Goleiro do São Caetano revela preparação especial

“É uma sensação muito boa poder ajudar a equipe em uma decisão de pênaltis”, disse o goleiro.

São Caetano do Sul, SP, 14 (AFI) – São vários os fatores que podem influenciar o desempenho pela conquista de uma vitória ou classificação no futebol. Um destes, certamente, é o trabalho desenvolvido fora das quatro linhas pela comissão técnica. Com o São Caetano não é diferente, e prova disso esteve na vaga conquistada à semifinal da Série A2 do Campeonato Paulista ao eliminar o Monte Azul nos pênaltis.

Para que Luiz Daniel saísse de campo como o grande herói na ocasião, foi realizado todo um estudo em cima do adversário. Desta forma o trabalho em conjunto realizado com o preparador de goleiros, Bruno Brazion, e o analista de desempenho, Murilo Tanganeli, teve papel crucial pelo desempenho decisivo do arqueiro.

“Foi feito um trabalho importantíssimo. Eles buscam os batedores, nos dá informações. Foi algo que me ajudou muito e pude ser feliz para fazer aquela defesa”, contou o dono da camisa 1.

“É uma sensação muito boa poder ajudar a equipe em uma decisão de pênaltis. Graças a Deus pude fazer uma defesa e convertemos todas, então o mérito é de todo o elenco. Todos demos nosso máximo e alcançamos nosso objetivo inicial, que era classificar para as semifinais”, acrescentou.

PREPARAÇÃO

Peça fundamental no processo de abastecer o jogador com dados sobre o adversário, o analista de desempenho do São Caetano explicou como é realizado esse tipo de trabalho.

“Tentamos pegar as últimas cobranças, local da batida e se o cobrador é destro ou canhoto. Essa produção de material a gente fala para eles que é apenas para ajudar, pois a decisão na hora do pênalti é sempre com o jogador.

Nós só utilizamos esses dados para contribuir na tomada de decisão”, disse Murilo Tanganeli, antes de completar. “A gente prepara esse tipo de trabalho para os pênaltis, mas nunca com a intenção de utilizá-lo. Porém, estamos sempre prontos para essa situação”, concluiu o profissional.

SEQUÊNCIA

Dando um tempo no Campeonato Paulista, o São Caetano agora volta a campo para jogar pela Série D do Brasileiro. Como primeiro compromisso na competição, o Pequeno Gigante recebe o Caxias no sábado (19), às 18h, no Anacleto Campanella.

Fonte Futebol Interior

São Bernardo FC vence Juventus nos pênaltis e avança para semi

Foto: Ale Vianna/ CA Juventus

Após empate no tempo regulamentar, Tigre vence a disputa de penalidades e é o segundo semifinalista da Série A2

Na manhã deste domingo (13), o São Bernardo FC recebeu o Juventus no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, pela segunda e decisiva partida das quartas de final da Série A2 do Paulistão, e venceu nos pênaltis por 6 x 5, após empate sem gols durante os 90 minutos.

FacebookCurta o Torcedores

Por ter feito melhor campanha na primeira fase da competição, o time do ABC paulista jogou em casa o duelo decisivo contra o Juventus.

A primeira partida foi disputada no estádio Conde Rodolfo Crespi, a famosa Rua Javari, em São Paulo, e terminou empatada em 1 x 1. Como o segundo confronto também ficou na igualdade em 0 x 0, a vaga para as semifinais foi decidida nas cobranças de pênaltis.

O São Bernardo FC converteu seis das sete penalidades, enquanto o Juventus desperdiçou duas batidas, sendo a última e decisiva cobrança feita pelo zagueiro Diego Sacomam, que chutou na trave e selou o triunfo adversário por 6 x 5, garantindo a presença do Tigre na fase semifinal.

São Bernardo FC, São Caetano, Portuguesa, São Bento, Taubaté, XV de Piracicaba, Monte Azul e Juventus foram os oito times que se classificaram para as quartas de final após 15 rodadas disputadas em turno único na primeira fase.

Votuporanguense e Penapolense terminaram nas duas últimas posições da tabela e estão rebaixados para a Série A3 na temporada de 2021. As duas equipes finalistas na Série A2 conquistam o acesso à elite do futebol no estado.

