Maio Amarelo em Ribeirão Pires: mais de 1500 pessoas abordadas

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires já abordou mais de 1500 pessoas com as ações do Movimento Maio Amarelo. São quase vinte dias de campanha que conta com bloqueios educativos, entrega de materiais didáticos e visitas em setores públicos ou privados na cidade, levando informação sobre práticas seguras no trânsito.

Entre as principais estratégias para chamar a atenção da população para o Movimento, está o personagem Mister Mão que cumpre um importante papel nessas campanhas, interagindo nas ruas durante os bloqueios educativos ou visitando departamentos.

“A imagem marcante do Mister Mão, que cativa e orienta, se tornou um aliado para atrairmos crianças, jovens, adultos e até mesmo idosos que param para conversar, tirar fotos e acabam sendo impactados com nossos materiais educativos”, explicou o secretário de Segurança, Mobilidade Urbana e Defesa Civil, Coronel Carmo Jr.

Ainda nesta semana, bloqueios educativos aconteceram em importantes vias da cidade como a Avenida Humberto de Campos e a Avenida Francisco Monteiro. Os veículos que passaram por estes pontos receberam material gráfico com orientações sobre condução segura, além de porta-lixos para a área interna dos carros.

Maio Amarelo – O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Caravana Mister Mão – Para empresas e comércios que gostariam de receber a presença do personagem Mister Mão, juntamente com distribuição de material gráfico sobre o Maio Amarelo, a equipe de Educação para o Trânsito disponibiliza um e-mail de contato para agendamentos: educacaotransito@ribeiraopires.sp.gov.br. Vale lembrar que esta ação precisa seguir protocolo sanitário estipulado.

Maio Amarelo em Ribeirão Pires: mais de 1500 pessoas abordadas

Gostou da nossa matéria “Maio Amarelo em Ribeirão Pires: mais de 1500 pessoas abordadas”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias, e também conheça o nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.031 outros assinantes

Como controlar o que as crianças publicam nas redes sociais?

A exposição infantil nas redes sociais teve alta desde o início da pandemia a ponto de em março deste ano, um dos diretores do Facebook, Adam Mosseri, confirmar que a empresa estava estudando a possibilidade de uma versão do Instagram para crianças, como forma de controlar o que as crianças publicam.

“As crianças estão cada vez mais perguntando aos pais se podem usar aplicativos que os ajudem a manter o contato com os amigos. Uma versão do Instagram onde os pais têm controle, como tínhamos com o Messenger Kids, é algo que estamos explorando”, disse Mosseri na ocasião.

Em São Paulo, Gabriel Oliveira de 6 anos é cover mirim do cantor Vitão, e recria o estilo do cantor em fotos e vídeos nas redes sociais. A família revela que é preciso filtro sobre o que Gabriel assiste e que não força as gravações.

“A gente procura sempre ver antes dele. Nós assistimos, por exemplo, o clipe da música ‘Flores’ e vimos que tinha um clima mais sensual e achamos legal não mostrar o clipe. Depois ele acabou ouvindo a música na rádio e para ele a letra teve outro significado já que não vê maldade naquilo.”

No final de semana seguinte ao lançamento do clipe, Gabriel assistia TV quando viu a capa do single numa reportagem. Na capa, Vitão e Luísa Sonza estão abraçados e ele pediu para reproduzir ao lado da irmã. E assim fizeram.

A gente procura sempre ficar de olho e filtrar o que ele vê. O Vitão sabe que tem um público infantil, então ele sempre é coerente nas entrevistas quanto a isso e ficamos mais tranquilos.

Gabriela também relata que a família não força o pequeno a gravar os vídeos e que sempre o questionam se deseja reproduzir para lançar nas redes.

“Quando mostramos um clipe ou uma música para o Gabriel, esperamos o retorno dele. A gente deixa essa relação de conteúdo para que ele decida, mas antes passa pelo nosso filtro do que ele vai ver.”

A família conta que quando Vitão sofreu um ataque de haters nas redes sociais após o episódio envolvendo o início do relacionamento com Luísa, as redes de Gabriel também foram alvo de ofensas.

“Nós apagamos comentários e mensagens de ódio e escondemos do Gabriel para que ele não visse. Na época o Vitão deu uma sumida das redes e o Gabriel nos questionou e dissemos que ele estava triste e passando por um momento delicado.”

A família conta que ajuda na montagem do figurino para recriar os clipes e fotos do artista, também em forma de agradecimento ao cantor. Pois Gabriel sofria bullying na escola por ter cabelo comprido e era chamado de “menininha” até mesmo por adultos.

“A identificação com o Vitão foi libertadora para ele e o próprio cantor o incentiva deixando sempre comentários positivos nas publicações. Hoje o Gabriel não liga mais quando falam do cabelo e por isso apoiamos os vídeos e participamos da brincadeira”, conta a irmã.

Como controlar o que as crianças publicam nas redes sociais?
Gabriel Oliveira, cover mirim de Vitão. Foto: Divulgação.

Gostou da nossa matéria “Como controlar o que as crianças publicam nas redes sociais?“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.031 outros assinantes

Animação brasileira sobre Prevenção da COVID-19 indicada a prêmio

Desde o início de janeiro, as novas variantes do coronavírus ganham força em todo mundo. Apenas a linhagem identificada no Brasil, chamada pelos cientistas de P1, já foi identificada em nove estados, como Rio de Janeiro, Ceará, Espírito Santo, Pará e São Paulo. Como essas mutações deixam o vírus mais transmissível, as autoridades de saúde estão em alerta; Pensando nisso, a animação brasileira A Turma do Sextou lançou um vídeo falando sobre os cuidados necessários sobre a prevenção ao novo Coronavírus.

