Vagas Atendente Call Center; 30 vagas para setor de Retenção

A LIQ está com vagas abertas para atendente de Call Center, no setor de retenção de clientes. Não é exigido experiência anterior, segundo disposto no recrutamento da empresa.

O salário oferecido é de R$ 1.079,56, em regime CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), para jornada de trabalho em escala de 6×1 (com folgas alternadas) e atuação no Brás (São Paulo, capital).

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Quais os requisitos?

É necessário que os candidatos tenham concluído o Ensino Médio (segundo grau), ter mais de de 18 anos e entre as competências ter boa comunicação e digitação. Não há referência quanto a exigência de experiência.

A Liq oferece Vale transporte, Vale refeição ou alimentação, Assistência médica, Assistência odontológica, Seguro de Vida, Empréstimo Consignado (a partir do 6° mês de empresa) e Gympass. Ainda, segundo a empresa, há Plano de Carreira e parcerias com instituições de ensino para descontos.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Como se candidatar?

Para todas as oportunidades da LIQ, o canal oficial de recrutamento é https://liq.pandape.com.br. Para se candidatar a uma das vagas desta matéria, o link é https://liq.pandape.com.br/Detail/74870.Este é o canal oficial utilizado na internet. Lembrando, estas oportunidades são apenas através desta forma de recrutamento.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Vagas Atendente Call Center; 30 vagas para setor de Retenção”?

Vagas Atendente Call Center; 30 vagas para setor de Retenção

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 703 outros assinantes

Vagas da área de alimentação, na Apetece

A Apetece, uma das maiores empresas da área de alimentação coletiva do Brasil, está com vagas abertas em São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Suzano e São Paulo (capital). As oportunidades são para Auxiliar de Estoque, Copeira, Estágio em Administração/Recursos Humanos, Cozinheiro e Técnica em Nutrição.

A empresa oferece, como benefícios, refeição no local, convênio médico, vale transporte e vale cesta. As vagas são efetivas e com registro em CLT (Carteira de Trabalho).

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Quais os requisitos?

Auxiliar de Estoque (Suzano): necessário que candidatos tenham o Ensino Médio completo e experiência em estoque do setor alimentício.

Copeira (São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul): requer o Ensino Fundamental concluído e é desejável ter experiência na função de Copeira Hospitalar.

Estágio em Administração/Recursos Humanos (São Caetano do Sul): é necessário que candidato esteja cursando ensino superior em Administração ou Recursos Humanos.

Cozinheiro (São Caetano do Sul): é exigida experiência em cozinha industrial com alto volume de refeições coletivas e ter o Ensino Fundamental completo.

Técnica em Nutrição (Zona Norte de SP): necessário ter vivência significativa em cozinhas industriais com alto volume de refeições coletivas, bem como curso técnico de Nutrição com CRN Ativo

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Como se candidatar?

Estas e mais vagas estão disponíveis no recrutamento da Apetece, em https://apetecesistemasdealimentacaoltda.pandape.com.br. Vale lembrar que estas são para seleção online.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Mais Vagas no Grande ABC

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Gostou da nossa matéria “Vagas da área de alimentação, na Apetece“?

Vagas da área de alimentação, na Apetece
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Consórcio ABC entrega insumos hospitalares para Rio Grande da Serra

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC realizou a entrega nesta segunda-feira (3/5) 76 mil insumos hospitalares a Rio Grande da Serra. A ajuda ao município, em caráter emergencial devido à pandemia, foi aprovada em assembleia extraordinária do colegiado de prefeitos.

Os insumos incluem testes rápidos de Covid-19, tubos para coleta, máscaras cirúrgicas com tripla camada e máscaras modelo N95, além de luvas de procedimentos, totalizando aproximadamente R$ 100 mil.

Representando o presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, o secretário-executivo da entidade regional, Acacio Miranda, acompanhou a entrega dos insumos ao prefeito de Rio Grande da Serra, Claudinho da Geladeira, na UBS Central.

“Há mais de um ano, desde o início da pandemia, o Consórcio ABC tem atuado para planejar e desenvolver estratégias conjuntas com as sete prefeituras no enfrentamento do coronavírus. É um trabalho que ressalta a importância da regionalidade no Grande ABC”, afirmou Acacio Miranda.

O prefeito Claudinho agradeceu o Consórcio ABC pela viabilização da iniciativa. “Esses insumos chegam em boa hora para nossa Saúde e serão de grande valia no combate à pandemia, reforçando nossas UBS, UPA 24 e demais unidades de saúde. Hoje, que é coincidentemente aniversário de nossa cidade, nossa população ganha mais esse grande presente”, celebrou o prefeito.

Fotos: Divulgação/PMRGS

Gostou da nossa matéria “Consórcio ABC entrega insumos hospitalares para Rio Grande da Serra“?

Consórcio ABC entrega insumos hospitalares para Rio Grande da Serra
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Preço da gasolina tem ligeira alta de 0,18% em abril

Em abril, pelo 11º mês consecutivo, o preço médio do combustível registrou variação positiva. Desta vez, a oscilação foi bem menor do que a verificada no mês anterior, quando o valor saltou 10,94% em relação a fevereiro. Com a alta de 0,18% em abril, o preço do litro da gasolina foi vendido, em média, a R$ 5,737. As informações constam em levantamento exclusivo feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas.

Obtidos por meio do registro das transações realizadas entre os dias 1º e 29 de abril com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 25 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que as maiores altas foram registradas em Amazonas (2,91%) e Acre (1,53%). Por outro lado, 10 Estados registraram queda do preço médio do combustível. As maiores reduções ocorreram em Santa Catarina (-3,07%) e na Bahia (-2,96%).  

Fonte: ValeCard
Fonte: ValeCard

As capitais do Acre (R$ 6,181) e Rio de Janeiro (R$ 6,164) foram as que apresentaram maiores preços médios em março. Já Florianópolis (R$ 5,109) e Salvador (R$ 5,250) registraram os menores valores. 

Preço da gasolina em abril
Fonte: ValeCard

Em quatro Estados, compensa abastecer com etanol 

Rio de Janeiro (R$ 4,962) e Espírito Santo (R$ 4,936) registraram os maiores preços médios do etanol em abril. Conforme o levantamento, em apenas quatro Estados (São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso) compensa abastecer o veículo com etanol – a opção só é vantajosa quando o litro do derivado da cana-de-açúcar custar 70% (ou menos) do que o litro da gasolina.  

Preço da gasolina em abril
Fonte: ValeCard

Sobre a ValeCard  

A ValeCard é uma das maiores empresas de meios de pagamento eletrônicos do Brasil e oferece soluções completas e integradas para gestão de frotas e benefícios.  

https://www.valecard.com.br

Gostou da nossa matéria “Preço da gasolina tem ligeira alta de 0,18% em abril“?

Preço da gasolina em abril
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Hospital da Mulher de Santo André realiza parto de emergência em paciente intubada com Covid-19

O Hospital da Mulher Maria José dos Santos Stein, responsável por realizar cerca de 350 partos por mês, foi palco de uma história de nascimento e renascimento. Isso porque o local é referência para gestantes infectadas pela Covid-19, recebendo pacientes encaminhadas pelas unidades de saúde ou por demanda espontânea. Uma das gestantes que recebe assistência no equipamento é Roneide Rosa, que foi submetida a um procedimento de parto de cesárea de emergência, enquanto estava como paciente e intubada na unidade e recebeu alta da UTI na última terça-feira (27).

“O bom resultado do nosso trabalho no Hospital da Mulher é consequência do comprometimento e profissionalismo de toda equipe, a qual faço um agradecimento especial. A paciente Roneide teve todo o suporte terapêutico necessário durante sua internação e isto foi fundamental para sua  evolução e cura”, comentou a superintende do hospital, Rosana Pereira Madeira Grasso.

Mesmo com todos os cuidados e seguindo os protocolos sanitários, aos sete meses de gestação, Roneide de Alcântara Rosa, de 39 anos, contraiu o coronavírus. Falando pausadamente e com traços de cansaço, resquícios da enfermidade causada pela Covid-19, a moradora da Vila Humaitá relatou que realizava o pré-natal na policlínica do bairro, mas quando comunicou que havia contraído o vírus, foi direcionada ao Hospital da Mulher.

No dia 8 de abril, após sentir muita falta de ar, ela procurou o hospital para receber medicação, no entanto, o resultado do exame de imagem indicou comprometimento pulmonar e houve a necessidade de internação. Com quadro agravado, foi feita a transferência para UTI e, posteriormente, a intubação. “A minha reação não foi das melhores. Eu não aceitava, bateu o desespero. Eu nunca havia sido intubada. Então a primeira coisa que eu perguntei para o médico foi se eu ia voltar (da intubação)”, lembrou.

De acordo com a médica intensivista, Katarine Coelho da Silva Santos, naquele momento não havia outra alternativa a não ser a intubação. “Ela tinha o pulmão muito comprometido e um caso agravado. Durante a intubação, houve momentos de melhora e de piora porque essa doença é muito incerta, todo dia é um dia ganho para a melhoria”, pontuou.

A decisão de realizar o parto de uma paciente com esse quadro clínico é feita em equipe levando em conta vários fatores. “A partir do momento em que foi intubada ela necessitou de um aporte maior de medicação e isso poderia gerar um comprometimento para o bebê. A vigilância é feita minuto a minuto e de uma hora para a outra a decisão pode mudar. Tivemos, graças a Deus, um bom time para essa decisão”, explicou a médica ginecologista e obstetra do hospital, Andréia Cristina Mota Ferreira de Queiroz.

“Ela foi submetida a uma cesariana de urgência justamente por ter um comprometimento de vitalidade fetal, até pela condição materna que estava se deteriorando e isso estava gerando comprometimento para o feto. Foi de emergência e uma cirurgia muito rápida. Apesar da situação, o bebê nasceu em condições de prematuridade, mas já está se recuperando, ganhando peso e tudo está evoluindo bem”, completou.

Durante todo o processo a paciente é acompanhada por uma equipe multiprofissional composta por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e fisioterapeutas. 

A fisioterapia acompanha a pré-intubação para avaliar a necessidade e, durante esse fluxo, é responsável pelo processo de ventilação mecânica e de exames, acompanhando o paciente 24 horas. “Depois que a paciente apresenta uma melhora, avaliamos também a possibilidade da extubação e depois trabalhar na reabilitação, até que ela consiga sair do oxigênio. Você reabilita a parte motora e inicia a caminhada até o momento da alta”, comentou a fisioterapeuta Bianca de Abreu, que atua no hospital há 12 anos.

Durante os sete dias de intubação, Roneide recebeu o apoio e boas vibrações da equipe do hospital que, diariamente, passava mensagens de otimismo em seu ouvido. A enfermeira Regina de Fátima Souza foi uma delas. “Participar da evolução da Roneide foi ótimo, porque nem todo dia é bom. Alguns dias foram ruins, mas na hora que tiraram ela do tubo foi emocionante. Enquanto ela estava sedada eu brincava com ela falando ‘você tem que voltar para cuidar do seu filho’, e ela falou que lembrava da minha voz”, comentou a enfermeira.

“Eu estava com sete meses e quando voltei, passei a mão na minha barriga e senti a diferença. Já perguntei pelo meu bebê, mas a equipe me tranquilizou falando que o meu filho estava bem. A todo momento eu recebi essa assistência e me certificaram que o bebê estava bem. Quando acordei, fiquei uns quatro dias com o emocional muito abalado, eu chorava muito, mas fiquei muito feliz por sentir que eu tive uma segunda chance. Foi uma felicidade muito grande quando eu vi meu filho, me senti uma mãe de primeira viagem. Notei que ele é bem pequenininho, mas agora está pegando peso”, contou Roneide.

A alta da Unidade de Terapia Intensiva para a enfermaria foi realizada na última terça-feira (27) em meio a lágrimas e aplauso dos profissionais que seguravam placas trazendo mensagens de otimismo. O momento foi marcado pela música ‘Raridade’, tocada pela musicoterapeuta Camila Turco, que homenageou a paciente em formato voz e violão, acompanhada pelo coro dos demais profissionais do local.

Ao longo da pandemia, apesar de ter recebido pacientes que tiveram o quadro agravado, não foram registrados óbitos de mães ou bebês com Covid-19 no hospital. “Há sempre uma ansiedade e expectativa muito grande em casos como esse. É uma doença que gera medo e insegurança na família e no paciente. Além de ter comportamento diferente em cada pessoa. Na obstetrícia é uma peculiaridade. Felizmente, nesse um ano e meio de pandemia não tivemos nenhuma perda no hospital. Tivemos alguns casos graves, mas conseguimos obter o sucesso e isso nos dá muita paz no coração”, disse a médica ginecologista e obstetra do hospital, Andréia Cristina Mota Ferreira de Queiroz.

| Texto: Rafaela Mazarin
| Fotos: Angelo Baima/PSA

Parto de emergência em paciente intubada com Covid-19, em Santo André
Hospital da Mulher de Santo André realiza parto de emergência em paciente intubada com Covid-19

Gostou da nossa matéria “Hospital da Mulher de Santo André realiza parto de emergência em paciente intubada com Covid-19“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Teatro Municipal de Santo André celebra 50 anos com série de depoimentos

Para celebrar o cinquentenário do Teatro Municipal de Santo André, Maestro Flavio Florence, completado no último dia 13 de abril, será lançada nesta sexta-feira (30), às 19h, a série ‘Teatro Municipal: Memória e História’, composta por mais de 30 depoimentos de personagens que marcaram estas décadas. Os episódios farão parte da agenda ‘Cultura em Casa SA’ e serão disponibilizados quinzenalmente em uma playlist no canal da Secretaria de Cultura no YouTube.

A série reúne memórias de atores, músicos, dançarinos, produtores e funcionários, recheadas com trechos de imagens da Videoteca de Santo André, fotos do acervo do Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa e registros cedidos pelos participantes.

“Mesmo fechado pela pandemia e pela merecida reforma que está sendo realizada, não poderíamos permitir que este espaço tão grandioso, tão relevante para Santo André, não recebesse a devida homenagem em seu cinquentenário. A série ficará como um registro para a cidade. É uma honra produzi-la e tenho certeza que o público vai adorar”, explica a secretária adjunta de Cultura, Azê Diniz.

Memórias – Entre as recordações do primeiro episódio estão a inesquecível passagem do dançarino e coreógrafo Kazuo Ono durante a 1ª Mostra Internacional de Teatro de Santo André, o sucesso do espetáculo ‘O Brando’, realizado pela primeira turma da Escola Livre de Teatro, e a Ópera Punk, além da construção e da inauguração do Municipal.

“A trama tinha muitos tiros de pólvora seca e o tiroteio fazia com que todo o teatro ficasse com cheiro de pólvora. Assim se deu a inauguração: com muita pólvora! Nós lotamos o teatro por quase dois meses seguidos”, relembra o ator Antonio Petrin sobre a primeira produção a ocupar o palco, “Guerra do Cansa Cavalo”, texto de Osman Lins com produção do Grupo Teatro da Cidade (GTC), em 13 de abril de 1971.

Para o ator e diretor Esdras Domingos, “é um privilégio ter um teatro tão estruturado, profissionalmente falando, que dá uma qualidade artística, técnica e uma segurança para trabalhar incrível. Depois que você passa pelo Teatro Municipal de Santo André, se sente muito seguro para ir para qualquer teatro do Brasil”.

Participam também do primeiro episódio Alexandre Takara, José Armando Pereira, Sônia Varuzza, Augusto Maciel, Celso Frateschi, Sônia Kavantan, Antônio Correa Neto, maestro Abel Rocha, Luis Alberto de Abreu, Sérgio Guizé, entre outros.

Melhorias – No mês em que o teatro completa 50 anos, a Prefeitura de Santo André entregou algumas das melhorias previstas para o espaço. A principal, a restauração das poltronas, foi entregue dia 8, no aniversário de 468 anos da cidade. O restauro resgatou o desenho original das poltronas, elaborado pelo designer-arquiteto Jorge Zalszupin para a empresa L’Atelier.

Outro serviço já executado no importante espaço cultural da cidade foi a troca da cobertura do teatro. Estão previstas ainda outras ações, como a impermeabilização, revitalização do saguão, readequação da bilheteria, revitalização e readequação do sistema de iluminação cênica e sonorização e da iluminação ambiente, além da garantia de acessibilidade total ao público.


| Texto: Daniela Mian e Marcos Imbrizi
| Fotos: Angelo Baima/PSA

Teatro Municipal de Santo André

Gostou da nossa matéria “Teatro Municipal de Santo André celebra 50 anos com série de depoimentos“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

TCS anuncia 500 vagas de emprego

A Tata Consultancy Services (TCS), líder global em soluções de negócios, consultoria e serviços de TI, anuncia a abertura de 500 novas oportunidades para vagas de emprego nos escritórios em Londrina, no Paraná, Barueri, em São Paulo e nas capitais Rio de Janeiro e Vitória. As posições são para todos os níveis de experiência, desde: atendimento inglês e espanhol, administração, desenvolvimento e programação.

A TCS, após 18 anos no Brasil, ultrapassou a marca de 3 mil associados no país e continua ampliando a equipe. Um dos fatores para essa alta demanda por profissionais se dá porque em 2018 a empresa inaugurou o maior Delivery Center de língua portuguesa da empresa em Londrina, e desde então a companhia investe fortemente na formação e capacitação de talentos locais em tecnologia, por meio de parcerias com universidades e instituições de ensino estaduais e federais, e na criação de oportunidades de emprego.

“A TCS está focada em oferecer oportunidade de carreira e desenvolvimento de pessoas, apostando no crescimento acelerado da operação do Brasil. Porém, há também oportunidades para interessados em candidatura visando posições internacionais caso o candidato seja compatível com os requisitos dessas vagas”, explica Maggie Singh, head de RH da TCS.

As vagas para o Brasil são todas em regime CLT, com benefícios como plano de saúde e vale alimentação. Os novos profissionais trabalharão no modelo de trabalho remoto até que seja contida a pandemia de Covid-19 no país.

“Estamos em busca de talentos interessados em se desenvolverem profissionalmente em novas tecnologias e construir carreira em uma empresa global. O Brasil é um país estratégico na América Latina e estamos investindo em novos talentos para manter nosso crescimento acelerado no país, além de garantirmos o sucesso da jornada de transformação digital de nossos clientes”, enfatiza Tushar Parikh, Country Head para o Brasil e BFSI Head para Latam na Tata Consultancy Services (TCS)

As vagas abertas são para diversos cargos, em sua maioria relacionados a programação e TI, como desenvolvedores especializados em Java, Dotnet, Cobol, Python, Hadoop, RPA, Android, PHP, Angular e mais. Os candidatos podem encontrar mais informações sobre as vagas e se inscrever para o processo seletivo 100% virtual em https://ibegin.tcs.com/iBegin/jobs/search  

“Sabemos que no cenário de incertezas da pandemia, o setor de tecnologia continua em alta e em evidência, além das vagas, a TCS oferece uma adaptação aos processos da empresa de forma disruptiva e acolhedora”, finaliza Parameswaran Ramani, Head do Delivery Center de Londrina na Tata Consultancy Services (TCS). 

Sobre a Tata Consultancy Services Ltd. (TCS) 

A Tata Consultancy Services é uma empresa de consultoria de serviços de TI e soluções corporativas que apoia muitas das maiores empresas do mundo em suas jornadas de transformação nos últimos 50 anos. A TCS oferece um portfólio integrado de serviços de TI, Negócios e Tecnologia e Engenharia, liderado por consultores e auxiliado por recursos cognitivos. A entrega é realizada através de seu exclusivo modelo Agile Independente da Localidade (Location Independent Agile), reconhecido como referência de excelência no desenvolvimento de software. Como parte do grupo Tata, o maior conglomerado industrial da Índia, a TCS conta com mais de 448 mil dos consultores mais bem treinados do mundo, em 46 países. A empresa gerou uma receita consolidada de US$ 22 bilhões no exercício fiscal encerrado em 31 de março de 2020 e está listada nas bolsas de valores BSE (antiga Bombay Stock Exchange) e NSE (National Stock Exchange) na Índia. A postura proativa da TCS em relação às mudanças climáticas e o premiado trabalho que realiza com comunidades em todo o mundo garantiram à empresa um lugar nos principais índices de sustentabilidade, como o Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI), o Índice Global de Sustentabilidade MSCI e o FTSE4Good Emerging Index. Para mais informações, visite www.tcs.com. 

Gostou da nossa matéria “TCS anuncia 500 vagas de emprego“?

TCS anuncia 500 vagas de emprego
Business man working at office with laptop, tablet and graph data documents on his desk

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Novas Barreiras internacionais podem travar exportações da indústria paulista

A venda dos produtos industrializados brasileiros no comércio exterior teve queda superior a 15% em 2020, quando comparada com ano anterior, e registrou prejuízos estimados em mais de US$ 16 bilhões. A participação dos produtos industrializados na agenda de exportações nacionais teve o pior desempenho dos últimos 44 anos, representando apenas 43% de todos os produtos vendidos lá fora. Além disso, novas Barreiras internacionais podem travar exportações da indústria paulista

Em 2021, este cenário pode ser ainda pior porque o comércio no mercado internacional pode ser comprometido em até 22%, apenas por causa de barreiras comerciais recém-criadas que, segundo especialistas, podem gerar US$ 46 bi em prejuízos para os exportadores dos estados. 

A perda é prevista no estudo Novas Barreiras e Tendências no Comércio Internacional, publicado recentemente pela CNI. O documento alerta para novas formas de protecionismo praticadas no exterior para taxar ou barrar produtos brasileiros no mercado internacional.  

Nas comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, na Câmara dos Deputados e no Senado, o levantamento desperta entre parlamentares a necessidade da criação de ações de defesa do país no comércio internacional.

“Nós estamos sempre em posição de subserviência, de querer servir aos poderes externos. Nunca olhamos para dentro e dizemos: ‘nós podemos também, temos força e vamos construir essas forças’. Nós estamos sempre entregando e se entregando às normas e padrões que são estabelecidos de fora”, acredita o deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP).
 
O comércio de máquinas e aparelhos de terraplanagem teve retração de 40%, seguido pelo setor aeronáutico, com quase 38% de prejuízos, e automobilístico, com 29% de perdas, no País. Entre os 10 maiores estados exportadores, nove tiveram queda nos negócios internacionais. São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul foram os entes que mais perderam exportações no último ano.

O estudo

As Novas Barreiras e Tendências no Comércio Internacional mostram que as atuais relações de compra e venda, de produtos agroindustriais no exterior, estão indo além dos acordos, leis e regulamentos do mercado internacional. Elas impõem grande número de medidas protecionistas disfarçadas por objetivos legítimos. 

A maquiagem é boa porque esconde a ação protecionista e inibe críticos que, quando corajosos por esclarecimentos, amargam o constrangimento injusto de serem avaliados como contrários às medidas de proteção do meio ambiente, por exemplo. O temor dos setores exportadores é a instituição permanente dessas novas barreiras no mercado internacional.

“Essas novas formas de barreiras criam desafios adicionais para as exportações brasileiras. Porque elas têm de um lado objetivo que é legítimo e é procurado pela própria indústria brasileira, de sustentabilidade, de respeito ao meio ambiente, mas, ao mesmo tempo, são barreiras disfarçadas. Então, por atrás de um objetivo legítimo acabam criando gargalos e discriminação para as exportações brasileiras”, diz Constanza Negri, Gerente de Diplomacia Empresarial e Competitividade do Comércio da CNI. 

