Parque Tecnológico de Santo André fecha parceria com a Mercedes-Benz

O Hub de Inovação do Parque Tecnológico de Santo André tem um novo integrante para fortalecer o ecossistema de inovação e empreendedorismo da região, a Mercedes-Benz do Brasil. Foi anunciada na noite desta terça-feira (11) o início da atuação da Mercedes-Benz, que apresentou em encontro promovido pelo Parque Tecnológico seus cinco desafios ligados à eletrificação e ao desenvolvimento de conhecimento e novas competências em baterias de alta potência.

A exemplo do que foi feito com a Prometeon Tyre Group entre dezembro de 2020 e março deste ano, os cinco desafios da Mercedes-Benz foram apresentados para o ecossistema de inovação do Parque Tecnológico para que sejam desenvolvidos projetos e parcerias com a empresa.

O Mercedes-Benz Challenge conta com desafios que possuem frentes ligadas desde o entendimento das reações químicas envolvidas de novas famílias de baterias de alto desempenho de Li-S, passando pelo desenvolvimento de aplicações em veículos e até mesmo a análise do impacto ambiental e o ciclo de vida desses produtos.

Baterias serão insumos estratégicos no futuro para o setor automotivo e de mobilidade. Ter autonomia e domínio tecnológico para a produção e o desenvolvimento de baterias de alta densidade de energia, mais seguras e sustentáveis, é fundamental para o futuro dessa indústria no país. Com a matriz energética limpa como a brasileira e com tecnologias mais sustentáveis, o desenvolvimento desse componente pode contribuir com os desafios climáticos e os impactos ambientais relacionados a mobilidade e transportes.

Os interessados em apresentar soluções aos desafios podem acessar a página do Parque tecnológico de Santo André a partir do link: https://bit.ly/ParqTecSA_mercedes ou entrar em contato com o Parque Tecnológico de Santo André pelo email RMAndrade@santoandre.sp.gov.br.

Segundo a gerente de Relações Institucionais e Governamentais da Mercedes-Benz do Brasil, Cristiane Nogueira Guimarães, a empresa considera importante a integração entre sociedade, academia e área industrial.

“Com as novas tecnologias, energias renováveis e sustentabilidade, nós entendemos que é importante esta integração para que todos possamos contribuir e que não cabe mais somente à indústria o papel de fazer a pesquisa. Estamos convictos que precisamos de parcerias com a academia para que nos ajude, porque vamos enfrentar desafios enormes com as energias renováveis, sustentabilidade e descarbonização. Nos traz muita alegria começar isto pelo ABC, onde estamos há mais de 60 anos”, contou Cristiane durante a apresentação da parceria.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, a parceria entre Mercedes-Benz e Parque Tecnológico deverá trazer frutos positivos para toda a rede de inovação de Santo André.

“O mundialmente famoso símbolo da Mercedes representa a triplicidade das atividades na fabricação de motores para uso em terra, mar e ar. A estrela foi desenhada por Gottlieb Daimler, que endereçou para sua esposa com o seguinte comentário: ‘um dia essa estrela brilhará sobre minha obra’. Traçando um paralelo com esta história, nosso desejo é que a estrela do Parque Tecnológico de Santo André também brilhe sobre o Grande ABC. Nossa triplicidade é a indústria, poder público e todo o nosso ecossistema de inovação”, disse Banzato.


O Parque Tecnológico, por intermédio do Hub de Inovação, tem auxiliado na integração entre empresas, universidades, institutos de pesquisa, startups, governo e órgãos de fomento para potencializar a inovação aberta no ABC.  O desenvolvimento de produtos e tecnologias ligadas a segurança veicular, eletrificação e valorização de biocombustíveis bem como e o setor metal mecânico, mais especificamente as ferramentarias, têm linhas que juntas somam mais de R$80 milhões por ano nos próximos anos para o desenvolvimento de competência nesses setores. Esses recursos estão disponíveis e em tempos de pandemia podem ser fundamentais para a fortalecer e promover o crescimento do setor.

Ações de inovação – O Hub de Inovação, desenvolvido pela Prefeitura de Santo André, apoia e fomenta empresas que queiram desenvolver pesquisas, novos produtos e processos de forma sistemática e continuada.


No último dia 5, com o objetivo de promover a competitividade das empresas locais e fomentar o ecossistema de inovação da cidade, o Parque Tecnológico recebeu representantes do Cofip (Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC) para firmar uma parceria entre o Hub de Inovação e a entidade que representa 16 empresas do polo petroquímico.

O Hub de Inovação do Parque Tecnológico faz a ligação entre estas empresas e startups, universidades, Centros Tecnológicos e ICTs da região, promovendo maior integração e fortalecimento do ecossistema de inovação do ABC.

Já o Bureau de Serviços é uma estrutura integrada de atendimento, que unifica a rede de serviços tecnológicos da cidade de Santo André e região. A ferramenta da Prefeitura de Santo André faz parte do Parque Tecnológico de Santo André, e oferece mais de 120 serviços.

