Rinoceronte da Era do Gelo é encontrado na Sibéria

Um rinoceronte lanudo da era do gelo, bem preservado, com muitos de seus órgãos internos ainda intactos, foi recuperado do permafrost na região do extremo norte da Rússia.

A mídia russa noticiou na quarta-feira que a carcaça foi descoberta pelo degelo do permafrost em Yakutia em agosto. Os cientistas estão esperando que as estradas de gelo na região do Ártico se tornem transitáveis ​​para entregar o animal a um laboratório para estudos em janeiro.

A carcaça está entre os espécimes mais bem preservados do rinoceronte lanudo encontrados até hoje. A maioria dos tecidos moles ainda está intacta, incluindo parte dos intestinos, alguns pelos grossos e um caroço de gordura. Seu chifre foi encontrado próximo a ele.

Nos últimos anos, à medida que o gelo dentro do permafrost derrete cada vez mais, em vastas áreas da Sibéria por causa do aquecimento global, ocorreram descobertas significativas de mamutes, rinocerontes lanudos e filhotes de leão das cavernas. Um potro – conhecido como cavalo Lena – vivo há 42.000 anos foi encontrado no permafrost na cratera Batagaika em Yakutia, Sibéria.

Rinoceronte da Era do Gelo
Os cientistas dizem que os restos mortais do rinoceronte-lanudo Yakutia, retratados aqui, serão levados a um laboratório para investigação de radiocarbono no próximo ano. Fotografia: Valery Plotnikov / AP

Rinoceronte da Era do Gelo

Yakutia 24 TV citou Valery Plotnikov, um paleontólogo do ramo regional da Academia Russa de Ciências, dizendo que o rinoceronte lanudo tinha provavelmente três ou quatro anos quando morreu. Plotnikov disse que o jovem rinoceronte pode ter se afogado.

Os cientistas dataram a carcaça de 20.000 a 50.000 anos atrás. Uma datação mais precisa será possível quando os estudos de radiocarbono puderem ser feitos em um laboratório.

A carcaça foi encontrada na margem do rio Tirekhtyakh, no distrito de Abyisk, perto da área onde outro jovem rinoceronte-lanudo foi recuperado em 2014. Pesquisadores dataram aquele espécime, que chamaram de Sasha, com 34 mil anos.

Com informações The Guardian

Jornal Grande ABC

COMUNICAÇÃO: Existem formas de falar

O Jornal Grande ABC é feito para você, e por vocês. Nossos colaboradores e jornalistas estão todos dias buscando novidades e matérias. Assim, produzindo material especial para nossos leitores. Nosso foco são as cidades de Mauá, Diadema, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Além disso, cobrimos o que acontece no Brasil e no Mundo, incluindo esporte, entretenimento e tecnologias.

Não possuímos nenhuma vinculação política ou partidária. Da mesma forma, sem ligações com outras mídias já existentes na região. Nossa fundação se deu em 07 de Setembro de 2020. Desde então, cada dia estamos crescendo e chegando em mais dispositivos e usuários. Por isso, nossa maior satisfação é entregar material de qualidade para nossos leitores. Portanto, cada nova visita e comentário, nos dão mais fôlego para seguirmos firmes e fortes neste projeto.

Quer receber mais notícias, em qualquer momento? Assine nossa Newsletter, basta inserir seu e-mail logo abaixo, e receba as publicações todos os dias.

É um prazer ter você conosco. Aproveite para deixar comentário aqui embaixo. Salve nosso Site. Volte Sempre!