Imagem 

O setor produtivo acredita que o país precisa de ações mais contundentes e maior espaço nas mesas de negociações do mercado internacional. A ideia é que o setor da agroindústria, governos e parlamento, possam formar uma frente coordenada de defesa dos interesses dos exportadores brasileiros.

A troca de ministros no comando das relações diplomáticas do Brasil pode ajudar a melhorar a imagem do país junto às nações exportadoras que, segundo o analista internacional, Pedro Paulo Gobbato, foi desgastada durante a gestão de Ernesto Araújo. Esse cenário deixa o País sem força de defesa no comércio internacional. 

“O Brasil se tornou meio que um alvo fácil para críticas. Ou seja, fica muito bom falar mal do Brasil porque agrada o público interno. A nova gestão do chanceler Carlos França tem como um dos principais objetivos mudar essa imagem no exterior”, lembra Gobbato. 

Barreiras

O estudo elege cinco tipos de novas barreiras comerciais, que juntas podem influenciar negativamente as vendas de todo setor produtivo do País. 

A primeira modalidade de novas barreiras surge dos padrões privados e das iniciativas de mercado. As medidas são numerosas porque são criadas voluntariamente pela iniciativa privada dos países desenvolvidos gerando dúvidas e custos adicionais aos exportadores. As barreiras, por serem novas, pressionam os produtores. A busca por financiamentos para os investimentos de adequação às normas aumenta e o endividamento do setor, também. Os setores brasileiros que mais sofrem influências deste tipo de barreira comercial são de produção de alimentos, têxtil, construção civil, equipamentos médicos e mineração.

Já as barreiras comerciais voluntárias exercidas pelos países importadores, na forma de sustentáveis podem ser instituídas como leis, com exigências de rastreamento das cadeias produtivas dos exportadores. A adaptação teria a maior impacto nas pequenas e médias empresas. O estudo alerta, ainda, que a União Europeia “pretende criar medidas próprias nesse sentido e suas exigências terão consequências extraterritoriais, condicionando as importações a seu padrão de sustentabilidade”. No Brasil, essas barreiras comerciais podem afetar todos os setores produtivos da agroindústria. Os exportadores brasileiros, de todas as áreas, estão vulneráveis para este tipo de barreira comercial. 

“São medidas que têm objetivos importantes de proteger a saúde, de diferentes consumidores dos países, mas, que muitas vezes, criam problemas de acesso aos mercados”, completa a Gerente de Diplomacia Empresarial e Competitividade do Comércio da CNI, Constanza Negri. 

A “novíssima” barreira comercial conhecida como reputacional é forma de avaliação da imagem, conduta e reputação do setor produtivo de um determinado país exportador. Não existem regras instituídas de forma oficial e as decisões de compra dos produtos é particular, de cada empresa. Por ser imprevisível, a barreira reputacional não concede tempo de adequação. A medida pode afetar todos os setores da agroindústria do País.

Arte: Brasil 61

Fonte: Brasil 61

Gostou da nossa matéria “Novas Barreiras internacionais podem travar exportações da indústria paulista“?

Exportações da indústria paulista
Exportações da indústria paulista. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Shopping Praça da Moça vira ponto de arrecadação de eletrônicos para alunos de Diadema

Nesta quarta-feira, 28 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Educação e o Shopping Praça da Moça convida seu público a colaborar com projeto de arrecadação de eletrônicos, que visa diminuir a falta de acesso das crianças ao sistema de aulas online por não terem equipamentos.

Em tempos de ensino remoto, muitas crianças não conseguem acompanhar as aulas por não ter dispositivos de acesso. No Brasil, segundo o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP) de 2019, 42% das casas não possuíam computadores e 33% não tinham acesso à internet e, dos 3,6 milhões de estudantes da rede estadual de SP, apenas 60% possuíam notebooks e 30% tablets.

Pensando em ajudar a diminuir estas dificuldades, o Shopping Praça da Moça abraça o projeto “Ajude a não deixar nenhum estudante para trás”, liderada pelo professor da rede estadual de ensino Milton Pereira de Barros, que convida o público a doar celulares, tablets e notebooks usados que serão direcionados para os estudantes.

A partir desta semana, quem passar pelo empreendimento pode deixar sua doação no ponto de coleta do Piso Paineira, no espaço Coworking (em caso de doações de notebook, procurar equipe de segurança). A equipe voluntária fará uma revisão técnica e encaminhará para alunos de escolas estaduais de Diadema, iniciando pelas E.E. Antonieta Borges Alves e E.E. José Piaulino.

“É uma satisfação poder contribuir para essa causa tão urgente no nosso País. A pandemia vai passar, mas o reflexo destas ações na vida destas crianças e adolescentes com certeza vai ficar. Vamos reunir o máximo de doações possíveis para ajudar o projeto”, comenta Daniel Lima, gerente de marketing do Shopping Praça da Moça.

Para quem vai doar, é importante que o aparelho esteja em funcionamento. Alguns requisitos solicitados são:

  • Celular e tablet: até 4 anos de idade, deve ligar normalmente, conexão wi-fi e 3G funcionando, ser doado com o carregador, não é preciso enviar com acessórios (capinha, fones de ouvido etc).
  • Notebook: até 6 anos de idade, deve ligar normalmente, ser doado com o carregador, conexão wi-fi funcionando, pelo menos 1 porta USB funcionando, HD com capacidade mínima de 256GB e memória RAM mínima de 4GB.

Shopping Praça da Moça
Telefone: (11) 4057-8900
WhatsApp: (11) 94709-5754
www.shoppingpracadamoca.com.br
Rua Manoel da Nóbrega, 712 – Centro, Diadema
Estacionamento:  Carros 9 reais até 3 horas + 1 real por hora adicional ou fração / Motos 9 reais a diária

Gostou da nossa matéria “Shopping Praça da Moça vira ponto de arrecadação de eletrônicos para alunos de Diadema“?

Shopping Praça da Moça vira ponto de arrecadação de eletrônicos para alunos de Diadema
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

ACCIONA abre mais de 300 vagas para as obras da Linha 6-Laranja

Entre as funções para as vagas das obras, estão: pedreiro, carpinteiro, frentista de túnel, servente de obra, armador, encarregados de obra, engenheiros civis, de planejamento e de projetos

ACCIONA está buscando mais de 300 profissionais da construção para se unirem à equipe das obras da Linha 6-Laranja de metrô de São Paulo, que se encontram em ritmo acelerado. 

As oportunidades são para diferentes áreas e funções e estão todas localizadas na cidade de São Paulo. Entre as vagas estão: pedreiro, carpinteiro, frentista de túnel, servente de obra, armador, encarregado de obra e engenheiro (civil, planejamento e de projetos). 

Até o momento, o projeto que foi iniciado em outubro de 2020, já gerou mais de mil empregos e o pico de 9 mil profissionais deve ser atingido até março de 2024.  Vale dizer que, assim como nas operações da empresa em mais de 60 países em todo o mundo, as políticas de contratação da ACCIONA neste projeto primam pela diversidade e inclusão.

Para se inscrever nos processos seletivos da companhia, basta preencher os formulários disponíveis nos links abaixo:

A companhia também recomenda a inscrição no CATE – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo – iniciativa da Prefeitura de São Paulo que está apoiando a ACCIONA e outras companhias da construção civil na seleção de profissionais operacionais. O cadastro pode ser feito em www.bit.ly/vagasnocate – ou de forma presencial.

Sobre a Linha 6-Laranja

Com 15 quilômetros de extensão e 15 estações, a Linha 6-Laranja de metrô de São Paulo vai ligar a Brasilândia, na zona norte, à Estação São Joaquim, na região central da cidade, reduzindo a apenas 23 minutos um trajeto que hoje é feito de ônibus em cerca de uma hora e meia. A linha deverá transportar mais de 633 mil passageiros por dia.

Maior obra de infraestrutura em execução atualmente na América Latina, o empreendimento é uma parceria público-privada (PPP) do Governo do Estado de São Paulo com a Concessionária Linha Universidade, da qual a ACCIONA é sócia. As obras estão em execução pelo braço de construção do grupo ACCIONA, com geração de mais de 9.000 empregos. Depois de finalizada, a Linha 6 será operada pela Linha Uni por 19 anos.

Sobre a ACCIONA

A ACCIONA é uma empresa global, líder no fornecimento de soluções regenerativas para uma economia descarbonizada. Seus serviços abrangem energia renovável, tratamento e gestão de água, transporte ecoeficiente e sistemas de mobilidade, infraestruturas resilientes, entre outros. A empresa, que está presente em mais de 60 países, é neutra em carbono desde 2016. Em 2020, a ACCIONA registrou faturamento de € 6,4 bilhões.

Mais informações: www.acciona.com.br / Instagram/Facebook/LinkedIn: @acciona

Gostou da nossa matéria “ACCIONA abre mais de 300 vagas para as obras da Linha 6-Laranja“?

ACCIONA abre mais de 300 vagas para as obras da Linha 6-Laranja
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Grupo Flash Courier planeja ampliar 50% o número de franquias até 2022

O modelo de franchising é uma estratégia utilizada na administração e gestão de empresas que tem como objetivo criar um sistema de venda de licenças. Nessa forma de contrato, o detentor da marca cede aos franqueados o direito de utilização de patentes, infraestruturas, know-how e direitos de distribuição de produtos e serviços. O grupo Flash Courier, do qual a operadora logística Moove+ faz parte, utiliza esse modelo desde sua fundação e tem nas franquias um dos motores de seu desenvolvimento.

Atualmente, o grupo Flash Courier trabalha com 240 franqueados, três filiais da operadora logística Moove+ e dois HUBs, além dos cinco que estão em processo de abertura. Unidos, eles formam um sistema capaz de atender todo o território nacional. O grupo tem como objetivo aumentar o número de franquias em 50% até o primeiro semestre de 2022.

O gerente de franchising da Moove+, Bruno Garcia, que atua no segmento logístico há oito anos, explica que o processo de ampliação da malha e expansão da marca está acontecendo a todo vapor: “Buscamos cada vez mais por parceiros que atendam a 100% das regiões brasileiras com rapidez e eficácia. Atualmente, atendemos 2.198 cidades, e a previsão é aumentar muito esse número”. 

De acordo com Bruno, as franquias trazem diversos benefícios para os franqueadores, desde a expansão da marca até a agilidade nas entregas, além de proporcionar um conhecimento único sobre as microrregiões. O franqueado também vê vantagens nesse modelo: “Quem utiliza a marca de uma empresa bem construída recebe um selo de qualidade que fará com que ele atinja novos clientes. Fora isso, o franqueado recebe todo o suporte nas vendas, marketing, sistemas, diversas formas de ganhos com remunerações e bonificações, além de eventos corporativos e premiações”, diz o gerente.

Devido aos processos de inovação e melhoria desenvolvidos ao longo do tempo, a empresa recebe há 14 anos o Selo Excelência em Franchising da Associação Brasileira de Franchising (ABF). “Começamos a receber o selo em 2006, e não queremos parar por aqui. Por isso, o planejamento de expansão da marca e da malha da nossa companhia tem sempre se apoiado no bom desenvolvimento e no aprimoramento de nossos serviços”, afirma o CEO do grupo Flash Courier, Guilherme Juliani.

O executivo conta que a marca recentemente expandiu suas atividades para Portugal, e estão iniciando as operações na Espanha. “Temos planos para continuar ampliando a malha Flash Courier e Moove+, com o objetivo de aprimorar a nossa velocidade de entrega, bem como fazer com que alcancemos novos destinos”, finaliza o CEO.

Sobre a Moove+

A Moove+ faz parte do grupo Flash Courier, presente no mercado há mais de 25 anos e referência em logística no Brasil. Sediada em São Bernardo, no ABC Paulista, opera em um espaço de mais de 20.000 m². Líder no setor bancário, sua carteira de clientes é composta por agências financeiras, bancos, empresas de ingresso, gestoras de benefícios como vale alimentação, refeição e transporte, planos de saúde, entre outros segmentos. Para se ter uma ideia da proporção da operação, atualmente, sua malha de distribuição realiza cerca de 9 milhões de entregas por mês.

Nos últimos anos, a Moove+ investiu pesado em tecnologia e inovação – como robótica, mobile, big data, automação e sharing economy – e no processo de adaptação às novas exigências do governo, em especial as obrigações de CT-e, MDF-e e SPED, que de maneira geral, têm o objetivo de garantir a transparência e a segurança durante o transporte. Além disso, a empresa está licenciada para operar no mercado de logística e distribuição de produtos certificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), segmento que tem impulsionado ainda mais o crescimento da empresa. Mais informações: http://www.moovemais.com.br

Gostou da nossa matéria “Grupo Flash Courier planeja ampliar 50% o número de franquias até 2022“?

Grupo Flash Courier planeja ampliar 50% o número de franquias até 2022
Guilherme Juliani, CEO da Moove+. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Restaurantes e serviços voltam a funcionar no Shopping Metrópole

No último sábado (24/4), os restaurantes, os salões de beleza e a academia do Shopping Metrópole, em São Bernardo do Campo, voltaram a funcionar com atendimento presencial.

Os restaurantes estão abertos todos os dias da semana, das 11h às 19h.

Os salões de beleza funcionam de segunda-feira a sábado, das 11h às 19h, e domingos e feriados, das 13h às 19h.

E a academia (Smart Fit) está aberta em dois períodos: das 7h às 11h e das 15h às 19h (domingos e feriados, das 7h às 11h).

Já o cinema (PlayArte) tem previsão de reabertura dia 29/4. 

Todo o espaço do Shopping Metrópole, assim como cada uma de suas operações, está funcionando com 25% da capacidade total. “Estamos abertos para receber os clientes com todo o cuidado, reforçando sempre o uso de máscara e de álcool em gel e o respeito às medidas de segurança”, comenta Rodrigo Rufino de Lima, gerente de marketing do shopping. Ele acrescenta que as compras também podem ser feitas de forma online, com entrega via delivery, armários inteligentes ou drive thru – mais detalhes: https://shoppingmetropole.com.br/

Veja o funcionamento das operações do Shopping Metrópole:

Lojas

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Restaurantes

Todos os dias da semana, das 11h às 19h.

Salões

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h, e domingos e feriados, das 13h às 19h.

Academia (Smart Fit)

Segunda-feira a sábado, das 7h às 11h e das 15h às 19h. Domingos e feriados, das 7h às 11h.

Cema

Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Sábados, das 9h às 13h. Domingo: fechado.

Localiza

Diariamente, das 11h às 17h.

Confidence

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Farmácia

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Lotérica

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Agência Itaú

Em reforma.

Cinema (PlayArte)

Previsão de reabertura dia 29/4.

Mais informações – Pub Comunica:

Ana Cecília Panizza – cecilia.panizza@pubcomunica.com.br – (11) 96644-5727

Valéria Masson – valeria.masson@pubcomunica.com.br – (11) 95651-7474

Sobre o Shopping Metrópole: Inaugurado em maio de 1980, o empreendimento conta com 173 operações, entre elas, cinco âncoras (Academia Smart Fit, C&A, Renner, Lojas Americanas e Marisa), quatro restaurantes (Mania de Churrasco, Outback, Si Señor e Pecorino) e nove salas de cinema multiplex PlayArte (três em 3D e 1 Extreme). Em 2008, o shopping foi o primeiro empreendimento da região do ABC a receber a certificação segundo a norma ISO 14001 do seu Sistema de Gestão Ambiental. Endereço: Praça Samuel Sabatini, 200, Centro, São Bernardo do Campo (SP). SAC: 11 4003-7370. www.shoppingmetropole.com.br

Gostou da nossa matéria “Restaurantes e serviços voltam a funcionar no Shopping Metrópole“?

Restaurantes e serviços voltam a funcionar no Shopping Metrópole
Shopping Metrópole São Bernardo do CampoSP Brasil Aliansce Sonae photo by fernando stankuns 2020

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Jogue Limpo com Diadema: apreensão de carro e multa para sujão

Desde o início do ano, a nova gestão da Prefeitura tem recolhido milhares de toneladas de entulhos e outros resíduos jogados ilegalmente por toda a cidade. Para acabar com esse descaso, a partir de hoje, 26/4, a Campanha “Jogue Limpo com Diadema”, com apoio da GCM, vai apertar a fiscalização contra os sujões.

O primeiro flagrante, ocorrido por volta das 12 horas, nas proximidades da avenida Brasília, no Jardim Campanário, resultou na apreensão do automóvel e multa de dois mil reais, por despejar dez sacos de entulho no passeio público. O infrator, que é morador da cidade, teve seu veículo guinchado e recolhido ao pátio.

A multa para quem despejar irregularmente lixo e entulho varia de acordo com a quantidade e o local. Na ocorrência acima, a multa foi de natureza leve. Mas a multa para os sujões pode alcançar o valor de até R$ 4 mil e outras penalidades junto a Delegacia de Crimes Ambientais.

Na cidade, a Prefeitura mantém dez ecopontos municipais para que os moradores descartem, gratuitamente, até 1 m³ de entulho por semana. Além de resíduos da construção civil, os locais também recebem móveis velhos, outros bagulhos e também materiais recicláveis. Não há mais serviço de recolhimento porta a porta.

A operação integrada de fiscalização da Campanha “Jogue Limpo com Diadema” conta com fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA), do Departamento de Limpeza Urbana e integrantes da GCM Ambiental.

“É um absurdo a falta de consciência e cidadania dos sujões. Esse local, no qual fizemos o apreensão havia sido limpo na sexta passada. Desde o começo do ano, estamos investindo em ações educativas, mas agora vamos multar e apreender quem sujar a cidade”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Vagner Feitoza, o Vaguinho. “Com a cidade mais limpa, a Prefeitura vai economizar recursos e investir em outras áreas como saúde, educação, segurança e outros”, completou.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente de Diadema, a Prefeitura gasta cerca de R$ 13 milhões por mês para recolhimento geral desses entulhos e bagulhos. A maior parte desse valor é para fazer a limpeza desses pontos críticos de descarte irregular.

A SEMA fez um mapeamento dos pontos críticos de descarte de lixo e entulho. Em janeiro, eram 180 pontos de sujeira pela cidade. Agora, depois das primeiras ações da Campanha “Jogue Limpo com Diadema”, a pasta contabiliza cerca de 120 locais. Mas o objetivo da pasta é reduzir ainda mais os pontos de descarte e aumentar o uso dos ecopontos por parte dos moradores.

Além de intensificar a fiscalização, a SEMA vai continuar fortalecendo ações de educação ambiental por toda a cidade. Outra medida a ser adotada, visando a limpeza da cidade e a valorização dos catadores e a defesa do meio ambiente, é a implantação da coleta seletiva.

A população pode ajudar a fiscalizar também e denunciar pelo telefone 4059-7600.

Os endereços e horários dos ecopontos municipais estão disponíveis no site www.diadema.sp.gov.br .

Gostou da nossa matéria “Jogue Limpo com Diadema: apreensão de carro e multa para sujão“?

Jogue Limpo com Diadema: apreensão de carro e multa para sujão
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Santo André oferece mil vagas para Frente Social de Trabalho

A Prefeitura de Santo André abriu mil vagas para o programa de zeladoria Frente Social de Trabalho. As inscrições tiveram início nesta segunda-feira (26) e devem ser feitas pelo site psa.santoandre.br/frentesocial. Serão contemplados 500 mulheres e 500 homens.

“Neste momento difícil e desafiador que estamos vivendo há mais de um ano, não estamos medindo esforços para ajudar a nossa gente e manter o pão na mesa de cada andreense. É de grande importância que todos tenham oportunidade, ainda mais nos ajudando a cuidar da cidade com a zeladoria e manutenção. Quando o cidadão está trabalhando, a família está melhor, a cidade anda melhor e podemos ver a melhora geral”, comentou o prefeito Paulo Serra.

O objetivo do programa é beneficiar trabalhadores andreenses desempregados, que estão em situação de vulnerabilidade ou risco social, proporcionando ocupação, noções elementares de cidadania, qualificação profissional básica e renda, visando assim a preparação para reinserção no mercado de trabalho, sobretudo neste momento de crise com a pandemia de Covid-19.

O participante do programa recebe um auxílio pecuniário no valor de um salário mínimo, transporte integral, refeições, cesta básica mensal em dinheiro, 120 horas de cursos de capacitação, além de seguro contra acidentes para desenvolver trabalhos de limpeza, zeladoria, entre outros. Os que se destacarem serão indicados para vagas abertas no CPTER (Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda).

Para participar, o cidadão deve ter idade igual ou superior a 18 anos; estar desempregado há mais de seis meses e não estar recebendo seguro-desemprego ou qualquer outro benefício pago pelo Regime Geral da Previdência Social – RGPS; ser residente de Santo André há, no mínimo, dois anos; pertencer a família de baixa renda com rendimento bruto mensal per capta igual ou inferior a 50% do salário mínimo nacional vigente, somando-se os rendimentos brutos dos membros da família, oriundos do trabalho e/ou outras fontes de qualquer natureza e estar em gozo dos seus direitos civis, políticos e eleitorais.

| Texto: Guilherme Menezes

Gostou da nossa matéria “Santo André oferece mil vagas para Frente Social de Trabalho“?

Santo André oferece mil vagas para Frente Social de Trabalho
Foto: Alex Cavanha/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Busca ativa de tuberculose: 18 mil pessoas abordadas em Diadema

Durante a Campanha de Busca Ativa de Sintomáticos Respiratórios, realizada em março deste ano pelas equipes de saúde das 20 Unidades Básicas de Saúde (UBS), foram abordados 18.965 moradores da cidade, quanto a tuberculose, de acordo com dados divulgados pela Coordenadoria de Vigilância à Saúde de Diadema em abril.

Dentre as pessoas abordadas, 115 tinham sintomas respiratórios característicos de tuberculose (TB) e, dessas, 101 realizaram baciloscopia (teste de escarro). Apenas dois moradores positivaram para o doença e deram início ao tratamento.

A busca ativa é uma atividade de rotina nas UBSs, com dois momentos de intensificação, em março e setembro. “Considero que a campanha de busca ativa de sintomáticos respiratórios foi muito positiva, pois apesar da situação atual imposta pela pandemia, com esforços voltados para atendimento dos casos de covid-19, praticamente todas as UBSs fizeram atividades de busca de possíveis casos de TB e dois casos foram diagnosticados”, explicou a coordenadora do Programa de Tuberculose em Diadema, dra Iriane Maria Sammarone Henriques.

Atualmente, aproximadamente 100 moradores estão em tratamento de TB. O tempo e a dose dos medicamentos podem variar de acordo com o tipo e a gravidade da doença. A técnica de enfermagem da UBS Inamar, Rosana dos Santos Francelino, garante que a adesão ao tratamento é fundamental para a cura.

“Procuro me aproximar do paciente e falar a mesma língua, para que se sinta à vontade para pedir ajuda e seguir o tratamento. Muitas vezes, o paciente fica cansado por causa da tuberculose, emagrece, tem febres. Depois de 30 dias, o paciente já responde super bem, pode ter a impressão que está curado e querer abandonar o tratamento. Procuramos deixar bem claro que, embora tenham tido melhora, não estão curados. Se não realizarem o tratamento completo, a doença pode voltar muito mais forte”, finaliza a técnica de enfermagem.

Referência

Pelas políticas públicas adotadas pelo município ao longo dos anos, Diadema recebeu, pela 15ª vez consecutiva, o Prêmio “Qualidade nas Ações de Controle da Tuberculose”, por apresentar índice de cura maior que 85% dos casos diagnosticados em 2019.

