Maxwell dos Santos lança conto gratuito sobre mazelas da educação

‘Senza pietà’ se passa em Vitória e debate o fracasso e as mazelas da educação.

A clássica questão do fosso entre o ensino público e o privado é a tônica de ‘Senza pietà’, conto do jornalista Maxwell dos Santos disponível para download gratuito em http://bit.ly/contosenzapietapdf (PDF), http://bit.ly/contosenzapietaepub (EPUB) e http://bit.ly/senzapietamobi (MOBI)

Este conto tem o claro objetivo de debater o fracasso escolar na rede particular de ensino e desconstruir o conceito de meritocracia, onde o sucesso e o fracasso dependem exclusivamente do indivíduo, mas no caso é o aluno Rodrigo, que acabara de perder a bolsa de estudos no Michelangelo, o colégio mais caro de Vitória, onde estudam os filhos dos donos do PIB do Espírito Santo e devolvido à escola pública de origem, como se fosse uma experiência que deu certo.

Vindo de escola pública, com o ensino precário e constantes graves, o adolescente não estava preparado para o altamente conteudista e vestibulável currículo daquela escola de elite, tampouco tinha inteligência emocional para suportar as pressões por resultados, entrando em conflito com os alunos.

Espera-se que este opúsculo contribua com os debates sobre a educação no Brasil.

Maxwell dos Santos lança conto gratuito sobre mazelas da educação
Jornalista e autor Maxwell dos Santos. Foto: Divulgação

Sobre Maxwell dos Santos

Maxwell dos Santos é brasileiro, nasceu em Vitória/ES em 1986 e mora na referida cidade. É jornalista, radialista, designer gráfico e servidor público da Prefeitura de Cariacica desde 2017 e professor de Literatura Brasileira dos cursinhos populares Risoflora e Atitude. É técnico em Multimídia pelo CEET Vasco Coutinho, licenciado em Letras/Português pelo Instituto Federal do Espírito Santo, licenciando em História pelo Centro Universitário Internacional, pós-graduando em Letras: Português e Literatura pela Faculdade de Ciências da Bahia e especialista em Educação Especial com Ênfase em Transtornos Globais do Desenvolvimento e Superdotação pela Faculdade de Educação Paulistana.

Gostou da nossa matéria “Maxwell dos Santos lança conto gratuito sobre mazelas da educação“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Caderno Cultural. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Uma história de amor aos livros: Ela nasceu Clarice

O lançamento “Ela nasceu Clarice”, obra escrita por Ana Rapha Nunes, ilustrada por Ana Laura Alvarenga, e editada pela Compor Editora, do Grupo Editorial Lê, traz
uma homenagem à escritora Clarice Lispector, que teve o centenário comemorado no
último mês de dezembro.

O livro conta a história de uma menina chamada Clarice, que terá a leitura como companheira de vida desde a infância. Um dia, ela descobrirá Clarice Lispector nas
páginas de um livro. E, através das histórias dessa grande autora, a menina irá conhecer melhor ela mesma e o mundo.

Nas páginas de Clarice Lispector, a menina Clarice se encantou com palavras de sonhos, medos e ausências que se pareciam muito com as suas. Vozes femininas, como, por exemplo, as de Clarice Lispector, Cecília Meireles, Lygia Bojunga e Cora Coralina passaram a povoar essa Clarice.

As ilustrações desenvolvem um belo diálogo com a narrativa, apresentando uma paleta de cores que chama a atenção do leitor. A parceria entre a escritora e a ilustradora já rendeu um prêmio em outra obra recente, que foi uma das ganhadoras do Concurso Outras Palavras, promovido pelo Estado do Paraná.

“Ela nasceu Clarice” é sobretudo uma história de amor aos livros. A obra está disponível no site da editora e em diversas livrarias.

Ela nasceu Clarice
Divulgação

A escritora Ana Rapha (site da autora: www.anaraphanunes.com.br) nasceu no Rio de Janeiro e mudou-se ainda na infância para Curitiba. Desde criança, ela vivia cercada por histórias.

Sua paixão pelos livros a fez cursar Letras. Tornou-se professora e, em suas aulas, sempre despertava sonhos nas asas da Literatura.

Em 2015, lançou sua primeira obra. Pouco depois, passou a visitar escolas espalhadas
pelas veredas do Brasil, realizando palestras para professores e estudantes. Um de seus livros foi finalista na categoria infantil do Prêmio Jabuti em 2019. E outro, recentemente, ficou entre os ganhadores do Prêmio Outras Palavras, promovido pelo
Governo do Paraná.

Ana Rapha Nunes, autora de “Ela Nasceu Clarice”. Foto: Divulgação

A ilustradora Ana Laura nasceu em Franca, onde vive até hoje. Desde a infância foi descobrindo o mundo das artes e da pintura.

Formou-se em Design Gráfico e fez vários cursos de aprimoramento. Utiliza várias
técnicas, dentre elas a aquarela é uma das que se destaca.

Iniciou sua carreira na Literatura Infantil em 2020, sendo que um dos livros que ilustrou
ficou entre os ganhadores do Prêmio Outras Palavras, promovido pelo Governo do
Paraná.

Gostou da nossa matéria “Uma história de amor aos livros: Ela nasceu Clarice“?

