Mapa do Trabalho Industrial: requalificação é urgente neste momento

De acordo com um estudo da Confederação Nacional da Indústria, o Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025, divulgado no último dia 16, a indústria precisará de 2 milhões de trabalhadores qualificados em formação inicial para repor nativos e preencher novas vagas até 2025.

Você já se sentiu ultrapassado? Especialmente no pós-pandemia, muitos profissionais têm a sensação de uma mudança mais acelerada no ambiente profissional. Novas tendências de rotina, no formato de trabalho, novas profissões e novas plataformas transformaram o trabalho como conhecíamos até o momento da pandemia. 

Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira, comenta sobre a importância de se atualizar e investir em qualificação, além de trazer dicas para os profissionais escaparem da chamada “obsolescência profissional”.

O relatório ainda mostra que uma parcela de 7,6 milhões de pessoas que já trabalham na indústria ou já têm formação vão precisar passar por novos aperfeiçoamentos profissionais para seguir atuando em seus postos de trabalho. Isso quer dizer que quase a totalidade dessa força profissional precisa se atualizar.

Mas o Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025 mostra que não só os profissionais da indústria, mas qualquer tipo de profissional precisará acompanhar as novidades, tendências e desenvolver competências adequadas para atender às novas demandas para não serem substituídos.

“Tanto os profissionais como as organizações precisam desenvolver novas competências, mas para isso, precisamos ampliar nosso repertório. Todos precisamos ser capazes de perceber o futuro e fazer disso uma oportunidade para crescermos enquanto pessoas, empresas e sociedade”, explica Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira.

Lifelong learning – O desafio de ter um aprendizado ao longo da vida

O termo Lifelong learning parte do conceito de que o aprendizado nunca acaba, mesmo depois do ensino básico, faculdades e especializações, é necessário continuar e acompanhar o ritmo da transformação do mundo.

Esse é o reflexo do dinamismo do mundo contemporâneo e todo profissional deve estar aberto a novos conhecimentos. Portanto, esse é o caminho para manter-se atraente no mercado de trabalho. “Vários conteúdos que aprendemos já não servem mais, outros precisam ser reciclados e tantos outros aprendidos. Muitas coisas que vemos no mercado não existiam quando estávamos na escola: home office, business intelligence, customer success, inteligência artificial, emocional e hoje temos que entender, implementar e passar para nossas equipes”, revela, Rebeca.

Para Rebeca, o primeiro passo para se buscar uma qualificação é entender seus objetivos e alinhar seu propósito dentro de uma área. “O mercado de trabalho é cada vez mais competitivo, os profissionais precisam estar atentos
às mudanças e estar dispostos a se adaptar a elas. Não existe uma fórmula certeira, portanto, respeitar seus valores e reconhecer, e aproveitar ao máximo seus talentos, costuma trazer bons resultados”, comenta, Toyama.

Segundo a especialista, o que pode atrapalhar os profissionais na qualificação são os modelos mentais e competências desatualizadas e também as crenças limitantes que fazem perder a capacidade de síntese, ideação e criação.

“É necessário o entendimento que podemos contribuir com o futuro que queremos construir para nós mesmos e para as próximas gerações, investindo no desenvolvimento de competências e no autoconhecimento para acompanharmos tantas transformações no mundo do trabalho sem perder qualidade de vida”, finaliza, Toyama.

Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira, selecionou 5 dicas para ajudar os profissionais a se qualificarem ao longo da carreira:

  1. Reconheça o cenário atual e encontre como você pode contribuir profissionalmente: sem perfeccionismo, teimosia ou vaidade;
  2. Tenha clareza sobre suas competências existentes: as técnicas e as comportamentais;
  3. Identifique o que ainda precisa ser aprendido para levar você do cenário atual para o desejado, evite buscar culpados ou justificativas;
  4. Pesquise boas fontes de aquisição de conhecimento e fuja das distrações ou conhecimentos fragmentados, como por exemplo uma lista de livros ou cursos desconectados de seus objetivos;
  5. Seja protagonista de seu crescimento dedicando-se à aquisição do conhecimento que transformará você na pessoa capaz de realizar o que você veio fazer no mundo.

Sobre Rebeca Toyama

Rebeca Toyama é fundadora da ACI que tem como missão desenvolver competências dentro e fora das organizações para um futuro sustentável. Especialista em educação corporativa, carreira e bem-estar financeiro. Possui formações em administração, marketing e tecnologia. Especialista e mestranda em psicologia. Atua há 20 anos como coach, mentora, palestrante, empreendedora e professora. Colaboradora do livro Tratado de psicologia transpessoal: perspectivas atuais em psicologia: Volume 2; Coaching Aceleração de Resultados e Coaching para Executivos. Integra o corpo docente da pós-graduação da ALUBRAT (Associação Luso-Brasileira de Transpessoal), da Universidade Fenabrave e do Instituto Filantropia.

Conheça nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook): jornalgrandeabc.com/redes-sociais


Mais Vagas no Grande ABC

Mapa do Trabalho Industrial: requalificação é urgente neste momento
Foto: Rebeca Toyama

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Gostou de “Mapa do Trabalho Industrial: requalificação é urgente neste momento”?