Juntos para conscientizar a população, Jean chambre & Lygia Beatriz (criadores da animação) reuniram algumas dicas importantes para cuidar da saúde dos adultos e, principalmente, das crianças, essas dicas são narradas pela atriz Beatriz Noronha. Jean destaca que o vídeo surgiu em maio, perante a primeira onda da doença, mas destaca que é importante evidenciar esses cuidados:

“Como nem todos podem ficar em casa, o vídeo vem para incentivar aqueles devem se proteger. A máscara é importante, lavar as mãos é importante e, nós queremos que a sociedade também entenda isso. Cuidar de si é cuidar da família.”

O vídeo informativo está disponível no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=VXZwyzpf4Lw

Todo o sucesso na internet e streaming levou à indicação do projeto ao Prêmio Cubo de Ouro, a maior premiação geek brasileira, em duas categorias: Melhor Filme Geek; e Geek Creators, esse com votação popular. Para você ajudar A Turma do Sextou a ganhar, é bem rápido…

Acesse o formulário, e informe seu e-mail para fazer as suas escolhas para as diferentes categorias.

Se não souber em quem votar nas demais, é só ir avançando pela página até aparecer a sétima categoria (Geek Creators) com a pergunta: “Qual projeto foi destaque como Geek Creator em 2020?”.

É só selecionar “A Turma do Sextou” e depois avançar até enviar o formulário.

Link do formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd-czARjzc69oz0kftr7fiWVj9UEgQvakvPqm9_vYItBvgjvg/viewform


Sobre:

Disponivel no catálogo da Amazon Prime no Reino Unido, Japão, Alemanha e Estados unidos; A Turma do Sextou vem somando conquistas dentro e fora do Brasil. O episódio Abre a Farmácia da série , concorreu a premiação de Melhor Curta pela Lift Off Global Network que apoia produções independentes, ficando 17°ugar e concorrendo com outras grandes animações. Os vídeos são lançados uma vez por semana na Amazon Prime e no Youtube.

Gostou da nossa matéria “Animação brasileira sobre Prevenção da COVID-19 indicada a prêmio“?

Animação brasileira sobre Prevenção da COVID-19 indicada a prêmio
Desenho no catálogo da amazon nos estados unidos
Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.031 outros assinantes

Dia Mundial do Câncer: Brasil registra 280 mil óbitos anuais

Quase 10 milhões de pessoas morrem por ano no mundo por causa de diversos tipos de câncer. O Dia Mundial do Câncer, na data de hoje (4 de fevereiro), é para conscientizar sobre os cuidados e prevenções.

No Brasil, essa estatística já alcançou um patamar de mais de 280 mil óbitos anuais. Mas, apesar de ser uma doença multifatorial, em que várias causas se juntam, permitindo que ela apareça, o câncer não é impossível de ser prevenido.

E essa é a mensagem que as instituições de pesquisa e tratamento da doença querem transmitir neste 4 de fevereiro, Dia Mundial do Câncer. A chefe da coordenação de prevenção e vigilância do Inca, o Instituto Nacional de Câncer, Liz Almeida, afirma que sete hábitos do dia a dia estão relacionados a diversos tipos da doença, e que mudá-los poderia evitar até um terço das mortes.

E é de olho nesses fatores, que a Fundação Nacional do Câncer lançou a campanha ’21 ações para 2021’, ano em que se estima que 625 mil novos casos da doença serão registrados no país. E o diretor-executivo da Fundação, Luiz Augusto Maltoni, alerta para os impactos da pandemia e do isolamento social nessa construção de bons hábitos.

Trancadas em casa e ansiosas, muitas pessoas aumentaram o consumo de cigarros e álcool, negligenciaram a alimentação e os exercícios físicos e adiaram a realização de exames periódicos. Agora é preciso reverter os primeiros, para prevenir o início de um câncer. Já o rastreio periódico, como explica o doutor Maltoni, é importantíssimo, especialmente para quem tem casos de câncer na família. Porque, se a doença ocorrer, será identificada e tratada precocemente, o que aumenta muito as chances de cura.

E essa recomendação foi seguida a risca pela aposentada Ana Célia Nogueira Pinto, que descobriu um câncer de mama no início do ano passado e precisou passar por uma cirurgia em plena pandemia. Posteriormente, ela também precisou fazer sessões de radioterapia, enquanto lidava com um diagnóstico positivo para covid-19.

Hoje, Ana Célia comemora a cura do câncer e da covid e acredita que, para ambos os casos o diagnóstico precoce tenha feito diferença. Ela também considera que os hábitos de fazer exercício regularmente e manter uma alimentação saudável tenham ajudado. Quem quiser entrar nessa corrente, pode procurar informações na página da Fundação do Câncer: www.cancer.org.br.

Gostou de “Dia Mundial do Câncer: Brasil registra 280 mil óbitos anuais“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Dia Mundial do Câncer: Brasil registra 280 mil óbitos anuais

Glittertape: iniciativa de alunos paulistas contra o covid-19

Uma fita dupla face e glitter. Materiais simples, mas que nas mãos de seis estudantes paulistas se transformaram em ferramentas para prevenção ao novo coronavírus. A ideia, batizada de Glittertape, conquistou o 3º lugar no Torneio Sesi de Robótica – Desafio Relâmpago – Volta às Aulas. A competição criada para que estudantes de todo o Brasil apresentassem soluções para o retorno seguro às aulas presenciais.
 
