Campanha contra a fome em Diadema recebe cestas básicas da UNIFESP

O setor universitário também contribuiu com a campanha “Sua Fome me Incomoda” realizada pela Prefeitura de Diadema. A Universidade Federal São Paulo (Unifesp) doou, hoje, 39 cestas básicas que serão repassadas às famílias que vivem na pobreza e em situação de desemprego, na campanha contra a fome em Diadema.

A entrega dos alimentos aconteceu no Campus Diadema, que fica no centro da cidade, e faz parte da ação Se Cuida Diadema, que a unidade acadêmica realiza desde o ano passado. A atividade tem a contribuição de professores, amigos e funcionários da universidade, e com os valores obtidos são adquiridos produtos não perecíveis. “Os alimentos são distribuídos para famílias de alunos da escola pública de Diadema, funcionários terceirizados e estudantes da própria universidade. Soubemos da iniciativa da Prefeitura e resolvemos colaborar com a campanha”, relata a professora da Unifesp, Susan Pantaroto.

A vice-prefeita e secretária de Assistência Social e Cidadania, Patty Ferreira, ressalta que a campanha “Sua Fome me Incomoda” vem sendo bem acolhida por todos e que as doações permitem que mais famílias no Município recebam alimentos. “Além de um ato solidário, a contribuição da UNIFESP mostra que duas unidades públicas podem se juntar em prol de uma causa que ajuda diminuir o sofrimento alheio,” afirma.

No ato de entrega das cestas, também, estiveram presentes a primeira-dama e presidenta do Fundo Social de Solidariedade, Inês Maria de Filippi, e o secretário de Segurança Alimentar, Gel Antônio. Da UNIFESP participaram o diretor do Campus Diadema, Wagner Batista; o diretor administrativo, João Duarte, e o professor Sérgio Stocco.

A campanha “Sua Fome me Incomoda” acontece desde o último dia 27 de março e em dois meses recebeu 198 toneladas de doações. Deste total, 170 toneladas já foram distribuídas, levando comida para mais de 35 mil moradores de Diadema.

Para saber mais como doar acesse o link:   

http://combateafome.diadema.sp.gov.br/  

Por Iara Santos Luz

Foto Dino Santos

Campanha contra a fome em Diadema recebe cestas básicas da UNIFESP

Mais notícias do Grande ABC

Gostou “Campanha contra a fome em Diadema recebe cestas básicas da UNIFESP”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Visite e conheça o nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.370 outros assinantes

Concurso público de Diadema é suspenso devido à pandemia

As provas para 8 cargos do 40º Concurso Público da Prefeitura de Diadema marcadas para o dia 28/02, foram suspensas pela Prefeitura de Diadema e o Instituto Zambini. O motivo é a piora da atual fase de pandemia do Coronavírus na cidade e nos municípios próximos.

A medida atinge diretamente os candidatos inscritos para os cargos de assistente em:

  • enfermagem nível II (técnico em enfermagem do trabalho)
  • assistente em enfermagem nível II (técnico em enfermagem/instrumentação cirúrgica/obstetrícia)
  • assistente em enfermagem nível II (técnico em enfermagem)
  • enfermeiro obstetra e psiquiátrico (36h)
  • enfermeiro/PSF (40h
concurso público de diadema

O comunicado publicado hoje (25/02) no site da prefeitura diz que as pessoas que fizeram a inscrição para o processo seletivo devem esperar orientações a respeito das novas datas de realização de provas por meio das publicações no Diário Regional.

Também há um canal de atendimento para sanar eventuais dúvidas por meio de email (atendimento@zambini.org.br) e chat disponível pelo link http://www.zambini.org.br.

Provas já realizadas

Aproximadamente 7 mil candidatos para 30 cargos de nível fundamental (exceto alfabetizados) e professores participaram, no dia 20 de fevereiro, das provas referentes aos editais 01, 02 e 03/2020.

O gabarito está disponível no site do Instituto Zambini e o prazo para recursos dos gabaritos acabou em 23 de fevereiro. O resultado preliminar acontecerá na próxima sexta-feira (26/02).

Entre as funções disponibilizadas estão:

  • professor (Educação Básica I, II, Especial e Educação Física)
  • gente de controle de zoonozes
  • cozinheiro
  • agente de serviço funerário III (auxiliar de necropsia)
  • agente de serviços II (borracheiro)
  • armador
  • atendente de consultório dentário
  • carpinteiro
  • eletricista
  • encanador
  • marceneiro
  • mecânico I (mecânico de veículos)
  • motorista I, II e III, motorista socorrista (ambulância)
  • operador de equipamentos de comunicação III

O secretário de Gestão de Pessoas, Odair Cabrera, disse que apenas os servidores das áreas mais urgentes será reposto, devido ao cenário de pandemia.

“O concurso vem para organizar e regularizar essa situação. Estamos trabalhando com seriedade a questão do funcionalismo e com respeito aos candidatos que se inscreveram nesse processo seletivo”, completo Odair.

Ao todo, o 40º concurso recebeu 41.022 inscrições para cargos em diversas áreas. O Instituto Zambini, empresa responsável pela organização do processo seletivo, está adequando a logística para realização das provas.

Todos os candidatos consultem com frequência os sites do instituto (www.zambini.org.br) e da prefeitura, em Secretaria de Gestão de Pessoas (http://www.diadema.sp.gov.br/segep-concurso).

Gostou de “Concurso público de Diadema é suspenso devido à pandemia”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Então, aproveite e leia mais sobre Diadema.