de Diadema.

O assunto foi pauta do encontro ontem (11/30) no Paço Municipal, entre o prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior; o comandante do 24º Batalhão da Polícia Militar, coronel PM Patrício; e o comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar de Diadema, capitão Modesto.


Desde o começo do ano, a Secretaria de Defesa Social de Diadema passou a organizar ações policiais de ocupação nos locais em que são organizados os pancadões. Batizada de Operação Paz e Proteção, a ação tem caráter preventivo e é realizada pela GCM e PM, conjuntamente. “Meu governo tem noção de que a questão dos pancadões é um dos problemas mais complexos de Diadema. A solução vai exigir muito trabalho e inteligência, por isso, estamos sempre dialogando com a PM visando aperfeiçoar nossa parceria”, explicou o prefeito Filippi.


Após o encontro, o secretário de Defesa Social de Diadema, Benedito Mariano, explicou que a conversa serviu para fortalecer ainda mais a parceria com a PM. “O resultado disso é que as próximas ações para conter os pancadões serão mais eficientes, tanto no campo sanitário de combate às aglomerações que agravam a pandemia, quanto na área da segurança pública”, afirmou o secretário.


Já o deputado estadual Luiz Fernando, que também participou da discussão, se colocou à disposição da Prefeitura e prometeu destinar recursos de emendas parlamentares para investimentos na área de segurança pública em Diadema.

Gostou de “Diadema discute a questão dos pancadões com comando da PM?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.090 outros assinantes