O projeto da equipe AC/DC/EG, do Colégio Eduardo Gomes, em São Caetano do Sul (SP), tem o objetivo de diminuir a contaminação pelo novo coronavírus em ambientes de uso comum nas escolas, como banheiros, onde o risco de contágio é maior. O glitter pode indicar um caráter lúdico, normalmente motivo de diversão para a criançada. Mas é peça fundamental de um assunto muito sério, explica Sophia Montanari, 15 anos.
 
“Você só vai pegar uma fita dupla face específica para ambientes úmidos, passar glitter em uma das superfícies e colocar a outra face em superfícies de alto contato dos banheiros escolares. Ou seja, toda vez que a criança encostar nessa superfície, como uma descarga ou uma maçaneta, ela vai ficar com glitter na mão, representando o coronavírus de uma forma totalmente visual. Então, ela vai ver que está contaminada e que precisa lavar as mãos até ficar sem glitter”, demonstra.

Projeto

A ideia deu tão certo durante os testes e sairá do papel, para ajudar o Colégio Eduardo Gomes no combate à Covid-19. Principalmente entre as crianças, alvos do projeto. “A gente conversou com as diretoras e coordenadoras do nosso colégio e elas gostaram bastante da ideia, porém ainda não foi aplicada, porque estamos em período de férias escolares, mas logo que as aulas voltarem vamos conseguir colocar o projeto em prática e aplicá-lo ele nos banheiros escolares daqui”, revela Gabriella Beltran.

Processo

O caminho até a premiação exigiu bastante estudo e empenho da equipe, que se debruçou sobre outras iniciativas para prevenção da Covid-19 entre as crianças. “Analisando outras soluções, a gente percebeu que nenhuma conseguia fazer a prevenção de forma completa, mas a partir dessas ideias que a gente estudou, conseguimos usá-las como base para fundamentar o nosso projeto, que teve como resultado o Glittertape”, conta Pedro Lopes.
 
A pandemia da Covid-19 e o distanciamento social não foram obstáculos para que o projeto fosse adiante, complementa Murilo Martins. “Nos reunimos muito pelo Google Meets, todo mundo ajudou bastante no projeto. Nos dividimos em algumas áreas, mas a gente sempre estava junto e sempre sabendo o que outro estava fazendo”, diz. 

Glittertape e Orgulho

Técnico da equipe, o professor Reginaldo Pereira, se disse orgulhoso do trabalho que os seus alunos fizeram, não apenas pela classificação final no desafio, que contou com 120 concorrentes, mas pela solução apresentada. “Em um tempo de tanta dificuldade, eu percebi neles, como professor, empenho, gosto pelo estudo, pela pesquisa, pela ciência, de buscar as coisas. A gente se sente muito feliz”, destaca.
 
Além de troféu e medalhas pela conquista, a equipe foi convidada para participar do festival Sesi Robótica, que deve ocorrer em maio. “A gente ficou muito feliz por ganhar, porque o nosso projeto é muito simples e, principalmente, pelo prêmio de participar do festival e poder mostrar o nosso projeto para mais pessoas. De certo modo, é uma confirmação de que o nosso projeto e trabalho foram bons e que dá para levar ele adiante”, complementa a estudante Beatriz Nahssen.

Festival

Em discurso durante o torneio, o diretor superintendente do Departamento Nacional do Sesi, Rafael Lucchesi, elogiou todos os trabalhos e a contribuição de cada um para o enfrentamento à pandemia no País. “Vocês representam engajamento, solidariedade, preocupação com o próximo e o fazem construindo o futuro de vocês. Sessenta milhões. Esse é o tamanho da comunidade educacional no Brasil. É equivalente à população de Portugal e Espanha somadas. O Brasil é um país continental. Seguramente, a contribuição de vocês vai ser de reflexões importantes, criativas”, disse.
 
A equipe AC/DC/EG conta com seis estudantes: Beatriz Nahssen Fedalto, Estela Benez Ravanelli, Gabriella Figueiredo Beltran, Murillo Silva Martins, Pedro Pontes Lopes e Sophia Montanari, além do técnico, o professor Reginaldo Pereira.

Em parceria com Brasil 61

Glittertape: iniciativa de alunos paulistas contra o covid-19

Gostou de “Glittertape: iniciativa de alunos paulistas contra o covid-19“?

Portanto, assine nossa Newsletter, receba nossa publicações em seu email. Então, aproveite e leia mais sobre Educação.

Anvisa divulga orientações para farmácias combaterem a Covid-19

Documento pretende reduzir os riscos de exposição à Covid-19 entre as equipes de profissionais que trabalham nas farmácias e drogarias e aos clientes. Confira “Anvisa divulga orientações para farmácias”.

Novas orientações foram divulgadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para reduzir os riscos de exposição à Covid-19 entre as equipes de profissionais que trabalham nas farmácias e drogarias e aos clientes. Medidas simples, a partir da adoção de princípios de prevenção e controle de infecções e distanciamento social enquanto durar a pandemia.

Entre as medidas apontadas no documento, divulgado nessa semana, as farmácias e drogarias devem estabelecer barreiras (preferencialmente físicas) entre funcionários e usuários, como também entre os próprios clientes. Além disso, recomenda o distanciamento seja de no mínimo 1 metro entre elas; e limitar o número de pessoas no interior do estabelecimento para evitar aglomeração no balcão de atendimento ou nas áreas de pagamento.

Além disso, esses estabelecimentos podem definir estratégias para diminuir o tempo que o usuário permanece na fila e estratégias para controlar o fluxo da entrada de clientes no estabelecimento. Se as condições climáticas permitirem, disponibilizar local externo para área de espera.

“Anvisa divulga orientações para farmácias” em parceria com Brasil 61

Gostou da matéria “Anvisa divulga orientações para farmácias”?

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias, assim que publicadas, ou como desejar. Para periodicidade, confira informações no email recebido. Então, aproveite e leia mais sobre o Combate ao Novo Coronavírus.