Atualmente, Santo André conta com o Parque Tecnológico e de Inovação, que é parte fundamental da política de desenvolvimento econômico já em operação pela Prefeitura e tem como missão promover a inovação e competitividade nas empresas, potencializando as estruturas já existentes na cidade e região, estimulando a extensão tecnológica nas instituições de ensino superior e atuando nas oportunidades econômicas do ABC. Além do Bureau de Serviços Tecnológicos, o Parque Tecnológico também contará com o CITE (Centro de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo de Santo André).

O Parque Tecnológico de Santo André traz em sua essência a integração e colaboração entre os atores locais de ciência, tecnologia e inovação, e irá se somar às estruturas já existentes das sete cidades que compõem o Polo Tecnológico do ABC, uma região com economia altamente relevante para o país, com o quarto maior PIB do Brasil, terceiro maior valor adicionado da indústria e com o quinto maior mercado consumidor do país.

Sobre a Mercedes-Benz do Brasil – Presente no País há quase 65 anos, a Mercedes-Benz do Brasil é a maior fabricante e exportadora de caminhões e ônibus da América Latina. É também líder no desenvolvimento de tecnologias para o transporte de cargas e de passageiros.

A Empresa possui unidades de produção de caminhões, chassis de ônibus e agregados em São Bernardo do Campo (SP) e de cabinas de caminhões em Juiz de Fora (MG), além da unidade de Peças e Serviços ao Cliente, Logística de Peças e Global Training em Campinas (SP).

Em 2018, a Companhia inaugurou a primeira linha de caminhões no conceito 4.0 do País e lançou seu Campo de Provas, o maior do hemisfério Sul para veículos comerciais. Em 2019, em segunda fase da Indústria 4.0, a Empresa iniciou as operações em uma nova linha de cabinas e lançou o Novo Actros, caminhão mais inteligente, conectado, eficiente e seguro do País. Em 2020, foi a vez de inaugurar a fábrica 4.0 de chassis de ônibus. Dando continuidade aos investimentos no Brasil, a Empresa está implementando aporte de R$ 2,4 bilhões entre 2018 e 2022.

| Texto: Renan Muniz
| Fotos; Divulgação/Mercedes-Benz

Gostou da nossa matéria “Parque Tecnológico de Santo André fecha parceria com a Mercedes-Benz“?

Parque Tecnológico de Santo André fecha parceria com a Mercedes-Benz

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.020 outros assinantes

Restaurantes e serviços voltam a funcionar no Shopping Metrópole

No último sábado (24/4), os restaurantes, os salões de beleza e a academia do Shopping Metrópole, em São Bernardo do Campo, voltaram a funcionar com atendimento presencial.

Os restaurantes estão abertos todos os dias da semana, das 11h às 19h.

Os salões de beleza funcionam de segunda-feira a sábado, das 11h às 19h, e domingos e feriados, das 13h às 19h.

E a academia (Smart Fit) está aberta em dois períodos: das 7h às 11h e das 15h às 19h (domingos e feriados, das 7h às 11h).

Já o cinema (PlayArte) tem previsão de reabertura dia 29/4. 

Todo o espaço do Shopping Metrópole, assim como cada uma de suas operações, está funcionando com 25% da capacidade total. “Estamos abertos para receber os clientes com todo o cuidado, reforçando sempre o uso de máscara e de álcool em gel e o respeito às medidas de segurança”, comenta Rodrigo Rufino de Lima, gerente de marketing do shopping. Ele acrescenta que as compras também podem ser feitas de forma online, com entrega via delivery, armários inteligentes ou drive thru – mais detalhes: https://shoppingmetropole.com.br/

Veja o funcionamento das operações do Shopping Metrópole:

Lojas

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Restaurantes

Todos os dias da semana, das 11h às 19h.

Salões

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h, e domingos e feriados, das 13h às 19h.

Academia (Smart Fit)

Segunda-feira a sábado, das 7h às 11h e das 15h às 19h. Domingos e feriados, das 7h às 11h.

Cema

Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Sábados, das 9h às 13h. Domingo: fechado.

Localiza

Diariamente, das 11h às 17h.

Confidence

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Farmácia

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Lotérica

Segunda-feira a sábado, das 11h às 19h. Domingos e feriados, das 13h às 19h.

Agência Itaú

Em reforma.

Cinema (PlayArte)

Previsão de reabertura dia 29/4.

Mais informações – Pub Comunica:

Ana Cecília Panizza – cecilia.panizza@pubcomunica.com.br – (11) 96644-5727

Valéria Masson – valeria.masson@pubcomunica.com.br – (11) 95651-7474

Sobre o Shopping Metrópole: Inaugurado em maio de 1980, o empreendimento conta com 173 operações, entre elas, cinco âncoras (Academia Smart Fit, C&A, Renner, Lojas Americanas e Marisa), quatro restaurantes (Mania de Churrasco, Outback, Si Señor e Pecorino) e nove salas de cinema multiplex PlayArte (três em 3D e 1 Extreme). Em 2008, o shopping foi o primeiro empreendimento da região do ABC a receber a certificação segundo a norma ISO 14001 do seu Sistema de Gestão Ambiental. Endereço: Praça Samuel Sabatini, 200, Centro, São Bernardo do Campo (SP). SAC: 11 4003-7370. www.shoppingmetropole.com.br

Gostou da nossa matéria “Restaurantes e serviços voltam a funcionar no Shopping Metrópole“?