Ela nasceu Clarice
Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Caderno Cultural. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Dia Nacional do Livro Infantil: Leia com as crianças estas obras

Estimular a leitura desde a infância traz inúmeros benefícios para o desenvolvimento da criança. É nessa fase que elas mais absorvem informações e as historinhas têm sido ótimas aliadas para ajudar pais e filhos na hora de enfrentarem um novo ciclo na vida. Por isso é tão importante colocá-los em contato com obras lúdicas e bem ilustradas desde muito cedo.  E neste Dia Nacional do Livro Infantil, 18 de abril, separamos cinco livros lúdicos de escritores nacionais para ler e se divertir com as crianças. Entre as obras selecionadas está o lançamento do ator Lázaro Ramos que ajuda a garotada a desenvolver entre outras habilidades a autonomia. Manter-se familiarizados com a literatura é necessário e esses “amigos lúdicos” vão dar uma mãozinha. Confira!

Dia Nacional do Livro Infantil Lázaro ramos

O Pulo do Gato
Gusmão era um menino “querente”. Queria aprender o passinho de dança, queria tomar chuva sem hora pra acabar, queria acalmar a avó. Queria tudo e ao mesmo tempo – como toda criança.  Um dia, Gusmão teve um sonho, sonhou que era um coelho e que estava em um circo. Mas Gusmão, todo querente, não queria ser coelho, queria mesmo era ser mágico. No meio dessa aventura circense, o menino vai descobrir que o mais importante é não desistir do próprio do sonho.  O pulo do coelho é uma história sobre liberdade, autonomia e esperança – ideal para discutir com as crianças temas como: lidar com as frustrações (os fracassos e os sucessos); lidar com a liberdade; cuidar dos próprios brinquedos; cuidar da própria higiene. 

(Autor:  Lázaro Ramos | Editora: Carochinha | Link de venda aqui)

alessandra camargo

Semente em Versos
Pedidos, vontades e impasses tão comuns no início da primeira infância inspiram os cinco poemas que formam o segundo volume da série “Poesia para Criança”. Entre conscientizar sobre a responsabilidade de se ter um pet e a importância de cuidar do meio ambiente, os versos também apresentam e normalizam para o público infantil a vulnerabilidade dos adultos. O estímulo para a dedicação escolar e do desenvolvimento da espiritualidade são outros assuntos abordados ludicamente por Alessandra em meio as rimas. (Autora: Alessandra Camargo | Link de venda aqui)

Dia Nacional do Livro Infantil maíra lot micales samanta flôor

Careta pra chupeta!
Um ótimo livro para crianças que precisam largar a chupeta e para pais que querem auxiliar nessa jornada! Além de educativo e

ricamente ilustrado traz uma introdução sobre a importância do reflexo de sucção quando bebê e a decisão dos pais de oferecerem ou não a chupeta. Além disso, conta com regras para não banalizar o uso do objeto e dicas de higienização; as vantagens e desvantagens; qual idade é indicada para abandonar o hábito com o passo a passo e orientações para pais de crianças maiores de dois anos. 

(Autora: Maíra Lot Micales | Editora: Caminho Suave | Link de venda aqui)

isabel cintra

Corvo-Correio
Tolerância, igualdade, representatividade. A tríade forma a mensagem principal da obra da escritora Isabel Cintra, que ‘fala’ com crianças sobre racismo sem mencioná-lo. O livro conta a história do Corvo José, que por ser diferente foi impedido pela Coruja Mafalda de fazer parte do seleto grupo dos pombos-correio. Um enredo sensível e fácil de se identificar. Afinal, quem nunca desanimou diante das adversidades, ainda mais quando o pré-julgamento se apresenta, irredutível? (Autora: Isabel Cintra | Editora: Mazza | Link de venda aqui)

Dia Nacional do Livro Infantil leni zillioto

Pirulito RodaPé
É uma história para divertir e interagir, que traz magia para quem escuta e para quem lê. Tem história, tem joguinho, tem desenho pra pintar e folha em branco pra desenhar. Tem amor, tem carinho e muita gargalhada pra dar! Pirulito é doce, é palhaço, é brinquedo de papel. É uma historinha gostosa para aproveitar com os pequenos e trazer a eles o rico universo da literatura e a alegria própria do palhaço de circo. O enredo retrata um pouco de nossa trajetória como educadores e artistas e tem o poder de nos transformar-nos em pessoas melhores. Está traduzido para 5 idiomas: inglês, francês, italiano, espanhol e alemão.

(Autora: Leni Zilioto | Link de venda aqui)

Gostou da nossa matéria “Dia Nacional do Livro Infantil: Leia com as crianças estas obras“?

Dia Nacional do Livro Infantil. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Caderno Cultural. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Histórias do personagem André liberadas para download gratuito

Com o propósito de levar cada vez mais informações sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), o Instituto Mauricio de Sousa (IMS), em parceria com a Revista Autismo e o Instituto Singular, preparou uma surpresa especial! Até o final de abril, considerado o mês do autismo, as histórias em quadrinhos do André, personagem com autismo da Turma da Mônica, estarão disponíveis para download por meio do link https://institutosingular.org/baixe-agora/livros.

A ação visa dar auxílio às pessoas para que saibam dos sintomas do espectro, alerte pais, familiares e professores sobre a importância do diagnóstico precoce e esclareça sobre o comportamento que deve ser adotado com uma criança autista.

Para o diretor executivo do Instituto Mauricio de Sousa, Amauri Sousa, a iniciativa é uma excelente oportunidade para que se tenha acesso à informação de qualidade, de maneira clara e lúdica. “Ficamos muito felizes com o reconhecimento que os conteúdos desenvolvidos dentro da parceria entre o Instituto Mauricio de Sousa e a Revista Autismo têm recebido. Consideramos importante que as histórias com o André cheguem ao maior número possível de pessoas, levando não apenas informações sobre o espectro do autismo, mas também representatividade”.

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa (IMS)

Fundado nos anos 90, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos que, por meio de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.