Anvisa divulga orientações para farmácias

Câncer do colo do útero é uma doença prevenível e curável

A cada 90 minutos 1 mulher morre de Câncer do colo do útero (ou Câncer Cervical). Por isso, órgãos internacionais estão se mobilizando desde o início do ano para lançar planos de erradicação.

O câncer cervical tem relação com infecções frequentes pelo Papiloma vírus Humano HPV

Portanto, a OMS lança o desafio da erradicação do câncer de colo do útero com três metas:

Vacina HPV: calendário escolar♀️9 -14 anos.
Rastreamento cervical: Papanicolau, colposcopia.
Tratamento: Conização, traquelectomia minimamente invasivas, histerectomia parcial/total, quimioterapia, braquiterapia, radioterapia.

Esse ano foi o marco contra o Câncer cervical a revista científica the Lancet publicou artigo no assunto.

Assim, o Ministério da saúde junto aos órgãos representativos no Brasil já aderiram as Estratégias de erradicação do câncer cervical!

Live

Nesse sentido, os principais e renomados ginecologistas brasileiros se reuniram em uma live na plataforma do Youtube para alinhar estratégias sobre o tema.

Dicas para prevenir o Câncer do colo do útero

Mulheres entre 25 e 64 anos devem fazer o exame preventivo do câncer do colo do útero a cada três anos. 
As alterações das células do colo do útero são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolaou). Dessa forma, são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica deste exame. Sendo assim, tão importante quanto fazer o exame é saber o resultado, seguir as orientações médicas e o tratamento indicado.

Vacine contra o HPV as meninas de 9 a 14 anos e os meninos de 11 a 14 anos.
A vacinação contra o HPV, disponível no SUS, e o exame preventivo (Papanicolaou) se complementam. Em outras palavras, como ações de prevenção do câncer do colo do útero. Mesmo as mulheres vacinadas, quando chegarem aos 25 anos, deverão fazer um exame preventivo a cada três anos, pois a vacina não protege contra todos os subtipos do HPV.

Câncer do colo do útero

Informações presentes no site do INCA

Testes de HIV e sífilis: Cidades do estado contarão com 300 mil

O Dia Mundial da Luta Contra a Aids é celebrado hoje Testes de HIV e sífilis

Nesta terça-feira (1º), é comemorado o Dia Mundial da Luta Contra a Aids. Desta forma, o governo de São Paulo anuncia a oferta de 322,7 mil testes de HIV e sífilis. Do total de produtos, serão: 138.290 serão testes rápidos e 28.388 exames convencionais de HIV; e 134.156 rápidos e 21.880 convencionais de sífilis.

Segundo o governo estadual, 556 cidades vão contar com os testes a partir de hoje. Também está prevista a realização atividades sobre a importância da prevenção à doença. O Centro de Referência e Treinamento (CRT) coordena a iniciativa. O HIV tem tratamento e a sífilis tem cura.

A Aids corresponde ao estágio mais avançado da infecção pelo HIV e aparece quando o organismo está com baixa imunidades. Ou seja, nem toda pessoas com HIV tem Aids. 

Testes de HIV e sífilis
Brasília – Doadores participam de rolezinho no hemocentro da capital (Wilson Dias/Agência Brasil)

Aids no Brasil Testes de HIV e sífilis

No Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado nesta terça-feira (1°), o Ministério da Saúde (MS) apresentou o Boletim Epidemiológico HIV/Aids 2020, que traz os dados de diagnósticos e infectados consolidados do ano de 2019 e um comparativo dos casos nos últimos anos no país.

Atualmente, no Brasil vivem cerca de 920 mil pessoas com HIV: 89% delas foram diagnosticadas, 77% fazem tratamento com antirretroviral e 94% das pessoas em tratamento não transmitem o HIV por via sexual, por terem atingido carga viral indetectável. Até outubro deste ano cerca de 642 mil pessoas estavam em tratamento com antirretroviral, enquanto em 2018, eram 593.594 pessoas em tratamento.

Durante a apresentação dos dados na manhã de hoje, especialistas comemoram o fato do Brasil ter registrado queda no número de casos de infecção por Aids nos últimos anos. Desde 2012 houve uma diminuição na taxa de detecção de Aids no país. O número passou de 21,9 casos por 100 mil habitantes, em 2012; para 17,8 casos por 100 mil habitantes em 2019, representando um decréscimo de 18,7%.

A taxa de mortalidade por Aids também apresentou queda de 17,1% nos últimos cinco anos. 12.667 óbitos pela doença foram registrados em 2015. Por outro lado, em 2019 foram 10.565. Na avaliação do Ministério da Saúde, ações como a testagem para a doença e o início imediato do tratamento, em caso de diagnóstico positivo, são fundamentais para a redução do número de casos e óbitos por Aids.

Fontes: Brasil 61 e Agência Brasil

Ações contra Aids: Ribeirão Pires terá campanha de prevenção, no Dezembro Vermelho

Serviço de Atenção Especializada, UBSs e USFs terão reforço na realização de testagem durante a Campanha Fique Sabendo (1 a 7/12). Ações contra Aids: Ribeirão Pires

A Secretaria de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires reforçará no próximo mês as ações de combate e prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)/Aids. As atividades, que serão realizadas no Serviço de Atenção Especializada (SAE) e nas UBSs e USFs da cidade, fazem parte do Dezembro Vermelho.