Restaurantes e serviços voltam a funcionar no Shopping Metrópole
Shopping Metrópole São Bernardo do CampoSP Brasil Aliansce Sonae photo by fernando stankuns 2020

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.020 outros assinantes

Semasa finaliza serviços de capina e roçada em córregos

O trabalho de limpeza, capina e roçada das margens dos córregos de Santo André segue sendo realizado de forma eficiente em todo o município. Entre o final de março e início de abril, as equipes do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) concluíram os serviços nos córregos Apiaí, Dominicanos, dos Meninos e Graciliano Ramos, totalizando quase 94 mil metros quadrados de área limpa.

Semasa finaliza serviços de capina e roçada em córregos

“A limpeza e a roçagem dos cursos d’água são realizadas por equipes próprias da autarquia, que atuam em todos os córregos do município ao longo do ano. Cada local recebe, em média, de três a quatro intervenções por ano, garantindo o fluxo das águas, especialmente em períodos e dias de fortes chuvas, minimizando os efeitos de alagamentos”, explica o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

Recentemente, por meio de compensação ambiental, o Semasa recebeu novas roçadeiras que foram destinadas às equipes de drenagem, para realização das manutenções preventivas. Além dos córregos, a autarquia também promove a limpeza dos piscinões municipais, tanto com remoção manual, quanto mecânica dos detritos.

Entre abril e maio, serão iniciadas as limpezas de outros importantes cursos d’água da cidade, como os córregos Camilo Castelo Branco, Comprido, Guarará, Oratório e Jundiaí. Em 2020, foram removidas mais de 21 mil toneladas de resíduos de dentro dos canais e piscinões de Santo André. O cronograma com os locais e meses de cada manutenção pode ser consultado no site do Semasa (www.semasa.sp.gov.br).

Gostou de “Semasa finaliza serviços de capina e roçada em córregos?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.020 outros assinantes


Veja como funcionam atividades com restrição na fase emergencial

A fase emergencial do Plano São Paulo estabelece medidas mais duras de restrição de circulação pública e funcionamento de algumas atividades até o dia 11 de abril, inclusive parte daquelas classificadas como essenciais. Veja como funcionam atividades neste período.

A meta é reforçar o distanciamento social e reduzir a circulação urbana. Confira um resumo a seguir:

Veja como funcionam atividades



ESCRITÓRIOS EM GERAL E ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

COMÉRCIO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO – Proibido o funcionamento e atendimento presencial, mas ficam liberados os serviços de retirada por clientes com veículo (drive-thru) e entrega na casa do comprador (delivery).

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS (COMÉRCIO EM GERAL) – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

REPARTIÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

RESTAURANTES, BARES E PADARIAS – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local. Mercearias e padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercados, com proibição de consumo no local.

TRANSPORTE COLETIVO – Recomendação de escalonamento de horário para os trabalhadores da indústria, serviços e comércio. Os horários indicados são de entrada das 5h às 7h e saída das 14h às 16h para profissionais da indústria, entrada das 7h às 9h e saída das 16h às 18h para os de serviços; e entrada das 9h às 11h e saída das 18h às 20h para os do comércio.

EDUCAÇÃO ESTADUAL – Unidades abertas para distribuição de merenda a alunos carentes e entrega de materiais mediante agendamento prévio.

COMÉRCIO DE PRODUTOS ELETRÔNICOS – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

SUPERMERCADOS – Recomendação de escalonamento de horário para os funcionários utilizarem o transporte público para irem ao trabalho (entrada das 9h às 11h e saída das 18h às 20h).

HOTELARIA – Proibição de funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis. Alimentação permitida somente nos quartos.

ESPORTES – Atividades coletivas profissionais e amadoras suspensas.

TELECOMUNICAÇÕES – Teletrabalho (home office) obrigatório para funcionários de empresas de telecomunicação.

ATIVIDADES RELIGIOSAS – Proibição de realização de atividades coletivas como missas e cultos, mas permissão para que templos, igrejas e espaços religiosos fiquem abertos para manifestações individuais de fé.

Com informações do Governo do Estado de São Paulo.

Gostou de “Veja como funcionam atividades com restrição na fase emergencial?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.020 outros assinantes




Caixa disponibiliza app para acesso a serviços do DPVAT

Com o intuito de facilitar o acesso aos serviços que envolvem Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), a Caixa Econômica Federal disponibiliza app (aplicativo) para acesso aos serviços destinados ao seguro.

Pela plataforma, o usuário pode dar entrada no pedido de indenização por morte, invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas diretamente à Caixa. Também é possível enviar documentos e acompanhar o pedido de indenização.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente pelos sistemas Android e iOS. Para isso, basta pesquisar “DPVAT CAIXA” nas lojas de aplicativos de cada plataforma. Para que o usuário possa utilizar a ferramenta, é necessário fazer um cadastro no login Caixa. Se a pessoa já tiver cadastro em outros aplicativos da Caixa, como Habitação, FGTS e Caixa Tem, a senha de acesso é a mesma.