O Programa Municipal de Tuberculose inclui tratamento supervisionado com entrega de incentivos aos pacientes, exames de diagnóstico e controle, medicamentos gratuitos e avaliação dos comunicantes de casos de tuberculose. O atendimento de casos descentralizados em todas as UBSs, as equipes comprometidas e o suporte da coordenação são pontos positivos do programa.

Doença

A tuberculose é causada por uma infecção pelo Bacilo de Koch (BK) e atinge, principalmente, o pulmão. Entretanto, ossos, rins e meninges podem ser prejudicados pela doença. Os sintomas mais comuns na tuberculose são tosse prolongada, geralmente por mais de três semanas, com secreção e acompanhada por febre vespertina, sudorese noturna e emagrecimento.

Gostou da nossa matéria “Busca ativa de tuberculose: 18 mil pessoas abordadas em Diadema“?

Busca ativa de tuberculose: 18 mil pessoas abordadas em Diadema
Foto: Vanessa Dino Santos

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Shopping ABC presenteia clientes no Dia das Mães com lata exclusiva de bolachas Dona do Doce

De 28 de abril a 16 de maio, o Shopping ABC comemora o Dia das Mães com um presente exclusivo da famosa bolacharia Dona do Doce. Durante este período, é possível somar as notas fiscais de compras feitas presencialmente ou online nas lojas do empreendimento. A cada 300,00 reais o cliente pode escolher entre os recheios ganache de chocolate ou doce de leite.

Este ano, a tecnologia continua presente na mecânica da promoção. Para cadastrar as notas fiscais os clientes podem usar o aplicativo do Shopping ABC no celular ou o autoatendimento na Praça de Eventos do Piso 1. Depois de completar os 300,00 reais, basta se dirigir ao balcão de trocas para ganhar o mimo no sabor que escolher. As unidades são limitadas e cada CPF pode ganhar até três unidades das latas exclusivas.

“A estratégia este ano é presentear 15 mil clientes com a mecânica ‘Comprou, Ganhou’, privilegiando uma empresa da região, que tem muita história e tradição familiar no Grande ABC como a Dona do Doce”, conta Flávia Tegão, gerente de marketing do Shopping ABC.

A bolacharia Dona do Doce, que faz sucesso até entre celebridades, foi criada há sete anos na cozinha da Dona Isabel e sua filha Dorinha, em São Caetano do Sul, com as receitas passadas por gerações que criaram a tradição da família. Hoje a marca possui 13 sabores, além das edições sazonais para datas especiais como milho verde para festa junina e panetone para Natal, uma fábrica própria e lojas que unem os processos tecnológicos e artesanais para manter o sabor e a qualidade que todos gostam tanto.

Dia das Mães no Shopping ABC
De 28 de abril a 16 de maio
Balcão de troca – Praça de Eventos, Piso 1
*limitado a 3 latas por CPF

Shopping ABC
Av. Pereira Barreto, 42, Vila Gilda – Santo André – SP
Telefone: (11) 3437-7222
WhatsApp: (11) 95691-0070
Estacionamento visitantes: Carros 10,00 até 3 horas + 2,00 por hora adicional ou fração

Gostou da nossa matéria “Shopping ABC presenteia clientes no Dia das Mães com lata exclusiva de bolachas Dona do Doce“?

Shopping ABC presenteia clientes no Dia das Mães com lata exclusiva de bolachas Dona do Doce
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Santo André ganha mais de 2.000 novas árvores em 2020

A Prefeitura de Santo André e o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) seguem trabalhando continuamente para ampliar as iniciativas de sustentabilidade na cidade e uma das ações neste sentido é o plantio de novas árvores – tanto em calçadas e praças quanto nos parques. Até o final de 2022, a cidade terá recebido mais de 7.500 árvores.

Em 2020, o Departamento de Manutenção de Áreas Verdes da Prefeitura plantou 2.380 mudas (incluindo as espécies que foram transplantadas de um local a outro, como àquelas junto às obras do Complexo Viário Cassaquera) e, por meio das compensações ambientais, o Semasa vai promover o plantio de outras 5.149 árvores até o final do ano que vem.

Atualmente, com apoio da autarquia, a Prefeitura mantém o programa Meu Bairro Mais Verde, com ações em diversas localidades da cidade. O Semasa também realiza trabalhos pontuais, como no entorno dos bairros afetados pelas obras do Complexo Viário Cassaquera e no Parque Guaraciaba, que recebe novas mudas como compensação pelas obras do Aterro Sanitário. A autarquia conta ainda com uma equipe de Educação Ambiental, que promove a sensibilização sobre as temáticas ambientais, alcançando a população andreense por meio de uma série de cursos e atividades online

“As iniciativas do Semasa e da Prefeitura são fundamentais para a saúde e a qualidade de vida dos cidadãos. Além dos plantios, temos outras ações de sensibilização ambiental para que os moradores se sintam integrados e ajudem no cuidado com as árvores. Além disso, seguimos atentos nas ações de fiscalização ambiental para coibir a supressão irregular de árvores”, comenta o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

No ano passado, a Fiscalização Ambiental do Semasa emitiu 44 Autos de Infração Ambiental (multas) por supressão irregular de espécies arbóreas e, neste ano, foram oito autuações. Em Santo André, a autarquia é responsável pela fiscalização da poda drástica ou corte irregular nos lotes particulares. Já a Prefeitura fiscaliza a remoção em áreas públicas e calçadas. A multa pelo crime ambiental de corte de árvores sem autorização pode chegar até 450 FMPs (R$ 1.931,62) por árvore suprimida.

Cidade sustentável e inteligente – Por meio de parcerias com a iniciativa privada, em razão das compensações ambientais pelos empreendimentos da cidade, Santo André vem se destacando cada vez mais entre os municípios com ações em prol da sustentabilidade.

Recentemente, a cidade ganhou a primeira árvore solar do ABC. Implantada pela construtora Patriani, por meio de compensação ambiental e em conjunto com o Parque Tecnológico de Santo André, o equipamento permite uma série de possibilidades de sensoriamento dinâmico da cidade, como monitoramento climático e de bocas de lobo, além de colocar à disposição da população pontos de carregamento de bicicletas e patinetes elétricos.

O Semasa também tem investido na recuperação e revitalização do Parque Natural do Pedroso com verbas de compensação ambiental. Patrimônio ambiental da cidade, a Unidade de Conservação já recebeu novo cercamento, pintura e obras nas quadras de basquete, vestiários, banheiros e sede administrativa.

“A lei municipal nos permite diversas possibilidades de investirmos em serviços e equipamentos para a cidade, ampliando os benefícios para todos. Além do Parque do Pedroso, o Parque Guaraciaba também recebeu obras por meio de compensação”, explica o superintendente do Semasa, Gilvan Junior. A adoção de praças por entes privados também é uma das possibilidades de compensação previstas em lei.

No caso do Pedroso, o parque ganhou também novos murais com arte em grafite e troca do quadro elétrico. Além disso, os funcionários receberam equipamentos para manutenção das áreas verdes, como serras e roçadeiras.

| Texto: Paloma Alvarez

Gostou da nossa matéria “Santo André ganha mais de 2.000 novas árvores em 2020“?

Santo André ganha mais de 2.000 novas árvores em 2020
Santo André ganha mais de 2.000 novas árvores em 2020. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Santo André antecipa vacinação contra Covid-19 para 63 anos

A Prefeitura de Santo André antecipa, neste domingo (25), o agendamento para aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em munícipes com 63 anos. A imunização para este público será antecipada e terá início nesta segunda-feira (26).

Os munícipes com 63 anos serão imunizados com a vacina Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fiocruz. O agendamento deve ser feito no site psa.santoandre.br/vacinacovid.

“A vacinação avança com eficiência para ampliarmos a proteção à nossa gente. Com a chegada de mais vacinas, vamos antecipar para esta segunda-feira a primeira dose para idosos com 63 anos e concluir a segunda dose para pessoas com mais de 68 anos e profissionais da Saúde. Um esforço contínuo para imunizar os andreenses com rapidez e segurança. A vacina salva vidas e tem sido fundamental no controle do ritmo de contágio do vírus”, destacou o prefeito Paulo Serra.

A Prefeitura também liberou o agendamento para aplicação da segunda dose da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, para moradores com 68 anos ou mais. 

Ao acessar o site para fazer agendamento, o sistema indicará ao munícipe data, horário e locais disponíveis para a imunização. 

Locais de vacinação – Neste sábado (24) a Prefeitura de Santo André abriu o quinto ponto de vacinação drive-thru da cidade, localizado no Atrium Shopping. A estrutura foi montada no estacionamento do piso G2 do Atrium Shopping, localizado na Vila Homero Thon.

Os outros drive-thrus ficam na Craisa (acesso no portão 5 pela rua Varsóvia, em Santa Teresinha), Estádio Bruno Daniel (localizado na rua 24 de Maio, na Vila América), estacionamento do Paço Municipal (Praça IV Centenário, no Centro) e estacionamento do Grand Plaza Shopping (Avenida Industrial, 600, com acesso pelo portão do Centro Empresarial).

Para atender o público que não tem carro, há também a opção de se vacinar em nove unidades de saúde, estrategicamente localizadas: USF Dr. Moyses Fucs, Centro de Saúde Escola, USF Vila Guiomar, USF Jardim Alvorada, USF Cidade São Jorge, USF Vila Luzita, USF Parque Miami, USF Cipreste e USF Recreio da Borda do Campo. 

Para ser imunizado em uma destas nove unidades de saúde durante a semana é necessário fazer agendamento. Aos finais de semana não é necessário agendar para receber a vacina nestes locais.

Segundo a Secretaria de Saúde, mesmo após a vacinação é necessário manter os protocolos sanitários com a higienização das mãos, distanciamento social e utilização de máscara. Para esclarecer dúvidas e obter outras informações sobre o cadastramento, além do portal da Prefeitura de Santo André, há também o telefone 0800-4848004.

Solidariedade – O Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra, está recebendo doações. Quem for se vacinar pode levar 1 kg de alimento não perecível para doar nos drive-thrus. Os itens irão para o Banco de Alimentos, que está entregando kits para as famílias de maior vulnerabilidade social da cidade.

| Texto: Caroline Terzi

Gostou da nossa matéria “Santo André antecipa vacinação contra Covid-19 para munícipes com 63 anos“?

Santo André antecipa vacinação contra Covid-19 para munícipes com 63 anos
Santo André antecipa vacinação contra Covid-19 para munícipes com 63 anos. Foto: Angelo Baima/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias

Iniciativa do Fundo Social de Solidariedade já arrecadou 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores para Campanha Santo André Solidária.

Com a colaboração de muitos andreenses, a campanha Santo André Solidária, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade, chegou à marca de mil cestas básicas distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade. Neste sábado (24) foi a vez dos moradores do bairro Sítio dos Vianas receberem as doações.

“A campanha Santo André Solidária continua a todo vapor, seguimos cuidando dos que mais precisam, mesmo nesse momento difícil. Com a ajuda de todos os andreenses que nos auxiliam doando diversos tipos de itens, vamos vencer juntos”, destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

A campanha, lançada no aniversário da cidade, em 8 de abril, já arrecadou cerca de 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores. Alexandre Vieira, voluntário na campanha, comentou sobre o processo de arrecadação e distribuição. “A colaboração da cidade tem sido muito significativa. Fazemos a triagem e a montagem dos kits para entregar nas residências das mais de 900 famílias assistidas”.

As cestas básicas são compostas por alimentos não perecíveis e, complementando as doações, as famílias recebem ainda kits de higiene pessoal e também produtos de limpeza.

Gabriela de Lima Santana, de 19 anos, recebeu a cesta neste sábado com a filha Mariana de 7 meses no colo. “Veio em boa hora. O momento não está fácil. Moro com mais dez pessoas e estou sem emprego, por isso, agradeço esta grande ajuda”.

Cláudio de Jesus, de 49 anos, comemorou a doação. “Como autônomo, passei momentos difíceis, por isso sou grato por esta ajuda”, pontou o morador.

Para quem quiser contribuir com a campanha Santo André Solidária, a arrecadação é feita em sistema drive-thru de forma segura, respeitando todos os protocolos sanitários, nos seguintes endereços: Parque Celso Daniel (Rua das Caneleiras, s/nº – Bairro Jardim), Parque Central (Rua José Bonifácio, s/nº – Vila Assunção), Parque Regional da Criança (Avenida Itamarati, 536 – Parque Jaçatuba) e Parque da Juventude Ana Maria Brandão (Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, s/nº – Jardim Ipanema). 

Os quatro drive-thrus solidários localizados nos parques receberão doações até o dia 30 de abril, de segunda a domingo, das 8h às 17h. Os cinco pontos de vacinação em formato drive-thru da cidade também estão recebendo doações.

Outra opção é fazer as contribuições diretamente na sede do Banco de Alimentos, localizado na avenida dos Estados, 2195, em Santa Teresinha. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. 

Podem ser doados alimentos como arroz, feijão, macarrão, café, óleo, leite em pó, além de itens de higiene e limpeza, agasalhos, cobertores, brinquedos, material escolar, entre outros.

Quem preferir, pode fazer doações via Pix para a chave e-mail doe@santoandre.sp.gov.br ou via transferência para a conta do Fundo Social no Banco do Brasil. A agência é 5688-x, conta 6900-0 e CNPJ 46.522.942/0001-30, no nome de Prefeitura de Santo André – Fundo Social de Solidariedade.

Entre os bairros que estão sendo beneficiados com a entrega de doações estão Sítio dos Vianas, Jardim Irene, Jardim Cipreste, Aclimação, Vila Linda, entre outros. A distribuição será feita ao longo da realização da campanha Santo André Solidária.

Gostou da nossa matéria “Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias“?

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias
Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias. Foto: Angelo Baima/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Movimento indígena de Santo André promove protesto neste sábado

Movimento indígena de Santo André se reúne para contar verdadeira história da cidade e faz reivindicações à administração pública

Neste sábado, 24 de abril, o Movimento Coletivo dos Povos Originários de Santo André e Região se reúne na Praça IV Centenário, no Centro do município andreense, onde se encontra a estátua de João Ramalho, para protestar e reivindicar ações do poder público para reconhecer e apoiar os indígenas locais. Representantes de vários povos se encontram a partir das 9h para contar a verdadeira história sobre o patrono, que se encontra no Marco Zero de Santo André. A ação se baseia no Abril Indígena, mês instituído pela FUNAI para falar sobre etnodesenvolvimento das comunidades.

O tecido usado para cobrir João Ramalho servirá como tela para o artista Leo Neguim oficializar o protesto e registar a indignação do movimento. Segundo a historiadora e moradora da cidade, Silvia Muiramomi, há mais história indígena do que se conta e/ou ensina, e a figura tida como fundador da cidade foi, na verdade, “escravagista e responsável pela morte de muitos indígenas”. “Pedimos a revisão da história da cidade de Santo André, contemplando a presença indígena, fartamente documentada nos livros, atas da câmara e cartas jesuíticas, inclusive com levantamentos geográficos e arqueológicos de sítios em Paranapiacaba e na região da Vila Alice, onde se tem notícias de um cemitério indígena”.

O movimento também faz alguns pedidos à administração pública, como a reestruturação da sala dedicada aos povos originários no Museu de Santo André, exibindo história, cultura e tradições regionais, além da retirada da imagem de João Ramalho postada ao lado do Marco Zero andreense. “A cidade não há de querer por patrono um escravagista etnogenocida, pois fere nossos mais altos princípios humanitários e constitucionais de respeito à liberdade e à vida”, afirma Muiramomi.
Atualmente, na cidade de Santo André, estão presentes os povos originários Atikum, Fulni-ô, Kaikang, Kariri-Xocó, Kambiwá, Kanela, Kayabi, Kaimbé, Kalabaça, Muiramomi, Pataxó, Pankararu, Pankararé, Pankaraí, Tabajara, Tupi, Guarani, Tuxá, Truká, Xukuru-kariri, Kariri, Xavante, Tremembé, Tapebapovos Carijó, Muiramomi e muitos outros.

Outras reinvindicações do movimento, que visa chamar a atenção das autoridades para diversas questões importantes do universo indígena são:

• Implantação da lei 11645/2008 que trata da obrigatoriedade do ensino da história dos povos originários e dos afrodescendentes nas escolas municipais de ensino fundamental.

• Atenção à saúde indígena por meio do atendimento diferenciado e prioritário na rede municipal de saúde e nos complexos hospitalares municipais que incluem campanhas de vacinação e práticas integrativas da medicina tradicional dos povos originários.

• Promover, até 2022, o recenseamento étnico nos cadastros escolares e da rede básica de saúde, redimensionando com fidelidade a presença da população indígena no município, com objetivo de nortear ações afirmativas e políticas públicas.

• Empreender espaços de cultura para manifestações festivas, espirituais e culturais dos povos originários, aumentando a visibilidade social desta população, a inserção como protagonista de sua própria cultura e incluindo suas datas festivas no calendário oficial de cultura.

Também assinam o manifesto: Coletivo NASA, Coletivo RessurGentes, Movimento MASSA!, Movimento Raízes, Casa Viva Lilás, Deixa Ser Companhia de Artes, Juliano de Assis, Rede Beija-flor de Pequenas Bibliotecas Vivas de Santo André, Carlos Eduardo de Faria, Coletivo Fopp DA VILA DE PARANAPIACABA, Rubens Antunes Pecorari, Bruno Machado, Praieira Fm, Cia. Estrela D´Alva de Teatro, Circo Navegador, Ponto de Cultura Teatroendoscopia, Reinaldo da Silva CMPC, Espaço Cultural Cia3Entradas, Coletivo Cultura Viva, Sarau da Consciência, Coletivo RISO, RENIU, “Progr.Indios na Cidade” -Ong Opção Brasil.

Gostou da nossa matéria “Movimento indígena de Santo André promove protesto neste sábado“?

Movimento indígena de Santo André

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Moove+ investe na inclusão por meio da contratação de pessoas com deficiência

Operadora logística abre vagas para contratação de pessoas com deficiência nas áreas operacionais e administrativas

Com o objetivo de incentivar a inclusão, a operadora logística Moove+ anuncia a abertura de vagas para pessoas com deficiência (PcD) nas áreas operacionais e administrativas. Em 2021, a empresa já contratou 10 colaboradores PcD, chegando a 25 no total, e a ideia é ampliar ainda mais este número. 

De acordo com dados levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pelo menos 45 milhões de brasileiros possuem algum tipo de deficiência — ou seja, cerca de 24% da população do País. Ainda assim, os dados mais recentes apontam que em torno de 440 mil PcDs estão empregados, totalizando apenas 1% dos empregos formais no Brasil.

“Iniciamos esse ciclo de contratações de PcD com o objetivo de dar espaço e vez para todos e, principalmente neste momento, com alta de desemprego, sabemos que é importante abrir oportunidades”, afirma Guilherme Juliani, CEO da Moove+. O recrutamento vem junto de um projeto de expansão da empresa, que hoje realiza cerca de oito milhões de entregas mensais.

A inclusão de PcD é prevista por lei no Brasil desde a Constituição de 1988, mas, ainda assim, muitas empresas encontram dificuldade para alcançar o número mínimo exigido de colaboradores PcD. Em 2015, a Lei Brasileira de Inclusão alterou o conceito jurídico de deficiência, que deixou de ser compreendida como condição estática e biológica, e introduziu políticas públicas como a inclusão escolar e a capacidade civil, além da inclusão do mercado de trabalho, que já constava na legislação há mais de 30 anos.

De acordo com Guilherme, é importante repensar a cultura da empresa para melhor acolher todos os colaboradores. “As empresas precisam se preparar para investir nas mudanças necessárias. Muitos dos espaços corporativos e industriais não são projetados para a presença de PcD, e isso vem de uma tradição que estamos tentando mudar.”

Ao abrir vagas para contratação de PcD, as empresas precisam também oferecer e garantir a acessibilidade necessária ao colaborador. A adaptação física dos espaços, com rampas e elevadores, é necessária para garantir a mobilidade; a inclusão de informações via áudio e mapas táteis para deficientes visuais. Essas e outras mudanças simples tornam o ambiente corporativo inclusivo e permitem o acesso de todos.

O recrutamento de colaboradores PcD pela Moove+, empresa integrante do Grupo Flash Courier, está aberto e os interessados devem encaminhar currículo para o e-mail recrutamento@moovemais.com.br.

Sobre a Moove+

contratação de pessoas com deficiência
Guilherme Juliani – CEO da Moove+. Foto: Divulgação

A Moove+ faz parte do grupo Flash Courier, presente no mercado há mais de 25 anos e referência em logística no Brasil. Sediada em São Bernardo, no ABC Paulista, opera em um espaço de mais de 20.000 m². Líder no setor bancário, sua carteira de clientes é composta por agências financeiras, bancos, empresas de ingresso, gestoras de benefícios como vale alimentação, refeição e transporte, planos de saúde, entre outros segmentos. Para se ter uma ideia da proporção da operação, atualmente, sua malha de distribuição realiza cerca de 9 milhões de entregas por mês.

Nos últimos anos, a Moove+ investiu pesado em tecnologia e inovação – como robótica, mobile, bigdata, automação e sharing economy – e no processo de adaptação às novas exigências do governo, em especial as obrigações de CT-e, MDF-e e SPED, que de maneira geral, têm o objetivo de garantir a transparência e a segurança durante o transporte. Além disso, a empresa está licenciada para operar no mercado de logística e distribuição de produtos certificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), segmento que tem impulsionado ainda mais o crescimento da empresa. Mais informações: http://www.moovemais.com.br

Gostou da nossa matéria “Moove+ investe na inclusão por meio da contratação de pessoas com deficiência“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Banda Lira de Santo André entra na era digital, aos 103 anos

Nesta quarta-feira (21) a Corporação Musical Lira de Santo André comemora 103 anos. Pioneira na região do ABC e de Santo André e uma das mais antigas do Brasil, a Banda Lira, como é mais conhecida, entrou na era digital.

Por conta da pandemia, além das participações em eventos, a banda também deixou de se apresentar nos últimos domingos do mês no Parque Antônio Flaquer (Ipiranguinha). Mas o público pode conferir uma playlist no canal do YouTube da Secretaria de Cultura de Santo André, onde a Banda Lira apresenta semanalmente releituras da música mundial: bit.ly/BandaLiradeSantoAndré-YouTube

História – A corporação, criada numa época em que Santo André iniciava o seu desenvolvimento, teve sua origem nas famílias italianas que aqui se estabeleceram naquela época. Durante estes anos todos esteve sempre presente nas comemorações oficiais e outros eventos em todo o Estado de São Paulo, mantendo sempre o espírito familiar.

Com sede no Parque Antônio Flaquer (Ipiranguinha), a banda tem à frente desde 1993 o maestro Claurício Cipriano. Outro personagem importante é João Madriano Filho, que acompanha os músicos desde 1953 e é o integrante mais antigo. Atualmente João é o responsável pela parte administrativa.

Banda Lira de Santo André entra na era digital, aos 103 anos
Banda Lira. Foto: Angelo Baima/PSA

Gostou da nossa matéria “Banda Lira de Santo André entra na era digital, aos 103 anos“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Ponto de vacinação drive-thru contra covid no Atrium Shopping

Santo André passa a contar no próximo sábado (24) com um novo ponto de vacinação contra a Covid-19 em formato drive-thru, no Atrium Shopping, na Vila Homero Thon. Este será o quinto local da cidade a receber estrutura para que os munícipes possam ser imunizados sem precisar sair do carro.