Para abrir o calendário, de 1 a 7 de dezembro, a Prefeitura promoverá a 13ª Campanha Fique Sabendo, para testagem de HIV, Sífilis, Hepatites B e C. O objetivo da testagem é diagnosticar precocemente os agravos, especialmente entre jovens. “Existem muitas pessoas que são portadoras do HIV e que estão com sífilis ou hepatites B e C sem saber”, explicou a coordenadora do Programa Municipal IST/Aids de Ribeirão Pires, Nanci Garrido.

Em 2019, foram registrados 28 novos casos de IST/Aids na rede municipal da cidade – 85% dos casos são homens, desses 50% fazem sexo com homens, brancos, na faixa etária de 19 a 40 anos. Este perfil segue a tendência nacional da epidemia. Em 2020, dos 23 novos casos registrados, 45% são heterossexuais, bancos, na faixa etária de 30 a 50 anos; 35% são homens que fazem sexo com homens, pardos; 20% se reconhecem como bissexuais, pardos.

Ações contra Aids: Ribeirão Pires

“Neste ano, observamos um leve crescimento de casos que tiveram transmissão entre heterossexuais, diferente dos últimos anos. É muito importante promovermos o acesso aos testes, ampliar o número de pessoas que conheçam seu status sorológico, vincular o portador à referência (de saúde) e ofertar tratamento imediatamente após o diagnóstico”, avaliou Nanci.

No caso do HIV, a testagem é a porta de entrada nesta cadeia de cuidado contínuo de prevenção, diagnóstico, vinculação, tratamento, retenção e supressão viral do HIV. No caso da sífilis e hepatites, a testagem oportuniza o diagnóstico e tratamento de agravos muitas vezes silenciosos.  

Durante a Campanha Fique Sabendo, a testagem será realizada no Serviço de Atenção Especializada (Av. Francisco Monteiro, 205 – Centro. Seg. a sex., das 7h às 17h), e na Atenção Básica, seguindo o seguinte cronograma:

Confira o Cronograma:

2/12 – Das 9h às 13h – UBS Central

2/12 – Das 10h às 14h – UBS Centro Alto

  • 2/12 – Das 12h às 15h – USF Jardim Valentina
  • 3/12 – Das 9h às 15h – USF Jardim Caçula
  • 3/12 – Das 9h às 15h – USF Jardim Luso
  • 4/12 – Das 9h às 15h – USF Quarta Divisão
  • 4/12 – Das 9h às 15h – USF Ouro Fino
  • 4/12 – Das 9h às 15h – UBS Santa Luzia
  • 4/12 – Das 9h às 15h – USF Vila Sueli
  • 7/12 – Das 9h às 15h – USF Guanabara

Labnews promove campanha Ambiente Seguro

  • Ação social distribui gratuitamente produtos para limpeza e desinfecção de superfícies e ambientes hospitalares
  • As instituições também receberão e-book, guia de orientação, além de selos de certificação

A Labnews, indústria brasileira especializada no desenvolvimento de produtos para controle de infecção e esterilização hospitalar, assim como para limpeza e conservação de instrumentais médicos, lançou a Campanha Ambiente Seguro. Trata-se de uma ação social que prevê a distribuição gratuita de produtos de desinfecção de alta tecnologia para hospitais, manuais de orientação e o Selo Livre de COVID 19.

As primeiras doações começaram na segunda quinzena de novembro para hospitais públicos e filantrópicos na região de Mogi Guaçu, onde está localizada a fábrica; em São Paulo, na Capital, e outros do litoral Sul. 

A iniciativa reforça a sua política de atuação comprometida com a segurança, sustentabilidade e meio ambiente.

Um dos principais objetivos da campanha é fornecer produtos com ação comprovada de eficácia contra uma série de microrganismos, incluindo o Coronavírus, visando aumentar a segurança nas atividades nesse momento de retomada.

“Atingir a adequada desinfecção de ambientes, demanda treinamento das equipes para correta aplicação do produto, porém, principalmente, exige a utilização de produtos de qualidade, capazes de entregar o resultado prometido com segurança para usuário e material a ser desinfetado”, afirma Kelly Lídia Rodrigues, Gerente de Departamento Técnico e Científico da Labnews.

Os produtos de desinfecção de alta tecnologia eliminam de forma rápida microrganismos causadores de doenças e IRAS (Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde). De acordo com dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), as IRAS estão entre as maiores causas de morte e aumento da morbidade entre os pacientes hospitalizados.

Orientação garantida e limpeza certificada

Para reforçar ainda mais a ação, a Labnews também disponibilizará o selo Ambiente Livre de Microrganismos, inclusive o Coronavírus. O selo possui um QR Code para acesso as informações dos produtos e identificar os estabelecimentos que participam da ação ambiente seguro.

“Dessa forma, o hospital consegue comprovar para os seus pacientes e funcionários a preocupação em tornar o ambiente completamente limpo e seguro em relação a vírus e bactérias e, especialmente nesse momento, em relação ao Coronavírus”, considera a enfermeira Kelly Rodrigues.

e-books – Atenta aos riscos de disseminação de doenças infecciosas, a Labnews também disponibiliza informações técnicas e orientação da aplicação dos produtos com e-books.

De acordo com a Labnews, as práticas sugeridas também são adotadas de forma bastante rigorosa dentro da empresa, buscando o máximo de eficiência.

“Aplicamos internamente o que pregamos aos nossos clientes e parceiros no que diz respeito ao cuidado com o ambiente. Todos os funcionários da fábrica passaram por treinamentos para uso correto do desinfetante de superfícies e aplicação diária nos locais de trabalho. Além, claro, da lavagem frequente das mãos”, explica Kelly Rodrigues.

Como resultado, a empresa comemora não ter registrado nenhum caso de COVID-19 em suas instalações, diante do cenário da pandemia vivenciado no País. A Labnews tem 70 funcionários.