Gostou da nossa matéria “Histórias do personagem André liberadas para download gratuito“?

Histórias do personagem André liberadas para download gratuito
Arte: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Livros que todos profissionais do marketing devem ler

Marcelo Trevisani – Chief Marketing Officer (CMO) é autor de “Livros que todos profissionais do marketing devem ler”

Tempos atrás fiz um artigo indicando alguns livros que me serviram de inspiração na minha jornada profissional. Mas, como a leitura é um hábito constante, e como a busca por conhecimento e a evolução devem ser uma busca incessante, senti a necessidade de elencar mais alguns. São obras que abordam as transformações digitais e de liderança ou que trazem cases de empresas que alcançam significativos impactos de negócios por meio de métodos ágeis. O que pretendo aqui é aguçar a curiosidade de vocês e lembrar que precisamos sempre de novos estímulos para nos tornamos melhores pessoas e profissionais. Então, aqui vão mais 7 títulos que me trouxeram importantes insights:

  1. Inspired: How to Create Tech Products Customers Love, 2018, Marty Cagan.

O autor Marty Cagan é líder do pensamento sobre gerenciamento de produtos de tecnologia e traz na obra histórias pessoais e perfis de gerentes de produto mais bem-sucedidos da atualidade. O livro vale muito ser lido, já que a gestão de produtos se torna cada vez mais importante nas organizações para garantir que elas tenham domínio sobre a construção de experiências digitais e sejam capazes de assegurar que o valor que a companhia ambiciona – e precisa – oferecer para continuar a ser relevante para seu público seja de fato entregue.

  1. Bank 4.0: Banking everywhere, never at a bank, 2018, Brett King.

Brett King é um futurista e estudioso do sistema bancário e o primeiro autor a falar sobre fintechs. Neste livro ele faz uma análise preditiva sobre o futuro dos bancos neste emergente mundo da tecnologia e como acompanhar estas mudanças com sucesso. Em suas previsões, o autor orienta leitores a conhecerem de maneira mais profunda essas novas instituições financeiras que surgem a cada dia, a estudar os bancos digitais e transações via blockchain para antecipar novas tendências de mercado e se manter frente aos concorrentes.

  1. Sprint O Método Usado no Google Para Testar e Aplicar Novas Ideias em Apenas Cinco Dias, 2017, Jake Knapp, John Zeratsky, Braden Kowitz.

Jake Knapp apresenta os passos para implementar e utilizar o Design Sprint, método usado pelo Google com o foco em desenvolver e testar ideias em apenas cinco dias. O livro descreve passo a passo o processo de resolução de problemas baseado no conceito Sprint. O método é simples: basta reunir de 5 a 7 pessoas de áreas e expertises diferentes por 5 dias com um problema de negócios a ser solucionado. A resolução deste é realizada em cinco passos: mapear e identificar o problema principal, criar algumas soluções, ‘prototipar’ a melhor solução e testá-la com usuários/clientes reais. Cada integrante analisa e aprende a situação e apresenta sua solução para que o grupo, colaborativamente, chegue a um denominador comum, transformando todos os insights em um resultado satisfatório e pronto para ser testado.

  1. Negotiation Genius, How to Overcome Obstacles and Achieve Brilliant Results at the Bargaining Table and Beyond, 2007, Deepak MalhotraMax Bazerman.

Baseando-se em décadas de pesquisa comportamental e na experiência de milhares de clientes empresariais, os autores Deepak Malhotra e Max Bazerman, líderes em educação executiva na Harvard Business School, falam sobre as habilidades essenciais, estratégias e técnicas para uma negociação bem-sucedida baseando-se em casos.

  1. Organizações exponenciais: Por que elas são 10 vezes melhores, mais rápidas e mais baratas que a sua (e o que fazer a respeito), 2015, Salim Ismail, Michael S. Malone, Yuri Van Geest.

A obra explica as principais diferenças entre as empresas tradicionais e as exponenciais usando o conceito dos 6 Ds: digitalizado, disfarçado, disruptivo, desmaterializar, desmonetizar e democratizar.

  1. Hacking Marketing: Agile Pratices to make Marketing Smarter, Faster and more Innovative, 2016, Scott Brinker

Scott Brinker apresenta um manual no qual explica como as empresas podem se adaptar ao novo mundo e aprender a liderar na era digital. O autor descreve como aplicar conceitos de gerenciamento inspirados em software para acelerar o marketing moderno e ampliar os nossos mindsets. No cenário atual, ser ágil no marketing requer muito mais do que velocidade de ação. Agilidade neste aspecto tem a ver com a sabedoria de captar dados e analisá-los de modo contínuo para aproveitar as oportunidades e soluções em tempo real.

  1. The Four: The Hidden DNA of Amazon, Apple, Facebook, and Google, 2017, Scott Galloway.

Scott Galloway revela os segredos do poder e do sucesso das quatro maiores empresas exponenciais do mundo. De maneira divertida, o autor faz com que você nunca mais enxergue essas empresas e a forma como elas estão na presentes na sua vida da mesma maneira.