Em parceria com Brasil 61.

Gostou de “Caixa disponibiliza app para acesso a serviços do DPVAT“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Caixa disponibiliza app para acesso a serviços do DPVAT

Atende Fácil retoma agendamento de atendimento em RP

A partir de 7/12, moradores deverão contatar serviços da unidade e marcar data e horário para ser atendido. Medida reforça controle contra a covid-19. Atende Fácil retoma agendamento

O Posto Atende Fácil de Ribeirão Pires retomará a realização de agendamento prévio para os atendimentos presenciais na unidade. A partir da próxima segunda-feira, dia 7, os moradores deverão entrar em contato com o serviço de interesse para marcar data e horário para ser atendido. A única exceção será a Ouvidoria Municipal, que manterá os atendimentos presenciais sem a necessidade de agendamento prévio.

Situado na Avenida Capitão José Gallo, 55 – Centro (ao lado do Terminal Rodoviário), o Posto Atende Fácil recebe, diariamente, grande fluxo de pessoas. A medida reforça o controle de acesso no local para evitar aglomerações e, portanto, a disseminação do coronavírus.

Confira serviços e meios para agendamento:

De segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h

– Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) – 4824-4282

– Banco do Povo Paulista/MEI/Via Rápida – 4825-5464

Procon – 4824-5121/3205 ou por e-mail procon@ribeiraopires.sp.gov.br

– Cadastro Único – 9-3287-6219/9-7258-1576

De segunda a sexta-feira, das 9h às 15h

– Junta de Serviço Militar – 4827-4469

Ouvidoria Municipal – presencial no Posto Atende Fácil/ telefone 156/ e-mail ouvidoria@ribeiraopires.sp.gov.br

Atende Fácil retoma agendamento

Shopping Multiplan promovem Maratona Black Friday superapp Multi

Aplicativo vai apresentar ofertas especiais do Lápis Vermelho com até 70% de desconto para comprar nos shoppings da rede ou receber em casa no mesmo dia

Os Shoppings Anália Franco, MorumbiShopping, Vila Olímpia e ParkShopping São Caetano promovem, a partir do dia 23 de novembro, a Maratona Black Friday: uma semana inteira de ofertas do Lápis Vermelho com descontos de até 70% nas categorias de eletroportáteis, beleza e cosméticos, roupas e acessórios, eletrônicos, decoração, cama e mesa. Por meio do superapp Multi, os shoppings irão oferecer uma seleção de ofertas para que o cliente possa planejar as compras antes de sair de casa ou adquirir pelo próprio aplicativo, com entrega em até 24 horas. O Multi também vai oferecer cupons de desconto para compras nas lojas físicas.

Com o posicionamento “A gente corre por você”, a campanha de Black Friday da Multiplan aposta em curadoria e comodidade para os consumidores: o Multi terá uma página especial que funcionará como um agregador das ofertas, facilitando a vida dos clientes e permitindo que pesquisem as melhores promoções a qualquer hora, de onde estiverem. Também será possível comprar diretamente no aplicativo e receber os produtos no mesmo dia, em um raio de até 10 km dos shoppings.

Para quem preferir fazer compras por drive thru, o Multi oferece ainda um canal de venda direta que facilita a experiência: ao clicar na opção “combine seu pedido diretamente com a loja”, o aplicativo leva o consumidor ao WhatsApp do lojista para escolher seus produtos e combinar a retirada. Esse canal, que agrega contatos de centenas de lojas, também está disponível nos sites de todos os shoppings da Multiplan. 

“Nessa Black Friday vamos oferecer comodidade aos clientes, que querem aproveitar boas ofertas com segurança e otimizando seu tempo”, afirma Rodrigo Peres, Co-Head de Marketing, Inovação e Negócios Digitais (MIND) da Multiplan. “Nosso aplicativo realiza a curadoria e apresenta as melhores ofertas, usando a marca forte do Lápis Vermelho. E, para quem quiser aproveitar os melhores preços sem sair de casa, o Multi também oferece um serviço personalizado com shoppers que vão às lojas realizar a compra de qualquer produto escolhido pelos clientes, com entrega em um dos menores prazos do mercado”, completa. 

No site da Liquidação do Lápis Vermelho (www.liquidacaolapisvermelho.com.br) será possível consultar promoções da Black Friday e, ao acessar cada oferta, o cliente também pode entrar em contato com as lojas por WhatsApp ao clicar no botão “comprar”. As redes sociais do Lápis Vermelho (@lapisvermelho no Instagram e @LiquidacaoLapisVermelho no Facebook) também vão divulgar descontos especiais ao longo da semana.  

Frete grátis 

Entre os dias 23 e 26 e 28 e 30 de novembro, uma categoria de produtos terá destaque a cada dia no aplicativo. Na landing page da campanha (https://paginas.meumulti.com.br/black-friday/), onde já é possível se cadastrar para receber informações sobre a Maratona Black Friday, também será possível acompanhar as categorias selecionadas para cada dia. De segunda a quinta-feira, as entregas terão frete grátis.  Na sexta-feira, 27 de novembro, serão oferecidos cupons de desconto para serem usados em produtos e alimentação diretamente no shopping. 