“Isso é resultado de um processo que envolve produtos de qualidade, fácil aplicação e protocolos corretos aplicados por toda a equipe”, finaliza.

SobreA Labnews é uma indústria especializada no desenvolvimento de produtos para controle de infecção hospitalar. A gama de produtos da Labnews abrange produtos de limpeza, desinfecção de alta tecnologia e equipamentos. Todas as linhas são focadas em oferecer soluções inovadoras com segurança para instrumentais médicos, ambientes, pacientes e usuários. Possuí uma política ambiental que contribuem para a sustentabilidade e preservação do meio ambiente. A empresa está localizada em Mogi Guaçu, São Paulo, tem atuação nacional e internacional, com distribuidores e representantes em diversas áreas do País.

Museu Casa de Portinari promove live em homenagem à cultura negra

Atividade acontece nesta sexta-feira (20), Dia Nacional da Consciência Negra, com participação da artista Con Silva

Dentre as datas comemorativas e de reflexão do calendário, uma das mais importantes será nesta sexta-feira (20): o Dia Nacional da Consciência Negra. Para homenagear e refletir sobre as premissas da celebração, o Museu Casa de Portinari, instituição da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, promove, às 12h, uma live com a artista Con Silva.

Instrutora de artes, jurada de Carnaval e ativista do Movimento Negro, Con já ministrou palestras em instituições públicas e privadas abordando diversos temas da cultura afro nacional. Na live, ela falará sobre a cultura e a negritude brasileira.

Na programação semanal ainda será possível conferir o vídeo sobre o projeto de história oral do equipamento, o Poéticas da Memória. Entre os participantes estão pessoas que fizeram parte do convívio da família Portinari e de seu mais ilustre membro, moradores de Brodowski que guardam memórias da formação da cidade, seus costumes, tradições, problemas sociais, fauna, flora entre outros.

“Esse é um projeto que o Museu Casa de Portinari realiza há mais de 20 anos. É uma ferramenta importante para captação, salvaguarda e difusão desse acervo histórico”, explica Cristiane Patrici, gerente do equipamento.

Para acessar os conteúdos basta curtir as redes sociais do Museu Casa de Portinari (@museucasadeportinari) ou ficar ligado na página especial do Cultura em Casa: www.museucasadeportinari.org.br/culturaemcasa.

Jornal Grande ABC

Museu Casa de Portinari

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.031 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

Ministério institui projeto de cuidado integral à saúde do homem

Estados que irão receber o repasse foram definidos considerando a taxa de mortalidade por câncer de pênis acima de 0,60 por 100 mil homens, no período de 2014 a 2018

O Governo Federal publicou nesta semana uma portaria que institui projeto-piloto para prevenção de câncer de pênis, no âmbito da Atenção Primária à Saúde. A medida é uma das ações da campanha do Novembro Azul.

O repasse total soma cerca de R$ 20 milhões e é destinado aos estados com a maior de mortalidade por câncer de pênis acima de 0,60 por 100 mil homens no período de 2014 a 2018. Segundo o Ministério da Saúde, os entes federativos com maior incidência da doença são Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Sergipe. 

A portaria também destina recursos a 370 municípios com população de até 100.000 habitantes com média de registro de, ao menos, um diagnóstico de câncer de pênis. 

Fonte: Brasil 61

Jornal Grande ABC

Ministério institui projeto

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.031 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

TSE reforça ações para evitar contágio da Covid-19

Tribunal publicou Plano de Segurança Sanitária para auxiliar eleitores, mesários e poder público

A poucos dias do primeiro turno das Eleições Municipais deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alerta a população sobre as medidas de segurança que devem ser tomadas por todos no dia da votação para evitar o contágio do novo coronavírus. Para auxiliar eleitores, candidatos e poder público durante o pleito, o TSE publicou o Plano de Segurança Sanitária. A publicação, que pode ser baixada no site do tribunal, contém diretrizes sobre ações a serem tomadas nessas eleições.

Em live promovida pelo TSE, Google Brasil e Instituto Palavra Aberta, o médico Roberto Kalil Filho, presidente do Instituto do Coração (Incor), reforçou que o mundo ainda enfrenta uma pandemia. Segundo ele, é fundamental que todos os eleitores respeitem as medidas de contenção da Covid-19. 

“Ainda estamos na pandemia. Independentemente do processo eleitoral todos precisam usar máscaras e o distanciamento se faz necessário para evitar a contaminação, nos protegermos e também proteger o próximo”, afirmou o médico.

Por conta da pandemia, o Congresso Nacional alterou o calendário eleitoral previsto para este ano. Anteriormente, o primeiro e segundo turno estavam marcados para 4 e 25 de outubro, respectivamente. Com a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), as datas passaram para 15 e 29 deste mês. 

TSE reforça ações

Neste ano, os eleitores não precisarão se identificar por meio de biometria, segundo determinação do TSE para minimizar o risco de contágio do coronavírus. Além disso, o presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, disse que o Ministério da Saúde disponibilizou três milhões de máscaras para serem distribuídas aos eleitores que eventualmente compareçam aos postos de votação sem o acessório.

“O Ministério da Saúde gentilmente disponibilizou três milhões de máscaras para eleitores que eventualmente não a tenham. Estamos falando de pessoas que não tenham condições de comprar ou que tiveram algum problema [para não levá-las].”

O TSE recomenda que eleitores e mesários com sintomas da Covid-19 ou que tenham sido contaminados pela doença até 14 dias antes das eleições não compareçam aos locais de votação. O tribunal ampliou o horário de votação das Eleições Municipais deste ano em uma hora e ocorrerá das 7h às 17h. No entanto, entre 7h e 10h, o horário será preferencial para as pessoas com mais de 60 anos.  Para mais informações acesse: https://www.tse.jus.br.