“Mais um drive-thru aberto para otimizar a vacinação em Santo André. Continuamos buscando por mais doses, ampliando e antecipando a vacinação dos públicos prioritários para garantir proteção e cuidado com a nossa gente. A estrutura de mais um local de vacinação, desta vez no Atrium Shopping, nos garante manter com agilidade e eficiência a imunização contra a Covid-19”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

Assim como nos outros drive-thrus, é necessário realizar agendamento no site psa.santoandre.br/vacinacovid. A vacinação no Atrium terá início com aplicação de primeira dose em munícipes com 64 anos e profissionais da educação básica com idade superior a 47 anos. 

O Atrium Shopping fica na rua Giovanni Battista Pirelli, 155. O acesso ao drive se dá pela avenida Alexandre de Gusmão, s/nº, no estacionamento do piso G2. Nos dias 24 e 25 de abril, o funcionamento terá início as 8h com horário estendido até as 19h.

“Este é um momento de pensar no coletivo e ajudar no que estiver ao nosso alcance para que a vacinação ocorra de forma organizada e no menor tempo possível. Por isso, ser um dos pontos de vacinação da cidade é uma satisfação para nós”, afirmou a gerente geral do Atrium Shopping, Vanessa Nery.

Os outro quatro drive-thrus da cidade ficam no Paço Municipal (Praça IV Centenário, no Centro), Craisa (acesso no portão 5 pela rua Varsóvia, em Santa Teresinha), Estádio Bruno Daniel (localizado na rua 24 de Maio, na Vila América) e Grand Plaza Shopping (Avenida Industrial, 600, com acesso pelo portão do Centro Empresarial). Todos funcionarão das 8h às 19h até 25 de abril e das 8h às 17h após esta data.

64 anos – A vacinação contra a Covid-19 para munícipes com 64 anos terá início nesta quinta-feira (22) em Santo André. O munícipe deve acessar o site psa.santoandre.br/vacinacovid e verificar data, horário e local disponíveis para fazer o agendamento.

Além dos drive-thrus, o morador tem a opção de agendar a vacinação em uma das nove unidades de saúde da cidade que estão realizando imunização contra o coronavírus: USF Dr. Moyses Fucs, Centro de Saúde Escola, USF Vila Guiomar, USF Jardim Alvorada, USF Cidade São Jorge, USF Vila Luzita, USF Parque Miami, USF Cipreste e USF Recreio da Borda do Campo. Aos finais de semana não é preciso fazer agendamento para ser vacinado nestes locais.

No ponto de vacinação, é obrigatório apresentar documento de identidade e comprovante de residência. Pacientes que estejam passando por tratamento oncológico devem levar, além dos documentos pessoais, uma carta de liberação médica.

No caso de munícipes acamados, a vacina é aplicada em domicílio, com base no cadastro que cada paciente tem nas unidades de saúde. Para esclarecer dúvidas e obter outras informações sobre o cadastramento, além do portal da Prefeitura de Santo André, há também o telefone 0800-4848004.

Solidariedade – O Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama, Ana Carolina Barreto Serra, está recebendo doações. Quem for se vacinar pode levar 1 kg de alimento não perecível para doar nos drive-thrus. Os itens irão para o Banco de Alimentos, que por sua vez entregará para as famílias de maior vulnerabilidade.

Com informações da Prefeitura de Santo André.

Ponto de vacinação drive-thru contra covid no Atrium Shopping
Atrium Shopping – Foto: Helber Aggio/PSA

Gostou da nossa matéria “Ponto de vacinação drive-thru contra covid no Atrium Shopping“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Jander solicita que a Educação busque recursos do novo FUNDEB

Após a aprovação da Lei do Novo FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) o Vereador Professor Jander Lira identificou que há novos recursos disponíveis para os cursos técnicos profissionalizantes, oferecidos pela tradicional Escola Alcina de São Caetano do Sul.

Jander fez uma indicação para que a Secretaria de Educação busque imediatamente esses recursos com o Ministério da Educação, para proporcionar aos alunos da escola mais recursos e equipamentos.

Ao apresentar essa indicação na sessão virtual desta semana, o vereador e professor Jander salientou que a EME Profª Alcina Dantas Feijão já tem uma tradição de mais de 50 anos na área dos cursos técnicos, mas precisa de muitos investimentos, já que não tem atualmente nenhum laboratório operacional.

“Estou muito preocupado quando voltarem às aulas presenciais, pois os alunos não terão como usar os laboratórios, já que os computadores dos laboratórios do Alcina estão todos sucateados”.

A Secretaria de Educação informa que não tem verbas para modernizar os laboratórios do curso técnico e as emendas ao orçamento municipal propostas nos últimos anos pelo Vereador Jander para aumentar os recursos nessa área foram sempre rejeitadas pela maioria da Casa Legislativa.

“Agora há recursos já que o decreto do FUNDEB admitiu o duplo cômputo de matrículas, aumentando o repasse ao município”, falou Jander na tribuna da Câmara dos Vereadores após o encaminhamento de sua indicação.

Gostou da nossa matéria “Jander solicita que a Educação busque recursos do novo FUNDEB“?

Jander solicita que a Educação busque recursos do novo FUNDEB
Vereador Jander, em sessão da câmara. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e sobre as Cidades do Grande ABC. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Santo André amplia horário dos pontos de vacinação drive-thru

A Prefeitura de Santo André amplia o horário de funcionamento de todos os pontos de vacinação drive-thru da cidade. Os quatro locais, que normalmente realizam imunização das 8h às 17h, passarão a funcionar das 8h às 19h até o dia 25 de abril.

A medida entra em vigor na próxima quinta-feira (22) nos drive-thrus do Paço Municipal, Craisa e Grand Plaza Shopping. No Estádio Bruno José Daniel o novo horário começou a funcionar nesta segunda-feira (19).

“Ampliamos o horário de atendimento até as 19h nos drives da cidade. Só hoje, no Bruno Daniel, foram vacinadas cerca de 1.200 pessoas. Já ultrapassamos 115 mil andreenses imunizados, cerca de 15% da população. E à medida que chegarem mais doses, seguiremos antecipando e ampliando a vacinação”, afirmou o prefeito Paulo Serra, que acompanhou nesta segunda-feira a imunização de idosos com mais de 65 anos no Estádio Bruno José Daniel.

Somente nesta segunda foram vacinadas 3.723 pessoas na cidade, sendo 1.176 no Estádio Bruno Daniel, 1.109 no Paço Municipal, 727 no Grand Plaza e 711 na Craisa.

Para receber a imunização, o munícipe precisa realizar agendamento no site psa.santoandre.br/vacinacovid. A partir do cadastro são indicados local, data e horário para a vacinação.

No ponto de vacinação é necessário apresentar documento de identidade e comprovante de residência. Pacientes que estejam passando por tratamento oncológico devem levar, além dos documentos pessoais, uma carta de liberação médica.

Os quatro pontos de vacinação drive-thru estão localizados nos seguintes endereços: Craisa (acesso no portão 5 pela rua Varsóvia, em Santa Teresinha), Estádio Bruno Daniel (localizado na rua 24 de Maio, na Vila América), estacionamento do Paço Municipal (Praça IV Centenário – Centro) e estacionamento do Grand Plaza Shopping (Avenida Industrial, 600, com acesso pelo portão do Centro Empresarial).

Segundo a Secretaria de Saúde, mesmo após a vacinação é necessário manter os protocolos sanitários com a higienização das mãos, distanciamento social e utilização de máscara. Para esclarecer dúvidas e obter outras informações sobre o cadastramento, além do portal da Prefeitura de Santo André, há também o telefone 0800-4848004.

Solidariedade – O Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra, está recebendo doações. Quem for se vacinar pode levar 1 kg de alimento não perecível para doar nos drive-thrus. Os alimentos irão para o Banco de Alimentos, que por sua vez entregará para as famílias de maior vulnerabilidade social da cidade.

Com informações da Prefeitura de Santo André

Gostou da nossa matéria “Santo André amplia horário dos pontos de vacinação drive-thru“?

Santo André amplia horário dos pontos de vacinação drive-thru
Fotos: Helber Aggio/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Dafiti Group anuncia 160 vagas, sendo mais de 80 em tecnologia

Depois de fechar 2020 com crescimento expressivo em sua base de clientes ativos, somando atualmente 7.7 milhões, e em Net Merchandise Value (NMV) de R$3.4 bilhões, o Dafiti Group, maior grupo de e-commerce de moda e lifestyle da América Latina, anuncia a abertura de mais de 160 vagas em tecnologia, negócios e operações, apenas no segundo trimestre deste ano. Mais da metade das oportunidades são para a área de TI, que será o principal foco de investimentos da empresa ao longo deste ano.

O grupo tem mais de 30 vagas abertas para as áreas Comercial, Marketing, Facilities, RH e Financeiro – e ainda mais de 80 posições em Tecnologia, divididas em oportunidades para gestores de produtos digitais, engenheiros, desenvolvedores, SREs e profissionais de UX. Com sede em São Paulo, a empresa adota o modelo remoto flexível desde janeiro deste ano para os times administrativos, possibilitando oferecer as oportunidades para candidatos que residam em qualquer região do país. 

Dafiti Group anuncia 160 vagas, sendo mais de 80 em tecnologia
Projeto do novo escritório do Dafiti Group em São Paulo, por Athié Wohnrath

Tecnologia em foco

Para as mais de 80 vagas abertas em tech, a empresa busca profissionais com  perfil analítico e experiência em projetos desafiadores. “Estamos todos vivenciando um momento desafiador e de grandes transformações, e dentro do Dafiti Group não seria diferente: estamos nos adaptando constantemente, orientados a nos tornar o ponto de partida da moda na América Latina. Por isso, é fundamental que nossos times tenham capacidade de se adaptar a novos cenários e se sintam confortáveis em um ambiente dinâmico e de constantes aprendizados”, afirma André Piza, CTO do Dafiti Group. “Queremos em nossos times pessoas que se inspiram nas melhorias que estão levando para o consumidor e para a empresa, e que medem seu sucesso pelo impacto que geram, não apenas pela simples entrega de tarefas.”

Para os candidatos, a fashiontech oferece um ambiente inclusivo, dinâmico e com espaço para ideias e experimentações. “Percebi logo nos primeiros dias de atuação na empresa, que nossa cultura de trabalho é baseada em permitir que os funcionários sejam quem eles são e tenham autonomia para mostrar o seu melhor. Acreditamos na importância das pessoas testarem suas ideias e errarem sem medo, como o melhor caminho para o aprendizado e o crescimento”, pontua Alexandre Nigri, que recentemente assumiu a posição de Diretor de Produtos no Dafiti Group.

Vagas no novo Centro de Distribuição

Na área de Operações, são mais de 30 vagas para atuar nos times de Transportes, Prevenção de Perdas, Automação, Controle de Qualidade e Produção. Essas oportunidades são para atuação presencial no LEAP, novo centro de distribuição automatizado do grupo, inaugurado este ano na cidade de  Extrema (MG). Todo o trabalho na unidade é realizado seguindo protocolos rigorosos de  saúde e segurança, garantindo o cuidado com os funcionários.

Dafiti Group anuncia 160 vagas. CD // Dafiti // Extrema – MG // Agosto 2020 // Rafael Roncato

Benefícios e modelo de trabalho remoto flexível

Desde janeiro de 2021, o Dafiti Group adota o modelo de trabalho remoto flexível, que permite ao funcionário ter a liberdade de adequar sua jornada de trabalho à sua preferência. O modelo prioriza a flexibilidade na gestão do tempo por meio de uma mentalidade remota nas áreas administrativas, possibilidade de escolher de onde trabalhar, sem presença mínima no escritório, e times com maior autonomia e responsabilidades para gerenciar horários de trabalho, entre outras vantagens.

Além disso, a empresa oferece salário compatível com o mercado e benefícios como: 30% de desconto nos produtos dos e-commerces Dafiti, Kanui e Tricae; participação nos resultados; day off de aniversário; horário flexível; vale alimentação/refeição; auxílio mobilidade; ajuda de custo para subsídio de despesas de infraestrutura com o remoto flexível além de seguro de vida e um programa de bem-estar (com Gympass e programa de qualidade de vida por telemedicina).

As inscrições para as vagas mencionadas acima devem ser feitas no site: www.dafitigroup.com/oportunidades-gerais

Sobre o Dafiti Group

O Dafiti Group é o maior grupo de e-commerces de moda e lifestyle da América Latina. Fundado em 2011 e com atuação em 4 países (Argentina, Brasil, Chile e Colômbia), o grupo tem como propósito revolucionar o ecossistema da moda com inteligência. Nosso time diverso, composto por mais de 3800 talentos, está dedicado a proporcionar a melhor experiência de compra para nossos clientes e a ser a plataforma de escolha para nossos parceiros. Potencializado por nosso ecossistema de tecnologia e pela infraestrutura de nossas operações, nossa proposta de valor é baseada em oferecer: o melhor portfólio e curadoria, inspiração de moda, os melhores preços, a melhor conveniência e tudo isso com o cuidado em gerar impacto positivo às pessoas e ao planeta. Em 2020, nossas plataformas tiveram mais de 7,7 milhões de clientes ativos, gerando um NMV de R$3,4 bilhões.

Acesse:

Gostou da nossa matéria “Dafiti Group anuncia 160 vagas, sendo mais de 80 em tecnologia“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Uma pandemia

Colaboração de Aretusa Sousa, do ABCclick Fotoclube “Uma pandemia”

O que você enxerga quando você vê?

Uma pandemia, todos sem poder sair de casa e um hobby que precisa de elementos para acontecer – em geral a rua, paisagem, pessoas  – foram os ingredientes para uma atividade coletiva no Fotoclube ABCclick. O desafio era fotografar um utensílio de cozinha da forma que cada um quisesse.

Objetos que nos são úteis no dia a dia, foram capturados conforme a visão de cada fotógrafo. Nosso grupo é misto em todos os sentidos, composto por pessoas da região e de outros estados, com profissões diversas. O resultado foram  imagens cheias de personalidade, algumas com poucos elementos mostrando uma abordagem minimalista, outras super produzidas com acessórios de família e ainda composições de dar água na boca de todos.

Cada fotografia conta uma história, traz consigo a personalidade de quem a faz. Nessa brincadeira o fotógrafo seleciona e interpreta uma cena e assim a codifica e o observador a decodifica interpretando ou lendo.

Estão prontos para decodificar nossas imagens? Que tal também produzir a sua? Mostre seu resultado marcando o #jornalgrandeabc e o #abcclickfotoclube.

Envie sua foto, com seu nome e título para redacao@gmail.com.br

Gostou da nossa matéria “Uma pandemia“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

SP oferece linha de crédito emergencial para setor cultural

Para apoiar as micro e pequenas empresas dos setores mais afetados pela pandemia, o Governo do Estado de São Paulo anunciou diversas ações e parcerias em prol dos empreendedores. Entre as medidas está a linha emergencial com condições especiais pelo Banco do Povo, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado. Entre beneficiados com crédito emergencial está o setor Cultural, além da Economia Criativa.

Estão disponíveis R$ 50 milhões em microcrédito para capital de giro com taxas de juros de 0% a 0,35% ao mês, com carência de seis meses e prazo de pagamento de até 36 meses.

“A pandemia de coronavírus deve causar uma perda de R$34,5 bilhões para o setor cultural e criativo de São Paulo, impactando cerca de 500 mil postos de trabalho. Com essas ações do governador João Doria para mitigar a crise e estimular o setor, acreditamos que a recuperação se dê a partir do próximo ano”, afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão.

Linha emergencial
A linha emergencial atende diversos setores compostos de empreendedores formais (inclusive MEI, ME, EPP, LTDA e EIRELI), que não tenham restrições de crédito junto ao SERASA e que realizaram cursos dos programas Empreenda Rápido ou Empreenda Mulher. Não é necessário apresentar avalista.

Os empreendedores podem solicitar as linhas de crédito de forma totalmente online pelo site www.bancodopovo.sp.gov.br e da Desenvolve SP:www.desenvolvesp.com.br, onde é possível verificar mais detalhes.

Gostou da nossa matéria “SP oferece linha de crédito emergencial para setor cultural“?

SP oferece linha de crédito emergencial para setor cultural
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Vendas caem 30% durante a fase emergencial do plano São Paulo

A fase emergencial do Plano São Paulo iniciou em 15 de março e foi até dia 11 deste mês, com medidas mais restritivas. Durante o período, o comércio permaneceu fechado em todo o estado. De acordo com um levantamento realizado pela FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo), como resultado das recomendações, as vendas caem na fase emergencial do plano São Paulo, em cerca de 30% para o setor.

“A fase emergencial trará impactos significativos para o balanço trimestral do varejo. A queda de 30% no volume de vendas é alarmante. Reforçamos que é preciso manter a economia minimamente ativa, pois sem apoio financeiro, os estabelecimentos não conseguem se manter”, explica o presidente da FCDLESP, Mauricio Stainoff.

Segundo o levantamento realizado pela entidade, com a participação das principais CDLs do Estado de São Paulo, além da queda significativa, o comércio de rua foi o mais afetado pela nova fase do Plano São Paulo. Para os lojistas, os estabelecimentos estão mais adaptados à realidade da pandemia, mas ressaltam que, a instabilidade do Plano São Paulo e a falta de planejamento prévio impactam diretamente as vendas do varejo. 

Cenário atual 

Mesmo com baixa expectativa de vendas, cerca de 9 em cada 10 comerciantes participantes da pesquisa, acreditam que o Take away – serviço de retirada do pedido no estabelecimento e o retorno do auxílio emergencial amenizam o impacto negativo no volume de vendas. “Em tempos de total fechamento, é preciso manter a opção de retirada no produto ou pedido no balcão do estabelecimento, isso estimula o consumidor. Esperamos que a volta do auxílio emergencial traga um equilíbrio para esse cenário”, ressalta Stainoff.

No período da fase emergencial, os empresários relatam que o e-commerce apresentou o melhor desempenho. Sem a possibilidade de realizar as compras em lojas físicas, os consumidores optaram por manter o consumo pelo ambiente digital. Além disso, para o varejo, a Páscoa deste ano não apresentou resultados positivos. Apenas supermercados e lojas do segmento de chocolate apresentaram um bom desempenho nas vendas.

Gostou da nossa matéria “Vendas caem 30% durante a fase emergencial do plano São Paulo“?

Vendas caem na fase emergencial
Maurício Stainoff, presidente da FCDLESP
Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Festa clandestina na Zona Norte de SP encerrada por fiscalização

Vigilância Sanitária Estadual realizou 12 autuações na madrugada deste domingo (18) na capital, além de festa clandestina na Zona Norte

A fiscalização do Comitê de Blitze do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo durante a madrugada deste domingo (18) resultou na interrupção de uma festa clandestina na Vila Maria, na zona norte da capital. No local, cerca de 100 pessoas estavam aglomeradas e, em sua maioria, não utilizavam máscara de proteção facial.

Os responsáveis pelo evento foram encaminhados para o Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) para elaboração de termo circunstanciado. Na operação, foram apreendidos equipamentos de som, quatro máquinas de cartão de crédito e um veículo com as caixas de som usadas no evento.

Equipes da Polícia Civil e Militar participaram da ação em apoio ao trabalho da Vigilância Sanitária Estadual, Procon e demais órgãos de fiscalização a fim de garantir o cumprimento das determinações estabelecidas pelo Plano São Paulo.

Entre o sábado (17) e madrugada de domingo (18), a Polícia Militar atuou de forma preventiva na capital, litoral e interior em 34 ações de apoio à Vigilância Sanitária e 4.338 dispersões, flagrando 607 pontos de aglomeração em todo o Estado. Mais de 42 mil veículos foram vistoriados e 97 pessoas foram presas, sendo que 59 eram procuradas pela Justiça.

No mesmo período, a Vigilância Sanitária Estadual inspecionou 19 estabelecimentos na capital. A equipe realizou 12 autuações, entre elas, a festa clandestina na Vila Maria, uma barbearia no bairro Imirim, duas lojas de decoração em Pinheiros e oito restaurantes e similares. Todos os estabelecimentos comerciais autuados estavam operando com atendimento presencial. Os bairros inspecionados foram Pinheiros, Vila Mariana, Jabaquara, Imirim, Campo Belo, Vila Olímpia, Lapa, Itaim, Santa Cecília, Bela Vista e Vila Maria.

Desde o início do toque de restrição, em 26 de fevereiro, a PM realizou 4.925 mil operações em todo o Estado. No total, 5.757 mil pessoas foram presas, sendo 3.813 mil procurados pela Justiça. Até 11 de abril, o Procon realizou 7.765 mil fiscalizações com 473 autuações.

Comitê de Blitze

Criado no dia 12 de março, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, o Comitê de Blitze tem como objetivo reforçar as fiscalizações e o cumprimento das medidas restritivas do Plano São Paulo e evitar a propagação do coronavírus.

Integram o Comitê agentes da Guarda Civil Metropolitana e da Covisa (Coordenadoria da Vigilância Sanitária) pela Prefeitura de São Paulo. Pelo Governo do Estado, atuam profissionais da Vigilância Sanitária, Procon e das Polícias Civil e Militar.

Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site www.procon.sp.gov.br ou pelo e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br, do Centro de Vigilância Sanitária.

Gostou da nossa matéria “Festa clandestina na Zona Norte de SP encerrada por fiscalização“?

Festa clandestina na Zona Norte de SP encerrada por fiscalização
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos para campanha

O Quartel da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) realizou a entrega, na manhã deste sábado (17 de abril), de 1,1 mil quilos de alimentos à Paróquia de São Francisco de Assis do Valo Velho, na zona sul da capital, doados pelos policiais que receberam a vacina contra o coronavírus. Os alimentos serão destinados às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com déficit nutricional durante o enfrentamento da pandemia. Ação da Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos na Campanha Vacina Contra a Fome.

A ação faz parte da Campanha Vacina contra a Fome, realizada em todo o Estado de São Paulo, que incentiva a doação de 1 quilo de alimento por parte das pessoas que recebem a imunização contra o coronavírus. Até o momento, mais de 450 municípios aderiram à Campanha e 3 mil toneladas de alimentos foram arrecadados em todo o Estado.

Sobre a Campanha Vacina contra a Fome

O Estado recomenda que os municípios participantes instalem pontos de arrecadação nos postos de vacinação contra a COVID-19, que já chegou a quase 6 milhões de doses aplicadas em São Paulo. A distribuição dos mantimentos será feita pelas próprias Prefeituras a famílias carentes de cada cidade.

“Em um momento tão crítico da pandemia, queremos incentivar a sociedade a contribuir com nossas ações de combate à fome, garantindo a segurança alimentar das muitas famílias em situação de vulnerabilidade”, afirmou Célia Parnes, Secretária de Estado de Desenvolvimento Social.

Com informações da assessoria do governo do Estado de São Paulo.

Gostou da nossa matéria “Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos para campanha“?

Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos para campanha
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Confira o horário dos Shoppings do ABC a partir deste domingo

Os shoppings ABC e Atrium, em Santo André, e Praça da Moça, em Diadema, reabrem ao público das 11h às 19h todos os dias, com horário reduzido opcional para os domingos, a partir do dia 18/04. As operações de alimentação podem funcionar com retirada de pedidos no balcão, sem consumo no local e continuam com serviços por drive-thru e delivery.

Já a partir do próximo sábado, 24, é possível fazer refeições presenciais na praça de alimentação e restaurantes. Salões de beleza, barbearias, academias e atividades culturais também estão liberadas nesta segunda etapa de transição, no mesmo horário dos empreendimentos (com exceção das academias, que podem funcionar das 07h às 11h e das 15h às 19h)

O funcionamento dos empreendimentos segue as diretrizes do Plano São Paulo, do Governo do Estado de São Paulo, que determinou nesta sexta-feira, 16, a retomada gradual do comércio até nova avaliação, em 1º de maio.