Os Shoppings Anália Franco, MorumbiShopping, Vila Olímpia e ParkShopping São Caetano seguem um rigoroso protocolo de higienização e segurança elaborado por infectologistas, além de cumprir as normas estabelecidas pelas autoridades locais.

A Multiplan chega à Black Friday 2020 com 16 dos seus 18 shoppings integrados à funcionalidade de marketplace do Multi e mais de 44 mil produtos de diferentes segmentos disponíveis para compra pelo superapp.  

O superapp Multi está disponível para download no Google Play e Apple Store.

Sobre o MorumbiShopping

Desde 1982, o MorumbiShopping atua na vida e na moda do paulistano com um espaço democrático e um mix de lojas atual, moderno e variado. São, ao todo, 483 lojas dos mais diversos segmentos, como a Apple, Forever 21, Sephora, Coach, New Balance, Ricardo Almeida, FIT, Animale, as âncoras C&A, Renner, Zara e Riachuelo. Grande variedade de lojas para atender a todas as necessidades de seus clientes. A criação da Ala Morumbi Fashion, em 1984, e do GourmetShopping, em 1989, frisam o pioneirismo no DNA do MorumbiShopping. Foi o primeiro Shopping a criar uma área exclusiva de moda, com marcas nacionais e internacionais, e reúne, em um espaço reservado, 23 dos restaurantes mais prestigiados de São Paulo, como Pobre Juan, Zucco, Pirajá, entre outros. Premiado pelos principais veículos de São Paulo como o shopping mais completo, o MorumbiShopping posicionou-se como referência na cidade como um espaço democrático, que tem tudo para todos.

Sobre o ParkShopping São Caetano

Inaugurado no final de 2011, o ParkShopping São Caetano foi construído no novo bairro da cidade de São Caetano do Sul, o Espaço Cerâmica: um complexo multiúso com edifícios residenciais e comerciais em uma área de 300 mil m². O shopping possui 218 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas distribuídas em dois pisos (São Caetano e São Paulo). Com foco nos públicos das classes A e B, o ParkShopping São Caetano atende não só as cidades do Grande ABC como também a bairros de São Paulo localizados em seu entorno, como Ipiranga, Nova Saúde, Mooca, Vila Prudente, entre outros. O empreendimento, portanto, tem a característica de ser regional e, para isso, há a preocupação constante em aperfeiçoar o seu mix de lojas para ser o mais completo nas áreas de moda, serviços, lazer e alimentação da região. Outra preocupação é sempre trazer ao consumidor da região novas operações até então inéditas em shoppings do ABC.  O ParkShopping São Caetano conta ainda com o Supermercado St Marche e com o Hot Zone, o mais moderno e completo Parque Indoor do país que ocupa 1.500 m² com mais de 200 atrações para adultos e crianças.

Sobre o Shopping Anália Franco

O Shopping Anália Franco é referência em moda, estilo e sofisticação na Zona Leste de São Paulo. Foi inaugurado em novembro de 1999, sendo o segundo shopping da Multiplan localizado na cidade de São Paulo, e contribuiu para a valorização da região. Desde então o empreendimento faz parte da vida dos moradores, sendo uma opção completa para compras, serviços e entretenimento para a família, garantindo praticidade e conforto. A concepção arquitetônica e o cuidado com a ambientação, por meio de paisagismo, iluminação natural, corredores largos e pé direito alto, também são fortes atrativos. Atualmente, o Shopping Anália Franco possui 403 lojas. Entre a variedade de serviços e lazer estão redes como Companhia Athletica, Laboratório Fleury, Tok&Stok e UCI Cinemas, com nove salas, sendo uma delas IMAX e uma 4DX. Ainda possui relevantes marcas nacionais e internacionais como Swarovski, Nespresso, Sephora, MAC, Osklen, Calvin Klein, Lacoste, Pandora, Le Lis Blanc e Ricardo Almeida. Na gastronomia, estão os restaurantes Abbraccio, Almanara, America, Frutaria SP, Madero, Nahoe Sushi, Outback SteakHouse e The Fifties. Completam a lista, 21 opções de fast-food instaladas na praça de alimentação, além de cafés e doçarias.

Sobre o Shopping Vila Olímpia

Inaugurado em novembro de 2009, o Shopping Vila Olímpia possui 191 lojas, um piso todo dedicado à alimentação, boliche com as 12 pistas mais modernas do País e sete salas de cinema Kinoplex, entre elas as duas primeiras salas Platinum do grupo Severiano Ribeiro. Desde 2014, o  empreendimento também conta com o Teatro Claro (antigo Theatro Net São Paulo), resultado da parceria da Brain Mais e a CLARO, que reúne conforto e tecnologia, com 2.300 m², capacidade de 799 lugares e estrutura para receber grandes espetáculos. O Shopping Vila Olímpia é uma opção para os consumidores das regiões que compreendem sua área de abrangência, tanto aqueles provenientes dos edifícios comerciais, como os moradores do entorno. Possui um mix de lojas variado, que alia marcas como Richards, VR, Forever 21, Renner e Riachuelo; uma forte oferta de serviços, estética e beleza, assim como diversas opções de gastronomia, com destaque para Madero, Outback, Pecorino, a 1ª operação do Abbraccio no Brasil, e novidades como Coco Bambu Conceito e Bullguer.