Fonte: Brasil 61

Anvisa: Gás ozônio não é eficaz contra o novo coronavírus

De acordo com o documento, uma revisão de dados de estudos nacionais e internacionais concluiu que não foram apresentadas evidências científicas relacionadas à eficácia contra o vírus

A Anvisa publicou uma Nota Técnica  com informações sobre o uso de ozônio como produto desinfetante durante a pandemia da Covid-19. De acordo com o documento, uma revisão de dados de estudos nacionais e internacionais concluiu que não foram apresentadas evidências científicas relacionadas à eficácia contra o vírus.   

Embora tenha ação desinfetante na água de consumo humano e seja utilizado com esta finalidade, principalmente na Europa, o documento afirma que o uso do ozônio tem potencial para causar danos agudos e crônicos em humanos, como lesões na pele, nas vias respiratórias, nos olhos, e causar reações alérgicas.   

De acordo com os marcos regulatórios vigentes, equipamentos ou estruturas que utilizam ozônio para desinfecção de ambientes públicos e de superfícies em geral não estão sujeitos à regularização junto à Anvisa. 

Fonte: Brasil 61

Mesários voluntários para as Eleições de 2020 triplicam

Ao todo, para as Eleições 2020, o TSE computou mais de um milhão de mesários voluntários, tendo 670.958 pessoas se cadastrado apenas este ano

Mesmo em meio a pandemia o número de inscritos para mesários nas eleições de 2020 teve um aumento de 220,24% em todo país se comparado com os que se cadastraram em 2016 para atuar no pleito daquele ano. O levantamento foi feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) junto aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).  

Ao todo, para as Eleições 2020, o TSE computou mais de um milhão de  mesários voluntários, tendo 670.958 pessoas se cadastrado apenas este ano. O restante faz parte de um banco de dados de voluntários inscritos em outros anos. Somando a quantidade de voluntários inscritos no ano da eleição e os que faziam parte do banco de dados, o total de mesários voluntários este ano é 29,55% maior do que os que trabalharam voluntariamente em 2016. 

Na avaliação do TSE, o chamamento feito pelo médico Drauzio Varella, em conjunto com outras medidas sanitárias divulgadas, contribuíram para a elevação dos números.

Em 25 das 27 unidades da Federação, houve incremento de voluntários inscritos no ano da eleição. O Tribunal Regional de Alagoas não enviou as informações, e o Distrito Federal foi excluído porque não realiza eleições municipais.

Nas Eleições de 2020, conforme os dados indicados pelos TREs, atuarão pelo menos 1,4 milhão de mesários. No pleito de 2016, atuaram 1,8 milhão de mesários.

O número menor na atual eleição tem uma explicação: neste ano, foram convocadas quatro pessoas por seção; antes, eram seis. Também houve remanejamento, e estas eleições contarão com um número menor de seções.
 

Fonte: Brasil 61

Fapesp apoia desenvolvimento de filme plástico

Durante testes, a tecnologia mostrou ser capaz de eliminar 79,9% de partículas do SARS-CoV-2 em três minutos e 99,99% em até 15 minutos

Aquele filme plástico de PVC transparente, que pode ser esticado para embalar alimentos, como carnes, frutas e frios, e para proteção de superfícies é capaz de inativar o novo coronavírus. Testes conduzidos no laboratório de biossegurança de nível 3 (NB3) do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP), revelaram que o material é capaz de eliminar 79,9% de partículas do SARS-CoV-2 em três minutos e 99,99% em até 15 minutos.

Esse filme plástico é um pouco diferente do tradicional que se têm em casa, pois é um material produzido com nova tecnologia e comercializado pela indústria de plásticos Alpes. O material possui micropartículas de prata e sílica em sua composição, tecnologia desenvolvida e licenciada pela empresa paulista Nanox, apoiada pelo Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE).

Para testar a ação virucida do filme plástico contra o novo coronavírus foram realizados ensaios seguindo a norma técnica de medição da atividade antiviral em plásticos e outras superfícies não porosas, que estabelece que o material tem que demonstrar essa ação em até quatro horas. Os resultados das análises por quantificação do material genético viral por PCR indicaram uma redução de quase 100% das cópias do SARS-CoV-2 que entraram em contato com amostras do filme plástico com as micropartículas de prata e sílica incorporadas após 15 minutos de exposição ao material.

Fonte: Brasil 61

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

Junte-se a 1.031 outros assinantes

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!

ParkShopping São Caetano apoia campanha Novembro Azul

O ParkShopping São Caetano mais uma vez apoia a campanha Novembro Azul, que visa conscientizar e divulgar a importância da detecção de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Toda a equipe de atendimento do Shopping está utilizando um broche azul desde o início do mês. Além disso, a fachada do empreendimento ficará iluminada de azul durante o mês de novembro.

ParkShopping São Caetano

Endereço: Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul – SP

Informações: 4003-4174 e www.parkshoppingsaocaetano.com.br 

Facebook e Twitter /pssaocaetano 

Instagram /parkshoppingsaocaetano

Sobre o ParkShopping São Caetano

Inaugurado no final de 2011, o ParkShopping São Caetano foi construído no novo bairro da cidade de São Caetano do Sul, o Espaço Cerâmica: um complexo multiúso com edifícios residenciais e comerciais em uma área de 300 mil m². O shopping possui 218 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas distribuídas em dois pisos (São Caetano e São Paulo). Com foco nos públicos das classes A e B, o ParkShopping São Caetano atende não só as cidades do Grande ABC como também a bairros de São Paulo localizados em seu entorno, como Ipiranga, Nova Saúde, Mooca, Vila Prudente, entre outros. O empreendimento, portanto, tem a característica de ser regional e, para isso, há a preocupação constante em aperfeiçoar o seu mix de lojas para ser o mais completo nas áreas de moda, serviços, lazer e alimentação da região. Outra preocupação é sempre trazer ao consumidor da região novas operações até então inéditas em shoppings do ABC.  O ParkShopping São Caetano conta ainda com o Supermercado St Marche e com o Hot Zone, o mais moderno e completo Parque Indoor do país que ocupa 1.500 m² com mais de 200 atrações para adultos e crianças.

