Elite contratando em Mauá

A Rede de Ensino Elite está contratando na cidade de Mauá. São vagas para Analista de gente e gestão, Assistente de gente e gestão, Monitor de Química e Professor Regente. Todas as vagas também são para candidatos PCD.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Quais os requisitos?

Analista de gente e gestão: Necessário ter Graduação completa em Administração, Engenharias, Gestão de Recursos Humanos e áreas correlatas, disponibilidade para viagens, Pacote Office Intermediário (Excel, Power Point e Word). Vivência em Consultoria Interna de Recursos Humanos ou Generalista poderá ser um diferencial.

Assistente de gente e gestão: Requer a Graduação completa em Administração, Engenharias, Gestão de Recursos Humanos e áreas correlatas, disponibilidade para viagens, Pacote Office Intermediário (Excel, Power Point e Word). Vivência em Consultoria Interna de Recursos Humanos ou Generalista poderá ser um diferencial.

Monitor de Química: Necessário estar cursando o Ensino Superior (Licenciatura em Química e áreas correlatas) e disponibilidade de 11 horas semanais. Experiência com Monitoria, ou Reforço escolar poderá ser um diferencial.

Professor Regente: Requer ter Formação em Pedagogia. Experiência com docência, poderá ser um diferencial.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Como se candidatar?

A Rede de Ensino Elite mantém seu recrutamento online oficial em https://elite.gupy.io, no qual poderá conferir estas vagas selecionando a sua cidade (neste caso, Mauá), além de ver mais oportunidades abertas agora ou no futuro. Em caso de dúvidas, consulte nosso tutorial sobre como enviar seu currículo no Gupy.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Elite contratando em Mauá”?

Elite contratando em Mauá

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.019 outros assinantes

Vagas para coordenação pedagógica em Mauá

A Start Pro está contratando para vagas de coordenação pedagógica, em Mauá. Necessário ensino superior. São 5 vagas abertas, para período integral.

A escola está no Endereço: R. Santa Cecília, 100 – Matriz, Mauá, e telefone (11) 3565-8209.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

COORD. PEDAGÓGICO – ESCOLA PROFISSIONALIZANTE – MAUÁ/SP
Mauá – SP. Período Integral. Coordenador. Efetivo – CLT.
R$ 1.780,00 a R$ 3.000,00 (Bruto Mensal)
5 Vagas

Contratação de Instrutores – Treinamento contínuo – Reunião de Pais – Atualizar o Sistema de Gestão Escolar – Participar dos eventos da Master e da Unidade – Organização de Campanhas e Atividades Pedagógicas (seguindo os parâmetros do Calendário Pedagógico Oficial) – seguir todos os padrões de trabalho pré-estabelecidos pela Master.

Contrato CLT + VA + VT + Plano de Saúde e Odontológico (empresa subsidia uma parte) + Bônus por resultados + Plano de Carreira

Benefícios:
-. VA
-. VT
-. PLANO DE SAÚDE E ODONTO
-. Bônus por resultado
-. Plano de Carreira

Requisitos:
Estudos: ENSINO SUPERIOR

Sobre a START PRO (extraído do site da empresa)

São quase 20 anos investindo na preparação e desenvolvimento de pessoas que sonham em se desenvolver e tornar-se profissionais qualificados e completos para o mercado de trabalho.

Essa é a Start Pro, uma empresa de educação profissional que desde 2001 qualifica alunos a ingressar com destaque no mercado através de um método de aprendizagem próprio, dinâmico e de alta qualidade, preparando-os tanto para os desafios do dia a dia, como das ferramentas de Informática, administrativas, do idioma Inglês e dos processos gestão.

Oferecemos cursos que preparam não só para o trabalho, mas para a vida. Damos o empurrão inicial que motiva o empreendedor a ver o valor em todo aquele jovem que busca sua primeira oportunidade.
Isso porque acreditamos que todo jovem com informação e orientação tem muito mais condições de enfrentar desafios, lutar, vencer e sempre se superar, desbravando com sucesso o mercado de trabalho.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Vagas para coordenação pedagógica em Mauá”?

Vagas para coordenação pedagógica em Mauá

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Especialistas avaliam que 2020 não foi um ano perdido

Volta às aulas em formato presencial é um momento bastante aguardado pela população brasileira

Durante a pandemia causada pela Covid-19, em que as pessoas precisaram se recolher dentro de casa, um triste cenário se repetiu por todo o país: portões das escolas fechados e alunos distantes das salas de aulas. E não foi apenas uma cena para se gravar na memória, mas um fato que marcou profundamente a história do ensino no Brasil, com consequências que podem demorar alguns anos para serem revertidas.

Por isso, a volta às aulas em formato presencial é um momento bastante aguardado pela população brasileira. Há alguns meses, o Governo Federal, entidades de educação, secretárias estaduais e municipais debatem o assunto para definir a melhor forma de realizar essa retomada às aulas.

Um exemplo de medida adota em favor desse retorno, foi o investimento feito pelo Ministério da Educação para as escolas públicas por todo o país com um valor total de R$ 454 milhões para aquisição de materiais e insumos necessários para prevenir a transmissão da Covid-19 entre estudantes e profissionais da rede básica.

Para Cecilia Motta, que é secretária de Educação do Mato Grosso do Sul e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), ainda há muitos debates e ações a serem desempenhados para que a educação no Brasil possa se reestruturar, uma vez que a pandemia da Covid-19 alargou as desigualdades entre a qualidade de ensino e oportunidade entre os estudantes.

“A diversidade já existe, a pandemia só escancarou isso. Quem não teve tecnologia para estudar, na verdade é porque já não tinha antes mesmo, tinha menos condições. Quer dizer que a desigualdade social, que já existia, aumentou nesse momento. Mas eu gostaria de destacar o esforço dos professores, diretores e coordenadores que nos surpreenderam com sua criatividade e sua garra, fazendo com que o aluno perdesse o mínimo possível, fazendo com que os impactos [da pandemia] fossem o menor possível”, destacou Motta.

Mesmo considerando que os impactos da pandemia de Covid-19 no ensino brasileiro possam perdurar por alguns anos, a reinvenção na forma de ensinar fez com que 2020 não fosse um ano perdido para os mais de 36 milhões de alunos espalhados por quase 117 mil escolas pelo país. E é isso o que afirma o coordenador de projeto do Todos Pela Educação, Ivan Gontijo.

“A gente teve uma mobilização muito grande das secretarias [de educação], dos professores, dos diretores, dos estudantes para a educação não parar, para a gente conseguir migrar para o ensino remoto. Lógico, o ensino remoto não chegou para todo mundo, mas eu acho que a educação não parou. Então, eu não diria que esse foi um ano perdido, mas foi o ano mais difícil da história da educação básica. A questão é que dizer que não foi o ano perdido não significa a gente não reconhecer todos os impactos que esse ano teve”, afirmou Gontijo.

O Todos pela Educação é uma organização sem fins lucrativos suprapartidária e independente, composta por diversos setores da sociedade brasileira com o objetivo de assegurar o direito à educação básica de qualidade para todos os cidadãos até 2022 – ano que se comemora o bicentenário da independência do Brasil.

Já o Conselho Nacional de Secretários de Educação é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, que reúne as Secretarias de Educação dos Estados e do Distrito Federal. Seu objetivo é promover a integração das redes estaduais de educação e intensificar a participação dos estados nos processos decisórios das políticas nacionais, além de promover o regime de colaboração entre as unidades federativas para o desenvolvimento da escola pública.

Fonte: Brasil 61