Sobre a Multiplan

A Multiplan possui atualmente 19 shopping centers em operação e é uma das maiores empresas do setor no Brasil. A companhia também atua estrategicamente no desenvolvimento de imóveis comerciais e residenciais, com projetos multiúso que geram sinergias para as operações de shopping centers, oferecem conveniência e comodidade aos usuários, e geram valor a seus ativos. Fundada em 1974 como empresa full service, é responsável pelo planejamento, desenvolvimento, propriedade e administração de um dos melhores portfólios de empreendimentos imobiliários do país. O ParkJacarepaguá, em construção no Rio de Janeiro, será o 20º shopping da companhia.

Os shopping centers da Multiplan totalizam mais de 5.800 lojas, tráfego anual estimado em 190 milhões de visitas e área bruta locável (ABL) de 835 mil m². Ao final do segundo trimestre de 2020, a Multiplan também detinha dois conjuntos de torres comerciais que somados à ABL de shopping centers resultam em ABL total de 922 mil m². Mais informações em www.multiplan.com.br.

Assessoria de imprensa 

MktMix Assessoria de Comunicação
Ana Claudia Gomes – anaclaudia.gomes@mktmix.com.br
Virgínia Ribeiro – virginia@mktmix.com.br
Luís Dolci – luisdolci@mktmix.com.br
Whatsapp (11) 96327-8417

Em setembro, volume de serviços cresceu 1,8%

Em setembro de 2020, o volume de serviços no Brasil avançou 1,8% frente a agosto, na série com ajuste sazonal. Foi a quarta taxa positiva seguida, acumulando alta de 13,4% no período. Esse resultado sucedeu uma sequência de quatro taxas negativas, entre fevereiro e maio, com perda acumulada de 19,8%.

Na série sem ajuste sazonal, frente a setembro de 2019, o volume de serviços recuou 7,2%, sua sétima taxa negativa seguida nessa comparação. O acumulado no ano caiu 8,8% frente ao mesmo período de 2019.

A taxa dos últimos 12 meses recuou 6,0% em setembro de 2020, mantendo a trajetória descendente iniciada em janeiro de 2020 e chegando ao resultado negativo mais intenso da série deste indicador, iniciada em dezembro de 2012.

PeríodoVariação (%)
VolumeReceita Nominal
Setembro 20 / Agosto 20*1,82,0
Setembro 20 / Setembro 19-7,2-7,5
Acumulado Janeiro-Setembro-8,8-8,1
Acumulado nos Últimos 12 Meses-6,0-4,7
    *série com ajuste sazonal  

alta de 1,8% do volume de serviços, de agosto para setembro de 2020, foi acompanhada por quatro das cinco atividades investigadas, com destaque para serviços de informação e comunicação que, ao avançarem 2,0% neste mês, acumularam um ganho de 7,0% no período junho-setembro, após terem recuado 8,9% entre janeiro e maio de 2020.

Os demais avanços vieram dos serviços prestados às famílias (9,0%), de outros serviços (4,8%) e dos transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (1,1%). O primeiro setor registrou a segunda taxa positiva seguida e já acumula ganho de 71,0% entre maio e setembro, mas ainda precisa crescer 55,9% para retornar ao patamar de fevereiro, mês que antecedeu a pandemia da COVID-19.

Os outros serviços avançaram 18,6% nos últimos quatro meses, especialmente, em função dos ganhos de receita vindos dos segmentos de serviços financeiros auxiliares. Com isso, o setor ultrapassou o nível de fevereiro, anterior à pandemia, e atingiu, em setembro, o patamar mais elevado desde outubro de 2014.

Os transportes tiveram o quinto resultado positivo seguido e acumularam ganho de 20,3% entre maio e setembro, mas ainda precisam avançar 11,1% para atingir o nível de fevereiro.

O único resultado negativo do mês ficou com os serviços profissionais, administrativos e complementares (-0,6%), que eliminaram pequena parte do ganho de 5,8% observado no período de junho a agosto.

média móvel trimestral cresceu 2,5% no trimestre encerrado em setembro, mantendo a trajetória ascendente iniciada em julho último.

Todas as cinco atividades mostraram resultados positivos em setembro, com destaque para serviços prestados às famílias (9,9%), seguido pelos outros serviços (3,1%), transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (2,4%), serviços profissionais, administrativos e complementares (1,1%) e informação e comunicação (1,0%).

Frente a setembro de 2019, o volume dos serviços caiu 7,2%, sua sétima taxa negativa seguida para esta comparação. Houve queda em quatro das cinco atividades e crescimento em pouco mais de um terço (36,7%) dos 166 tipos de serviços investigados.