Marcelo Trevisani – com mais de 20 anos de experiência como profissional nas áreas de Digital Marketing, Transformação Digital, Inovação, Chief Marketing Officer, é considerado um dos nomes mais relevantes da área. Participou de grandes cases de Marketing Digital do Brasil para empresas como Tecnisa, BRF, Itaú, Coca-Cola, Nestlé e Vivo, além de ter sido finalista e vencedor em prêmios como Caboré 2017 e CMO 2019, respectivamente. Atualmente, como Chief Marketing Officer, embasa seu trabalho em 3 pilares: Marketing – pelo foco no consumidor, Growth – pelo foco em crescimento de negócio e Marketing Digital e Growth Hacking – como facilitadora de trabalhos. Foi criador e professor do primeiro curso de pós-graduação em Marketing Digital do Brasil, além de professor de MBAs e Pós-Graduações por mais de 10 anos em instituições como ESPM, FGV Business School e FIAP. Também é palestrante em eventos relacionados à Nova Economia, Transformação Digital, Marketing Digital e Growth Hacking em locais como ESPM, Endeavor, CUBO Itaú, SEBRAE, Digitalks, Casa Digital, ProXXima, Social Media Week, In Companies entre outros.

Gostou da nossa matéria “Livros que todos profissionais do marketing devem ler“?

Livros que todos profissionais do marketing devem ler
Livros que todos profissionais do marketing devem ler. Foto: PixaBay – StockSnap

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Escritor Julio Ribeiro lança dois romances durante a pandemia

O isolamento trouxe à tona questões existenciais, escolhas e amores, temas para o escritor Julio Ribeiro

A literatura sempre esteve presente na vida do escritor Julio Ribeiro. Tanto que em 2020, durante a pandemia, lançou dois romances, que se misturam e se completam, passeando por vários lugares diferentes, mas que tratam de questões existenciais, escolhas e amores.

“Cabeça, Corpo e Alma”, encanta pelos seus cenários e contrastes humanos do mundo, seja nas andanças pela África, na primavera florida de Amsterdã, na pulsante Nova Iorque, ou navegando pelas águas do Rio Amazonas, entre outros lugares. A história trata de conflitos, medos, esperanças e sonhos. A trama envolvente narra, em terceira pessoa, as vivências paralelas de dois homens, Oscar e Henri, cada qual com as suas escolhas, divertimentos e arrependimentos. Até que uma enfermidade os torna protagonistas de uma mesma experiência médica, expondo as fragilidades e as emoções das pessoas.

Na novela ” Um chimarrão com o Diabo”, narrado na primeira pessoa e passado em um cenário local, o autor levanta perguntas como: quem manda em nossas vidas? O que pensamos? O que não podemos? Como lidar com quaisquer possibilidades, ou com suas ausências? Com profundidade emocional levanta essas perguntas e algumas possibilidades de respostas que podem surpreender.A sábia lição que o livro ensina é antiga – nem por isso menos perigosa: a associação com o mal nunca acaba bem. Tudo tem um alto preço: o abuso do poder e da ganância sempre somam-se em um desfecho fatal.

Entrevista:

Julio, fale-nos um pouco sobre o livro “Cabeça, Corpo e Alma”, como ele foi concebido? Ficamos sabendo que ele é fruto também de uma pesquisa pessoal, certo?

Julio Ribeiro: O livro ” Cabeça, Corpo e Alma” começou a nascer em 2018, aí mesmo no Rio, quando eu estava participando de um evento literário na Casa França Brasil. Depois, de volta ao Rio Grande do Sul, segui pesquisando. Eu sabia que algo bom e interessante estava brotando, li muito sobre medicina, sobre lugares e deixei que a trama me conduzisse como um rio caudaloso. E foi, justamente nesse momento, que decidi ir para o Amazonas sorver o que fosse possível da experiência dos meus personagens. Sei que é clichê falar assim, mas foi a cereja do bolo. O que eu ouço e leio das pessoas que me dão um feedback é maravilhoso, por isso estou muito feliz com o resultado final.

E quanto ao “Um Chimarrão com o Diabo”? Tem uma “pegada” mais regionalista, certo?

Julio Ribeiro: O livro ” Um Chimarrão com o Diabo” é muito diferente de tudo que eu já tinha feito. Acho que escrever em primeira pessoa é muito difícil, mas ele fluiu com uma naturalidade espantosa, escrevi o livro em noventa dias. Na verdade os amigos me cobravam que os meus livros falavam de coisas de Rio e São Paulo, ou mesmo do mundo, mas pouco sobre os gaúchos, estão resolvi fazer uma narrativa local, cenários, história, narrados em primeira pessoa pelo Pedro, que vai desfiando o novelo de sua vida, ” no dizer de Saramago”, onde o simples e singelo se metamorfoseiam em uma trama densa, emocionante e muito rica. Acredito que o ambiente da pandemia, de isolamento e perdas, influenciou as reflexões sobre a experiência de existir.

Sobre o autor:

Nascido em 1967, em Santiago/RS,  e residindo em Canoas/RS com a família, Julio Ribeiro é graduado em Sociologia e pós graduado em Filosofia, e trabalha como Professor e Diretor de uma escola pública em Nova Santa Rita. Sua primeira participação foi em ‘1ª Antologia Poética’ (1987), depois organizou o livro ‘Semeando Letras Colhendo Sonhos’, com poemas e contos dos estudantes da rede pública (2005), e em 2016 publicou ‘Da Caverna ao Shopping, Os Labirintos da vida’, com 18 contos.

Seu primeiro romance foi ‘Escolhas do Amor e do Tempo’, lançado na 63ª Feira do Livro de Porto Alegre (2017) e no Salão Internacional do Livro no RJ (2018), com grande aceitação do público em todo o país.

‘Cabeça Corpo e Alma’ ficou pronto em 2019, mas o lançamento ocorreu em 2020, em São Paulo, um mês antes de ‘O Chimarrão com o Diabo’ ficar pronto.

Serviço:

01. Cabeça, Corpo e Alma, Editora Lendari, 1ª edição, São Paulo, 2020, 160p, ISBN 978-65-88762-02-8. Literatura fantástica, Romance fantástico, Literatura brasileira. Disponível na Amazon e no Google Play.