Todos vão adotar diversas medidas de segurança, tais como o reforço da higienização rotineira das áreas de uso comum, álcool em gel 70% para utilização dos clientes e dos funcionários por todo o empreendimento, redução da capacidade máxima de lotação dos elevadores, estacionamento com número de vagas reduzido, medição de temperatura nas entradas, além de controle do número de clientes nas lojas.

Atrium Shopping
Todos os dias das 11h às 19h (opcional domingo das 12h às 18h)
WhatsApp: (11) 3135-4500
www.atriumshoppingsantoandre.com.br
Rua Giovanni Battista Pirelli, 155 – Vila Homero Thon, Santo André

Shopping ABC
Todos os dias das 11h às 19h (opcional domingo das 12h às 18h)
WhatsApp: (11) 95691-0070
www.shoppingabc.com.br
Av. Pereira Barreto, 42, Vila Gilda – Santo André – SP

Shopping Praça da Moça
Todos os dias das 11h às 19h (opcional domingo das 13h às 19h)
WhatsApp: (11) 94709-5754
www.shoppingpracadamoca.com.br
Rua Manoel da Nóbrega, 712 – Centro, Diadema

Gostou da nossa matéria “Confira os horário dos Shoppings do ABC a partir deste domingo“?

Confira os horário dos Shoppings do ABC a partir deste domingo
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Reabertura gradual da economia neste domingo em Santo André

A Prefeitura de Santo André publicou neste sábado (17) decreto com as novas regras de funcionamento dos serviços da cidade, que entrará na fase de transição do Plano São Paulo a partir deste domingo (18). Com as medidas, o município de Santo André começa a reabertura gradual da sua economia, após período de intensificação das restrições para frear o avanço da Covid-19.

“Estamos colhendo os frutos do esforço conjunto de todos os andreenses. As medidas restritivas e a colaboração de cada munícipe surtiram efeito, as internações por Covid-19 estão em queda, o que nos permite de maneira segura e responsável retomar aos poucos as atividades econômicas”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A partir deste domingo está autorizado o funcionamento das atividades comerciais não essenciais, das 11h às 19h, observando-se o limite de 25% de ocupação da capacidade total. As atividades religiosas, que antes estavam suspensas, estarão liberadas até as 21h, também com limite de 25% de ocupação.

Entre os dias 18 e 23 de abril continuarão sem poder funcionar restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, atividades culturais, academias, e também escolas de dança e similares.

De acordo com o decreto, os restaurantes deverão manter fechados os acessos do público ao seu interior, podendo operar apenas pelos sistemas de delivery, retirada e drive-thru, através de realizações comerciais por meio de aplicativos, internet, telefone ou outros instrumentos similares, ficando autorizado o funcionamento do sistema até a meia-noite e o da retirada e do drive-thru até as 19h.

O decreto diz ainda que deverão permanecer em teletrabalho as atividades administrativas não essenciais.

A partir do próximo sábado (24) terá início uma nova etapa da fase de transição, com autorização de abertura de mais serviços.

No período de 24 a 30 de abril ficam autorizados a retomar o funcionamento presencial de suas atividades, observando-se o limite de 25% de ocupação da capacidade total, das 11h às 19h: restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, além de atividades culturais.

Os restaurantes e similares poderão funcionar no sistema delivery entre 19h e 0h. Academias, escolas de dança e similares também estão autorizados a abrir entre 24 e 30 de abril, das 7h às 11h e das 15h às 19h.

Até 23 de abril, todos os parques da cidade continuarão fechados.

Circulação e transporte – De acordo com o decreto do prefeito Paulo Serra, a circulação de pessoas e veículos estará restrita entre 18 e 30 de abril, das 22h às 4h, com exceção dos casos de necessidade, urgência e emergência.

O transporte coletivo municipal seguirá suspenso entre 22h e 4h até 23 de abril.

Veja a íntegra do decreto aqui.

Com informações da Prefeitura de Santo André

Gostou da nossa matéria “Reabertura gradual da economia neste domingo em Santo André“?

Reabertura gradual da economia neste domingo em Santo André
Foto: Alex Cavanha/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Reabertas clínicas-escola com atendimentos de saúde no ABC

As Faculdades Anhanguera do ABC retomaram os atendimentos de saúde à população nas áreas de PsicologiaFisioterapia e Nutrição. Os interessados podem optar pelas unidades presentes em Santo André e São Bernardo do Campo. As consultas e avaliações são realizadas pelos alunos da instituição, supervisionados por professores e coordenadores dos cursos. Abaixo, seguem detalhes sobre especialidades e horários.

Santo André

A clínica-escola de Fisioterapia atende de segunda à sexta, das 8h às 12h, pacientes com necessidade de tratamento fisioterapêutico neurológico para crianças e adultos, traumato-ortopedia, saúde da mulher e geriatria.

Já a clínica de Psicologia atende crianças a partir de 6 anos, adolescentes, adultos e idosos e oferece as avaliações para psicodiagnóstico dos grupos etários, psicoterapia individual e orientação parental. O horário de funcionamento é de segunda à sexta, das 8h às 15h e aos sábados, das 8h às 12h.

Para atendimento em Nutrição, são oferecidos os serviços de avaliação nutricional e saúde pública. O horário de atendimento é de segunda à sexta, das 7h30 às 13h30 e das 14h às 20h. Os agendamentos podem ser feitos presencialmente, no endereço Avenida Pedro Américo, 850 – Bairro Homero Thon, ou pelo telefone (11) 4458-5051.

Também em Santo André, na região central, a população conta com a opção de atendimento psicológico para adultos, casais e famílias. O horário de funcionamento é das 11h às 20h, na Rua Senador Fláquer, 456. Para garantir um horário, basta ligar para o número (11) 4097-1400 – Ramal 8, ou enviar um e-mail para clinicaunia.psi@gmail.com.

São Bernardo do Campo

A clínica-escola de Psicologia oferece avaliação psicológica para crianças, adolescentes, pessoas em situação de violência doméstica e pessoas em luto, devido a perdas e que passaram a apresentar sintomas com sequelas físicas, de ansiedade, depressão e, também, para pessoas que passaram pela perda do emprego.

A clínica conta ainda com o Projeto Acolher, que atende profissionais da saúde e professores da rede pública. Intervenções psicoterapêuticas, psicodiagnósticas e plantão psicológico também são realizados.

A unidade trabalha de forma presencial e remota, sendo a primeira avaliação obrigatoriamente realizada de maneira presencial e a modalidade on-line destinada a pacientes com dificuldade de locomoção, que pertençam a grupos de risco à Covid-19 ou que optarem pelo formato. Aos interessados que preferirem o atendimento presencial, o horário de funcionamento é às quartas e quintas, das 8h às 17h e às sextas, das 15h às 17h, no endereço Av. Senador Vergueiro, 505 – Bairro Jardim do Mar. Já aos que optarem pelo atendimento remoto, as consultas podem ser feitas de segunda à sexta, das 8h às 17h.

Para realizar o agendamento, é preciso entrar em contato por ligação ou pelo WhatsApp, número (11) 2823-1003. Os interessados passarão por uma entrevista de triagem e encaminhamento para o respectivo serviço. Quanto aos que tenham interesse em participar do Projeto Acolher, serão realizadas 4 sessões e há a possibilidade de encaminhamento para a psicoterapia, caso necessário.

Também em São Bernardo, a clínica de Fisioterapia atende de segunda à sexta, das 8h às 18h, pacientes com necessidades fisioterapêuticas cardiopulmonares, em neurologia e saúde da mulher e do homem. O horário pode ser agendado pelo número (11) 4362-9036 ou (11) 4362-9037. Os atendimentos são realizados na Av. Dr. Rudge Ramos, 1.501 – Rudge Ramos.

As clínicas seguem rigorosamente as orientações dos órgãos e conselhos de classe sobre a prática de atendimentos no contexto de pandemia e a legislação municipal quanto ao funcionamento dos serviços.

Serviços de atendimentos de saúde no ABC

Santo André

Clínica-escola de Fisioterapia

Horário: 8h às 12h, de segunda à sexta.

Contato: (11) 4458-5051.

Endereço: Avenida Pedro Américo, 850 – Bairro Homero Thon.

Clínica-escola de Psicologia

Horário: segunda a sexta, das 8h às 15h e aos sábados, das 8h às 12h.

Contato: (11) 4458-5051.

Endereço: Avenida Pedro Américo, 850 – Bairro Homero Thon.

Clínica-escola de Fisioterapia

Horário: segunda a sexta, das 7h30 às 13h30 e das 14h às 20h.

Contato: (11) 4458-5051.

Endereço: Avenida Pedro Américo, 850 – Bairro Homero Thon.

Clínica-escola de Psicologia – Região Central

Horário: 11h às 20h, de segunda a sexta.

Contato: (11) 4097-1400 – Ramal 8 ou pelo e-mail clinicaunia.psi@gmail.com.

Endereço: Rua Senador Fláquer, 456.

São Bernardo do Campo

Clínica-escola de Psicologia

Horário: atendimento presencial as quartas e quintas, das 8h às 17h e às sextas, das 15h às 17h; atendimentos remotos de segunda à sexta, das 8h às 17h.

Contato:  via ligação ou pelo WhatsApp, número (11) 2823-1003.

Endereço: Av. Senador Vergueiro, 505 – Bairro Jardim do Mar.

Clínica-escola de Fisioterapia

Horário: segunda à sexta, das 8h às 18h.

Contato: (11) 4362-9036 ou (11) 4362-9037.

Endereço: Av. Dr. Rudge Ramos, 1.501 – Bairro Rudge Ramos.

Sobre a Anhanguera 

Fundada em 1994, a Anhanguera já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância. Presente em todos os estados brasileiros, a Anhanguera presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. Em 2014, a instituição passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse: anhanguera.com e blog.anhanguera.com.

Sobre a Kroton

A Kroton nasceu com a missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, compartilhando o conhecimento que forma cidadãos e gera oportunidades no mercado de trabalho. Parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira de capital aberto dentre as principais organizações educacionais do mundo, a Kroton leva educação de qualidade a mais de 817 mil estudantes do ensino superior em todo o País. Presente em 1.221 municípios, a instituição conta com 126 unidades próprias, sob as marcas Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar e é, há mais de 20 anos, pioneira no ensino à distância no Brasil. A Kroton possui a maior operação de polos de EAD no país, com 1.673 unidades parceiras, e oferece no ambiente digital 100% dos cursos existentes na modalidade presencial. Com a transmissão de mais de 1.000 horas de aulas a cada mês em ambientes virtuais, a Kroton trabalha para oferecer sempre a melhor experiência aos alunos, apoiando sua jornada de formação profissional para que possam alcançar seus objetivos e sonhos. Para mais informações acesse: www.kroton.com.br.

Gostou da nossa matéria “Reabertas clínicas-escola com atendimentos de saúde no ABC“?

Reabertas clínicas-escola com atendimentos de saúde no ABC
atendimentos de saúde no ABC. Foto: istock

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Programa de Estágio AkzoNobel: Inscrições abertas em novo ciclo

Até 30 de abril, as inscrições para o novo ciclo do Programa de Estágio AkzoNobel 2021 estarão abertas. São cerca de 15 vagas para as unidades de Mauá (SP), Rochaverá (SP), São Roque (SP) e Recife (PE) a multinacional holandesa busca talentos para as áreas de finanças, logística, produção e pesquisa e desenvolvimento. Mais detalhes estão disponíveis em https://careers.akzonobel.com/, link no qual é possível pesquisar e também se candidatar às vagas. Desde 2016, mais de 300 participantes já passaram pela iniciativa, que este ano já selecionou 57 estudantes.

“O programa de estágio tem se mostrado uma importante porta de entrada de novos talentos na organização. Por isso, esperamos que nossos estagiários estejam aptos a preencher possíveis vagas na empresa, garantindo seu crescimento pessoal e profissional, assim como o alcance das estratégias e metas do negócio”, afirma Francisco Farias, diretor regional de Recursos Humanos da AkzoNobel para América do Sul.

Desenhado pensando no real desenvolvimento dos participantes – e está aí um dos seus diferenciais –, o Programa de Estágio da AkzoNobel tem duração de até dois anos. Durante esse período, além de aprimorar a experiência em sua área, o estagiário tem contato com os demais departamentos e unidades da companhia no Brasil e no exterior.

Um dos destaques da proposta é dar a oportunidade do participante elaborar e implementar, com o apoio de especialistas da área e do seu gestor imediato, um projeto estratégico para a companhia, a fim de apresentá-lo para as liderenças, treinando, assim, diferentes competências, como visão estratégica, relacionamento interpessoal, habilidades de comunicação, administração de tempo, capacidade de adaptação, potencial criativo e gestão de projetos. “Não é apenas um exercício, a grande maioria dos projetos é colocada em prática na nossa empresa”, comenta Francisco. Exemplos dessa interação são projetos que foram implementados nos últimos anos, como um programa de mentoria reversa com foco em diversidade, uma nova metodologia para rendimento de esmaltes sintéticos e uma ferramenta de gestão de preços.

Em tempos de pandemia, todas as atividades de desenvolvimento do programa foram adaptadas para que pudessem ser entregues virtualmente, desde o onboarding, passando por workshop de projetos, sessões de coaching e demais treinamentos que são oferecidos durante o período de dois anos. Adicionalmente, foi contratada uma plataforma digital, que viabilizou a feira de projetos dos estagiários de forma online, sendo também uma oportunidade de exposição dos futuros talentos a outras áreas da empresa. “Tudo isso tornou o programa ainda mais democrático, viabilizando, por exemplo, que os estagiários de diferentes localidades possam participar de todas as ações com os demais participantes. Além disso, com a plataforma digital para realizar a feira, os demais colaboradores da empresa passaram a acompanhar o evento, encorpando a plateia de uma apresentação que antes era restrita apenas aos gestores e alguns convidados”, conta Farias.

O processo seletivo – São quatro etapas, todas realizadas via plataforma digital: inscrições, avaliação on-line (Fit Cultural AkzoNobel e Fit Competênciais), entrevista por vídeo, e dinâmica e entrevistas com os gestores. Os estagiários selecionados iniciarão o programa no próximo mês  de agosto. De acordo com as condições de segurança necessárias por conta do momento da pandemia, o trabalho poderá ser realizado totalmente em home office ou no formato híbrido, com o estudante participando de atividades presenciais.

Entre os pré-requisitos estão: ensino superior, com formação prevista para julho/agosto 2023; disponibilidade para estagiar 30 horas semanais (6 horas diárias); conhecimentos de inglês avançado e pacote Office.

Os benefícios incluem bolsa-auxílio, 13ª bolsa-auxílio no fim do ano (condicionada à ausência de “DPs” na faculdade); assistência médica; assistência odontológica; restaurante no local ou vale-refeição, dependendo da localidade; ônibus fretado ou vale-transporte ou estacionamento no local; seguro de vida; Programa de Apoio ao Empregado; compra de tintas decorativas com desconto; Programa de Desenvolvimento Estruturado e Gympass.

Oportunidades do Programa de Estágio AkzoNobel

Estágio em Manutenção Industrial

Principais responsabilidades: acompanhamento dos indicadores da área de manutenção; realização de  5s; acompanhamento de ativos; participação de células de planejamento e execução de manutenção; acompanhamento e disponibilidade de materiais de manutenção. Terá interação com a área de Segurança, Saúde e Meio Ambiente e Engenharia com foco em infraestrutura do site e disponibilidade de máquinas.

Requisitos: ensino superior com formação prevista para julho/agosto de 2023 no curso de Engenharia Mecânica.

Disponibilidade: para estagiar 6 horas diárias, das 08h00 às 15h00 ou 09h00 às 16h00 ou 10h00 às 17h00 (incluindo uma hora de almoço).

Conhecimentos: pacote Office intermediário a avançado, inglês avançado;  espanhol, técnico em Eletrônica ou Mecânica e Power BI e SAP serão considerados como diferenciais.

Local de trabalho: Mauá (SP).

Estágio em Logística

Principais responsabilidades: entrada de notas fiscais e notas produtivas; desevolverá projeto voltado para melhoria de processos; lançamento de notas fiscais; acompanhamento de entrada de materiais no SAP e acompanhamento de pedidos; entrega de EPI’s.     

Requisitos: ensino superior com formação prevista para julho/agosto de 2023 no curso de Administração, Contabilidade e Logística.

Disponibilidade: para estagiar 6 horas diárias, das 08h00 às 15h00 (incluindo uma hora de almoço).

Conhecimentos: pacote Office intermediário a avançado; inglês avançado; espanhol, Power BI e SAP serão considerados como diferenciais.

Local de trabalho: São Roque (SP).

Estágio em Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento

Principais responsabilidades: contribuir com a introdução de novas matérias-primas, suporte no desenvolvimento de novos produtos. Avaliação dos parâmetros de qualidade da tinta, por exemplo: Viscosidade, pH, cobertura, reologia, cor, teor de não voláteis e testes de aplicação. Acompanhamentos dos testes e auditorias do Programa setorial da Qualidade. Elaborar relatórios técnicos de desenvolvimento de produto. Acompanhamentos experimentais em fábrica dos produtos desenvolvidos. Revisar procedimentos laboratoriais de qualidade e de segurança com acompanhamento do técnico responsável.

Requisitos: ensino superior com formação prevista para julho/agosto de 2023 nos cursos de Química Industrial ou Engenharia Química.

Disponibilidade: para estagiar 6 horas diárias, das 08h00 às 15h00 (incluindo uma hora de almoço).

Conhecimentos: pacote Office intermediário a avançado, inglês avançado; Espanhol, Power BI e SAP serão considerados como diferenciais.

Local de trabalho: Recife (PE).

Estágio em Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento

Principais responsabilidades: suprir os laboratórios com os insumos necessários para o desenvolvimento das atividades, requisitando matérias-primas e/ou auxiliares, assim como preparando soluções. Reproduzir fórmulas e processo desenvolvidas pelos químicos, visando desenvolvimento de novos produtos, reformulações e manutenção de já existentes (produtos acabados e intermediários). Efetuar aplicação de produtos em substratos, obedecendo às especificações do produto e/ou parâmetros estabelecidos pelo cliente. Executar os testes físico-químicos indicados para avaliação dos produtos e/ou matérias-primas, baseando-se em métodos de teste e/ou normas técnicas e fazendo o uso de equipamentos adequados e aferidos, para obtenção de um resultado confiável para avaliação.

Requisitos: ensino superior com formação prevista para julho/agosto de 2023 nos cursos de Química Industrial ou Engenharia Química.

Disponibilidade: para estagiar 6 horas diárias, das 07h30 às 14h30 (incluindo uma hora de almoço).

Conhecimentos: inglês avançado; pacote Office intermediário a avançado; espanhol, Power BI e SAP serão considerados como diferenciais.

Local de trabalho: Mauá (SP).

Estágio em Laboratório Cores

Principais responsabilidades: irá atuar no Laboratório de Desenvolvimento de Cores para a linha Decorativa, colaborando na criação de ajuste de cores e realizando suporte aos Laboratórios de Desenvolvimento de Tintas e atividades de Inovação.

Requisitos: ensino superior com formação prevista para julho/agosto de 2023 nos cursos de Química, Engenharia Química, Química Industrial.

Disponibilidade: para estagiar 6 horas diárias, das 10h00 às 17h00 (Incluindo uma hora de almoço);

Conhecimentos: inglês avançado; pacote Office intermediário a avançado; espanhol, Power BI e SAP serão considerados como diferenciais.

Local de trabalho: Mauá (SP).

Estágio em Contas a Pagar

Principais responsabilidades: irá participar ativamente de processos de fluxos de pagamento.

Atendimento de ticket diariamente. Apoio aos clientes internos e externos com relação a dúvidas de pedidos para reembolsos.

Requisitos: ensino superior com formação prevista para julho/agosto de 2023 nos cursos de Administração e Contábeis.

Disponibilidade: para estagiar 6 horas diárias, das 09h00 às 16h00 (Incluindo uma hora de almoço).

Conhecimentos: inglês avançado; pacote Office intermediário a avançado; espanhol, Power BI e SAP serão considerados como diferenciais.

Local de trabalho: Mauá (SP).

Estágio em Operações de Compras

Principais responsabilidades: acompanhamento e análise das demandas da área (predominantemente em excel); gestão de pedidos, contratos e fornecedores no sistema SAP; participação e contribuição em projeto de melhoria continua.

Requisitos: ensino superior em andamento, com previsão de termino para julho/agosto de 2023, preferencialmente nos cursos de administração, economia, comercio exterior e engenharia(s);

Disponibilidade: para estagiar 6 horas diárias, das 09h00 às 16h00 (Incluindo uma hora de almoço).

Conhecimentos: inglês avançado; pacote Office intermediário a avançado; espanhol, Power BI e SAP serão considerados como diferenciais.

Local de trabalho: Mauá (SP).

Sobre a AkzoNobel

Somos pioneiros em um mundo de possibilidades para dar vida às superfícies há mais de 200 anos. Há uma grande chance de você estar perto de um de nossos produtos, pois somos especialistas em cor e proteção. Nosso portfólio de marcas globais – incluindo Coral, International, Sikkens e Interpon – tem a confiança de clientes em todo o mundo. Atuamos em mais de 150 países e buscamos ser líderes da indústria. Afinal, é o que você esperaria da empresa mais sustentável e inovadora de tintas e revestimentos que inventa o futuro há mais de dois séculos. Para obter mais informações, visite www.akzonobel.com. © 2021 Akzo Nobel N.V. Todos os direitos reservados.

Gostou da nossa matéria “Programa de Estágio AkzoNobel: Inscrições abertas em novo ciclo“?

Programa de Estágio AkzoNobel: Inscrições abertas em novo ciclo
Programa de Estágio AkzoNobel. Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Grande ABC: 500 mil doses de vacinas contra Covid-19

O Grande ABC já aplicou mais de 500 mil doses de vacinas contra Covid-19, conforme dados divulgados pelas prefeituras por meio das secretarias municipais de Saúde.

Até esta quinta-feira (15/4), 346.914 pessoas receberam a primeira dose da vacina. A segunda dose do imunizante já foi aplicada em 162.454 pessoas, totalizando 509.368 doses aplicadas na região.

As sete cidades do Grande ABC iniciaram a imunização contra o novo coronavírus em 19 de janeiro, data em que a região recebeu as primeiras doses da Coronavac, vacina desenvolvida conjuntamente pelo Instituto Butantan e pelo laboratório Sinovac. Ainda em janeiro, no dia 26, as sete cidades começaram a receber doses da vacina Covishield, desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório britânico Astrazeneca.

O cronograma de vacinação foi definido pelos prefeitos da região, que se reuniram em assembleia extraordinária do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, conforme os grupos prioritários da Saúde e demais indicados pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A vacinação em cada um dos municípios do Grande ABC está ocorrendo conforme o número de doses recebido individualmente pelas prefeituras, que realizam a imunização de acordo com suas particularidades e também fazem o controle em relação à aplicação da segunda dose.

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, afirmou que a adesão dos moradores pela vacinação tem feito a diferença e destacou os esforços dos sete municípios para disponibilizar mais doses para os moradores da região.

“Queríamos proteger toda nossa população, mas a quantidade de doses disponíveis ainda é insuficiente. De acordo com a quantidade de doses que já recebemos, estamos fazendo uma vacinação rápida e eficiente. Também estamos trabalhando incansavelmente para avançar nas negociações para ampliar a vacinação no Grande ABC”, afirmou Paulo Serra.