Entre os setores, os serviços profissionais, administrativos e complementares (-13,6%), os serviços prestados às famílias (-36,4%) e os transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (-6,3%) exerceram as principais influências negativas sobre o volume total de serviços.

O transporte rodoviário de carga voltou a mostrar crescimento em setembro, frente a igual mês do ano anterior, algo que não acontecia desde março último. A recuperação deste segmento está atrelada à melhora recente observada nos setores industrial e comercial, que vêm demonstrando uma recuperação econômica mais robusta que a do setor de serviços.

Também em queda frente a setembro de 2019, mas com menor impacto no índice geral, os serviços de informação e comunicação (-1,0%) mostraram perda de receita nos ramos de telecomunicações; programadoras e atividades relacionadas à televisão por assinatura; desenvolvimento e licenciamento de softwares; atividades de exibição cinematográfica; e operadoras de TV por assinatura por satélite.

A única contribuição positiva nesse mês veio de outros serviços (13,2%), impulsionado, sobretudo, pelo aumento de receita das empresas pertencentes aos ramos de administração de fundos por contrato ou comissão; administração de bolsas e mercados de balcão organizados; corretoras de títulos e valores mobiliários; atividades de pós-colheita; e recuperação de materiais plásticos.

Indicadores do Volume de Serviços, segundo as atividades de divulgaçãoSetembro 2020 – Variação (%)
Atividades de DivulgaçãoMês/Mês anterior (1)Mensal (2)Acumulado no ano (3)Últimos 12 meses (4)
JULAGOSETJULAGOSETJAN-JULJAN-AGOJAN-SETAté JULAté AGOAté SET
Volume de Serviços – Brasil2,72,91,8-12,0-10,0-7,2-8,9-9,0-8,8-4,5-5,3-6,0
1. Serviços prestados às famílias-11,235,19,0-55,0-43,9-36,4-38,2-38,9-38,6-21,9-25,5-28,4
1.1 Serviços de alojamento e alimentação-12,539,59,1-57,2-45,4-38,4-39,7-40,4-40,2-22,6-26,3-29,4
1.2 Outros serviços prestados às famílias4,07,210,9-42,6-35,3-25,2-29,9-30,6-30,0-18,1-20,9-23,1
2. Serviços de informação e comunicação1,9-1,02,0-2,5-4,0-1,0-2,6-2,7-2,50,1-0,6-0,9
2.1 Serviços de tecnologia da informação e comunicação (TIC)1,2-1,31,40,9-1,11,3-0,2-0,3-0,11,30,80,7
2.1.1 Telecomunicações0,30,20,3-3,7-3,0-2,8-3,9-3,8-3,7-2,8-2,9-3,1
2.1.2 Serviços de tecnologia da informação6,1-4,03,29,52,38,86,86,26,59,17,87,7
2.2 Serviços audiovisuais6,23,45,6-26,1-24,3-17,7-19,4-20,1-19,8-8,0-10,3-11,8
3. Serviços profissionais, administrativos e complementares2,51,4-0,6-14,7-14,1-13,6-11,2-11,6-11,8-5,6-6,6-8,0
3.1 Serviços técnico-profissionais9,10,9-1,9-5,3-1,4-7,8-6,8-6,2-6,3-0,8-0,8-2,0
3.2 Serviços administrativos e complementares0,70,71,1-17,9-18,5-15,7-12,7-13,4-13,7-7,3-8,6-10,1
4. Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio2,23,91,1-11,6-8,4-6,3-9,0-8,9-8,6-6,2-6,2-6,6
4.1 Transporte terrestre6,34,42,3-15,7-12,6-8,2-13,8-13,6-13,0-9,4-9,9-10,4
4.2 Transporte aquaviário1,3-1,73,16,32,610,912,611,211,28,38,19,2
4.3 Transporte aéreo20,615,819,2-51,4-39,5-35,5-37,7-37,9-37,6-22,9-24,3-27,1
4.4 Armazenagem, serviços auxiliares aos transportes e correio0,92,6-2,92,54,21,52,02,32,20,71,61,8
5. Outros serviços3,71,04,84,57,113,24,95,26,16,16,36,5
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Indústria    (1) Base: mês imediatamente anterior – com ajuste sazonal;  (2) Base: igual mês do ano anterior;  (3) Base: igual período do ano anterior;  (4) Base: 12 meses anteriores

No acumulado do ano, frente a igual período de 2019, o setor de serviços recuou 8,8%, com queda em quatro das cinco atividades de divulgação e com expansão em apenas 25,3% dos 166 tipos de serviços investigados.

Entre os setores, os serviços prestados às famílias (-38,6%) exerceram a influência negativa mais relevante, pressionados, especialmente, pela queda nas receitas de restaurantes; hotéis; e de catering, bufê e outros serviços de comida preparada. Esse setor ainda retoma lentamente suas atividades, em função do caráter presencial de seus serviços, do impedimento legal de funcionamento à plena capacidade para evitar aglomerações e do receio da população quanto à suscetibilidade de contágio.

