Arquivo da tag: quem pode receber

Governo de SP anuncia auxílio de R$ 300 a parentes de vítimas da COVID-19

Com investimento de mais de R$ 20 milhões, Governo de SP anuncia o auxílio SP Acolhe, que é um dos benefícios do Bolsa do Povo

O Governador João Doria lançou nesta terça-feira (29) o programa SP Acolhe, que vai oferecer auxílio mensal de R$ 300 a famílias vulneráveis que perderam ao menos um integrante do núcleo familiar por COVID-19 desde o começo da pandemia. Este é um dos benefícios do Bolsa do Povo, maior programa de proteção social já anunciado pelo Governo de São Paulo.

“O nosso Governo é um Governo humano, que se dedica e prioriza todas as suas ações aos mais pobres. É um programa inédito no Brasil, que vai atender até dezembro famílias que tiveram seus entes perdidos para a COVID-19 “, disse Doria.

A iniciativa vai beneficiar famílias inscritas no CadÚnico com renda mensal de até três salários-mínimos que tenham perdido ao menos um familiar vítima de COVID-19, podendo ser pai, mãe, avô, avó, filho, filha ou outro parente, desde que a morte tenha ocorrido dentro do núcleo familiar. O programa considera todas as estruturas familiares, exceto a unifamiliar (uma única pessoa), com filhos de todas as idades.

O programa vai beneficiar 11.026 famílias em todo o estado, com 11.143 auxílios, totalizando repasse estadual de R$ 20 milhões. O benefício de R$ 1,8 mil será pago em seis parcelas mensais de R$ 300, entre os meses de julho e dezembro de 2021.

“Esta é mais uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, sob a liderança do Governador João Doria, para o enfrentamento dos desafios impostos pela pandemia de COVID-19, amparando a população em maior fragilidade social”, afirmou a Secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Célia Parnes.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Vale Gás e Bolsa do Povo

O anúncio deste novo auxílio é feito menos de quinze dias após o lançamento do Vale Gás, programa de transferência de renda para mais de 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade social do estado de São Paulo que vai pagar três parcelas de R$ 100, entre os meses de julho e dezembro de 2021, para a compra de botijões de gás de cozinha. Tanto o Vale Gás como o SP Acolhe são benefícios incorporados ao Bolsa do Povo.

Nele também estão os programas Renda Cidadã, Via Rápida, Bolsa-Trabalho, Ação Jovem, Bolsa Talento Esportivo e o auxílio-moradia emergencial (Aluguel Social). Também estão previstas contratações de mães e pais nas escolas, além de agentes de apoio para os serviços de saúde.

O Bolsa do Povo vai pagar benefícios de até R$ 500 e poderá beneficiar até 500 mil pessoas direta e indiretamente nos 645 municípios de São Paulo. O portal do Bolsa do Povo, desenvolvido pela Prodesp – a empresa de tecnologia do Governo do Estado -, pode ser conferido no site www.bolsadopovo.sp.gov.br.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Governo de SP anuncia auxílio de R$ 300 a parentes de vítimas da COVID-19”?

Governo de SP anuncia auxílio de R$ 300 a parentes de vítimas da COVID-19
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 2.681 outros assinantes

Campanha contra a fome em Diadema recebe cestas básicas da UNIFESP

O setor universitário também contribuiu com a campanha “Sua Fome me Incomoda” realizada pela Prefeitura de Diadema. A Universidade Federal São Paulo (Unifesp) doou, hoje, 39 cestas básicas que serão repassadas às famílias que vivem na pobreza e em situação de desemprego, na campanha contra a fome em Diadema.

A entrega dos alimentos aconteceu no Campus Diadema, que fica no centro da cidade, e faz parte da ação Se Cuida Diadema, que a unidade acadêmica realiza desde o ano passado. A atividade tem a contribuição de professores, amigos e funcionários da universidade, e com os valores obtidos são adquiridos produtos não perecíveis. “Os alimentos são distribuídos para famílias de alunos da escola pública de Diadema, funcionários terceirizados e estudantes da própria universidade. Soubemos da iniciativa da Prefeitura e resolvemos colaborar com a campanha”, relata a professora da Unifesp, Susan Pantaroto.

A vice-prefeita e secretária de Assistência Social e Cidadania, Patty Ferreira, ressalta que a campanha “Sua Fome me Incomoda” vem sendo bem acolhida por todos e que as doações permitem que mais famílias no Município recebam alimentos. “Além de um ato solidário, a contribuição da UNIFESP mostra que duas unidades públicas podem se juntar em prol de uma causa que ajuda diminuir o sofrimento alheio,” afirma.