Assine nossa Newsletter e receba notificações em seu email, assim que publicarmos novas matérias! Ah, é gratuito e te manterá sempre informado!

Junte-se a 5.905 outros assinantes

Conheça nossa parceria com o Meu Emprego Novo, com mais informações sobre empresas contratando.

Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso site para o Rio de Janeiro, o Jornal Grande Rio.

Home office na pandemia: Solucione problemas em uma crise

Uma das habilidades que ganhou mais destaque no Relatório ‘Futuro do Trabalho’, veja as 5 dicas para simplificar o desenvolvimento dessa habilidade no Home office na pandemia;

Todos temos alguns problemas complexos para resolver em algum momento da vida, e essa habilidade de resolução de problemas já era um atributo notável em profissionais antes mesmo da pandemia. Hoje, após um ano vivendo uma crise, o que não falta são desafios, enquanto rotina, estabilidade e segurança passaram a ser realidade cada vez mais rara na rotina profissional. Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira, comenta sobre a ‘Resolução de Problemas Complexos’, uma habilidade que ganhou mais destaque no ranking de habilidades do relatório ‘Futuro do Trabalho’ do Fórum Econômico Mundial de 2021. A especialista traz ainda 5 dicas para descomplicar e desenvolver essa tão importante competência.

A pandemia de COVID-19 reforçou ainda mais a dimensão da competência em resolver problemas complexos, seja na esfera pública, privada ou pessoal. E quando não desenvolvida essa habilidade, as pessoas perante o problema geralmente expressam comportamentos como falta de coragem, soluções rápidas e não efetivas e até mesmo pode resultar na busca de um culpado ou acreditar que tudo está conspirando contra, tudo por não ter entendido a raiz do problema e pela influência das emoções.

Para a especialista em estratégia de carreira, a postura negativa que podemos desenvolver diante de um problema só acontece quando se ignora o conceito ‘lifelong learning’, o chamado aprendizado contínuo.

“Esse conceito nos mostra que a jornada de desenvolvimento nunca cessa, pois é por meio dela, que os profissionais conseguem preencher as lacunas para entender e resolver a complexidade de um problema. E para exemplificar melhor, precisamos entender que: o problema é formado por partes, e essa compreensão ajuda a dividir o problema em etapas menores e a mapear a solução. Além disso, é necessário ampliarmos a nossa compreensão sobre ele, e ainda compreender as causas e consequências, assim conseguiremos encontrar soluções mais efetivas e eficazes.”, explica Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira.

A estratégia

Fugir e negar um problema não é o melhor caminho, pois sempre vão surgir mais desafios e normalmente novos problemas poderão aparecer, afinal todos estão em constante aprendizado, mas o segredo está no caminho para passar por esses obstáculos.

Diante de qualquer situação, pare e analise o contexto, pois o melhor procedimento para se resolver um problema complexo é utilizar uma estratégia onde se consegue definir, estruturar, priorizar questões, sintetizar os resultados e trazer a solução do problema.

A especialista ainda traz uma reflexão sobre o modo como nos posicionamos perante os problemas, pois são esses problemas que nos fazem observar algo relevante que, provavelmente, não estava dando a devida atenção. “Experimente observar seus problemas, tenho certeza de que você também fará descobertas incríveis e grandes aprendizados sobre a vida nesses momentos, como eu já tive. ”, finaliza Rebeca Toyama.

E para simplificar a habilidade de Resolução de Problemas Complexos no Home office na pandemia, confira as 5 dicas da especialista em estratégia de carreira, Rebeca Toyama.


1. Entenda como sua mente funciona, desenvolva um processo de raciocínio diagnóstico duplo, em que o sistema 1 (não analítico) interage com o sistema 2 (analítico);

2. Observe a influências de suas emoções, evitando diagnósticos rasos e soluções precipitadas que podem amplificar o problema;

3. Fique atento a sua postura perante o problema, evite bancar o herói, a vítima ou o justiceiro, isso apenas prolonga o problema;

4. Analise não apenas os impactos financeiro do problema ou da solução, custo emocional e a demanda de energia e tempo merecem ser consideradas;

5. Procure dar um significado positivo ao problema, por mais complexo e desconfortável que seja, você pode transformá-lo em aprendizado.

Sobre Rebeca Toyama

Rebeca Toyama é fundadora da ACI que integra competências e inteligências e transforma propósitos em carreiras e negócios. Especialista em estratégia de carreira e bem-estar financeiro. Possui formações em administração, marketing e tecnologia. Especialista e mestranda em psicologia. Atua há 20 anos como coach, mentora, palestrante, empreendedora e professora. Colaboradora do livro Tratado de psicologia transpessoal: perspectivas atuais em psicologia: Volume 2; Coaching Aceleração de Resultados e Coaching para Executivos. Integra o corpo docente da pós-graduação da ALUBRAT (Associação Luso-Brasileira de Transpessoal), da Universidade Fenabrave e do Instituto Filantropia.

Gostou da nossa matéria “Home office na pandemia: Solucione problemas em uma crise“?

Home office na pandemia: Solucione problemas em uma crise
Rebeca Toyama. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 5.905 outros assinantes