Outras pressões negativas vieram de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (-8,6%) e de serviços profissionais, administrativos e complementares (-11,8%), explicados, principalmente, pela redução na receita das empresas de transporte aéreo de passageiros; rodoviário coletivo de passageiros; rodoviário de cargas; correio nacional; e metroferroviário de passageiros, no primeiro ramo; e de gestão de ativos intangíveis; administração de programas de fidelidade; soluções de pagamentos eletrônicos; limpeza geral; agências de viagens; organização, promoção e gestão de feiras, congressos e convenções; aluguel de máquinas e equipamentos; e vigilância e segurança privadas, no último.

Com menor impacto no índice geral, comparativamente às demais atividades, os serviços de informação e comunicação (-2,5%) apresentaram perdas de receita especialmente nos segmentos de telecomunicações; programadoras e atividades relacionadas à televisão por assinatura; atividades de exibição cinematográfica; consultoria em tecnologia da informação; e operadoras de TV por satélite.

A única contribuição positiva no acumulado de janeiro a setembro de 2020, frente a igual período de 2019, ficou com o setor de outros serviços (6,1%), impulsionado, em grande parte, pelo aumento das receitas nos segmentos de corretoras de títulos, valores mobiliários e mercadorias; administração de bolsas e mercados de balcão organizados; atividades de administração de fundos por contrato ou comissão; e coleta de resíduos não perigosos de origem doméstica, urbana ou industrial.

Serviços cresceram em 25 das 27 Unidades da Federação

Regionalmente, 25 das 27 unidades da federação tiveram expansão no volume de serviços em setembro, frente a agosto, acompanhando o avanço (1,8%) observado nacionalmente.

Entre os locais que apontaram resultados positivos nesse mês, São Paulo (1,6%) exerceu o impacto positivo mais importante. Outras contribuições positivas relevantes vieram do Rio Grande do Sul (4,0%), Santa Catarina (4,9%) e do Paraná (2,6%).

Em contrapartida, o Rio de Janeiro (-0,5%) registrou a única retração em termos regionais, pressionado pela queda na receita de empresas que atuam em serviços vinculados à cadeia do petróleo, tais como: logística, investigação sísmica e transporte dutoviário. Por sua vez, o Tocantins (0,0%) apontou estabilidade na comparação com agosto.

Frente a setembro de 2019, o recuo do volume de serviços no Brasil (-7,2%) foi acompanhado por 20 das 27 unidades da federação. A principal influência negativa ficou com São Paulo (-7,4%), seguido por Rio de Janeiro (-10,4%), Bahia (-16,7%), Rio Grande do Sul (-10,5%) e Paraná (-8,1%). Por outro lado, Santa Catarina (3,7%), Amazonas (8,4%) e Mato Grosso (3,3%) assinalaram os resultados positivos mais relevantes.

Já no acumulado de 2020, frente a igual período do ano anterior, a queda do volume de serviços no Brasil (-8,8%) se deu de forma disseminada entre os locais investigados, já que 26 das 27 unidades da federação também mostraram retração na receita real de serviços.

O principal impacto negativo em termos regionais veio de São Paulo (-8,3%), seguido por Rio de Janeiro (-7,3%), Rio Grande do Sul (-14,0%) e Minas Gerais (-7,9%). Por outro lado, a única contribuição positiva no índice nacional veio de Rondônia (3,4%).

Índice de atividades turísticas cresce 11,5% em setembro

Em setembro de 2020, o índice de atividades turísticas cresceu 11,5% frente a agosto, quinta taxa positiva seguida, período em que acumulou ganho de 88,8%. O segmento de turismo ainda necessita avançar 66,1% para retornar ao patamar de fevereiro de 2020 (mês que antecedeu aos efeitos da pandemia). As medidas contra a COVID-19 (como o estímulo ao isolamento social) atingiram de forma mais intensa e imediata boa parte das atividades turísticas, principalmente ao transporte aéreo de passageiros, restaurantes e hotéis.

Todas as 12 unidades da federação onde o indicador é investigado acompanharam este movimento de expansão, com destaque para São Paulo (6,0%), seguido por Rio de Janeiro (7,9%), Bahia (33,7%) e Distrito Federal (26,2%).

Frente a setembro de 2019, o índice de volume de atividades turísticas no Brasil caiu 38,7%, sétima taxa negativa seguida, pressionado, principalmente, pela queda na receita de empresas que atuam nos ramos de transporte aéreo; restaurantes; hotéis; serviços de bufê; rodoviário coletivo de passageiros; agências de viagens; e locação de automóveis.

Em termos regionais, todas as 12 unidades da federação investigadas mostraram recuo nos serviços voltados ao turismo, com destaque para São Paulo (-43,8%), seguido por Rio de Janeiro (-31,3%), Minas Gerais (-36,7%), Bahia (-44,5%), Rio Grande do Sul (-46,4%) e Pernambuco (-47,5%).

No acumulado do ano, o agregado especial de atividades turísticas caiu 38,8% frente a igual período de 2019, pressionado, sobretudo, pelos ramos de restaurantes; transporte aéreo; hotéis; rodoviário coletivo de passageiros; catering, bufê e outros serviços de comida preparada; e agências de viagens.