02. O Chimarrão com o Diabo, 1ª edição, Editora Alcance, Porto Alegre, 2020, 160p, ISBN 978-65-86910-20-9. Literatura Rio-Grandense, Romance Rio-Grandense. Disponível nas livrarias online: Amazon, Kobo, Americanas, Mercado Livre, Mercado Shops.
Os livros podem ser encontrados nas versões impressa e ebook, pela Amazon e outras plataformas (acima) ou pelo e-mail escritorjulioribeiro@gmail.com
Instagram: @julio.ribeiro.7543
Confira em LITERATURA – Portal ArteCult.com
Em : artecult.com/julio-ribeiro-lanca-dois-romances-emocionantes-que-se-misturam-e-se-completam

Participe no Instagram e no Facebook. Compartilhe!
https://www.instagram.com/p/CMk4DrYJKUs/?igshid=1qrd8hw0rob18

Gostou de “Escritor Julio Ribeiro lança dois romances durante a pandemia?

Escritor Julio Ribeiro lança dois romances durante a pandemia
O escritor Julio Ribeiro. Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

“Soft Skills” estreia na lista dos livros mais vendidos do Brasil

Destaque na lista da Veja e PublishNews, obra inédita destaca que profissionais do futuro serão selecionados pelo comportamento. Confira sobre o livro Soft Skills.

O livro de coautoria “Skills: competências essenciais para os novos tempos, com coordenação editorial de Lucedile Antunes estreou nessa segunda semana de dezembro na lista dos mais vendidos no Brasil pela revista Veja, categoria “Autoajuda” e no PublishNews. Nesse último, o livro conquistou a primeiro lugar na categoria “Negócios” e a sexta colocação no ranking geral de vendas no país.

O já considerado best-seller desde a sua pré-venda, em outubro, já dava indícios do seu sucesso, pois já estava na lista de mais vendidos na Amazon.

Lançado em novembro de 2020, o livro reúne grandes especialistas que compartilharam seus conhecimentos e valiosas experiências. Os capítulos são apresentados em um estilo que prende a atenção do leitor, do começo ao fim.

Relacionamento interpessoal, comunicação, liderança, negociação, empatia etc., vão muito além dos bancos de faculdade. Você sabia que os profissionais são contratados pelo currículo e demitidos pelos comportamentos? As “soft skills”, tema do livro, são habilidades comportamentais diretamente relacionadas à inteligência emocional das pessoas. Essas capacidades são, normalmente, adquiridas por meio das experiências vivenciadas ao longo do tempo, e não em livros e cursos, como é o caso das “hard skills”. A falta de soft skills provoca problemas comportamentais que afetam os resultados dos negócios e, principalmente, a relação entre as pessoas, causando muitas vezes desgastes e consequentemente desmotivação.

Do mesmo modo que a tecnologia e a inteligência artificial avançam rapidamente, as soft skills dificilmente serão copiadas pelos robôs. É o que revela essa obra inédita no Brasil, lançada pela Literare Books International.

Quer saber mais? Adquira o livro!

Versão impressa: https://bit.ly/loja-literare-soft-skills
Versão digital: https://bit.ly/ebook-literare-soft-skills
Saiba mais em: https://bit.ly/livrosoftskills

Gostou de ““Soft Skills” estreia na lista dos livros mais vendidos do Brasil?

“Soft Skills” estreia na lista dos livros mais vendidos do Brasil

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

ONA lança livro gratuito “Jornada da Acreditação”

E-book Jornada da Acreditação está dividido em 11 capítulos e conta com a contribuição de diversos autores. O conteúdo é um guia para organizações de saúde que buscam iniciar ou aperfeiçoar seus processos ligados à promoção da segurança do paciente.

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) lança o livro “Jornada da Acreditação”, disponível em formato digital e gratuito. Para contribuir com a obra, foram convidados especialistas brasileiros de diferentes áreas.

“No mês de abril, em que comemoramos o Dia Mundial da Saúde e o aniversário do Programa Nacional de Segurança do Paciente, este é um presente para todos os profissionais e colegas que queiram iniciar, aprimorar ou continuar no processo de acreditação”, afirma Gilvane Lolato, gerente de Educação da ONA.

A publicação faz parte da campanha “A ONA acredita na sua saúde”, lançada no dia 5 de abril, na mesma semana em que é celebrado o Dia Mundial da Saúde, e que segue até o dia 17 de setembro, Dia Mundial da Segurança do Paciente. O objetivo é compartilhar mais informações sobre os padrões de Qualidade e Segurança do Paciente com todos os públicos – pacientes e familiares, cuidadores e profissionais de saúde.

Entre as ações da campanha, também estão previstos outros conteúdos educativos, como vídeos, cursos gratuitos, webinars e posts para sensibilização nas redes sociais. Os materiais serão disponibilizados ao longo dos próximos meses no portal e nas redes sociais da ONA.