Sobre a Multiplan

A Multiplan possui atualmente 19 shopping centers em operação e é uma das maiores empresas do setor no Brasil. A companhia também atua estrategicamente no desenvolvimento de imóveis comerciais e residenciais, com projetos multiúso que geram sinergias para as operações de shopping centers, oferecem conveniência e comodidade aos usuários, e geram valor a seus ativos. Fundada em 1974 como empresa full service, é responsável pelo planejamento, desenvolvimento, propriedade e administração de um dos melhores portfólios de empreendimentos imobiliários do país. O ParkJacarepaguá, em construção no Rio de Janeiro, será o 20º shopping da companhia.

Os shopping centers da Multiplan totalizam mais de 5.800 lojas, tráfego anual estimado em 190 milhões de visitas e área bruta locável (ABL) de 835 mil m². Ao final do segundo trimestre de 2020, a Multiplan também detinha dois conjuntos de torres comerciais que somados à ABL de shopping centers resultam em ABL total de 922 mil m². Mais informações em www.multiplan.com.br.

Como reconhecer os sinais precoces de um AVC

Segundo dados do Ministério da Saúde, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) leva a óbito mais de 100 mil pessoas por ano no Brasil. Estima-se que, neste ano, serão 18 milhões de casos no mundo e, em 2030, deverão ser 23 milhões. Cerca de 50% dos sobreviventes ficam com sequelas graves, por isso a necessidade de reconhecer precocemente o AVC e tratá-lo adequadamente.

Neste Dia Mundial do Combate ao AVC, 29 de outubro, a Dra. Caroline De Pietro Franco Zorzenon, neurologista do Hospital Sepaco, alerta que grande parte da população mundial está em risco pelo fato da incidência de pressão alta, diabetes e aumento do colesterol estar aumentando entre as pessoas. “É preciso estar atento a qualquer alteração do corpo, pois se trata de uma doença grave e que necessita de tratamento rápido”.

Mas com prevenção, o AVC pode ser evitado. Realizar acompanhamento médico regular é essencial para a prevenção do AVC e de duas doenças causadoras. Além disso, os pacientes acometidos pela doença podem melhorar sua qualidade de vida com tratamentos multidisciplinares adequados. “Assim como as pessoas realizam check-ups para evitar os problemas cardíacos, é fundamental realizá-los para prevenir os acidentes vasculares encefálicos”, avalia a especialista.

É importante estar alerta e aprender a reconhecer os sinais precoces do AVC. Se houver rapidez no atendimento inicial, é possível utilizar um medicamento para dissolver o coágulo que obstrui a artéria cerebral causadora dos sintomas em até 4,5 horas do início dos sintomas. “Desta forma, muitos pacientes tem uma boa recuperação neurológica com baixo índice de sequelas e boa qualidade de vida”, comenta a neurologista.

Entre os sinais mais comuns são fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna e em um lado do corpo, confusão mental, alteração da fala ou compreensão da linguagem,  alterações visuais (perda súbita/escurecimento visual), alteração do equilíbrio, perda de coordenação motora, tonturas e dor de cabeça súbita e intensa, sem causa aparente. “Ao sentir qualquer um desses sintomas, anote o horário em que começaram e procure imediatamente atendimento médico”, explica a médica.

Já fatores de risco que podem ser facilitadores para um AVC são doença vascular periférica, doenças cardíacas, tabagismo, hipertensão arterial, diabetes, sedentarismo, colesterol alto, uso de anticoncepcionais, álcool e drogas ilícitas. Para a especialista, o controle adequado desses fatores de risco pode diminuir a probabilidade de uma pessoa ter um Acidente Vascular Cerebral e suas complicações.

Desta forma, tome alguns cuidados preventivos para garantir sua saúde, tais como adotar uma alimentação saudável, parar de fumar, praticar algum tipo de exercício físico regularmente. Para quem tem pressão alta, a dica é fazer um esforço para tomar seus remédios conforme prescrição médica e, já para os diabéticos, prestar atenção na dieta, para bom controle da glicemia e tomar os remédios regularmente.

Sobre o Sistema Sepaco de Saúde

O Sepaco, fundado em 1956, inicialmente para atender o setor papeleiro, transformou-se em um Sistema Integrado de Saúde, agregando hospital e operadora de saúde de autogestão. Pioneiro no controle de infecção hospitalar no Brasil, o Hospital Sepaco atualmente atende operadoras de saúde, assim como clientes particulares. Focado em alta complexidade e pediatria, o hospital está localizado na Vila Mariana, São Paulo, e possui 257 leitos, sendo 95 de UTI (40 para adultos e 35 Neonatais e 20 Pediátricos), um corpo clínico com alta qualidade profissional e modernos equipamentos para diagnósticos, como tomografia, ressonância magnética, hemodinâmica e uma área própria para oncologia. Para realização de pequenas cirurgias, com alta no mesmo dia, a instituição oferece ainda o Hospital Dia Sepaco, na região do Jardim Paulista, São Paulo/SP.

Acesse: www.sepaco.org.br
Facebook: www.facebook.com/hospitalsepaco