Petrobras bate recorde de produção em 2020

A Petrobras bate recorde de produção em 2020. Foram alcançadas as marcas de 2,28 milhões de barris diários de petróleo e gás natural. Também a extração de óleo superou todos os resultados anteriores, ao atingir 2,84 milhões de barris por dia. O resultado é o maior obtido em cinco anos.

Mesmo em um cenário internacional adverso, provocado pela pandemia de Covid-19, a empresa encerrou o ano com recorde também de exportações. Em abril, por exemplo, no ápice da crise sanitária, foram exportados 1 milhão de barris por dia.

Para o bom desempenho, a companhia destaca a mudança no perfil da produção. Os campos do pré-sal fecharam o ano respondendo por 66% da produção. Em 2015, essa participação era de 24%.

De acordo com a prévia operacional, divulgada pela companhia nesta quarta-feira (3), no quarto trimestre de 2020, foram assinadas as vendas de 27 campos de terra e águas rasas, localizados nas Bacias do Recôncavo e de Sergipe-Alagoas.

Um número menor de intervenções em relação ao previsto para combate à corrosão nos dutos submarinos de injeção de gás, por meio do desenvolvimento de novas ferramentas e tecnologias de inspeção, também ajudou no melhor desempenho da Petrobras.

Seguindo a tendência de alta em 2020, a produção de derivados cresceu aproximadamente 3%. O diesel S-10, com baixo teor de enxofre, tem alcançado recordes desde julho. Implementadas pela companhia para ampliar a oferta desse produto em substituição ao S-500, com objetivo de lançar produtos mais limpos para a preservação do meio ambiente, a produção total do S-10 atingiu patamar de 121 milhões de barris.

No quarto trimestre de 2020, a geração de energia aumentou aproximadamente 315% em relação ao trimestre anterior. Esse aumento, segundo a Petrobras, foi reflexo da escassez de chuvas, o que gerou aumento na demanda por gás natural, em substituição à geração de energia hidrelétrica.

Com informações de Agência Brasil.

Gostou de “Petrobras bate recorde de produção em 2020“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Petrobras bate recorde de produção em 2020

Produção de grãos da safra 2020/21 deve alcançar novo recorde

São esperadas 268,9 milhões de toneladas, valor 4,6% maior em comparação com a temporada 2019/2020

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) afirmou que o Brasil deve alcançar quase 270 milhões de toneladas de grãos na safra 2020/21, valor 4,6% superior em comparação com a temporada 2019/20. Em relação ao volume estimado no mês passado, houve aumento de 269 mil toneladas. Segundo a Conab, com esse resultado, o Brasil deve bater recorde de produção.

A estimativa considera a recuperação da produtividade das culturas da soja e do milho. As duas foram prejudicadas pela estiagem no ano passado, em especial no Rio Grande do Sul. Além disso, aumento na área plantada também contribui para o valor recorde. Em 2020, 67,1 milhões de hectares devem ser cultivados, 1,8% a mais do que na safra passada.

A produção de soja deve alcançar 135 milhões de toneladas, confirmando o Brasil como o maior produtor mundial da oleaginosa. De acordo com a Conab, a safra total de milho também deverá ser a maior da história, com produção estimada em 104,9 milhões de toneladas.

Fonte: Brasil 61