São Caetano e São Bernardo FC são os dois primeiros semifinalistas. Mais dois confrontos definem os outros dois clubes que também estarão na próxima etapa do torneio estadual. Confira:

Portuguesa x XV de Piracicaba – segunda (14), às 17h00, no estádio do Canindé, em São Paulo (clique aqui e veja como assistir ao vivo)
São Bento x Taubaté – terça (15), às 21h30, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba

Fonte: Torcedores.com

São Bernardo FC x Juventus

Após empatarem jogo de ida por 1 a 1, Tigre e Moleque Travesso decidem quem se junta ao São Caetano e fica ainda mais perto do acesso.

São Bernardo do Campo, SP, 12 (AFI) – O São Caetano foi o primeiro time a assegurar a classificação para às semifinais do Campeonato Paulista da Série A2 nesta sexta-feira, após perder para o Monte Azul no tempo regulamentar e vencer nos pênaltis, mais um semifinalista será conhecido na manhã deste domingo (13). Depois de ficarem no empate por 1 a 1 no jogo de ida na Rua Javari em São Paulo, São Bernardo FC e Juventus voltam a se encontrar, desta vez no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, às 10h.

Só a vitória interessa para ambos os lados, afinal segundo o regulamento da Federação Paulista de Futebol (FPF), em caso de mais um empate a decisão irá para os pênaltis. O time da capital paulista tenta voltar a elite estadual, competição que não disputa desde 2008. Já o São Bernardo está a três anos na segunda divisão, rebaixado em 2017.

Os outros dois classificados serão definidos no começo da próxima semana. Na segunda-feira (14), a Portuguesa tenta passar pelo XV de Piracicaba, após perder, no Barão da Serra Negra, por 3 a 2. Já na terça-feira (15), São Bento e Taubaté, que não tiraram o zero do placar, no Joaquinzão, voltam a se enfrentar, desta vez no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

O duelo será transmitido pela Rádio FI, em parceria com a Web Rádio Mooca. Com narração de Renato Corrona, comentários de Silvio Oshiro e reportagens de Marcelo Santos.

SÃO BERNARDO FC
Para o duelo contra o Juventus, o técnico Marcelo Veiga fez mistério durante a semana de treinamento e ainda tem três dúvidas para definir a formação titular, que só deve ser revelada momentos antes do jogo. Depois de saírem de campo com dores musculares na rodada de ida das quartas de final, o zagueiro Ferreira e lateral-esquerdo Pará estão em tratamento junto ao Departamento Médico e ainda não estão confirmados.

Caso não tenham condições de jogo, Leandro Amaro assume a titularidade na zaga para fazer dupla defensiva com Luanderson. Já na ala esquerda, Fernando Júnior deve ganhar a chance, caso Pará não tenha condições de jogo. A outra dúvida está no ataque, entre Douglas Santos e Léo Jaime, essa por opção técnica.

Ainda sem saber se será titular no duelo decisivo contra o Juventus, o atacante destacou que o grupo está muito preparado e que o técnico Marcelo Veiga vem conversando e trabalhando muito com o grupo.

“Nosso grupo tem muitos jogadores de qualidade. Muitos atletas experientes e, mesmo os mais jovens, são muito preparados. O professor Marcelo Veiga confia em todos e quem estiver em campo terá totais condições de ajudar. Eu já disse e volto a afirmar. Estou aqui para ajudar e o professor sabe que pode confiar em mim em qualquer situação”, disse o atleta.

JUVENTUS
O Juventus encerrou a sua preparação com um treino na manhã deste sábado (12) visando o jogo de volta das quartas de final do Paulista A2 contra o São Bernardo FC. Mesmo com a obrigatoriedade de ter que vencer fora de casa para avançar, o técnico Alex Alves se mostrou otimista na briga pela classificação.

“O jogo está em aberto, tanto para o São Bernardo como para o Juventus. As duas equipes vão brigar pelo acesso. Temos totais condições de irmos lá e ganharmos, para isso devemos atuar muito melhor do que jogamos na Javari. Tenho certeza de que vamos fazer uma grande partida, jogar no erro do adversário e tentar sair com a classificação”.

Para o duelo, o atacante Carrara e o zagueiro Thiago Duchatsch ainda são dúvidas, pois se recuperam de lesão e aguardam a liberação do Departamento Médico para poderem ir a campo. Com isso, Japa e Diego Sacoman devem formar a dupla defensiva, enquanto Mazola e Grafite ficam no ataque.

Fonte: Futebol Interior