No ato de entrega das cestas, também, estiveram presentes a primeira-dama e presidenta do Fundo Social de Solidariedade, Inês Maria de Filippi, e o secretário de Segurança Alimentar, Gel Antônio. Da UNIFESP participaram o diretor do Campus Diadema, Wagner Batista; o diretor administrativo, João Duarte, e o professor Sérgio Stocco.

A campanha “Sua Fome me Incomoda” acontece desde o último dia 27 de março e em dois meses recebeu 198 toneladas de doações. Deste total, 170 toneladas já foram distribuídas, levando comida para mais de 35 mil moradores de Diadema.

Para saber mais como doar acesse o link:   

http://combateafome.diadema.sp.gov.br/  

Por Iara Santos Luz

Foto Dino Santos

Campanha contra a fome em Diadema recebe cestas básicas da UNIFESP

Mais notícias do Grande ABC

Gostou “Campanha contra a fome em Diadema recebe cestas básicas da UNIFESP”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Visite e conheça o nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.681 outros assinantes

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias

Iniciativa do Fundo Social de Solidariedade já arrecadou 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores para Campanha Santo André Solidária.

Com a colaboração de muitos andreenses, a campanha Santo André Solidária, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade, chegou à marca de mil cestas básicas distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade. Neste sábado (24) foi a vez dos moradores do bairro Sítio dos Vianas receberem as doações.

“A campanha Santo André Solidária continua a todo vapor, seguimos cuidando dos que mais precisam, mesmo nesse momento difícil. Com a ajuda de todos os andreenses que nos auxiliam doando diversos tipos de itens, vamos vencer juntos”, destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

A campanha, lançada no aniversário da cidade, em 8 de abril, já arrecadou cerca de 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores. Alexandre Vieira, voluntário na campanha, comentou sobre o processo de arrecadação e distribuição. “A colaboração da cidade tem sido muito significativa. Fazemos a triagem e a montagem dos kits para entregar nas residências das mais de 900 famílias assistidas”.

As cestas básicas são compostas por alimentos não perecíveis e, complementando as doações, as famílias recebem ainda kits de higiene pessoal e também produtos de limpeza.

Gabriela de Lima Santana, de 19 anos, recebeu a cesta neste sábado com a filha Mariana de 7 meses no colo. “Veio em boa hora. O momento não está fácil. Moro com mais dez pessoas e estou sem emprego, por isso, agradeço esta grande ajuda”.

Cláudio de Jesus, de 49 anos, comemorou a doação. “Como autônomo, passei momentos difíceis, por isso sou grato por esta ajuda”, pontou o morador.

Para quem quiser contribuir com a campanha Santo André Solidária, a arrecadação é feita em sistema drive-thru de forma segura, respeitando todos os protocolos sanitários, nos seguintes endereços: Parque Celso Daniel (Rua das Caneleiras, s/nº – Bairro Jardim), Parque Central (Rua José Bonifácio, s/nº – Vila Assunção), Parque Regional da Criança (Avenida Itamarati, 536 – Parque Jaçatuba) e Parque da Juventude Ana Maria Brandão (Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, s/nº – Jardim Ipanema). 

Os quatro drive-thrus solidários localizados nos parques receberão doações até o dia 30 de abril, de segunda a domingo, das 8h às 17h. Os cinco pontos de vacinação em formato drive-thru da cidade também estão recebendo doações.

Outra opção é fazer as contribuições diretamente na sede do Banco de Alimentos, localizado na avenida dos Estados, 2195, em Santa Teresinha. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. 

Podem ser doados alimentos como arroz, feijão, macarrão, café, óleo, leite em pó, além de itens de higiene e limpeza, agasalhos, cobertores, brinquedos, material escolar, entre outros.

Quem preferir, pode fazer doações via Pix para a chave e-mail doe@santoandre.sp.gov.br ou via transferência para a conta do Fundo Social no Banco do Brasil. A agência é 5688-x, conta 6900-0 e CNPJ 46.522.942/0001-30, no nome de Prefeitura de Santo André – Fundo Social de Solidariedade.

Entre os bairros que estão sendo beneficiados com a entrega de doações estão Sítio dos Vianas, Jardim Irene, Jardim Cipreste, Aclimação, Vila Linda, entre outros. A distribuição será feita ao longo da realização da campanha Santo André Solidária.

Gostou da nossa matéria “Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias“?

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias
Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias. Foto: Angelo Baima/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.681 outros assinantes