Gostou da nossa matéria “Grande ABC: 500 mil doses de vacinas contra Covid-19“?

Grande ABC: 500 mil doses de vacinas contra Covid-19
Foto: Alex Cavanha/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Aumento da População de Moradores de Rua na pandemia

Dr Marcelo Válio é autor de ‘Aumento da População de Moradores de Rua na pandemia’

Conforme o CENSO 2019 da Prefeitura da Cidade de São Paulo, a população de rua na cidade saltou de 15.905, em 2015, para 24.344 em 2019. Aumento de 53% no período.

Contudo a meu ver, o critério da época para o CENSO foi deficitário e número real deve ser ainda maior, face o deslocamento e dinâmica dos moradores de rua, que se espalham pela cidade como um todo. Veja-se como exemplo o bairro do Campo Belo, mais precisamente nos arredores da Avenida Roberto Marinho.

Com a pandemia, infelizmente houve um crescente dos moradores de rua, e essa situação é notória e flagrante junto a Praça da Sé e a Faculdade de Direito do Largo São Francisco da USP.

Anteriormente as causas típicas eram crise econômica, desemprego, renda, conflitos familiares, moradia, saúde, migração, saída do sistema penitenciário e uso abusivo de álcool e drogas.

Hoje, além desses fatores, a Pandemia da COVID 19 foi fatal para esse enorme aumento. Famílias tiveram que deixar suas casas diante da falta de condições em pagar seus alugueis, e um novo perfil de moradores de rua nasceu.

O Ipea estimou, em estudo publicado em março de 2020, que o número de pessoas em situação de rua chegou a 222 mil. Esse novo perfil de morador de rua revela que eram trabalhadores simples e humildes, com filhos em escolas municipais e estaduais, e que se sustentavam com seus mínimos rendimentos, gerando anteriormente uma mínima condição digna de vida.

Contudo, muitos agora estão em situação indigna e de pobreza extrema. E o acolhimento municipal que já era precário, agora é ainda maior. Não houve um mínimo de coordenação nacional para uma resposta de acolhimento para essas pessoas durante a pandemia.

As medidas de acolhimento urgente na Pandemia não foram diferentes das épocas sem Pandemia. A invisibilidade social da população em situação de rua é notória.
Faltou e falta política de urgência na vigilância em saúde e socioassistencial da população de rua em plena Pandemia.

Os invisíveis continuam invisíveis e agora são muito mais discriminados pois a sociedade já parte da idéia que estão infectados pelo vírus da COVID 19. Isso fez com que as atitudes solidárias diminuíssem também. Muitos que levavam comida e roupas aos moradores de rua deixaram de praticar sua solidariedade por medo.

Nesses casos, é o Poder Público que deve dar uma resposta imediata e urgente, pois o problema social pode se agravar, com risco de cumulação de um surto de COVID junto a essa sofrida população.

Recordo-me, quando tinha escritório na Rua Senador Paulo Egídio, de inúmeras conversas com adolescentes e adultos de rua. Lecionava também em uma Universidade na XV de Novembro e acabei ajudando muitos moradores com simples conversas.

A atenção e uma mínima palavra já era uma ajuda. Muitas vezes comprava marmitas e doava roupas. Muitos se tornaram amigos. Entretanto, os problemas de subsistência desta população ganharam maior evidência na PANDEMIA.

Diante da gravidade e de calamidade pública junto a essa população, é minha obrigação reiterar que os moradores de rua são sujeitos de direto, com direitos garantidos em lei.

Pandemia e Aumento da População de Moradores de Rua

Todo morador na rua têm direitos fundamentais que devem ser respeitados, implementados e efetivados. Tem direito à vida com saúde, trabalho, educação, segurança, moradia, assistência social e lazer.

Tratar o ser humano morador de rua sem o devido respeito aos seus mínimos direitos, é no mínimo ferir o princípio da dignidade da pessoa humana. As pessoas de rua têm o direito de ficar nos espaços públicos e são livres para estarem nesses locais, não podendo ser desrespeitadas no seu direito de ir, vir e permanecer.

Têm direito a uma moradia digna e participar de programas especiais de moradia através de habitação popular federal, estadual e municipal. Outrossim é direito também desta numerosa população, o social de exercício de qualquer tipo de trabalho, ofício ou profissão, atendimento a saúde adequada, a alimentação digna, a educação, ao lazer e ao esporte.

Assim, indispensável uma atuação forte do Ministério Público e da Defensoria Pública para a tutela desta sofrida população.

Sobre o professor pós doutor Marcelo Válio: graduado em 2001 PUC/SP, Marcelo Válio é especialista em direito constitucional pela ESDC, especialista em direito público pela EPD/SP, mestre em direito do trabalho pela PUC/SP, doutor em filosofia do direito pela UBA (Argentina), doutor em direito pela FADISP, pós doutor em direito pelo Universidade de Messina (Itália) e pós doutorando em direito pela Universidade de Salamanca (Espanha), e é referência nacional na área do direito dos vulneráveis (pessoas com deficiência, autistas, síndrome de down, doenças raras, burnout, idosos e doentes).

Gostou da nossa matéria “Aumento da População de Moradores de Rua na pandemia“?

Aumento da População de Moradores de Rua na pandemia
Dr° Marcelo Válio. Foto:
Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Programa de Estágio Scania 2021

A Scania, que está em atividade em São Bernardo do Campo desde 1962, está com inscrições abertas para seu programa de estágio neste ano de 2021. A empresa busca soluções de transportes mais limpas, eficientes e conectadas, bem como ampliar atuação na era digital. Esta é uma boa oportunidade para universitários alavancarem suas carreiras.

Os estudantes que estiverem matriculados a partir do primeiro semestre em algum destes cursos estarão aptos a participar da seleção: Administração, Economia, Contábeis, Engenharias, Direito, Marketing, Publicidade e Propaganda, Comércio Exterior, Secretariado, Sistemas de Informação, Análise de Sistemas, Comunicação, Relações Públicas, Psicologia, Jornalismo, Rádio TV e Internet, Arquitetura, Gastronomia, Técnico Mecânica, Técnico Mecatrônica, Técnico Logística, Técnico Cozinha e Nutrição.

Além disso, é necessário os estudantes terem disponibilidade de 4h a 6h diárias com flexibilidade de horário. Ainda, conhecimentos do Pacote Office intermediário (Inglês básico, intermediário e avançado, de acordo com a necessidade da vaga).

As etapas do processo seletivo são: INSCRIÇÃO (veja logo abaixo o link para se candidatar), INTERSHIP GAME (em plataforma digital); ENTREVISTA (a princípio remoto, por conta da pandemia); PAINEL DE NEGÓCIOS, ADMISSÃO E ENTREGA DE DOCUMENTOS e INÍCIO previsto para agosto deste ano.

Os admitidos serão contemplados com os benefícios oferecidos pela Scania: Ambulatório Médico, Assistência médica e odontológica, Bolsa-auxílio, Clube Scania, Desconto na compra de veículos VW, Estacionamento, Fretado e auxílio-transporte, Programa de desenvolvimento, Recesso remunerado, Restaurante no local e Seguro de vida.

Faça sua inscrição em https://www.ciadeestagios.com.br/vagas/scania/. Para efetuar seu cadastro, você poderá utilizar seu perfil no Facebook, Linkedin ou Google, ou ainda apenas preencher os dados solicitados.

Veja mais Oportunidades

Gostou da nossa matéria “Programa de Estágio Scania 2021“?

Programa de Estágio Scania 2021
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Resultados do Estudo de Demanda Turística de Santo André

Iniciativa realizada em parceria com a Strong Esags; Resultados do estudo de demanda foram apresentados em reunião do Conselho Municipal de Turismo

A Prefeitura de Santo André divulgou nesta quarta-feira (14) os resultados do Estudo de Demanda Turística, ação realizada em parceria com a Strong Esags que mapeou a atividade turística da cidade. Os números foram divulgados em reunião virtual do Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

A iniciativa teve início em outubro de 2020 e teve como objetivo identificar o perfil socioeconômico e hábitos de consumo de turistas de Santo André, bem como seu nível de conhecimento e percepções sobre os serviços e atrativos turísticos oferecidos na cidade. Os resultados são utilizados para alinhar as políticas públicas que promovam e alavanquem o turismo como eixo de desenvolvimento econômico.

A pesquisa desenvolvida atende ao Plano Diretor de Turismo de Santo André e levou em consideração a avaliação dos turistas a respeito da cidade. Como forma de apoio, a Strong Esags utilizou alunos de todos os cursos para suporte técnico e operacional, como projeto interdisciplinar de extensão.

O estudo concluiu que a parte do público que procura lazer e descanso em Paranapiacaba, busca locais próximos à sua moradia para roteiros de curta estadia com bom custo-benefício para viagens em família e com amigos, e a outra parte do público que frequenta a cidade a negócios tem permanência maior e vem de localidades mais distantes, viajando também em grupos, porém menores ou com a família.

No estudo, foi possível verificar que 30% dos visitantes possuem faixa etária de 30 a 39 anos, sendo 51% homens e 49% mulheres. O levantamento mostra ainda que 87% dos visitantes são do próprio Estado de São Paulo e 29% visitam a cidade acompanhados dos filhos. Ao todo, 44% dos turistas são assalariados e 32% possuem ensino superior completo.

A maior parte dos turistas retorna para sua cidade de origem no mesmo dia e visita Santo André a lazer e turismo com veículo próprio. Entre os que fazem pernoite da cidade, 55% se hospedam em hotéis. Quase metade dos turistas gastam até R$ 100 no município, sendo 70% em restaurantes.

Ao todo, foram 638 questionários válidos preenchidos e os resultados têm margem de erro de 5%. A pesquisa foi realizada de forma digital na Vila de Paranapiacaba e em shoppings, hotéis, estações, parques, templos religiosos e centros comerciais.

Para José Marcos Santos, membro titular do Comtur e membro do Conselho de administração do Hotel Blue Tree, o Estudo de Demanda Turística é fundamental para o mapeamento dos turistas da cidade. “Gostaria de elogiar a iniciativa da Prefeitura e a organização do trabalho do Comtur. A pesquisa foi fundamentada para ser colhida em vários locais e isso acaba gerando um resultado muito interessante que nós não tínhamos. Uma informação de qualidade. Vemos com bons olhos e vamos estudar com muito carinho, pois dali vamos tirar várias propostas para trabalhar e inclusive atrair turistas para a nossa hotelaria”, contou.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, as atividades ligadas ao turismo são consideradas estratégicas para a gestão pública, principalmente na retomada econômica após a pandemia.

“Teremos o lançamento do Portal de Turismo de Santo André, campanha dos pontos mais importantes do município, solicitação do selo MIT (Município de Interesse Turístico) e também parte de todo este trabalho contempla o Estudo. Ele foi feito em uma parceria muito importante com a Strong Esags, que nos auxiliou na interpretação dos dados. É com muita alegria que compartilhamos o resultado deste estudo com a comunidade andreense e do Grande ABC”, disse o secretário.

O Estudo de Demanda Turística completo pode ser acessado no site http://www3.santoandre.sp.gov.br/turismosantoandre/wp-content/uploads/2021/02/Estudo-de-Demanda-Tur%C3%ADstica-de-Santo-Andr%C3%A9-2020.pdf.

Município de Interesse Turístico – O Estudo de Demanda Turística é uma das exigências para que Santo André seja reconhecida como Município de Interesse Turístico (MIT). No último mês, o deputado estadual Thiago Auricchio (PL), a pedido da Prefeitura, protocolou na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo a requisição para o reconhecimento de Santo André como cidade turística. A iniciativa agora passará por uma análise técnica pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo.

A cada três anos, o Grupo Técnico de Análise dos Municípios Turísticos (GAMT), do Governo do Estado, faz um ranking entre as cidades com interesses turísticos. O próximo deverá ser realizado ainda este ano e, caso Santo André tenha uma boa colocação, terá a oportunidade de se tornar MIT, podendo obter recursos de até R$ 700 mil por ano, mediante a apresentação de projetos turísticos ou de infraestrutura turística.

Para que uma cidade possa se tornar MIT, seguindo a Lei 1261/15, ela precisa cumprir quatro exigências: entregar estudo de demanda turística referente ao ano anterior ao projeto de lei, inventário da oferta turística, plano diretor municipal de turismo e Conselho Municipal de Turismo instituído e atuante.

Turismo de Santo André – Com seus mais de 700 mil habitantes e sua história de 468 anos, Santo André passou a ter a atividade turística como preponderante em decorrência da ascensão da Vila de Paranapiacaba como patrimônio histórico e ambiental, tombado pelo Condephaat (Estado de São Paulo) em 1987, pelo Iphan (Federal) em 2002 e pelo Comdephaapasa (Municipal) em 2003. A Vila de Paranapiacaba foi incluída entre os 100 monumentos mais importantes do mundo pelo World Monuments Fund, organização não governamental que atua na área de preservação de sítios históricos.

Dessa forma, tendo a Vila como principal atrativo, outras vocações turísticas altamente relevantes foram sendo desenvolvidas, como a gastronômica, referência na Região Metropolitana de São Paulo, e a do turismo de negócios, contando com uma ampla rede hoteleira preparada para receber trabalhadores, técnicos e especialistas que visitam as inúmeras empresas de alta tecnologia instaladas no local.

Desde 2019, o turismo de negócios também vem sendo fortalecido pela atuação do novo Parque Tecnológico de Santo André, que fomenta a inovação na cidade, e pelo programa Turismo Industrial e de Inovação, que realiza visitas guiadas a grandes empresas.

Além disso, o município possui uma série de atrações de lazer, educacionais e religiosas, que a qualificam para o recebimento do título de Município de Interesse Turístico do Estado de São Paulo.

A cidade conta com 11 parques, sendo oito localizados na parte urbana e duas unidades de grande porte situadas em áreas de proteção ambiental: o Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba e o Parque Natural Municipal do Pedroso, este banhado pela Represa Billings, propiciando a possibilidade do turismo ecológico e de aventura.

Como referências do turismo na área educacional, a cidade possui a Sabina – Escola Parque do Conhecimento, com o Planetário Johannes Kepler, um dos mais modernos da América Latina, atraindo milhares de visitantes todos os anos. O município ainda possui mais de dez instituições de ensino superior, dentre elas Universidade Federal do ABC, Senai, Senac, FGV Strong, Fatec e Etec, que atraem visitantes, cientistas e pesquisadores em decorrência dos cursos, eventos e palestras oferecidos por todas estas instituições.

Como não bastassem tantas modalidades turísticas, Santo André também é referência nacional no turismo religioso, em especial por conta do Santuário Nacional da Umbanda, reconhecido em 2019 como patrimônio imaterial do Estado de São Paulo. Trata-se de uma referência nacional e internacional para os seguidores da Umbanda e Candomblé, recebendo anualmente milhares de visitantes de diversas cidades e estados brasileiros.

A cidade ainda tem o benefício de estar em localização privilegiada, no centro da Região Metropolitana de São Paulo, maior mercado consumidor do Brasil, facilmente acessada por transportes públicos (trem e ônibus) e servida diretamente por rodovias como Anchieta e Imigrantes, estando muito próxima ao Rodoanel. Além disso, está próxima do Aeroporto de Congonhas, do aeroporto de Guarulhos e do Porto de Santos.

Gostou da nossa matéria “Resultados do Estudo de Demanda Turística de Santo André“?

Resultados do Estudo de Demanda Turística de Santo André
Resultados do Estudo de Demanda Turística de Santo André. Pinguinário Sabina. Foto: Ricardo Trida/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Santo André suspende cobrança de aluguel em Paranapiacaba

Medida, voltada apenas para quem depende do comércio e turismo na Vila, da prefeitura de Santo André em que suspende cobrança de aluguel, será válida enquanto estabelecimentos e Parque Nascentes estiverem fechados por causa da pandemia

A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, suspendeu a exigência de pagamento de locações de imóveis em Paranapiacaba para quem depende do comércio e do turismo local.

A decisão foi tomada diante da necessidade expressada por moradores e empreendedores da Vila, afetados pelo fechamento do comércio e do Parque Municipal Nascentes de Paranapiacaba, que estão com as atividades interrompidas por causa da pandemia de Covid-19.

“Nossos esforços para garantir dignidade e segurança para a nossa gente são contínuos. Por isso, assim como no ano passado, vamos suspender a cobrança de aluguéis para ajudar os moradores e comerciantes da Vila de Paranapiacaba neste momento mais agudo da pandemia. Uma medida protetiva, até que possamos retomar atividades econômicas”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A suspensão será válida enquanto tais atividades não estiverem autorizadas a funcionar. Os aluguéis poderão ser renegociados em momento posterior e pagos em até 18 meses.

Desta forma, a Prefeitura atende a uma solicitação feita por entidades que representam os moradores e empreendedores da Vila, que nesta semana se reuniram com integrantes da Secretaria de Meio Ambiente para avaliar ações preventivas e medidas de enfrentamento à pandemia.

O encontro foi realizado nesta terça-feira (13), com a presença do secretário de Meio Ambiente, Fabio Picarelli, da representante da sociedade civil, Val Matos, além de representantes da Associação de Moradores e Empreendedores de Paranapiacaba (AMEP), Associação de Moradores e Empreendedores de Paranapiacaba (AMA) e União Serrana de Comerciantes e Prestadores de Serviços de Paranapiacaba (USCPP).

“Todas as medidas que adotamos no auge da primeira onda surtiram o efeito desejado. Basta notar que nenhuma morte por Covid foi registrada até o momento em Paranapiacaba. Agora, diante do agravamento da pandemia,  é muito importante repetir as medidas bem sucedidas que foram tomadas, em especial as de apoio aos moradores e empresários. Estamos atentos e sensíveis às necessidades locais ”, disse o secretário de Meio Ambiente, Fabio Picarelli.

A Prefeitura seguirá adotando medidas de apoio aos moradores e empreendedores de Paranapiacaba, e continuará reforçando o combate à Covid-19 na Vila, por meio de ações de prevenção e desinfecção.

“Vamos seguir fazendo tudo o que for necessário para continuarmos com zero mortes por Covid-19 na Vila“, frisou Picarelli.

Gostou da nossa matéria “Santo André suspende cobrança de aluguel em Paranapiacaba“?

Santo André suspende cobrança de aluguel em Paranapiacaba
Paranapiacaba. Foto: Alex Cavanha/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Comerciantes do Riacho Grande se unem pela própria sobrevivência

Comerciantes do setor de bares, restaurantes e motéis do Riacho Grande, subdistrito de São Bernardo, estão unidos em prol da própria sobrevivência. O grupo está mobilizado e quer sensibilizar os governantes sobre a difícil situação pela qual estão passando e alertar que se as medidas não forem tomadas, vão falir! Eles alegam que querem apenas trabalhar, adotando todos os protocolos de saúde e segurança, para tentar recuperar os seus estabelecimentos.

O setor foi duramente afetado pelos impactos provocados pela crise em função da pandemia. Além de terem ficado fechados por longo tempo, os que permanecem no mercado ainda estão em fase restritiva de funcionamento e alertam que lhes restam pouco tempo de vida, caso a situação persista. Sem faturamento, os empresários não conseguem manter os custos com aluguel, impostos e funcionários.    

Os estabelecimentos, que estão dentro da área de jurisdição do Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC), representam a luta e o alerta que vêm sendo defendidos pelo sindicato patronal. “Já lançamos a campanha Não Somos os Culpados, Queremos Trabalhar para levar ao conhecimento de toda a sociedade a situação desse setor e que também impacta a vida de outras pessoas e famílias, pois se trata de um segmento importante na economia, gera emprego e renda. Não é possível que não seremos ouvidos”, ressalta o presidente do Sehal, Beto Moreira.

Outro fato que dobra a agonia dos empresários locais é o fato de o distrito ser ponto turístico.  Por conta da situação, muitas atrações tiveram que ser fechadas, o que diminuiu o movimento e circulação de pessoas, já que pela tradição, após as visitas, os turistas encerravam o passeio com almoço ou lanche no centro do Riacho.  “Essa ausência de turistas, tanto das cidades vizinhas, quanto de outras localidades e ainda os que estão de passagem, também afeta os motéis, que sentiram o movimento despencar com a crise”, acrescenta Beto.

Por isso, os empresários, a maioria de pequeno porte, tem se reunido frequentemente para buscar saídas. Já fizeram uma carreata até o Paço Municipal de São Bernardo do Campo e agora planejam um novo movimento, previsto para 15 de abril, desta vez incluindo também um panelaço.

Expectativa x realidade – Sandra Lopes, dona do Melos Café e Bistrot, restaurante que fica em um dos principais pontos de passagem no Riacho, na Estrada do Rio Acima, conta que já demitiu quatro funcionários. Antes, eram seis. “Estamos com muitas dificuldades, operando com 5% da capacidade, quase pagando para trabalhar, e sem condições de arcar com todo o orçamento. Temos que reabrir para voltar a trabalhar”, sugere.

Comerciantes do Riacho Grande se unem pela própria sobrevivência
Comerciantes do Riacho Grande: Sandra Lopes. Foto: Davi Bonfim

A empresária, tradicional comerciante de outro ramo de atividade, abriu o estabelecimento em agosto do ano passado, ainda na pandemia. “Tivemos a coragem de investir em um local onde conhecemos, já temos tradição, e na época acreditávamos que a situação iria mudar. Na verdade, fomos enganados com dados camuflados, pois a crise nunca melhorou. Precisamos de ajuda porque não dá para aguentar mais um mês”, revela.

Na atual fase vermelha do Plano São Paulo, medida do Governo do Estado lançada para evitar a propagação do novo coronavírus, voltou a permissão para o take away (retirada no local), sistema que representa o mínimo em vendas no seu estabelecimento, e também o delivery, modalidade em que ela não tinha normalmente. “Tanto um formato quanto o outro não é suficiente”, desabafa.

Quem também revela estar vivendo um pesadelo é Cassia Nascimento, dona do bar Carne e Cachaça, no centro do distrito. Ela e o marido, Fábio Reche, têm na atividade, a principal fonte de renda. “O nosso foco é o horário noturno, antes com música ao vivo e shows, atrações e tipo de atendimento que dependem dos clientes presencialmente. Mas, as pessoas não saem de casa e as vendas por retirada ou delivery são poucas. Na verdade, são amigos e clientes fiéis que estão nos ajudando. Não temos faturamento, já estamos trazendo dinheiro de casa, retirando o pouco que resta da poupança para nos mantermos abertos”, afirma.

Cássia e Fábio tocam o negócio sozinhos. “Tivemos que demitir os únicos dois funcionários”. O jeito foi fazer um malabarismo com as finanças e reorganizar o estoque de mercadorias no ponto comercial, que também é alugado. Segundo Cássia, o bar, que tem expertise em variedade de bebidas nacionais e importadas, agora trabalha com o mínimo em quantidade. “Nossos freezers estão quase vazios porque não temos condições de comprar. Quanto mais compramos aumenta nosso poder de negociação com o fornecedor. Só que não é isso que estamos conseguindo”, lamenta.

Comerciantes do Riacho Grande: Cássia Nascimento. Foto: Davi Bonfim.

Para Cássia, a maior angústia é não ver uma luz no fim do túnel. “Estamos desesperados. Temos uma família e não temos de onde tirar nosso sustento e seguimos empurrando com a barriga sem saber o que ainda vai acontecer. A culpa não é nossa”, afirmou. De acordo com a empresária, a fiscalização, que é frequente nos estabelecimentos locais, deveria ser mais intensa nas proximidades onde atuam os clandestinos. “Somos prejudicados por uns poucos, enquanto nós que trabalhamos corretamente somos impedidos de trabalhar”.