Capítulos do livro
Capítulo 1 – Sistema Brasileiro de Acreditação (SBA)
Capítulo 2 – Gestão de qualidade
Capítulo 3 – Gestão e avaliação dos processos
Capítulo 4 – Gestão de resultados dos processos
Capítulo 5 – Gestão de riscos em saúde
Capítulo 6 – Núcleo de Segurança do Paciente e fluxo de notificação
Capítulo 7 – Ferramentas de gestão da qualidade
Capítulo 8 – Como ser um líder propulsor da cultura de segurança do paciente
Capítulo 9 – Melhoria contínua de processos
Capítulo 10 – O papel da liderança na gestão estratégica de pessoas, pilar de sustentação da Acreditação Hospitalar
Capítulo 11 – Comunicação como ferramenta para a qualidade de segurança do paciente

Informações técnicas
Ano: 2021
Número de Págs.:  178
Formato: Digital  
Distribuição: Gratuita

Autores
Adriana V. Torres de A. Fernandes, farmacêutica e especialista em Farmácia Clinica.
Aline Bevidqua, enfermeira e MBA em Gestão de Saúde, Auditora e Acreditação Hospitalar.
Ana Paula Gonçalves Stutzel, especialista em Ciência da Melhoria e MBA Gestão em Saúde.
Andréa Prestes, formada em administração e mestranda em Gestão de Saúde, MBA em Gestão Hospitalar e especialista em Qualidade nos Serviços de Saúde.
Audrey Rippel, mestre Qualidade e Segurança do Paciente, MBA executivo em Saúde, especialista em Administração Hospitalar e graduada em enfermagem.
Camila Deister, enfermeira, especialista em Cardiologia.
Cassia Monfredini, formada em administração, tecnóloga em Gestão e Qualidade e em Gestão da Informação.
Daniela Siccardi Menezes, Ginecologista Obstétrica, mestre em Saúde Pública e doutora de Ciências Medicas. 
Fabiana Rigolo, enfermeira, pós-graduada em Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente.
Fabrízio Rosso, administrador, especialista em Didática do Ensino Superior, Dinâmica Organizacional, Liderança e Motivação, mestre em RH.
Gilvane Lolato, administradora, MBA Gestão em Saúde e Controle de Infecção, especialista em Qualidade e Segurança do Paciente, mestranda em Gestão e Metodologias da Qualidade e Segurança da Atenção em Saúde.
José Antônio Ferreira Cirino, comunicólogo, doutor em Comunicação e Sociabilidade, pós-graduado em Comunicação e Cultura, mestre em Comunicação, especialista em Gestão de Projetos.
Péricles Góes da Cruz, médico, pós-graduado em Administração Hospitalar e em Gerência Hospitalar.
Renata Michele Guimarães Pereira Macedo, enfermeira, especialista em Saúde Pública e Terapia Intensiva, MBA em cursos em escolas de negócios.
Rubria Coutinho, mestre em Administração de Empresas, possui especializações em escola de negócios

jornada da acreditação
Faça o download com o QR Code

Sobre a ONA

A Organização Nacional de Acreditação (ONA – www.ona.org.br) é responsável pelo desenvolvimento e gestão dos padrões brasileiros de qualidade e segurança em saúde. Hoje mais de 80% das instituições acreditadas no Brasil adotam o padrão ONA. Além de referência nacional, os padrões ONA são reconhecidos no exterior. A ONA é membro da International Society for Quality in Health Care (ISQua), atuando ao lado de instituições que promovem a qualidade de saúde em diversos países do mundo.

Gostou de “ONA lança livro gratuito “Jornada da Acreditação”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Laços de Mel: relatos de uma mãe de anjo

Livro ‘Laços de Melconta a emocionante história de vida de Melissa, uma criança com Síndrome de Down, uma grave cardiopatia e paralisia cerebral

Quem via Melissa sorrir, encontrava apenas boas energias e muita vontade de vencer, de superar as batalhas que já surgiram logo ao seu nascimento.

O livro “Laços de Mel: relatos de uma mãe de anjo”, publicado pela editora Literare Books International é de autoria de Mirela Miranda Nobre, mãe da pequena Melissa (Mel), personagem da obra.

O livro resume um pouco da história de vida de Mel, uma menininha linda que nasceu com Síndrome de Down, uma grave cardiopatia e, aos cinco meses de idade, adquiriu paralisia cerebral. Apesar de ter tido inúmeros desafios no tocante à sua saúde, dava lições diárias sobre o sentido da vida. Sempre com um sorriso no rosto, a pequena guerreira enfrentava internações, procedimentos hospitalares e os mais variados tratamentos por conta de sua condição.

“Se mil vidas eu tivesse, nas mil eu queria viver tudo isso outra vez. Minha filha só me trouxe coisas boas”, declara Mirela, que não poderia ter escolhido melhor o título dessa obra. Melissa era uma menina delicada que amava usar laços nos cabelos, transbordava alegria, amor e contagiava a todos, estava sempre bem-cuidada, cheirosa e vestida. Graças ao carinho e empenho de sua mãe e família, teve o melhor que quem ama pode oferecer e, justamente por isso, viveu com qualidade.

“Mel foi um lindo presente que Deus me deu. Ele confiou a mim uma missão linda (…) os laços de Mel ficarão para sempre, não só no quadro da parede, mas também nas palavras que agora deixo nesse livro. Os cinco anos e oito meses que Mel viveu na Terra foram de puro amor e aprendizado”, segundo Mirela em um trecho do seu livro.

A obra é, sobretudo, um relato de amor, mas também levanta questões humanas importantes que devem ser debatidas e trazidas à discussão da sociedade.

Sobre a autora

Mirela Miranda Nobre – Escritora, residente em Jacobina, interior da Bahia. Bacharel em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Proprietária da Agência Nobre Viagens. Casada e mãe de três, dois meninos e uma anjinha.

