O Universo nas telas do cinema

Se tem algo que inspira a indústria cinematográfica é o Universo e seus mistérios. Desde as teorias mais conhecidas sobre as leis da Física até equações surreais já ganharam ”vida” na tela dos cinemas. De Star Trek, 2001 – Uma Odisseia no Espaço até filmes como Marte ou Gravidade, acompanhe como os caminhos da ciência e da astronomia se encontram. O Universo nas telas do cinema.

Com produção de Adrielen Alves, os detalhes cinematográficos com Victor Ribeiro.

Poucos filmes mudaram a história do cinema e influenciaram a cultura ocidental como Star Wars. Um arsenal infinito de livros, histórias em quadrinhos, jogos eletrônicos, brinquedos, miniaturas, séries e demais produtos foi lançado no mercado, com a marca Star Wars.

Tratando-se de uma coluna cultural sobre livros, vamos falar logo de cinco: os livros de Daniel Wallace para Star Wars: O Caminho Jedi, o Livro dos Sith, o Manual do Império, O Arquivo Rebelde e O Código do Caçador de Recompensas.

Daniel Wallace fez com estes cinco livros algo que raramente se vê: o que você tem em mãos é o livro “real”, ou seja, não é um livro, mas o “verdadeiro” manual que foi encontrado em algum lugar, com anotações de pessoas ligadas ao tema.

O livro de O Caminho Jedi está “comido” nas bordas, como se tivesse sido manuseado por diversas pessoas ao longo dos anos. A apresentação é assinada por Luke Skywalker, de modo que você, leitor, o recebeu das mãos do mesmo, com anotações em grafias e cores diferentes, de Yoan, Thame Cerulian, Dookan, Qui-Gon Jinn, ObiWan Kenobi, Anakin Skywalker, Ahsoka Tano, Darth Sidious e finalmente o Luke. Somente na última página que vemos informações de edição. Assim, o leitor é mergulhado na fantasia-realidade desde a primeira página.

Continua em Caderno Cultural.

Com informações de Agência Brasil.

Gostou de “O Universo nas telas do cinema”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

O Universo nas telas do cinema

Júpiter e Saturno: A Estrela de Belém

Nesta segunda (21), ocorreu o ápice de um evento astronômico raro: o alinhamento dos planetas Júpiter e Saturno. Os maiores do sistema solar.

Em um ano tão difícil e cheio de desafios, como 2020, o mês de dezembro trouxe essa surpresa especial. Nesse sentido, veio com muita inspiração e energias positivas para todos nós no novo ciclo que se aproxima.

Os astros pedem por mudanças e transformações. Seja na forma de pensar, de sentir ou de agir em relação a si mesmo e aos outros também. Portanto, é o momento de muita reflexão interior.

Júpiter e Saturno, e nós

Repense os seus projetos e reflita sobre o que gostaria de “SER”, “TER” e “FAZER” em 2021. O que gostaria de ver realizado? Além disso, saiba que é no momento de decisão que o seu destino é traçado.

Segundo a Lei da Atração: Tudo vibra. O que você pensa e sente está vibrando. E tudo o que vibra atrai algo na vibração semelhante para a sua vida. Então, se algo não muito bom acontece com você, comece a prestar atenção no que está vibrando, para poder atrair algo melhor. Segundo essa lei, tudo no que você foca a atenção será atraído pela força do pensamento.

Dessa maneira, a Lei da Atração diz que você atrai a realidade, ou seja, você acaba atraindo para sua vida tudo que sente ou pensa, sejam elas situações negativas ou positivas.

Caro leitor, desejo que 2021 seja o seu ano da mudança. Além disso, que possa realizar tudo aquilo que deseja e prioriza para sua vida.

Boas Festas e até breve!

Graça Decaro

Coach Metafísica, Terapeuta Holística, Escritora do eBook Depressão: A solidão da “Alma” e A Arte de Ser Feliz “Parar, Sentir e Perceber” Sitehttps://gracadecaro.wixsite.com/lifecoach-metafisico Telefone11 98588-3262 e-mailgraca.decaro@outlook.com.br Instagram@graca.decaro

Júpiter e Saturno

Então, assine nossa Newsletter e seja notificado em primeira mão.

Fotos da grande conjunção do solstício de verão

Não conseguiu ver? Confira as fotos da grande conjunção do solstício de verão

A “Estrela de Belém” ou “Estrela de Natal” deixou muita gente curiosa. De fato, há algumas semanas o acontecimento astronômico já vinha sendo anunciado em todo o mundo.

E não era para menos: poder ver uma luz no céu parecida com a que os Reis Magos contemplavam foi uma chance única. A primeira desde os anos 1200 anos.

O certo é que a “Grande Conjunção”, ou seja, o alinhamento entre Júpiter e Saturno foi um evento único, podendo ser visto de grande parte do nosso planeta. Muitas pessoas tentaram registrar o fenômeno e viver o momento especial em suas vidas, poucos dias antes do Natal. Isso, certamente, trouxe um pouco mais de luz, esperança e alegria para um contexto obscuro e crítico marcado pela pandemia do coronavírus.

Não é algo tão fácil de observar como um eclipse solar ou lunar, mas com esforço e equipamentos de fotografia ou astronomia foi possível ver e se encantar com a conjunção desta noite de Júpiter e Saturno.

Pudemos voltar a infância, deixando-nos surpreender e nos guiar (qual os Reis Magos) por essa luz. Além disso, muita gente aproveitou apenas para contemplar! E foi lindo. Uma bela notícia em um tempo tão especial.

Porém, não foi tão simples observar em todo o Brasil. Afinal, chuva, nuvens, além da própria poluição luminosa, atrapalharam o desejo de muitos brasileiro. Contudo, selecionamos algumas fotos para saciar a curiosidade!

Então, veja abaixo algumas imagens da “Estrela de Belém” de 2020 em algumas do planeta Terra.

Fotos da grande conjunção do solstício de verão

Gostou dos cliques? Então, fique por dentro de como tirar aquela foto espetacular, como da Debra Ceravelo (Colúmbia Britânica, Canadá), visite Dica App do Dia.