O Sehal segue na luta para ajudar o setor a se reerguer, fornece todas as informações necessárias para os empresários neste momento de dificuldade e de dúvidas sobre como proceder diante de tantas imposições e restrições para o funcionamento dos seus estabelecimentos. Como representante legal da categoria, cobra ações efetivas do poder público. E ainda coloca seu departamento jurídico, formado por profissionais especializados, à disposição dos seus associados.

Inclusive, protocolou ofício na Prefeitura de São Bernardo e no Consórcio Intermunicipal (reúne as sete prefeituras) reivindicando a abertura de bares e restaurantes no horário do almoço, entre 12h e 16h para atendimento, e mais uma hora, até 17h, para a organização, serviços de limpeza e encerramento das atividades. “Ainda estamos aguardando a resposta das prefeituras e esperamos contar com a sensibilidade dos representantes públicos”, finaliza Beto Moreira.

 Sobre o Sehal

Fundado em 12 de julho de 1943, o sindicato é uma entidade sem fins lucrativos e tem como objetivo apoiar os empresários reciclando conhecimento em várias áreas. Representa cerca de oito mil estabelecimentos na Região do Grande ABC. Fornece apoio com profissionais renomados nas áreas jurídicas, sanitária, organizacional, parceria com escolas e faculdades, além de lutar pela simplificação da burocracia nos âmbitos municipal, estadual e federal com redução dos impostos e ainda contribuir para a qualificação dos empresários e trabalhadores.

Oferece ainda cursos gratuitos ou com condições especiais para associados e ministrados por professores altamente qualificados, em salas de aula equipadas com datashow, cozinha completa com utensílios e insumos para as aulas práticas. É também considerado um dos sindicatos patronais mais atuantes do Brasil em razão das diversas conquistas e expansão no número de associados.

Gostou da nossa matéria “Comerciantes do Riacho Grande se unem pela própria sobrevivência“?

Comerciantes do Riacho Grande se unem pela própria sobrevivência
Comerciantes do Riacho Grande: Comércios fechados. Foto: Davi Bonfim

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Vacinação contra COVID-19 para idosos a partir de 60 anos em SP

Todos os idosos do Estado já tem início da imunização definido; mais 2,24 milhões de pessoas passam a integrar os públicos da campanha de vacinação contra covid-19

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (14) a ampliação da campanha de vacinação contra COVID-19, que agora vai alcançar integralmente todos os idosos do Estadão de São Paulo, com o cronograma definido para pessoas na faixa etária de 60 a 64 anos.

“A vacinação dependerá da entrega da vacina Astrazeneca da Fiocruz. A Fiocruz informou o Governo do Estado de SP, os governadores e o Ministério da Saúde sobre a entrega da vacina. Essas pessoas nessas faixas etárias serão vacinadas majoritariamente com a vacina da Fiocruz, mas também com a vacina do Butantan”, afirmou o Governador.

O novo grupo totaliza 2,24 milhões de pessoas, incluindo 840 mil com 63 e 64 anos, que poderão receber a primeira dose a partir do dia 29 de abril. As demais 1,4 milhão de pessoas têm 60, 61 e 62 anos, com cronograma a partir de 6 de maio.

“Todas as pessoas que já completaram seu esquema vacinal, com duas doses, dentro do prazo de 21 a 28 dias, receberam a vacina do Butantan”, disse a coordenadora do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula.

Desde segunda-feira (12), doses estão sendo aplicadas nos idosos com 67 anos. A partir da próxima quarta-feira (21), será a vez dos que têm 65 e 66 anos, totalizando mais 760 mil pessoas. Também em abril, o cronograma passou a incluir os idosos de 68 anos, profissionais da ativa das forças de Segurança e trabalhadores da Educação de escolas públicas e privadas a partir de 47 anos.

O Vacinômetro do Estado de São Paulo marcou, às 12h55 de hoje, 8.262.320 doses aplicadas, somando 5.787.906 de primeira dose e 2.474.414 da segunda, número que equivale ao total de pessoas que já completaram o esquema vacinal, incluindo os mais de 167,8 mil trabalhadores da Educação e 149,8 mil de Segurança que receberam doses até ontem (13).

Todas as pessoas que integram os públicos da campanha podem acessar o site Vacina Já ( vacinaja.sp.gov.br ) para confirmar o pré-cadastro. O preenchimento do formulário leva de um a três minutos e economiza até 90% do tempo de atendimento nos postos de vacinação. O pré-cadastro não é obrigatório, mas facilita o trabalho dos profissionais da saúde e beneficia a população atendida.

Gostou da nossa matéria “Vacinação contra COVID-19 para idosos a partir de 60 anos em SP”?

Vacinação contra COVID-19 para idosos a partir de 60 anos em SP
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia notícias.

Junte-se a 703 outros assinantes

Livro apresenta nova geração de escritoras negras brasileiras

Resultado do ciclo de formação de escrita da FLUP, a edição apresenta 180 mulheres e trabalhos orientados por nomes como Ana Paula Lisboa, Itamar Vieira Junior e Eliana Alves. Confira sobre a nova geração de escritoras negras brasileiras.

Mais de 500 mulheres se inscreveram para participar do processo de formação de escrita organizado pela Festa Literária das Periferias – FLUP em 2020, dedicado à obra de Carolina Maria de Jesus. Esta edição do projeto FLUP Pensa, Uma revolução chamada Carolina, foi destinada exclusivamente a mulheres autodeclaradas negras, o primeiro em formato digital por causa da pandemia, e tinha como objetivo celebrar os 60 anos de publicação de Quarto de Despejo.

Dos 15 encontros semanais com personalidades poderosas e inspiradoras, como Conceição Evaristo, Zezé Motta, Preta Rara e Erica Malunguinho, e do trabalho de orientação de nomes fortes da literatura brasileira, como Alexandre Faria, Ana Paula Lisboa, Cristiane Costa, Eduardo Coelho, Eliana Alves Cruz, Fred Coelho, Itamar Vieira Jr. e Milena Britto, surgiu Carolinas – a nova geração de escritoras negras brasileiras, livro organizado por Julio Ludemir, cofundador da FLUP, que a Bazar do Tempo lança, em abril.

São mais de duzentos textos divididos em oito partes – cada uma organizada por um orientador – que transitam entre conto, crônica, diário e relato autobiográfico. O livro ainda traz textos de Conceição Evaristo na quarta capa; apresentação de Fernanda Miranda, professora e autora de Silêncios Prescritos; de Fernanda Felisberto, professora de literatura brasileira na UFRJ/Nova Iguaçu e mestre na obra de Carolina Maria de Jesus, na orelha; e ilustrações de Thais Linhares ao longo de todo o livro. As autoras presentes nessa coletânea estão espalhadas por todo o país, assim como na África e até mesmo na França – o que amplia ainda mais o diálogo com as favelas cariocas onde a FLUP vem trabalhando há dez anos.

“Este livro é um daqueles raros casos de uma obra que fala muito mais para o futuro do que para o presente. Os quase 200 textos revelam uma geração de escritoras que impactarão o país com a mesma amplitude com que a juventude preta mudou o cotidiano das universidades brasileiras, em seguida à implantação da política de cotas. Está longe de ser um devaneio afirmar que não menos de 30 dessas mulheres farão carreiras relevantes no mercado editorial na década que ora se inicia”, escreve Julio Ludemir no prólogo do livro.

Ainda no texto, Ludemir destaca também outro fator importante sobre as escritoras: “Chamou nossa atenção a escolaridade das mulheres que atenderam nossa convocação nos primeiros dias da pandemia que paralisou o mundo em 2020: nada menos que 38% delas tinham o título de mestre ou doutora e 40% já eram formadas”.

O ciclo de formação contou também com a participação de vinte catadoras ligadas às cooperativas de reciclagem do ABC paulista. Sob orientação de Eduardo Coelho, as oficinas partiram dos relatos de seus percursos biográficos para mapear os desejos, bem como enredos e técnicas de narrativas. Coelho ressalta em seu texto que “a leitura e a audição de trechos do Quarto de Despejo consistiram num recurso fundamental para que elas se sentissem autorizadas a produzir seus textos e contações de histórias. Por outro lado, o desenvolvimento de suas próprias narrativas foi levando as catadoras a se reconhecerem e se perceberem de outras formas, naquilo que elas caracterizaram, por fim, como um processo ‘terapêutico’. Em outras palavras, as oficinas se tornaram um meio de elas passarem suas vidas a limpo, atribuindo novos sentidos aos seus percursos biográficos, além de reconhecerem nesse processo uma possibilidade comovente de ensino e aprendizagem”.

O livro marca os dez anos de atuação da FLUP nas favelas cariocas, de onde surgiram nomes que ganharam destaque nacional, como Geovani Martins, cujo livro de estreia foi lançado em mais de 20 países; Ana Paula Lisboa, colunista do jornal O Globo e orientadora desta edição da FLUP Pensa, e a cineasta Yasmin Thayná .

Para celebrar o lançamento do livro, estão previstos três eventos virtuais, cada um em parceria com uma livraria independente: uma do Rio de Janeiro, outra de Salvador e de Porto Alegre.

Livro apresenta nova geração de escritoras negras brasileiras

Livro: Carolinas – a nova geração de escritoras negras brasileiras
Autor: Várias autoras
Organização: Julio Ludemir
Número de páginas: 548
Ano de publicação: 2021
Valor: R$ 60,00

Gostou de “Livro apresenta nova geração de escritoras negras brasileiras?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira mais em Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

1.500 vagas de emprego oferecidos no Grupo Soulan

As 1.500 vagas de emprego são oferecidas em diversas áreas, incluindo posições em home office

O cenário do desemprego no Brasil continua afetando um grande contingente de pessoas. No início deste  mês, cerca de 14,3 milhões de brasileiros estavam em busca de um emprego, segundo dados da PNAD Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) do IBGE.

Para contribuir com a redução desse número, o Grupo Soulan, que atua há mais de 30 anos na área de RH, está com cerca de 1.500 vagas de empregos abertas. As posições são para as áreas de saúde e farmácia, comercial, financeira/contábil, logística, engenharia, marketing e recursos humanos, entre outras. Por conta da pandemia, mais de 200 dessas vagas são para trabalho em home office.

Visando garantir a saúde e segurança dos candidatos, os processos seletivos do Grupo Soulan ocorrem de forma 100% remota. Antes mesmo do início da pandemia, a empresa já utilizava esse formato, mas agora o reforçou com a inclusão de entrevistas on-line.

A partir do uso de modernas ferramentas de análises de perfil comportamental em seus processos seletivos, o Grupo Soulan garante aos clientes total transparência na seleção de candidatos, aumentando os níveis de assertividade das contratações com a escolha de perfis que se adequam melhor às necessidades das empresas contratantes.

Informações e inscrições nas vagas do Grupo Soulan em: http://bit.ly/VagasSoulan_ABR21

O Grupo Soulan já atendeu cerca de cinco mil empresas, envolvendo mais de meio milhão de profissionais, entre contratados, desenvolvidos e administrados. Com uma equipe altamente capacitada, atua para garantir que as contratações ocorram em total concordância com a legislação vigente, lançando mão do uso de ferramentas de análise preditiva para descobrir o perfil mais aderente aos objetivos e necessidades de seus clientes.

Sobre o Grupo Soulan

Desde 1988, o Grupo Soulan desenvolve projetos na área de Recursos Humanos por meio de uma equipe altamente capacitada e especializada, assessorando os clientes na atração, avaliação, desenvolvimento e retenção do capital humano, para que possam focar seus esforços nas principais necessidades dos seus negócios, obtendo ganhos expressivos de performance e resultados. A Soulan atua por meio de seis unidades no estado de São Paulo, contando ainda com uma ampla rede de atendimento e fornecimento de suas soluções em todo o território nacional, além de manter parcerias internacionais com cerca de 400 empresas, distribuídas por todos os continentes.

Gostou de “1.500 vagas de emprego oferecidos no Grupo Soulan?

1.500 vagas de emprego oferecidos no Grupo Soulan

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as mais Vagas Abertas. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Consórcio ABC pede esclarecimentos sobre concessão do BRT e EMTU

Ofício da entidade, em que solicita informações sobre a concessão do BRT e EMTU regional, foi encaminhado ao secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC solicitou ao Governo do Estado esclarecimentos sobre a implementação do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) no Grande ABC e operação do Sistema Remanescente, composto pelas linhas intermunicipais alimentadoras e complementares da área de operação.

Em ofício ao secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, a entidade regional pede mais detalhes sobre a prorrogação antecipada da concessão do serviço de transporte coletivo intermunicipal por ônibus e trólebus no Corredor Metropolitano São Mateus/Jabaquara, que passou a incorporar a implementação, manutenção e exploração do Sistema BRT-ABC e do Sistema Remanescente.

O ofício pede informações sobre o planejamento, implementação e execução do Sistema BRT-ABC, incluindo o projeto dos corredores exclusivos, estudos de impacto em relação ao sistema viário local, desapropriações e interface entre a operação de transîto local e do corredor, além de propostas de integração com outros modais. 

Em relação ao Sistema Remanescente, o Consórcio ABC requer informações sobre os estudos e planejamento para racionalização da estrutura, de forma a evitar as atuais sobreposições às linhas municipais. Além disso, questiona se há perspectiva de efetivação de integração física, operacional e tarifária do sistema. 

“Solicitamos também, além da abertura do canal de diálogo técnico sobre as propostas em tela com os municípios do ABC, informações quanto ao cronograma do projeto, implantação e conclusão dos serviços”, afirma o documento.

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, reiterou a necessidade dos esclarecimentos por parte do Governo do Estado, pois trata-se de um projeto de “relevância histórica” para a região.

“A população das sete cidades quer saber todos os detalhes desses novos projetos para a mobilidade urbana no Grande ABC, incluindo seus impactos, cronograma e custos”, afirmou Paulo Serra. 

Gostou de “Consórcio ABC pede esclarecimentos sobre concessão do BRT e EMTU?

Consórcio ABC pede esclarecimentos sobre concessão do BRT e EMTU
Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Grande ABC Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Santo André vacinará profissionais da educação básica na segunda

Prefeitura de Santo André vacinará contra a Covid-19, a partir da próxima segunda-feira (12/04), os profissionais da educação básica, que tenham mais de 47 anos. É importante ficar atento porque será necessário cumprir duas etapas, de cadastro e agendamento, antes de receber a vacina.

Serão imunizados professores da educação básica, merendeiras, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, secretários, diretores, vice-diretores, coordenadores, professores coordenadores pedagógicos e cuidadores. Os profissionais podem atuar em escolas municipais, estaduais ou particulares da cidade de Santo André.

O primeiro passo é fazer cadastro no site do Vacina Já, do Governo do Estado, no endereço https://vacinaja.sp.gov.br/educacao. O cadastro passará por um processo de análise, definido pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, e se validado, o profissional receberá em seu e-mail o Comprovante Vacina Já Educação.

Este documento garante a elegibilidade para a vacinação e terá um QR Code para verificação de autenticidade. O envio do comprovante não é automático e será realizado nos dias seguintes ao cadastro.

Ao receber o comprovante do Vacina Já por e-mail o profissional da educação deverá cumprir a segunda etapa do processo, que é agendar a imunização no site psa.santoandre.br/vacinacovid. O sistema mostrará local, data e horários disponíveis para a aplicação da vacina.

O profissional só deve fazer o agendamento no site da Prefeitura depois que receber por e-mail o QR Code do site Vacina Já.

Os imunizantes que serão aplicados fazem parte de novo lote de 18.680 doses da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan, que chegaram a Santo André nesta quinta-feira (8). Deste total, 5.370 doses serão destinadas aos profissionais da educação básica.

“A chegada de mais de 18 mil doses de vacina nos permite um importante avanço na imunização da nossa gente. Vamos iniciar a vacinação dos profissionais de Educação que atuam na cidade, com idade acima de 47 anos. Doses de esperança na proteção dos andreenses para que possamos retomar atividades presenciais de forma segura. Vamos continuar buscando mais doses do imunizante”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A vacinação ocorrerá a partir da próxima segunda-feira, das 8h às 17h, em formato drive-thru, na Craisa (acesso pelo portão 5, na rua Varsóvia – Santa Teresinha), no Estádio Bruno Daniel (Rua 24 de Maio – Vila América) e no Grand Plaza Shopping (avenida Industrial, 600, acesso pelo portão do Centro Empresarial).

No ponto de vacinação é obrigatório apresentar o e-mail enviado pelo Estado com a aprovação do cadastro, documento de identidade e CPF. Pacientes que estejam passando por tratamento oncológico devem levar, além dos documentos pessoais, uma carta de liberação médica.

“A notícia de que os profissionais da Educação serão imunizados nos trouxe muita satisfação e mais tranquilidade. São trabalhadores de um serviço essencial que precisa ser valorizado. Contemplar este público com a vacinação é um reconhecimento a esse profissional que tanto trabalha pela nossa população”, afirmou a secretária de Educação, Cleide Bochixio.

Para esclarecer dúvidas e obter outras informações sobre o agendamento, além do portal da Prefeitura de Santo André, há também o telefone 0800-4848004. Para dúvidas relacionadas ao cadastro o telefone é o 0800 77 000 12.

Solidariedade – Os drive-thrus de vacinação da cidade estão recebendo 1 kg de alimento não perecível como doação. A contribuição não é obrigatória, mas pode fazer diferença na vida de andreenses que passam por necessidade neste momento de crise.

A iniciativa é do Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra. As doações irão para o Banco de Alimentos, que fará a entrega para as famílias de maior vulnerabilidade social da cidade. Os itens serão doados para mais de 110 entidades cadastradas no município.

Gostou de “Santo André vacinará profissionais da educação básica na segunda?

Santo André vacinará profissionais da educação básica na segunda
Foto: Alex Cavanha/PSA

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Ocupação de UTIs caiu no Grande ABC após medidas de restrição

A taxa de ocupação de leitos de unidade de tratamento intensivo (UTIs) destinados ao atendimento da Covid-19 no Grande ABC caiu para menos de 90% pela primeira vez em quase um mês, na sequência das medidas de restrição tomadas pelas sete cidades.

A ocupação de leitos de UTI no Grande ABC atingiu 89,6% na última terça-feira (6/4) e caiu para 88,6% na quarta-feira (7/4), após 24 dias acima de 90%, segundo dados da Fundação Seade.

Entre 24 de março e terça-feira, a média móvel de casos recuou 15%, de 873 para 742, e a média móvel de internações diárias diminuiu 30%, de 340 para 240.
O presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, afirmou que o resultado reflete a série de ações tomadas pelas prefeituras para reduzir a circulação das pessoas e conter a aceleração da pandemia do novo coronavírus.

“Iniciativas como lockdown noturno e a antecipação de feriados, que foram tomadas visando à proteção da vida da população, reduziram significativamente a circulação de pessoas nas ruas e no transporte público. Mesmo diante da melhora nos números, a situação ainda exige que continuemos tomando todos os cuidados, seguindo as medidas de higiene e com o uso correto de máscaras”, disse Paulo Serra.

Gostou de “Ocupação de UTIs caiu no Grande ABC após medidas de restrição?

Ocupação de UTIs caiu no Grande ABC após medidas de restrição
Foto: Angelo Baima/PSA

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Projeto social Calux fará mutirão dia 10 de abril

O projeto social Calux, que já tem 7 anos dentro da comunidade, conta com cerca de 20 pessoas no auxílio de trabalhos como retirada de entulho e a ocupação deste local com plantas e vasos de pneus reaproveitados, com o objetivo de conscientizar as pessoas a não continuarem jogando lixo naquela área, e também limpar e pintar muros.

Outro trabalho do projeto foi pintar e organizar um lava rápido abandonado onde haviam muitas crianças que vendiam drogas.

Projeto social Calux fará mutirão dia 10 de abril
Projeto social Calux fará mutirão dia 10 de abril

Com isto em mente, o projeto decidiu criar um mutirão, chamando os moradores e comércios do Jardim Calux a participar desta boa ação no dia 10 de abril. A ideia é pintar a praça da Rua Larga e acabar com vandalismo e festas indesejadas e trabalhar com a GCM para colocar uma câmera de monitoramento no local.

O mutirão do dia 10 de abril já está bem encaminhado, tudo será pintado com tinta Suvinil e os alambrados serão concertados. Aos poucos a praça terá uma nova cara, mas o projeto ainda precisa da ajuda dos moradores para que isso realmente aconteça.

Sobre o grupo

Aos da nossa comunidade Jardim Calux, nós do Projeto Social Calux (Veja nossa página no Facebook),fundado dia 10/04/2015, estamos há 6 anos dentro da comunidade. Estamos com alguns projetos como jornal construindo sonhos, TV Calux, aula de zumba, capoeira, oficina de percussão, jardinagem para combate ao lixão.

Queremos conscientizar os moradores da nossa comunidade que também estão aqui. Pedindo você comerciante, alguns patrocínios para ajudar mais a nossa comunidade,

No dia 11/12/2020 nasceu o bloco carnavalesco calux construindo um sonho, com o presidente Carlinhos para também dar andamento neste trabalho social para ajudar todos com a bateria ritmo Loko aos comandos do mestre Guty Paiva e seu diretor Luiz. A vocês moradores, acompanhe nosso trabalho nas redes sociais como Facebook e Instagram. Desde já convido a todos para participar e fazer parte da nossa família.

Gostou de “Projeto social Calux fará mutirão dia 10 de abril?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 703 outros assinantes

Cursos de moda podem ser saída para a crise econômica

Com mais de 809 novas empresas criadas no Grande ABC, ao longo de 2020, setor têxtil é opção para moradores da região metropolitana de São Paulo que buscam mudar de área para fugir do desemprego e iniciar seu próprio negócio. Confira sobre oportunidade de cursos de moda.

A crise da pandemia agravou um problema que se arrastava há alguns anos no país: a alta taxa de desemprego. Atualmente, são quase 14 milhões de desempregados, cerca de 13,9% da população economicamente ativa do Brasil (dados do IBGE referentes ao último trimestre de 2020). Uma das saídas para quem está em busca de renda é o empreendedorismo.

Segundo o Mapa das Empresas, divulgado em fevereiro pelo Ministério da Economia, houve um aumento significativo da criação de novos negócios durante a pandemia na região do Grande ABC: foram 53.473 novas empresas abertas nas cidades de São Caetano do Sul, Diadema, São Bernardo do Campo, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Santo André. Em 2019, o número foi de 45.948, uma alta de 16%. O setor têxtil no que diz respeito aos segmentos de fabricação, facção e confecção de roupas e acessórios de vestimenta contou com 809 novas empresas em 2020 ante 705 em 2019. Os dados de 2021 contemplam apenas o mês de janeiro, com 6.293 empresas abertas na região, sendo 118 do setor têxtil.

Porém, aqueles que recorrem a esta alternativa podem encontrar dificuldade em função da falta de capacitação. Nesse sentido, cursos voltados para atuação no mercado têxtil e da moda, que estão entre os setores com maiores oportunidades ao trabalho autônomo, são uma ótima opção por oferecerem retorno rápido e a preços acessíveis.

No Grande ABC, por exemplo, é possível encontrar unidades da Escola de Moda Sigbol em Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul que oferecem cursos a partir de R$ 243 mensais. “Buscar aprendizado nunca é demais, e quando essa profissionalização dá retorno financeiro é melhor ainda”, explica Aluizio de Freitas, diretor da rede Sigbol. “Os alunos começam com qualquer nível de capacitação e têm aulas que acompanham sua evolução de forma flexível. Em menos de um mês, com peças e produtos produzidos nas aulas, é possível começar a ganhar dinheiro entre os vizinhos, amigos e familiares”, finaliza.