A autora Mirela Miranda Nobre. Foto: Divulgação

Sobre o livro

Laços de mel: relatos de uma mãe de anjo

Autora: Mirela Miranda Nobre

Editora: Literare Books International

Formato: 14 x 21 cm – 1ªedição – 216 páginas

ISBN: 9786559220175

Instagram: @mirelamirandanobre

Facebook: Melissa Miranda Nobre

Blog: melissamirandanobre.blogspot.com

Loja Literare Books: https://bit.ly/livro-lacosdemel

À venda nas principais livrarias físicas e on-line

Laços de Mel

Gostou de “Laços de Mel: relatos de uma mãe de anjo?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

Mulher, solteira e feliz – Obra de Gunda Windmüller é lançada

Primavera Editorial lança “Mulher, solteira e feliz”,

“Melhor eu já confessar. Estou com trinta e poucos anos.
Não sou casada. Não tenho filhos. Sou mulher, solteira e feliz.
Suspeito que neste momento muitos começam a duvidar. Pensam que a última
palavra não está correta? Mulher, solteira e feliz? À sua frente está a imagem de uma
mulher reivindicando, de um jeito desafiador, algo
que talvez ela possa sentir agora…”

A virada do século 19 para o 20 é considerada um marco de uma mudança significativa na linguagem do amor. De acordo com Gunda Windmüller, mestre em Literatura, esse é o momento histórico em que as mulheres começam a desempenhar um papel social no romance; entretanto, nos livros, elas aparecem como figuras trágicas, seduzidas e traídas como Anna Karenina e Madame Bovary, respectivamente, personagens dos escritores Liev Tolstói e Gustav Flaubert.

Em pleno século 21, o conceito do amor romântico permanece reduzindo as mulheres
a um parceiro, relegando às solteiras a condição de coitadas. Com base em estatísticas, digressões históricas e sociológicas, experiências pessoais e entrevistas
com mulheres em idades entre 30 e 60 anos, a jornalista e escritora Gunda desafia a
falsa noção de que somente um relacionamento amoroso confere sentido à vida
feminina. Autora de Mulher, solteira e feliz, ela estreia no Brasil com o lançamento da
obra pela Primavera Editorial. Em tempos de pandemia, o livro está disponível,
inicialmente, na versão digital.

A ideia de escrever o livro surgiu, segundo a autora, quando terminou um
relacionamento de anos e constatou que as pessoas próximas estavam realmente
preocupadas com o presente e futuro dela: casamento, filhos, solidão à noite. “Essas
preocupações me intrigaram, porque eu estava realmente feliz. Foi nesse momento
que percebi o quanto uma mulher solteira desperta pena, inclusive de outras
mulheres. Daí, decidi escrever um livro sobre isso!”, afirma. Sobre a verdadeira
investigação social que fez no processo de construção da obra, Gunda conta que se
deparou com uma série de mentiras que a sociedade conta sobre as mulheres.

Mulher, solteira e feliz
Gunda Windmüller, autora de “Mulher, solteira e feliz” . Foto: Divulgação

“A principal é que precisamos nos apressar, porque a vida está prestes a acabar – o que não é verdade. Nós vendemos essa ideia da beleza desaparecendo com a idade; a noção de que tudo se reduz à aparência. Conversei com tantas mulheres na casa dos trinta que sentem, realmente, que as suas vidas estão apenas começando”, afirma.

Dividido em três blocos – Do Amor, Sobre as Mulheres, e Rumo à Liberdade –, a obra
trás investigações sobre o relacionamento clássico; o que o amor fez com o feminino;
ego e a realidade do desejo masculino; o conceito de single shaming (vergonha de ser
solteira); envelhecer sozinha; o melhor de estar sozinha; e o único amor verdadeiro.
Em Mulher, Solteira e Feliz há uma crítica ao papel feminino na construção desse
comportamento em relação aos seus pares – e o quanto as mulheres podem fazer
para que haja uma mudança social que promova uma real transformação.

“Se queremos mudar a narrativa sobre as mulheres, precisamos começar a falar de forma diferente; há uma demanda por sermos mais gentis conosco e com nossas irmãs. Por sermos mulheres, sempre pensamos que devemos ser perfeitas e, quando vemos outras de nós se comportando de maneira ‘não tão perfeitas’, somos rápidas em apontar o dedo, em culpá-las. Esse não é o caminho a seguir”, declara.

Sobre a mensagem que gostaria de trazer para as mulheres solteiras brasileiras,
Gunda responde rapidamente: “Você é o suficiente! A sociedade fala continuamente
que fala, às mulheres solteiras, um parceiro, uma família perfeita, o corpo certo. Mas,
não precisamos de nada disso para sermos completas; somos o suficiente. Pratiquem
o amor a si mesmas; esse é o amor que definitivamente vai durar até o fim”, finaliza.

FICHA TÉCNICA
Título: Mulher, solteira e feliz
Autora: Gunda Windmüller
Categoria: Não ficção, desenvolvimento pessoal
Páginas: 272
Preço sugerido: R$ 29,90 (digital)
Como adquirir? Clique aqui (Primavera Editorial)

SOBRE A AUTORA
Doutora em Literatura, a escritora Gunda Windmüller nasceu em 1980, na Alemanha.
Como jornalista freelancer, colabora com publicações como Die Welt, ze.tt e Huffpost.
Colunas no Huffpost | https://www.huffpost.com/author/gunda-windmaller
Entrevistas recentes
FrauTV | https://www.youtube.com/watch?v=MFnJPxlCyW0
Deutschlandfunk Kultur | https://www.deutschlandfunkkultur.de/gunda-windmueller-weiblich-ledig-gluecklich-sucht-nicht.1270.de.html?dram:article_id=446376

Trechos do livro

Página 17 | “(…) O livro não será sobre como encontrar um homem. Neste livro não
há um manual sobre como uma mulher fisga um homem e, se parecer, me avise…
Vamos esclarecer isso. Este livro trata de histórias. Da minha, da sua, da nossa
história. Conversei com mulheres que me contaram suas histórias. Mulheres na casa
dos trinta, quarenta, cinquenta e mais. Histórias sem homens, histórias com homens.
Conversei com psicólogos e especialistas em sociologia. E estive em um setor que
utiliza o modelo descrito como modelo de negócios.

Com tudo isso, não quero enterrar o amor e declarar os homens como seres inúteis.
De jeito nenhum! Prefiro libertar o amor. Quem liberta o amor não sabe aonde a
história vai levar. Não sei como a minha história continua. Ainda assim, como outras
histórias que relato, ela continua. Não sei se não estarei casada daqui a um ano. E
mãe… Ou mãe. De qualquer forma, não importa. Não muda o fato de que minha
história não precisa de um príncipe para ter um final feliz. Não acredito na moral
desses contos de fadas. Acredito na vida e no poder das narrativas. E por isso
nenhum príncipe surgirá por um motivo muito simples: porque ele não precisa surgir.”

Página 32 |“(…) Solteiras não têm boa reputação, ainda não. Os tempos mudam, mas
mudam lentamente, muito lentamente. A psicóloga Astrid Schütz e seus colegas
conduziram um estudo sobre atitudes em relação a solteiros. Os solteiros não estão em conformidade com a norma, desviam-se dela e não são vistos pelo que têm, mas
pelo que não têm. Por aquilo que supostamente lhes falta.”

Páginas 61 e 62 |“(…) Para as mulheres, a sensação de serem livres no amor, de serem elas mesmas, de serem realmente alguma coisa é bastante nova. Tradicionalmente, tínhamos permissão para fazer muito pouco. Alguns exemplos: ocupar cargos públicos, votar, ganhar dinheiro, herdar – em sua maioria, essas realidades mudaram apenas nos últimos cem anos. O que mudou apenas nos últimos
cinquenta anos é que as mulheres podem manter seu nome após o casamento,
podem ter uma conta corrente própria, podem trabalhar sem a permissão do marido, e
que o estupro no casamento é crime. E mesmo se o relacionamento estivesse em pé de igualdade, as mulheres não tinham esse direito. As mulheres também não tinham direito à escolha, a se apaixonar. As mulheres eram casadas e, no altar, não apenas simbolicamente o poder sobre elas era transferido do pai ao marido, mas juridicamente. Ainda hoje casa-se assim, mas sem a transferência de domínio. Mas o rito permanece: o pai pousa a mão da filha sobre a do homem. As latinhas e os sapatos velhos pendurados no para-choque do carro quando um casal recém-casado parte para a lua de mel são símbolos da violência que cabe ao marido. Toda mulher carrega essa história de falta de liberdade em seu véu de noiva, um véu pelo qual muitas mulheres anseiam.”

Sobre a editora
A Primavera Editorial é uma editora que busca apresentar obras inteligentes,
instigantes e acalentadoras para a mulher que busca emancipação social e poder
sobre suas escolhas. www.primaveraeditorial.com

Gostou de “Mulher, solteira e feliz – Obra de Gunda Windmüller é lançada?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 674 outros assinantes

A Divina Comédia de Dante Alighieri

A Divina Comédia é um longo poema narrativo italiano de Dante Alighieri. Iniciado em 1308 e finalizado em 1320, um ano antes de sua morte em (1321). Amplamente considerada a obra preeminente na literatura italiana e uma das maiores obras da literatura mundial . A visão imaginativa do poema sobre a vida após a morte é representação da visão de mundo medieval, conforme esta se desenvolveu na Igreja Ocidental no século XIV. Ajudou a estabelecer a língua toscana, na qual é escrita, como a língua italiana padronizada. Dividido em três partes: Inferno, Purgatório e Paraíso.

A narrativa tem como tema literal o estado das almas após a morte e apresenta uma imagem da justiça divina aplicada como punição ou recompensa devida, e descreve as viagens de Dante pelo Inferno, Purgatório e Paraíso (ou Céu), embora alegoricamente o poema representa o caminho da alma para Deus.

Nesse sentido, começando com o reconhecimento e rejeição do pecado (Inferno). Em seguida, pela vida cristã penitente (Purgatório). Por fim, a ascensão da alma a Deus (Paraíso).

Dante baseia-se no católico romano medieval, sua teologia e filosofia, especialmente a filosofia tomista derivada da Summa Theologica de Tomás de Aquino. Consequentemente, a Divina Comédia foi chamada de “a Summa em verso”. Na obra de Dante, o peregrino Dante é acompanhado por três guias: Virgílio (que representa a razão humana ), Beatriz (que representa a revelação divina), e São Bernardo de Clairvaux (que representa o misticismo contemplativo e a devoção a Maria ).

Obra-prima

Erich Auerbach disse que Dante foi o primeiro escritor a retratar os seres humanos como produtos de um tempo, lugar e circunstância específicos. Em contrapartida aos arquétipos míticos ou uma coleção de vícios e virtudes; isso, juntamente com o mundo totalmente imaginado da Divina Comédia, diferente do nosso, mas totalmente visualizado, sugere que se poderia dizer que a Divina Comédia inaugurou a ficção moderna.

Link para Download da Obra Completa, CLIQUE AQUI.

Gostou de “A Divina Comédia, de Dante Alighieri”?

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que publicadas, ou como desejar. Para periodicidade, confira informações no email recebido. Leia mais em nosso Caderno Cultural.

Conheça nossos parceiros Entre Séries, Dica App do Dia, Passa de Fase, Rogério de Caro, Graça Decaro, Amorarica, Excelsior Serviços, Blog PS, DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES e Márcio Pinheiro Advocacia

A Divina Comédia de Dante Alighieri
Domenico di Michelino