Este foi o caso da Flávia Cezar, uma microempreendedora que, ao perceber a escassez das oportunidades na área administrativa, tirou o sonho de aprender costura criativa do papel e inscreveu-se no curso da Escola de Moda Sigbol, adaptou seu negócio, o ateliê Giz de Algodão, em um cômodo de sua casa.

“Produzo necessaires, máscaras e até artigos para animais de estimação. Tenho sempre uma encomenda para fazer”, declara Flávia.

O bom momento vivido pelo segmento têxtil não se restringe à região do ABC. Em âmbito nacional, foram 3.359 milhões de empresas abertas no Brasil ao longo de 2020, ante 1.044 milhão fechadas, terminando o ano com saldo positivo de 2.315 milhões. Desses, cerca de 200 mil foram no segmento têxtil de vestuário e acessórios, uma alta de mais de 11% em relação ao ano anterior.

A Sigbol possui mais de 52 anos de atuação e é responsável pela capacitação de cerca de 130 mil pessoas em todo o país.

Sobre a Sigbol

A Sigbol oferece cursos especializados em moda. A rede concentra 30 unidades no estado de São Paulo e Goiás. A marca foi a primeira a oferecer esse tipo de curso no país, com início em 1969. Nos 52 anos de atuação, a Sigbol já formou mais de 130 mil alunos. Os cursos variam de aprendizados básicos em corte e costura a cursos de criação e design, como moda pet, moda praia, e desenho técnico. Recentemente, a rede lançou o curso de Corte e Costura completamente online, uma forma de driblar a pandemia e alcançar novos mercados.

Gostou de “Cursos de moda podem ser saída para a crise econômica?

Cursos de moda podem ser saída para a crise econômica
Alunos em aula na Escola de Moda Sigbol. Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Profissionalização de pintores é foco de Programa da Tintas MC

Lançado em 2020 em comemoração ao Dia do Pintor, o programa de profissionalização de pintores ‘MC pra Você’ já soma mais de 2300 cadastros e quase profissionais 400 premiados.

A Tintas MC, maior rede varejista de tintas do Brasil, com mais de 120 lojas, incluindo unidades próprias e franquias, aposta em ações que impactem diretamente na melhora da rotina do pintor, que é o seu principal cliente. Para cumprir com esse objetivo, a marca desenvolveu um cronograma de ações com foco em iniciativas que ofereçam conhecimento técnico aos profissionais do segmento.

Uma dessas ações foi o lançamento, em 2020, de um programa de fidelidade, que além de premiar os participantes, investe principalmente na profissionalização do pintor, o “MC pra Você”. O programa de fidelidade da Tintas MC, é totalmente focado no pintor e tem como objetivo incentivar a especialização do profissional, oferecendo como prêmios, ferramentas para que o profissional consiga se desenvolver e aprimorar o trabalho e ter uma rotina mais dinâmica e eficiente.

O MC pra você, está disponível em todas as unidades da marca distribuídas nos estados de São Paulo, Minas Gerias, Espírito Santo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Goiás, já conta com mais de 2300 cadastrados e 400 profissionais premiados em menos de seis meses.

Capacitação do profissional
A Tintas MC tem como propósito o desenvolvimento da categoria de pintores no Brasil. Dentro desse contexto, o programa faz parte de uma estratégia desenvolvida pela rede para se aproximar do pintor, valorizar o seu trabalho e colaborar para que esse profissional esteja cada vez mais capacitado para atender as demandas do mercado.

“Sempre apoiamos, independentemente de bandeiras, todos os movimentos que tenham como espinha dorsal o desenvolvimento do pintor. O programa de fidelidade foi um projeto muito pensado e estudado durante quase dois anos, porque queríamos trazer para os pintores algo de valor, algo que fosse realmente percebido como um diferencial e como uma preocupação genuína com o seu crescimento profissional”, explica Flávia Sá, diretora de Marketing e Franquias do Grupo Aliar (Holding que abriga as empresas Tintas MC, Tintas MC Franchising, Distribuidora Premium e MC
Export).

Além de disponibilizar prêmios, o programa de fidelidade prioriza os pintores cadastrados em treinamentos e cursos de capacitação. “Em decorrência da pandemia, os cursos presenciais ainda não foram liberados. Mas, dentro da plataforma, os pintores também pontuarão ao participarem de cursos e cafés da manhã oferecidos pela Tintas MC, além de terem prioridade nas listas de treinamento da loja onde fazem suas compras”, ressalta Flávia.

Entre os profissionais beneficiados pelo programa está Vanderlei Pinto, 43, pintor que trabalha há 28 anos em Mogi Guaçu, região de Campinas (SP). O pintor já resgatou diversas ferramentas que o ajudam em sua rotina de trabalho. O pintor acredita que o programa “MC pra Você” valoriza o profissional e consegue unir a categoria “Eu recomendo a todos os colegas de trabalho que participem do programa da Tintas MC. Acho que não é só pela premiação, mas sim pela união da categoria que muitas vezes é desvalorizada. Acho importante ver que uma empresa do tamanho da Tintas MC está preocupada com o desenvolvimento do pintor no mercado”.

Outro profissional que também recomenda o cadastro no programa é Alessandro Silva de Paula, 42, pintor há 19 anos em Itumbiara (GO). O pintor já recebeu uma lixadeira girafa e uma desempenadeira pelo programa de fidelidade. “Recebi dois prêmios que são de grande utilidade em meu dia a dia. Sempre indico a Tintas MC, pela qualidade dos produtos encontrados na loja, pelo atendimento individualizado que recebemos e pelas ações que de uma forma ou de outra impactam em nossa profissão”, destaca.

Os interessados ainda podem participar do programa MC pra Você, para isso basta se cadastrar no programa pelo site, nas lojas, pelo sistema das unidades ou pelo app.

Sobre a Tintas MC
Com mais de 120 unidades, a Tintas MC é a maior rede de lojas de tintas do Brasil e um dos maiores varejistas do setor na América do Sul. A Tintas MC atua nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Goiás e tem planos de expansão para em breve estar em todo o território nacional.
https://www.instagram.com/tintasmc_oficial/ (@tintasmc_oficial)

Gostou de “Profissionalização de pintores é foco de Programa da Tintas MC?

Profissionalização de pintores é foco de Programa da Tintas MC
Profissionalização de pintores. Foto de Kaboompics .com no Pexels

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Segunda dose será aplicada em idosos de 72 a 74 em Santo André

Imunização ocorre em quatro pontos drive-thru e em sete unidades de saúde, por meio de agendamento; Segunda dose será aplicada em idosos de 72 a 74

Santo André inicia nesta quinta-feira (8) a aplicação da segunda dose da vacina contra Covid-19 em idosos de 72 a 74 anos, em quatro pontos drive-thru e sete unidades de saúde. O agendamento deve ser feito pelo site psa.santoandre.br/vacinacovid.

“A aplicação da segunda dose para idosos de 72 a 74 anos conclui mais uma etapa de imunização. Um importante avanço para ampliarmos para novos públicos e avançarmos na proteção da nossa gente. Com a chegada das doses, vamos anunciando os próximos públicos a receberem as vacinas”, destacou o prefeito Paulo Serra.

Os imunizantes que serão aplicados fazem parte de novo lote de 18.680 doses da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan, que chegarão a Santo André nesta quinta-feira.

O agendamento online é obrigatório para quem for utilizar o serviço em um dos quatro pontos de drive-thru da cidade ou comparecer durante a semana nas sete unidades de saúde disponíveis para vacinação – o sistema indica local, data e horário disponíveis. Aos finais de semana é possível comparecer às unidades de saúde sem agendar.

O sistema drive-thru do Paço Municipal, Craisa, Estádio Bruno Daniel e Grand Plaza Shopping, foi estruturado para atender apenas munícipes com carro. Quem quiser ir a pé precisa se descolar a uma das sete unidades de saúde estrategicamente selecionadas em todas as regiões da cidade.

As unidades que estão aplicando vacinas são: USF Dr. Moyses Fucs, Centro de Saúde Escola, USF Vila Guiomar, USF Jardim Alvorada, USF Cidade São Jorge, USF Vila Luzita e USF Parque Miami.

No ponto de vacinação é obrigatório apresentar documento de identidade e comprovante de residência. Para aplicação de segunda dose, é necessário apresentar o comprovante da primeira dose. Pacientes que estejam passando por tratamento oncológico devem levar, além dos documentos pessoais, uma carta de liberação médica.

Para esclarecer dúvidas e obter outras informações sobre o cadastramento, além do portal da Prefeitura de Santo André, há também o telefone 0800-4848004.

Solidariedade – Os drive-thrus de vacinação da cidade estão recebendo 1 kg de alimento não perecível como doação. A contribuição não é obrigatória, mas pode fazer diferença na vida de andreenses que passam por necessidade neste momento de crise.

A iniciativa é do Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra. As doações irão para o Banco de Alimentos, que fará a entrega para as famílias de maior vulnerabilidade social da cidade. Os itens serão doados para mais de 110 entidades cadastradas no município.

Com informações da Prefeitura de Santo André

Gostou de “Segunda dose será aplicada em idosos de 72 a 74 em Santo André?

Segunda dose será aplicada em idosos de 72 a 74 em Santo André
Vacinação no Paço Municipal. Foto: Alex Cavanha/Prefeitura de Santo André

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Fique por dentro das notícias das cidades do Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Compra de vacinas pelo Estado e empresas é aprovado na ALESP

Texto sobre compra de vacinas pelo Estado de São Paulo e empresas privadas também regulamenta uso do soro anti-Covid e empréstimos públicos, e agora segue para sanção do Executivo

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou, no início da tarde desta quarta-feira (7/4), o Projeto de Lei 108/2021, que autoriza a compra de vacinas contra a Covid-19 pelo governo estadual e o setor privado, desde que devidamente aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ou autoridades sanitárias estrangeiras.

De acordo com o texto substitutivo, a aquisição pelo Estado e pelo setor privado só poderá ser feita seguindo as leis federais e se não houver prejuízo aos demais entes da federação (União e Estados). O governo estadual também fica autorizado a abrir crédito adicional especial para a compra. Já o setor privado também poderá distribuir e aplicar as vacinas.

O projeto também possibilita a utilização do “soro anti-Covid”, produzido pelo Instituto Butantan. Pela regra, a administração deverá ser feita apenas em ambiente hospitalar, com os resultados registrados detalhadamente no prontuário do paciente, e pelo menos um hospital de referência no tratamento do vírus deverá ser destacado para sistematizar os resultados da aplicação.

Já a existência de registro no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais (Cadin Estadual) não poderá ser considerado um impeditivo para a concessão ou renegociação de linhas de crédito da Agência de Fomento do Estado de São Paulo (Desenvolve SP) e do Banco do Povo Paulista, desde que a inclusão tenha se dado a partir do dia 20 de março de 2020 e válida até 31 de dezembro de 2022.

O texto segue agora para sanção ou veto, total ou parcial, do governador João Doria. O presidente da Alesp, deputado Carlão Pignatari, afirmou estar satisfeito com a aprovação do projeto. “Agora vou designar um relator para até sexta enviar [o texto] para o Palácio dos Bandeirantes, para que possa ser sancionado ou não pelo governador”, disse, ressaltando a ajuda ao microempresário com a medida econômica também prevista no projeto.

Debate

A discussão do projeto foi iniciada na terça-feira (6/4) e retomada nesta quarta, pela manhã, em sessão virtual. O item de maior divergência entre os parlamentares foi a aprovação de compra pelo setor privado. O projeto original não previa essa possibilidade. Porém, o substitutivo foi aprovado nas comissões e levado para votação no Plenário.

A deputada Márcia Lia (PT) discordou da autorização de compra por parte da iniciativa privada, e pregou a importância da vacinação ser feita exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Temos de vacinar toda população brasileira, mas temos que vacinar com dinheiro público todas as pessoas, independentemente de sua condição social. Todos tem que ter direito à vacina, se não teremos o camarote da vacina, pessoas ricas que têm condições de pagar por vacina. Vai ser o genocídio dos pobres, dos pretos, dos periféricos”, disse.

O deputado Dirceu Dalben (PL) exaltou o papel realizado pelo SUS, mas defendeu a compra de vacinas por empresas privadas. “Nenhum país no mundo tem a estrutura que o Sistema de Saúde do Brasil tem, mas precisamos da matéria-prima, precisamos nos esforçar para trazê-la. Se a iniciativa privada puder ajudar e comprar a vacina, ela vai desafogar o SUS, e independente de cor, classe social, a pessoa será vacinada”, afirmou.

Participaram da votação do item divergente 75 parlamentares, sendo 53 com voto sim (compra de vacinas pelo setor privado) e 21 pelo não, com uma abstenção. No seu voto sim, o deputado Vinicius Camarinha (PSB) defendeu a iniciativa. “Por mais vacinas, eu voto sim”, afirmou, durante a sessão virtual, acompanhado de outros parlamentares.

Já o deputado José Américo (PT) afirmou que “o camarote de vacinação, não resolverá coisa nenhuma, só criará privilégio para a família de alguns ricos”. O parlamentar ressaltou ainda que crê que “empresários sérios vão comprar vacinas e procurar ajudar, mas isso não vai significar uma imunização em massa”. “Temos de tomar cuidado nesse aspecto”, disse.

A deputada Marina Helou (Rede) foi outra parlamentar a discordar da possibilidade de vacinação por parte de empresas. “Cada vacina comprada pelo setor privado deixa de ir para alguém que precisaria no sistema de saúde, pela simples questão de demanda e oferta. Existem menos vacinas disponíveis no mundo que a demanda, é importante que a gente fortaleça o plano de vacinação pública.”

Até as 12h45 desta quarta-feira, segundo dados do governo do Estado de São Paulo, tinham sido aplicadas 7.025.214 doses de vacinas na população paulista. Ainda de acordo com os dados, o Estado registrava 2.554.841 casos da Covid-19, com 78.554 mortos. Em todo o Brasil, eram 13.100.580 casos da doença, totalizando 336.947 óbitos.

Gostou de “Compra de vacinas pelo Estado e empresas é aprovado na ALESP?

Compra de vacinas pelo Estado e empresas é aprovado na ALESP
Foto: Carol Jacob

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Fique por dentro das notícias nas cidades do Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Governo de SP faz parceria com WhatsApp para cadastro de vacinação

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (7) a abertura de pré-cadastro para vacinação contra a COVID-19 via WhatsApp. Inédita no Brasil, a iniciativa fará a integração entre o site Vacina Já e o canal oficial do Governo de São Paulo no aplicativo de mensagens, garantindo agilidade e praticidade nos futuros atendimentos nos postos de vacinação.

Governo de SP faz parceria com WhatsApp para cadastro de vacinação


“Muito obrigado ao WhatsApp, exemplo de cooperação entre o setor privado e o Governo do Estado de São Paulo para ajudar a salvar vidas e a proteger as pessoas”, enfatizou Doria.

A parceria entre as Secretarias de Comunicação e da Saúde do Governo de São Paulo e o WhatsApp viabilizou o uso de um assistente virtual que oferecerá as informações necessárias para o pré-cadastro. Além disso, o chatbot oferece informações confiáveis sobre o programa de imunização estadual, incluindo o calendário de vacinação atualizado, dados sobre o Plano São Paulo e tira-dúvidas sobre o coronavírus.

Para acessar o serviço no WhatsApp, basta adicionar o número +55 11 95220-2923 à lista de contatos e enviar um “oi” ou clicar no link wa.me/5511952202923?text=oi .

“O uso do WhatsApp como canal de comunicação para o pré-cadastro da vacinação reforça o compromisso da empresa em conectar, de forma simples e rápida, seus usuários com fontes confiáveis e acessíveis de informação no combate à pandemia. A interface amigável e já conhecida do aplicativo trará mais fluidez para a aplicação das vacinas. Seguimos trabalhando para oferecer mais serviços e utilidade ao cidadão pelo canal do Estado de São Paulo no WhatsApp”, afirmou Dario Durigan, Head de Políticas Públicas do WhatsApp no Brasil.

O pré-cadastro permite uma economia de até 90% no atendimento de cada pessoa apta a se vacinar. O preenchimento do formulário não é obrigatório e não funciona como agendamento, mas contribui para evitar filas nos postos de vacinação. Até esta quarta, cerca de 4,9 milhões de pessoas já efetuaram o pré-cadastro no site vacinaja.sp.gov.br.

“É a tecnologia da comunicação sendo usada em benefício da saúde pública e da vida no Estado de São Paulo”, destacou Regiane de Paula, coordenadora do Centro de Controle de Doenças.

Sobre a tecnologia

O canal de comunicação do Governo de São Paulo no WhatsApp foi desenvolvido gratuitamente pela empresa Take Blip, provedora oficial de soluções para o WhatsApp Business. O projeto também conta com o apoio da Microsoft e da Prodesp, empresa de tecnologia do Estado.

A parceria faz parte das iniciativas do WhatsApp no combate ao coronavírus após a OMS (Organização Mundial da Saúde) declarar emergência mundial de saúde pública em 2020. Desde então, o WhatsApp tem trabalhado para conectar as pessoas a fontes oficiais de informações sobre o coronavírus.

Mais de 100 chatbots de informações sobre a COVID-19 foram lançados com organizações de saúde em todo o mundo, como a própria OMS – com um canal em português -, além de parcerias com autoridades de saúde em mais de 45 países.

Gostou de “Governo de SP faz parceria com WhatsApp para cadastro de vacinação?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 703 outros assinantes

São Paulo é a 1º em ranking Nacional de consultas online

Brasil é o 5º no ranking que busca informações de saúde pela internet, além de consultas online que virou o preferido em nível nacional durante a pandemia. Será que esse novo modelo de atendimento veio para ficar?

O isolamento social mudou a rotina não só dentro de casa, mas também nas empresas de diversos setores. A procura por teleatendimentos na área da saúde tem feito as operadoras de planos de saúde, os consultórios e os médicos se adaptarem ao novo cenário.

Segundo a pesquisa divulgada pelo instituto Ipso MORI, 86% dos brasileiros com acesso à internet utilizam a rede para buscar orientações sobre saúde, remédios e suas condições médicas. O percentual coloca o país no 5º lugar no ranking do estudo.

Com adaptações para poder continuar realizando consultas, na pesquisa da Opinion Box, 37% das pessoas tiveram que fazer uma consulta ou atendimento médico durante a pandemia. Destes: 47% fizeram uma consulta de rotina, 35% precisaram continuar um tratamento que já estavam fazendo.

Globalmente, o mercado de telemedicina movimentou $45,5 bilhões em 2020 e estima-se que esse número aumentará para $175,5 bilhões até 2026 segundo a fonte Emarketer. 

Além disso, 43% das pessoas acreditam que, após a pandemia, a telemedicina será mais utilizada do que era antes. O cenário mudou. As pessoas trocaram os taxistas pelo uber, os hotéis pelo Airbnb, os restaurantes pelo Ifood e as consultas presenciais pela telemedicina. Os tratamentos não emergências, tiveram que se adequar a um modelo que mescla o mundo real e virtual. “Nós também tivemos que mudar a forma de trabalhar para acompanhar as necessidades do mercado e dos pacientes”. Finaliza Dr. Marra especialista em rinoplastia, ao comentar que atualmente atende cerca de 7 a 10 pacientes por dia.

Em São Paulo a telemedicina é a atividade digital com o maior aumento de novos usuários. Metade das pessoas que mais usam a tecnologia, ou usaram pela primeira vez, dizem que pretendem continuar quando o surto terminar. Estima-se que 50% dos serviços de saúde serão conduzidos virtualmente até 2030.

Consultórios:
Av. Dr. Chucri Zaidan, 1550, 1914 – Vila Cordeuri – São Paulo
Rua Doutor José Lourenço, 2710 – Fortaleza
Rua Rio Grande do Norte, 726, Sala 603 – Minas Gerais

São Paulo é a 1º em ranking Nacional de consultas online
Doutor Thiago Marra. Foto: Divulgação

Quem é Dr. Marra?

Thiago Marra é doutor especialista em rinoplastia. Ele nasceu em Belo Horizonte e vem de uma família tradicionalmente de médicos. Formou-se no colégio Loyola, um dos mais conceituados de Belo Horizonte, e cursou medicina na FCMMG (Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais) – nota 5 no ENADE e uma das mais antigas e tradicionais faculdades de medicina do país. Em janeiro de 2012, ingressou no serviço de pós-graduação de cirurgia-geral pela Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte na equipe cirúrgica do dr. Nancran.

Durante dois anos em tempo integral, dedicou-se dentro de um dos maiores hospitais públicos da América Latina, com mais de 1.000 leitos no SUS, a aprender tratar cirurgicamente dezenas de patologias como hérnia inguinal, hérnia umbilical, colecistectomia (retirada de vesícula), abdómen agudo, tumores intestinais, dentre outros. Após concorrer a disputada vaga em cirurgia plástica, com mais de 40 candidatos para duas vagas, ele foi aprovado no serviço no Hospital Universitário de Ciências Médicas. Foram três anos de muito aprendizado ao lado de mais de 14 preceptores, dentre eles mestres e doutores, e mais de 8.400 horas cumpridas.

Gostou de “São Paulo é a 1º em ranking Nacional de consultas online?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 703 outros assinantes

Oferta de emprego em São Paulo aumentou 13,24%, segundo Revelo

O estudo mostra ainda que a maior procura é por profissionais de tecnologia. Os desenvolvedores representam 78,5% das buscas realizadas pelas empresas

Na contramão do cenário desfavorável da pandemia, o mercado de trabalho no estado de São Paulo mostra um reaquecimento no primeiro trimestre, com um crescimento de 13,24% na oferta de oportunidades quando comparado ao mesmo período em 2020. Dentro deste cenário, o profissional que mais ganha destaque é o desenvolvedor, que representa 78,5% das buscas realizadas pelas empresas. 

A pesquisa é da Revelo, maior empresa de tecnologia para área de recursos humanos da América Latina, e foi feita com base em mais de 25 mil empresas cadastradas na plataforma. Outros profissionais que também estão em alta são os de tecnologia da informação (5,4%), Business Intelligence (4,4%) e Design (4,4%).

“As empresas estão contratando mais para tirar o atraso do fim do ano, período em que as oportunidades ficaram congeladas. Além disso, a procura por especialistas em TI é uma estratégia das companhias para ganho de eficiência, já que a pandemia gerou rápidos avanços e a necessidade de operações digitais. O setor de tecnologia cresceu 25% ano passado, e a tendência é continuar em ascensão”, reforça Lucas Mendes, cofundador da Revelo.

A maioria das colocações no estado de São Paulo é para posições permanentes, apenas 5% são para trabalhar em período temporário. “As contratações são para reforçar o time. O candidato entrará para o quadro de funcionários das companhias”, comenta Mendes. 

Para se candidatar às oportunidades da Revelo, os profissionais devem baixar o aplicativo da plataforma, ou entrar no site, fazer o cadastro, que conta com provas de avaliação de habilidades, e aguardar validação para que os seus dados fiquem disponíveis para as empresas contratantes. 

Oferta de emprego em São Paulo aumentou 13,24%, segundo Revelo

Sobre a Revelo

A Revelo, maior empresa de tecnologia do setor de Recursos Humanos da América Latina, oferece uma plataforma completa para atrair, buscar, recrutar e selecionar pessoas. Além disso, também conta com oportunidades de emprego e de estágio para pessoas com deficiência (PCD) de todo o país. Em 2019, recebeu mais de R$ 105 milhões em rodadas de investimento e se tornou a empresa